37

Últimos itens adicionados do Acervo: Centro Hospitalar de Lisboa Central

O Repositório do Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE é constituído pelo Hospital de S. José, Hospital de Sto. António dos Capuchos, Hospital de Sta. Marta, Hospital D. Estefânia, Hospital Curry Cabral e Maternidade Dr. Alfredo da Costa.

Página 1 dos resultados de 1819 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Upper Arm Anthropometry Is Not a Valid Predictor of Regional Body Composition in Preterm Infants

Pereira-da-Silva, L; Abecassis, F; Virella, D; Videira-Amaral, J
Fonte: Karger Publicador: Karger
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Background: Upper arm anthropometry has been used in the nutritional assessment of small infants, but it has not yet been validated as a predictor of regional body composition in this population. Objective: Validation of measured and derived upper arm anthropometry as a predictor of arm fat and fat-free compartments in preterm infants. Methods: Upper arm anthropometry, including the upper arm cross-sectional areas, was compared individually or in combination with other anthropometric measurements, with the cross-sectional arm areas measured by magnetic resonance imaging, in a cohort of consecutive preterm appropriate-for-gestationalage neonates, just before discharge. Results: Thirty infants born with (mean 8 SD) a gestational age of 30.7 8 1.9 weeks and birth weight of 1,380 8 325 g, were assessed at 35.4 8 1.1 weeks of corrected gestational age, weighing 1,785 8 93 g. None of the anthropometric measurements are reliable predictors (r 2 ! 0.56) of the measurements obtained by magnetic resonance imaging, individually or in combination with other anthropometric measurements. Conclusion: Both measured anthropometry and derived upper arm anthropometry are inaccurate predictors of regional body composition in preterm appropriate-for-gestational-age infants.

Tratamento da Hipertensão Arterial nos Doentes com Obstrução Brônquica

Coelho, SS; Marques da Silva, P
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pneumologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Pneumologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1996 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A hipertensão arterial e a obstrução brônquica são doenças muito comuns na população, não sendo raro portanto que coexistam no mesmo indivíduo. É fundamental tratar cada uma delas sem agravar a outra. No que respeita ao tratamento anti-hipertensor existem de facto medicamentos que agravam ou causam obstrução brônquica pelo que devem ser usados com precauções acrescidas ou ser contra-indicados. Consideramos neste trabalho que na obstrução brônquica os anti-hipertensores indicados são os antagonistas do cálcio, os antagonistas serotoninérgicos, os diuréticos e os antagonistas alfa-1-adrenérgicos. Os anti-hipertensores contra-indicados são os antagonistas beta-adrenérgicos. Os anti-hipertensores a usar com precauções acrescidas são os inibidores do enzima de conversão da angiotensina e os agonistas alfa-2-adrenérgicos.

Bypass Gástrico

Ribeiro, R
Fonte: Sociedade Portuguesa de Cirurgia Publicador: Sociedade Portuguesa de Cirurgia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Benefícios da Terapêutica de Ressincronização Cardíaca na «Miocardiopatia Muito Dilatada»

Lousinha, A; Oliveira, MM; Feliciano, J; Galrinho, A; Branco, LM; Silva Cunha, P; Hamad, H; Ramos, R; Abreu, J; Leal, A; Santos, S; Soares, RM; Nogueira da Silva, M; Cruz Ferreira, R
Fonte: Sociedade Portuguesa de Cardiologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Cardiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
INTRODUCTION: Recent clinical trials have studied parameters that could predict response to cardiac resynchronization therapy (CRT) in patients with advanced heart failure. Left ventricular end-diastolic dimension (LVEDD) is regarded as a possible predictor of response to CRT. OBJECTIVE: To study the response to CRT in patients with very dilated cardiomyopathy, i.e. those at a more advanced stage of the pathology, analyzing both the responder rate and reverse remodeling in two groups of patients classified according to LVEDD. METHODS: We performed a retrospective analysis of 71 patients who underwent CRT (aged 62 +/- 11 years; 65% male; 93% in NYHA functional class > or = III; 31% with ischemic cardiomyopathy; left ventricular ejection fraction [LVEF] 25.6 +/- 6.8%; 32% in atrial fibrillation; QRS 176 +/- 31 ms). Twenty-two (31%) patients with LVEDD > or = 45 mm/m2 (49.2 +/- 3.5 mm/m2) were considered to have very dilated cardiomyopathy (Group A) and 49 patients had LVEDD > 37 mm/m2 and < 45 mm/m2 (39.4 +/- 3.8 mm/m2) (Group B). All patients were assessed by two-dimensional echocardiography at baseline and six months after CRT. The following parameters were analyzed: NYHA functional class, LVEF and LVEDD. Responders were defined clinically (improvement of > or = 1 NYHA class) and by echocardiography...

Orbital Exenteration for Eyelid Skin Carcinoma

Guerra, AS; Barbosa, R; Choupina, M; Pinho, C; Ribeiro, M; Pontes, L
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Exenteration of the orbit is a disfiguring and destructive procedure; it is generally performed for orbital malignancies and often provides a significant reconstructive challenge. Our purpose was to evaluate the clinical indications for orbital exenteration in a tertiary referral center and to assess the reconstructive options employed. A retrospective nonrandomized analysis was performed, selecting all patients undergoing orbital exenteration over a 5-year period, between January 2005 and January 2010. Patient demographics, tumor characteristics, and reconstructive techniques used were evaluated. Twenty patients with a mean age of 76.5 years underwent total orbital exenteration. Basal cell carcinoma was the main operative indication (45%), followed by squamous cell carcinoma (15%). Reconstructive techniques included cover of the raw orbital cavity with a temporal muscular flap in all cases followed with split skin grafting (25%), bilaterally pedicle V-Y advancement flap (10%) and a fasciocutaneous island flap of the retroauricular region (65%). Twenty percent of patients had local complications and all were treated in a satisfactory fashion. Eyelid skin tumors remain an important cause of orbital exenteration. Temporal muscle flap is a reliable and stable reconstructive solution after orbital exenteration and additional aid is supplied with skin grafts or local flaps. This technique ensures a good aesthetic outcome and better situation for later complementary treatments and minimal associated donor site morbidity.

Utilização do Factor VIIa Recombinante em Duas Doentes com Trombastenia de Glanzmann

Diniz, MJ; Dias, M; Ortega, C; Mendes, D
Fonte: Serviço de Imuno-Hemoterapia do Hospital de S. José Publicador: Serviço de Imuno-Hemoterapia do Hospital de S. José
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em //2002 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Terapêutica Anti-Retroviral na Infecção a VIH (1ª Parte)

Teófilo, E
Fonte: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna Publicador: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1994 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Faz-se uma breve revisão sobre a imunofisiopatologia da infecção pelo VIH. Abordam-se os fármacos que se encontram em investigação clínica mais avançada e alguns que poderão ter interesse futuro. Destacam-se os compostos actualmente disponíveis para uso clínico, tentando abordar os aspectos que na prática clínica são mais importantes. Referenciam-se ensaios clínicos quanto à eficácia nestas drogas em monoterapia ou combinação.

A Pessoa Afásica e a Reabilitação

Branco, T; Guerreiro, D
Fonte: Associação Científica dos Enfermeiros Publicador: Associação Científica dos Enfermeiros
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Abordar as questões cerebrais é algo de complexo e fascinante e apesar de nos levar a um mundo amplamente desbravado por diversas personalidades, continua a suscitar o nosso interesse. Designa-se por Afasia a alteração da comunicação resultante de uma lesão cerebral, cujas manifestações se fazem sentir a vários níveis: verbal, gestual, visual e gráfico. As tentativas frustradas de comunicação repercutem-se negativamente na vida da Pessoa podendo-a levar à depressão. Actualmente é possível o enfermeiro especialista em reabilitação ajudar a minorar o impacto psicossocial resultante da perturbação da linguagem assegurando o processo comunicacional da pessoa afásica com a família, através das técnicas terapêuticas existentes. O presente artigo pretende abordar a temática da Pessoa com Afasia e as respectivas intervenções de enfermagem.

Livrem-me Desta Unha! Por Favor!

Leal, MJ; Lucas, AP; Duarte, R
Fonte: Centro Editor Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1998 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A unha encravada ou onicocriptose é uma situação frequente, com morbilidade considerável e prevalência nos grupos etários jovens. As criançãs são atingidas por esta patologia,havendo um predisponente anatómico, a que se adicionam na idade pré-adolesccnte, factores comportamentais.Foram tratadas cirurgicamente com matricectomia parcial por eletrocauterização(MPE), 47 doentes com onicocriptose de evolução arrastada em que os métodos conservadores não tinham resultado. A predominância do sexo masculino foi de 55,7%; a distribuição etária, dos 12 meses aos 15 anos, mostrou uma maior incidência no grupe acima dos oito anos (82,9%). O tempo de evolução do processo ou da última recidiva, variou de um mês a 10 anos. Onze doentes tinham sofrido intervenções cirúrgicas prévias, dos quais um com duas e outro com scis intervenções. Foram operados 69 dedos, com atingimento do 1º dedo do pé bilateral em 20 doentes; em dois destes um outro dedo que não o 1° também estava afectado. Em seis unhas exisria paquioníquia concomitante. Com um mínimo de oito meses de recuo, há a registar como cornplicações, o desenvolvimento de quelóide cicatricial no bordo do leito ungueal em um caso. Outro caso apresenta sinais iniciais de "encravamento" ungueal; apesar de as regras de cuidados locais não terem sida seguidas...

Monitorização em Ambulatório da Pressão Arterial na Gravidez: Experiência da Maternidade Dr. Alfredo da Costa

Bettencourt, B; Dias, E; Borges, A; Amado, P; Campos, A
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2003 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A doença hipertensiva está entre as complicações mais comuns na gravidez e é uma das causas principais de morbilidade e mortalidade materna e perinatal em todo o mundo. Avaliar a importância prognóstica duma melhor caracterização da pressão arterial (PA) através da MAPA nas grávidas com hipertensão arterial (HTA). Estudo retrospectivo com 29 grávidas vigiadas na consulta de HTA da Maternidade Dr. Alfredo da Costa que realizaram a MAPA. A média de idades foi 32 anos; 43,2% eram nulíparas; das grávidas com HTA crónica, 52,2% eram nulíparas; a MAPA revelou HTA em 37,8% das mulheres; 75,7% das doentes tinham uma ou mais variáveis de risco (VR) presentes e destas, metade tinha uma PA normal; registaram-se 58,6% de complicações e, nestas grávidas, 88,2% tinham VR presentes; as doentes com HTA tiveram 76,9% de complicações e 77% de parto prematuro; a maioria dos recém-nascidos de baixo peso tiveram mães com diagnóstico de HTA na MAPA. Porque a MAPA é um exame importante no diagnóstico da HTA e na avaliação das VR, a sua realização é muitas vezes essencial na monitorização e vigilância destas doentes de alto-risco. Em alguns assuntos, os resultados são muito sugestivos mas não estatisticamente significativos. Levanta-se a questão da reduzida dimensão da nossa amostra e da importância de continuar a analisar a nossa população.

Dispareunias

Serrano, F
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2003 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A dispareunia ou dor com o coito, distúrbio experimentado por grande parte das mulheres e alguns homens, é um sintoma gerador de grande conflito e ansiedade que pode afectar seriamente a sexualidade. Expressão geralmente de uma alteração orgânica, o diagnóstico etiológico é difícil, podendo várias patologias estar implicadas. Vários tratamentos têm sido preconizados para a dispareunia, desde psicólogos, médicos a cirúrgicos, com taxas de sucesso muito variáveis. Neste trabalho foi efectuada uma revisão da literatura sobre as causas médicas mais frequentes de dispareunia e possíveis modalidades terapêuticas.

Recalcitrant Leg Ulcers as the Only Manifestation of Essential Type 2 Cryoglobulinemia

Brasileiro, A; Barreto, P; Salvado, V; Diamantino, F; Pinheiro, S
Fonte: Serviço de Dermatologia e Serviço de Medicina Interna do Hospital dos Capuchos, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE; Serviço de Medicina Interna do Hospital de S. José, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE Publicador: Serviço de Dermatologia e Serviço de Medicina Interna do Hospital dos Capuchos, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE; Serviço de Medicina Interna do Hospital de S. José, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Chronic leg ulcers are persistent conditions that might be a diagnostic and therapeutic challenge, with great impact in health care costs and patients’ quality of life. We report a case of a 60-year-old woman, with long-lasting recalcitrant leg ulcers, which led to left leg amputation 10 years ago. Several attempts to heal the right leg were made, including skin grafting in three different occasions and several surgical debridements, all with unsatisfactory outcome. Some months before the ulcers began, the patient had been diagnosed with undifferentiated connective tissue disease because of arthralgia and positive antinuclear antibodies, therefore low dose systemic corticosteroids and azathioprine were prescribed. For the last 4 years she has been followed in our department and since then no evidence of clinical or laboratorial criteria for autoimmune diseases was found, thus the immunosuppressive therapy was stopped. She maintained ever since a high rheumatoid factor but without other evidence of autoimmune disease. Medical history was otherwise irrelevant. Several cutaneous biopsies were performed, with no evidence of malignancy or vasculitis. Recently, cryoglobulins became positive, with type 2b cryoglobulin identification on immunofluorescence. Serology for Hepatitis C virus was consistently negative...

Hemangiomas Infantis

Campos, S; Paiva Lopes, MJ
Fonte: Serviço de Dermatologia do Hospital dos Capuchos, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE Publicador: Serviço de Dermatologia do Hospital dos Capuchos, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
De acordo com a International Society for the Study of Vascular Anomalies (ISSVA), as anomalias vasculares são divididas em dois grupos: tumores e malformações vasculares. Os tumores vasculares resultam da proliferação benigna do endotélio vascular. As malformações vasculares, por sua vez, resultam de erros na morfogénese vascular com a formação de vasos displásicos. Os hemangiomas infantis (HI) são os tumores vasculares benignos mais comuns da infância, estando presentes em até 5% das crianças. Caracterizam-se por estarem ausentes ao nascimento, com posterior crescimento significativo durante os primeiros meses de vida, e involução lenta e espontânea ao longo dos anos. As malformações vasculares, pelo contrário, estão presentes logo ao nascimento, acompanham o crescimento da criança e persistem na idade adulta. Os HI pequenos e superficiais estão associados a excelente prognóstico, com involução espontânea e bom resultado estético. Não é necessária intervenção terapêutica específica. Contudo alguns HI, pela sua localização, dimensão e número podem estar associados a outras anomalias, pelo que é necessária uma avaliação mais cuidadosa e multidisciplinar. Nesta apresentação abordaremos os protocolos atualmente em uso. Estão disponíveis várias opções terapêuticas para os HI...

Cicatrização por Segunda Intenção. A Propósito de um Caso Clínico

Fernandes, S; Coelho Macias, V; Chaveiro, A; Cardoso, J
Fonte: Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Na abordagem da cicatrização de uma ferida cirúrgica deve equacionar-se a cicatrização por segunda intenção como uma alternativa válida, revelando excelentes resultados e claras vantagens após selecção adequada dos doentes. Os autores descrevem o caso de um doente do sexo masculino com 66 anos de idade, submetido a excisão de um carcinoma espinocelular da concha do pavilhão auricular direito e subsequente cicatrização por segunda intenção. Discutem-se algumas particularidades desta técnica revendo a literatura relevante.

Alergia a Perceves no Contexto da Síndrome Ácaros-Crustáceos-Moluscos-Baratas

Marinho, S; Gaspar, A; Morais-Almeida, M; Postigo, I; Guisantes, J; Martínez, J; Rosado-Pinto, J
Fonte: Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica Publicador: Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: A tropomiosina dos invertebrados é o pan-alergénio que une crustáceos, moluscos, aracnídeos, insectos e parasitas, encontrando-se significativa homologia de sequência entre as proteínas dos vários grupos. Os perceves são um tipo de crustáceo particularmente apreciado e consumido no nosso país; no entanto, a alergia a este crustáceo é uma situação bastante rara da qual só existe um trabalho publicado na literatura. Caso clínico: Apresentamos o caso de uma criança do sexo masculino, de 9 anos de idade, com asma brônquica, rinoconjuntivite alérgica e eczema atópico, sensibilizada a ácaros e baratas. Aos 7 anos, 10 minutos após a primeira ingestão de perceves, refere síndrome de alergia oral, angioedema periorbitário e rinoconjuntivite. Aos 8 anos, ocorreram 4 episódios semelhantes após ingestão de caracol, camarão, lula e choco (referindo ingestão prévia destes alimentos sem queixas). Aos 9 anos, refere episódio de urticária da face e angioedema periorbitário com inalação de vapores de cozedura de camarão. Foram realizados testes cutâneos por prick que se revelaram positivos para perceves, camarão, caracol, lula, choco, polvo e amêijoa em natureza, e para gamba, caranguejo e mexilhão com extractos comerciais. Os doseamentos de IgE específica sérica revelaram-se positivos para camarão...

Development of The Viking Speech Scale to Classify the Speech of Children with Cerebral Palsy

Pennington, L; Virella, D; Mjøen, T; Andrada, MG; Murray, J; Colver, A; Himmelmann, K; Rackauskaite, G; Greitane, A; Prasauskiene, A; Andersen, G; Cruz, J
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Surveillance registers monitor the prevalence of cerebral palsy and the severity of resulting impairments across time and place. The motor disorders of cerebral palsy can affect children’s speech production and limit their intelligibility. We describe the development of a scale to classify children’s speech performance for use in cerebral palsy surveillance registers, and its reliability across raters and across time. Speech and language therapists, other healthcare professionals and parents classified the speech of 139 children with cerebral palsy (85 boys, 54 girls; mean age 6.03 years, SD 1.09) from observation and previous knowledge of the children. Another group of health professionals rated children’s speech from information in their medical notes. With the exception of parents, raters reclassified children’s speech at least four weeks after their initial classification. Raters were asked to rate how easy the scale was to use and how well the scale described the child’s speech production using Likert scales. Inter-rater reliability was moderate to substantial (k > .58 for all comparisons). Test–retest reliability was substantial to almost perfect for all groups (k > .68). Over 74% of raters found the scale easy or very easy to use; 66% of parents and over 70% of health care professionals judged the scale to describe children’s speech well or very well. We conclude that the Viking Speech Scale is a reliable tool to describe the speech performance of children with cerebral palsy...

Avaliação do Estado Vacinal em Crianças Internadas

Farela Neves, J; Leça, A; Gomes, M; Oliveira, M; Cordeiro Ferreira, G
Fonte: Hospital de Crianças Maria Pia - Centro Hospitalar do Porto Publicador: Hospital de Crianças Maria Pia - Centro Hospitalar do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: O Programa Nacional de Vacinação (PNV) é um programa universal e gratuito, sendo uma das suas características a acessibilidade sem qualquer tipo de barreira. Apesar do inquestionável êxito do PNV desde o seu início em 1965, poderão persistir assimetrias sociais na sua aplicação, com grupos populacionais com níveis de protecção inferiores ao desejado e risco de desenvolvimento de bolsas de susceptíveis,possibilitando a reemergência de doenças já controladas ou mesmo eliminadas no nosso país, situações que urge diagnosticar e prevenir. Objectivo: Avaliar o estado vacinal de crianças internadas numa enfermaria de Pediatria Geral e na Unidade de Infecciologia do Hospital Dona Estefânia, durante um ano, e detectar obstáculos à vacinação, quer relacionados com serviços de saúde, quer relacionados com as características sócio-demográficas da população. Adicionalmente, pretendeu-se avaliar a adesão a algumas vacinas não contempladas no PNV à data do estudo. Material e Métodos: Estudo transversal que decorreu entre Janeiro e Dezembro de 2004. Incluiu o preenchimento de um inquérito pelos pais e a análise dos dados do boletim de vacinas. As perguntas aos pais incluíam características sociais e a auto-avaliação da acessibilidade à vacinação no Centro de Saúde. Para este estudo definiu-se atraso vacinal como o não cumprimento da vacinação nas datas estabelecidas...

Enfisema Pulmonar em Doente com Síndrome de Turner

Sousa, AM; Lourenço, C; Barros, I; Martinho, T; Brás, A; Santos, T; Barros Veloso, AJ
Fonte: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1992 Português
Relevância na Pesquisa
0%
O Síndrome de Turner foi descrito pela primeira vez em 1938 por Henry Turner e tem uma incidência de 1:3000 mulheres nascidas. Os autores apresentam um caso raro de uma mulher de 48 anos com Síndrome de Turner, cujo cariótipo era (46, X, i (Xq)), tardiamente diagnosticado, associado a enfisema pulmonar e hipertensão pulmonar. O caso e os métodos de estudo são apresentados. Alguns aspectos deste caso, nomeadamente a hipótese do enfisema pulmonar se relacionar com Síndrome de Turner, são discutidos.

Congenital Perineal Lipoma: an Unusual Presentation

Periquito, I; Iglésias Neves, C; Catela Mota, F; Tomé, T
Fonte: BMJ Publishing Group Publicador: BMJ Publishing Group
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Tuberculose Infantil — Anos 90. Revisão Casuística de 5 Anos

Lage, MJ; Cruz, C; Chaves, F; Cavaco, J; Lopes, B; Carapau, J
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pediatria Publicador: Sociedade Portuguesa de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1997 Português
Relevância na Pesquisa
0%
É apresentada a revisão de 204 casos de tuberculose doença diagnosticados e tratados no Hospital de D. Estefânia num período de 5 anos (1990-1994). Refira-se, nos casos estudados (204), a maior percentagem de crianças no grupo etário dos 5 aos 14 anos (67%), uma incidência de 32% para a raça negra e um predomínio nas classes sociais mais desfavorecidas, contribuindo o concelho da Amadora com a maior percentagem de casos. A inoculação prévia de BCG observou-se em 80% dos casos. As formas mediastino-pulmonares verificaram-se em 91% das crianças, tendo ocorrido complicações em 23%. A complicação mais frequente foi o derrame pleural. A tuberculose extrapulmonar observou-se em 9% das formas de tuberculose doença, sendo a meningite a mais frequente. A identificação da fonte de contágio foi possível em 42% dos casos e a pesquisa de BK positiva em 23%. Considerando o grupo racial como factor de variabilidade, verificou-se uma maior frequência de complicações na raça negra (29%) do que na raça branca (17%). Salienta-se a alta prevalência de tuberculose em Portugal e a sua incidência preferencial nas classes sociais mais desfavorecidas e nas zonas habitacionais urbanas mais degradadas.