Página 1 dos resultados de 9089 itens digitais encontrados em 0.017 segundos

Investigating the gap between citizens` sustainability attitudes and food purchasing behaviour: empirical evidence from Brazilian pork consumers

BARCELLOS, Marcia Dutra de; KRYSTALLIS, Athanasios; SAAB, Maria Stela de Melo; KUEGLER, Jens Oliver; GRUNERT, Klaus G.
Fonte: WILEY-BLACKWELL Publicador: WILEY-BLACKWELL
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.83%
Consumers worldwide are increasingly concerned with sustainable production and consumption. Recently, a comprehensive study ranked 17 countries in regard to their environmentally friendly behaviour among consumers. Brazil was one of the top countries in the list. Yet, several studies highlight significant differences between consumers` intentions to consume ethically, and their actual purchase behaviour: the so-called `Attitude-Behaviour Gap`. In developing countries, few studies have been conducted on this issue. The objective of this study is therefore to investigate the gap between citizens` sustainability-related attitudes and food purchasing behaviour using empirical data from Brazil. To this end, Brazilian citizens` attitudes towards pig production systems were mapped through conjoint analysis and their coexistence with relevant pork product-related purchasing behaviour of consumers was investigated through cluster analysis. The conjoint experiment was carried Out with empirical data collected from 475 respondents surveyed in the South and Center-West regions of Brazil. The results of the conjoint analysis were used for a subsequent cluster analysis in order to identify clusters of Brazilian citizens with diversified attitudes towards pig production systems...

Changing attitudes, beliefs and feelings towards food in bulimic patients

ALVARENGA, Marle Samos; SCAGLIUSI, Fernanda Baeza; PHILIPPI, Sonia Tucunduva
Fonte: ARCHIVOS LATINOAMERICANOS NUTRICION Publicador: ARCHIVOS LATINOAMERICANOS NUTRICION
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.83%
Eating attitudes are defined as beliefs. thoughts, feelings and behaviors towards food. Bulimia nervosa (BN) is ail eating disorder, in which the eating, attitudes are Seriously disturbed. Studies that evaluated nutritional aspects of BN focus mainly oil food intake, dietary restriction and binge eating. while the follow-up Studies evaluate mainly clinical symptoms. The objective of this study was to evaluate eating attitudes of patients with BN. during and after cognitive-behavioral intervention. Thirty nine (39) BN female patients received cognitive behavioral treatment with a Multidisciplinary team and had eating attitudes assessed by a questionnaire developed for this research. Frequencies of the attitudes assessed were compared at baseline. after 12 weeks and 24 weeks of treatment. After treatment, patients had less distorted beliefs about food, less guilty after eating ""forbidden"" foods and they felt more tranquil while caring outside home. Other negative behaviors, as dietary restriction, the desire of not cat, being angry when feeling hungry and using the food to relive stress. persisted. Eating attitudes of patients with BN are hard to be changed in a short-term. More attention to this disease`s component and new approaches to treatment are needed in order to have a better recovery.; The State of Sao Paulo Research Foundation - FAPESP[06/56850-9]; The State of Sao Paulo Research Foundation - FAPESP[07/59141-1]

Aspectos afetivos na aprendizagem da estatística: atitudes e suas formas de avaliação.; Affective aspects in the learning of the Statistic: attitudes and their evaluation forms.

Pereda, Ana Sofia Aparicio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
36.85%
A presente pesquisa investigou o aspecto afetivo da aprendizagem da estatística através do estudo das atitudes em relação à estatística. Isto foi feito a partir da revisão de pesquisas na área educativa acerca das atitudes em relação à estatística e através da revisão psicométrica de instrumentos de avaliação utilizados no Brasil e a nível internacional para estudar e medir as atitudes. Observa-se que em geral há uma estreita relação entre as atitudes positivas e o bom desempenho acadêmico e que as atitudes não favoráveis em relação à estatística podem dificultar a aprendizagem da estatística. Com respeito à avaliação, apresenta-se as diferentes escalas utilizadas para o estudo das atitudes em relação à estatística. No Brasil, observa-se que basicamente se faz uso da escala de atitudes em relação à estatística de Cazorla et al (1999).; The present investigation discovers the affective aspect in the learning he/she gives the statistic through the study from the attitudes to the statistic. This was carried out starting from the revision of investigations in the educational area about the attitudes to the statistic and through the revision psicométrica of evaluation instruments used in Brazil and at international level to study and to measure the attitudes. It is observed that in general there is a narrow relationship between the positive attitudes and an appropriate academic yield and that the non favourable attitudes to the statistic can hinder their learning. Regarding the evaluation psicométrica different scales used for the study from the attitudes to the statistic is presented. In the Brazil...

Atitudes maternas no processo de decisão da cirurgia cardíaca paliativa para o filho; Maternal attitudes in deciding about palliative heart surgery to her child

Reze, Barbara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/05/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.83%
A decisão da cirurgia cardíaca paliativa é um processo crítico para os pais pois envolve risco de vida para o filho. Esta pesquisa investigou aspectos das atitudes maternas na tomada de decisão da cirurgia, com a suposição de que atitudes de recusa podem estar presentes. A partir do referencial teórico da Psicanálise, entende-se que o diagnóstico médico e a indicação cirúrgica podem provocar impactos psíquicos traumáticos. A iminência de perda pela doença de prognóstico ruim, a relação risco-benefício não claramente favorável da cirurgia e o contexto do tratamento, em geral permanente e realizado fora do domicílio de origem, são aspectos que influenciam as decisões da mãe. O processo decisório (tratamento versus não tratamento) foi discutido à luz de noções da Bioética, como autonomia, participação ativa no tratamento, decisões de representação, bem como das implicações jurídicas. A não aceitação da cirurgia pode trazer conflitos de interesse na relação médico-paciente/cuidador, fazendo refletir sobre como se dão, na sociedade atual, as relações entre processos médico-biológicos e processos subjetivos. A partir da abordagem de pesquisa clínico-qualitativa utilizou-se a entrevista semi-dirigida individual. As participantes foram duas mães de crianças cardíacas que passaram por cirurgia paliativa e que estavam hospedadas na Associação de Assistência à Criança Cardíaca e à Transplantada do Coração. Observou-se atitudes de hesitação...

Intervenção breve para os problemas relacionados ao uso do álcool: avaliação de atitudes entre estudantes de enfermagem; Brief intervention addressing alcohol consumption and related problems: evaluation of attitudes among nursing students

Junqueira, Marcélle Aparecida de Barros
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/10/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.88%
O estudo teve como objetivo avaliar o efeito de um curso de intervenção breve sobre o uso de álcool, as atitudes e os níveis de conhecimento dos estudantes de enfermagem quanto ao uso, uso nocivo e dependência de álcool. A amostra foi constituída por 120 estudantes de um curso de graduação em enfermagem. Trata-se de estudo da abordagem quantitativa, analítico, experimental, de coorte prospectiva. Os estudantes foram divididos em dois grupos, um grupo que recebeu o curso (grupo experimental) e um grupo que não recebeu o curso (grupo comparado). O instrumento de coleta de dados foi um questionário estruturado, contendo: identificação sociodemográfica, o Teste de Identificação do Uso do Álcool.,o conhecimentos sobre o consumo de álcool e a assistência, e a escala de atitudes The Seaman & Mannello Nurse's Attitudes Toward Alcohol and Alcoholism Scale. Os dados foram coletados antes do curso e um mês após a realização do mesmo. Verificou-se que a média de idade foi de 20,7 anos, predominantemente do sexo feminino, solteiros, católicos, 81,6% não possuíam outro curso técnico ou de graduação, residindo com os pais; 63,3% dos alunos grupo experimental e 36,6% dos alunos do grupo comparado frequentam festas uma vez por mês ou menos. A maioria dos estudantes respondeu que não dorme em sala ou chega atrasado após frequentarem festa na noite anterior. Quanto ao consumo de álcool...

Atitudes e conhecimentos de enfermeiros frente ao álcool, alcoolismo e alcoolista: estudo comparativo entre dois grupos; Attitudes and knowledge of nurses towards alcohol, alcoholism and alcoholics: a comparative study between two groups

Soares, Janaina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.94%
Introdução: O consumo mundial do alcool e de outras substancias psicoativas vem crescendo significativamente nas ultimas decadas, fenomeno que tem contribuido para o aumento da carga de doencas em todo o mundo. No Brasil, os levantamentos realizados sobre o uso de álcool e drogas vem apontando elevadas taxas de dependentes dessas substancias, fato que tem contribuido para ampliar o contato dos profissionais da saude, dentre eles, os enfermeiros, com situacoes que envolvem o uso e o abuso de substancias psicoativas, independente do local onde atuem. O fato justifica a importancia da realizacao de estudos para investigar as atitudes e os conhecimentos desses profissionais frente ao alcool, o alcoolismo e ao alcoolista. Objetivo: verificar e comparar as atitudes e os conhecimentos de dois grupos de enfermeiros frente ao alcool, ao alcoolismo e ao alcoolista. Método: Tratou-se de um estudo exploratório de abordagem quase-experimental, realizado com uma amostra de 280 enfermeiros, destes, 140 foram submetidos a um curso de capacitacao na area de alcool e outras drogas e constituiram o Grupo experimental. Na coleta de dados, foram aplicados um questionario sociodemografico, um questionario de conhecimento e a Escala de Atitudes frente ao alcool...

Atitudes de familiares de portadores de transtornos mentais frente aos transtornos mentais: a influência do grupo de autoajuda; Attitudes of mental disorder patients' relatives towards the mental disorders: the influence of a self-help group

Machado, Angelina Moda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.85%
Diferentes pessoas podem ter atitudes diferentes frente a um mesmo objeto, mas esta diversidade de posicionamento não deve ser encarada como características idiossincráticas ou estáveis, não nascem num vazio social, são fruto de interação social, de processo de comparação, identificação e diferenciação social que permite situar uma posição frente a outras em um determinado momento. A família, enquanto grupo, atravessa os tempos passando por inúmeras transformações e críticas, sem se afastar da responsabilidade e das exigências dos papéis socialmente atribuídos a ela. O transtorno mental permanece ainda obscuro, não existindo uma causa que o explique como tão estigmatizante, mas, o adoecer psíquico, é facilmente percebido, pois, os indivíduos que adoecem, apresentam comportamentos diferentes daqueles normalmente aceitos pela sociedade. Os grupos de autoajuda são homogêneos, seus participantes passam pelo mesmo sofrimento, são de apoio mútuo e educacional, a liderança vem do interior do grupo, reporta-se somente a um único evento desestruturador de vida, os membros participam voluntariamente, sem fins lucrativos, objetivam o crescimento pessoal dos integrantes e tem caráter anônimo e confidencial. Partindo-se do princípio de que as atitudes frente aos transtornos mentais e seus portadores são passíveis de serem trabalhadas e modificadas...

Atitudes de enfermeiros frente ao álcool, ao alcoolismo e ao alcoolista: comparativo entre enfermeiros de serviços especializados e de outros serviços de saúde; Attitudes of nurses towards alcohol, alcoholism and alcoholics: A comparative study between nurses from specialized services and other health services

Bittencourt, Marina Nolli
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.83%
O alcoolismo acarreta problemas sociais, econômicos e de saúde, e as repercussões do uso abusivo de álcool na saúde do indivíduo acabam tornando a sua presença comum nos diversos serviços de saúde. Os enfermeiros, portanto, estão trabalhando cada vez mais junto a este paciente. O objetivo do presente trabalho foi identificar e comparar as atitudes de enfermeiros de serviços especializados em álcool e outras drogas e enfermeiros de outros serviços de saúde (Serviços de atenção básica à saúde, Hospitais gerais e Serviços de saúde mental) frente ao alcool, ao alcoolismo e ao alcoolista. Os dados foram coletados por meio da Escala de Atitudes Frente ao Álcool, ao Alcoolismo e ao Alcoolista EAFAAA. Foram feitas uma análise descritiva das informações sociodemográficas da população estudada e uma análise dos dados obtidos com a aplicação da EAFAAA. Com intuito de verificar se a atitude do enfermeiro é afetada por variáveis, como tipo de serviço (especializado ou não), experiência clínica com dependentes de álcool e demais variáveis sociodemográficas, foram feitos os testes não paramétricos de Mann-Whitney e Kruskal-Wallis. A amostra do estudo foi composta por 526 enfermeiros, 44 oriundos de Serviços especializados em álcool e drogas...

Atitudes do pessoal de enfermagem relacionadas ao processo de enfermagem; Attitudes of nursing staff towards nursing process

Guedes, Erika de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.85%
INTRODUÇÃO: A legislação em enfermagem prevê o uso da Sistematização da Assistência de Enfermagem (SAE). As atitudes dos profissionais de enfermagem sobre o processo de enfermagem (PE) e o poder clínico que percebem ter para realizar mudanças são fatores potencialmente associados ao processo de implantação e manutenção da SAE. OBJETIVOS: Descrever as atitudes relacionadas ao PE (disposição sobre o PE e percepção de poder clínico) de auxiliares de enfermagem e enfermeiros; analisar associações entre atitudes relacionadas ao processo de enfermagem e variáveis selecionadas. MÉTODO: Estudo descritivo-exploratório de delineamento transversal, com amostra não probabilística de 973 auxiliares de enfermagem e 632 enfermeiros de 35 hospitais e ambulatórios vinculados à Secretaria de Estado da Saúde de São Paulo (86,9% do sexo feminino, idade média de 44,12 anos (DP= 9,55), 52,3% trabalhavam em hospitais gerais, cerca de 44 horas semanais, estavam nas instituições há 10 anos em média). Os dados foram coletados por meio de resposta ao instrumento de caracterização sociodemográfica e aos questionários padronizados Posições sobre o Processo de Enfermagem (PPE) adaptado para esse estudo e o Power as Knowing Participation in Change Tool- versão brasileira (PKPCT)...

Atitudes de estudantes de psicologia acerca do álcool, do alcoolismo e do alcoolista; Psychology students' attitudes about alcohol, alcoholism and alcoholics.

Merces, Neuri Pires das
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.94%
Introdução: O estudo da atitude dos profissionais de saúde frente ao álcool, ao alcoolismo e ao alcoolista ainda é escasso na literatura brasileira, e, em relação às atitudes dos psicólogos e estudantes de psicologia, não estão disponíveis na literatura nacional estudos que tenham se ocupado desse fenômeno. Após os movimentos sanitaristas da reforma psiquiátrica no Brasil, no final da década de 1980, houve aumento significativo desses profissionais em vários serviços de saúde, inclusive naqueles destinados ao atendimento de pessoas com problemas relacionados ao álcool e ao alcoolismo. O que torna importante identificar questões relacionadas ao preparo e às atitudes dos futuros profissionais de psicologia frente ao álcool, ao alcoolismo e ao alcoolista. Objetivo: Verificar e analisar as atitudes dos estudantes de psicologia frente ao álcool, ao alcoolismo e ao alcoolista. Método: Estudo exploratório de abordagem psicométrica, realizado com uma amostra de 159 estudantes do último ano do curso de psicologia de três faculdades da cidade de São Paulo. Para coleta de dados utilizou-se a Escala de Atitudes Frente ao Álcool, ao Alcoolismo e ao Alcoolista (EAFAAA) e um questionário sociodemográfico. Para análise dos dados utilizaram-se testes da estatística descritiva (frequências simples...

A familia, o desenvolvimento das atitudes em relação a matematica e a crença de auto-eficacia; The family, the development of attitudes in relation to the Mathematics and the self-efficacy

Kelly Cristinne Maia de Paula
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.89%
O presente trabalho teve o objetivo de verificar se existem relações entre as atitudes em relação à Matemática apresentadas pelos pais e as atitudes em relação à Matemática, as crenças de auto-eficácia em Matemática e o desempenho matemático dos estudantes. Foram sujeitos deste estudo 22 alunos do 5ª ano do Ensino Fundamental, com idades entre 10 e 12 anos de uma escola pública municipal da cidade de São José do Rio Preto, SP. Participaram também da pesquisa sete pais de alunos (três pais dos alunos com melhor desempenho e quatro pais dos alunos com desempenho mais baixo). Os instrumentos utilizados com os estudantes foram um questionário de auto-eficácia Matemática, uma escala de atitudes em relação à Matemática e a prova de Matemática do Saresp 2005. Após a realização da prova de Matemática do Saresp foram selecionados os três sujeitos com melhor desempenho e os quatro sujeitos com pior desempenho. Os pais desses estudantes responderam a um questionário, a uma escala de atitudes em relação à Matemática para pais e participaram de uma entrevista. A análise dos resultados mostrou que no presente estudo não houve relação entre a crença de auto-eficácia dos alunos e o desempenho, e houve baixa correlação entre atitudes em relação à Matemática e desempenho. Os dados da relação entre as atitudes dos pais e a crença de auto-eficácia dos estudantes apontaram forte correlação entre essas variáveis...

Validação da versão portuguesa do Maternal Adjustment and Maternal Attitudes (MAMA)

Figueiredo, Bárbara; Mendonça, M.; Sousa, R.
Fonte: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde Publicador: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
36.92%
Neste artigo, apresentamos a versão portuguesa do questionário Maternal Adjustment and Maternal Attitudes (MAMA, Kumar, Robson, & Smith, 1984), na sua versão pré-natal, destinado a avaliar as atitudes e o ajustamento materno durante a gravidez. A versão original do instrumento, constituída por 60 itens de auto-relato, foi sujeita a um processo de tradução e retroversão e a versão portuguesa resultante foi administrada a uma amostra heterogénea de 309 grávidas (com entre 22 e 25 semanas de gestação, inclusive), utentes da Consulta Externa de Obstetrícia da Maternidade Júlio Dinis (Porto). A análise factorial, conduzida sobre os resultados obtidos na administração da versão portuguesa do MAMA, mostra que os 60 itens do instrumento são susceptíveis de se organizarem satisfatoriamente de igual forma que na versão original, distribuindo-se pelas mesmas 5 sub-escalas, com 12 itens cada, relativas às dimensões propostas pelos seus autores: imagem corporal, sintomas somáticos, atitudes para com o companheiro, atitudes perante o sexo, e atitudes para com a gravidez e o bebé. Sugere-se, no entanto, que os resultados da sub-escala ‘atitudes para com a gravidez e o bebé’ podem ser analisados em duas dimensões diferenciadas...

Attitudes, knowledge, and interest: preparing university students to work in an aging world

Gonçalves, Daniela C.; Guedes, Joana; Fonseca, António M.; Pinto, Fernando Cabral; Martín, Inácio; Byrne, Gerard J.; Pachana, Nancy A.
Fonte: Cambridge University Press Publicador: Cambridge University Press
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.85%
Background: The underlying goals of the present study were (i) to assess knowledge of and attitudes towards aging in a sample of Portuguese undergraduate students undertaking various degrees in health and welfare subjects, and (ii) to analyze the extent to which knowledge, attitudes and other factors were associated with interest in working with older adults. Methods: The study was cross-sectional in design. The sample comprised 460 Portuguese undergraduate students enrolled in degrees in nursing, social work, and psychology. They were asked to complete questionnaires and quizzes, which were analyzed using contingency tables and one way analysis of variance for inter-group comparison, and then subjected to multivariate logistic regression analysis. Results: Significant differences emerged between groups on knowledge, attitudes towards aging and interest in working with older adults, with both nursing and social work students displaying more positive attitudes, knowledge, and interest in working with older adults, when compared with psychology students. A regression analysis indicated that attitudes, knowledge, and previous formal contact were significant predictors of interest. Conclusion: Interest in working with older adults was significantly related to positive attitudes...

Attitudes toward learning: Study of exploratory models about the effects of school level and personal attributes in Portuguese students

Candeias, Adelinda; Rebelo, Nicole; Oliveira, Manuela
Fonte: IATED Publicador: IATED
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.83%
With this study we propose to investigate exploratory models about the effects of factors – pupils’ gender, age and school level – that may interfere with attitudes, affect and emotions toward learning, while explicitly modelling the multilevel structure of a large data set from an educational context. Based on a study with Portuguese youngsters (N=670) from regular classes, whom we applied the QATS – Questionnaire of Attitudes Toward School and the EQi - Emotional Intelligence Inventory [1][2], we use regression trees algorithm to predict pupil’ attitudes, affect and emotions toward learning. Predictors include age and gender as personal attributes and some specific characteristics as school level. The results come to reveal the importance of understanding attitudes toward learning, as being affected for different combinations of factors. Attitudes should be understood based on the natures of the subject. Thus the improvement of attitudes and motivation toward school should involve pupils, teachers, parents and community.

Versão portuguesa do Maternal Adjustment and Maternal Attitudes (MAMA)

Figueiredo, Bárbara; Mendonça, M.; Sousa, R.
Fonte: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde Publicador: Sociedade Portuguesa de Psicologia da Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2004 Português
Relevância na Pesquisa
36.92%
Neste artigo, apresentamos a versão portuguesa do questionário Maternal Adjustment and Maternal Attitudes (MAMA, Kumar, Robson, & Smith, 1984), na sua versão pré-natal, destinado a avaliar as atitudes e o ajustamento materno durante a gravidez. A versão original do instrumento, constituída por 60 itens de auto-relato, foi sujeita a um processo de tradução e retroversão e a versão portuguesa resultante foi administrada a uma amostra heterogénea de 309 grávidas (com entre 22 e 25 semanas de gestação, inclusive), utentes da Consulta Externa de Obstetrícia da Maternidade Júlio Dinis (Porto). A análise factorial, conduzida sobre os resultados obtidos na administração da versão portuguesa do MAMA, mostra que os 60 itens do instrumento são susceptíveis de se organizarem satisfatoriamente de igual forma que na versão original, distribuindo-se pelas mesmas 5 sub-escalas, com 12 itens cada, relativas às dimensões propostas pelos seus autores: imagem corporal, sintomas somáticos, atitudes para com o companheiro, atitudes perante o sexo, e atitudes para com a gravidez e o bebé. Sugere-se, no entanto, que os resultados da sub-escala ‘atitudes para com a gravidez e o bebé’ podem ser analisados em duas dimensões diferenciadas...

"Is it beneficial to stress grades to my child?" - Relationships between parental attitudes towards academic achievement, motivation, academic self-concept and academic achievement in adolescents

Peixoto, Francisco José Brito
Fonte: European Research Network about Parents in Education Publicador: European Research Network about Parents in Education
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
In this study we analyse the relations of parental attitudes towards academic achievement (process-centred vs. performance-centred) with self-representations, motivational orientations and academic achievement. Participants were 498 students attending 7th and 9th grades. To collect data we used a self-concept scale (Peixoto & Almeida, 1999), a scale of motivational orientations (Skaalvik, 1997), and a scale to assess parental attitudes towards academic performance (Antunes & Fontaine, 2003). Correlation analysis showed positive associations between processes centred attitudes and academic self-concept, self-esteem, task orientation, and academic achievement. Performance centred attitudes were negatively correlated with academic self-concept, self-esteem and academic achievement, and positively related to selfenhancing ego orientation, self-defeating ego orientation and avoidance orientation. Structural equation modelling revealed different paths, in the relationship between parental attitudes and academic achievement, for process centred attitudes and for performance centred attitudes. Results in this study support the idea that the perception of parental attitudes centred in the process are related to positive outcomes while parental attitudes centred on performance are related to less positive outcomes. Finally...

The" contact hypothesis” and attitudes toward same-sex parenting

Costa, Pedro Alexandre; Pereira, Henrique Marques; Leal, Isabel Pereira
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.83%
“The contact hypothesis” refers to the value of heterosexuals’ interpersonal contact with gay men and lesbians in lowering negative attitudes toward them. With the increasing number of same-sex parented families worldwide, in spite of a generalized lack of appropriate social and legal protection, the issue of attitudes toward gay and lesbian parents gains special relevance. A sample of 1690 Portuguese heterosexual individuals were asked about their interpersonal contact experiences with gay men and lesbians, their attitudes toward them and toward same-sex parenting. Results revealed that women and non-religious participants were significantly more likely to have gay and lesbian acquaintances and friends, feel more comfortable in their company, and hold less negative attitudes toward gay men and lesbians, and gay and lesbian parenting. A path analysis model revealed that interpersonal contact experiences were not directly linked to attitudes toward same-sex families, but were mediated by homonegativity and comfort with gay men and lesbians. These findings extend previous knowledge about the value of interpersonal contact, by highlighting the roles of homonegativity and positive affect as mediators of contact experiences on attitudes toward same-sex parented families.

Attitudes towards mentally ill in professionals working in Ndera neuropsychiatric hospital in Rwanda 

Ngirababyeyi, Alfred
Fonte: Faculdade de Ciências Médicas. Universidade Nova de Lisboa Publicador: Faculdade de Ciências Médicas. Universidade Nova de Lisboa
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.95%
ABSTRACT: This quantitative study investigated the attitudes toward the mentally ill in professionals working in Ndera neuropsychiatric hospital. The research questions explored were centered on the attitudes of directly involved and supportive professionals toward mentally ill clients and also on the difference between the attitudes of directly involved and supportive professionals toward mentally ill clients and demographic variables. The purpose of this study was to determine whether there are differences in attitude between direct care providers and supportive professionals toward the mentally ill clients. The Community Attitudes towards Mentally Ill (CAMI) scale (Dear & Taylor, 1982; Taylor, Dear & Hall, 1979; Taylor & Dear, 1981) was used. A total of 72 members of the staff, including 55 directly involved staff and 17 supportive staff members, participated in the survey. A summary interpretation of the main findings in this thesis reinforces the assumption that negative attitudes towards people with mental illness received in Ndera neuropsychiatric hospital are in existence, even though the majority have favorable attitudes towards the mentally ill. This suggests that persons with mental illness may encounter stigmatizing attitudes from mental health professionals. This study represents one of the first to explore professionals’ attitudes towards the mentally ill. It is hoped that this work will highlight the need to explore the influence of attitudes in the delivery of high quality healthcare. The provider–patient relationship is at the heart of effective treatment and the detrimental impact of prejudicial judgments on this relationship should not be ignored. This study also demonstrates that professionals with different roles report different attitudes and this suggest that they would behave differently towards patients with mental illness. The directly involved professionals have been found to have more positive attitudes than the supportive professional and this seems to show that as individuals improve their ability to interact with persons with mental illness...

Formal semantics for propositional attitudes

Vanderveken,Daniel
Fonte: UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas, Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência Publicador: UNICAMP - Universidade Estadual de Campinas, Centro de Lógica, Epistemologia e História da Ciência
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.85%
Contemporary logic is confined to a few paradigmatic attitudes such as belief, knowledge, desire and intention. My purpose is to present a general model-theoretical semantics of propositional attitudes of any cognitive or volitive mode. In my view, one can recursively define the set of all psychological modes of attitudes. As Descartes anticipated, the two primitive modes are those of belief and desire. Complex modes are obtained by adding to primitive modes special cognitive and volitive ways or special propositional content or preparatory conditions. According to standard logic of attitudes (Hintikka), human agents are either perfectly rational or totally irrational. I will proceed to a finer analysis of propositional attitudes that accounts for our imperfect but minimal rationality. For that purpose I will use a non standard predicative logic according to which propositions with the same truth conditions can have different cognitive values and I will explicate subjective in addition to objective possibilities. Next I will enumerate valid laws of my general logic of propositional attitudes. At the end I will state principles according to which minimally rational agents dynamically revise attitudes of any mode.

Knowledge and attitudes about sexuality in the elderly with HIV/AIDS

Okuno,Meiry Fernanda Pinto; Fram,Dayana Souza; Batista,Ruth Ester Assayag; Barbosa,Dulce Aparecida; Belasco,Angélica Gonçalves Silva
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.83%
OBJECTIVES: Assess the knowledge and attitudes about sexuality in the elderly with HIV/AIDS served in a specialized ambulatory clinic; and identify the epidemiological profile of these patients. METHODS: Cross-sectional, descriptive and analytical study with a sample of 148 people aged 50 years and over. The Aging Sexual Knowledge and Attitudes Scale was used to assess the knowledge and the attitudes about sexuality of the elderly. RESULTS: The study included 148 elderly, male gender (63.5%), single (30.5%), retired and pensioners (53%), low socioeconomic class (60%), only 21% have completed the Secondary Education, monthly family income 3.3 minimum wages, time since diagnosis 156 months and predominant form of infection via sexual (66.2%). ASKAS knowledge score was 32.2 and attitudes score was 15.5. There was significant association between the knowledge ASKAS with the female gender, being a widow and more than one comorbidity; and between the attitudes ASKAS with complete Secondary Education and physical activity. CONCLUSION: Patients with HIV/AIDS showed favorable knowledge and attitudes about sexuality in the elderly, and women that were housewives showed significant knowledge.