34

Últimos itens adicionados do Acervo: Universidade dos Açores

A Universidade dos Açores é uma universidade pública localizada na Região Autónoma dos Açores, com sede na cidade de Ponta Delgada. Fundada a 9 de Janeiro de 1976, surgiu na sequência da implantação do regime autonómico nos Açores e da política de expansão do ensino superior em Portugal.

Página 1 dos resultados de 2392 itens digitais encontrados em 0.005 segundos

A "collecta sumptuária" oitocentista : alguns aspectos da sua controversa aplicação

Figueiroa-Rêgo, João de
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2003 Português
Relevância na Pesquisa
0%
O hábito de decorar as frontarias das casas com emblemática heráldica, como forma de lhes sublinhar o sentido nobiliárquico, enquanto residência de nobres e fidalgos, foi-se generalizando ao longo dos tempos, quase, na mesma proporção com que a partir de certa altura se assistiu ao proliferar da concessão de cartas de brasão d’armas. Sobre o significado artístico, sociológico e patrimonial deste tipo de representação não nos vamos deter, porquanto o nosso objectivo é, tão somente, enquadrar sucintos apontamentos ligados a aspectos formais de fiscalidade e jurisprudência. Interessa-nos, em especial, uma parcela da contribuição sumptuária, relativa à tributação das pedras d’armas, sua polémica aplicabilidade e o teor de recursos interpostos junto dos tribunais, durante a 2ª metade do século XIX, e 1ª década do séc. XX. Comecemos por fixar uma noção que, em certo sentido, se prende com a leitura feita pelo legislador estando, ainda, na base do argumento jurídico que validava a intervenção tributária. Assim, a pedra d’armas constituiria «parte integrante da unidade arquitectónica» sendo «elo de ligação simbólica (no plano social) da Casa à respectiva Família heraldicamente codificada(...)». Adiante...

A arqueologia em contextos de navios dos sécs. XVI-XVII : testemunhos açorianos

Garcia, Catarina
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Considerando que a arqueologia subaquática e a arqueologia naval são áreas ainda pouco conhecidas no seio da comunidade científica ligada à história dos Açores, o presente trabalho pretende sistematizar algumas ideias sobre a arqueologia subaquática bem como efectuar uma análise dos aspectos importantes na abordagem de sítios arqueológicos conhecidos nos Açores, com especial incidência para os navios de séc. XVI-XVII. [...]

Um arquipélago de geometria variável: representações dos Açores no período moderno (séculos XVI-XVIII)*

Rodrigues, José Damião
Fonte: Universidade Estadual de Ponta Grossa Publicador: Universidade Estadual de Ponta Grossa
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Esta obra está licenciada sob uma Licença Creative Commons Attribution 3.0. Departamento de História da Universidade Estadual de Ponta Grossa (DEHIS). Reproduzido com permissão.; No presente artigo, tendo como objecto de estudo as ilhas dos Açores no período moderno (séculos XVI-XVIII), procuramos demonstrar, a partir da análise de fontes açorianas e estrangeiras (crónicas, histórias, descrições, relatórios) que não existia uma representação espacial única do arquipélago tal como o conhecemos. As identidades territoriais e as representações espaciais correspondentes são indissociáveis de um determinado percurso histórico e das relações e actividades que se desenvolvem no quadro de um espaço concreto. Nos Açores modernos, diversos factores, entre os quais a descontinuidade geográfica e o “poder do lugar”, contribuíram para impedir a construção de uma concepção de região à escala do arquipélago.; ABSTRACT: In this paper, we take as a case-study the Azorean islands in the early-modern period (16th-18th centuries). From the analysis of Azorean and foreign sources (chronicles, histories, descriptions, reports) we show that there were more than one spatial representation of the archipelago as we know it. Territorial identities and their spatial representations are linked to a certain historical path and to the relations and activities that take place within the borders of a specific space. In the early-modern Azores several factors...

As ilhas e a abertura da fronteira oceânica

Riley, Carlos Guilherme
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1995 Português
Relevância na Pesquisa
0%
[...]. O Objectivo desta comunicação é o de chamar a atenção para o processo histórico que se encontra subjacente ao descobrimento da América, e não deixa de ser irónico que este evento, habitualmente considerado pela historiografia ocidental como aquele que assinala o início da Idade Moderna seja afinal, produto de uma herança cultural da Antiguidade Clássica, largamente difundida no decurso da Idade Média. Estamos, assim, perante o aparente paradoxo de ter sido a tradição que gerou a modernidade. [...]

Poética universalizante e significação insular : de Nem Toda a Noite a Vida, de Vitorino Nemésio

Linhares, Luísa
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /01/1981 Português
Relevância na Pesquisa
0%
“Relação dialéctica mais do que oposição antinómica, regional e universal são, no fundo, duas faces de uma mesma moeda: o regional autêntico é expressão do universal mais sublime. Quanto mais regional, mais singular, mais vital e interiorizada a experiência vivida. As personagens ganham alma e vida próprias, e assim, o facto de se falar «à moda de» apenas comprova o «não sei quê» de especificamente açoriano, insular, atlântico, provocado por um clima, um mar, uma saudade, um isolamento. O conceito de Literatura de Significação Açoriana relaciona-se com a validade de uma obra ou de um autor (válido, não válido, mais ou menos válido) o seu ser particular e específico que corresponde, no plano da ficção, à sua literariedade universal. […]”

A sibila : sob o signo do espelho

Borges, Maria da Graça T. de Melo
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /01/1984 Português
Relevância na Pesquisa
0%
“[…]. Nascida sob o signo do espelho, A Sibila é uma obra onde o olhar circula, livremente, porquanto tudo nela é visão, reflexão e refracção. Se bem que o espelho como realidade em si mesma não sofra no romance uma incidência frequente e particular, a verdade é que a sua presença se insinua num simbolismo latente e disfarçado que se torna perigoso desbravar. […]”

Dois textos a divulgar no centenário de Teixeira Soares

Afonso, João
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1983 Português
Relevância na Pesquisa
0%
“Terá sido redigido por Teófilo Braga o reduzido texto de um prospecto-anúncio dos «Cantos populares do Archipelago Açoriano» cujo conteúdo, bem que significativo, pouco ou nada foi estudado. Embora possa ser considerado a matriz da dedicatória teofiliana a João Teixeira Soares de Sousa na portada daquela vultuosa compilação a que o sábio e o santo jorgense ficou vinculado a fundamentis, o certo é que se não tem dedicado atenção aos termos desse texto. […]”

Mythimna unipuncta Haworth (Lepidoptera, Noctuidae) e o seu parasita larvar Apanteles militaris Walsh (Hymenoptera, Braconidae) em S. Miguel (Açores)

Garcia, Vasco; Tavares, João
Fonte: Instituto Universitário dos Açores Publicador: Instituto Universitário dos Açores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1980 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Este trabalho faz parte dos estudos ecológicos que servirão de base aos métodos de luta integrada a utilizar nos Açores contra a praga conhecida vulgarmente por «lagarta das pastagens» (Mythimna unipuncta HAW.). Nos estudos de campo que desenvolvemos desde 1976, verificámos que o principal inimigo natural de Mythimna unipuncta HAW. na ilha de S. Miguel, era o Himenóptero Braconídeo Apanteles militaris WALSH (GARCIA & TAVARES, 1977). Procurámos determinar a evolução larvar de Mythimna unipuncta HAW. ao longo do ano, estabelecendo a relação entre as populações da praga e do seu parasita. Os métodos utilizados foram os mesmos que empregámos em trabalhos anteriores (GARCIA & TAVARES op. cit.).

XII Expedição Científica do Departamento de Biologia - PICO 2005.

Tavares, João; Furtado, Duarte
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: info:eu-repo/semantics/report
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
0%
XII Expedição Científica do Departamento de Biologia - PICO 2005.; [...]. Ao deslocar-se para uma outra ilha do arquipélago dos Açores durante alguns dias, uma parte dos recursos humanos e materiais, assim como cientistas e técnicos de outras instituições, internacionais, nacionais e regionais, que ao longo dos últimos anos têm colaborado com a instituição, o seu corpo de cientistas pretende desenvolver uma série de estudos, baseados no aprofundar do saber e do conhecimento sobre a vida que nos acolhe e rodeia nesta parcela do mundo. Também é nossa missão como docentes e investigadores, após um complexo processo de transmissão de saber, participar em trabalhos de campo com os nossos alunos dos diferentes graus, desde a licenciatura ao doutoramento, partilhando aí experiências, praticando interacções com outras áreas científicas e aprofundando as colaborações com outras instituições. Neste contexto, o projecto XII Expedição Científica do Departamento de Biologia à ilha PICO, em 2005, foi desenvolvido no campo por um corpo de 86 expedicionários, repartidos por 12 equipas, cada uma com plano de trabalhos nas seguintes áreas: Conservação e Ambiente; Biologia dos Vertebrados; Botânica; Geografia Física e Humana; Ecologia Animal; Ecologia Vegetal; Ecologia Aquática; Entomologia e Luta Biológica; Genética Humana...

Epiphyllous bryophytes in the Azores Islands

Sjögren, Erik
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //1997 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A vegetação epífila é típica das florestas tropicais húmidas. A presença extratropical de um grande número de briófitos epífilos nos arquipélagos da Macaronésia, Açores, Madeira e Canárias, torna-se, por isso, notável. Este artigo refere-se à flora e vegetação epífila dos Açores. O material em análise consiste em 963 amostras (568 epífilos) incluindo os epifilos preferenciais, na sua maioria hepáticas. Muitas destas espécies pertencem às famílias Lejeuneaceae e Radulaceae. As amostras foram colhidas entre 1965 e 1995, em todas as nove ilhas dos Açores. Estas amostras foram recolhidas de 30 plantas-suporte (ou forófitos) diferentes. Aqui fornece-se informação sobre a ecologia, sociologia e vulnerabilidade destas espécies de briófitos. Por outro lado, discute-se a sua alta frequência em locais já sugeridos para protecção, mas com base apenas em plantas vasculares endémicas. Entre as 89 espécies encontradas como epífilas, 21 são preferencialmente epífilas e 14 são endémicas, quer dos Açores, quer da Macaronésia, sendo membros mais ou menos frequentes da brio-comunidade epífila Cololejeuneo-Colurion: Cololejeuneetum azoricae Sjn. 78. As condições óptimas de habitat para estas espécies encontram-se entre os 700 a 1000 m de altitude (nas ilhas do grupo central). Dentro destes limites de altitude...

Complexo CLIMAAT-TERCEIRA-NARE para a monitorização da composição da atmosfera na camada limite do Atlântico Norte

Fialho, Paulo; Henriques, Diamantino; Carvalho, Fernanda; Barata, Filipe; Azevedo, Eduardo B.
Tipo: info:eu-repo/semantics/report
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Comunicação apresentada no 4º Simpósio de Meteorologia e Geofísica da APMG – 6º Encontro Luso-Espanhol de Meteorologia, Sesimbra, 14-17 Fevereiro de 2005.; As a result of the partnership between the University of Azores, and the Association for the Study of the Insular Environment through the Environment Observatory and the Meteorological Institute, during the 2004 summer it took place the beginning of the installation of the CLIMAAT – TERCEIRA – NARE (INTERREG IIIB – Projecto CLIMAAT – MAC 2.3/A3) platform. In this stage, it was also installed in the José Agostinho observatory, near the city of Angra do Heroísmo, several equipments to monitoring the atmospheric and sun irradiation. Near the coast, at the moment, and beside the meteorological common parameters, pressure, temperature, relative humidity, precipitation, wind direction and intensity some measurements of the black carbon and iron oxide aerosol absorption coefficients were also done. The results of this project should contribute to the study of the evolution and composition of the North Atlantic atmosphere, and in that matter to the study of the Global Changes, namely as a land platform of reference to remote sensing satellite systems. This platform is part of the Azores Global Atmosphere Monitoring Complex (AGAMC).

Characterization and quantification of total carbohydrates of selected macroalgae from S. Miguel litoral zone.

Garrido, Elena R.; Paiva, Lisete S.; Baptista, José A. B.; Patarra, Rita F.; Neto, Ana I.
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em /09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
International Symposium FloraMac2012. Colégio dos Jesuítas, Funchal, Madeira, 5-8 de Setembro.

A phylogenetic approach of the order Nemastomatales (Rhodophyta) in the Azores and Gulf of Mexico.

Gabriel, Daniela; Fredericq, Suzanne; Gavio, Brigitte; Neto, Ana I.
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em /03/2007 Português
Relevância na Pesquisa
0%
XIX International Seaweed Symposium. Kobe, Japão, 26-31 de Março de 2007.

Age and growth of the pink dentex Dentex gibbosus (Rafinesque, 1810) caught off the Madeira Archipelago

Alves, Adriana; Vasconcelos, Joana
Fonte: Universidade dos Açores Publicador: Universidade dos Açores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
A total of 146 otoliths were extracted for age readings from 68 females (23.2-90.1 cm TL), 76 males (22.0-81.3 cm TL) and 2 undetermined (30.3-38.0 cm TL), between April 2004 and December 2007. The maximum age obtained from whole otoliths was 11 years. Differences in the growth rhythms were observed between the sexes (females: L∞=134.4, K=0.092 and t0=−0.406; males: L∞=135.9, K=0.078 and t0=−0.894; and all fish were: L∞=149.8, K=0.078 and t0=−0.784). Pink dentex attain 50% of their maximum theoretical length during their fourth year of life. The weight-length relationship (W = q Lfb) were determined separately for each sex and for all fish: for females q=0.01094 and b=3.033, for males q=0.10002 and b=3.047 and for all, q=0.01027 and b=3.046. According to the F-test, there were no significant differences between the weight-length relations obtained for females and males (F-test, F=2.2526, p=0.06646).

Maria Filomena Mónica, Os Cantos. A Tragédia de Uma Família Açoriana

Silva, Leonor Sampaio da
Fonte: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa Publicador: Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa
Tipo: info:eu-repo/semantics/review
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
0%
"Respirando numa atmosfera semelhante à d’Os Maias, dos quais se distancia pela escrita historiográfica, mas com os quais partilha semelhanças que são visíveis no epílogo, no título, no enquadramento epocal e na saga familiar, o livro de Maria Filomena Mónica dá-nos a conhecer um período da história económica portuguesa marcado pela figura central de José do Canto. Com Os Cantos, a autora regressa à biografia e ao arquipélago dos Açores. Depois de ter escrito sobre a influência da família Dabney no Faial, Maria Filomena Mónica investe na descoberta de um nome micaelense que, embora essencial no desenho da paisagem natural e edificada, no desenvolvimento económico e na ilustração pública de São Miguel, ainda é insuficientemente conhecido fora dos territórios murados do saber académico. […]."

Uma abordagem à cultura açoriana em contexto de educação pré-escolar e 1º ciclo do Ensino Básico

Borba, Marília Alexandra Freitas
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em 22/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Mestrado, Educação Pré-Escolar e Ensino do 1º Ciclo do Ensino Básico, 22 de Junho de 2013, Universidade dos Açores (Relatório de Estágio).; O presente relatório é o culminar do trabalho realizado durante os estágios em educação pré-escolar e no 1.º ciclo do ensino básico (1.º ano), onde efetuei uma abordagem à cultura açoriana. O trabalho desenvolvido foi sustentado no Currículo Regional para a Educação Básica (CREB). A estratégia utilizada durante os estágios, tanto da educação pré-escolar como do 1.º ciclo do ensino básico, foi percecionar os vários interesses demonstrados pelos diferentes grupos, e a partir deles dar continuidade à aprendizagem, não criando lacunas no seu processo de ensino/aprendizagem, promovendo assim uma aprendizagem significativa. Deste modo, o critério utilizado durante o estágio para dar continuidade à aprendizagem das crianças foi de, sempre que possível, promover atividades o mais próximo do seu quotidiano e das suas vivências culturais, para assim se tornar mais significativa e relevante. Além disso, outro dos aspetos a frisar relaciona-se com a importância dada ao longo da prática educativa aos conhecimentos prévios dos alunos. Ao longo deste processo, fui enriquecendo as minhas práticas educativas com os conhecimentos que fui adquirindo e construindo...

Investigação em comunidades dominadas por macroalgas: situação actual, aplicações e desenvolvimentos futuros

Neto, Ana I.
Tipo: info:eu-repo/semantics/lecture
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Conhecer o Mar dos Açores. Fórum Científico de Apoio à Decisão, Horta, 19 de Janeiro de 2011.; Shallow water rocky coasts in the Azores are conspicuously macroalgae. These are amongst the most important and productive Azorean littoral communities. Both the algae and their associated invertebrates and fish have traditionally been exploited for a diverse range of anthropogenic uses. In the present study, a synthetic overview of the phycological research done in the archipelago is provided, highlighting some of the most important findings. This study spans a wide number of issues including: (i) the historical knowledge of the Azorean macroalgal flora, (ii) its biogeographic affinities, (iii) main macroalgal communities, (iv) macroalgal/herbivore dynamics, (v) macroalgae as bio-indicators of water quality and (vi) biotechnological uses of algae. Avenues for future research in the Azores are suggested.

O ensino da Língua Portuguesa nos EUA para o novo milénio : Plano Global

Castanho, Maria da Graça Borges; Serpa, Caetano Valadão; Serpa, Maria de Lourdes
Fonte: Expresso das 9 Publicador: Expresso das 9
Tipo: info:eu-repo/semantics/contributiontoperiodical
Publicado em 09/08/2000 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Publicação coordenada por Graça Castanho. Publicada no Expresso das 9, no dia 9 de Agosto de 2000.; O plano que agora se apresenta às entidades governamentais portuguesas e a outros organismos com responsabilidades nos destinos do nosso idioma fora de Portugal constitui uma primeira abordagem global à problemática da manutenção e expansão do Português nos EUA. Foi elaborado por um grupo de estudiosos/as e investigadores/as preocupados/as com o futuro da nossa língua neste país. Este estudo apresenta um conjunto de propostas e reflexões e visa preencher uma lacuna existente no âmbito do ensino-aprendizagem da Língua Portuguesa no extenso espaço geográfico norte-americano, o qual conta com mais de 90.000 escolas, 46 milhões de estudantes - do Jardim de Infância ao 12º ano de escolaridade - e 3.000 universidades. Exprime uma visão abrangente do que poderá e deverá ser o ensino do nosso idioma nas suas várias dimensões, desde o Pré-Escolar ao Ensino Universitário, quer em escolas públicas ou privadas. Analisa o contexto actual, propõe objectivos de trabalho e indica pistas práticas a seguir, particularmente em sete dos cinquenta estados e territórios onde há maior concentração de falantes de Português (cf. Anexo 1). Sendo este um contributo que se enquadra na dinâmica de muitas outras línguas que se têm vindo a afirmar nos EUA...

Prefácio

Castanho, Maria da Graça Borges
Fonte: Letras Lavadas Publicador: Letras Lavadas
Tipo: info:eu-repo/semantics/bookpart
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
0%
O prefácio em apreço, para além de introduzir o texto de Ana Isabel Ferreira, tece considerações acerca da relevância dos textos dramáticos com temática açoriana.; Pela mão da autora açoriana, Ana Isabel Ferreira, vemos, com elevada satisfação, chegar às livrarias um texto dramático para crianças, com características de um autêntico musical, sobre o Natal, uma temática muito do gosto dos mais novos devido à magia e à fantasia que acompanham este tipo de produção textual.

Comparação de dano testicular entre ratos provenientes de explorações agrícolas orgânicas e convencionais

Bernardo, Filipe Miguel Teixeira de Sousa
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em 26/11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
0%
Dissertação de Mestrado em Ambiente, Saúde e Segurança.; O principal objetivo deste estudo consistiu em avaliar os efeitos da exposição crónica a diferentes práticas agrícolas (agricultura convencional e orgânica) sobre o sistema reprodutor masculino, particularmente em termos de dano testicular. Três grupos de 12 machos da espécie Mus musculus, pertencentes a populações naturais dos locais de estudo, foram capturados vivos para posterior avaliação do dano testicular e determinação das doses hepáticas de metais essenciais e traço, entre os quais Se, Pb, Hg e Cd. O primeiro grupo foi capturado numa exploração agrícola convencional na qual os solos são frequentemente tratados com agroquímicos. O segundo grupo foi capturado numa exploração orgânica certificada, em que o tratamento dos solos está limitado a fertilizantes orgânicos. O terceiro grupo (controlo) foi capturado numa reserva natural cujos solos nunca foram utilizados para fins agrícolas. Após eutanização, os testículos de cada indivíduo foram extraídos, fixados e processados para análise histológica, enquanto o resíduo seco dos fígados foi sujeito à quantificação de metais traço. A avaliação do dano testicular foi levada a cabo através da análise da densidade volumétrica relativa de diferentes estágios celulares espermatogénicos...