Página 1 dos resultados de 371 itens digitais encontrados em 0.020 segundos

Crenças, atitudes e comportamentos na gravidez : contributo da psicologia da saúde para o estudo da sua relação

Couto, António de Jesus
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.69%
Com o presente trabalho pretende-se estudar, fundamentalmente, a relação entre crenças, atitudes e comportamentos das grávidas. Procurando compreender, de uma forma mais alargada, o objecto de estudo, procura-se, também, analisar o processo de aquisição das crenças relativas à gravidez, numa amostra de jovens, noutra de grávidas e em duas amostras de técnicos de saúde (médicos e enfermeiros). Procura-se, ainda, analisar a atitude dos jovens e das grávidas, em relação àquelas crenças e a forma como os técnicos de saúde lidam com elas. O instrumento de recolha de dados utilizado foi um questionário para cada amostra, construído para o efeito. Como conclusões, consideradas mais relevantes, salientam-se: - A maioria dos jovens que conhece crenças relativas à gravidez, acredita nelas, embora os jovens do sexo masculino tenham maior tendência a acreditar e os do sexo feminino tendam a não acreditar. - O aumento de escolaridade parece levar a uma alteração da atitude dos jovens em relação às crenças. - Existe uma relação significativa entre a atitude das grávidas, em relação às crenças e as suas habilitações literárias. - O conhecimento de crenças, por parte das grávidas, é factor que influencia alguns comportamentos...

Cuidando de ser psicólogo no hospital: uma cartografia de experiências sobre a construção de um lugar, contadas sob inspiração da psicologia analítica de C. G. Jung; Being psychologist in a hospital: a cartography of experiences of the making of a place, under C. G. Jungs analytical psychology inspiration

Silva, Simone Correa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.69%
O ofício do psicólogo numa instituição hospitalar é como uma arte que se modula dia-apósdia de trabalho e revela realidades desafiadoras no que se refere à sua inserção e à sua prática. A proposta deste estudo foi discutir o processo de construção do lugar do psicólogo no hospital geral com inspiração no referencial da psicologia analítica. Adotei a cartografia como metodologia de trabalho, utilizando narrativas obtidas a partir de diários de bordo que descreveram inquietações, questionamentos e reflexões sobre situações vivenciadas ao longo do percurso de minha prática enquanto psicóloga num hospital geral do município de São Paulo. O termo lugar, que transcende o espaço físico, foi entendido como disponibilidade emocional mediante situações diversas que se dão em termos de tempo e espaço no hospital. Refere-se a um jeito próprio de ocupar uma morada e que se configura por uma atitude clínica, no seu sentido etimológico. Apropriar-se de seu lugar é um processo de construção, fundamentação e manutenção, permeado por variáveis tais como: formação, supervisão, análise pessoal, conhecimento sobre a realidade e contexto da instituição e apropriação de uma persona criativa para transitar nesse contexto que corresponde a um self institucional. Essa construção se mostra em sincronia com o processo de individuação do psicólogo...

Atitudes de estudantes de psicologia acerca do álcool, do alcoolismo e do alcoolista; Psychology students' attitudes about alcohol, alcoholism and alcoholics.

Merces, Neuri Pires das
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.53%
Introdução: O estudo da atitude dos profissionais de saúde frente ao álcool, ao alcoolismo e ao alcoolista ainda é escasso na literatura brasileira, e, em relação às atitudes dos psicólogos e estudantes de psicologia, não estão disponíveis na literatura nacional estudos que tenham se ocupado desse fenômeno. Após os movimentos sanitaristas da reforma psiquiátrica no Brasil, no final da década de 1980, houve aumento significativo desses profissionais em vários serviços de saúde, inclusive naqueles destinados ao atendimento de pessoas com problemas relacionados ao álcool e ao alcoolismo. O que torna importante identificar questões relacionadas ao preparo e às atitudes dos futuros profissionais de psicologia frente ao álcool, ao alcoolismo e ao alcoolista. Objetivo: Verificar e analisar as atitudes dos estudantes de psicologia frente ao álcool, ao alcoolismo e ao alcoolista. Método: Estudo exploratório de abordagem psicométrica, realizado com uma amostra de 159 estudantes do último ano do curso de psicologia de três faculdades da cidade de São Paulo. Para coleta de dados utilizou-se a Escala de Atitudes Frente ao Álcool, ao Alcoolismo e ao Alcoolista (EAFAAA) e um questionário sociodemográfico. Para análise dos dados utilizaram-se testes da estatística descritiva (frequências simples...

Desenvolvimento e validação de uma escala de atitude sobre substancias ergogenicas : atitude, consumo e imagem corporal na musculação; Development and validation of an attitude scale regarding ergogenics : bodybuilders attitude, consumption and body image

Adriana Camurça Pontes Siqueira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.46%
Este estudo teve por objetivos: i) avaliar as crenças e atitudes de homens que praticam musculação sobre substâncias ergogênicas; ii) desenvolver e validar uma escala de atitude sobre substâncias ergogênicas para homens que praticam musculação; iii) determinar a prevalência do consumo de ergogênicos na referida população; iv) estudar a imagem corporal desses indivíduos e, v) correlacionar a atitude dos citados indivíduos sobre substâncias ergogênicas com a imagem corporal e o consumo de ergogênicos dos mesmos. Participaram do estudo 100 homens praticantes de musculação, com idades entre 18 e 46 anos. Para avaliar o consumo de ergogênicos, os voluntários responderam a um questionário estruturado, auto-aplicado e anônimo. O desenvolvimento dos itens da escala de atitude sobre ergogênicos foi realizado através de entrevista com 25 indivíduos da população estudada. Na sequência, uma amostra de 100 indivíduos expressou seu grau de concordância a cada item através de uma escala estruturada de 7 pontos (1 = discordo muito; 7 = concordo muito). Para validar a escala desenvolvida foram utilizadas as seguintes metodologias: teste-reteste, consistência Interna e validade de construção. Os construtos de natureza similar aplicados foram: ¿Escala da Catexe Corporal¿...

A atitude e a utilização do exame colpocitológico como prática preventiva

Cardozo, Karin Cynthia
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: dissertação (mestrado) Formato: xiii, 96 f.| tabs. +
Português
Relevância na Pesquisa
46.38%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde.; Esta pesquisa tem por objetivo conhecer a atitude e a prática de enfermeiras em relação à prevenção do câncer do colo do útero, bem como identificar se estas, como mulheres, conhecem os fatores de risco a que estão expostas. Para isto foi realizado um estudo transversal com variáveis qualitativas e quantitativas, junto a profissionais enfermeiras de duas instituições de saúde de Florianópolis, sendo uma voltada ao atendimento de pacientes com diagnóstico de câncer e a outra de um hospital geral centrado na assistência, no ensino e na pesquisa. Em ambos os grupos de 25 enfermeiras, não se observaram percentuais muito diferenciados quanto à atitude e à prática em relação a prevenção do câncer cérvico uterino. Sendo que estas reconhecem a importância do exame colpocitológico, pois 86% das profissionais realizam este, 68% na preriodicidade de uma vez ao ano, 97,7% têm conhecimento do resultado e 72,1% guardam o mesmo consigo. Quanto ao conhecimento dos fatores de risco, que como mulheres, as profissionais estão expostas, estas demonstraram não conhecer alguns fatores de risco, e outros apesar de serem reconhecidos...

Valores dos jovens da universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e dos seus progenitores

Alves, Ema Cristina Tomé
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
36.39%
Dissertação de Mestrado em Psicopatologia e Psicologia Clínica; O presente trabalho teve como finalidade primordial investigar e comparar os valores veiculados pelos estudantes finalistas da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro e pelos seus progenitores. Estabelecemos no entanto, outras comparações ao nível do sexo, da naturalidade e do local da Universidade (Trás-os-Montes e Alto Douro versus outras Universidades do país). A amostra de Jovens Universitários seleccionada (180 estudantes, 86 raparigas e 94 rapazes) mostrou-se representativa da população finalista da Universidade Trás-os-Montes e Alto Douro. E a amostra de 221 Progenitores (119 mães e 102 pais) adveio da amostra dos Jovens Universitários. O contacto com os estudantes e com os seus progenitores foi estabelecido pelo correio através do método mail type. O instrumento de pesquisa utilizado foi um questionário de auto-preenchimento, constituído por 46 perguntas relativas aos valores dominantes na cultura ocidental - valores relacionados com a família, o trabalho, a justiça, a igualdade, a liberdade, a paz, a nacionalidade, etc. A análise dos resultados permitiu-nos constatar que, foi essencialmente no plano intergeracional, onde surgiram divergências em relação aos valores. Mais concretamente nos valores da área da Família: sexualidade pré-matrimonial no rapaz e na rapariga...

Tecnologia de informação e comunicação: Atitudes, intenções, variáveis preditoras e representações sociais da inteligência

Araújo, Maria do Céu
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.76%
Dissertação de mestrado em psicologia Educacional; O homem como um ser pensante procura e sente a necessidade de se questionar e de assumir uma posição face a uma multiplicidade de assuntos. A sua identidade, a conquista do seu lugar, associa-se à consciência da individualidade, mas igualmente, ao sentimento de pertença a um grupo, a uma comunidade, à sociedade. O acompanhamento das exigências e mudanças sociais torna-se uma requisito essencial. É dado adquirido que a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação fazem parte dessas exigências, não só porque trazem benefícios acrescidos para o incremento das capacidades artísticas, científicas, criativas, mas e essencialmente porque contribuem para a modificação do comportamento individual e social do ser humano. Numa perspectiva mais pragmática e exteriorizada, constata-se que num leque cada vez mais alargado de profissões, os trabalhadores estão envolvidos em maior ou menor grau, com a utilização das Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC), designadamente os computadores, Internet e outros sistemas de produção ou de transformação de informação; e que a Escola, como instituição fundamental da nossa sociedade, é cada vez mais solicitada a acompanhar esta mudança...

Auto-estima, identidade social e passado escolar: Estudo exploratório numa amostra de adolescentes a frequentar uma escola profissional

Diniz, Teresa Paula Nobre dos Santos
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //1999 Português
Relevância na Pesquisa
36.57%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional; O psicólogo educacional é muitas vezes solicitado a intervir relativamente ao insucesso escolar, bem como ao comportamento desviante dos alunos que se traduz frequentemente, numa atitude negativa face ao trabalho escolar, ou seja contrária aos valores da escola. O presente trabalho visa o estudo do auto-conceito nas suas várias áreas e o estudo da atitude face ao trabalho escolar de 102 jovens, na sua maioria com um passado de insucesso escolar e de idades compreendidas entre os 15 e os 26 anos, a frequentar uma escola de ensino profissional. Parte-se para o estudo, tendo por base o modelo teórico de Robinson e Tayler (1986), cuja ideia central é a de que alunos com baixos resultados escolares, resistem de forma activa ao abaixamento da auto-estima, através do recurso a uma estratégia de criatividade social, que se traduz num recurso a valores alternativos aos veiculados pela escola. Espera-se não encontrar diferenças significativas entre os dois grupos relativamente à auto-estima global; encontrar diferenças significativas entre os dois anos no que respeita ao auto-conceito académico e às outras áreas do auto-conceito; e encontrar diferenças relativamente à atitude face ao trabalho escolar. Para avaliar o auto conceito...

A inteligência emocional em jovens estudantes do 12º ano de escolaridade: Um estudo exploratório

Gonçalves, Marta O. S. Mosca
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.5%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional; O presente trabalho teve como principal objectivo a tradução, adaptação e validação de provas de inteligência emocional a jovens adolescentes portugueses. Adjacente a este propósito estiveram os objectivos de procurar relações entre a inteligência emocional e a inteligência gerai, a idade, o género, o agrupamento frequentado no ensino secundário, a área profissional preferida e a atitude face à exploração da carreira. O sujeito de inteligência emocional foi apresentado em 1990 por Mayer e Salovey, mas foi popularizado cinco anos depois num livro com o título "Inteligência Emocional", de Daniel Goleman. Actualmente, existem duas grandes correntes teóricas sobre a inteligência emocional, nas quais esta é interpretada, por um lado, como uma aptidão (Mayer & Salovey, 1997) e, por outro lado, como um traço de personalidade (Bar-On, 1997; Goleman, 1995, 1998). Para atingir os objectivos propostos, traduziram-se provas de inteligência emocional, ambas de tipo self-report, após o que se procedeu à sua adaptação e validação. As escalas traduzidas foram aplicadas a uma amostra de jovens estudantes do 12° ano de escolaridade de cursos secundários gerais...

Utilização do correio electrónico em contexto organizacional: Influências sobre a atitude, adequabilidade e utilização

Lopes, Custódio F.
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2001 Português
Relevância na Pesquisa
46.57%
Dissertação de mestrado em Comportamento Organizacional; As organizações são presentemente confrontadas com uma diversidade de novas tecnologias de informação e comunicação, e consequentemente por um maior número de meios de comunicação, entre os quais o correio electrónico. Os gestores estão conscientes, por um lado, do referido aumento do número de meios de comunicação, e por outro, das potencialidades associadas às novas tecnologias, as quais podem trazer eventuais benefícios para a organização, caso venham a ser adoptadas e implementadas. Contudo, é importante que tenham também em consideração o facto de que a instituição ou normalização da utilização destas novas tecnologias está dependente das oportunidades que possam vir a ser criadas ao nível da formação e treino das pessoas que trabalham nas suas organizações, pois as atitudes e os comportamentos das pessoas face a essas tecnologias são na sua maioria idiossincráticas e contingentes a determinados factores, tais como: factores situacionais, factores sociais e factores pessoais/tecnológicos. Os diversos estudos até agora realizados sobre as atitudes e comportamentos das pessoas face aos meios de comunicação, tomaram possível o aparecimento e desenvolvimento de diferentes perspectivas teóricas...

As atitudes dos professores do ensino básico, face à inclusão de alunos com necessidades educativas especiais na sala de aula

Santos, Maria de Fátima Paiva dos
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.57%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional; O presente estudo "atitudes de professores do ensino básico (EB) face à inclusão dos alunos com necessidades educativas especiais (NEE) na sala de aula", aborda os conceitos de Atitude, Educação Especial, Inclusão Escolar e Qualidade na Educação. Foi realizada uma revisão da literatura, envolvendo o conceito de atitude e a sua relação com a inclusão dos alunos com NEE. Embora alguns estudos contradigam outros, parece possível afirmar que as atitudes dos professores quando positivas facilitam a inclusão dos alunos com NEE na escola e na sala de aula. Fizemos também um percurso pela evolução do atendimento às crianças com NEE, até chegarmos à caminhada para a escola inclusiva. Poderemos dizer que existe uma grande evolução mas muito ainda terá que ser feito, sobretudo nos aspectos referentes à qualidade na educação e à formação dos profissionais como promotores dessa qualidade e duma escola que se pretende realmente inclusiva. Definimos como primeiro objectivo do estudo, caracterizar as atitudes dos professores do EB, face à inclusão dos alunos com NEE na sala de aula, identificando as diferentes variáveis que interferem nas atitudes manifestadas. Como segundo objectivo verificar a natureza das dificuldades que os professores sentem para promover a educação inclusiva e relacioná-las com o tipo de atitudes que manifestam. Em termos de metodologia...

Parentalidade e obesidade infantil

Silva, Liliana Isabel Monteiro da
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.5%
Dissertação de Mestrado em Psicologia da Sáúde; O objectivo deste trabalho de investigação é construir uma teoria explicativa sobre o Comportamento Materno das Mães de Crianças com Excesso de Peso ou Obesidade. Foram contactadas e entrevistadas 14 mães de crianças com esta problemática e cujas idades variam entre os 31 e os 44 anos de idade. As crianças tinham idades entre os 6 e os 15 anos, todas utentes da Consulta de Obesidade Infantil do Departamento de Pediatria do Hospital de Santarém, EPE. Os dados foram recolhidos através de entrevistas não-estruturadas e analisados de acordo com o método da Grounded Theory. Da análise à forma como estas mães se posicionam face ao excesso de peso da criança, sublinha-se o tempo que medeia entre o inicio do aumento de peso e a procura de ajuda por parte das mães, maioritariamente promovido pelos técnicos, bem como a pouca preocupação com a saúde da criança. Destaca-se a ausência de uma atitude pró-activa, que pode levar à adopção de comportamentos contraproducentes face à perda de peso e alterações alimentares na criança, revelando uma atitude quase negligente destas mães. Esta mesma atitude é observada na desvalorização sistemática da imagem corporal...

Animais reais e virtuais no sul do Brasil: atitudes e práticas laboratoriais

Oliveira,Ebenézer A. de; Frizzo,Giana B.
Fonte: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília Publicador: Instituto de Psicologia, Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2001 Português
Relevância na Pesquisa
36.44%
Examinamos as práticas de pesquisa e ensino, comparadas às atitudes dos docentes de psicologia sul-brasileiros quanto à ética, a legislação e os custos de pesquisa e ensino com animais, e quanto ao uso de simuladores computadorizados. Examinamos ainda o papel de fatores demográficos na variância das atitudes. Dentre os resultados, destaca-se que os sul-brasileiros (especialmente, os homens) são unanimemente favoráveis à pesquisa animal. A produção científica relatada foi baixa, sugerindo discrepância entre atitudes e práticas de pesquisa animal. A amostra foi também favorável ao uso de animais reais e virtuais no ensino, embora preferindo os primeiros, o que refletiu na prática. Quanto mais jovens os participantes, mais favorável sua atitude para com o uso de animais reais; e quanto maior seu nível de instrução, mais favorável sua atitude para com o uso de animais virtuais. Esses e outros resultados foram discutidos à luz do vigente debate internacional sobre práticas laboratoriais com animais.

Avaliação do programa nacional de fortalecimento da agricultura familiar: a intenção de pagamento do crédito

Rocha,Francisco Eduardo de Castro; Albuquerque,Francisco José Batista de; Coelho,Jorge Artur Peçanha de Miranda; Dias,Mardonio Rique; Marcelino,Maria Quitéria dos Santos
Fonte: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul Publicador: Curso de Pós-Graduação em Psicologia da Universidade Federal do Rio Grande do Sul
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.42%
Esta publicação faz parte de um estudo maior (Tese). Nela analisou-se a intenção de pagamento do crédito no contexto da avaliação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) na Paraíba. A pesquisa foi executada com base na opinião dos beneficiários do Grupo A (Assentados) e B (Agricultores familiares) em duas etapas: (a) preliminar, para o levantamento de crenças e informações e (b) principal, para a medição dessas crenças. Para avaliar a intenção de pagamento, foi empregado o modelo Teórico da Ação Planejada de Ajzen (1991). Com base nesse modelo, a Atitude, a Crença normativa (componente da norma subjetiva) e a Norma Subjetiva foram, para o Grupo A, as variáveis preditoras que explicaram a Intenção de pagamento de crédito. Para o Grupo B, as dimensões Atitude, Crença comportamental (componente da atitude), Crença normativa (componente da norma subjetiva) e a crença de controle (componente da percepção de controle) influenciaram a Intenção do pagamento de crédito. A Percepção de controle não influenciou diretamente a Intenção comportamental, mas indiretamente essa variável é preditora do Comportamento-alvo.

A formação da atitude clínica no estagiário de psicologia

Aguirre,Ana Maria de Barros; Herzberg,Eliana; Pinto,Elizabeth Batista; Becker,Elisabeth; Carmo,Helena Moreira e Silva; Santiago,Mary Dolores Ewerton
Fonte: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo Publicador: Instituto de Psicologia da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2000 Português
Relevância na Pesquisa
46.47%
Neste artigo visamos destacar aspectos que consideramos fundamentais para o processo de ensino / aprendizagem em Psicologia Clínica, baseados na nossa experiência como supervisores da disciplina de psicodiagnóstico para estagiários da graduação em Psicologia. Delineamos nossa sistemática de trabalho na disciplina, que segue um referencial psicanalítico e enfocamos particularmente a questão da formação da atitude clínica do estagiário em relação ao cliente. Procuramos mostrar as inter-relações da mesma com o enquadramento de trabalho e com o processo de formação da identidade profissional do psicólogo, enfatizando o papel da supervisão. Apontamos a necessidade de novos estudos e pesquisas, bem como de discussões entre supervisores, psicólogos e estudantes, sobre assuntos tais como o processo de ensino/aprendizagem clínicos e a habilitação de psicólogos para o exercício clínico.

Avaliação de atitudes de estudantes de psicologia via modelo de crédito parcial da TRI

Vendramini,Claudette Maria Medeiros; Silva,Marjorie Cristina Rocha da; Dias,Anelise Silva
Fonte: Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia Publicador: Universidade de São Francisco, Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu em Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.26%
O objetivo deste trabalho foi avaliar as atitudes de estudantes de Psicologia em relação a estatística, via modelo de créditos parciais da TRI, e suas relações com a autopercepção e desempenho em estatística. Uma amostra não aleatória de 361 estudantes de Psicologia, com idades de 18 a 65 anos, 81% mulheres e 53% do noturno, respondeu a um questionário de identificação e uma escala de atitudes. A escala é do tipo likert de quatro pontos e composta de 20 itens que expressam os sentimentos em relação a estatística, sendo dez positivos e dez negativos, e um item complementar, que verifica a autopercepção do universitário em relação ao próprio desempenho em estatística. Observou-se que a escala é fidedigna e válida para medir as atitudes. Os participantes apresentaram atitudes ligeiramente mais negativas do que positivas. Constatou-se a existência de correlações positivas e significativas entre atitude, desempenho acadêmico e autopercepção de desempenho.

Atitude religiosa e sentido da vida: um estudo correlacional

Aquino,Thiago Antônio Avellar de; Correia,Amanda Pereira Moreira; Marques,Ana Laura Câmara; Souza,Cristiane Gabriel de; Assis Freitas,Heloísa Carolina de; Araújo,Izabela Ferreira de; Dias,Poliana dos Santos; Araújo,Wilma Fernandes de
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.49%
A presente pesquisa abordou o sentido da vida (Viktor Frankl) e a atitude religiosa. Para a logoterapia, a religiosidade não significa necessariamente a opção por uma crença religiosa, mas pode ser uma das possíveis maneiras de o homem encontrar sentido para a vida. O objetivo deste estudo foi investigar a relação entre o sentido de vida e a atitude religiosa de forma transversal e correlacional. A amostra foi composta por 300 sujeitos de ambos os sexos, 37% homens e 63% mulheres, com idade média de 42 anos. Os instrumentos utilizados foram o Teste Propósito de Vida (PIL-Test), de James C. Crumbauch e Leonard T. Maholick, e a Escala de Atitude Religiosa/Espiritualidade, de Aquino. Os resultados apontam correlações positivas entre a atitude religiosa e a realização existencial, a atitude religiosa e a idade, o desespero existencial e o vazio existencial e a realização existencial e a idade, havendo também correlações negativas entre a atitude religiosa e o desespero existencial, a atitude religiosa e o vazio existencial, o desespero existencial e a realização existencial e o vazio existencial e a realização existencial. Concluiu-se que a atitude religiosa é uma forma de encontro de sentido de vida bem como um elemento de prevenção do vazio existencial e do desespero existencial.

A formação do aluno na graduação em Psicologia pela Pedagogia de Paulo Freire

Soares,Luciana Loyola Madeira; Verissimo,Luiz José
Fonte: Conselho Federal de Psicologia Publicador: Conselho Federal de Psicologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
46.26%
O presente artigo consiste em um estudo teórico sobre os processos intersubjetivos na formação universitária do estudante da graduação em Psicologia. Consideramos a relação entre professor e aluno base formadora para a atitude ética do futuro psicólogo, entendido este como agente de transformação. Discutimos como os processos relacionais vividos em sala de aula entre professor e aluno propiciam a experiência transformadora e ética no próprio aluno por meio da afirmação e da confirmação de sua condição subjetiva. Tomamos a noção de produção de subjetividade em sua gênese a partir do encontro dialógico, e apresentamos a dialogicidade como recurso de intervenção do professor diante do contexto da formação universitária do estudante de Psicologia. Fizemos uma costura teórica entre diferentes autores, em uma interlocução que terá como eixo principal a perspectiva de educação libertadora proposta por Paulo Freire em sua abordagem dialógica.

Atitude empreendedora: validação de um instrumento de medida com base no modelo de resposta gradual da teoria da resposta ao item

Souza,Eda Castro Lucas de; Lopez Júnior,Gumersindo Sueiro; Bornia,Antônio Cezar; Alves,Luciano Ricardo Rath
Fonte: Universidade Presbiteriana Mackenzie Publicador: Universidade Presbiteriana Mackenzie
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.44%
A escala instrumento de medida de atitude empreendedora (Imae), desenvolvida por Souza e Lopes Jr. (2005), contém duas dimensões: prospecção e inovação, e gestão e persistência. Com a finalidade de verificar a validade e o intervalo em que propicia a medida de atitude empreendedora, além de investigar sua capacidade de discriminar a resposta que o indivíduo está apto a dar, o objetivo deste artigo é validar a escala Imae por meio do modelo de resposta gradual da teoria da resposta ao item (TRI), que revolucionou a teoria de medidas. A TRI, construtos da psicologia utilizados em estudos de discriminação de respostas, em especial em grandes amostras de respondentes a um determinado fenômeno, é constituída de modelos matemáticos que relacionam um ou mais traços latentes (não observados) de um indivíduo com a probabilidade de este dar uma determinada resposta a um item. O ponto crucial da TRI é que ela leva em consideração o item particularmente, sem relevar os escores totais, portanto as conclusões não dependem apenas do teste ou questionário, mas de cada elemento que o compõe. Os principais resultados encontrados foram a identificação de dois níveis da escala, denominados âncoras, que permitem interpretar tendências de pessoas com atitude empreendedora e a constatação de que os itens da escala Imae apresentam boa capacidade de discriminar a resposta que o indivíduo está apto a dar...

Avaliação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar: a intenção de pagamento do crédito.

ROCHA, F. E. de C.; ALBUQUERQUE, F. J. B. de; COELHO, J. A. P. de M; DIAS, M. R.; MARCELINO, M. Q. dos S.
Fonte: Psicologia: reflexão e crítica, v. 22, n. 1, p. 44-52, 2009. Publicador: Psicologia: reflexão e crítica, v. 22, n. 1, p. 44-52, 2009.
Tipo: artigo em periódico indexado (alice)
Português
Relevância na Pesquisa
36.42%
RESUMO: Esta publicação faz parte de um estudo maior (Tese). Nela analisou-se a intenção de pagamento do crédito no contexto da avaliação do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf) na Paraíba. A pesquisa foi executada com base na opinião dos beneficiários do Grupo A (Assentados) e B (Agricultores familiares) em duas etapas: (a) preliminar, para o levantamento de crenças e informações e (b) principal, para a medição dessas crenças. Para avaliar a intenção de pagamento, foi empregado o modelo Teórico da Ação Planejada de Ajzen (1991). Com base nesse modelo, a Atitude, a Crença normativa (componente da norma subjetiva) e a Norma Subjetiva foram, para o Grupo A, as variáveis preditoras que explicaram a Intenção de pagamento de crédito. Para o Grupo B, as dimensões Atitude, Crença comportamental (componente da atitude), Crença normativa (componente da norma subjetiva) e a crença de controle (componente da percepção de controle) influenciaram a Intenção do pagamento de crédito. A Percepção de controle não influenciou diretamente a Intenção comportamental, mas indiretamente essa variável é preditora do Comportamento-alvo.; 2009