37

Últimos itens adicionados do Acervo: Centro Hospitalar de Lisboa Central

O Repositório do Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE é constituído pelo Hospital de S. José, Hospital de Sto. António dos Capuchos, Hospital de Sta. Marta, Hospital D. Estefânia, Hospital Curry Cabral e Maternidade Dr. Alfredo da Costa.

Página 1 dos resultados de 1819 itens digitais encontrados em 0.002 segundos

Terapêutica na DPOC

Cardoso, J; Mineiro, A; Pires, L; Borba, A; Naveso, G; Guil, D; Emiliano, M
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pneumologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Pneumologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Rotura Isolada da Vesícula Biliar por Traumatismo Abdominal Fechado - Caso Clínico

Mendes, M; Penedo, J; Guedes da Silva, J
Fonte: Sociedade Portuguesa de Cirurgia Publicador: Sociedade Portuguesa de Cirurgia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Avaliação do Suporte Nutricional numa Unidade de Cuidados Intensivos Diferenciada

Ruivo, A; Camilo, ME; Tavares, L; Resende, M; Dias, MG; Lima, R
Fonte: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna Publicador: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1997 Português
Relevância na Pesquisa
0%
O objectivo deste artigo consistiu na avaliação da adequação e execução de um protocolo de nutrição entérica, implementado numa unidade de cuidados intensivos, e que havia sido programado em função dos doentes nela admitidos. Num período de 3 meses, foram seleccionados e avaliados 34 processos clínicos, com internamento superior a 48 horas. Verificou-se que a avaliação nutricional, clínica ou laboratorial, mesmo sumária, ainda não entrou na prática clínica. O registo do suporte nutricional efectuado é insuficiente, embora a nutrição entérica ou parentérica determine maior rigor. A dieta química polimérica é adequada, sendo raramente necessária uma alternativa de mais fácil absorção. O protocolo foi adequado, mas há necessidade de avaliação regular e maior proficiência nos cuidados de aplicação. Propõe-se um novo protocolo com registo e determinação das necessidades de nutrientes de forma individualizada.

Aspectos Nutricionais na Grávida Hipertensa e Obesa

Lavinha, I
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A mulher que pensa engravidar deve possuir bons hábitos alimentares. O excesso de peso numa mulher grávida origina um aumento de complicações na gravidez como hipertensão arterial, diabetes, entre outros. Ensinar uma grávida a comer é ensinar a futura geração a comer. Vivemos numa sociedade em que a obesidade é o distúrbio alimentar mais comum, estando a aumentar a sua prevalência em todas as faixas etárias. Na consulta de hipertensão e gravidez na Maternidade Dr. Alfredo da Costa, verifica-se que as mulheres com obesidade representam o maior grupo, seguido do grupo das mulheres com excesso de peso e muito próximo na prevalência, a superobesidade.

Agentes Físicos: Crioterapia, Termoterapia, Diatermia e Electroterapia

Soares Branco, P; Martelo, D; Constantino, H; Lopes, M; José, R; Tomás, R; Esteves de Carvalho, T
Fonte: Medesign – Edições e Design de Comunicação, Lda Publicador: Medesign – Edições e Design de Comunicação, Lda
Tipo: info:eu-repo/semantics/book
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Fracturas-Avulsão da Tuberosidade Anterior da Tíbia em Adolescentes

Batista, N; Sarmento, M; Thuesing, M; Tavares, D; Cassiano Neves, M
Fonte: Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
As fracturas-avulsão da tuberosidade anterior da tibia (TAT) são raras no doente esqueleticamente imaturo. A prevalência de doença de Osgood-Schlatter prévia à fractura é variável de estudo para estudo, parecendo haver apenas uma correlação associativa e não causal. Os autores apresentam a revisão de 7 adolescentes com fracturas/avulsão da TAT tratados cirurgicamente. São abordados os aspectos relativos à classificação, tratamento, complicações, resultados funcionais e radiológicos das referidas fracturas assim como a sua relação com a doença de Osgood-Schlatter.

Cat-Scratch Disease With Bone Involvemnet

Maia, R; Brito, MJ; Sousa, R; Gouveia, C
Fonte: Área de Pediatria Médica, Unidade de Infecciologia Pediátrica, Hospital de Dona Estefânia, Centro Hospitalar de Lisboa Central EPE Publicador: Área de Pediatria Médica, Unidade de Infecciologia Pediátrica, Hospital de Dona Estefânia, Centro Hospitalar de Lisboa Central EPE
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Background: Bartonella henselae infection typically presents as a self-limiting regional lymphadenopathy. Bone involvement is a very rare form of the disease. Aims: To describe bone infection associated to cat-scratch disease (CSD) in a portuguese pediatric hospital. Methods: Clinical records of children admitted at the hospital with the diagnosis of CSD associated bone infection, during 2010, were reviewed. Diagnosis was confirmed by serology using indirect fluorescence assay and nucleic acid amplification from lymph node biopsy. Results: Two boys, 2 and 7 years old, were identified. One had prolonged fever and neck pain. MRI suggested D6-D9 osteomyelitis. Cultures were negative and Mycobacterium tuberculosis and Brucella infection were excluded. He was treated with gentamicin and cotrimoxazol, with clinical, but no significant image, improvement. The second child presented subacute sternoclavicular swelling and mildly enlarged axillary lymph nodes. Image studies revealed an osteolytic lesion of the clavicle and hypoechogenic splenic lesions. Histopathology of lymph node showed granulomatous adenitis and excluded malignancy. Therapy with azythromicin and rifampicin was successful. Both had contact with cats. Primary and secondary immunodeficiency was excluded. Conclusion: The optimal therapy for atypical Bartonella henselae infection is unknown and the role of antibiotics uncertain. Several combinations of antibiotics have been proposed for bone disease treatment...

Imunodeficiência Combinada Grave – O Diagnóstico Precoce é Importante?

Simão, I; Valente, R; Farela Neves, J; Neves, C
Fonte: Unidade de Imunodeficiências Primárias, Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos, Hospital de Dona Estefânia, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE Publicador: Unidade de Imunodeficiências Primárias, Unidade de Cuidados Intensivos Pediátricos, Hospital de Dona Estefânia, Centro Hospitalar de Lisboa Central, EPE
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: Os doentes com Imunodeficiência Combinada Grave (SCID) não diagnosticados evoluem inexoravelmente para a morte no primeiro ano de vida. Um elevado índice de suspeição é fundamental para o diagnóstico precoce, o factor mais importante para a sobrevida destas crianças. Objectivo: Apresentam-se três casos clínicos ilustrativos da importância da precocidade diagnóstica no prognóstico final. Casos clínicos: Caso clínico 1: Lactente do sexo masculino, com antecedentes de infecções respiratórias de repetição, internado aos sete meses na UCIP do HDE por pneumonia a Adenovírus com insuficiência respiratória. Necessitou de ventilação mecânica e de duas transfusões de concentrado eritrocitário na primeira semana de internamento. Teve exantema exuberante, interpretado como toxidermia. Evoluiu para doença pulmonar sequelar grave. Aos nove meses foi feito o diagnóstico de SCID hipomorfa com doença do enxerto contra o hospedeiro pós-transfusional, controlada com imunossupressão (ciclosporina e glucocorticoides). Não foi transplantado com células progenitoras hematopoiéticas por não reunir condições clínicas. Na sequência de uma intercorrência respiratória veio a falecer aos 14 meses. Caso clínico 2: Lactente do sexo masculino...

Anestesia para a Distrofia Muscular Oculo-Faríngea: a Propósito de um Caso Clínico

Chaves, A; Serralheiro, I; Caseiro, JM
Fonte: Sociedade Portuguesa de Anestesiologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Anestesiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A importância deste caso clínico particular prende-se com o facto da distrofia muscular oculo-faríngea ser uma forma rara de distrofia muscular com importantes implicações anestésicas. Doente de 64 anos com manifestações de distrofia muscular oculo-faríngea desde 1994, proposto para parotidectomia esquerda sob anestesia geral. Na avaliação pré-operatória evidência de ptose bilateral e envolvimento dos músculos esqueléticos proximais das extremidades ao exame neurológico. Foi programado para o primeiro tempo da sala operatória e foram tomadas todas as precauções inerentes ao alto risco para hipertermia maligna. Foi realizada uma indução de sequência rápida com propofol por TCI (target controlled infusion), perfusão contínua de remifentanil e uma dose de 0,9 mg/kg de rocurónio por via endovenosa com intubação endotraqueal sem intercorrências. Manutenção anestésica com anestesia endovenosa total. A propósito deste doente fomos rever as implicações e cuidados anestésicos a ter neste tipo de distrofia muscular pouco referida na literatura anestésica com apenas um artigo de há 15 anos descrevendo a sua abordagem anestésica.

Como Fazer um Curriculum Cirúrgico

Mena Martins, F
Fonte: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1995 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A discussão do curriculum vitae é um parâmetro muito valorizado na avaliação dos internatos de especialidade em Portugal. No entanto, a inexistência de normas orientadoras para a sua elaboração cria dificuldades aos candidatos que os escrevem, aos júris que os classificam e às entidades da tutela a quem compete garantir equidade no processo. Apresenta-se e comenta-se uma proposta de sistematização de curriculum genérico para as especialidades cirúrgicas, baseado na legislação que regulamenta a avaliação da formação médica pós-graduada. Considera-se desejavel uma discussão alargada sobre o tema, em forum próprio.

Larva Migrans Cutânea - a Propósito de um Caso Típico

Santos, G; João, A
Fonte: Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Dermatologia e Venereologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A larva migrans cutânea é frequente em regiões tropicais e sub-tropicais e é causada pela migração de larvas de nemátodos na pele. O diagnóstico é efectuado essencialmente pelas características epidemiológicas da dermatose e pela sua semiologia clínica. Geralmente o tratamento é bem sucedido com albendazol ou ivermectina. Descreve-se o caso clínico de uma mulher de 54 anos que regressou de férias na Jamaica há cerca de 15 dias. A doente iniciou no local, uma pápula eritematosa, bem delimitada, com 2mm de largura no bordo externo do pé esquerdo, progredindo em trajecto serpiginoso pela planta até atingir o bordo interno do pé. Negava febre ou outros sintomas associados. Clinicamente a dermatose era muito sugestiva de larva migrans cutânea pelo que se institui terapêutica com albendazol. O presente caso serve para relembrar uma dermatose pouco frequente em Portugal. Pretende-se também alertar para o reconhecimento precoce desta dermatose, que apesar de autolimitada é motivo de grande ansiedade para os doentes.

Curso sobre Alergia Alimentar da EAACI

Rosa, S; Alves, R; Piedade, S; Reis, R; Geraldes, L; Figueira Santos, A; Costa, C; Silva, AT; Romeira, AM; Borrego, LM
Fonte: Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica Publicador: Sociedade Portuguesa de Alergologia e Imunologia Clínica
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Aluminum and Sulphate Removal by a Highly Al-Resistant Dissimilatory Sulphate-Reducing Bacteria Community

Martins, M; Taborda, R; Silva, G; Assunção, A; Matos, AP; Costa, MC
Fonte: Springer Verlag Publicador: Springer Verlag
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A highly Al-resistant dissimilatory sulphatereducing bacteria community was isolated from sludge of the wetland of Urgeiriça mine (community W). This community showed excellent sulphate removal at the presence of Al3+. After 27 days of incubation, 73,86 and 81% of sulphate was removed in the presence of 0.48, 0.90 and 1.30 mM of Al3+, respectively. Moreover,Al3+ was simultaneously removed: 55,85 and 78% of metal was removed in the presence of 0.48, 0.90 and 1.30 mM of Al3+, respectively. The dissociation of aluminiumlactate soluble complexes due to lactate consumption by dissimilatory sulphate-reducing bacteria can be responsible for aluminum removal, which probably precipitates as insoluble aluminium hydroxide. Phylogenetic analysis of 16S rRNA gene showed that this community was mainly composed by bacteria closely related to Desulfovibrio desulfuricans. However, bacteria affiliated to Proteus and Ralstonia were also present in the community.

Agenesia Congénita do Colo

Chung, A; Sobral, D; Carvalho, MJ; Neves, A; Pires, L; Sá e Melo, P
Fonte: Maternidade Dr. Alfredo da Costa Publicador: Maternidade Dr. Alfredo da Costa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1999 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Os autores apresentam um caso de anomalia congénita rara do aparelho digital feminino – agenesia do colo com dois hemiúteros rudimentares não comunicantes, tendo um deles endométrio residual, funcional. Esta anomalia condicionou um síndrome doloroso pélvico que conduziu a uma histerectomia. Terminam os autores com uma breve revisão bibliográfica.

Amputações de Membros Efectuadas nos Hospitais do Serviço Nacional de Saúde nos Anos de 1990 a 1993

Sequeira, FM; Batista Martins, A
Fonte: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1996 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Foi objectivo deste trabalho obter uma panorâmica sobre amputações de membros efectuadas em Portugal nos Hospitais do Serviço Nacional de Saúde num período de quatro anos (1990 a 1993), analisando-se a sua distribuição por etiologias e sexo, idade média, demora média de internamento, nível de amputação e taxa de mortalidade. Os autores destacam ainda os níveis de amputação mais favoráveis para uma reabilitação eficaz.

Imunoglobulina Intravenosa na Isoimunização Rh do Recém-Nascido

Carvalhosa, G; Berdeja, A; Costa, T; Valido, AM
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pediatria Publicador: Sociedade Portuguesa de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1998 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Estudaram-se retrospectivamente 38 processos de Recém-Nascidos (RN) com isoimunização Rh, 25 dos quais foram tratados com imunoglobulina intravenosa (IGIV) — 500 mg/Kg. Esta terapêutica iniciada no ano 1995 teve como objectivo diminuir a hemólise e consequentemente evitar a exsanguíneo- -transfusão (ET) que seria sempre efectuada desde que se verificassem os critérios classicamente aceites para a evolução e níveis séricos de bilirrubina. Os resultados obtidos mostraram que apenas 28% dos 25 RN que fizeram IGIV necessitaram de ET contrastando com 92% dos 13 casos diagnosticados nos 2 anos imediatamente anteriores ao início desta terapêutica. Parece assim ter sido eficaz na contenção da hemólise mesmo quando a apresentação inicial da doença evidenciou uma anemia que necessitou de ser corrigida. A transfusão de concentrado eritrocitário foi efectuada logo no 1.° dia a 13 dos 25 RN, 68% de todos os casos transfundidos em toda a evolução da doença. Admitimos que esta terapêutica seja uma alternativa válida com menor morbilidade. No nosso estudo não verificámos qualquer efeito secundário.

Diabetes Gestacional e o Impacto do Actual Rastreio

Massa, AC; Rangel, R; Cardoso, M; Campos, A
Fonte: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor e Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: Em 2011, foi introduzido um novo rastreio para a diabetes gestacional que permitiu um diagnóstico mais precoce e de maior número de casos com o intuito de reduzir complicações maternas e perinatais. O objectivo deste estudo foi avaliar a prevalência da diabetes gestacional, comparar resultados obstétricos e perinatais do anterior e presente rastreio e os resultados e realização da prova de reclassificação pós-parto. Material e Métodos: Estudo retrospectivo em gestações simples e diabetes gestacional diagnosticados em 2009 (n = 223) e 2012 (n = 237), vigiadas na Maternidade Dr. Alfredo da Costa, Portugal. Após consulta de processos clínicos procedeu-se à análise de características demográficas, história médica e obstétrica, aumento ponderal durante a gravidez, idade gestacional do diagnóstico, terapêutica utilizada, resultados perinatais e reclassificação pós-parto, seguida de comparação destas variáveis entre os anos de 2009 e 2012. Resultados: Em 2012, houve maior prevalência de diabetes gestacional, ganho ponderal inferior (p < 0,001), maior recurso à terapêutica farmacológica (p < 0,001) e aumento dos casos diagnosticados no primeiro e segundo trimestres (p < 0,001). Relativamente aos resultados neonatais...

Intraocular Pressure in Eyes Receiving Intravitreal Antivascular Endothelial Growth Factor Injections

Lemos, V; Cabugueira, A; Noronha, M; Abegão Pinto, L; Reina, M; Branco, J; Gomes, T
Fonte: Karger Publicador: Karger
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
0%
PURPOSE: The aim of the this study was to determine the effect of intravitreal antivascular endothelial growth factor injections on intraocular pressure (IOP) and identify possible risk factors for the development of increased IOP. MATERIALS AND METHODS: This prospective study included a total of 106 eyes receiving intravitreal injection of bevacizumab as treatment for macular edema or active choroidal neovascularization. IOP was measured by Goldmann applanation tonometry immediately before the intravitreal injection and 5 min, 1 h and 15 days after the procedure. The records of the study patients were reviewed for age, gender, history of glaucoma, diabetes mellitus, phakic status, systemic and topical medication and number of previous injections. Subconjunctival reflux was registered. IOP elevation was defined as IOP ?21 mm Hg and/or a change from baseline of ?5 mm Hg recorded at least on two or more measurements on the same visit. RESULTS: Mean preoperative IOP was 15.31 ± 3.90 mm Hg and postoperative IOP values were 27.27 ± 11.87 mm Hg (after 5 min), 17.59 ± 6.24 mm Hg (after 1 h) and 16.86 ± 3.62 mm Hg (after 15 days). The IOP variation was statistically significant between pre- and postoperative measurements (p < 0.05). Subconjunctival reflux was recorded in 11.3%...

Renal Dysfunction in a Patient with a Roux-en-Y Gastric Bypass Surgery

Viana, H; Verdelho, M; Mendes, M; Carvalho, F; Nolasco, F
Fonte: Sociedade Portuguesa de Nefrologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Nefrologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Diagnóstico Pré-Natal das Anomalias do Tracto Urinário: Dez Anos de Experiência

Batista, J; Abranches, M; Silva, A; Ferra de Sousa, J
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pediatria Publicador: Sociedade Portuguesa de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2002 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: As anomalias do tracto urinário são detectadas com uma frequência cada vez maior devido à sistematização da vigilância ecográfica durante a gravidez aliada à sofisticação técnica e à experiência dos ecografistas. Objectivo: Analisar os principais diagnósticos pós-natais investigados na sequência do estudo evolutivo prolongado das uropatias fetais seguidas no ambulatório da nefrologia pediátrica do Hospital de Dona Estefânia. Doentes e Métodos: Estudo retrospectivo dos 392 casos de uropatia fetal observados num período de dez anos e submetidos ao protocolo de investigação em uso na unidade. Resultados: O estudo inclui 362 casos; excluímos 30 processos que não completaram a investigação. A relação sexo masculino: feminino foi de 2: 1. O diagnóstico pré-natal foi realizado em média às 28.9 semanas e a idade média de admissão foi de 68 dias. No estudo evolutivo pós-natal verificou-se a formulação de um diagnóstico definitivo em 349 (96.4%) das crianças. Em 109 crianças (30%) a anomalia fetal foi transitória. Em 75 (20.7%) a dilatação era funcional. Confirmou-se a existência de uropatia em 165/362 crianças: refluxo vesico-ureteral 70/165 (42.4%), displasia multiquística 21%...