27

Últimos itens adicionados do Acervo: Centro Hospitalar do Porto

O CHP é um hospital central e universitário pela sua associação ao Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto, que visa a excelência em todas as suas atividades numa perspetiva global e integrada da saúde.

Página 1 dos resultados de 1135 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

AGREGADOS TUBULARES DE RETÍCULO ENDOPLASMÁTICO LISO EM OVÓCITOS HUMANOS E SUA INFLUÊNCIA NAS TAXAS DE FERTILIZAÇÃO E GRAVIDEZ

Luis, A.; Sá, R.; Oliveira, E.; Oliveira, C.; Silva, J.; Barros, A.; Sousa, M.
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em 11/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
O impacto da presença de anomalias morfológicas ovocitárias na fertilização e taxas de gravidez é um tema controverso na literatura. A presença de agregados tubulares de retículo endoplasmático liso (AT-REL) foi associada a taxas de gravidez mais baixas e a maior incidência de complicações obstétricas. A estrutura ultramiscroscópica destes AT-REL não está descrita. Este trabalho teve como objectivos: a) determinar a influência da presença de AT-REL nas taxas de fertilização e gravidez; b) descrever a ultrastrutura dos AT-REL de ovócitos humanos maduros

CARACTERIZAÇÃO DE TUMORES SÓLIDOS NUMA AMOSTRA PEDIÁTRICA DO INSTITUTO PORTUGUÊS DE ONCOLOGIA DO PORTO FRANCISCO GENTIL, EPE

Santos, A; Serra, C; Mota, M; Sousa, M; Mendes, C
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em 02/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Quisto dermóide do pavimento da boca: a propósito de dois casos clínicos

Teixeira, S.; Rodrigues, S.; Tavares, S.; Pilar, C.; Rodrigues, C.
Fonte: Revista Nacer e Crescer Publicador: Revista Nacer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
0%
RESUMO Os quistos dermóides são raros no pavimento da boca. Actualmente são aceites duas teorias quanto à sua etiologia: a congénita e a adquirida. Podem classificar-se de acordo com a sua origem embriológica, localização e histologia. Habitualmente apresentam-se como tumefacção mole não dolorosa, de crescimento lento, estando os sintomas dependentes da localização e suas relações de vizinhança anatómica. O tipo de abordagem cirúrgica está dependente da sua localização, sendo o prognóstico bom. Os autores apresentam os casos clínicos de duas crianças com quisto dermóide do pavimento da boca, submetidos a exérese cirúrgica. Num dos casos é colocada a hipótese de se tratarem de dois quistos síncronos. ABSTRACT Dermoid cysts of the mouth floor are rare. Two theories are accepted for their origin: congenital or acquired. Classification is based on location, embryologic origin and histologic findings. They are painless and slow growing, and symptons depend on the location and relationships with other structures. The type of surgical approach is dependent on the location, and the prognosis is good. The authors present the case report of two children with dermoid cysts of the mouth floor...

A case of haemophagocytic syndrome presenting with oculogyric crises

Taipa, R.; Moreira, B.; França, M.; Maia, L.
Fonte: BMJ Publishing Group Publicador: BMJ Publishing Group
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Haemophagocytic lymphohistiocytosis (HLH), also called haemophagocytic syndrome (HPS), is a rare disorder resulting in abnormal proliferation of histiocytes in tissues and organs, including the CNS. HLH can present as a primary disease or occur as a secondary reactive disease. Clinical features are high fever, splenomegaly, cytopenia of two or more cell lines, hypertriglyceridaemia and haemophagocytosis. CNS involvement varies between 10% and 73%, and clinical manifestations include seizures, decreased sensorium, brainstem symptoms, ataxia or demyelinating peripheral neuropathy.

Caso radiológico: lise ístmica (espondilolise)

Macedo, F.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
We present a case of an 11 year old girl in whom an x-ray of the vertebral column was performed to investigate back pain. Spine x-ray showed spondylolysis and spondylolisthesis at L5-S1. Spondylolylis is one of the most common causes of back pain in older children and adolescents. The diagnosis is usually made by x-ray and/or CT.

Imagem na avaliação do SNC: implicações no prognóstico – papel da ecografia no diagnóstico pré-natal

Rodrigues, M.C.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /09/2007 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Dermatite estreptocócica perianal

Fernandes, S.; Afanas, N.; Tavares, L.; Castanheira, J.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A Dermatite Estreptocócica Perianal causada pelo estreptococo ? – hemolítico do grupo A (E?HA), é uma entidade bem definida, mas mal conhecida e sub diagnosticada, levando por isso a um tratamento tardio, expondo a criança às complicações habituais como dor na defecação, obstipação, rectorragia com realização de exames invasivos que isso implica, podendo também haver a suspeita de abuso sexual com todas as suas consequências. Quando tratada precocemente apresenta-se com um quadro clínico leve e de fácil resolução. Os autores descrevem o caso clínico de um adolescente de 11 anos a quem foi feito o diagnóstico de Dermatite Estreptocócica Perianal e um breve resumo teórico. ABSTRACT Perianal Streptococcal Dermatitis caused by group A beta-hemolytic streptococcus, is a well defined identity but frequently not recognized; the delay in treatment exposes children to the usual complications such as painful defecation, constipation, rectal bleeding during invasives exams and suspicion of sexual abuse. When treated at an early stage it has a good and faster resolution. The autors describe a clinical report of an eleven years’ old boy with Perianal Streptococcal Dermatitis and with a short review of the subject.

Prevenção de acidentes: o que sabem os pais

Costa, A.; Sá, A.; Fraga, J.; Dias, F.; Serafim, M.J.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: Os acidentes domésticos e rodoviários são causa frequente de morbilidade e mortalidade infantil. Objectivo: avaliar o conhecimento das normas de segurança infantil por parte dos pais, tendo em conta o grau de habilitações académicas (Ensino Básico (B), Ensino Secundário (S), Ensino Superior (SU)). Material e métodos: Estudo transversal com aplicação de um inquérito aos pais de crianças entre os 9 meses-6 anos. Na análise estatística utilizou-se o teste ?2 (p

Nefropatia de refluxo na criança

Jardim, Helena
Fonte: Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Publicador: Faculdade de Medicina da Universidade do Porto
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //1995 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Restrição de crescimento intra-uterino - Etiologia

Rodrigues, M.C.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Importância do estudo genético para o tratamento pré-natal - Papel do endocrinologista

Giestas, A.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Doença inflamatória intestinal - Diagnóstico

Pereira, F.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Evaluación, Cuidado y Registro Sistemático del Dolor

Amaral-Bastos, M.; Garcia, A.; Sousa, C.; Galego, L.; Alves, M.; Vale, R.
Fonte: Fundacion Index Publicador: Fundacion Index
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Artigo resultante de uma comunicação oral no I Congreso Iberoamericano sobre Dolor y Sufrimiento del Niño y su Familia, em que obteve o primeiro prémio.; Evaluar el dolor es un desafío para los profesionales de salud. En Portugal, el dolor, fue elevado a la categoría de 5ª constante vital en 2003. En el Hospital Mª Pia estamos implementando un proyecto de mejoría continua de la calidad sobre evaluación, cuidado y registro del dolor. En la fase conceptual escogemos diversas escalas ya validadas para pediatria, definimos objetivos, indicadores de calidad y actividades para el desarrollo del proyecto. Como estrategia de base se proponen oportunidades de participación para todos los enfermeros. La fase de implementación empezó con un cuestionario diagnostico que permitió sensibilizar los enfermeros para la temática del dolor, auscultar conocimientos y servir de referencia para programar la formación. Se ha hecho formación de soporte al desenvolvimiento del proyecto: escalas escogidas, elaboración de procedimientos técnicos de enfermería y dossier. La evaluación sistematizada del dolor a los niños ingresados en el hospital empezó, oficialmente, el día 6 de Setiembre de 2007. Las dificultades notadas pasan por la necesidad de motivar continuamente a los enfermeros a una participación activa e reflejada; objetivar la evaluación del dolor en las situaciones más difíciles: niños/recién nacidos con ventilación mecánica y sedación bien como adolescentes emocionalmente inestables...

Nephrogenic diabetes insipidus associated with tenofovir administration: report of a paediatric case

Costa, M.; Teixeira, C.; Costa, A.; Faria, M.; Mota, C.; Marques, L.
Fonte: Sociedade Portuguesa de Nefrologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Nefrologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Tenofovirrenal toxicity, particularly when associated with other antiretrovirals, has been reported in the adult HIV-positive population. Reports in HIVpositive children are very rare. The authors report a paediatric case of nephrotoxicity associated with tenofovir and didanosine, emtricitabine and lopinavirritonavir coadministration. A 12-year-old girl with AIDS (clinical stage C) with a multidrug-resistant virus and several treatment failures initiated emtricitabine, tenofovir, didanosine and lopinavir-ritonavir in 2008 with good tolerance. Her viral load became undetectable and CD4 count normal. Two years later she presented generalized weakness, polydipsia and polyuria. On physical examination dehydration was evident. Her vital signs were stable. She had lost 5% of her body weight in the previous week. Urinalysis revealed a urine gravity of 1000, osmolality 150 mOsm/Kg and no proteinuria or glucosuria. Blood analysis showed osmolality 289 mOsm/Kg, normal values of glucose, creatinine, urea, sodium, potassium, chloride and calcium. A water restriction test followed by desmopressin administration confirmed the diagnosis of nephrogenic diabetes insipidus. Tenofovir and didanosine were stopped and abacavir was added. The patient was treated with a thiazide diuretic and salt restriction. There was good clinical evolution and no relapses. This case highlights important possible side effects of tenofovir and emphasises the need for further studies into the renal safety of this agent in paediatric patients.

ELI Porto Ocidental: o percurso de dois anos

Nascimento, J.; Ferronha, A.; Pinto, F.
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em /10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução e Objectivos O Sistema Nacional de Intervenção Precoce na Infância (SNIPI) criado no decreto-lei 281/2009, resulta da acção coordenada dos Ministérios da Saúde, Educação e da Solidariedade e Segurança Social e está hierarquizado em três níveis - nacional, regional e local. A nível local, as equipas locais de intervenção (ELI) elaboram e executam a acção do SNIPI garantindo a universalidade do acesso à intervenção precoce na infância (IPI). A ELI Porto Ocidental (ELI POC) foi constituída em Março de 2011, sendo em Julho de 2012 subdividida em ELI Porto Ocidental 1 e ELI Porto Ocidental 2. Ambas são coordenadas por médica pediatra, têm sede na Unidade de Saúde de Aníbal Cunha do ACES Porto Ocidental e asseguram a IPI às crianças/famílias das 12 freguesias do Porto Ocidental. Metodologia Estudo retrospectivo das crianças e famílias referenciadas e intervencionadas pela ELI Porto Ocidental durante o período de Março de 2011 a Março de 2013. Foram avaliados os parâmetros idade, sexo, entidade de referenciação (Hospital, Centro de Saúde, Educação e “Outra”), critérios de elegibilidade (1.1; 1.2; 2.1; 2.2; 1.1+2.2; 1.2+2.2 onde 1.1 – Atraso de Desenvolvimento sem etiologia conhecida; 1.2 – Condições específicas; 2.1 – Crianças expostas a factores de risco biológico; 2.2 – Crianças expostas a factores de risco ambiental)...

Celulite Periorbitária e Orbitária: casuística de 11 anos

Monteiro, G.; Dias, A.; Teixeira, E.; Pereira, J.; Santos, E.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
RESUMO Introdução: As celulites da região orbitária são uma patologia relativamente comum, em idade pediátrica, com um potencial de gravidade estimável. Objetivos: A presente casuística tem como objetivo a revisão da epidemiologia, etiologia e abordagem terapêutica dos casos de celulite da região orbitária internados no Serviço de Pediatria do Centro Hospitalar Tondela-Viseu (CHTV), no período de 11 anos. Material e Métodos: Estudo retrospetivo dos processos clínicos de crianças internadas entre Janeiro de 2000 e Dezembro de 2010. Resultados: Das 93 crianças internadas, 94% foram celulites periorbitárias (CPO) e 6% celulites orbitárias (CO). A média de idades foi de seis anos e o sexo masculino predominante (61%). O traumatismo foi a causa conhecida mais comum (12 %). O cefuroxime foi o antibiótico de primeira linha em 84% dos casos que, na sua maioria, evoluíram favoravelmente. Verificaram-se complicações em cinco dos seis doentes com CO (83%). Não se verificaram óbitos. A maioria foi orientada para o médico de família. Conclusões: Destaca-se a importância do reconhecimento de uma CPO vs CO pela necessidade de diferentes abordagens clínicas e maior incidência de complicações nas últimas.; ABSTRACT Introduction: Cellulitis of the orbital region are a common pediatric illness...

Infeção tardia por streptococcus agalactiae – um caso de artrite séptica neonatal

Santos, A; Sousa, B; Gama, AP
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
RESUMO Introdução: A incidência da infeção neonatal precoce por Estreptococo do grupo B (EGB) tem diminuído substancialmente devido ao rastreio da colonização por EGB nas grávidas entre as 35 e as 37 semanas de gestação e à instituição da quimioprofilaxia intraparto. No entanto, a incidência da infeção tardia tem-se mantido constante na última década, não sendo afetada pela quimioprofilaxia materna intraparto. A infeção tardia afeta lactentes sem intercorrências obstétricas e com uma evolução neonatal precoce favorável. Outras vias de transmissão além da via vertical, tais como a via horizontal através dos contatos hospitalares ou familiares, poderão justificar a infeção tardia. Caso clínico: Este caso clínico relata uma infeção tardia por EGB que se manifestou como um artrite séptica num lactente caucasiano de termo, com via de transmissão desconhecida. A morbilidade associada é descrita. Discussão: Investigações adicionais sobre o mecanismo de transmissão da infeção tardia por EGB são imperativas para o desenvolvimento de medidas preventivas adequadas.; ABSTRACT Introduction: The incidence of early-onset group B streptococcus (GBS) disease has decreased substantially due to universal antenatal culture screening of pregnant women for GBS colonization at 35-37 weeks of gestation and the widespread use of intrapartum antibiotic prophylaxis. However...

Avaliação da dependência funcional da pessoa idosa nas atividades básicas e instrumentais de vida diária - um estudo num Serviço de Ortopedia

Silva, Fátima; Santos, José Manuel
Fonte: Centro Hospitalar do Porto Publicador: Centro Hospitalar do Porto
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em 27/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Osteoma Osteóide?

Sousa, M.; Aido, R.; Freitas, D.; Cardoso, P.
Fonte: Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Ortopedia e Traumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
0%
O osteoma osteóide é uma neoplasia formadora de osso. Habitualmente afecta crianças e jovens adultos durante a 2ª e 3ª décadas de vida, com uma preponderância no sexo masculino. A Tomografia Computorizada (TC) é o método de imagem de escolha e geralmente revela uma pequena lesão redonda ou ovóide, radiolucente, ocasionalmente com uma calcificação central, rodeada por quantidades variáveis de osteosclerose e associada a uma reacção periosteal. No entanto, a aparência do Osteoma Osteóide pode constituir um desafio uma vez que pode ocorrer em qualquer localização e em qualquer osso. Os procedimentos minimamente invasivos, especialmente a ablação por radiofrequência são hoje os tratamentos de eleição para a maioria dos casos. Os autores apresentam o caso de uma doente com história de dor, tensão e edema na perna esquerda. Apesar de uma apresentação clínica atípica e achados radiológicos e cintigráficos imprecisos o diagnóstico de Osteoma Osteóide foi estabelecido e a doente tratada de acordo. Infelizmente o diagnóstico correcto era Osteomielite Crónica. Na era da abordagem minimamente invasiva deste tipo de patologia, sem a possibilidade de confirmação histológica, os achados clínicos e radiográficos são a melhor formar de diagnosticar...

Uma criança com narcolepsia

Macedo, S.; Portinha, I.; Correia, Z.
Fonte: Centro Hospitalar do Porto Publicador: Centro Hospitalar do Porto
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: A Narcolepsia é uma doença crónica caracterizada por ataques de sono, sonolência diurna excessiva e fragmentação do sono noturno. Pode associar-se a cataplexia e a outros fenómenos do sono REM (paralisia do sono e alucinações hipnagógicas e hipnopômpicas). Caso clínico: Um menino de 10 anos foi enviado à consulta de Pedopsiquiatria por alterações do comportamento, irritabilidade, adormecimento fácil e distração, sendo interpretado como uma “criança mal-educada”. Após avaliação clínica e estudo concluiu-se que apresentava narcolepsia com cataplexia. Discussão/conclusão: Os doente com narcolepsia confrontam-se com vários problemas devido à própria doença que, se não tratada ou tratada ineficazmente, provoca sintomas perturbadores ou embaraçosos, influenciando a sua qualidade de vida. O objetivo deste trabalho é chamar a atenção para este problema uma vez que é uma situação rara e por isso também muitas vezes desconhecida pelo público em geral e até pelos profissionais de saúde.; Introduction: Narcolepsy is a chronic disease characterized by sleep attacks, excessive daytime sleepiness and nocturnal sleep fragmentation. It can be associated cataplexy and other disturbance of REM sleep (sleep paralysis and hypnagogic hallucinations and hypnopompic). Case report: A 10-year old boy was referred to Pedopsychiatry because of behavioural disturbance...