39

Últimos itens adicionados do Acervo: Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca

O Repositório Institucional do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca (HFF) destina-se a armazenar, preservar, divulgar e dar acesso à produção intelectual do HFF em formato digital.

Página 1 dos resultados de 1069 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Imunoglobulina intravenosa e Síndrome de Sjögren

Neves, M; Martins, H; Lourenço, JF; Araújo, JM
Fonte: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna Publicador: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A síndrome de Sjögren (SS) é uma patologia auto-imune com incidência e prevalência importantes, manifestações clínicas variadas e critérios diagnósticos bem definidos. Áreas como os seus mecanismos fisiopatológicos e novas estratégias terapêuticas têm merecido atenção crescente. A imunoglobulina intravenosa (IgIV) está indicada para o tratamento de várias entidades nosológicas, sendo crescente a investigação acerca dos seus mecanismos de acção, nomeadamente sobre a actividade imunitária. O seu espectro de indicações terapêuticas continua altamente controverso mas tem vindo a expandir-se, sobretudo no âmbito da auto-imunidade. Existem apenas alguns casos descritos de utilização da IgIV no tratamento da SS, principalmente quando se apresenta com manifestações neurológicas. Apresentamos uma revisão da indicação do uso da IgIV na SS, fazendo uma análise dos resultados de relatos de casos da sua utilização, entretanto publicados. A IgIV parece ser uma opção terapêutica a ter em conta na SS. Segundo o que se sabe, à data, será uma opção terapêutica, de segunda linha, para os casos com manifestações extraglandulares graves refractários à terapêutica convencional.

Tromboembolismo pulmonar crónico – a propósito de um caso clínico

Santos, A; Jordão, A; Dutschmann, L
Fonte: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna Publicador: Sociedade Portuguesa de Medicina Interna
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Os autores apresentam o caso clínico de um doente de 53 anos, do sexo masculino, com antecedentes pessoais de flebotromboses dos membros inferiores, doença pulmonar obstrutiva crónica, obesidade, tabagismo e hipertensão arterial, que foi internado no Serviço de Medicina II com um quadro clínico de dispneia de esforço progressiva e edemas acentuados dos membros inferiores. A avaliação subsequente revelou tratar-se de hipertensão pulmonar tromboembólica, cirurgicamente acessível, apresentando trombose parcial dos ramos direito e esquerdo da artéria pulmonar, com extensão aos ramos lobares inferiores. O doente foi sujeito a tromboendarterectomia pulmonar bilateral e exérese de enormes trombos ramificados até às artérias subsegmentares. No pós-operatório, teve uma melhoria acentuada do seu estado hemodinâmico e da análise dos gases sanguíneos, com regressão dos edemas periféricos. Contudo, apesar do sucesso cirúrgico, o doente acabou por falecer ao 13º dia do pós-operatório, com uma infecção hospitalar – sepsis a Serratia marcescens. Os autores consideram importante a publicação deste caso clínico pela raridade da história clínica, pela exuberância das imagens obtidas nos exames complementares de diagnóstico...

The role of FNAC in the preoperative diagnosis of dermatofibrosarcoma protuberans, fibrosarcomatous variant : a case report

Manso, R; Lemos, MM; Martins, MC; Mendonça ME
Fonte: European Federation of Cytology Societies Publicador: European Federation of Cytology Societies
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Imunoglobulina endovenosa no Serviço de Medicina I do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca EPE

Neves, M; Martins, H; Elias, J; Araújo, JM
Fonte: Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, EPE Publicador: Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, EPE
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Um caso de mania crónica numa doente com diagnóstico duplo de doença bipolar tipo I e perturbação delirante

Martins, M; Gracias, MJ; Melo, J
Fonte: Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E. Publicador: Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Os autores descrevem o caso de uma doente de 62 anos, sem antecedentes psiquiátricos pessoais ou familiares até aos 52 anos, altura em que inicia ideias delirantes de conteúdo somático e hipocondríaco em que acredita ter ficado doente com um “problema na cabeça” após um pequeno traumatismo no local de trabalho. É internada pela primeira vez dois anos depois do referido traumatismo com o diagnóstico de perturbação delirante tipo somático, tendo tido alta com o delírio enquistado e sem crítica para o estado patológico. Inicia acompanhamento em consulta externa de psiquiatria, com má adesão terapêutica em ambulatório, com novo internamento cerca de 1 ano depois, por agravamento das ideias delirantes somáticas e hipocondríacas. Cerca de 3 anos depois, começa a manifestar sintomas maniformes de gravidade crescente (ideias sobrevalorizadas de grandiosidade, aumento da energia, taquipsiquia, aumento do débito do discurso, desinibição, elação de humor e redução da necessidade de sono); posteriormente o quadro agrava-se com o aparecimento de ideias delirantes persecutórias e alucinações auditivo-verbais, situação que motiva novo internamento, com um episódio maníaco franco. É feito o diagnóstico duplo de perturbação delirante e perturbação bipolar tipo I...

Heranças familiares: transfusão ou transformação

Pinheiro, C
Fonte: Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E. Publicador: Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
No presente artigo é reflectido o tema das heranças familiares numa perspectiva psicanalítica. São destacados conceitos de três autores: a transmissão psíquica (R. Kaes), a telescopagem de gerações (H. Faimberg), e o objecto transgeracional (A. Eiguer). São interrogadas perspectivas clínicas sobre a filiação, nomeadamente aquelas que resultam de uma prática com a instituição, o indivíduo, a família e o grupo.

Editorial

Cardoso, G
Fonte: Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E. Publicador: Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Population mobility and the changing epidemics of HIV-2 in Portugal

Carvalho, A; Valadas, E; França, L; Carvalho, C; Aleixo, M; Mendez, J; Marques, R; Sarmento, A; Doroana, M; Antunes, F; Branco, T; Águas, M; Castro, R; Lazarus, J; Barros, H
Fonte: Wiley Publicador: Wiley
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
INTRODUCTION: Portugal is the European country with the highest frequency of HIV-2 infection, which is mainly concentrated in West Africa. The cumulative number of notified HIV-2 infections in Portugal was 1813 by the end of December 2008. To better characterize the dynamics of HIV-2 infection in the country and to obtain data that may be of use in the prevention of the spread of HIV-2, we evaluated a large pooled sample of patients. PATIENTS AND METHODS: Five Portuguese hospitals provided data on HIV-2-infected patients from 1984 to the end of 2007. Data concerning demographic characteristics and clinical variables were extracted. Patients were stratified according to date of diagnosis in approximately 5-year categories. RESULTS: The sample included 442 patients, accounting for 37% of all HIV-2 infections notified in Portugal during that period. HIV-2-infected patients showed clearly different characteristics according to the period of diagnosis. Until 2000, the majority of HIV-2-infected patients were Portuguese-born males living in the north of the country. From 2000 to 2007, most of the patients diagnosed with HIV-2 infection had a West African origin, were predominantly female and were living in the capital, Lisbon. The average age at diagnosis and loss to follow-up significantly increased over time. CONCLUSION: HIV-2 infection has been documented in Portugal since the early 1980s and its epidemiology appears to reflect changes in population movement. These include the movements of soldiers and repatriates from African territories during the independence wars and...

O Silêncio na comunicação ou a comunicação pelo silêncio: o silêncio na psicanálise

Marta, R
Fonte: Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E. Publicador: Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Neste artigo faz-se uma reflexão sobre o significado e importância do silêncio na relação psicanalítica. Partindo do silêncio na relação comum entre as pessoas, exemplificamos como o silêncio pode ser sentido como confortável ou perturbador, e como pode ser utilizado para aproximar ou afastar na relação com o outro. Evidenciamos estas mesmas características na relação psicanalítica, e a evolução do olhar sobre o silêncio, ao longo da evolução da teoria e prática psicanalítica. Apresentamos em seguida a visão de Nacht, sobre o silêncio, o qual enfatiza o seu papel integrador e fundamental na relação analítica. Assim, só no silêncio nascem certos afectos e o silêncio facilita a interiorização do analista.

Prevalência de ansiedade e depressão nos doentes seguidos na unidade terapêutica de dor do Hospital Fernando Fonseca

Ferreira, B; Sennfelt, D; Luis, A
Fonte: Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E. Publicador: Serviço de Psiquiatria do Hospital Prof. Dr. Fernando Fonseca, E.P.E.
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A dor acarreta sofrimento emocional e diminuição da qualidade de vida. Frequentemente, são observadas perturbações de ansiedade e depressão no doente com dor. Com o objectivo de estudar a p revalência de ansiedade, e depressão na Unidade Terapêutica de Dor do Hospital Fernando Fonseca, 54 doentes nela seguidos foram avaliados mediante o preenchimento da Hospital Anxiety and Depression Scale (HADS). A dor foi quantificada através do preenchimento da Pain Visual Analogue Scale (VAS). Na sub-escala de ansiedade, 63% das mulheres e 15% dos homens apresentaram valores considerados elevados (cotações iguais ou superiores a 11). Na sub-escala da depressão, 42% das mulheres e 27% dos homens apresentaram valores considerados elevados. A correlação entre a pontuação da VAS e a pontuação da HADS total foi estatisticamente significativa.

The importance of dyspnoea in the diagnosis of chronic obstructive pulmonary disease: a descriptive analysis of a stable cohort in Portugal (SAFE Trial)

Bárbara, C; Moita, J; Cardoso, J; Costa, R; Redondeiro, R; Gaspar, M
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pneumologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Pneumologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
INTRODUCTION: The aim of this study was to determine patient-perceived characteristics of chronic obstructive pulmonary disease (COPD) in patients participating in a large trial evaluating tiotropium bromide. PATIENTS AND METHODS: Baseline symptoms were assessed by means of a standardized questionnaire. Patients reported symptoms that led to diagnosis as well as their current most troublesome symptom. RESULTS: Data were obtained from 298 patients, mostly male (95%), with mean (standard deviation) baseline forced expiratory volume in 1 second of 1.1 (0.4) L (40.6 [13.3] % of predicted), mean disease duration of 14.4 (10.1) years and smoking history of 55.1 (25.3) pack-years. Dyspnoea was the most frequently reported symptom leading to COPD diagnosis (55.0% of patients), followed by cough (33.2%). Dyspnoea was also the current most troublesome symptom (82.6%), followed by cough (8.4%). The presence of dyspnoea or cough was independent of COPD severity. The most commonly reported co-morbidities were cardiovascular disorders (49% of patients), gastrointestinal disorders (20%) and metabolic disorders (16%), mainly diabetes mellitus. CONCLUSIONS: This analysis confirms the importance of dyspnoea as the most common symptom leading to initial COPD diagnosis and the symptom most troublesome to patients. Co-morbidities are common among COPD patients...

A importância da dispneia no diagnóstico da doença pulmonar obstrutiva crónica: uma análise descritiva de uma coorte estável em Portugal (ensaio clínico SAFE)

Bárbara, C; Moita, J; Cardoso, J; Costa, R; Redondeiro, R; Gaspar, M
Fonte: Sociedade Portuguesa de Pneumologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Pneumologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: Este estudo teve como objectivo determinar os principais sintomas percepcionados pelos doentes com doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC) numa coorte de doentes que participaram num grande ensaio clínico, que avaliou o tiotrópio e que decorreu em Portugal. População e métodos: A caracterização dos sintomas, no momento de avaliação basal dos doentes foi efectuada através do recurso a um questionário padronizado. Os doentes foram inquiridos quanto aos principais sintomas que tinham levado ao diagnóstico e também quanto ao sintoma actual mais problemático. Resultados: Os resultados foram obtidos de 298 doentes, maioritariamente masculinos (95%), que apresentavam, uma média (desvio padrão) de volume expiratório forçado no primeiro segundo basal de 1,1 (0,4) L (40,6 [13.3] % do valor preditivo), uma duração média da doença de 14,4 (10,1) anos e uma carga tabágica de 55,1 (25,3) unidades maço ano. A dispneia foi o sintoma mais frequentemente reportado, como tendo sido o sintoma que levou ao diagnóstico da doença (55,0% de doentes), seguindo-se-lhe a tosse (33,2%). A dispneia foi também o sintoma actual mais problemático (82,6%), seguindo-se-lhe também a tosse (8,4%). A presença de dispneia ou tosse foi independente da gravidade da DPOC. As comorbilidades mais frequentemente reportadas foram as doenças cardiovasculares (49% dos doentes)...

Colheita multicomponentes por aferese a dadores benévolos: a experiência do Serviço de Sangue do HFF

Barradas, A; Barra, A; Rebelo, L
Fonte: Associação Portuguesa de Imuno-Hemoterapia Publicador: Associação Portuguesa de Imuno-Hemoterapia
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução A introdução da prática de aférese veio alterar substancialmente a qualidade da colheita, diminuindo a “lesão da colheita” e incremento da qualidade dos componentes finais. No nosso hospital, o facto de termos a segunda maternidade do país e uma Unidade de Cuidados Intensivos Neonatais e Pediátricos, veio de alguma maneira contribuir para a introdução desta técnica na nossa prática. Com este trabalho queremos mostrar alguns dos resultados entre Maio de 2001 e Maio de 2005 e partilhar um pouco das dificuldades que também encontrámos. Material e métodos Utilizámos o aparelho de af+erese Haemonetics MCS+, tendo utilizado os protocolos SDR (que permite colher 2 unidades de CE desleucocitadas de dador único) LDP (que permite colher um CUP desleucocitado de dador único). Os dadores são seleccionados segundo os critérios de aprovação de dadores de aférese em vigor na EU e no nosso país e com um protocolo interno um pouco mais restritivo. No período entendido entre 10-05-2001 e 23-06-2005 realizámos 15 colheitas (3 CUPs e 12 U duplas de CE). Os dadores, todos do sexo masculino, tinham idades compreendidas entre os 26 e os 51 anos, sendo a média de idades de 34,7 anos. Resultados Para os CEs (2U) obtivemos um volume médio de 504...

Neuroimaging findings in alcohol-related encephalopathies

Zuccoli, G; Siddiqui, N; Cravo, I; Bailey, A; Gallucci, M; Harper, C
Fonte: American Roentgenology Ray Society Publicador: American Roentgenology Ray Society
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
OBJECTIVE: Our aim was to review the emergent neuroimaging findings of alcohol-related CNS nontraumatic disorders. Alcohol (ethanol) promotes inflammatory processes, increases DNA damage, and creates oxidative stress. In addition, the accompanying thiamine deficiency may lead to Wernicke encephalopathy. Associated changes in serum osmolarity may lead to acute demyelination. CONCLUSION: Alcohol-related encephalopathies can be life-threatening conditions but can be prevented or treated, if recognized.

Otites na prática clínica: guia de diagnóstico e tratamento

Paço, J, coord.; Sousa, MT, rev.
Fonte: Círculo Médico; Bial Publicador: Círculo Médico; Bial
Tipo: info:eu-repo/semantics/book
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Intraductal papillary mucinous tumour of the biliary tract

Rosado, E; Pereira, J; Bali, M; Delhaye, M; Matos, C
Fonte: European Society of Radiology Publicador: European Society of Radiology
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Mioquímia do oblíquo superior: a propósito de um caso clínico

Pedrosa, C; Silva, F; Pina, S; Ramalho, M; Feijóo, B; Prieto, I
Fonte: Sociedade Portuguesa de Oftalmologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Oftalmologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: A mioquimia do músculo oblíquo superior é uma patologia rara, que se caracteriza por movimentos verticais e torsionais sincronizados do olho, unilaterais. Estes movimentos são episódicos, rápidos e involuntários, dando origem ao quadro clínico, que se caracteriza por oscilopsia e diplopia. Objectivo: salientar o caso clínico de uma doente com uma patologia rara, muitas vezes incapacitante, cujos diagnóstico e tratamento são fundamentais para a qualidade de vida dos doentes com esta patologia. Métodos: Doente do sexo feminino, 39 anos de idade, raça caucasiana, com antecedentes de tromboflebite, medicada com varfine. Recorreu à consulta de oftalmologia por episódios paroxísticos de diplopia vertical e oscilopsia. Estes sintomas duravam entre 5 a 10 segundos e ocorriam várias vezes por dia, sendo que a frequência dos mesmos exacerbava com a fadiga. O quadro tinha 6 anos de evolução. Não apresentava história de traumatismo ou ingestão de medicamentos prévia ao aparecimento dos sintomas. A doente tinha sido avaliada em oftalmologia no início do quadro tendo realizado Tomografia Computorizada (TC) e Cortina de Hess, que não revelaram alterações. Teve alta da consulta, com seguimento subsequente em medicina interna. história de traumatismo ou ingestão de medicamentos prévia ao aparecimento dos sintomas. A acuidade visual era de 10/10 em ambos os olhos...

Adult intussusception: a single-center 10-year experience

Gomes, A; Sousa, M; Pignatelli, N; Nunes, V
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Background Adult intussusception (AI) is a rare condition, usually with a lead point, and for which surgery is the treatment of choice. Given the risks and possible complications of untreated AI, an accurate preoperative diagnosis is of the utmost importance. Although AI remains difficult to diagnose, computerized tomography (CT) is presently considered the best diagnostic tool. Methods Sixteen patients of 20 years and older with intraoperative diagnosis of intussusception, who underwent surgery between January 2000 and December 2009, were reviewed retrospectively. Patients were assessed concerning clinical presentation, imagiological findings, surgical treatment, and postoperative histological evaluation. Results Most patients (93.8 %) were admitted via emergency room (ER) due to abdominal pain. Fourteen (87.5 %) AI cases showed an underlying organic cause, e.g., masses or tumors. The most frequent comorbidities were Peutz–Jeghers syndrome (PJS; 18.8 %) and HIV (12.5 %). Eight (50.0 %) intussusceptions were ileocolic and six (37.5 %) were in the small bowel. Total 43.8 % of lesions were malignant. Preoperative diagnosis of intussusception was possible in 50.0 % of cases by ultrasonography (US) and in 81.8 % by CT. US showed no predictive value concerning intussusception location. Total 27.3 % of CTs correctly identified the location...

Laser: uma opção no tratamento de macroaneurisma retiniano sintomático

Coutinho, I; Santos, C; Ramalho, M; Pedrosa, C; Pina, S; Teixeira, S; Bernardo, M; Vendrell, C
Fonte: Sociedade Portuguesa de Oftalmologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Oftalmologia
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
INTRODUÇÃO Os macroaneurismas arteriais da retina, são dilatações adquiridas e localizadas nas artérias retinianas, mais frequentes no sexo feminino e após os 60 anos, associando-se a hipertensão arterial. O seu tratamento é um assunto controverso, dado a maioria regredir espontaneamente com bom prognóstico visual e os procedimentos terapêuticos não serem isentos de risco. Contudo, nos casos sintomáticos, com envolvimento macular secundário a hemorragia, edema ou exsudado, o tratamento pode ser ponderado. Apresenta-se um caso clínico em que se usou LASER no tratamento de um macroaneurisma associado a hemorragia e edema macular. MATERIAL E MÉTODOS Descrição e discussão de um caso clínico. Foi realizado exame clínico detalhado complementado com estudo por tomografia de coerência óptica (OCT), retinografia e angiografia com fluoresceína e verde de indocianina. RESULTADOS Homem de 57 anos, hipertenso, observado por diminuição súbita e indolor da acuidade visual (AV) do olho direito (OD), sem outras queixas. Do exame oftalmológico, destaca-se percepção luminosa OD e lesão hemorrágica pré-retiniana, densa, a nível macular, medindo 3 diâmetros de disco do mesmo olho. Realiza-se hialoidotomia posterior com Nd:YAG LASER. Após reabsorção de grande parte do hemovítreo...

Cluster headache without autonomic symptoms: why is it different?

Martins, I; Gouveia, R; Parreira, E
Fonte: American Association for the Study of Headache Publicador: American Association for the Study of Headache
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%
BACKGROUND: Some patients with otherwise typical cluster headache (CH) have persistent attacks free of cranial autonomic symptoms (CAS). The factors responsible for this atypical presentation are not known. OBJECTIVES: To identify factors associated to the absence of CAS in patients with CH. METHODS: A prospective series of 157 patients with the diagnosis of CH was analyzed, comparing 148 typical CH patients with 9 CH patients without CAS. RESULTS: Patients without CAS reported significantly less intense attacks (P = .003) when compared to those with CAS. There was also a tendency (not reaching statistical significance) for a higher frequency of females and chronic CH among those without CAS. Otherwise, there were no differences between the two groups (in age, duration of illness, follow-up time, attack duration or frequency, nor side or site of pain). A logistic regression analysis showed that only pain intensity could explain the difference between the two groups, since the other explanatory variables were also associated with different intensity of attacks. CONCLUSIONS: These results support the hypothesis that CH without cranial autonomic symptoms represents a milder form of CH.