37

Últimos itens adicionados do Acervo: Centro Hospitalar de Lisboa Central

O Repositório do Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE é constituído pelo Hospital de S. José, Hospital de Sto. António dos Capuchos, Hospital de Sta. Marta, Hospital D. Estefânia, Hospital Curry Cabral e Maternidade Dr. Alfredo da Costa.

Página 1 dos resultados de 1819 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Ciclosporina: Riscos em Idade Pediátrica

Antunes, J; Gouveia, C; Brito, MJ
Fonte: Ordem dos Médicos Publicador: Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: A eficácia e segurança da ciclosporina têm sido demonstradas em patologias inflamatórias dermatológicas, nomeadamente psoríase e eczema, em adultos e crianças. Na idade pediátrica o seu uso é no entanto ainda limitado. Apresentamos três casos clínicos em que a ciclosporina, foi interrompida por aparecimento de complicações. Este trabalho visa alertar para potenciais efeitos secundários da ciclosporina, a fim de evitar utilizações abusivas. Casos clínicos: Foram submetidas a terapêutica com ciclosporina oral duas crianças de quatro e 13 anos de idade com eczema e uma criança de dois anos, com psoríase eritrodérmica. No primeiro caso interrompeu-se terapêutica pelo aparecimento de impétigo ao sexto dia de ciclosporina. Iniciou corticóides e inibidores tópicos da calcineurina com boa resposta. No segundo caso, a ciclosporina foi interrompida pelo aparecimento de herpes facial exuberante e toxicidade hepática e renal no quarto dia de tratamento. No último caso, de psoríase generalizada e impétigo, medicado com flucloxacilina e gentamicina,a terapêutica foi interrompida ao sexto dia por angioedema e urticária generalizados por quadro de angioedema e urticária generalizados, interpretado como reacção de hipersensibilidade a beta-lactâmicos...

Doença de Behçet - Infliximab no Tratamento das Manifestações Mucocutâneas

Lestre, S; Trindade, F; Martins, A; Baptista, J; Barata Feio, A; Paiva Lopes, MJ
Fonte: Sociedade Portuguesa de Reumatologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Reumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
0%

In Memoriam

Macedo, R
Fonte: Sociedade Portuguesa de Cirurgia Publicador: Sociedade Portuguesa de Cirurgia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Pré-Eclâmpsia Grave. Gravidade Relacionada com Idade Gestacional

Ribeiro, F; Júlio, C; Lermann, R; Reis, J; Bettencourt, B; Ramos, C; Tomé, T; Dias, E; Campos, A
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A pré-eclâmpsia (PE) complica 3% das gestações. Nas suas formas mais graves é responsável por importante morbilidade e mortalidade materna e fetal. Neste estudo de 126 gravidezes com PE grave após as 24 semanas, pretendeu-se avaliar se a precocidade da instalação do quadro clínico esteve associada a maior morbilidade materna e perinatal. Formaram-se dois grupos de acordo com a idade gestacional no parto - antes e após as 32 semanas (Grupo 1 e 2, respectivamente). Foram avaliadas 49 gravidezes no grupo 1 e 77 gravidezes no grupo 2. Verificou-se maior incidência de sintomatologia clínica, alterações laboratoriais indicadoras de gravidade clínica, dados ecográficos sugestivos de compromisso fetal e risco relativo para recém-nascido leve para idade gestacional, asfixia neonatal e síndrome de dificuldade respiratória no grupo 1. Não se encontraram diferenças na mortalidade materna. A PE grave com parto antes das 32 semanas de gestação associou-se a maior deterioração da condição clínica materna, restrição de crescimento intra-uterino, fluxometria doppler fetal patológica e asfixia neonatal.

Tratamiento de la Hemocromatosis Hereditaria. Experiencia de un Servicio de Imunohemoterapia

Santos, A; Laranjo, F; Diniz, MJ
Fonte: Serviço de Imuno-hemoterapia do Hospital de S. José Publicador: Serviço de Imuno-hemoterapia do Hospital de S. José
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
0%

A Medicina Física e de Reabilitação no Tratamento Multidisciplinar da Fibrose Quística

Francisco, R; Fonseca, F; Seixo, I; Pires, M
Fonte: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE Publicador: Medicina Física e Reabilitação, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar Lisboa Central, EPE
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A Fibrose Quística (FQ), é a doença hereditária mais comum na população caucasiana. Há uma grande variedade na apresentação e na gravidade clínicas. Os orgãos mais afectados são o pulmão e o pâncreas. Na maioria dos pacientes, a doença apresenta-se, na infância, como infecções recorrentes ou persistentes do tracto respiratório, malabsorção intestinal e má progressão ponderal. A maioria da morbilidade e mais de 90% da mortalidade correlaciona-se com doença pulmonar crónica e suas complicações. O papel da MFR no tratamento desta doença, está relacionado com a redução da obstrução das vias aéreas, melhorando a drenagem de secreções no sentido de melhorar a função pulmonar e tolerância ao exercício, manutenção/ melhoria da massa óssea, manutenção das amplitudes articulares e promoção do exercício aeróbio. A reabilitação respiratória, essencial no tratamento desta patologia, utiliza técnicas de limpeza das vias aéreas, de drenagem postural, drenagem autogénica, percussão torácica, pode auxiliar-se de dispositivos de pressão expiratória positiva. A utilização de técnicas com o objectivo de colheita de expectoração é de extrema importância, especialmente na criança mais pequena...

Two Gestational Sacs, Two Locations - Heterotopic Pregnancy - Case Report

Olival, V; Bernardo, MJ; Leitão, C; Coelho, M; Nunes, MJ; Nery, Isabel; Mira, R
Fonte: Serviço de Ginecologia-Obstetrícia, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE Publicador: Serviço de Ginecologia-Obstetrícia, Hospital Dona Estefânia, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introduction: Heterotopic pregnancy (HP) is defined as two gestational sacs simultaneously present in two different locations, being the uterus and the fallopian tubes the more common. Sporadic HP is a very rare condition (1:30,000 pregnancies). With the use of medically assisted reproduction the prevalence is significantly higher(1:7,000). Considering spontaneous pregnancy, HP is associated with risk factors, being prior inflammatory pelvic disease the most common. The clinical presentation is similar to that of ectopic pregnancy or spontaneous miscarriage although it is usually a more late diagnosis. Case report: 25 year-old pregnant woman, OI 0000, previously healthy; admitted at the Emergency Department (ED) with acute pelvic pain mainly at the right iliac fossa and moderate vaginal bleeding confirmed by speculum examination. She was hemodynamically stable and the bimanual palpation was painful; no prior medically assisted reproduction technique had been performed. The haemoglobin value was within normal range and the serum ?-hCG was 2,763mUI/mL. The ultrasonography at the ED showed an in uterus gestational sac and another one inside the right fallopian tube; in both gestational sacs cardiac activity was absent. HP diagnosis was then established and the patient was admitted at the Obstetrics Ward for surveillance and ultrasonographic/laboratorial reassessment; complete miscarriage of the uterine pregnancy occurred but methotrexate was necessary for the treatment of persistent tubarian pregnancy. Conclusion: When evaluating a pregnant woman with pelvic pain and vaginal bleeding one should always be aware of several differential diagnosis amongst which HP should be considered. If the patient has in uterus viable pregnancy the treatment of the ectopic concomitant gestational sac should be as conservative as possible; methotrexate should not be used in that situation as it leads to uterine pregnancy miscarriage in about one third of the patients.

Determinação Não Invasiva da Pressão de Encravamento da Artéria Pulmonar por Ecocardiografia

Marcelino, P; Lopes, MG
Fonte: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A pressão de encravamento da artéria pulmonar (Pw) é um importante parâmetro hemodinâmico frequentemente utilizado em Cuidados Intensivos. Não é portanto de estranhar o esforço aplicado por inúmeros autores na sua determinação não invasiva por ecocardiografia. Neste trabalho os autores fizeram uma revisão da literatura sobre este assunto em particular. A par de algumas fórmulas de determinação não invasiva, encontram-se muitas referências relativas a correlações entre parâmetros ecocardiográficos e a Pw. As modificações de parâmetros ecocardiográficos com a volémia é igualmente um campo de pesquisa relacionado, bem como as recentes publicações envolvendo o estudo do Doppler de tecido. Apesar do enorme esforço colocado nesta pesquisa em particular, é difícil eleger um único parâmetro fidedigno de avaliação não invasiva da Pw. O problema da transposição de fórmulas e correlações entre populações de doentes distintas é particularmente sentido neste campo. A determinação não invasiva da Pw em ambiente clínico continua a constituir um problema para a técnica ecocardiográfica, colocando em causa a sua real vocação.

Hopelessness and Related Variables among Cancer Patients in the Southern European Psycho-Oncology Study (SEPOS).

Grassi, L; Travado, L; Gil, F; Sabato, S; Rossi, E; Tomamichel, M; Marmai, L; Biancosino, B; Nanni, MG; SEPOS
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
BACKGROUND: Although hopelessness has been studied in cancer, no data are available in non-English-speaking countries. OBJECTIVE: The authors sought to amass data from Southern European countries (Italy, Portugal, Spain, and Switzerland) in order to fill this void. METHOD: A group of 312 cancer patients completed the Mini-MAC Hopelessness subscale, the Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS), the Cancer Worry Inventory (CWI), and a six-item Visual Analog scale (VAS) to measure intensity of physical symptoms, general well-being, difficulty in coping with cancer, intensity of social support from close relationships, leisure activity, and support from religious beliefs. RESULTS: Regression analysis indicated that HADS-Depression, VAS Maladaptive Coping and Well-Being, and the CWI explained 42% of the variance. CONCLUSION: Hopelessness in cancer patients seems not exclusively to correspond to depression, but is related to various other psychosocial factors, such as maladaptive coping, as well.

Hematomas Cerebelosos em Doente com Mixoma Auricular

Marcão, I; Teixeira, H; Germano, I; Bandeira Costa, J; Gonçalves, C; Magalhães, M; Farrajota, F
Fonte: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1995 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Apresenta-se um caso clínico de mixoma auricular, numa mulher de 69 anos, que teve como manifestação inaugural síndroma cerebeloso, causado por enfartes isquémicos da circulação posterior. O Ecocardiograma transtorácico bidimensional permitiu formular o diagnóstico de mixoma da aurícula esquerda. Ao 7° mês pós remoção cirúrgica do tumor cardíaco houve agravamento do síndroma cerebeloso e instalação de quadro de hipertensão intracraneana. A TAC-CE revelou múltiplos hematomas dos hemisférios cerebelosos e do vérmix e hidrocefalia triventricular activa. Estas complicações neurológicas tardias permitiram suspeitar e discutir hipóteses diagnósticas. Os mixomas cardíacos são raros e a sua apresentação como manifestação neurológica ocorre em 20-25% dos casos. As complicações neurológicas tardias do mixoma são ainda mais raras, encontrando-se alguns casos descritos a nível mundial.

Bologna - Cirurgia para a Incontinência Urinária

Garriapa, R; Cordeiro, A; Martins, P; Moniz, L
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
0%
O objectivo deste trabalho é a descrição de uma técnica cirúrgica de suporte do colo vesical, para correcção da incontinência urinária de esforço, em simultâneo com a correcção do cistocelo. Esta técnica usa o espaço retropúbico, aplicando material autólogo.

Reparação Híbrida do Arco Aórtico: Experiência Inicial do Hospital de Santa Marta

Rodrigues, H; Castro, JM; Valentim, H; Laranjeira, A; Ferreira, E; Albuquerque e Castro, J; Fragata, J; Mota Capitão, L
Fonte: Sociedade Portuguesa de Cirurgia Cardio-Torácica e Vascular Publicador: Sociedade Portuguesa de Cirurgia Cardio-Torácica e Vascular
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Objectives: To retrospectively review the hybrid treatment of the aortic arch with supra-aortic debranching and endo- vascular stent-graft repair in a single institution. Methods: From 2007 to 2010, all patients submitted to aortic debranching procedures were entered into a prospective database analysis. For the present study, only patients with sealing zones 0 and 1, according to the Ishimaru classification, were included. Procedure-related morbimortality was analysed for the open and endovascular procedures. Results: During the study period, we electively performed 6 total aortic debranching and 4 partial aortic debranching procedures in 10 patients. According to the etiology the indications were: 6 aortic arch aneurysms, 2 post-dissection aneu- rysms, 1 false aneurysm and 1 type I endoleak following TEVAR. The proximal sealing zone was Ishimaru zone 0 in six patients and zone 1 in four patients. The TEVAR procedure was delayed in all patients with a completion success of 80% (1 patient died from ruptured aortic aneurysm; 1 patient denied the second procedure and was lost to follow-up). The 30d mortality rate was 10% (patient mentioned above). The main morbidity was: 1 axillar venous thrombosis, 1 case of subclinical myocardial infarction...

Carcinoma Oculto da Mama com Metástases Axilares. A Propósito de Dois Casos Clínicos

Condeço, R; Santos, P; Raposo, J; Pereira, M; Pereira, H; Martins, M; Marcos, F; Morujão, I; Lopes, P; Vitorino, C; Correia, A; Costa, L; Albuquerque, J; Araújo, A
Fonte: Serviços de Cirurgia e Unidade Funcional de Patologia Mamária do Hospital de S. José, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE Publicador: Serviços de Cirurgia e Unidade Funcional de Patologia Mamária do Hospital de S. José, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
INTRODUÇÃO: O carcinoma oculto é uma entidade pouco frequente, que se define como a presença de metástases com tumor primário indetetável na altura da apresentação. O prognóstico da maioria dos casos de tumor oculto é reservado, no entanto, o desenvolvimento de técnicas imunohistoquímicas que permitem a caracterização do tumor, tornaram alguns subgrupos de tumor oculto potencialmente curáveis. A presença de adenopatias axilares é a forma de apresentação do cancro da mama em 0,3-1% das mulheres, sendo a origem mais provável a mama ipsilateral. CASO CLÍNICO: Os autores relatam dois casos clínicos de tumor oculto da mama: Caso 1: Doente de 57 anos, com antecedentes familiares de primeiro e segundo grau de cancro da mama, com estudo genético negativo. Recorreu à consulta por adenopatia axilar direita.Exame objetivo (EO), mamografia + ecografia mamária normais. Microbiópsia (MB) ganglionar:metástase de carcinoma compatível com origem na mama, recetores de estrogénios (RE) +, HER2 +, CK7 +, Ca125 +, CK20 (-). RMN mamária e PET não identificaram tumor primário. Procedeu-se a dissecção axilar: 10 gânglios sem metástases. Realizou terapêutica adjuvante com quimioterapia (QT) e imunoterapia (IT). Manteve follow-up regular com EO...

Iatrogenic Aortic Pseudoaneurysm: a Forgotten Complication

Almeida, S; Bico, P; Almeida, AR; Laranjeira, A; Banazol, N; Fragata, J; Rabaçal, C
Fonte: Sociedade Portuguesa de Cardiologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Cardiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Pseudoaneurysms of the ascending aorta are a rare complication of cardiac surgery. However, the poor prognosis associated with this condition if untreated makes early diagnosis and treatment important. We present the case of a 66-year-old woman who had undergone mitral valvuloplasty 12 days previously, who was admitted with a diagnosis of new-onset atrial fibrillation. The transthoracic echocardiogram showed a clot in the right atrium and anticoagulation was initiated, followed by antibiotic therapy. After further investigation, the patient was diagnosed with a pseudoaneurysm of the ascending aorta and underwent surgical repair, followed by six weeks of antibiotic therapy. She was readmitted six months later for an abscess of the lower sternum and mediastinum. After a conservative approach with antibiotics and local drainage failed, recurrence of a large pseudoaneurysm compressing the superior vena cava was documented. A third operation was performed to debride the infected tissue and to place an aortic allograft. There were no postoperative complications.

Morte Fetal Tardia: Aspectos Obstétricos

Serrano, F
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A morte fetal tardia constitui um desafio para todos os obstetras. Apesar de intervenções efectivas no diagnóstico e terapêutica de algumas patologias como a diabetes gestacional, a pré-eclâmpsia e a taxa de morte fetal tardia mantêm-se desde há uma década relativamente constante, contribuindo de uma forma significativa para a mortalidade perinatal. Neste artigo é efectuada uma revisão de alguns aspectos obstétricos, uma reflexão sobre o conhecimento actual do tema.

Anestesia para Drepanocitose e Gravidez. A Propósito de um Caso Clínico

Morais Torres, F; Simão, G; Casqueiro, L
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1999 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A propósito de uma parturiente com anemia falciforme, os autores revêem o quadro clínico desta patologia hematológica com repercussão multi-orgânica, e focam as particularidades da mesma durante a gravidez. Em função dos factores que podem desencadear um agravamento (ou uma agudização) do quadro, salientam as facetas mais importantes do acto anestésico, desde as possíveis técnicas até às medidas profilácticas do peri-operatório. A revisão é intercalada com a descrição do caso clínico da parturiente com anemia falciforme.

Is This Septic Shock? A Rare Case of Distributive Shock

Val-Flores, L; Fior, A; Santos, A; Reis, L; Bento, L
Fonte: Scielo Publicador: Scielo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
0%
The authors report a rare case of shock in a patient without significant clinical history, admitted to the intensive care unit for suspected septic shock. The patient was initially treated with fluid therapy without improvement. A hypothesis of systemic capillary leak syndrome was postulated following the confirmation of severe hypoalbuminemia, hypotension, and hemoconcentration - a combination of three symptoms typical of the disease. The authors discussed the differential diagnosis and also conducted a review of the diagnosis and treatment of the disease.

Impacto da Síncope na Qualidade de Vida: Validação duma Escala de Avaliação em Doentes Submetidos a Teste de Inclinação em Mesa Basculante

Nave-Leal, E; Oliveira, MM; Pais-Ribeiro, J; Santos, S; Oliveira, E; Alves, T; Cruz Ferreira, R
Fonte: Sociedade Portuguesa de Cardiologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Cardiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução e objetivos: A síncope recorrente tem um impacto significativo na qualidade de vida. O desenvolvimento de escalas de medida de fácil aplicabilidade clínica para avaliar este impacto é fundamental. O objetivo do presente estudo é a validação preliminar da escala Impact of Syncope on Quality of Life, para a população portuguesa. Métodos: O instrumento foi submetido a um processo de tradução, validação, adequação cultural e cognitive debriefing. Participaram 39 doentes com história de síncopes recorrentes (> 1 ano de evolução), submetidos a teste de inclinação em mesa basculante (teste de tilt), que constitui uma amostra de conveniência, com idade de 52,1 ± 16,4 anos (21-83; 43,5% do sexo masculino), a maioria com uma situação profissional ativa (n = 18) ou reformados (n = 13). A versão portuguesa resultou numa versão semelhante unidimensional à original com 12 itens agregados num único somatório, tendo passado por validação estatística, com avaliação da fidelidade, validade e estabilidade no tempo. Resultados: Em relação à fidelidade, a consistência interna da escala é de 0,9. Avaliámos a validade convergente, tendo obtido resultados estatisticamente significativos (p < 0,01). Avaliámos a validade divergente tendo obtido resultados estatisticamente significativos. Relativamente à estabilidade no tempo foi efetuado um teste-reteste do instrumento aos seis meses após o teste de inclinação com 22 doentes desta amostra não submetidos a intervenção clínica...

Enfisema Pulmonar em Doente com Síndrome de Turner

Sousa, AM; Lourenço, C; Barros, I; Martinho, T; Brás, A; Santos, T; Barros Veloso, AJ
Fonte: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1992 Português
Relevância na Pesquisa
0%
O Síndrome de Turner foi descrito pela primeira vez em 1938 por Henry Turner e tem uma incidência de 1:3000 mulheres nascidas. Os autores apresentam um caso raro de uma mulher de 48 anos com Síndrome de Turner, cujo cariótipo era (46, X, i (Xq)), tardiamente diagnosticado, associado a enfisema pulmonar e hipertensão pulmonar. O caso e os métodos de estudo são apresentados. Alguns aspectos deste caso, nomeadamente a hipótese do enfisema pulmonar se relacionar com Síndrome de Turner, são discutidos.

Um Caso Clínico de Uropatia Obstrutiva

Santos, F; Batista, J; Ferra de Sousa, J
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pediatria Publicador: Sociedade Portuguesa de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1999 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Os autores descrevem o caso clínico de uma criança do sexo masculino, de 3 anos de idade, internada na Unidade de Nefrologia do Hospital Dona Estefânia por infecção urinária. O início das queixas remonta a três meses antes do internamento com o aparecimento de disúria e hematúria macroscópica na sequência do descolamento das aderências baiano prepuciais. Posteriormente surgem alguns episódios febris de curta duração, sendo internado no decurso de um destes. Os exames complementares revelaram além de uma infecção urinária, um megauretero obstrutivo à direita e a biópsia renal a existência de lesões graves e extensas características de uma nefropatia obstrutiva. Os autores a partir deste caso questionam as limitações da ecografia no diagnóstico pré-natal das uropatias malformativas e a valorização de alguns sinais e sintomas no rastreio da infecção urinária.