Página 1 dos resultados de 608 itens digitais encontrados em 0.002 segundos
Resultados filtrados por Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)

Expressão dos genes Vip3Aa e Cry1Ia em Escherichia coli efetivos no controle de Spodoptera frugiperda

Mendes, Deise Reis de Paula
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: ix, 59 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
27.11%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Agronomia (Genética e Melhoramento de Plantas) - FCAV; Proteínas inseticidas derivadas de Bacillus thuringiensis (Bt) são os inseticidas biológicos mais amplamente utilizados. O trabalho teve por objetivo avaliação da toxicidade das proteínas de Bt, Cry1Ia e Vip3Aa, expressas em Escherichia coli BL21 (DE3), a fim de verificar a eficiência destas toxinas na mortalidade de Spodoptera frugiperda. Para tanto, empregou-se um par de iniciadores específicos para amplificar o fragmento correspondente ao gene vip3Aa completo contendo 2370 pb. O fragmento obtido foi clonado no vetor pET SUMO e transformado em células de E. coli BL21 (DE3) por choque térmico. A expressão das proteínas Vip3Aa e Cry1Ia previamente clonado, foi induzida por tiogalactopiranosídeo de isopropila (IPTG), e as proteínas recombinantes com peso molecular de, aproximadamente, 100 e 81 KDa respectivamente, foram detectadas por SDS-PAGE e Western Blot. Para avaliação da toxicidade os bioensaios foram realizados com as lagartas de primeiro instar que foram alimentadas com dietas artificiais contendo, na superfície, cinco diferentes concentrações da toxina Cry1Ia e cinco diferentes concentrações da toxina Vip3Aa recombinante. Os bioensaios foram estabelecidos em delineamento inteiramente casualizado...

Obtenção de bioinseticida a partir de Bacillus thuringiensis var. israelensis e aplicação de bioensaios em culicídeos

Ernandes, Samara
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 124 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
27.11%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Biotecnologia - IQ; A bactéria Bacillus thuringiensis var. israelensis (Bti) gera certas toxinas com ação inseticida que podem ser usadas no controle de doenças transmissíveis através de culicídeos, especialmente o Aedes aegypti, vetor da dengue. Este bioinseticida tem sido produzido através de fermentação submersa e, no Brasil, esta produção tem sido realizada através de pequenos centros de investigação e, mais recentemente, por uma pequena empresa. Para a implementação de um programa de controle de vetores viável através de bioinseticidas, alguns estudos sobre meio de cultura são essenciais para unir eficiência e baixos custos. Assim, tem-se utilizado resíduos ou subprodutos agroindustriais como fontes de nutrientes em meio de cultura. Neste estudo, alguns resíduos e subprodutos tais como água de maceração de milho (“milhocina”), um subproduto do processamento industrial do milho, “manipueira”, um subproduto do processamento da farinha de mandioca e sangue bovino oriundo de abatedouros foram avaliados com o intuito de se verificar a eficiência em processo fermentativo para obtenção de bioinseticidas. O crescimento celular foi avaliado por densidade óptica a 620 nm...