Página 1 dos resultados de 50 itens digitais encontrados em 0.158 segundos

"As competências no cuidado com o diabetes mellitus: contribuições à educação e comunicação em saúde"; The competences in diabetes care: contributions to Education and Communication in Health

Cyrino, Antonio de Padua Pithon
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 12/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
65.71%
Um fosso separa o desenvolvimento teórico-metodológico na Educação e Comunicação de sua prática aplicada à Saúde, usualmente, centrada na transmissão de informações para a mudança de comportamento. Nesta pesquisa qualitativa, exploramos o uso do conceito de competência para deslocar o binômio informação - comportamento para uma articulação de outra ordem: problema ? saber - ação. Levantamos as competências requeridas para o autocuidado no diabetes, na opinião de diabetólogos, e identificamos as já disponíveis entre portadores, por meio de grupo focal e entrevista. Os resultados mostram a riqueza de saberes e competências que possuem os portadores, o que pode abrir possibilidades novas de diálogo com os profissionais de saúde, bem como promissoras perspectivas de aplicação no campo da inteligência coletiva.; A huge gap separates the theoretical and methodological development in the field of Education and Communication from its practice in health centers, usually focused in the transmission of information aiming at behavioral changes. In our qualitative research we explored the use of competence concept to change the binomial information-behavior into problem- knowledge- action. The requested competences towards diabetic care according to diabetes specialists and those available among diabetics obtained through focus groups and interviews were identified. The vast knowledge and competence of the diabetics shown by the results lead to several new possibilities of dialog with healthcare professional as well as promising prospects of actual application in the field of collective intelligence

"A interface entre a homeopatia e a biomedicina: o ponto de vista dos profissionais de saúde não homeopatas"; The interface between homeopathy and biomedicine: the point of view of the non homeopathic professionals

Salles, Sandra Abrahão Chaim
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
65.74%
Esse estudo tem como objetivo conhecer as características da relação entre a medicina Homepática e a Biomédica enqua nto partícipes de um campo institucional comum, identificando o movimento de aproximação e afastamento entre homeopatas e médicos da biomedicina e identificando os elementos de caráter ideológico, cultural e técnico-cientifico que fazem parte desse processo, segundo o ponto de vista dos profissionais não homeopatas. Por meio de levantamento da atual situação da Homeopatia no campo da saúde no Brasil, identificam-se os municípios com serviços de homeopatia na rede SUS e as faculdades de medicina que desenvolvem atividades relacionadas à homeopatia. Foram selecionados para a pesquisa os municípios com maior produção ambulatorial de consultas homeopáticas de janeiro a novembro de 2003 (Datasus) e entre as faculdades aquelas de reconhecida relevância na formação médica. Foram entrevistados 48 profissionais de saúde (apenas dois não médicos), sendo 20 docentes/pesquisadores de 11 faculdades de medicina, 16 gestores e 12 médicos que trabalham na rede publica em 6 municípios de cinco estados e do Distrito Federal. As análises foram feitas tendo como categorias de referência as concepções de campo social e cientifico de Bourdieu...

Doação de órgãos e visão da família sobre atuação dos profissonais neste processo: revisão sistemática da literatura brasileira; Family's opinion on professionals' attitude during process of organs donation: a systematic review from Brazilian literature

Almeida, Elton Carlos de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
65.76%
A história dos transplantes vem rompendo barreiras e enfrentando desafios embora de forma incipiente, por diversas décadas, conquistando impressionantes resultados, demonstrando a evolução científica e tecnológica aplicada ao setor. Assim, observa-se que, ao longo dos tempos, o número de doações tem aumentado. Porém, não o suficiente para reduzir a lista de espera, cabendo então a reflexão acerca das causas que dificultam esse processo. Diversos são os motivos pelos quais afetam a doação de órgãos, ressaltando-se a recusa dos familiares e a não notificação de possíveis doadores. Assim, vale ressaltar a importância do preparo profissional no que diz respeito à abordagem familiar, momento decisivo para que se possa dar continuidade ao processo de captação de órgãos. Diante do exposto, o estudo tem por objetivo explorar, recolher, organizar, sintetizar e compartilhar visão dos familiares em relação a atuação dos profissionais no processo de doação de órgãos. A metodologia retrata uma revisão sistemática da literatura brasileira sobre o tema central baseando na busca de artigos que demonstrassem resultados de pesquisas realizados no País, entre 2001 e 2011, no portal PubMed e nas bases de dados SCOPUS...

Atitudes do pessoal de enfermagem relacionadas ao processo de enfermagem; Attitudes of nursing staff towards nursing process

Guedes, Erika de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
65.71%
INTRODUÇÃO: A legislação em enfermagem prevê o uso da Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE). As atitudes dos profissionais de enfermagem sobre o processo de enfermagem (PE) e o poder clínico que percebem ter para realizar mudanças são fatores potencialmente associados ao processo de implantação e manutenção da SAE. OBJETIVOS: Descrever as atitudes relacionadas ao PE (disposição sobre o PE e percepção de poder clínico) de auxiliares de enfermagem e enfermeiros; analisar associações entre atitudes relacionadas ao processo de enfermagem e variáveis selecionadas. MÉTODO: Estudo descritivo-exploratório de delineamento transversal, com amostra não probabilística de 973 auxiliares de enfermagem e 632 enfermeiros de 35 hospitais e ambulatórios vinculados à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (86,9% do sexo feminino, idade média de 44,12 anos (DP= 9,55), 52,3% trabalhavam em hospitais gerais, cerca de 44 horas semanais, estavam nas instituições há 10 anos em média). Os dados foram coletados por meio de resposta ao instrumento de caracterização sociodemográfica e aos questionários padronizados Posições sobre o Processo de Enfermagem (PPE) adaptado para esse estudo e o Power as Knowing Participation in Change Tool- versão brasileira (PKPCT)...

O manejo da dor neonatal na perspectiva da equipe de saúde de uma maternidade de Ribeirão Preto-SP; Neonatal pain management in the perspective of the health team of a maternity hospital in Ribeirão Preto, São Paulo

Oliveira, Caroline Ramos de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
55.83%
A dor é um fenômeno que está presente na assistência em saúde aos neonatos, e sua identificação, avaliação e tratamento pela equipe de saúde são ações relevantes para o bem estar do bebê, visto que interfere no restabelecimento de sua saúde e pode gerar consequências deletérias a curto, médio e longo prazo. O presente trabalho trata-se de um estudo quali-quantitativo, descritivo exploratório, cujo objetivo foi identificar o manejo da dor neonatal sob a perspectiva da equipe de saúde de uma maternidade de Ribeirão Preto - SP. Na etapa quantitativa do estudo, participaram 81 profissionais de saúde da maternidade: 12 pediatras, 1 técnica do laboratório, 22 enfermeiras e 46 auxiliares/técnicas de enfermagem, que responderam a um questionário de autopreenchimento com questões objetivas sobre dados pessoais, profissionais e dados específicos sobre o conhecimento e a prática da avaliação e manejo não farmacológico da dor neonatal. Na segunda etapa, profissionais considerados líderes de equipe foram convidados a participar, de forma individual, de uma entrevista semiestruturada gravada em áudio que após a transcrição foram submetidas à análise de conteúdo. Da análise dos dados quantitativos...

A equipe de saúde e a segurança do binômio mãe-bebê no parto e nascimento; Los profesionales de la salud y la seguridad del binomio madre-hijo en el parto y nacimiento; Health team and safety of the mother-child binomial at labor and birth

Dornfeld, Dinara
Tipo: dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
65.72%
Trata-se de um estudo qualitativo, do tipo descritivo-exploratório, realizado em uma maternidade pública no município de Porto Alegre/RS, no período entre março e julho de 2010. Teve como objetivo observar e analisar a atuação da equipe de saúde a respeito da segurança do binômio mãe-bebê no parto e nascimento. Foram observadas 20 cenas de parto, sendo a equipe atuante composta por obstetra, residente em Obstetrícia, enfermeira, técnica de Enfermagem e pediatra. As informações coletadas por meio de observação do tipo naturalista foram submetidas à análise temática que evidenciou as seguintes categorias: apoio empático como estratégia de comunicação terapêutica; acolhimento e respeito ao acompanhante de escolha da paciente; contato pele a pele (CPP) implementado como rotina versus cuidado seguro e o ambiente, as necessidades da equipe e a adaptação do recém-nascido (RN) ao novo mundo. Os achados do estudo revelaram que a equipe se mostra, na maioria das vezes, empenhada em dar suporte à paciente por meio do apoio empático e da valorização do acompanhante, promovendo, dessa maneira, circunstâncias seguras de cuidado. Em relação ao CPP entre mãe e bebê e a disposição de um ambiente propício para a recepção do RN...

Willingness of Brazilian dentists to treat an HIV-infected patient

Sposto, M. R.; Goncalves, F.; Ferracioli, A.; Porter, S. R.; Afonso, W.; El-Maaytah, M.; Di Alberti, L.; Scully, C.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 175-177
Português
Relevância na Pesquisa
65.78%
A study of the willingness of 363 general dental practices in Brazil to accept a patient infected with human immunodeficiency virus for treatment of dental pain and the provision of routine dental care showed only 44% of dental practices to be willing to provide dental care. Willingness was influenced neither by financial factors nor the local prevalence of human immunodeficiency virus disease. © 1994.

Spirituality: Do teachers and students hold the same opinion?

Banin, Luciana Burgugi; Suzart, Nadielle Brandani; Banin, Vanessa Burgugi; Mariotti, Luis Langoni; Guimarães, Fernando Garcia; Lucchetti, Giancarlo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 3-8
Português
Relevância na Pesquisa
55.85%
Background:  Few studies have investigated potential differences between the opinions of educators and undergraduates regarding spirituality in patient care. Understanding these differences, could lead to better strategies for educational proposes. Purpose:  To compare the opinions of medical teachers (MTs) and medical students (MSs) regarding spirituality training in a Brazilian medical school. Methods:  A cross-sectional study was conducted. MTs and MSs filled out a questionnaire containing the Duke Religion Index, and questions regarding spirituality in clinical practice and at medical school. A comparison between early-curriculum MSs, late curriculum MSs and MTs was carried out. Chi-square (categorical) and Mann-Whitney (continuous/ordinal) tests were used. Results:  A total of 475 MSs and 44 MTs were evaluated. Results showed that MSs did not address spirituality as frequently as MTs (p

Influence of maxillary incisor edge asymmetries on the perception of smile esthetics among orthodontists and laypersons

MacHado, Andre Wilson; Moon, Won; Gandini Jr., Luiz Gonzaga
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 658-664
Português
Relevância na Pesquisa
65.97%
Introduction: Our objective was to determine the perception of smile esthetics among orthodontists and laypeople with respect to asymmetries on the maxillary incisor edges in a frontal smile analysis. Methods: Two frontal close-up smile photos of 2 women, 1 white and 1 Afro-Brazilian, were selected for this study. Both smiles displayed healthy maxillary anterior dentitions. The images were digitally altered to create tooth wear on the maxillary left central and lateral incisors in 0.5-mm increments. The final images were randomly assembled into a photo album that was given to 120 judges, 60 orthodontists and 60 laypersons. Each rater was asked to evaluate the attractiveness of the images with visual analog scales. The data collected were statistically analyzed with 1-way analysis of variance with the Tukey post-hoc test and the unpaired Student t test. Results: The most attractive smiles in both types of smiles were those without asymmetries and the 0.5-mm wear in the lateral incisor. In general, tooth wear was considered unattractive by both groups of raters following a pattern: the more tooth wear, the more unattractive the smile; tooth wear in the central incisor was considered more unattractive than in the lateral incisor. For both group of raters...

Violência contra a criança: formação, conhecimento, percepção e atitude de profissionais da saúde e da educação

Dossi, Ana Paula
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 87 f. : il. + 1 cd-rom
Português
Relevância na Pesquisa
65.72%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Odontologia Preventiva e Social - FOA; A violência intrafamiliar contra a criança é, sem dúvida, uma das mais cruéis formas de agressão. Este estudo tem por objetivos: a) evidenciar possíveis situações de violência vividas na infância por adolescentes; b) avaliar a formação e o conhecimento dos professores de educação infantil sobre o tema; c) averiguar o conhecimento dos profissionais da saúde que atuam na atenção básica do Sistema Único de Saúde (SUS) sobre a notificação de violência contra crianças. O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa da FOA-UNESP (2007-01343). Para aferir a ocorrência e a severidade de maus-tratos na infância, realizou-se estudo tipo inquérito com 372 adolescentes com idade entre 14 a 17 anos, matriculados em uma instituição pública de formação profissional de Araçatuba-SP em 2008. Utilizou-se instrumento traduzido, validado e auto-aplicável. O segundo estudo desenvolveu-se nas escolas de Araçatuba-SP e contou com a participação de 236 professores de educação infantil. Utilizou-se instrumento desenvolvido para o estudo e as questões receberam tratamento quanti-qualitaivo. A terceira investigação foi realizada em 4 municípios da região noroeste do Estado de São Paulo: Adolfo...

Opinião dos profissionais de saúde na utilização do livopan durante os procedimentos dolorosos na criança

Rodrigues, Cesaltina Pereira
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
65.72%
Opinião dos profissionais de saúde na utilização do livopan® durante os procedimentos dolorosos na criança A dor foi desde os primórdios da civilização, preocupação, nomeadamente nos cuidados em saúde aos doentes em idade Pediátrica. Os meios que o profissional tem ao seu alcance são aliados de peso, no combate do sofrimento. Pequenos procedimentos dolorosos em crianças, normalmente não requerem anestesia geral. No entanto existe uma necessidade efectiva do controle da dor e ansiedade. Traçámos como objectivos, conhecer a opinião dos profissionais enfermeiros e médicos do serviço de Urgência Pediátrica do Centro Hospitalar Tondela Viseu, acerca da utilização do Livopan® nos procedimentos dolorosos á criança. È um estudo quantitativo, exploratório. Sendo a dor em pediatria uma preocupação diária dos profissionais que com ela lidam, os resultados dizem-nos que se torna difícil de mensurar pelas características peculiares da criança e pela sua subjectividade e mostram que os profissionais de saúde utilizam o Livopan® nos procedimentos dolorosos. Os comportamentos da criança são maioritariamente, do foro psicológico, justificando-se pelo medo do desconhecido e não propriamente pela dor física. A opinião dos profissionais de saúde em relação à aplicação do Livopan® nos procedimentos dolorosos é ambivalente...

Conhecimentos e atitudes dos profissionais de saúde face aos idosos

Pinto, Bruna Filipa Sousa; Martins, Rosa Maria Lopes, orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
65.83%
Curso de mestrado em enfermagem de reabilitação; Introdução: Na conjuntura atual, o envelhecimento da população é um fenómeno mundial, o que se traduz no aumento da procura dos serviços de saúde, constituindo esta circunstância, um desafio aos profissionais de saúde. Nesta perspetiva, torna-se fundamental saber quais os conhecimentos que estes possuem em relação aos idosos, bem como, as atitudes que adotam, de modo a perceber se os estereótipos que a sociedade possui em relação à velhice se refletem, ou não, na prestação dos cuidados de saúde. Objetivo: Avaliar os Conhecimentos e Atitudes dos profissionais de saúde face aos idosos e verificar em que medida as variáveis sociodemográficas e profissionais têm efeito significativo nos mesmos. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal, descritivo-correlacional, de natureza quantitativa e analítica, no qual participaram 80 profissionais de saúde do Centro Hospitalar Tondela – Viseu, EPE (CHTV; EPE), e 80 profissionais de saúde do ACES-Douro Sul, ARS Norte. O Instrumento de colheita de dados integra um questionário sociodemográfico e profissional, o Questionário de Avaliação de Conhecimentos em relação à Velhice e a Escala OP de Kogan – Atitudes face aos idosos. Para o tratamento estatístico foi utilizado o programa SPSS versão 20. Resultados: A população estudada é maioritariamente feminina...

Atitude dos profissionais de saúde face ao aleitamento materno

Queirós, Maria Antónia Pinto Monteiro; Nelas, Paula Alexandra Andrade Batista, orient.; Duarte, João Carvalho, co-orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
76.1%
Enquadramento: O estudo das atitudes do profissional de saúde face ao aleitamento materno (AM) permite reflectir e fomentar mudanças no comportamento profissional neste âmbito. Objectivos: Avaliar as atitudes dos profissionais de saúde (enfermeiros e médicos) relativamente ao AM e identificar se factores sócio-demográticos, profissionais e contextuais influenciam as atitudes dos profissionais de saúde face ao AM. Métodos: Trata-se de estudo quantitativo, descritivo, analítico-correlacional, de corte transversal, constituído por uma amostra de 408 profissionais de saúde que exercem funções na região Norte de Portugal. Na colheita de dados foi utilizado um questionário que possibilitou caracterizar sóciodemográfica, profissional e contextualmente o aleitamento dos participantes. Incluímos também a escala de avaliação das atitudes dos profissionais de saúde face ao AM de MARINHO (2003). Resultados: Verificamos que 40,2% apresentam atitude positiva face ao AM 35,6% atitude negativa. As mulheres apresentam melhor atitude em relação às “crenças acerca dos benefícios da amamentação” “importância/interesse em relação à amamentação” e “aconselhamento geral sobre o AM”. Os mais novos (?35 anos) têm pior atitude na “importância/interesse em relação à amamentação” e melhor atitude “face à decisão de não amamentar”. Os com idade ?46 anos apresentam menor atitude no “aconselhamento geral sobre o AM”. Os casados e com filhos têm melhor atitude face à “importância/interesse em relação à amamentação”. Já os sem filhos e os que trabalham a nível hospitalar...

O erro de medicação na opinião dos enfermeiros de pediatria

Guilhoto, Carla Susana Antunes; Silva, Ernestina Maria Veríssimo Batoca, orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
65.81%
Introdução: Os erros de medicação são dos mais frequentes e alguns deles com consequências graves. É por todos reconhecido que a probabilidade de ocorrer um evento adverso relacionado com medicamentos, é três vezes superior nas crianças do que nos adultos. As crianças representam um grupo peculiar e de risco acrescido, no universo do erro de medicação, pois possuem características especificas relacionadas com a sua maturidade fisiológica, sendo necessárias adaptações nas posologias, com cuidados especiais tanto na prescrição, como na preparação e administração do medicamento. Objetivos: Identificar a perceção dos enfermeiros sobre o erro de medicação em pediatria; analisar os fatores que estão na origem do erro de medicação; contribuir para a reflexão sobre a atitude perante a ocorrência do erro de medicação. Metodologia: Estudo qualitativo, numa amostra intencional composta pelos 15 enfermeiros do serviço de pediatria do HSM da ULS, Guarda. Foi utilizada a entrevista e realizada análise de conteúdo. Resultados: Verificamos que 30,9% dos participantes consideram que o “erro na técnica de administração” é o erro de medicação mais comum em pediatria, ao qual se segue a “troca de doente” com 26...

Perspetiva dos profissionais de saúde sobre a prática de higienização das mãos

Andrade, Otília Maria Bastos; Silva, Ernestina Maria Veríssimo Batoca, orient.; Silva, Daniel Marques, co-orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu. Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
65.72%
Introdução: A higienização das mãos é uma medida de higiene pessoal e universal ensinada e transmitida ao longo das gerações. Nos profissionais de saúde constitui cientificamente uma das precauções básicas e historicamente comprovada como relevante na prevenção das Infeções Associadas aos Cuidados de Saúde, sendo considerada medida imperiosa contra a propagação dos microorganismos no âmbito hospitalar. Objetivos: Identificar as práticas reportadas pelos profissionais de saúde sobre a higienização das mãos; Determinar se as práticas de higienização das mãos dos profissionais de saúde se relacionam com as variáveis sociodemográficas e profissionais (Idade, Sexo, Tempo de serviço, Categoria profissional e Formação académica) e com as variáveis do contexto da prática (Formação sobre higienização das mãos, Motivação para higienizar as mãos, Conhecimento do modelo conceptual da OMS). Metodologia: Realizamos um estudo descritivo-correlacional e transversal, com abordagem quantitativa. A amostra foi constituída por 71 profissionais de saúde (médicos, enfermeiros e assistentes operacionais) que exercem a sua atividade nos serviços de Pediatria/UCIN e Urgência Pediátrica do Centro Hospitalar do Baixo Vouga...

Atitudes dos enfermeiros face aos idosos e fatores que as influenciam

Mendes, Joana Margarida Monteiro; Moreira, Maria Helena Encarnação, orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
65.78%
O fenómeno do envelhecimento da população traz novos desafios aos profissionais de saúde. Os idosos tornaram-se nos maiores consumidores de cuidados de saúde e os enfermeiros, os profissionais que mais tempo lhes dedicam. Assim, torna-se pertinente identificar as atitudes dos enfermeiros face aos idosos, avaliar o efeito das variáveis sociodemográficas e profissionais nessas atitudes e avaliar a sua correlação com os comportamentos de cuidar. Trata-se de um estudo quantitativo, descritivo-correlacional e transversal. O instrumento de colheita de dados incluiu questões sociodemográficas e profissionais, o Inventário de Comportamentos do Cuidar (ICC) e a Escala de Atitudes Face aos Idosos de Kogan. Participaram 202 enfermeiros de todo o país, uma amostragem com recurso ao método de bola de neve, tendo a colheita de dados sido realizada através da internet. Os resultados revelam que, relativamente às atitudes perante os idosos, os enfermeiros têm uma atitude desfavorável face aos mesmos no que concerne às dimensões: “Relações interpessoais entre gerações”, “Capacidades cognitivas” e “Dependência”. De forma oposta, demonstram atitudes favoráveis relativamente às dimensões “Homogeneidade dos idosos enquanto grupo”...

Perceção dos enfermeiros sobre diretivas antecipadas de vontade

Neves, Maria Emília Oliveira; Silva, Ernestina Maria Veríssimo Batoca, orient.; Silva, Daniel Marques, co-orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
65.86%
Introdução - Perante o avanço cientifico e tecnológico na área da saúde é constatada a possibilidade de maior interferência nos processos de morrer. Nas situações clínicas em que não existem expectativas de recuperação, a pessoa maior de idade pode manifestar a sua vontade de recusar cuidados de saúde inúteis ou desproporcionados, com recurso às Diretivas Antecipadas de Vontade (DAV). A elaboração do Testamento Vital permite à pessoa manifestar a sua vontade sobre os momento finais da sua vida e os profissionais de enfermagem não podem estar à margem de todo o processo de planeamento, conceção e cumprimento das DAV Objetivos –Com este estudo pretendemos analisar a perceção dos enfermeiros sobre as DAV e a sua relação com as variáveis sócio-demográficas (sexo, idade, estado civil) e sócioprofissionais (formação, local e tempo de serviço) Procuramos também analisar de que modo a experiência dos enfermeiros com as DAV influencia a sua perceção. Metodologia – Estudo quantitativo, descritivo e correlacional. Foi utilizado um questionário autopreenchido numa amostra de 139 enfermeiros do CHBV, EPE, durante os meses de Fevereiro e Março de 2013. Resultados – A maioria da nossa amostra é do sexo feminino (78...

Percepção dos profissionais de saúde sobre as boas práticas de higiene das mãos

Tinoco, Carla Anjos Veloso
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em 01/10/2014 Português
Relevância na Pesquisa
65.72%
Introdução: A higiene das mãos constitui uma medida efectiva na prevenção da transmissão cruzada de infecção e acreditamos ser um importante Indicador de Segurança e Qualidade dos Cuidados. As mãos dos profissionais de saúde são o veículo mais comum na transmissão de microrganismos, no entanto existe uma fraca adesão às boas práticas. Enfermeiros e Médicos lavam as mãos menos de metade das vezes que deveriam (OMS, 2009). Objectivos: Avaliar a percepção dos profissionais de saúde sobre as boas práticas de higiene das mãos. Avaliar a flora microbiana das mãos dos profissionais de saúde. Metodologia: Estudo de natureza quantitativa, descritivo, correlacional, realizado entre Julho e Setembro de 2013, nos Serviços de Urgência, Unidade de Cuidados Intensivos Polivalente, Serviço Médico (Cardiologia/Pneumologia) e Serviço Cirúrgico (Ortopedia) do Hospital de Braga. Resultados: A maioria dos inquiridos considera muito importante a prática da higiene das mãos. São os assistentes operacionais que consideram maior esforço gasto na prática da higiene das mãos. No entanto, são os enfermeiros que assumem maior representatividade ao nível muito elevado de adesão. Os factores relatados como os que mais condicionam a adesão à prática da higiene das mãos são: Esquecimento (47.8%)...

Nurses’ attitudes regarding the importance of families in pediatric nursing care

Angelo,Margareth; Cruz,Andréia Cascaes; Mekitarian,Francine Fernandes Pires; Santos,Carolina Cavalcante da Silva dos; Martinho,Maria Júlia Costa Marques; Martins,Maria Manuela Ferreira Pereira da Silva
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
65.62%
Affective, cognitive and behavioral components affect nurses´ attitudes to include families in the care processes. The purpose of this study was to investigate the attitudes of nurses about the importance of including families in nursing care. Data collection was performed in pediatric and maternal-child unit of a Brazilian university hospital. A sample of 50 nurses completed the Portuguese version of the instrument Families’Importance in Nursing Care-Nurses’ Attitudes (FINC-NA). The results indicated that nurses have supportive attitudes regarding families participation in nursing care. Attitudes of lower support for involving families in nursing care were found among nurses with older age, more time in the profession and who had no previous contact with contents related to Family Nursing. The application of the instrument in other contexts of assistance may help to illuminate important aspects of the challenges to implementing a family-centered approach in clinical practice.????

Impact of "+Contigo" training on the knowledge and attitudes of health care professionals about suicide

Santos,José Carlos; Simões,Rosa Maria Pereira; Erse,Maria Pedro Queiroz de Azevedo; Façanha,Jorge Daniel Neto; Marques,Lúcia Amélia Fernandes Alves
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
65.74%
OBJECTIVES: to evaluate the results of "+Contigo" training, developed by nurses and directed at 66 health professionals of integrated school health teams in Primary Health Care. METHOD: quantitative with data collection through the Suicide Behavior Attitude Questionnaire, administered before and after the training. RESULTS: significant increases were observed in suicide prevention knowledge and in changing attitudes of health professionals towards individuals with suicidal behavior. CONCLUSION: these results allow us to affirm that nurses hold scientific and pedagogical knowledge that grant them a privileged position in the health teams, to develop training aimed at health professionals involved in suicide prevention.