Página 19 dos resultados de 608 itens digitais encontrados em 0.003 segundos

Influência dos voláteis do algodoeiro induzidos por herbivoria na quimiotaxia de Anthonomus grandis (Coleoptera: Curculionidae)

Magalhães, Diego Martins
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Dissertação (Mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de ciências biológicas, Programa de Pós-Graduação em Ecologia, 2012.; O bicudo-do-algodoeiro, Anthonomus grandis Boheman (Coleoptera: Curculionidae), é considerado uma das pragas-chave da cotonicultura brasileira devido ao prejuízo econômico causado por sua infestação, ausência de inimigos naturais eficientes e difícil controle por inseticidas. Uma das formas de monitoramento dessa praga tem sido feita através de armadilhas contendo feromônio de agregação e tem mostrado relativo sucesso. No entanto, estudos de campo revelaram que durante o período de floração do algodoeiro o número de insetos capturados nestas armadilhas diminui consideravelmente, sugerindo que voláteis produzidos pela planta neste estágio fenológico podem estar envolvidos na atração do bicudo. Os objetivos do trabalho foram avaliar o perfil químico dos compostos orgânicos voláteis do algodoeiro nos diferentes estágios fenológicos e sob diferentes condições de herbivoria, bem como a atratividade destes para os adultos de A. grandis. Além disso, verificou-se a existência de sinergismo entre os voláteis liberados pelo algodoeiro e o feromônio de agregação emitido por machos de A. grandis. Assim...

Expressão de genes de características agronômicas em Feijão-CAUPI

Citadin, Cristiane Teresinha
Tipo: tese / thesis
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Tese(doutorado)—Universidade de Brasília, Departamento de Biologia Celular, Pós-Graduação em Biologia Molecular, 2011.; O feijão-caupi (Vigna unguiculata L. Walp) é uma leguminosa de grande importância na alimentação humana, e tem sido alvo de melhoramento clássico por décadas, no entanto, algumas características, como resistência a estresses bióticos e teores de aminoácidos sulfurados em sementes, ainda não puderam ser incorporados. Nas últimas três décadas, uma série de tentativas foi realizada com intuito de desenvolver protocolos reprodutíveis na geração de feijão-caupi transgênico que permitam a expressão de genes de importância agronômica, especialmente aqueles que não foram incorporados pelo melhoramento clássico. No momento atual, vários pesquisadores têm estabelecido com sucesso procedimentos para transformação genética de feijão-caupi. Neste trabalho é relatada a obtenção de feijão-caupi transgênico resistente ao herbicida Imazapyr. Para isso, foram utilizados vetores contendo um cassete de expressão constitutivo da enzima AtAHAS. Estas plantas foram transformadas pela técnica de biobalística e um total de 16 linhagens transgênicas confirmadas por análises de Southern blot. Bioensaios para determinar a tolerância ao herbicida foram realizados usando diferentes concentrações de imazapyr. Algumas linhagens mostraram alta tolerância...

Produção e caracterização de alotetraploides sintéticos entre espécies silvestres do gênero Arachis

Santos, Silvio Pereira dos
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Biologia, Departamento de Botânica, Programa de Pós-Graduação em Botânica, 2012.; Registros arqueológicos indicam que o amendoim foi domesticado por índios há pelo menos 3.500 anos na América do Sul. O amendoim (Arachis hypogaea L.) pertence à família Fabaceae, subfamília Faboidea. O gênero Arachis é composto por cerca de 80 espécies, todas endêmicas da América do Sul. O Brasil se destaca por reunir todas as secções e a maioria das espécies. As espécies silvestres, mais próximas ao amendoim cultivado são quase todas diploides e são classificadas em genomas A, B e D. O grupo de genoma B (B lato sensu) foi recentemente dividido em três subgrupos: B sensu stricto, F e K. O amendoim cultivado é um tetraploide, com dois componentes genômicos distintos, cada um com 10 pares de cromossomos, A e B. As espécies com genomas A e B lato sensu são de maior interesse na busca de genes úteis para introgressão, por possuírem genomas semelhantes aos do amendoim cultivado. A utilização de espécies selvagens como fonte de resistência a pragas e doenças tem mostrado ser uma promessa para muitas culturas. Neste trabalho, um número de espécies silvestres diploides com genomas A...

O papel das enzimas quitinase e catepsina na patologia viral de baculovírus; The role of chitinase and cathepsin enzymes in pathology of baculovirus

Lima, Anabele Azevedo
Tipo: tese / thesis
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Medicina, Programa de Pós-Graduação em Patologia Molecular, 2013.; O Brasil destaca-se por ser um dos maiores exportadores de produtos agrícolas no mundo e diante dessa realidade a utilização de agrotóxicos impacta tanto o meio ambiente quanto a saúde pública. Uma alternativa a essa prática é a utilização de agentes biológicos no controle de pragas. Um exemplo é a utilização do baculovírus Anticarsia gemmatalis multiple nucleopolyhedrovirus (AgMNPV) no controle da lagarta da soja, Anticarsia gemmatalis, sendo o maior exemplo mundial de sucesso de um vírus utilizado como bioinseticida. Os baculovírus são vírus de DNA fita dupla, específicos de artrópodes. Uma das características apresentada no genoma viral do isolado AgMNPV-2D está na ausência dos genes quitinase (chiA) e catepsina (v-cath). Essa ausência pode ser responsável por não ocorrer a liquefação e a melanização das larvas de A. gemmatalis mortas pela infecção com o AgMNPV-2D. O capítulo I do presente trabalho teve como objetivo analisar o efeito da expressão dessas proteínas em insetos infectados com AgMNPV recombinantes contendo esses genes derivados de dois baculovírus (Choristoneura fumiferana defective nucleopolyhedrovirus - CfDefNPV e Autographa californica multiple nucleopolyhedrovirus - AcMNPV). O vírus recombinante...

Análise funcional de proteínas efetoras de Meloidogyne incognita com potencial aplicação no controle de fitonematoides

Mezzalira, Itamara
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Celular, Programa de Pós-Graduação em Biologia Molecular, 2013.; Nematoides formadores de galhas (NFG) (Meloidogyne spp.) são endoparasitas biotróficos que possuem uma ampla gama de hospedeiros. O sucesso do parasitismo dos NFG depende da indução e manutenção de sítios de alimentação altamente especializados que são compostos por células gigantes. Os NFG produzem uma série de proteínas nas glândulas secretoras e as injetam, via estilete, nas células da planta hospedeira para manipular o seu metabolismo. Elucidar o papel das proteínas secretadas é essencial para o entendimento das bases moleculares do processo de parasitismo dos nematoides, bem como para o desenvolvimento de novas estratégias para o controle destes parasitas. Este trabalho é o início de uma análise detalhada sobre o papel que três proteínas efetoras de M. incognita, MSP2, MSP7 e MSP18, desempenham na interação com arroz (Oryza sativa). Os genes de parasitismo de M. incognita MSP2, MSP7 e MSP18 codificam para proteínas de 210, 176 e 172 aminoácidos, respectivamente, são expressos nas glândulas secretoras do nematoide e possuem peptídeo sinal de secreção na extremidade N-terminal. A análise de expressão através de qRT-PCR mostrou que estes genes apresentam diferentes padrões de expressão durante interação planta-nematoide...

Genômica comparativa de isolados de Condylorrhiza vestigialis MNPV com ênfase no seu provável locus v-cath/chiA e caracterização de clones purificados e mutantes FP gerados

Tagliari, Marina
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Celular, Programa de Pós-Graduação em Biologia Molecular, 2013.; O lepidóptero Condylorrhiza vestigialis é uma das principais pragas desfolhadoras da cultura de álamo no Brasil. Como uma alternativa de controle desta praga, o baculovírus Condylorrhiza vestigialis multiple nucleopolyhedrovirus (CoveMNPV) vem sendo aplicado em plantações de Álamo na região de Cascavel-PR. Devido à ocorrência no campo de lagartas mortas por infecção viral apresentando tegumento liquefeito e intacto, os genes virais catepsina (v-cath) e quitinase (chiA), essenciais para a liquefação do tegumento da lagarta morta por vírus, foram investigados quanto a sua presença ou ausência nos genomas de dois isolados de campo de CoveMNPV. A amplificação destes genes por PCR usando oligonucleotídeos degenerados foi altamente inespecífica em ambas as amostras. Embora os produtos detectados em gel de agarose fossem dos tamanhos esperados, as suas sequências não corresponderam aos genes v-cath e chiA, indicando uma possível ausência desses genes no genoma de CoveMNPV. Bioensaios demonstraram um comportamento semelhante para ambas às amostras de campo...

Validação funcional de genes envolvidos com estresse de Meloidogyne incognita via RNA interferente in planta

Lourenço, Isabela Tristan
Tipo: tese / thesis
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Celular, Pós-Graduação em Biologia Molecular, 2014.; O fitonematoide Meloidogyne incognita é considerado um dos patógenos de plantas mais relevantes devido a sua distribuição mundial e os danos severos causados a várias culturas importantes agronomicamente. Práticas agronômicas têm tido geralmente pouco sucesso e alto custo, sendo o cultivo de variedades resistentes, quando existentes, a forma mais eficiente de controle. Uma estratégia alternativa promissora é a transformação genética de plantas para expressão de moléculas que afetem o metabolismo e desenvolvimento do nematoide. No presente trabalho foram selecionados dois genes-alvo homólogos a genes essenciais do nematoide modelo Caenorhabditis elegans para silenciamento gênico de M. incognita in planta: Isocitrato liase e hsp90. Visando a validação desses genes, para o controle deste fitonematoide, os fragmentos gênicos foram isolados e clonados em um vetor binário para expressão de dsRNA in planta. Plantas transgênicas de Nicotiana tabacum contendo as construções de RNAi foram obtidas através de transformação via Agrobacterium tumefaciens. As plantas expressando dsRNA de hsp90 apresentaram uma atraso na formação de galhas e menor número de células gigantes...

Transformação genética de Arabidopsis thaliana L. via Agrobacterium tumefaciens com os genes da família geranil geranil difosfato e associação com efeito alelopático em Gergelim (Sesamum indicum L.)

Toledo, Juliane Laner de
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Biologia, Departamento de Botânica, Programa de Pós-Graduação em Botânica, 2013.; Alguns genes estão sempre expressos nas células, como é o caso dos genes constitutivos, outros estão sujeitos à regulação e são ativados somente quando a célula requisita seus produtos. A introdução de genes em plantas ou células vegetais permite a alteração dos níveis de expressão de genes envolvidos nas rotas metabólicas que se deseja estudar. Além disso, as alterações nos níveis de expressão gênica permitem estudar funcionalidade de genes, bem como obter um maior entendimento das vias biossintéticas em seus aspectos regulatórios. Assim, o presente trabalho teve como objetivo superexpressar e estudar a associação dos genes da geranil geranil difosfato sintase (GGPS), responsável pela síntese do precursor de terpenóides, com compostos alelopáticos em Arabidopsis thaliana L. Os terpenóides constituem umas das classes mais diversificadas de metabólitos secundários e desempenham funções na planta como reguladores do crescimento e desenvolvimento vegetal, além de estarem associados em interações da planta com o ambiente. Adicionalmente, os terpenos também têm sido encontrados em compostos alelopáticos. Em arabidopsis...

Transformação genética de soja [Glyicine max (L.) Merrill] para expressão do gene HaHB11 relacionado à tolerância a estresses abióticos

Queiroz, Lídia Nascimento
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Biologia Celular, 2014.; Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: Páginas: 15, 23, 25, 26 e 27.; A ocorrência de perdas de produção na cultura de soja no Brasil é reflexo, entre outros fatores, do déficit hídrico. Ferramentas de melhoramento genético visam fornecer subsídios para contornar esses problemas na medida em que possibilitam a introdução de genes exógenos nas plantas, envolvidos na resposta a estresses ambientais. Vários genes de fatores de transcrição em plantas foram caracterizados e relacionados à tolerância ao estresse hídrico. Dentre eles, o gene do fator de transcrição HaHB11, de girassol, que atua como regulador positivo da cascata de sinalização dependente de ABA (ácido abscísico), aumentando a expressão dos genes de resposta que resultariam na tolerância a estresse hídrico. Na tentativa de obter plantas transgênicas de soja mais tolerantes à seca, o gene do fator HaHB11 foi clonado no vetor pAHAS e a construção obtida foi utilizada para transformação genética de soja via biobalística, utilizando embriões zigóticos como tecido alvo. Foram gerados 14 eventos de transformação...

Estirpes de Bacillus thuringiensis como promotoras de crescimento vegetal e no controle de pragas em diferentes culturas

Vaz, Luiza Arlete
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, 2014.; A produção agrícola pode ser influenciada por microrganismos endofíticos de diferentes maneiras, tanto pela produção de substâncias promotoras de crescimento vegetal, quanto pelo controle de pragas e doenças. Foram realizados ensaios de promoção de crescimento em casa de vegetação, utilizando as estirpes S1450, S1905, S2122 e S2124 de B. thuringiensis, tóxicas a insetos da Ordem Lepidóptera, cinco espécies vegetais (algodão, arroz, milho, repolho e soja) e dois métodos de inoculação (imersão de sementes e inoculação planta), utilizando uma concentração de 107 esporos.mL-1. Inicialmente, foram avaliados os parâmetros: Índice de Velocidade de Germinação (IVG), altura de plantas e número de folhas. Após 45 dias, as plantas foram avaliadas quanto ao comprimento da raiz, peso seco da raiz e peso seco da parte aérea e, também, a mortalidade das lagartas de S. frugiperda, P. xylostella e A. gemmatalis alimentadas com folhas das plantas utilizadas nos ensaios. Nos ensaios, foi possível observar que o método de inoculação mais eficiente na promoção de crescimento para todas as espécies testadas foi o imersão de sementes e com efeitos diferenciados em função da espécie de planta e da estirpe...

Bacillus thuringiensis como endofíticos em algodão : avaliação na promoção de crescimento e controle de Spodoptera frugiperda

Costa, Flávia Santana Souza da
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Agronomia e Medicina Veterinária, Programa de Pós-Graduação em Agronomia, 2014.; Bioinseticidas à base de B. thuringiensis (Bt) são os mais comercializados e conhecidos emtodo o mundo por seu potencial no controle de insetos-praga. Porém seu efeito comoorganismo endofítico e promotor de crescimento são pouco estudados. Para avaliação dessesefeitos, foram realizados testes iniciais para verificar a ação de Bt sobre o crescimentovegetativo de plantas de algodão a partir da seleção de quatro estirpes de Bt (S1450, S1905,S2122 e S2124) por sua atividade tóxica sobre insetos da ordem Lepidoptera, três genótiposde algodão (BRS 8H, BRS Aroeira e BRS 286) e dois métodos de inoculação (via semente evia planta) em casa de vegetação. Os parâmetros analisados foram: germinação, altura,número de folhas, massa seca da parte aérea e radicular e comprimento de raiz. Ao final doexperimento as plantas foram oferecidas a larvas de S. frugiperda para avaliar a mortalidade.Com base nas análises dos resultados de eficiência em altura, massa seca e número de folhas,foi possível selecionar a estirpe S2122, a cultivar BRS 8H e o método de inoculação emsementes. Um segundo ensaio foi...

Resposta comportamental e molecular dos parasitoides Telenomus podisi e Trissolcus basalis (Hymenoptera: Platygastridae) aos feromônios sexuais de pentatomídeo

Schimmelpfeng, Pedro Henrique Cavendish
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Programa de Pós-Graduação em Zoologia, 2014.; A utilização de microhimenópteros parasitoides para controlar insetos-praga dentro do Manejo Integrado de Pragas (MIP) é uma alternativa para reduzir o uso de fitossanitários na lavoura e as consequências negativas em decorrência de seu uso. Os parasitoides de ovos Telenomus podisi e Trissolcus basalis têm se destacado como agentes de controle de pentatomídeos praga-da-soja, como Euschistus heros, Piezodorus guildinii e Nezara viridula. Para localização de seus hospedeiros estes parasitoides utilizam sinais e pistas predominantemente químicas originadas das plantas ou de seus hospedeiros (feromônios de alarme e sexual, por exemplo) que são interceptadas por proteínas olfativas denominadas OBPs (do inglês, Odorant Binding Proteins). O presente trabalho teve como objetivo (1) avaliar a resposta de T. podisi e Tr. basalis aos feromônios sexuais isolados dos hospedeiros (E. heros – Eher1, Eher2 e Eher3, P. guildinii - Pgui e N. viridula - Nvir) em bioensaios de olfatometria em diferentes concentrações (1,0 mg/mL, 0,1 mg/mL e 0,01 mg/mL) e (2) identificar potenciais OBPs mediante transcriptômica de insetos adultos de ambos os sexos por RNA-Seq/Illumina e analisar a influência da exposição aos feromônios sexuais dos hospedeiros na expressão dos mesmos em T. podisi. Ambos os parasitoides estudados mostraram resposta seletiva em relação aos compostos avaliados e suas respectivas concentrações (T. podisi - Eher3 (0...

Estudo do perfil genotóxico, citotóxico, neurocomportamental e bioquímico da ayahuasca em ratos Wistar tratados com dose única

Melo Júnior, Willian
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Ciências da Saúde, Pós-Graduação em Ciências da Saúde, 2014.; A bebida psicoativa conhecida como ayahuasca (Banisteriopsis caapi e Psychotria viridis) é um sacramento incorporado a religiões não indígenas oriundas da região amazônica. Essa cocção sagrada tem propriedades de cura alardeadas em rituais xamânicos e um corpo de evidências crescente indica que o uso é seguro no contexto ritualístico. A perspectiva de uso da ayahuasca extrapolando o uso religioso seja em um contexto terapêutico ou recreacional ainda carece de dados pré-clínicos que atestem sua segurança. Esse estudo avaliou os perfis genotóxico, mutagênico, citotóxico e neurocomportamental da ingestão aguda de ayahuasca em ratos Wistar. Os bioensaios realizados foram análise de fragmentação de DNA por citometria de fluxo (CF), Ensaio Cometa (EC), teste do Micronúcleo (MN), análise das séries hematológicas (eritrograma, leucograma e plaquetograma) e avaliação sérica das funções renais, hepática e pancreática. Para avaliação neurocomportamental utilizaram-se os testes de campo aberto, labirinto em cruz elevado e natação forçada, que além de avaliar a locomoção e mobilidade são também modelos preditivos de ação ansiolítica e antidepressiva. Cinqüenta ratos Wistar...

Diversidade genética de Plasmopara viticola e mapeamento de QTLs de resistência ao míldio em videira (Vitis spp.); Genetic diversity of Plasmopara viticola and genetic mapping of downy mildew resistance QTLs in grapevine (Vitis Spp.)

Anjos, Liamar Maria dos
Tipo: tese / thesis
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Ciências Biológicas, Departamento de Fitopatologia, Programa de Pós-Graduação em Fitopatologia, 2013.; Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo restrito: capítulos 1 e 2.; A videira (Vitis vinifera L.) destaca-se entre as mais importantes espécies frutíferas cultivadas mundialmente. O míldio, causado pelo oomyceto Plasmopara viticola (Berk & Curtis.) Berl. & de Toni é uma das principais doenças da videira no mundo, causando sérios prejuízos à vitivinicultura. Este trabalho envolveu um conjunto de experimentos visando gerar informações para estudos genéticos do gênero Plasmopara, infectando videiras no Brasil. O Capítulo 1 teve como objetivo estudar a diversidade genética e a estrutura populacional de isolados de Plasmopara viticola que infectam vinhedos em diferentes regiões brasileiras. Para isto, 34 novos marcadores microssatélites de P. viticola foram desenvolvidos através de sequenciamento NGS (Next Generation Sequencing) seguido de montagem parcial de novo do genoma do fungo. Testes dos novos marcadores juntamente com dez controles possibilitaram a seleção de uma bateria mista de 15 marcadores que foram usados para genotipar 92 isolados de P. viticola coletados em regiões produtoras de uva no Brasil. A amostra de 92 isolados apresentou estruturação...

Avaliação da resistência bacteriana ao mercúrio da quantificação da redução do Hg(II) ao estado elementar

Vasconcellos, Ana Claudia Santiago de
Tipo: dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
O presente estudo tem como objetivo o isolamento e a identificação de cepas bacterianas resistentes / tolerantes ao mercúrio provenientes de diversos ecossistemas aquáticos brasileiros, visando à realização de bioensaios para quantificação do processo de redução biológica do Hg(II) em sua forma elementar.

Intera????o das toxinas Cry do Bacillus thuringiensis svar. israelensis com o mes??ntero de larvas do vetor Aedes aegypti (Diptera: Culicidae)

Beltr??o, Henrique de Barros Moreira
Tipo: dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
O Bacillus thuringiensis svar. israelensis (Bti) ?? um importante entomopat??geno utilizado na produ????o de larvicidas para o controle do Aedes aegypti, vetor da dengue. A toxicidade do Bti est?? baseada no cristal, produzido durante a esporula????o, que cont??m quatro protoxinas Cry11Aa (70 kDa), Cry4Aa (125 kDa), Cry4Ba (130 kDa) e Cyt1A (28 kDa). Sua a????o ocorre atrav??s da ingest??o dos cristais que s??o solubilizados no mes??ntero, onde as protoxinas s??o liberadas e clivadas por serina-proteases em toxinas ativas que agem em sinergia no epit??lio intestinal e provocam a morte das larvas. Apesar da alta seletividade do Bti, ainda n??o foi completamente elucidado como as toxinas Cry interagem com os receptores espec??ficos presentes no epit??lio das larvas. O objetivo principal do trabalho foi caracterizar, atrav??s de ensaios in vitro de natureza quantitativa, a capacidade de liga????o de cada toxina Cry (4Aa, 4Ba e 11Aa) ??s prepara????es de microvilli intestinal (BBMF) de larvas de Ae. aegypti. Para tal, cada componente Cry foi produzido a partir de cepas recombinantes, Bt cepa 4Q2-81, para produ????o de biomassas. A atividade inseticida das biomassas para larvas do 3o/4o est??dios foi determinada atrav??s de bioensaios e...

Diagn??stico da resist??ncia do vetor Culex quinqufasciatus ao biolarvicida Bacillus sphaericus

Chalegre, Karlos Diogo de Melo
Tipo: dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
A efic??cia e seletividade do Bacillus sphaericus (Bsp) para larvas do vetor Culex quinquefasciatus ?? devida ?? liga????o espec??fica da toxina bin??ria (Bin), principal prote??na inseticida do Bsp, a um receptor presente no epit??lio intestinal das larvas, a glicosidase Cqm1. Um mecanismo de resist??ncia descrito para este culic??deo ?? devido a uma dele????o de 19 nucleot??deos (d19) no gene cqm1 (cqm1-d19) que, em homozigose, impede a express??o do receptor no epit??lio. O objetivo deste trabalho foi determinar a freq????ncia do alelo cqm1-d19 em popula????es naturais de Cx. quinquefasciatus, n??o tratadas e tratadas com o Bsp, al??m de avaliar polimorfismos no gene cqm1. Uma an??lise in vivo da susceptibilidade ao Bsp em larvas de Cx. quinquefasciatus mostrou que as popula????es n??o tratadas de Varadouro, Peixinhos e Fazenda Nova apresentaram valores de raz??o de resist??ncia (RR) de 1,3 a 4,0 vezes, enquanto que para a popula????o tratada de ??gua Fria a RR variou de 2,7 a 8,6 vezes, em rela????o ?? popula????o suscept??vel usada como controle. Os valores de RR inferiores a 10 indicaram que n??o houve altera????o significativa na susceptibilidade. Os alelos cqm1 e cqm1- d19 foram identificados atrav??s de m??todo diagn??stico de PCR utilizando primers que flanqueiam a d19 e as amostras das popula????es analisadas variaram entre 162 e 353 larvas. O alelo cqm1-d19 foi detectado pela primeira vez em popula????es naturais e sua freq????ncia em ??reas n??o tratadas da Regi??o Metropolitana do Recife (RMR) foi de 1...

Inibi????o da arginase de Leishmania por fra????es do extrato etan??lico de Cecropia pachystachya

Cruz, Eben??zer de Mello
Tipo: dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
A leishmaniose atinge cerca de 12 milh??es de pessoas no mundo com aproximadamente 60 mil mortes por ano. Os f??rmacos utilizados s??o ineficazes e apresentam graves efeitos colaterais, tornado necess??ria a busca por novos f??rmacos. A busca por princ??pios bioativos torna-se mais eficaz quando direcionada pelo fracionamento guiado por bioensaios espec??ficos. Um alvo promissor para busca por novos f??rmacos ?? a enzima arginase, pois a Leishmania deficiente em arginase ?? incapaz de produzir poliaminas, que s??o essenciais para a prolifera????o, diferencia????o e s??ntese de macromol??culas, sendo assim o alvo selecionado para direcionar o fracionamento do extrato etan??lico de Cecropia pachystachya, visto que j?? foi relatada a inibi????o da arginase de Leishmania (L.) amazonensis por extratos desta esp??cie vegetal. Neste trabalho foi demonstrado que o extrato acetato de etila apresentou uma forte inibi????o da arginase de L. (L.) amazonensis, uma leve inibi????o da arginase de Rattus norvegicus e n??o apresentou toxicidade em esplen??citos. Com a an??lise ultraestrutural foi poss??vel inferir que a inibi????o da arginase poderia estar provocando estresse oxidativo, vis??vel com a forma????o de concre????o eletrondensa na matriz mitocondrial e desorganiza????o do k- DNA...

Uso do conceito do erro total, dos perfis de exatidão e do índice de exatidão no pré-estudo de validação de ensaio imunoenzimático

Possas, Jorge Luiz dos Santos; Santos, Jarbas Emílio; Nascimento, Michele Cardoso do; Santos, Patrícia Alves dos; Anjos, Deivid Wanderson Couto; Moura, Wlamir Corrêa de
Fonte: Instituto Adolfo Lutz Publicador: Instituto Adolfo Lutz
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
O uso do conceito do Erro Total em validação de métodos analíticos é abordagem que incorpora a expressão da soma da veracidade e da precisão. Esse método utiliza ainda os Perfis de Exatidão baseados em intervalos de tolerância (ou intervalos de predição) para decidir se um modelo de calibração dará resultados de qualidade e prevê o controle do risco de aceitar uma metodologia imprópria. Com a finalidade de avaliar o uso dessas ferramentas para efetuar a validação de bioensaios, foram aplicados o Conceito do Erro Total, os perfis de Exatidão e os Índices de Exatidão no pré-estudo de validação de ELISA para determinar o teor de ovoalbumina em vacinas, abrangendo-se o intervalo de 33-167% da concentração alvo (5,0µg/mL) e um intervalo controle abaixo dessa faixa (0,33-2,5%). O pré-estudo de validação demonstrou que o ensaio apresenta exatidão, precisão, linearidade e veracidade em conformidade no intervalo de concentrações 1,25-10µg/mL, e mostrou ser ensaio confiável para avaliar o teor de ovalbumina. A abordagem do conceito do Erro Total é ferramenta para efetuar validações que apresentam desempenho superior à abordagem clássica, que avalia os componentes de veracidade e precisão isoladamente...

Utilização do amplified Mycobacterium tuberculosis direct test em amostras respiratórias de pacientes HIV positivos no Brasil

Barreto, Leonardo Bruno Paz Ferreira; Lourenço, Maria Cristina da Silva; Rolla, Valéria Cavalcanti; Veloso, Valdiléia Gonçalves; Huf, Gisele
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
Objetivo: Comparar a acurácia do teste amplified Mycobacterium tuberculosis direct (AMTD) com métodos de referência para o diagnóstico laboratorial de tuberculose em pacientes HIV positivos. Métodos: Estudo de acurácia diagnóstica comparando os resultados do teste AMTD com os de cultura em Löwenstein-Jensen (LJ) e de BACTEC Mycobacteria Growth Indicator Tube960 (sistema BACTEC MGIT 960) em amostras respiratórias analisadas no Laboratório de Bacteriologia e Bioensaios do Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas da Fundação Oswaldo Cruz, no Rio de Janeiro (RJ). Resultados: Foram analisadas amostras respiratórias de 118 pacientes, dos quais 88 (74,4%) eram do sexo masculino. A média de idade foi de 36,6 ± 10,6 anos. O complexo M. tuberculosis foi identificado em 31,0%, 29,7% e 27,1% das amostras através do teste AMTD, sistema BACTEC MGIT 960 e LJ, respectivamente. Na comparação com a cultura em LJ, o teste AMTD apresentou sensibilidade, especificidade, valor preditivo positivo e valor preditivo negativo de 87,5%, 89,4%, 75,7% e 95,0%, respectivamente, enquanto na comparação com o sistema BACTEC MGIT 960, os valores foram de 88,6%, 92,4%, 83,8% e 94,8%, respectivamente. Conclusões: O teste AMTD mostrou boa sensibilidade e especificidade na população estudada...