37

Últimos itens adicionados do Acervo: Centro Hospitalar de Lisboa Central

O Repositório do Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE é constituído pelo Hospital de S. José, Hospital de Sto. António dos Capuchos, Hospital de Sta. Marta, Hospital D. Estefânia, Hospital Curry Cabral e Maternidade Dr. Alfredo da Costa.

Página 1 dos resultados de 1819 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Disfagia e Disartria. Forma Invulgar de Apresentação da Miastenia Gravis

Ferreira, S; Lage, P; Claro, I; Alcântara, J; Nunes, J; Nobre Leitão, C
Fonte: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Myasthenia Gravis is an autoimmune disorder that generally presents with ocular symptoms, specially diplopia and ptosis. Dysphagia may be a manifestation of the generalised type of the disease, but rarely is its presenting feature. The authors describe a case of Myasthenia Gravis in an old patient complaining of dysphagia and dysarthria. Because Myasthenia Gravis is a potentially serious but treatable disease, we emphasize the need to consider it in the differential diagnosis of dysphagia, namely in the elderly. In fact, the disorder is probably underdiagnosed in this population group, because clinicians tend to accept other more frequent diagnosis to explain these symptoms.

Como Morrem os Doentes numa Enfermaria de Medicina Interna

Pulido, I; Baptista, I; Brito, M; Matias, T
Fonte: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna Publicador: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Os doentes com doença crónica avançada são uma presença diária nas enfermarias de Medicina Interna, não existindo um protocolo de intervenção universal e uniforme. Este estudo pretende ser uma primeira abordagem para avaliar a forma como tratamos e cuidamos destes doentes, quer de etiologia neoplásica, quer de outras doenças crónicas, igualmente consumptivas, como demência, insuficiência cardíaca, VIH/SIDA, doença pulmonar crónica obstrutiva (DPCO). Foram recolhidas informações retrospectivas dos processos clínicos acerca das atitudes e tratamentos prestados a 285 doentes falecidos em 16 meses num hospital de agudos em Lisboa. A caracterização epidemiológica da população foi a esperada, com predomínio de população idosa, dependente, com prevalência de doenças cardíacas e acidentes vasculares cerebrais (AVC), como diagnósticos principais, seguidas de demência e doenças respiratórias. Do total de falecimentos, 73% foram esperados, mas destes apenas 44% dos doentes estavam integrados em cuidados paliativos. A dor foi avaliada principalmente em doentes de foro neoplásico, sendo a analgesia administrada em 77% dos casos. A decisão de receberem cuidados paliativos foi discutida com a família em 26% dos doentes...

Avaliação da Estereopsia em Crianças sob Terapêutica Oclusiva por Ambliopia e Relação desta com a Acuidade Visual

Amaral, A; Leitão, P; Paixão, A; Martins, M; Toscano, A
Fonte: Sociedade Portuguesa de Oftalmologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: A ambliopia é a principal causa de diminuição da acuidade visual em crianças. O diagnóstico e tratamento precoces são fundamentais para o sucesso terapêutico. A oclusão continua a ser o tratamento mais utilizado nesta patologia. Objectivos: Este estudo teve como objectivo a avaliação da estereopsia em crianças com ambliopia sob terapêutica oclusiva e a sua relação com a acuidade visual. Material e Métodos: Estudo prospectivo que incluiu 35 crianças com ambliopia, por anisometropia, estrabismo ou ambos, a fazer terapêutica oclusiva. Em cada consulta foi avaliada a melhor acuidade visual corrigida (MAVC) e a estereopsia para perto. Resultados: A idade média no início do estudo era de 6,17 anos (intervalo 3-9 anos) e o seguimento médio foi de 17 meses (intervalo 6-24 meses). Após tratamento com oclusão houve uma melhoria da MAVC média de 0,5 para 0,84 (p

Síndroma de Stevens-Johnson e Necrólise Tóxica Epidérmica. Um Estudo Retrospectivo de 15 Anos

Moniz, P; Casal, D; Mavioso, C; Videira e Castro, J; Almeida, MA
Fonte: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A Síndroma de Stevens-Johnson (SSJ), a Síndroma de Sobreposição (SS) e a Necrólise Tóxica Epidérmica (NTE) são emergências médicas raras, mas com elevadas morbilidade e mortalidade. A literatura referente às características destas doenças em Portugal é muito escassa. Procedeu-se à análise dos registos clínicos dos 20 doentes internados na Unidade de Queimados (UQ) do Hospital de São José nos últimos 15 anos com o diagnóstico de SSJ, SS ou NTE. A maior parte das toxidermias foi do tipo NTE (65%), seguida do SS (25%) e do SSJ (10%). A idade média foi 57,1 ± 19,0 anos. A duração média do internamento foi de 12,6 ± 7,8 dias. A mortalidade foi de 50%, sendo significativamente maior que os 16,4% de mortalidade global registada na UQ no mesmo período (p < 0,01). A área de superfície corporal total envolvida foi de 43,9 ± 28,6 %. O agente causal mais frequentemente implicado foi o alopurinol (35%), seguido da exposição à luz ultravioleta e metoxipsoraleno (15%). Catorze doentes (70%) foram tratados com corticóides nos primeiros dias de internamento, enquanto seis doentes (30%) foram tratados conservadoramente. A mortalidade foi menor nos doentes tratados com corticóides (42,8% vs 66,7%), embora esta diferença não fosse estatisticamente significativa. As taxas de infecção também não diferiram significativamente nos dois grupos. O SCORTEN nas primeiras 24 horas demonstrou ser um bom preditor de mortalidade. São necessários mais estudos para tentar reduzir a mortalidade nestas doenças.

A Diabetes Mellitus e suas Complicações. Relembrar para Prevenir

Pereira, C; Lourenço, F; Castro, P; Rola, J; Jacquet, J
Fonte: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna Publicador: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1999 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Após breve referência aos principais programas de controlo das complicações da Diabetes Mellitus (Diabetes Control and Complications Trial, Declaração de St. Vincent, DiabCare), apresentam-se algumas propostas de revisão da sua classificação e dos critérios de diagnóstico. Abordam-se alguns conceitos actuais da sua fisiopatologia, descrevendo-se em seguida cada uma das suas complicações com ênfase nos aspectos essenciais da prevenção, diagnóstico precoce e terapêutica.

Slipped Capital Femoral Epiphysis. A Report of 4 Cases Occurring in One Family

Moreira, JF; Neves, MC; Lopes, G; Gomes, AR
Fonte: SpringerLink Publicador: SpringerLink
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1998 Português
Relevância na Pesquisa
0%
We describe slipped capital femoral epiphysis in 4 members of a black, obese family, who were all first-degree relatives. The aetiology of slipped capital femoral epiphysis is unknown, although it is thought to be multifactorial. Genetic predisposition and environmental factors have been associated with the condition. A familial incidence with at least two cases in the same family has been reported. In epidemiological studies, this incidence ranges from 3% to 35%. Our cases were investigated in an attempt to find a possible aetiological genetic factor. A genetic predisposition with an autosomal dominant pattern of transmission is suggested, although environmental variables must be considered as provocative factors.

Pneumonia Grave por Influenza B em Recém-Nascido

Dâmaso, C; Fernandes, C; Nona, J; Santos, M; Pinto, F; Valido, AM
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pediatria Publicador: Sociedade Portuguesa de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A infecção por vírus influenza B é rara no período neonatal com uma incidência desconhecida. Relata-se o caso de uma recém-nascida de termo, reinternada ao nono dia de vida por quadro de má perfusão periférica, gemido, dificuldade alimentar e dificuldade respiratória com necessidade de ventila ção mecânica, óxido nítrico inalado e surfactante. A radiografia de tórax no primeiro dia apresentava infiltrado intersticial ligeiro, difuso. Esteve sob ventilação invasiva durante 11 dias e oxigenoterapia 15 dias, tendo tido alta ao 20º dia, clinicamente bem. É fundamental pensar em infecção por vírus influenza B quando existe história de possível contágio, e em mães sem imunização anti-influenza. Não há terapêutica aprovada neste grupo etário, devendo ser tomadas medidas de suporte, de contenção e prevenção da disseminação da infecção.

Intraocular Pressure Correlates with Optic Nerve Sheath Diameter in Patients with Normal Tension Glaucoma

Abegão Pinto, L; Vandewalle, E; Pronk, A; Stalmans, I
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
PURPOSE: 1. Identify differences in optic nerve sheath diameter (ONSD) as an indirect measure of intracranial pressure (ICP) in glaucoma patients and a healthy population. 2. Identify variables that may correlate with ONSD in primary open-angle glaucoma (POAG) and normal tension glaucoma (NTG) patients. METHODS: Patients with NTG (n?=?46) and POAG (n?=?61), and healthy controls (n?=?42) underwent B-scan ultrasound measurement of ONSD by an observer masked to the patient diagnosis. Intraocular pressure (IOP) was measured in all groups, with additional central corneal thickness (CCT) and visual field defect measurements in glaucomatous patients. Only one eye per patient was selected. Kruskal-Wallis or Mann-Whitney were used to compare the different variables between the diagnostic groups. Spearman correlations were used to explore relationships among these variables. RESULTS: ONSD was not significantly different between healthy, NTG and POAG patients (6.09?±?0.78, 6.03?±?0.69, and 5.71?±?0.83 respectively; p?=?0.08). Visual field damage and CCT were not correlated with ONSD in either of the glaucoma groups (POAG, p?=?0.31 and 0.44; NTG, p?=?0.48 and 0.90 respectively). However, ONSD did correlate with IOP in NTG patients (r?=?0.53...

Intraorbital Abducens Nerve Schwannoma

Rato, RM; Correia, M; Cunha, JP; Roque, P
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
BACKGROUND: Schwannomas of the abducens nerve are extremely rare tumors. The tumor may be located within the cavernous sinus or more often at the prepontine region. However, literature research has identified only one case of isolated schwannoma of the orbit, arising from the terminal branches of the abducens nerve to the lateral rectus muscle. This is only the second report of an abducens nerve schwannoma located entirely intraconal. CASE DESCRIPTION: We report a case of an intraorbital abducens nerve schwannoma in a 42-year-old man with no signs of neurofibromatosis. The lesion resulted in progressive diplopia and focal abducens palsy. The clinical, radiologic, and pathologic features are presented. RESULTS: We point the particular aspects and discuss the possible treatments and approaches to preserve nerve function. CONCLUSIONS: Being a benign lesion, one of the goals has always been total removal. The knowledge of the correct anatomic features made us believe that the VI nerve function could be preserved. Our case is the first example of a total removal with eye abduction preserved. Because of that, we believe that it is reasonable to aim for these goals in future cases.

Osteoporosis in Paediatric Patients with Spina Bifida

Marreiros, H; Loff, C; Calado, E
Fonte: The Academy of Spinal Cord Injury Professionals, Inc. Publicador: The Academy of Spinal Cord Injury Professionals, Inc.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
The prevalence andmorbidity associated with osteoporosis and fractures in patients with spina bifida (SB) highlight the importance of osteoporosis prevention and treatment in early childhood; however, the issue has received little attention. The method for the selection of appropriate patients for drug treatment has not been clarified. Objective: To review the literature concerning fracture risks and low bone density in paediatric patients with SB. We looked for studies describing state-of-the-art treatments and for prevention of secondary osteoporosis. Methods: Articles were identified through a search in the electronic database (PUBMED) supplemented with reviews of the reference lists of selected papers. The main outcome measures were incidence of fractures and risk factors for fracture, an association between bone mineral density (BMD) and occurrence of fracture, risk factors of low BMD, and effects of pharmacological and non-pharmacological treatments on BMD and on the incidence of fractures. We considered as a secondary outcome the occurrence of fractures in relation to the mechanism of injury. Results: Results indicated that patients with SB are at increased risk for fractures and low BMD. Risk factors that may predispose patients to fractures include higher levels of neurological involvement...

Necrose Estriatal Bilateral Aguda Infantil

Torre, ML; Calado, E; Macedo, A; Ventura, L; Cabral, P
Fonte: Centro Editor Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1997 Português
Relevância na Pesquisa
0%
E descrito o caso cliníco de uma criança de nove anos com um quadro de tetraparésia e encefalopatia aguda após doença infecciosa. A ressonância magnética craneo-encefálica foi compatível com necrose bilateral e simétrica dos núcleos da base, o que associado a evolução clínica nos levou ao diagnóstico de necrose estriatal bilateral aguda infantil.

Infantile Cystinosis

Castro, I; Neves, R
Fonte: Sociedade Portuguesa de Nefrologia e Hipertensão Publicador: Sociedade Portuguesa de Nefrologia e Hipertensão
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Infantile cystinosis is a rare disorder which leftuntreated results in end -stage renal disease early in life. Together with dehydration and electrolyte imbalance due to renal tubular Fanconi syndrome, endstage renal disease used to be the leading cause of death in children with cystinosis. Specific therapy with cysteamine (cystine -depleting agent) has changed the course of this disease. Instead of being fatal in childhood, it can nowadays be considered a multisystemic adult disorder. The authors report a case of a child diagnosed with Fanconi syndrome at 14 months of age and infantile cystinosis at 19 months of age in whom oral cysteamine treatment led to a good outcome during childhood.

Encerramento de Foramen Oval Patente com Dispositivo Bioabsorvível "BioSTAR"

Lopes, JP; Sousa, L; Fiarresga, A; Ferreira, F; Galrinho, A; Martins, JD; Agapito, A; Pinto, MF; Cruz Ferreira, R
Fonte: Sociedade Portuguesa de Cardiologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Cardiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Os autores apresentam o caso clínico de uma doente de 35 anos, sexo feminino, que recorreu ao hospital da área da residência por parésia do membro superior direito, tendo sido diagnosticado AVC isquémico por Ressonância Magnética Nuclear Cranio-Encefálica (RMN-CE). A investigação da fonte embólica levou ao diagnóstico, por ecocardiograma transesofágico, de foramen oval patente (FOP), com shunt direito-esquerdo espontâneo. Em Maio de 2009 foi efectuado encerramento percutâneo do FOP com dispositivo bioreabsorvível “BioSTAR®”, sob controlo ecocardiográfico. Efectuou ecocardiograma transtorácico após o primeiro, terceiro e sexto mês pós-procedimento e ecocardiograma transesofágico aos nove meses, mostrando sempre adequada colocação do dispositivo, sem presença de shunt residual, sem qualquer intercorrência clínica durante este período. Os autores discutem a importância do desenvolvimento de dispositivos bioabsorvíveis para encerramento de FOP, e as suas vantagens em comparação com os dispositivos sintéticos previamente utilizados.

Osteogénese Imperfeita – Experiência do Serviço de Ortopedia do Hospital Dona Estefânia

Escobar, C; Malveiro, D; Salgado, A; Santos, MI; Campagnolo, J; Cassiano Neves, M
Fonte: Centro Editor Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução/Objectivos: A osteogénese imperfeita (OI) é uma doença genética caracterizada por fragilidade óssea e osteopenia. O tratamento implica uma abordagem multidisciplinar e tem como objectivo a melhoria da qualidade de vida. Os autores pretendem descrever as características de uma amostra de crianças com OI, avaliar o tratamento realizado e a evolução clínica pré e pós terapêutica. Material e Métodos: Estudo observacional, longitudinal, retrospectivo e analítico, com base nos dados obtidos da consulta dos processos de todos os doentes com OI incluídos no protocolo de tratamento com pamidronato no Hospital Dona Estefânia. As variáveis estudadas foram: sexo, idade de diagnóstico, antecedentes familiares de OI, idade de fractura, localização da fractura, número de fracturas, terapêutica médica/cirúrgica, idade de início do tratamento médico, número de ciclos de terapêutica médica, idade da terapêutica cirúrgica, complicações da terapêutica cirúrgica. Adoptou-se um nível de significância de 5%. Resultados: De 21 doentes, 61,9% eram do sexo masculino e 11 tinham registado o diagnóstico do tipo de OI (cinco do tipo I, três tipo III, três tipo IV). A idade média de diagnóstico foi de 20...

Child with Choledochal Cyst Presenting with Episodes of Vomitting and Jaundice

Santos, R; Almeida, J; Mendes, PP; Pereira, S; Borges, C; Soares, E
Fonte: European Society of Radiology Publicador: European Society of Radiology
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A 2 year old girl presented to the emergency department with frequent episodes of vomiting and jaundice. Analytically, there was leucocytosis with normal neutrophil count, RCP of 5, 66 mg/dL and GGT 87 U/L. Colluria was also found.

Validação da Versão Portuguesa da "Activities-specific Balance Confidence Scale"

Soares Branco, P
Fonte: Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação Publicador: Sociedade Portuguesa de Medicina Física e de Reabilitação
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: Muitos dos instrumentos disponíveis para a avaliação do equilíbrio, risco de queda e medo de cair medem apenas actividades simples no domicílio e apresentam tendência para um “efeito de tecto” em idosos residentes na comunidade. A “Activities-specific Balance Confidence (ABC) Scale” foi concebida para avaliar o equilíbrio de forma abrangente, num conjunto de actividades de vida diária associadas a um largo espectro de dificuldade. Objectivos: Traduzir para português e adaptar culturalmente para Portugal a “Activities-specific Balance Confidence (ABS) Scale” e avaliar a sua fiabilidade. População e Métodos: Tradução e adaptação cultural do instrumento e subsequente aplicação a uma população idosa portuguesa, para determinação da sua fiabilidade inter-observador, fiabilidade intra-observador e consistência interna. Resultados: Os resultados foram muito homogéneos na grande maioria das comparações realizadas, quer intra-observador, quer inter-observador. A avaliação da consistência interna revelou valores muito elevados. Estes níveis de fiabilidade mantiveram-se mesmo removendo qualquer uma das 16 questões que compõem o questionário, mantendo-se praticamente constantes os valores registados com o questionário completo. Conclusões: A versão portuguesa da escala ABC demonstrou boa fiabilidade intra-observador...

Alocação de Órgãos e Tecidos

Palma, MC
Fonte: Gabinete Coordenador de Colheita e Transplantação do Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE Publicador: Gabinete Coordenador de Colheita e Transplantação do Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Long-Term Maraviroc Use As Salvage Therapy in HIV-2 Infection

Caixas, U; Ferreira, J; Marinho, A; Faustino, I; Grilo, N; Lampreia, F; Germano, I; Monteiro, E; Pereira, S
Fonte: Oxford Publicador: Oxford
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Hemangioma Infantil Ulcerado do Sulco Interglúteo Tratado com Timolol Tópico

Fernandes, S; Amaro, C; Cardoso, J
Fonte: Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Dados recentes revelam resultados promissores com a utilização de beta-bloqueante tópico no tratamento dos hemangiomas infantis ulcerados. Os autores descrevem o caso clínico de uma lactente pré-termo de 6 meses de idade com um hemangioma infantil ulcerado do sulco interglúteo tratado com bom resultado clínico com timolol tópico.

Polissensibilização a Pólenes Analisada e Reinterpretada à Luz do Método ImmunoCAP ISAC®

Chambel, M; Paiva, M; Prates, S; Loureiro, V; Leiria-Pinto, P
Fonte: Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica Publicador: Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: O ImmunoCAP ISAC® visa a detecção in vitro de IgE específica sérica (IgEe) para múltiplos alergénios moleculares. Objectivos: Analisar os resultados do ImmunoCAP ISAC® (ISAC) em doentes com alergia respiratória e aparente polissensibilização a pólenes. Métodos: Seleccionámos 34 doentes com alergia respiratória e testes cutâneos por picada (TC) positivos para extractos de 2 ou mais pólenes. Foi determinada a IgEe para alergénios moleculares por ISAC. Analisámos os resultados obtidos para os pólenes testados pelos dois métodos (gramíneas, parietária, artemísia, salsola, oliveira, plátano, bétula). Resultados: A mediana de idades é de 18 anos (56% sexo masculino). Nos TC o maior número de positividades verifica -se para gramíneas (n=33) e o menor para bétula (n=10). Por ISAC, o maior número de positividades observa -se para gramíneas (n=31 doentes), surgindo a bétula em segundo (n=20) e o plátano em último (n=6). O número de resultados positivos é, em geral, maior nos TC do que no ISAC. A concordância entre os métodos é elevada para gramíneas (91%), variando entre 79% e 47% para os restantes pólenes. À excepção da bétula, os casos discordantes resultam sobretudo de positividade nos TC com resultado negativo no ISAC; para a bétula...