27

Últimos itens adicionados do Acervo: Centro Hospitalar do Porto

O CHP é um hospital central e universitário pela sua associação ao Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto, que visa a excelência em todas as suas atividades numa perspetiva global e integrada da saúde.

Página 1 dos resultados de 1135 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

VALORIZAÇÃO DA PRESSÃO TELEDIASTÓLICA DO VENTRÍCULO ESQUERDO NO ESTUDO DE HEMODINÂMICA

Sousa, E.; Carvalho, H.; Romeira, H.; Guedes, R.
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em 11/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
O avanço significativo das tecnologias não invasivas, na última década, permitiu maior clareza e rapidez na obtenção de diagnósticos complexos, no entanto, a suboptimização dos resultados ou as características intrínsecas dos doentes revelam que a avaliação invasiva é muitas vezes indispensável, como acontece na quantificação das perturbações hemodinâmicas associadas a doenças cardiovasculares. Segundo Morton,a interpretação da curva de pressão telediastólica do ventrículo esquerdo é muitas vezes um indicativo da sua capacidade funcional. O principal objectivo deste trabalho de investigação, foi avaliar o aumento da pressão telediastólica do ventrículo esquerdo (VE) em indivíduos submetidos a cateterismo cardíaco, e identificar a sua relação com a função ventricular esquerda.

[Choroidal type aneurysmal malformation of the vein of Galen associated with Dandy?Walker malformation in an adult]

Ribeiro, V.; Botelho, L.; Lopes, A.; Ribeiro, P.; Xavier, J.; Teixeira, J.; Cruz, R.
Fonte: Centro Editor Livreiro da Ordem dos Médicos Publicador: Centro Editor Livreiro da Ordem dos Médicos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2003 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A distrofia muscular congénita (DMC) é uma das distrofias mais frequentes da infância, caracterizada por fraqueza muscular neonatal, com ou sem envolvimento do Sistema Nervoso central (SNC). As DMCs foram classificadas em cinco tipos clínicos diferentes: as duas formas de DMC clássica, com e sem défice da cadeia a2- laminina da merosina, causada por mutações do gene no cromossoma 6q2, a DMC de Fukuyama (forma clinicamente severa, inicialmente descrita em Japoneses e ligada ao cromossoma 9q31-33), a síndrome Walker-Warburg e a Doença músculoolhos- cérebro, descrita em doentes Finlandeses. A maioria destas formas tem envolvimento clínico e imagiológico severo do SNC. Este aspecto, raramente é observado na DMC clássica, particularmente na forma merosina positiva. Descrevemos o caso de uma doente de 28 anos, com sinais clínicos e histopatológicos de DMC clássica, não deficiente em merosina (merosina positiva). Não tem atraso mental, mas apresenta epilepsia. A RM revela, nas ponderações de TR longo, hipersinal difuso e simétrico da substância branca de ambos os hemisférios cerebrais, atingindo também o corpo caloso, braços posteriores das cápsulas internas e a via piramidal até ao mesencéfalo. O sinal dos gânglios da base é também anormal...

CD8 (+)/V beta 5.1(+) large granular lymphocyte leukemia associated with autoimmune cytopenias, rheumatoid arthritis and vascular mammary skin lesions: successful response to 2?deoxycoformycin.

GRANJO, E.; LIMA, M.; CORREIA, T.; LISBOA, C.; MAGALHAES, C; CUNHA, N.; TEIXEIRA, M.A.; QUEIROS, M.L.
Fonte: Wiley-Blackwell Publicador: Wiley-Blackwell
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/2002 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Hematol Oncol. 2002 Jun;20(2):87-93. Cd8(+)/V beta 5.1(+) large granular lymphocyte leukemia associated with autoimmune cytopenias, rheumatoid arthritis and vascular mammary skin lesions: successful response to 2-deoxycoformycin. Granjo E, Lima M, Correia T, Lisboa C, Magalhães C, Cunha N, Teixeira MA, Queirós ML, Candeias J, Matutes E. Department of Clinical Haematology, Hospital Geral de São João, Porto, Portugal. npp46740@mail.telepac.pt Abstract We report a case of CD8(+)/V beta 5.1(+) T-cell large granular lymphocyte leukemia (T-LGL leukemia) presenting with mild lymphocytosis, severe autoimmune neutropenia, thrombocytopenia, polyarthritis and recurrent infections with a chronic disease course. Immunophenotyping showed an expansion of CD3(+)/TCR alpha beta(+)/CD8(+bright)/CD11c(+)/CD57(-)/CD56(-) large granular lymphocytes with expression of the TCR-V beta 5.1 family. Southern blot analysis revealed a clonal rearrangement of the TCR beta-chain gene. Hematopoietic growth factors, high dose intravenous immunoglobulin and corticosteroids were of limited therapeutic benefit to correct the cytopenias. During the disease course, the patient developed a severe cutaneous leg ulcer and bilateral vascular mammary skin lesions. Treatment with 2-deoxycoformycin resulted in both clinical and hematological complete responses...

Caso Neurológico: Síndrome de Joubert

Oliveira, D.; Andrade, I.; Fineza, I.; Saraiva, J.; Andrade, N.; Moreira, N.
Fonte: Revista Nacer e Crescer Publicador: Revista Nacer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Sobre o Ensino da Bioética: Um Desafio Transdisciplinar

Lima, A.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Perante a nova realidade de modelação da vida pelas biotecnologias, cientistas, humanistas e pedagogos, na sua irreprimível inquietude e capacidade de questionamento, têm procurado encontrar respostas para os problemas em aberto, neste imparável movimento e incontestável sucesso da Bioética. Por ser uma área do conhecimento, que engloba várias disciplinas e devido ao seu grande desenvolvimento num curto espaço de tempo, colocam -se, hoje, novos desafi os. O ensino da Bioética confi gura -se como nova experiência sem modelo didáctico defi nitivo. E a forma tradicional de ensino radicada na concepção disciplinar já não é efi caz para a completa compreensão da Bioética. A natureza transdisciplinar da sua refl exão e a incidência da sua prática, na singularidade do humano, atribuem -lhe um estatuto epistemológico ainda por defi nir claramente. Por isso, a Bioética lida com saberes na encruzilhada de várias disciplinas e daí alguns autores sugerirem uma concepção interdisciplinar ou transdisciplinar para o seu ensino. Veremos, também, que a concepção fi losófi ca, de inspiração personalista, desenvolvida nos países europeus, por comparação com os modelos de refl exão anglo -americanos...

Caso Endoscópico: Corpo estranho no esófago com fístula traqueo-esofágica secundária

Pereira, F.
Fonte: Revista Nascer e Crescer Publicador: Revista Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Caso radiológico: Pneumonia Redonda

Macedo, F.
Fonte: Revista Nascer & Crescer Publicador: Revista Nascer & Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Intersexo. I - Genes envolvidos na determinação do sexo masculino

Sá, R.; Sousa, M.; Barros, A.
Fonte: Revista Nascer & Crescer Publicador: Revista Nascer & Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%
RESUMO Neste artigo actualizamos a embriologia do sistema reprodutor masculino e apresentamos a cascata de genes que controlam a determinação do sexo (sexo gonádico) e a diferenciação sexual (sexo genital). Em artigos subsequentes, explicaremos o mecanismo pelo qual as lesões destes genes condicionam intersexo. Na gónada embrionária bipotente os genes NR5A1(SF1) e WT1(-KTS) activam o gene SRY, enquanto que os genes WNT4 e WT1(- KTS) activam os genes feminizantes NROB1(DAX1) e SOX3. O SRY dispara a determinação da gónada bipotente em testículo ao induzir a diferenciação em células de Sertoli e ao inibir os genes DAX1 e SOX3. A diferenciação do sexo é uma consequência da interacção entre os genes SOX8, SOX9, NR5A1, GATA4 e WT1(+KTS), após potenciação pelo SRY. Neste mecanismo, as células de Sertoli segregam a hormona anti-mulleriana (AMH) e induzem a diferenciação das células de Leydig. A AMH induz a atrofi a do canal de Muller, inviabilizando o fenotipo feminino. Sob infl uência da gonadotrofi na coriónica (HCG), as células de Leydig segregam testosterona, a qual é então parcialmente metabolizada em 5-dehidro-testosterona. Sob mediação do gene CFTR, a testosterona promove a diferenciação do canal de Wolff na metade reprodutora (canais eferentes...

Previous renal replacement therapy time at start of peritoneal dialysis independently impact on peritoneal membrane ultrafiltration failure

Oliveira, L.; Rodrigues, A.
Fonte: SAGE-Hindawi Access to Research Publicador: SAGE-Hindawi Access to Research
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em 29/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Background. Peritoneal membrane changes are induced by uraemia per se. We hypothesise that previous renal replacement therapy (RRT) time and residual renal function (RRF) at start of peritoneal dialysis impact on ultrafiltration failure (UFF). Methods. The time course of PET parameters from 123 incident patients, followed for median 26 (4–105) months, was evaluated by mixed linear model. Glucose 3.86% solutions were not used in their standard therapy. Sex, age, diabetes, previous RRT time, RRF, comorbidity score, PD modality and peritonitis episodes were investigated as possible determinants of UFF-free survival. Results. PET parameters remained stable during follow up. CA125 decreased significantly. Inherent UFF was diagnosed in 8 patients, 5 spontaneously recovering. Acquired UFF group presented type I UFF profile with compromised sodium sieving. At baseline they had lower RRF and longer previous time of RRT which remained significantly associated with UFF-free survival by Cox multivariate analysis (HR 0.648 (0.428–0.980), P=0.04) and (HR 1.016 (1.004–1.028), P=0.009, resp.). UFF free survival was 97%, 87% and 83% at 1, 3 and 5 years, respectively. Conclusions. Inherent UFF is often unpredictable but transitory. On the other hand baseline lower RRF and previous RRT time independently impact on ultrafiltration failure free survival. In spite of these detrimental factors generally stable long-term peritoneal transport parameters is achievable with a 5-year cumulative UFF free survival of 83%. This study adds a further argument for a PD-first policy.

Varicocoelectomy in adolescents: laparoscopic versus open high ligation technique

Moreira-Pinto, J.; Osorio, A.; Carvalho, F.; Castro, J.; Enes, C.; Reis, A.; Cidade-Rodrigues, J.
Fonte: Medknow Publications Publicador: Medknow Publications
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Background: Treatment of varicocoele is aimed at eliminating the retrograde reflux of venous blood through the internal spermatic veins. The purpose of this investigation was to compare laparoscopic varicocoelectomy (LV) with open high ligation technique in the adolescent population. Materials and Methods: We retrospectively evaluated 33 adolescents who underwent varicocoelectomy at our paediatric hospital, between May 2004 and September 2008. Patients were divided into two groups depending on the technique: those who had an LV and those submitted to an open varicocoelectomy (OV). We analysed side, age of surgery, follow-up period and the incidence of recurrence/persistence, hydrocoele formation and wound complication. Results: There were 24 patients in the LV group and 9 in the OV group. All varicocoeles were in the left side. Mean age was 12 years in both groups. Mean follow-up time was 32 months for the LV group and 38 months for the OV group (P = 0.49). There was no significant difference in the incidence of hydrocoele in both the groups (25% versus 22%, P = 0.626). There was no recurrence/persistence on the LV group, while in the OV group there were three cases (P = 0.015). Conclusion: LV seems more efficient than open high ligation technique in the treatment of adolescents«SQ» varicocoeles. Larger series are necessary to draw more reliable conclusions.

Síndrome de Apert: caso clínico

Sampaio, B.; Nunes, S.; Monteiro, E.; Silva, A.; Pereira, A.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
0%
O Síndrome de Apert (SA) é uma doença genética, rara. Recém-nascido do sexo feminino, de termo, nasceu por parto eutócico, fruto de uma gestação vigiada e sem intercorrências. As ecografias pré-natais foram relatadas como “normais”. O exame objectivo revelou turribraquicefalia, occipital plano, acrocefalia, andar médio da face recuado, pavilhões auriculares de implantação baixa, hipertelorismo, exoftalmia, pirâmide nasal curta e larga, desvio inferior dos ângulos das comissuras labiais, mandíbula proeminente, fenda palatina no palato mole, úvula bífida e sindactilia completa dos pés e dos quatro dedos das mãos com polegares livres. Foi colocada a hipótese de SA. Enquanto não obtivermos correção do defeito molecular, a abordagem desta patologia é multidisciplinar. O tratamento deverá ser individualizado às características clínicas distintas do fenótipo do doente. ABSTRACT Apert syndrome is a rare genetic disorder. A term female newborn was born by a euthocic delivery of an uncomplicated pregnancy. The prenatal ultrasound was reported as normal. On examination the girl´s skull appeared turribrachycephaly with a flat occiput. She also presented retruded midface, low-set ears...

Reducing mortality in severe sepsis with the implementation of a core 6-hour bundle: results from the Portuguese community-acquired sepsis study (SACiUCI study)

Cardoso, T.; Carneiro, A.; Ribeiro, O.; Teixeira-Pinto, A.; Costa-Pereira, A.
Fonte: BioMed Central Ltd Publicador: BioMed Central Ltd
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Abstract INTRODUCTION: To evaluate the impact of compliance with a core version of the Surviving Sepsis Campaign 6-hour bundle on 28 days mortality. METHODS: Cohort, multi-centre, prospective study on community-acquired sepsis (CAS). RESULTS: Seventeen intensive care units (ICU) entered the study. Over a one year period, 4,142 patients were enrolled in the study. Of the 897 (24%) admitted with CAS, 778 (87%) had severe sepsis or septic shock on ICU admission. In the first six hours of hospital admission: (1) 62% had serum lactate measured; (2) 69% fluids administered; (3) 77% specimens collected for microbiology before antibiotic administration; (4) 48% blood cultures obtained; (5) 52% antibiotics administered within the first hour of the diagnosis; (6) vasopressors were given in 78%; (7) 56% had central venous measurement (CVP) measurement; (8) 17% had a central venous oxygen saturation (ScvO2) measurement; (9) dobutamine was administered in 52%. Compliance with all actions 1 to 6 (core bundle) was associated with an odds ratio (OR) of 0.44 [95% confidence interval (CI) = 0.24-0.80] in severe sepsis and 0.49 (95% CI = 0.25-0.95) in septic shock, for 28 days mortality. This corresponded to a number needed to treat of 6 patients to save one life. CONCLUSIONS: Compliance with this core bundle was associated with a significant reduction in the 28 days mortality. Urgent action should be taken in order to ensure that early sepsis diagnosis is followed by full completion of this "core bundle" followed by activation of expertise help in severe sepsis.

Metastatic Testicular Germ Cell Tumor or a Chemoresponsive Liver Hemangioma?

Ferreira, J.; Magalhães, M.; Esteves, D.; Marques, F.
Fonte: Unknown Publicador: Unknown
Tipo: info:eu-repo/semantics/book
Publicado em /09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Testicular germ cell tumors are the most common solid organ malignancy in young adult men. The presence of non-pulmonary visceral metastasis is an independent factor that places such patients into the higher risk group. Hepatic hemangiomas are the most common tumors of the liver and are entirely benign. Overlap between these entities may occur, particularly when metastases are hypervascular. We describe a case of a 27-year-old man with a testicular germ cell tumor and a nodule in the right hepatic lobe suggestive of hemangioma. After three cycles of chemotherapy, a size reduction in the hepatic nodule was confirmed, and this lesion was removed. Pathology revealed a fibrosing hemangioma. In this case report, the authors discuss the possible mechanisms for the hemangioma chemotherapy response.

Ultra-Sonografia Endoscópica em Patologia Ano-Recto-Cólica

Castro-Poças, Fernando
Fonte: Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar Publicador: Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Doenças linfoproliferativas crónicas T e NK

Lima, Margarida
Fonte: Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar - Universidade do Porto Publicador: Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar - Universidade do Porto
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
0%
As doenças linfoproliferativas crónicas (DLPC) de linfócitos T e de células NK são doenças raras com características clínico-biológicas ainda pouco definidas. Para além da sua raridade, os maiores obstáculos à sua identificação e caracterização têm sido a diversidade e complexidade fenotípica dos linfócitos T e das células NK, associados à ausência de critérios fenotípicos que permitam estabelecer o diagnóstico de suspeita de (mono) clonalidade e ao desconhecimento sobre a existência e incidência de fenótipos verdadeiramente aberrantes associados a estas DLPC. Este trabalho teve como objectivo aprofundar o conhecimento das DLPC de linfócitos T e de células NK maturas, utilizando uma abordagem baseada na avaliação da utilidade dos estudos imunofenotípicos para confirmação de suspeita de (mono) clonalidade, para a identificação e caracterização de células T e NK neoplásicas e para a compreensão das manifestações clínicobiológicas e da etiopatogenia destas doenças. Com o intuito de estabelecer as bases para definir os critérios fenotípicos de (mono) clonalidade e identificação de linfócitos T e de células NK neoplásicas, efectuamos o estudo imunofenotípico detalhado dos linfócitos T e das células NK do sangue periférico de indivíduos adultos saudáveis e de indivíduos adultos com diferentes condições patológicas associadas à estimulação aguda ou crónica destas células e comparamos o perfil imunofenotípico e o repertório de famílias de regiões variáveis da cadeia b do receptor da célula T de expansões monoclonais de linfócitos T e de células NK com os de expansões policlonais e oligoclonais das mesmas células. Para ultrapassar os obstáculos inerentes à raridade destas DLP...

Envolvimento emocional do pai com o bebé: impacto da experiência de parto

Brandão, Sónia
Fonte: Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar - Universidade do Porto Publicador: Instituto de Ciências Biomédicas de Abel Salazar - Universidade do Porto
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A transição para a parentalidade é um momento de grande vulnerabilidade emocional tanto para as mães como para os pais. Os homens, tal como as mulheres são grandemente afectados pela gravidez e nascimento do seu filho(a). Este período comporta mudanças que têm grande influência no envolvimento emocional do pai com o seu bebé. Neste contexto, o objectivo geral deste estudo descritivo correlacional, em que foi usada uma metodologia quantitativa, é avaliar o envolvimento emocional dos pais com os bebés na sequência do parto. Este trabalho tem ainda como objectivo específico verificar o impacto da experiência do corte do cordão umbilical pelo pai, no envolvimento emocional entre o pai e o bebé. A amostra foi constituída por 105 pais que acompanharam o trabalho de parto das suas companheiras e o respectivo nascimento do seu filho(a), no Núcleo de Partos do Centro Hospitalar do Porto - Unidade Maternidade Júlio Dinis, escolhidos através de um processo de amostragem aleatória simples, mas que obedecia a alguns critérios de exclusão. Os dados que serviram de base a este estudo foram recolhidos através da aplicação de dois questionários: um questionário Sócio-Demográfico e um questionário de Bonding, este aplicado em três momentos (no momento em que o futuro pai entra na sala de partos...

Convulsões afebris benignas associadas a gastroenterite aguda ligeira

Matos, C.; Lira, S.; Brandão, C.; Machado, L.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
RESUMO Introdução: As convulsões afebris benignas associadas a gastroenterite aguda ligeira são crises convulsivas que ocorrem em apirexia, acompanhando quadros de gastroenterite aguda, sem desidratação ou distúrbios hidroeletrolíticos. Caso clínico: Descreve-se o caso de uma criança de 15 meses de idade com três episódios convulsivos associados a gastroenterite aguda ligeira. Clinicamente não apresentava febre nem sinais de desidratação. A investigação laboratorial não evidenciava distúrbios hidroeletrolíticos. A pesquisa do antigénio do rotavírus nas fezes foi positivo. A tomografia axial computorizada cerebral e o eletroencefalograma não revelaram alterações. Não foi iniciada qualquer terapêutica e a evolução foi favorável, com remissão espontânea das convulsões em menos de 24 horas e dos sintomas gastrointestinais em quatro dias. Não houve recorrência das convulsões e o desenvolvimento psicomotor posterior foi normal. Conclusão: Os autores pretendem realçar a importância do conhecimento desta entidade reconhecida recentemente, pelo seu carácter benigno, auto-limitado e com excelente prognóstico, evitando assim investigações exaustivas e terapêutica a longo prazo com antiepilépticos.; ABSTRACT Introduction: Benign afebrile convulsions associated with mild acute gastroenteritis are seizures that occur in apyrexia...

Sexualidade na Adolescência: contributos da investigação efetuada em contexto académico

Amaral-Bastos, M.; Sousa, C.; Fonseca, L.; Oliveira, A.; Costa, N.
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em 07/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: Estudar e promover um equilíbrio saudável do desenvolvimento da sexualidade humana constitui um desafio para os profissionais que contactam com adolescentes. Objetivos: Este estudo pretende: identificar a investigação produzida em contexto académico em Portugal sobre sexualidade na adolescência; conhecer as conclusões principais da investigação identificada; caraterizar os estudos relativamente às variáveis: universidade, ano de realização, área profissional, tipo de estudo, participantes, temáticas. Material e Métodos: Pesquisa no RCAAP em janeiro de 2014 utilizando como descritores em título sexualidade e adolescência e adolescente. Encontrados 13 estudos, estando 3 repetidos. Após aplicação dos critérios de inclusão/exclusão definidos, foram excluídos 2 porque os participantes viviam noutros países, 1 porque os participantes eram enfermeiros e outro porque era um projeto de investigação. Resultados: Incluídos estudos de doutoramento (2) e mestrado (4) efetuados no ICBAS (2), Faculdade de Medicina de Lisboa (2), Universidade de Aveiro (1) e Instituto Politécnico de Bragança (1), o primeiro concluído em 2009 e o ultimo em 2012. Os autores são psicólogos (2), enfermeiros (3) e professor (1). Cinco estudos são quantitativos e 1 misto...

Estudo da ativação dos basófilos em doentes com mastocitose

Spínola, Ana; Guimarães, Joana; Santos, Marlene; Lima, Margarida
Fonte: Centro Hospitalar do Porto Publicador: Centro Hospitalar do Porto
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em 27/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Sistemas de Informação de Enfermagem: exploração da informação partilhada com os médicos

Mota, L.; Pereira, F.; Sousa, P.
Fonte: Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem (UICISA: E) Publicador: Unidade de Investigação em Ciências da Saúde: Enfermagem (UICISA: E)
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Enquadramento: Ao longo dos anos foram-se verificando alterações substanciais ao nível da documentação em enfermagem resultantes da utilização de tecnologias da informação na atividade diária dos profissionais de saúde. Os médicos são os maiores consumidores da informação recolhida, processada e documentada pelos enfermeiros, dada a relevância dessa informação no seu processo de tomada de decisão clínica. Objetivos: Identificar e descrever a informação recolhida, processada e documentada pelos enfermeiros que é mais relevante para atividade profissional dos médicos. Metodologia: Estudo qualitativo e exploratório com recurso à observação participante (98 horas) e entrevistas semi-estruturadas (3) com informantes-chave, realizado em contexto hospitalar. Foi realizada a análise indutiva de conteúdo das notas de campo e entrevistas. Resultados: A informação mais relevante para os médicos depende do contexto dos sujeitos, da ação e das profissões, e foi agregada em três categorias: «parâmetros de vigilância»; «medicação e atitudes terapêuticas»; e «dados intercorrentes». Conclusão: As estratégias de recolha de dados mostraram-se capazes de gerar dados válidos para a identificação das categorias de informação mais relevantes para os médicos («parâmetros de vigilância»...