Página 1 dos resultados de 784 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

Bioética clínica: como praticá-la?; Clinical bioethics: how to practice?

OLIVEIRA, Reinaldo Ayer de; JORGE FILHO, Isac
Fonte: Colégio Brasileiro de Cirurgiões Publicador: Colégio Brasileiro de Cirurgiões
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.4%
Pensar a ética significa entrar no universo da Bioética. Se entendermos, que a ética médica trata dos médicos no universo da sociedade organizada em torno de dispositivos de legalidade, de consensos e de ética do exercício da medicina, se verifica que a Bioética surgiu da necessidade de debater e decidir sobre as questões éticas relacionadas, sobretudo, com a pesquisa e os avanços científicos e as conquistas frente aos direitos humanos e os avanços sócio-culturais: ela é a expressão crítica do nosso interesse em usar convenientemente os progressos da arte médica e da ciência. No âmbito da Medicina a Bioética Clínica surgiu como uma possibilidade de se pensar e discutir a prática da medicina na dimensão das diferentes instituições sociais que lidam com a saúde e com os profissionais da área da saúde.; To think about ethics means to go into the Bioethics universe. If it is understood that medical ethics deals with doctors within an organized society under legal purposes, consensus and ethics in the exercise of medicine it is observed that Bioethics came up due to the need to debate and decide on the ethic questions related mainly to research and scientific advances as well as conquests concerning human rights and social-cultural development: it is the critical expression of our interest in conveniently using the development of medical art and science. Within Medicine...

Sobre a correlação entre a bioética e a psicologia médica; About correlation between bioethics and medical psychology

MARCOLINO, José Alvaro Marques; COHEN, Claudio
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.06%
Os autores realizam um estudo a respeito de uma correlação entre a bioética e a psicologia médica. Dividem o trabalho em duas partes. A primeira discute os conceitos filosóficos sobre a distinção entre moral e ética, trata da ética ligada à medicina e dedica-se à bioética, procurando definir o que se compreende por essa disciplina, descrevendo seus três princípios básicos: a autonomia, a beneficência, não-maleficência e a justiça. Portanto, traça nesta parte do trabalho, uma trajetória que partiu da ética em sua vertente filosófica até chegar à ética em sua aplicação à medicina. A segunda parte é dedicada a definição do campo da psicologia médica, estudando aspectos da relação emocional do indivíduo doente com a sua doença, da relação do médico com a medicina e enfoca o relacionamento do médico com seu paciente. Discutem algumas situações clínicas em que se observa essa correlação. No final, buscam elaborar algumas conclusões.; The authors make a study about the correlation between bioethics and medical psychology. They divide the study in two parts. The first part they discuss the philosophical concepts about the distinction between morals and ethics, they deal with ethics applied to medicine and they are trying to define what is meant by subject and describe its three basic principles: autonomy...

A TRAINING COURSE ON BIOETHICS FOR FAMILY HEALTH STRATEGY PROFESSIONALS IN SANTO ANDRE, SP

Campos Pavone Zoboli, Elma Lourdes; Cotrim Soares, Fatima Aparecida
Fonte: UNIV SAO PAOLO; CERQUERA CESAR Publicador: UNIV SAO PAOLO; CERQUERA CESAR
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.4%
This case report presents the experience of a training course on bioethics for nurses and physicians of the Family Health Strategy in Santo Andre, SP. This study is based on problem-based learning and deliberative bioethics, and aimed at presenting the deliberation procedure as a means of handling ethical issues. Contents were addressed in a cross-section manner through five sequential activity sessions at two different moments of concentration with one dispersion interval. In the first moment of concentration, key concepts and deliberative bioethics contents were developed. The second involved deliberation sessions on moral conflicts, which were selected and prepared during the dispersion interval. Participants evaluated the deliberation as an appropriate instrument to deal with the ethical issues they are faced with. Problem-based learning was an effective educational strategy for continuing education in deliberative bioethics.

Bioética e saúde coletiva: convergências epistemológicas; Bioethics and public health: epistemological convergences

Junges, Jose Roque; Zoboli, Elma Lourdes Campos Pavone
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva; RIO DE JANEIRO Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva; RIO DE JANEIRO
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.5%
Trata-se de uma discussão teórica sobre o estatuto da bioética a partir de suas convergências epistemológicas com a saúde coletiva, campos científicos inter-relacionados, surgidos no contexto da segunda ruptura epistemológica, questionadora da crítica ao senso comum própria da ciência moderna. A reaproximação com o senso comum na segunda ruptura significa considerar na metodologia os determinantes do ambiente e da subjetividade. Assim, em meio a esta segunda ruptura, a saúde coletiva e a bioética incluem os determinantes sociais e subjetivos em suas análises. Caracterizam-se por uma visão ampliada e complexa da saúde e das ações humanas envolvendo o ambiente, a vida e a saúde, com enfoque transdisciplinar em suas abordagens. Qual o significado dessas premissas para o estatuto epistemológico da bioética em sua convergência com a saúde coletiva? Enquanto ética, a bioética precisa ser crítica, mas não como na primeira ruptura da filosofia moral. Necessita ser crítica a partir da facticidade dos determinantes sociais que se manifestam nas iniquidades em saúde. Para integrar crítica e facticidade, o caminho é a hermenêutica que interpreta os significados construídos no real e a partir deles torna-se crítica. Esse seria o estatuto epistemológico apropriado para a bioética na interface com a saúde coletiva.; This is a theoretical discussion about the epistemological statute of bioethics based on its convergences with public health...

"A função da confidencialidade: bioética e incesto"; The function of confidentiality: bioethics and incest

Gobbetti, Gisele Joana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.06%
O presente estudo pretende construir uma reflexão sobre a função da confidencialidade para os profissionais de saúde que lidam com pessoas envolvidas em casos de incesto, na tentativa de avaliar os limites éticos destas intervenções. A metodologia utilizada constituiu-se por uma reflexão teórica baseada na experiência de trabalho da autora no CEARAS, referendada pela Bioética e pela Psicanálise e ilustrada por uma pesquisa realizada com os profissionais de saúde, incluindo os médicos, enfermeiras, técnicas e auxiliares de enfermagem e assistentes sociais do Pronto-Atendimento Pediátrico do Hospital Universitário da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Entrevistas livres de exploração sobre a possibilidade de atendimento a crianças e adolescentes com suspeitas de abuso sexual e o modo de lidar com estas questões foram realizadas com os profissionais. As entrevistas foram gravadas e transcritas para serem analisadas através do método de análise de conteúdo. O atendimento de pacientes envolvidos em situações de abuso sexual é considerado pelos profissionais de saúde como um problema de difícil abordagem. A ausência do conflito entre a quebra do segredo profissional e a manutenção do vínculo de confiança entre profissional de Saúde e paciente em situações de incesto demonstra a dificuldade de os profissionais lidarem com tais casos e discriminarem a função de um profissional de saúde...

Bioética e valores: um estudo sobre a formação de professores de ciências e biologia.; Bioethics and values: a studying on the initial training period of science and biology teachers.

Silva, Paulo Fraga da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.21%
O presente trabalho é a uma pesquisa empírica, de caráter qualitativo que tem como objeto de estudo a formação inicial de licenciandos de Ciências e Biologia. O objetivo central da investigação foi analisar se ela tem contribuído adequadamente para a tematização e construção de valores humanos e verificar sob a ótica dos licenciandos seu papel na formação ético-moral dos futuros estudantes e seu nível de preocupação sobre a dimensão ética dos saberes científicos e tecnológicos. O percurso metodológico consistiu em duas fases. Na primeira, licenciandos de Ciências e Biologia de três Instituições de Ensino Superior distintas responderam a um questionário referente à importância da formação ético-moral do estudante de ensino fundamental e médio e, para tanto, sua qualificação como docente. A segunda fase caracterizou-se pela aplicação de outro questionário com quatro casos com conteúdos dilemáticos e conflitos éticos nos quais os licenciandos identificaram ou opinaram sobre como os tratariam em sala de aula. Com base nas referências teóricas fornecidas pelo estudo na literatura voltada especificamente à educação ético-moral na perspectiva filosófica e psicológica, como também da Bioética de proteção...

O conceito de "pessoa humana" no âmbito da bioética brasileira; The human person concept within Brazilian bioethics

Lucato, Maria Carolina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.57%
A bioética é uma ciência que surgiu no início da década de 1970 nos Estados Unidos, com objetivo de criar uma ponte entre a ciência biológica e a área dos valores. No Brasil, a bioética chega, efetivamente, em 1995, a partir da fundação da Sociedade Brasileira de Bioética e da promulgação da Resolução 196/96 do Conselho Nacional de Saúde, que regulamenta a pesquisa com seres humanos no país. A bioética possui vários modelos e dentre eles está o Personalismo Ontologicamente Fundado, criado por Elio Sgreccia. Esta linha de pensamento se funda na pessoa humana, ou seja, a pessoa deve ser o critério de avaliação frente a um dilema bioético. Toda pessoa humana é unitotalidade, dotada de uma dignidade. Ela é formada pelas dimensões física, psíquica, social, moral e espiritual. Este modelo considera que toda vida humana tem início com a fecundação e fim com a morte natural. Mas este conceito de pessoa humana não é o único no âmbito da bioética. Por isso, no presente trabalho, se pretendeu através da hermenêutica de Gadamer, identificar o conceito de pessoa humana utilizado no Brasil. Foram recolhidas 63 referências no site da Bireme através de palavras-chave identificadas na revisão da literatura. Destas referências...

A atenção à pessoa humana - paciente e aluno - no âmbito da formação em odontologia: o papel do docente, da reestruturação curricular e da bioética; The attention to the human person patient and student in the extent of the formation in Dentistry: the teacher's role, of the curricular restructuring and of Bioethics

Junqueira, Cilene Rennó
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
A atenção à pessoa humana requer o reconhecimento de sua dignidade. Para isso, é necessário que a pessoa seja percebida como ser único, como unidade de corpo e espírito e em sua totalidade, ou seja, nas suas diversas dimensões (biológica, psicológica, social e espiritual). Para compreender essa necessária atenção, no âmbito da formação em Odontologia, este estudo discute o significado da reestruturação curricular da FOUSP, da contribuição do docente e da Bioética para a formação integral do aluno, a fim de que essa atenção possibilite a abordagem integral do processo saúde-doença e que, consequentemente, promova o respeito à dignidade do paciente. Trata-se de estudo qualitativo realizado por meio de análise etnográfica e pela análise temática de conteúdo. Para isso, a coleta de dados consistiu de observação-participante (imersão da pesquisadora por três anos na instituição), da análise de dados documentais, de entrevistas com docentes e de informações obtidas de alunos da graduação. A análise das atividades promovidas em razão da participação da instituição no Pró-saúde permite concluir que grandes avanços têm sido percebidos a partir desse processo de reformulação do currículo...

Bioética e crença religiosa: estudo da relação médico-paciente Testemunha de Jeová com potencial risco de transfusão de sangue; Bioethics and religious belief: a study on the physician-Jehovah's Witness patient at potential risk of blood transfusion

Chehaibar, Graziela Zlotnik
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
As Testemunhas de Jeová têm preceitos religiosos que sustentam a recusa da transfusão de sangue e, frequentemente, vivenciam situações nas quais essa recusa pode ser sustentada por aspectos científicos, legais e bioéticos. Este estudo teve como objetivo analisar a relação médico-paciente Testemunha de Jeová, sob a potencial recomendação de transfusão de sangue durante a internação hospitalar. Além disso, também buscou investigar o momento e a forma da identificação do paciente Testemunha de Jeová; analisar a conduta dos médicos frente a um eventual impasse na relação com os pacientes e analisar as escolhas dos pacientes na relação com os médicos; verificar as condutas realizadas após o processo de tomada de decisão entre médico e seu paciente; e verificar se os médicos conhecem o parecer n.º 007/2004 - "Orientação sobre Recusa de Transfusão de Sangue da Testemunha de Jeová", da Comissão de Bioética (CoBi) do Hospital das Clínicas da FMUSP. A pesquisa foi realizada no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) no período de fevereiro de 2007 a maio de 2009. Foram selecionados 46 pacientes e 48 médicos, buscando-se entrevistar o paciente e seu respectivo médico. Trata-se de um estudo de caso exploratório...

Bioética e direitos humanos: a proteção da dignidade da pessoa humana na era da genética; Bioethics and human rights: the protection of the human dignity in the genetics era

Fernandes, Elizabeth Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
A bioética e o direito constituem braços de proteção da pessoa humana e dos direitos humanos quando afrontados por questões relacionadas à genética. O primeiro capítulo aborda a afirmação da máxima da dignidade humana e sua importância como princípio estruturante de todo o sistema ético e jurídico. O segundo capítulo introduz a bioética. São expostos os princípios proclamados pela bioética: autonomia, beneficência, não-maleficência e justiça e estabelecida a relação necessária entre a bioética e os direitos humanos, determinando a consubstancialidade entre eles. Uma vez definida a importância da proteção da dignidade humana e a relação existente entre essa, a bioética e os direitos humanos, o trabalho expõe de forma analítica, nos capítulos sucessivos, os dois braços de salvaguarda de tal base. No primeiro deles, a ética é abordada como instrumento de proteção da sociedade que deve ser manejado segundo uma perspectiva universalista e dialógica, pois inserida em contexto democrático. No segundo deles, o direito é exposto no seu âmbito internacional, que tem consagrado declarações de direitos humanos específicas aos temas de bioética, e nacional, seja em relação ao substrato constitucional quanto ao infraconstitucional de proteção dos princípios envolvidos nas discussões bioéticas.; Bioethics and Law are two complementary ways to protect the human being dignity and the human rights...

Influência da capacitação em bioética na percepção dos profissionais para os problemas éticos na atenção básica; Influence of training in bioethics to professionals in the perception of ethical problems in primary care

Soares, Fatima Aparecida Cotrim
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
Pesquisa qualitativa, que se caracterizou como um estudo do tipo antes e depois. Teve como objetivo principal analisar o impacto de uma ação educativa em bioética clínica e deliberação moral aplicadas à atenção básica, com vistas a identificar se a percepção de problemas éticos se modificaria e se esta ação traria contribuições com aportes para lidar com as questões éticas na prática. A ação educativa foi desenvolvida com enfermeiros e médicos da Estratégia Saúde da Família, Santo André, SP, e calcou-se no enfoque problematizador e na bioética deliberativa, para apresentar o itinerário da deliberação como subsídio para o manejo de problemas éticos. Para avaliar a mudança na percepção de problemas éticos, foi aplicado um instrumento para inventariar tais situações, antes, depois e no meio da intervenção. Para avaliar a utilidade da ação educativa, foram feitas perguntas abertas, cujas respostas foram tratadas com análise de conteúdo. Houve mobilização positiva da sensibilidade ética dos participantes. Eles avaliaram a deliberação como um instrumental adequado para lidar com as questões éticas que vivem. A problematização mostrou-se efetiva como estratégia educativa na formação contínua em bioética deliberativa.; Qualitative research...

Bioética, construção de conhecimento e e-learning: novos desafios ao ensino da Bioética; Bioethics, knowledge construction and e-learning: new challenges to the Bioethics teaching

Puplaksis, Nelita de Vecchio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.57%
A disciplina de Bioética é oferecida aos alunos de graduação da FOUSP no primeiro semestre do primeiro ano. De certo, a reflexão sobre dilemas éticos não termina com o fim da disciplina de Bioética, então, na tentativa de auxiliar o aluno na reflexão de dilemas a que venha enfrentar após ter cursado a disciplina de Bioética, planejou-se o desenvolvimento de um material didático, sem custos para os alunos, de fácil acesso, para que o aluno pudesse re-encontrar o conteúdo estudado na disciplina de Bioética durante todo o período de sua graduação. Atualmente, o uso da informática, de suas novas ferramentas eletrônicas e a diminuição do custo para a aquisição de computadores têm favorecido o desenvolvimento de ambientes virtuais de aprendizagem na área da educação. Assim, o objetivo principal deste trabalho foi desenvolver um conteúdo para o material didático eletrônico de Bioética, de modo que possa ser utilizado como material de apoio no processo de ensino-aprendizagem pelos alunos de graduação da FOUSP. Os textos elaborados sobre cada tema apresentado aos alunos foram formatados em páginas eletrônicas utilizando os programas FlashPageFlip e Photoshop CS4. O material produzido foi disponibilizado aos alunos em uma plataforma de ensino chamada Moodle. Como as informações sobre cada tema não se esgotam no texto elaborado para este material de estudos de apoio...

Aplicabilidade do modelo de análise qualitativa de Yang no processo de ensino-aprendizagem de Bioética em fóruns eletrônicos; Applicability of Yang analysis model in the teaching-learning Bioethics in electronic forums

Silva, Monica Magalhães Pereira da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
37.5%
No campo da Educação está cada vez mais presente o meio eletrônico com suas potencialidades. O ensino mediado por tecnologia é uma realidade, oferecido no âmbito internacional e em todos os campos do saber. Esse novo meio em rede do processo de aprendizagem favorece a promoção das estratégias de ensino centradas no aluno. Paralelamente, múltiplos fatores culminaram no surgimento de uma nova ciência: a Bioética. O processo de aprendizagem em Bioética se identifica com a aquisição de competências que vão além do conhecimento do conteúdo, do saber teórico. Engloba habilidades cognitivas de reflexão e discernimento, de juízo e decisão que conduzem ao saber comportar-se com qualidade e aconselhar de forma assertiva, diante de uma questão ética que reclama uma ação, atitude ou postura adequada. Portanto, identificam-se como elementos desse processo, não apenas o conhecimento do conteúdo, mas também as habilidades que determinam a capacidade operativa do indivíduo no âmbito da Bioética. Especificamente faz-se necessário o desenvolvimento e aplicação de metodologias de avaliação adequadas ao meio digital e à finalidade do processo de ensino-aprendizagem nesta área do saber. Este estudo propõe o modelo de análise qualitativa de conteúdo de Yang (2008) como metodologia para identificar as competências próprias do aprendizado específico da Bioética nas postagens dos alunos em fóruns eletrônicos. Sua metodologia de análise contempla indicadores de aprendizagem cognitiva (cognitive learning) adquiridos através de fóruns eletrônicos...

Bioethics education on deliberation - a view of a novel: Blue Gold, by Clive Cussler

Magalhães, Susana; Araújo, Joana; Carvalho, Ana Sofia
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.57%
Bioethics education on deliberation - a view of a novel: Blue Gold, by Clive Cussler (Article presented at the conference Bioethics Education: Contents, Methods, Trends, Zefat, Israel, May 2-5, 2010) Authors: Susana Magalhães* (researcher), Joana Araújo (researcher), Ana Sofia Carvalho (Head of the Institute of Bioethics) Research Centre of Bioethics, Institute of Bioethics, Portuguese Catholic University Bioethics education on deliberation - a view of a novel: Blue Gold, by Clive Cussler Since the focus of Bioethics is the bridge between Humanities and the Life Sciences and bearing in mind that this bridge is often difficult to build, those who believe that this dialogue is important in our days should promote it through Education. By educating in Bioethics it is possible to improve the participation of the citizens in debates on the ethical issues raised by new technologies and scientific research. It is our conviction that literary texts are laboratories of ethical judgment, where the ethical questions concerning specific scientific/technological issues are addressed in an imaginary world. Therefore our purpose is to present a framework for ethical deliberation through the use of literature. Fiction allows us to “practise” ethical decision making...

Between scientists and public: reframing public participation in science through bioethics

Carvalho, Mónica; Carvalho, Ana Sofia; Araújo, Joana; Brites, Marta
Fonte: International Association for Media and Communication Research Publicador: International Association for Media and Communication Research
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
Discourses and techniques about the relationship between science and the public have remarkably developed in the past four decades. Science communication has become an important issue for the scientific governance. Public confidence in science, decision-making and support to democracy have changed the predominance of a top-down communication model, from scientists to public, to a more participative one – the Public Engagement with Science (PES). The Institute of Bioethics at Portuguese Catholic University, in Oporto, is doing research in the role of science in society issues and the aim of this paper is to discuss the relevance of Bioethics to improve PES. The bioethical issues seem to draw people?s attention to certain scientific facts, confronting them with the consequences of science and improving their skills in deliberating on scientific issues. Moreover, ethics influences the way one understands public engagement, „scientific citizenship? or „science governance?. The role of ethics is not to re-edit the old fashionable deficit perspective which usually focuses on the impact of science and technology from the perspective of non-experts. Ethics is a theoretical and practical reference for changing the science-making in the near future...

Transplants: bioethics and justice

Cohen,Claudio; Meirelles,José Ricardo
Fonte: Faculdade de Medicina / Universidade de São Paulo - FM/USP Publicador: Faculdade de Medicina / Universidade de São Paulo - FM/USP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
Bioethics, as a branch of philosophy that focuses on questions relative to health and human life, is closely tied to the idea of justice and equality. As such, in understanding the concept of equality in its original sense, that is, in associating it to the idea to treat "unequals" (those who are unequal or different, in terms of conditions or circumstances) unequally (differentially), in proportion to their inequalities (differences), we see that the so-called "one-and-only waiting list" for transplants established in law no. 9.434/97, ends up not addressing the concept of equality and justice, bearing upon bioethics, even when considering the objective criteria of precedence established in regulation no. 9.4347/98, Thus, the organizing of transplants on a one-and-only waiting list, with a few exceptions that are weakly applicable, without a case by case technical and grounded analysis, according to each particular necessity, ends up institutionalizing inequalities, condemning patients to happenstance and, consequently, departs from the ratio legis, which aims at seeking the greatest application of justice in regards to organ transplants. We conclude, therefore, that from an analysis of the legislation and of the principles of bioethics and justice...

The attitudes of nurses from an intensive care unit in the face of errors: an approach in light of bioethics

Coli,Rita de Cássia Pires; Anjos,Marcio Fabri dos; Pereira,Luciane Lucio
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.32%
This study analyzed the attitudes of nurses concerning the occurrence of errors in nursing procedures carried out in an Intensive Care Unit (ICU) based on the bioethics framework. This descriptive study with qualitative approach was carried out with 14 nurses from a private hospital in the city of São Paulo, Brazil. Results were analyzed according to Bardin?s proposal of content analysis. The resulting themes were: acknowledging one?s fallibility; acknowledging and reporting errors; hiding errors. The nurses? reports are based on considerations through the lens of bioethics: taking responsibility for an error implies acknowledging one?s own vulnerabilities; acknowledging an error with responsibility implies ethical conditions in the relationships among those involved; and errors are in the context of a particular environment. This study enables re-thinking nursing practice based on bioethics, resorting to the analysis of errors focusing on the relationships between those involved.

Teaching of bioethics in dental graduate programs in Brazil

Aires,Carolina Patrícia; Hugo,Fernando Neves; Rosalen,Pedro Luiz; Marcondes,Fernanda Klein
Fonte: Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica - SBPqO Publicador: Sociedade Brasileira de Pesquisa Odontológica - SBPqO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
37.46%
In the field of human research, researchers are faced with unexpected moral dilemmas, as a result of the development of technologies applied to health. Due to the great importance of this issue, our objective was to evaluate bioethics instruction in the education of researchers in Brazilian graduate programs in dentistry. Eighty-seven graduate programs in dentistry, recognized by CAPES (Coordination for the Improvement of Higher Education Personnel) were evaluated in this study. Data were extracted independently by two researchers from the CAPES website, and from the websites of the graduate programs, directly or via links to the programs available at the CAPES website. Forty-eight out of 87 programs had an ethics/bioethics course as part of their curricula. Of the graduation programs graded 5, 6 or 7 by CAPES, 38% included bioethics courses, while 62% of the programs graded 3 or 4 by CAPES had bioethics courses as part of their curricula. These findings are an alert to those involved in dental research education, as they showed that, although resolution 196/96 by the National Council of Health regulating human research in Brazil was published ten years ago, bioethics instruction in Brazilian graduate programs in dentistry is still at an incipient stage. This situation indicates a need for ethics pedagogy in the education of young researchers.

Setting the agenda for urban bioethics

Blustein, Jeffrey
Fonte: Springer-Verlag Publicador: Springer-Verlag
Tipo: text
Publicado em /03/2001 Português
Relevância na Pesquisa
37.5%
Urban bioethics has two goals. First, it aims to focus attention on neglected bioethical problems that have particular salience in urban settings. Three problems are highlighted: socioeconomic inequality as a major determinant of health inequality, the foundations of an ethic for public health, and the impact of social context on the therapeutic alliance between patients and physicians. Second, urban bioethics serves as a vehicle for raising deep theoretical and methodological questions about the dominant assumptions and approaches of contemporary bioethics. Demands for cultural sensitivity, so pronounced in the urban context, compel us to reexamine the central commitment in bioethics to personal autonomy. The multiculturalism of urban life also argues for a dialogic approach to bioethical problem solving rather than the monologic approach that characterizes most bioethical thinking. Although my brief for redirecting bioethics will resonate with many critics who do not consider themselves urban bioethicsts, I argue that there are special advantages in using urban bioethics to expose the limitations of contemporary bioethical paradigms.

A DUE PROCESS FOR BIOETHICS

Lee, Susan S.
Tipo: paper (for course/seminar/workshop)
Português
Relevância na Pesquisa
37.21%
With the sequencing of the human genome, biomedical science has entered what is likely to be an era of remarkable progress. This progress will bring tremendous improvements to human life, but it also raises difficult ethical questions. Many of these questions are ones on which reasonable people can, and do, differ. The public outcry over recent events, from the cloning of Dolly the sheep to the debate over embryonic stem cell research, demonstrates how divisive bioethical issues can be. As biotechnology continues to advance at a rapid pace, the need to address bioethical issues in a proactive, thoughtful way is more urgent than ever before. This paper proposes a permanent government institution, called the Agency for the Genetic Technologies Community (AGTC), which would be dedicated to this purpose. It is designed to facilitate the formulation and implementation of consensus-based bioethics policies. Although regulating biotechnology will be very challenging, establishing a process for the development of bioethics policy is a critical first step toward doing so successfully.