Página 1 dos resultados de 9 itens digitais encontrados em 0.030 segundos

Alfabetização de crianças caboverdianas em língua portuguesa como língua não materna : o ensino da leitura

Pereira, Júlia Ramos Melício
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
26.34%
Dissertação de Mestrado em Estudos Portugueses Interdisciplinares apresentada à Universidade Aberta; Cabo Verde é um país de características bilingue, onde coexistem duas línguas: a Língua Materna – o Crioulo de Cabo Verde (CCV) ou a Língua Caboverdiana (LCV) e a Língua Não Materna – o Português que é a língua oficial e, portanto, a língua utilizada no processo de ensino e de aprendizagem. Esta situação gera conflitos tanto a nível linguístico como a nível cultural. As duas línguas apresentam algumas semelhanças lexicais, o que conduz, muitas vezes, a equívocos e erros linguísticos que dificultam a criança na aprendizagem, em particular, da leitura que constitui a base para a aprendizagem de outros saberes. A aprendizagem da leitura, na Língua Não Materna, requer um desenvolvimento da linguagem oral em Língua Portuguesa, para que o raciocínio da criança seja estimulado através de exercícios lúdicos e abordagens cognitivistas e construtivistas. Deste modo, as competências de processamento fonológico na aquisição das competências da leitura são importantes para a discriminação do texto escrito e favorecem a aprendizagem e o desenvolvimento da leitura. A criança, através da descoberta...

A (des) motivação extrínseca no contexto escolar: análise de um estudo de caso

Leão, Andreza Marques de Castro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 118-136
Português
Relevância na Pesquisa
16.34%
The motivation of the pupils has been pointed as one of the factors that have influenced directly about what and as they learn. The boardings social-cognitivists of the motivation point two orientations: the intrinsic, that it is seen as natural trend of the individual, in which it executes an activity for considering it attractive, and the extrinsical, with the purpose to take care of to requests or pressures of other people, or to demonstrate to aptitudes and abilities. This research investigates the extrinsical motivation and its consequences in the pertaining to school performance of a pupil considered for the professors as having learning difficulties. The results of the research indicate the influence of the pertaining to school and familiar environment in the motivation and, this in the pertaining to school performance of the pupil, pointing the relevance of studies on the thematic one.; A motivação dos alunos tem sido apontada como um dos fatores que tem influenciado diretamente o quê e como eles aprendem. As abordagens sócio-cognitivistas da motivação apontam duas orientações: a intrínseca, que é vista como tendência natural do indivíduo, no qual ele executa uma atividade por considerá-la atraente, e a extrínseca...

Processos de aprendizagem, competências aprendidas, funcionamento, compartilhamento e armazenagem de conhecimentos em grupos de pesquisa; Learning processes, competences learned, operation, sharing and storing knowledge in research groups

Odelius, Catarina Cecília; Abbad, Gardênia da Silva; Resende Junior, Pedro Carlos; Sena, André de Castro; Viana, Caroline Rodrigues; Freitas, Tatiana Leão; Santos, Tamisia Cristofane Novaes dos
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: artigo / article
Português
Relevância na Pesquisa
26.34%
A finalidade deste artigo é descrever o funcionamento, os processos de aprendizagem, armazenagem e compartilhamento de informações em grupos de pesquisa. Para isso, pauta-se por referenciais teóricos oriundos de abordagens cognitivistas e construtivistas. Desenvolvida numa instituição pública de ensino superior, esta pesquisa valeu-se da coleta de dados obtidos por meio de análise documental e de entrevistas semiestruturadas com líderes de 10 grupos. As entrevistas foram registradas em diários de campo e gravadas em áudio. As categorias extraídas dos dados levantados balizaram não apenas as análises de conteúdo, mas também a apresentação de resultados. Foi verificado que os grupos de pesquisa diferem quanto ao objeto e aos métodos de pesquisa, ao tamanho, ao tempo de existência, aos recursos disponíveis, às técnicas e aos equipamentos, o que influencia o desenvolvimento de competências específicas ligadas à realização das pesquisas de cada área. Há semelhanças no que se refere aos processos de aprendizagem, aos conteúdos e às competências genéricas aprendidas por seus integrantes (entre os quais, estudantes de graduação e de pós-graduação). Entre essas competências intelectuais, típicas da produção de conhecimentos...

Orquestração da Aprendizagem no Ensino Superior.; Learning Orchestration in Higher Education

Chaleta, Elisa
Fonte: Pedago Publicador: Pedago
Tipo: book
Português
Relevância na Pesquisa
16.61%
A multiplicidade de estudos realizados no âmbito da cognição e da aprendizagem revela a complexidade do acto de conhecer e uma “parafernália” de factores a ele associados a que não foge a investigação realizada no âmbito do ensino superior. A preocupação com a origem do conhecimento remonta à antiguidade e aos filósofos gregos que debatiam questões e conceitos que, muitos séculos depois, passariam a constituir o núcleo dos problemas estudados pela Psicologia Cognitiva. Segundo Richardson (1991) podem-se considerar três abordagens filosóficas que, no seu conjunto, constituem um modelo explicativo e integrador sobre a origem do conhecimento: o racionalismo, o empirismo e o construtivismo. O racionalismo, iniciado na antiguidade por Platão e defendido posteriormente por Descartes e contemporaneamente por Chomsky e Fodor, advoga a irrelevância da aprendizagem considerando que o conhecimento humano existe pré-determinado desde o nascimento (reflexo de estruturas inatas) sendo reavivado através da dialéctica e da contemplação de tal modo que a aprendizagem consiste essencialmente em actualizar o conhecimento que sempre se teve. Assim, o racionalismo defende que só aprendemos aquilo que já sabemos. O empirismo...

Teoria da Mente: diferentes abordagens

Jou,Graciela Inchausti de; Sperb,Tania Mara
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1999 Português
Relevância na Pesquisa
26.34%
A capacidade de compreender os estados mentais (i.e. sentimentos, desejos, crenças e intenções) dos outros e de si mesmo é uma das características sociais do ser humano. Quando essa habilidade emerge e como se desenvolve são aspectos que têm sido pesquisados por psicólogos desenvolvimentistas e cognitivistas sob o nome de Teoria da Mente das crianças. Nesse trabalho, procura-se relacionar os diferentes enfoques teóricos acerca da natureza, gênese e desenvolvimento da teoria da mente com os achados empíricos e as metodologias empregadas. Questões referentes à idade em que os pesquisadores entendem que emerge uma teoria da mente nas crianças e a necessidade de desenvolver uma visão que englobe os diferentes níveis de compreensão que elas têm da mente, à luz das teorias existentes, são discutidas.

Perspectivas em (in)formação: tendências e tensões entre abordagens físicas, cognitivistas e emergentes

Campos,Luiz Fernando de Barros; Venâncio,Ludmila Salomão
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2007 Português
Relevância na Pesquisa
47.23%
Apresenta uma visão epistemológica e histórica das abordagens físicas, cognitivistas e emergentes no campo da Ciência da Informação, adotando o conceito de abordagem de Wersig em detrimento da concepção de paradigma. Expõe as polarizações entre diversas conceituações de informação e ilustra como problemas práticos do campo foram solucionados ou temas de pesquisa desenvolvidos com base nos modelos adotados e nas ligações transdisciplinares efetuadas pelos diferentes tipos de abordagens, incluindo a análise de domínio e a cognição situada. Conclui reconhecendo a atual premência da integração das várias abordagens, da tradução e fundamentação dos conceitos utilizados, da diversificação metodológica e de um viés pragmático que foque os problemas comuns e soluções adotadas no campo e considere os aspectos sociais, históricos e epistemológicos nos diversos domínios.

As tentativas dos cognitivistas pioneiros

Rozestraten,Reinier Johannes Antonius
Fonte: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 Português
Relevância na Pesquisa
36.66%
O presente artigo pretende dar informações precisas sobre Oswald Külpe e sua aplicação do método experimental aos processos cognitivos. Como pensamos? As imagens perceptivas sempre são necessárias para desenvolver um pensamento? Qual a rapidez com que pensamos e como resolvemos problemas? Com o auxílio de seus alunos, dos quais vários se tornaram eminentes psicólogos, aperfeiçoou os métodos de observação e a análise dos resultados. Antes de aderir definitivamente à Psicologia, ficou dividido entre a História e a Psicologia e, apesar de usar métodos experimentais, considerou a Psicologia uma área pertencente à Filosofia. Na sua conferência de 1912, apresentou, como síntese, a existência de pensamentos sem conteúdos perceptivos, que o Eu desempenha um papel central no pensamento e que há, na solução de problemas, uma tendência dominante da tarefa. Depois de Würzburg, as escolas de Colônia, Mannheim e Amsterdã continuaram as pesquisas com novas abordagens em crianças surdo-mudas, descobrindo níveis na consciência e aplicando os novos conceitos sobre o pensamento e a solução de problemas ao ensino da escola fundamental. Foi, principalmente, este último ponto, o mais desenvolvido por Kohnstamm, acentuando a prática da leitura silenciosa como uma maneira para o pleno desenvolvimento das capacidades intelectuais das crianças.

Comunicação profissional-paciente e cuidado: avaliação de uma intervenção para adesão ao tratamento de HIV/Aids

Bellenzani,Renata; Nemes,Maria Ines Baptistella; Paiva,Vera
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.34%
Abordagens cognitivistas da comunicação profissional-paciente e dos comportamentos em saúde predominam nas intervenções para apoiar a adesão ao tratamento de HIV/Aids. Mediante uma perspectiva construcionista social da comunicação profissional-paciente e de suas experiências com o tratamento, avaliou-se a implementação de uma intervenção psicossocial individual, composta por quatro encontros e informada pelo referencial da Vulnerabilidade e dos Direitos Humanos na dimensão psicossocial do Cuidado. No conjunto dos 16 encontros (quatro com cada voluntário), avaliou-se que o processo de implementação foi "moderadamente desenvolvido". Houve dificuldades para desenvolver conversas dialógicas e decodificar sentidos das falhas de adesão em situações sociais, articuladamente aos cenários interpessoais e socioculturais. Mesmo predominando orientações e incentivos aos pacientes, também ocorreram momentos dialógicos de co-compreensão das dificuldades de adesão, em seus diferentes sentidos nas cenas de tomadas. Esta modalidade de cuidado revela-se produtiva no campo das práticas em adesão.

Processos de aprendizagem, competências aprendidas, funcionamento, compartilhamento e armazenagem de conhecimentos em grupos de pesquisa

Odelius,Catarina Cecília; Abbad,Gardênia da Silva; Resende Junior,Pedro Carlos; Sena,André de Castro; Viana,Caroline Rodrigues; Freitas,Tatiana Leão; Santos,Tamisia Cristofane Novaes dos
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
26.34%
A finalidade deste artigo é descrever o funcionamento, os processos de aprendizagem, armazenagem e compartilhamento de informações em grupos de pesquisa. Para isso, pauta-se por referenciais teóricos oriundos de abordagens cognitivistas e construtivistas. Desenvolvida numa instituição pública de ensino superior, esta pesquisa valeu-se da coleta de dados obtidos por meio de análise documental e de entrevistas semiestruturadas com líderes de 10 grupos. As entrevistas foram registradas em diários de campo e gravadas em áudio. As categorias extraídas dos dados levantados balizaram não apenas as análises de conteúdo, mas também a apresentação de resultados. Foi verificado que os grupos de pesquisa diferem quanto ao objeto e aos métodos de pesquisa, ao tamanho, ao tempo de existência, aos recursos disponíveis, às técnicas e aos equipamentos, o que influencia o desenvolvimento de competências específicas ligadas à realização das pesquisas de cada área. Há semelhanças no que se refere aos processos de aprendizagem, aos conteúdos e às competências genéricas aprendidas por seus integrantes (entre os quais, estudantes de graduação e de pós-graduação). Entre essas competências intelectuais, típicas da produção de conhecimentos...