Página 1 dos resultados de 2266 itens digitais encontrados em 0.056 segundos

Cartilha do operário: alfabetização de adolescentes e adultos em São Paulo (1920-1930); Cartilha do operario: alphabetization of teenagers and adults in São Paulo (1920-1930)

Barboza, Andressa Cristina Coutinho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
46.11%
O objetivo deste estudo é compreender a educação de adolescentes e adultos em São Paulo, na Primeira República (1889-1930), por meio da pesquisa sobre materiais de alfabetização ao longo do tempo e análise de um dos primeiros materiais produzidos para a alfabetização de adolescentes e adultos operários, a Cartilha do Operario (1924), de autoria do inspetor Theodoro de Moraes. A análise da Cartilha do Operario possibilitou compreender a constituição do campo e do conhecimento construído sobre alfabetização de adolescentes e adultos, podendo ser considerada representativa de uma prática que se queria instaurar dos ideários pedagógicos vigentes, bem como das práticas editoriais postas em circulação.; The objective of this study is to understand teenagers and adults education in São Paulo state, in the First Republic (1889-1930), by the research about literation materials through the time and analysis of one of the first material produced for teenagers and adults laborers literation , the Cartilha do Operario (1924), written by the inspector Theodoro de Moraes. The analysis of Cartilha do Operario , became possible to understand the field constitution and the knowledge built about teenagers and adults literation...

Quem não sabe ler nem escrever pede favor. Até quando?; Who does not know how to read and write bag for help. Until when?

Valino, Maria de Lurdes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/05/2006 Português
Relevância na Pesquisa
46.17%
Com base no pressuposto de que o ingresso na escola e um maior acesso ao mundo letrado são fatores transformadores da identidade, esta pesquisa teve por objetivo investigar a modificação ocorrida em jovens e adultos analfabetos, quando em processo de alfabetização, no curso de Educação de Jovens e Adultos. O corpus é constituído pelos depoimentos de 15 alunos - com idade entre 16 e 58 anos - de uma turma de alfabetização de um curso noturno de uma escola da rede particular, no município de São Paulo. Os depoimentos foram obtidos por entrevistas realizadas em três diferentes momentos do ano letivo, quando se buscou compreender como o sujeito, historicamente, se constituiu analfabeto e como lidou internamente com a auto-imagem e a imagem social negativas: o significado de ser analfabeto; o desejo e a necessidade de ler e escrever; a expectativa de aprendizagem; o enfrentamento dos fatores facilitadores e dificultadores; a expectativa quanto ao curso de Educação de Jovens e Adultos; o ingresso na escola e o maior acesso ao mundo letrado; as perspectivas de mudança e as resistências ao processo. A partir da marcante percepção da "falta", evidente nos depoimentos, trabalhou-se, nesta dissertação, com a conceituação da díade analfabeto-analfabetismo...

A política de educação de jovens e adultos em regimes de privação da liberdade no estado de São Paulo.; The youth and adult education policy in deprive of freedom systems in the state of São Paulo.

Moreira, Fábio Aparecido
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
56.37%
Esta pesquisa é realizada por profissional que há quatorze anos vem trabalhando em programas de educação nos presídios do Estado de São Paulo e consiste em uma análise crítica acerca das práticas de Educação de adultos presos no Estado de São Paulo, especialmente as práticas desenvolvidas a partir da década de 80 do Século XX pela Funap. Historiamos o processo de constituição do quadro de educadores que atuam no sistema penitenciário do Estado, problematizamos a condição de precariedade em que desenvolvem este trabalho e apontamos os obstáculos para que esta experiência seja transformada em uma política pública de Educação de Adultos Presos. O trabalho é também uma tentativa de aprofundar a investigação sobre as políticas para a Educação de Jovens e Adultos em Regimes de Privação da Liberdade, praticamente inexistente, tanto na Secretaria da Administração Penitenciária quanto na Secretaria Estadual de Educação. O texto apresenta uma breve reflexão sobre as funções atribuídas à pena e à prisão, aproximações entre a Educação de Jovens e Adultos e a Educação de Adultos Presos e subsidia a reflexão sobre a especificidade desse trabalho para esta área no Estado de São Paulo, com o levantamento do quadro de educadores hoje existente no Estado...

Jovens e experiência social na educação de jovens e adultos; Youth and social experience in the youth and adult education.

Moreno, Gilberto Geribola
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
56.03%
Essa dissertação é o resultado final de uma pesquisa que teve como pressuposto a necessidade de se investigar as dinâmicas e práticas escolares não se limitando apenas aos elementos presentes no interior da escola. Compreendese que o entendimento sobre a experiência social e os modos de vida dos jovens estudantes são elementos fundamentais para o desenvolvimento dos processos educativos. Adotase, como categoria analítica, as noções de jovem e juventude. Estas são relacionadas à categoria de experiência desenvolvida por Thompson (1981), entendida como um conceito articulador entre as dimensões estruturais e cotidianas da vida social. O trabalho se deu através de uma investigação etnográfica que tomou como aporte teórico as proposições da antropologia urbana. As categorias de cenário, mancha e trajeto desenvolvidas por Magnani (2000) foram operacionalizadas para o entendimento das relações que os jovens estabelecem entre a escola, as instituições locais, a vizinhança e espaços sociais da região. O foco inicial da investigação incidiu sobre jovens estudantes da Educação de Jovens e Adultos (EJA), tendo como campo empírico de pesquisa um equipamento público voltado ao atendimento desse segmento da população na periferia da cidade de São Paulo. Através da observação de campo foi possível definir dois tipos de grupos juvenis no interior da escola investigada: um grupo entre 15 e 18 anos nomeados jovens jovens e outro entre 18 e 26 anos nomeado como jovens adultos. A partir dessa constatação foi possível definir aspectos da circulação desses jovens pelo bairro...

A educação escolar de jovens e adultos com deficiência: do direito conquistado à luta por sua efetivação  ; School education of young adults and adults with disabilities: from the achievement of right to the struggle for its realization.

Freitas, Ana Paula Ribeiro
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2010 Português
Relevância na Pesquisa
56.45%
A presente pesquisa teve como objetivos resgatar, sistematizar e analisar a evolução do direito à educação de jovens e adultos com deficiência na legislação nacional, bem como conhecer os principais programas e projetos adotados pelo município de São Paulo para garantir o direito à educação de jovens e adultos com deficiência após a sua inclusão na Carta Magna, em 1988. Utilizou como metodologia a pesquisa documental e a pesquisa bibliográfica, tendo como referência os principais textos legais publicados em âmbito nacional a partir da Constituição Imperial de 1824 e, em âmbito municipal, a partir de 1988. Sempre que possível foram consultadas fontes primárias para a investigação, englobando todas as Constituições brasileiras e Leis de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, mesmo que em algum destes documentos não houvesse menção às pessoas com deficiência ou aos jovens e adultos. Em um segundo momento foram selecionadas publicações ordinárias nacionais e municipais que contivessem referências e garantias às pessoas com deficiência, aos jovens e adultos ou aos jovens e adultos com deficiência. A sistematização e análise dos documentos utilizados foram complementadas pela interpretação realizada por diferentes teóricos da área educacional com o intuito de reconstruir a luta pela garantia e legalização do direito à educação de jovens e adultos com deficiência...

Material didático para educação de jovens e adultos: história, formas e conteúdos; DIDACTIC MATERIAL FOR YOUTH AND ADULTS EDUCATION: history, forms and contents.

Mello, Paulo Eduardo Dias de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
46.24%
Este trabalho investiga historicamente a produção de material didático para a Educação de Jovens e Adultos, tendo por objetivos o entendimento da trajetória histórica dessa produção desde a constituição da EJA, como campo de políticas públicas até o período mais recente de nossa história, a caracterização da produção didática dos anos 1996 a 2008, em seus aspectos formais e de conteúdo a partir dos sujeitos envolvidos na produção, e uma investigação da concepção de EJA e dos fundamentos epistemológicos do ensino e aprendizagem por meio da análise da forma e conteúdos de duas coleções didáticas: a Coleção Cadernos de EJA e a Coleção ENCCEJA. Além da análise historiográfica, a pesquisa utiliza referenciais da História Cultural, da História do Currículo e das Disciplinas Escolares, entendendo o material didático e o livro didático em particular, como objetos multidimensionais e complexos, que através de sua forma e conteúdos revelam expressões ideológicas, concepções de educação de jovens e adultos, de currículo para EJA, de métodos de ensino e aprendizagem para jovens e adultos. Depreende-se como marca distintiva da produção didática da EJA sua ampla diversidade, em resposta às características intrínsecas que marcam essa modalidade de ensino...

A educação especial na perspectiva da educação inclusiva: ajustes e tensões entre a política federal e a municipal; The special education from the inclusive education perspective: adjustments and tensions between federal and municipal politics

Fagliari, Solange Santana dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.08%
A perspectiva da construção de uma educação inclusiva em nossa realidade brasileira acentuou-se a partir dos anos 90, em um contexto desencadeado por reformas significativas que envolveram a educação básica e, mais especificamente, o ensino fundamental, com vistas a responder ao desafio de promover uma educação para todos. Com a democratização do acesso, em meio a essa diversidade de alunos que necessita ser incluída nos sistemas de ensino, encontra-se o público-alvo da educação especial. Se desde o final da década de 1980 o locus prioritário de atendimento desse público tem sido, preferencialmente, a classe comum, identifica-se, a partir de 2008, uma série de diretrizes e documentos legais que anunciam e induzem que a classe comum seja o seu espaço de matrícula. O documento Política Nacional de Educação Especial na perspectiva de educação inclusiva, publicado em 2008, preconiza o acesso, a participação e a aprendizagem dos alunos com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação nas escolas regulares, e foi reiterado em legislação posterior, regulamentadora do financiamento do atendimento educacional especializado. Diante do exposto, essa pesquisa investigou como o município de São Bernardo do Campo...

A trajetória do projeto CIEJA entre as políticas públicas de EJA na cidade de São Paulo; The trajectory of the project CIEJA among the public policies for youth and adult education in the city of São Paulo

Faria, Vanessa Elsas Porfirio de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/10/2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.14%
A pesquisa sistematizou e analisou a trajetória do Projeto Centro Integrado de Educação de Jovens e Adultos (CIEJA). O objetivo foi compreender como foi constituído o modelo de organização escolar do CIEJA entre diferentes governos municipais e políticas públicas de Educação de Jovens e Adultos (EJA) de 2001 a 2009 na cidade de São Paulo. Realizou-se a pesquisa documental e entrevistas com técnicos educacionais, gestores e professores para apreender os momentos decisivos para a elaboração e reformulação do Projeto, utilizando-se como ferramenta de análise o Modelo de Múltiplos Fluxos de John Kingdon (2003) sobre a configuração dos problemas, soluções e contexto político que marcaram o desenho dos CIEJAs. Verificou-se que o Projeto CIEJA apresenta avanços consideráveis para a democratização do acesso à educação e o favorecimento da permanência dos jovens adultos e idosos nos estudos. Concluiu-se que a participação ativa dos gestores e professores dos CIEJAs foi decisiva para defender ou bloquear diferentes concepções de EJA e propostas políticas para modalidade ao longo do tempo, sobretudo nos momentos de transição entre os governos. Foi a participação e apropriação do modelo escolar dos Centros por esses profissionais que garantiram a sobrevivência dos CIEJAs e conduziram à sua regulamentação em Lei em 2012. Aponta-se...

Competências informacionais e educação de usuários : um estudo com alunos da educação de jovens e adultos (eja) do Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (CAP/UFRGS)

Gonzalez, Leonise Verzoni
Tipo: trabalho de conclusão de graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.1%
Este estudo apresenta o resultado de uma pesquisa realizada na Biblioteca Graciema Pacheco, com alunos da Educação de Jovens e Adultos (EJA) do Colégio de Aplicação da Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Verifica as necessidades ou demandas de informação dos usuários a fim de identificar as competências informacionais dos discentes da EJA que utilizam a Biblioteca. Apresenta a importância da biblioteca escolar como espaço de socialização e a necessidade de sua participação de forma ativa e permanente do processo educacional e da construção da cidadania. Destaca a Educação de Jovens e Adultos como meio de preparar os indivíduos para as complexas condições de trabalho oferecidas pela Sociedade da Informação cada vez mais exigente. Analisa a atuação do bibliotecário como mediador neste processo de construção do conhecimento, resgate da auto-estima e autonomia cidadã do indivíduo que não pode completar seus estudos na idade regulamentar. Trata da formalização legal da escolarização, o acesso ao conhecimento e o desenvolvimento pessoal e crítico do ser humano. Caracteriza competência informacional com elemento essencial ao acesso consciente à informação, fundamental para construção da cidadania. A partir dos resultados deste estudo...

A contextualização da porcentagem na educação de jovens e adultos (EJA) : uma experiência em sala de aula

Slongo, Marcelo Izidoro
Tipo: trabalho de conclusão de graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.1%
Este Trabalho de Conclusão de Curso tem por objetivo apresentar e discutir o relato de uma atividade pedagógica envolvendo a contextualização no ensino de matemática na Educação de Jovens e Adultos (EJA). Na maioria das disciplinas do curso de Licenciatura em Matemática sempre foi comentado que a experiência de vida dos estudantes de EJA é uma característica marcante desses alunos, pois sabemos que na EJA os estudantes possuem vivências profissionais e pessoais. Procurou-se verificar na prática, utilizando a contextualização de porcentagem, o quanto a experiência de vida pode auxiliar no aprendizado desse conteúdo, buscando realizar atividades de interesse dos educandos. As atividades consistiram em abordagens de assuntos solicitados pelos próprios alunos e por assuntos considerados atuais que poderiam ser de interesse da turma. A experiência mostrou que a contextualização pode ser uma alternativa de ensino de matemática para turmas de EJA.; This monograph presents and discusses the report of an educational activity involving contextualization in mathematics teachin in Youth and Adults Education (EJA). In pre-service Mathematics teachers education it has always been remarked that the life experience of students in adult education is a hallmark of those students. We sought to verify in practice...

EJA : entre a utopia e a prática com qualidade

Mattes, Kelli Caroline
Tipo: trabalho de conclusão de graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.35%
A Educação de Jovens e Adultos, segundo a Lei de Diretrizes e Bases da Educação Brasileira, é uma modalidade de ensino desenvolvida com o intuito de proporcionar a formação daquelas pessoas que não tiveram acesso ou continuidade de estudos no ensino fundamental e médio, na idade própria. Implementada pelos padres jesuítas com o objetivo de garantir a dominação dos índios pelos europeus, forçando a conversão à fé católica e aos costumes da Europa, em sua história manteve o caráter dominador e o objetivo de garantir a ampliação da produtividade, fiel à ideologia capitalista. Diversos governos (assistencialistas, ditadores ou populares) se passaram até que a EJA fosse efetivamente reconhecida como modalidade de ensino e fosse garantido o debate democrático visando a elaboração colaborativa de práticas que visem o desenvolvimento das capacidades do indivíduo. Tendo perpassado em sua história por variadas concepções de educação e se revestido de diferentes roupagens – da tradicional à pedagogia libertadora – na atualidade desenvolve-se pautada em fóruns de discussão, numa legislação que reconhece a necessidade de haver um currículo específico e metodologias apropriadas à modalidade e já tem garantido investimento através do FUNDEB – Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação. Neste cenário...

Educação de jovens e adultos : especificações desta modalidade de ensino

Mattes, Ana Cristina
Tipo: trabalho de conclusão de graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.37%
Há décadas, nosso país vem tentando alternativas para alfabetizar aqueles que não tiveram acesso, ou que apesar do acesso, não puderam dar continuidade aos estudos na idade própria. No entanto, muitos adultos, ao retornarem à escola, não se sentem acolhidos e envolvidos no processo de ensino aprendizagem, e mais uma vez, acabam abandonando os bancos escolares. E porque isso acontece? Será que a escola atual está em sintonia com os alunos que dela servem? Quem é o aluno freqüentador das classes de educação de jovens e adultos? Como deve ser o perfil do educador que atua em classes de educação de jovens e adultos? Qual a maneira de acolher, motivar e envolver esses alunos de forma que este não seja mais um retorno à escola seguido de um abandono que talvez possa significar um afastamento definitivo? Como romper com a representação de escola tradicional que trazem consigo? O presente trabalho, busca responder estas entre outras questões e a metodologia utilizada é uma combinação de pesquisa bibliográfica com fins de reflexão e fundamentação teórica e análise da experiência vivenciada através do estágio curricular obrigatório, realizado no período de 12 de abril a 2 de julho de 2010, em uma classe de alfabetização de adultos...

Práticas e conceitos da Educação Física na Educação de Jovens e Adultos : uma intervenção baseada na relação entre professor/estudante e nas ferramentas necessárias para uma maior adesão às aulas.

Sudbrack, Alice Pernigotti
Tipo: trabalho de conclusão de graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.1%
O presente estudo parte de uma intervenção pedagógica e pesquisa feita no CMET – Paulo Freire em Porto Alegre, na modalidade de Educação de Jovens e Adultos, durante as aulas de Educação Física. Este é um campo pouco discutido e estudado na área e por isso é de grande relevância a realização de pesquisas acadêmicas sobre o tema, além de ser uma área de atuação pouco explorada da profissão. Este trabalho de conclusão tem como objetivo discutir a relação docente nas aulas de Educação Física na EJA e apontar alguns conceitos importantes para que ela se estabeleça de maneira que possa aumentar a adesão e participação dos estudantes nas aulas. A pesquisa teve um caráter qualitativo de inspiração etnográfica, utilizando-se de procedimentos como a observação participante, o diário de campo e as entrevistas semiestruturadas para obtenção de dados. Foram coletados muitos depoimentos de estudantes de EJA tratando da importância que teve o diálogo com a professora, a possibilidade de serem ouvidos, o afeto e o respeito com que foram acolhidos nas aulas. Essas falas corroboram com o que expressam muitos autores, como Paulo Freire, Maurice Tardif e Claude Lessard, os quais defendem a importância dessa relação na escola...

Educação para o consumo : diagnostico da compreensão do mundo economico do aluno da educação de jovens e adultos; Education for consumption : an understanding diagnostic of the young and adults students economic world

Mara Fernanda Alves Ortiz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.22%
O objetivo deste trabalho foi investigar o pensamento econômico dos alunos da Educação de Jovens e Adultos brasileiros, entre 15 e 70 anos. A principal relevância dessa investigação foi caracterizar a compreensão econômica dos alunos da EJA; buscar relações entre as representações mentais acerca do consumo e o nível de pensamento econômico; comparar os níveis de compreensão econômica dos alunos entre níveis de escolaridade, sexo e idade. A pesquisa foi desenvolvida através da aplicação do instrumento de medida, Escala TAE-N Teste de Alfabetização Econômica para Crianças que avalia os conhecimentos básicos que devem ter os sujeitos para compreender as atividades econômicas, com uma amostra de 183 alunos, da Educação de Jovens e Adultos, da rede municipal de ensino da cidade de Mogi Guaçu do interior do estado de São Paulo. Os resultados desta etapa mostraram, tendo como parâmetro os Níveis de Desenvolvimento do Pensamento Econômico proposto por Denegri, que a maioria dos alunos apresentava um pensamento econômico inferencial, por meio do qual os sujeitos conceituam os processos sociais e são capazes de compreender diferenças e determinações dos processos econômicos e sociais. Os resultados indicam que não há diferença significativa entre idades e sexo...

Análise política do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos - PROEJA; Political analysis of the National Program of Vocational Education Integrated to the Basic Education in the Yoruth and Adults Modality - PROEJA

Baltazar Carboni Cremonese
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.32%
Esta pesquisa tem como objetivo analisar a política do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos - PROEJA- instituída no âmbito federal pelo Decreto N°: 5.840 de 13 de julho de 2006. Este programa espelha as preocupações do contexto educacional no campo da Educação de Jovens e Adultos no inicio do século XXI, época em que este assunto se constitui no ponto principal para a agenda formal do governo. Para esta pesquisa utilizamos os pressupostos teóricos da análise de política na linha descritiva do Modelo Incremental. Tal metodologia é apropriada para o nosso estudo de caso em que nosso objeto de analise se refere a uma mudança de caráter não estrutural no sistema educacional brasileiro. Este trabalho abrange um estudo da legislação federal que institui o Programa em seus fundamentos e diretrizes para sua efetivação. O foco da análise busca estudar a contribuição de outros programas educacionais e suas conjunturas os quais facilitaram ou dificultaram a elevação do PROEJA para a agenda governamental. Destacamos a participação de organizações políticas, econômicas e sociais que interferem direta ou indiretamente na sua relação com a elaboração da política educacional para jovens e adultos no país. Para identificar e conhecer a participação dos sujeitos diretamente envolvidos na elaboração da agenda da integração da Educação Profissional com a Educação Básica na Modalidade de Educação de Jovens e Adultos utilizamos entrevistas semiestruturadas com atores que participaram da elaboração dos fundamentos teóricos e/ou da legislação e gestão do programa da sua concepção até a efetivação legal...

A implantação do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (PROEJA) no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina : o caso do curso técnico de enfermagem : limites e possibilidades; The implementation of the National Programme for the Integration of Professional Education with Basic Education in the Form of Youth and Adults (PROEJA) at the Federal Institute of Education, Science and Technology of Santa Catarina : the case of Technical nursing course, limits and possibilities

Girlei Schmitz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.18%
Esta pesquisa tem por propósito analisar a implantação do Programa Nacional de Integração da Educação Profissional com a Educação Básica, na modalidade de Educação de Jovens e Adultos (PROEJA), no Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Santa Catarina. Com esse objetivo, realizamos um estudo de caso, apresentando resultados das entrevistas com alunos e professores quanto aos suas expectativas, focando o Curso Técnico de Enfermagem no qual o PROEJA já foi implantado. Apresentamos um breve histórico do Instituto Federal (IFSC), sua vocação profissionalizante, suas adequações às mudanças da educação profissional no contexto nacional, bem como os impactos institucionais das políticas inclusivas do governo federal. O PROEJA, nesse contexto, representa um programa que integra as políticas de inclusão e expansão da rede federal de educação profissional e, por essa razão, analisaremos o processo de implantação, utilizando, como suporte, a revisão da recente produção bibliográfica existente, além de documentos institucionais que descrevem, organizam e estruturam esse processo. A investigação em torno da implantação do Curso Técnico de Enfermagem nos propicia o conhecimento dos acertos e das contradições desse processo...

Narrativas autobiográficas de professores-formadores na educação de jovens e adultos : lugares reinventados em comunhão; Teacher-trainer´s autobiographical narratives in adults and young education : reinvented places in communion

Adriana Alves Fernandes Vicentini
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.24%
Este trabalho circunscreve-se no desenvolvimento profissional de professores-formadores, focalizando o processo de constituição destes que atuam na Educação de Jovens e Adultos. Esta pesquisa teve como objetivo conhecer os eixos norteadores do processo de desenvolvimento profissional dos professores-formadores na EJA. Como fonte de produção de dados, são narradas as experiências de três professoras-formadoras, que contam seus marcos pessoais e profissionais em entrevistas autobiográficas e em um grupo de estudo, criado por elas com o intuito inicial de discutir seus trabalhos. Os encontros, com periodicidade não regular e com duração de 02 horas aproximadamente, foram registrados através da escrita de relatos produzidos pelas participantes de modo alternado. Já as entrevistas autobiográficas, foram audiogravadas e transcritas. Ambos os dados foram analisados sob a luz do fundamento do Paradigma Indiciário. Nesse sentido, os eixos de análise indiciados por esta investigação (trabalhar com e contra a experiência, refinamento da pessoa como humana, o tato pedagógico como dispositivo regulador da atitude profissional e a multiplicidade de lugares como propulsora da mobilidade na formação) contribuíram para a compreensão do desenvolvimento profissional do professor-formador em EJA.; This study is about the professional development of teachers-trainers...

Desempenho escolar e autoconceito de estudantes da educação de jovens e adultos; Academic performance and self-concept of students in adults and youth education

Andresa Aparecida Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.19%
O presente estudo teve como intuito investigar o desempenho escolar e o autoconceito de jovens e adultos que estão sendo submetidos ao processo de alfabetização. Grande parte dos estudos que se propuseram a analisar estas variáveis se detiveram a investigar crianças e jovens que cursam a escola na idade regular. A escassez de dados empíricos relativos aos estudantes adultos, que retornam à escola em idade não regular, quanto às variáveis de desempenho escolar e/ou emocionais, como o autoconceito, estão presentes tanto na literatura internacional quanto nacional. Nesse sentido, o presente trabalho teve como objetivo investigar o perfil de estudantes pertencentes ao programa de Educação de Jovens e Adultos ¿ EJA, seu desempenho escolar e autoconceito. O estudo foi realizado com estudantes que participam da EJA em escolas públicas da rede de ensino municipal, de uma cidade do interior do estado de São Paulo. A amostra foi composta por 67 participantes que responderam a um questionário que investigava o perfil dos estudantes e instrumentos de avaliação do autoconceito e desempenho escolar. Para fins de análise os participantes foram divididos em três grupos, em função da faixa etária: grupo 1 (14 a 24 anos de idade); grupo 2 (27 a 38 anos de idade) e grupo 3 (40 a 61 anos de idade). A análise foi realizada através de estatística descritiva e pelo teste de Kruskall-Wallis para comparação entre grupos. Os resultados apontaram que os estudantes...

Histórias contidas e nem sempre contadas na formação de jovens e adultos; Contained histories and not always counted in the formation of young people and adults

Ana Maria de Campos
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/10/2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.1%
A tese estuda o processo de formação e de escolarização de cinco sujeitos que hoje estão na idade adulta e que viveram a experiência de interrupção da escolarização regular na infância ou na adolescência. Todos são migrantes de distintas regiões do país, que por diferentes razões escolheram viver na cidade de Campinas, SP. Buscou os indícios de como conseguiram criar mecanismos de retorno e de permanência na escola, e ainda como enfrentaram as interdições expressas principalmente na precoce convocação para o trabalho, ou pelo modo como está organizada a escola, distante do seu universo cultural. Estuda também os sentidos atribuídos pelos sujeitos às experiências vividas, bem como as resistências que as interdições imprimiram às suas práticas sociais. Por meio desta investigação narrativa procuramos trazer para o debate acadêmico vozes silenciadas nos discursos oficiais com a intenção de contribuir com a construção de cenários de humanização e de valorização de saberes diversos aos que hegemonicamente circulam na sociedade e também no interior das escolas. Para levar a cabo esta pesquisa, de caráter qualitativo, foram estudados quatro depoimentos videogravados de uma atividade cultural da qual os sujeitos são protagonistas. Além dessa fonte oral também foram utilizados textos redigidos por dois dos sujeitos...

Práticas interdisciplinares na relação entre física e artes no contexto da educação de jovens e adultos: perspectivas e vivências de professores do ensino médio brasileiro

Araújo, Onélia Cilene Sales de
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
46.19%
Este estudo, de natureza qualitativa, teve como principal finalidade investigar as possibilidades da realização de práticas interdisciplinares entre as disciplinas de Física e de Artes na Educação de Jovens e Adultos (EJA) do ensino médio brasileiro. Nele participaram, através de entrevistas individuais semi-estruturadas, oito professores, quatro de Física e quatro de Artes, todos eles a ministrarem turmas de EJA em três escolas do município de Ananindeua, Pará, Brasil. A análise de conteúdo dos dados recolhidos permitiu inferir que ambos os grupos de participantes, apesar da escassa formação específica de que têm podido dispor, procuram, na medida do possível, realizar atividades interdisciplinares, mesmo em contexto de EJA. Apontaram, inclusivamente, efeitos positivos desse tipo de atividades, como seja o aumento das taxas de assiduidade, o desenvolvimento da competência interpretativa do aluno, além de sentirem que as aulas ficam mais produtivas e divertidas com motivacionais para os alunos. Manifestaram, contudo, insatisfação face a alguns obstáculos enfrentados, destacando a rigidez da estrutura curricular do sistema educativo brasileiro, caracterizado como complexo e demasiado fragmentado e a carga horária das disciplinas...