27

Últimos itens adicionados do Acervo: Centro Hospitalar do Porto

O CHP é um hospital central e universitário pela sua associação ao Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar da Universidade do Porto, que visa a excelência em todas as suas atividades numa perspetiva global e integrada da saúde.

Página 1 dos resultados de 1135 itens digitais encontrados em 0.004 segundos

Long-Term Complications After Renal Transplantation

Martins, L.; Ventura, A.; Costa, S.; Henriques, A.; Dias, L.; Sarmento, A.
Fonte: Elsevier Publicador: Elsevier
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /05/2003 Português
Relevância na Pesquisa
0%
IN the past, every effort was directed at the prevention of acute rejection in renal transplant (RT) patients (pts). Ever since the introduction of the new immunosuppressive agents in the late 1990s, the short-term results of renal graft survival are considered satisfactory. In recent years, the prevention of long-term graft loss and the extension of life expectancy have gained new emphasis. The immunosuppressive agents though, namely calcineurin-inhibitors and steroids, may potentiate the development of several problems in RT pts: obesity, hyperglycemia, hyperlipidemia, and hypertension,1 which are not only risk factors for cardiovascular disease but also for graft loss.2,3 We performed a retrospective analysis of all RTs performed at our unit that reached 10 years (y) with a functioning graft. The aim of the study was to evaluate long-term complications and, in view of the results, to seek a possible strategy that minimizes these problems.

Study protocol: the DOse REsponse Multicentre International collaborative initiative (DO-RE-MI).

Kindgen-Milles, D.; Journois, D.; Fumagalli, R.; Vesconi, S.; Maynar, J.; Marinho, A.; Bolgan, I.; Brendolan, A.; Formica, M.; Livigni, S.; Maio, M.; Marchesi, M.; Mariano, F.; Monti, G.; Moretti, E.; Silengo, D.; Ronco, C.
Fonte: BioMed Central Publicador: BioMed Central
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%
We found 1 article by title matching your search: Crit Care. 2005 Aug;9(4):R396-406. Epub 2005 Jun 14. Study protocol: the DOse REsponse Multicentre International collaborative initiative (DO-RE-MI). Kindgen-Milles D, Journois D, Fumagalli R, Vesconi S, Maynar J, Marinho A, Bolgan I, Brendolan A, Formica M, Livigni S, Maio M, Marchesi M, Mariano F, Monti G, Moretti E, Silengo D, Ronco C. Anesthesiology Clinic, University of Düsseldorf, Germany. Kindgen-Milles@med.uni-duesseldorf.de Abstract INTRODUCTION: Current practices for renal replacement therapy in intensive care units (ICUs) remain poorly defined. The DOse REsponse Multicentre International collaborative initiative (DO-RE-MI) will address the issue of how the different modes of renal replacement therapy are currently chosen and performed. Here, we describe the study protocol, which was approved by the Scientific and Steering Committees. METHODS: DO-RE-MI is an observational, multicentre study conducted in ICUs. The primary end-point will be the delivered dose of dialysis, which will be compared with ICU mortality, 28-day mortality, hospital mortality, ICU length of stay and number of days of mechanical ventilation. The secondary end-point will be the haemodynamic response to renal replacement therapy...

BIO-SIMILARES EM ONCOLOGIA

Barroso, S.; Coutinho, J.; Damasceno, M.; Dinis, J.; Lacerda, J.; Gervásio, H.; Costa, F.; Pereira, A.; Parreira, A.; Príncipe, F.; Rodrigues, H.; Sá, A.; Teixeira, A.
Fonte: Centro Editor Livreiro da Ordem dos Médicos, Sociedade Unipessoal Publicador: Centro Editor Livreiro da Ordem dos Médicos, Sociedade Unipessoal
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
0%

A comunicação com a criança na punção venosa: percepção do enfermeiro

Teixeira, A.; Braga, A.; Esteves, M.
Fonte: Revista Nacer e Crescer Publicador: Revista Nacer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
0%
RESUMO A comunicação é uma competência essencial no desempenho dos Enfermeiros, sendo factor determinante na relação de ajuda e um indicador na avaliação da qualidade dos cuidados prestados, nomeadamente em Pediatria. Objectivos: Conhecer a percepção dos enfermeiros acerca da comunicação com a criança dos 7 aos 11 anos na punção venosa e identificar sugestões para melhorar a comunicação com esta durante esse procedimento. Material e Métodos: É um estudo exploratório descritivo de abordagem qualitativa. A população incluí 12 enfermeiros dum Serviço de Pediatria Médica pertencentes a um Hospital Central Materno-Infantil. Os dados foram obtidos através de entrevistas semi-estruturadas tendo sido utilizado um guião orientador. A informação foi posteriormente submetida à análise temática de conteúdo considerando quatro categorias: abordagem à criança, aspectos importantes da comunicação, dificuldades sentidas na comunicação e sugestões para melhorar a comunicação com a criança. Resultados e Conclusões: Destacam- se os seguintes resultados: a competência comunicativa é o mais valorizado na abordagem à criança; a relação de participação mútua entre enfermeiro e criança denota ser o aspecto mais importante da comunicação com esta; o confronto com a recusa da criança em colaborar na punção venosa é a principal dificuldade sentida pelos enfermeiros na comunicação com esta. Apenas 8 num total de 12 enfermeiros manifestaram a sua percepção sobre a comunicação; somente 7 acreditam na existência duma comunicação efectiva. As sugestões apontadas para melhorar a comunicação passam por uma diferente organização dos enfermeiros...

Infecções Respiratórias por Influenza: Reflexões para a ausência de um diagnóstico

Machado, R.; Brito, M. J.; Loureiro, V.; Ferreira, G.
Fonte: Revista Nascer e Crescer Publicador: Revista Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
0%
RESUMO Introdução: O vírus influenza afecta anualmente 10 a 40% das crianças e destas 0,5 a 1% vão necessitar de internamento. Ao averiguar a prevalência desta infecção no internamento do Hospital Dona Estefânia, entre Janeiro de 2004 e Junho de 2006, constatámos a existência de apenas nove casos diagnosticados. Objectivos: Determinar as causas da escassez do número de diagnósticos de infecções pelo vírus influenza. Materiais e Métodos: Para alcançar o objectivo deste estudo foram consideradas as seguintes hipóteses: 1) baixa incidência de gripe sazonal no período considerado 2) insuficiência do número de pedidos para pesquisa do vírus pelo corpo clínico 3) baixa identificação por procedimentos técnicos incorrectos. Foram analisados os pedidos de pesquisa de vírus respiratórios e realizado um inquérito ao corpo clínico e enfermagem sobre os procedimentos técnicos de diagnóstico. Os dados foram completados através de consulta de processos clínicos. O diagnóstico laboratorial foi realizado por técnica de imunofluorescência indirecta (Kit VRK®, Bartels). Resultados: Após exclusão de várias hipóteses identificámos procedimentos técnicos incorrectos na metodologia do diagnóstico utilizada...

Hábitos de sono

Maia, I.; Pinto, F.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: Apesar do sono ser uma necessidade biológica com impacto no crescimento e desenvolvimento e um hábito saudável a adquirir no primeiro ano de vida, muitos são os pais que se queixam das dificuldades dos filhos no dormir. Objectivos: Conhecer os hábitos de sono dos lactentes entre os seis e os vinte e quatro meses de idade que frequentam a Consulta de Pediatria dum Centro de Saúde e avaliar a necessidade de intervenção preventiva quanto ao ensino de hábitos de sono correctos. Material e métodos: Análise dos resultados de um inquérito de hábitos de sono numa população de crianças observadas na consulta entre Janeiro e Março 2004. Foram avaliados os parâmetros sexo, idade, local e modo do adormecimento nocturno, frequência dos despertares, local e modo do readormecimento e prática de sesta. Resultados: Das 105 crianças estudadas, a distribuição do sexo foi equitativa e a média de idades de 15,3 meses. Relativamente ao local onde as crianças dormiam, somente 65% fazia-o na sua cama e 17% no seu próprio quarto. Quanto ao adormecimento, apenas 30% dispensava companhia e adormecia sozinha. A sesta era uma prática diária da maioria. Só 14% dos pais referiu ter recebido algum esclarecimento sobre hábitos de sono dos profissionais de saúde. Conclusões: Os problemas do sono causados pelos hábitos incorrectos são ainda muito frequentes na nossa população infantil e a maioria dos pais desconhece a importância do ensino das rotinas adequadas. O Pediatra...

Caso estomatológico: Dentinogénese imperfeita

Amorim, J.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Hipotermia terapêutica na encefalopatia hipóxico-isquémica

Sousa, S.; Vilan, A.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A encefalopatia hipóxico-isquémica é uma patologia prevalente e com uma morbi-mortalidade associada muito elevada, acarretando custos pessoais, sociais e financeiros consideráveis. Além do tratamento intensivo de suporte, há evidência crescente de que a hipotermia, iniciada poucas horas após o evento hipóxico-isquémico e mantida durante 72 horas, pode reduzir a perda neuronal e melhorar o prognóstico neurológico. O sucesso terapêutico depende do reconhecimento precoce dos recém-nascidos em risco, da sua estabilização apropriada, do controlo da temperatura corporal, permitindo o arrefecimento passivo, da comunicação atempada com os centros de tratamento e transporte adequado. O objectivo desta revisão é difundir o conhecimento actual sobre o uso da hipotermia terapêutica na encefalopatia hipóxico-isquémica junto da comunidade pediátrica, dado o potencial envolvimento de todos os pediatras no reconhecimento e referenciação atempada destes recém-nascidos. ABSTRACT Hypoxic-ischemic encephalopathy is a prevalent pathology with high morbid-mortality, and resulting in high personal, social and financial costs. Besides the intensive support care, there is now compelling clinical evidence that hypothermia initiated within a few hours after severe hypoxia-ischemia and maintained for 72 hours...

Hímen imperfurado como causa de retenção urinária: a importância do exame físico

Pinto, M.; Monteiro, J.; Gomes, L.; Ferreira, H.; Gameiro, M.; Costa, M.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: O hímen imperfurado (HI) é a alteração obstrutiva mais frequente do aparelho genital feminino. Estima-se que atinja 1:1000 – 1:10000 meninas. Caso clínico: Descreve-se o caso de uma adolescente de 13 anos, com história de obstipação e escoliose lombar. Recorreu ao Serviço de Urgência (SU) por episódio de retenção urinária, acompanhada de globo vesical. Apresentava uma história de dor hipogástrica com 11 meses de evolução, de carácter cíclico mensal. Referência a polaquiúria e dificuldade em iniciar a micção dois meses antes de recorrer ao SU, e ausência de menarca. O exame objectivo evidenciou estadio pubertário de Tanner 4-5, abaulamento da parede anterior do recto com massa adjacente palpável e protusão do hímen íntegro e imperfurado. Foi diagnosticado HI e hematometrocolpos confirmado por ecografia. Foi submetida a himenotomia, com drenagem de conteúdo hemático abundante, com resolução do quadro clínico. Conclusão: Com este caso clínico, os autores querem salientar que o exame objectivo completo é uma pedra fulcral na avaliação da criança ou adolescente. ABSTRACT Introduction: Imperforate hymen (IH) is the most frequent obstructive anomaly of the female genital tract. It is estimated that occurs in 1:1000 – 1:10000 girls. Case report: We report a case of a 13-year-old girl with a history of constipation and lumbar scoliosis. She presented to the emergency department (ED) with urinary retention and vesical globe. She referred hypogastric pain for 11 months recurring every month. She also referred absence of menarche...

Síndrome de Miller Fisher numa criança

Gomes, D.; Leite, F.; Andrade, N.; Vasconcelos, M.; Robalo, C.; Fineza, I.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /03/2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Introdução: O síndrome de Miller Fisher, variante do síndrome de Guillain-Barré, é uma doença desmielinizante inflamatória aguda, que é rara em idade pediátrica. O seu diagnóstico é baseado na tríade oftalmoplegia, ataxia e arreflexia. Em cerca de metade dos casos está descrita uma intercorrência infecciosa precedendo os sintomas neurológicos em cinco a dez dias. Caso clínico: Os autores relatam o caso de uma criança de cinco anos de idade com disartria, ataxia e oftalmoplegia após episódio de gastroenterite aguda na semana prévia ao início da sintomatologia. À observação apresentava disartria, parésia bilateral do VI par, fraqueza muscular distal (de predomínio nos membros direitos) com ausência dos reflexos osteotendinosos aquilianos. A investigação analítica e imagiológica inicial não revelou alterações. O resultado do electromiografia foi compatível com poliradiculoneuropatia subaguda. O diagnóstico de síndrome Miller Fisher foi efectuado após exclusão de outras etiologias. A evolução clínica foi favorável, sem insuficiência respiratória ou outras complicações, com melhoria gradual dos défices neurológicos. Houve recuperação da ataxia ao fim de quatro semanas e da oftalmoplegia três meses após o diagnóstico. Conclusões: O síndrome Miller Fisher é extremamente raro em idade pediátrica e constitui um desafi o diagnóstico neste grupo etário. O prognóstico é habitualmente favorável. A propósito deste caso são discutidos os principais diagnósticos diferenciais. ABSTRACT Background: Miller Fisher syndrome...

Chemical peritonitis in a patient treated with icodextrin and intraperitoneal vancomycin

Freitas, C.; Rodrigues, A.; Carvalho, M.; Cabrita, A.
Fonte: Sociedad Española de Nefrología Publicador: Sociedad Española de Nefrología
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Nefropatia de refluxo na criança

Jardim, Helena
Fonte: Faculdade de Medicina da Universidade do Porto Publicador: Faculdade de Medicina da Universidade do Porto
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //1995 Português
Relevância na Pesquisa
0%

De uma Convulsão com Rabdomiólise ao Diagnóstico Familiar de Doença de McArdle

Sousa, S.; Gabriel, J.P.; Pereira, L.; Lopes, A.; Quaresma, M.; Rocha, H.; Chorão, R.
Fonte: Nascer e Crescer Publicador: Nascer e Crescer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
0%
RESUMO As miopatias metabólicas são doenças provocadas por defeitos na utilização das reservas energéticas dos tecidos musculares. Apresentam-se por intolerância ao exercício, com fadiga ou mialgias e, por vezes, com mioglobinúria. A Doença de McArdle (doença de armazenamento do glicogénio tipo V) é uma doença deste grupo, com um modo de transmissão autossómico recessivo, causada por mutações no gene PYGM, localizado no cromosoma 11 (11q13), que resultam numa de ciência da fosforilase muscular. Apresentamos o caso clínico de um adolescente de quinze anos, em que foi feito o diagnóstico de Doença de McArdle após internamento por rabdomiólise maciça no contexto de crise convulsiva generalizada tónico-clónica. Estudos moleculares permitiram a identificação da mutação p.R50X em homozigotia, no probando, no pai e numa irmã.; ABSTRACT Metabolic myopathies are disorders caused by defects of the muscle energy system. They present as exercise intolerance, with fatigue or myalgia, and sometimes with myoglobinuria. McArdle’s Disease (Glycogen Sorage Disease type V) is an autossomal recessive disease due to mutations at the PYGM gene, located on chromossome 11 (11q13), resulting in the lack of muscle glycogen phosphorylase. We present the case of a fifteen year-old boy...

Aprendizagem de cuidados complexos: um desafio no caminho da parentalidade

Amaral-Bastos, M.; Nunes, D.
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em /02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
INTRODUÇÃO: Os pais são maioritáriamente as pessoas que prestam cuidados aos filhos. A transição para a parentalidade autónoma implica, nalgumas situações, a aquisição de competências ao nível da prestação de cuidados complexos. Este ensino, treino e demonstração são praticados durante o internamento das crianças com o objectivo de promover a autonomia familiar

Successful management of Listeria monocytogenes pericarditis: case report and review of the literature.

Dias, V.; Cabral, S.; Anjo, D.; Vieira, M.; Antunes, N.; Carvalheiras, G.; Gomes, C.; Meireles, A.; Mendonça, T.; Torres, S.
Fonte: Société belge de cardiologie Publicador: Société belge de cardiologie
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Listeria monocytogenes, although an uncommon cause of illness in the general population, is feared principally because of the morbidity and mortality associated with CNS infections. Cardiovascular involvement with L. monocytogenes is very rare, and has been limited to endocarditis. We describe a case of Listeria pericarditis, which occurred in a 60-year-old man with Child-Pugh B cirrhosis who presented to the emergency department with asthenia, anorexia, and respiratory distress. The echocardiogram showed severe pericardial effusion and after pericardiocentesis, L. monocytogenes was isolated in the culture of pericardial fluid. After surgical pericardiectomy with draining of the pericardial effusion and antibiotic treatment with ampicillin, the patient experienced a slow, but full recovery. Documentation of L. monocytogenes pericarditis is an extremely rare entity with very scarce reports in medical literature, and is usually associated with a very poor prognosis. A case report is presented together with a review of the literature.

Impacto das alterações da cavidade oral na qualidade de vida da pessoa com neoplasia da cabeça/pescoço

Conde, L.
Fonte: Centro Hospitalar do Porto Publicador: Centro Hospitalar do Porto
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em 28/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Atypical haemolytic-uraemic syndrome caused by factor H mutation: case report and new management strategies in children

Araújo, L.; Faria, M.; Rocha, L.; Costa, T.; Barbot, J.; Mota, C.
Fonte: Sociedade Portuguesa de Nefrologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Nefrologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Atypical haemolytic uraemic syndrome is causedby alternative complement pathway dysregulation. It has recently been recognised that most cases are due to genetic factors and a growing list of mutations has been described. Atypical haemolytic uraemic syndrome is associated with a dismal prognosis, a relapsing course, high acute mortality and frequent progression to end-stage renal disease. We describe a five-year-old boy admitted with a first recurrence of atypical haemolytic uraemic syndrome. The primary onset of the disease was at 15 months of age, following which there was complete recovery of haematological and renal parameters. His family history was significant in that his mother had died at the age of only 23 years of a stroke with associated thrombotic microangiopathy, suggesting a familial form of the disease. Sequencing of the gene encoding complement factor H revealed a heterozygous SCR20 mutation (3644G>T, Arg1215Leu), confirming the diagnosis. The patient was successfully treated with fresh frozen plasma infusions that induced disease remission. We also review currently evolving concepts about atypical haemolytic uraemic syndrome caused by factor H mutation, its diagnosis, the role of genetic testing and management strategies in children.

Antineutrophil cytoplasmatic antibody positive systemic vasculitis in a patient treated with propylthiouracil

Silva, S.; Ferreira, J.; Carvalho, S.; Seabra, F.; Marinho, A.
Fonte: Sociedade Portuguesa de Reumatologia Publicador: Sociedade Portuguesa de Reumatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%

Síndrome de Sjögren: da omica, à proteomica até ao diagnóstico salivar

Martins, Nádia; Vasconcelos, Carlos; Santos, Isabel; Ribeiro, Cláudia; Rosa, Nuno
Fonte: Centro Hospitalar do Porto Publicador: Centro Hospitalar do Porto
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em 27/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
0%

A dramatic case of Behçet disease successfully treated with infliximab

Pinto-Almeida, T.; Amorim, I.; Alves, R.; Selores, M.
Fonte: University of California Publicador: University of California
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Behçet disease is a chronic relapsing systemic disease with possible life-threatening presentations. Management of this disease can be challenging and reports of the off-label use of anti-TNFα agents for the treatment of severe manifestations are increasing, with good results. The authors report a case of Behçet disease with a sudden and severe multi-systemic onset successfully treated with infliximab.