Página 1 dos resultados de 630 itens digitais encontrados em 0.049 segundos

Imunofenótipo e evolução de câncer de mama: comparação entre mulheres muito jovens e mulheres na pós-menopausa; Immunophenotype and evolution of breast carcinomas: a comparison between very young and postmenopausal women

DUTRA, Mara Costa; REZENDE, Marina Alvarenga; ANDRADE, Victor Piana de; SOARES, Fernando Augusto; RIBEIRO, Márcio Ventura; PAULA, Élbio Cândido de; GOBBI, Helenice
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: article; editorial; publishedversion
Português
Relevância na Pesquisa
46.3%
OBJETIVO: avaliar características clínicas, patológicas e moleculares de carcinomas mamários em mulheres muito jovens em comparação a tumores de mulheres na pós-menopausa. MÉTODOS: foram selecionados 106 casos de câncer de mama de mulheres jovens e 130 casos de mulheres pós-menopausa. Foram analisados dados clínicos (idade ao diagnóstico, estadiamento, ocorrência de metástases, tempo de sobrevida global e livre de doença), anátomo-patológicos (tamanho do tumor, tipo e grau histológico do tumor primário) e marcadores moleculares (receptores de estrógeno e progesterona, HER2, p53, p63, citoqueratinas 5 e 14 e EGFR) com uso da imunoistoquímica empregando microarranjo de tecido. Foi analisada a relação entre as características clínico-patológicas, imunoistoquímicas e de sobrevidas global e livre de doença. RESULTADOS: as pacientes muito jovens apresentaram maior frequência de nuliparidade (p=0,03), maior diâmetro dos tumores (p; PURPOSE: the objective of this study was to evaluate the clinical, pathological and molecular characteristics in very young women and postmenopausal women with breast cancer. METHODS: we selected 106 cases of breast cancer of very young women (; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); (FAPEMIG) Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Minas Gerais; Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)

DNA plasmático e urinário em pacientes com câncer de mama - possibilidade de um novo marcador de instabilidade genética tumoral induzida por quimioterapia; Plasmatic and Urinary DNA in patients with breast cancer - possibility of a new tumoral genomic instability marker induced by chemotherapy

Pinto, Jorge Luiz Freire
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.3%
O câncer de mama é a neoplasia com maior mortalidade entre as mulheres. O emprego de agentes alquilantes no tratamento desta neoplasia pode ocasionar o surgimento de instabilidades genômicas. Tais instabilidades podem estar associadas ao desenvolvimento de neoplasias secundárias como, por exemplo, leucemias. A presente tese avaliou a instabilidade de microssatélites em amostras de sangue, sedimento urinário e plasma de pacientes portadoras de carcinoma mamário ao diagnóstico, 3 e 6 meses após o início do tratamento quimioterápico. Também foi avaliada a concentração do DNA plasmático livre como possível marcador tumoral junto aos marcadores séricos CEA e CA15.3, empregados no acompanhamento do câncer de mama. Foram avaliadas as regiões de microssatélites: Tp53-ALU, Tp53.PCR15.1, BAT 40, BAT26, FMR2 e APC. Entre as 40 pacientes incluídas no presente estudo 88,57% apresentaram instabilidade de microssatélites na fração mononuclear do sangue periférico, 85,8% nas amostras de sedimento urinário e 62,5% no DNA plasmático livre. Não houve concordância significativa entre as instabilidades encontradas nos três tipos de amostra. A concentração de DNA plasmático livre das pacientes quando comparada às doadoras sadias apresentou correlação estatisticamente significativa (p>0...

Impacto da mamoplastia redutora contralateral, em pacientes com câncer de mama, na detecção de carcinoma oculto sincrônico e diminuição no risco de carcinoma metacrônico; Impact of the contralateral and reduction mammoplasty in patients with breast cancer, detection of occult and synchronistical carcinoma and reduction of the risk of the metachronic carcinoma

Ricci, Marcos Desiderio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2005 Português
Relevância na Pesquisa
46.35%
INTRODUÇÃO: O principal fator de risco para câncer de mama é o antecedente pessoal de câncer na mama contralateral. A mamoplastia redutora de finalidade estética, tem sido implicada com redução no risco para câncer de mama. A mamoplastia redutora contralateral de simetrização, em pacientes operadas por câncer, contribui no diagnóstico de lesões precursoras e carcinoma oculto. OBJETIVOS: Determinar a ocorrência de lesões precursoras e carcinoma oculto de mama, em pacientes submetidas a mamoplastia redutora de simetrização. Comparar estas pacientes, com um grupo controle de pacientes não submetidas a tal cirurgia, analisando o tempo de início da terapia adjuvante quimioterapia ou radioterapia -, tempo livre de doença e sobrevida total, taxa de ocorrência e fatores relacionados com o câncer metacrônico. MÉTODOS: Estudaram-se 249 mulheres com diagnóstico de carcinoma invasivo de mama não metastático, divididas em dois grupos. O grupo estudo, constituído por 114 mulheres submetidas a mamoplastia redutora contralateral, e o grupo controle, constituído por 135 pacientes não submetidas a esta cirurgia. Foram excluídas do estudo todas as pacientes que apresentaram lesões suspeitas na mama oposta, bem como aquelas com antecedente de mamoplastia redutora. RESULTADOS: As pacientes submetidas a mamoplastia redutora de simetrização tiveram diagnóstico de carcinoma invasivo oculto sincrônico em 1...

Influência do microambiente no prognóstico do câncer da mama; Influence of the microenvironment on breast cancer prognosis

Makdissi, Fabiana Baroni Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.34%
Introdução: Os cânceres de mama subtipos Luminal A e B (HER2 negativo) podem apresentar prognóstico variável, a depender do índice de proliferação, avaliado pelo Ki67. As células malignas e as células estromais adjacentes (fibroblastos e células de resposta imune ) podem interagir tanto pelo contato célula a célula como por fatores secretados por elas, ambas influenciando no comportamento tumoral. Já foi demonstrado que as células estromais podem aumentar a proliferação das células do câncer da mama. Objetivo: Nosso objetivo foi avaliar o perfil de expressão gênica de células do estroma em câncer de mama luminal A e luminal B e analisar se este se correlaciona com o prognóstico da doença. Pacientes e Métodos/ Resultados: Amostras de tumores de 11 pacientes na pós menopausa foram analisadas, todas elas HER2 negativas. A expressão de Ki67 foi = 30 % em outras 6 amostras(Luminal B ). Células estromais foram microdissecadas para a extração de RNA, que posteriormente foi hibridizado na plataforma de microarray Agilent G485 -1A GE 8x60K. Após a normalização, 50 % dos genes com a maior variância foram selecionados para análise por SAM duas classes desemparelhado (software TMEV ) e aceitando FDR 14.1%, 35 sequências foram identificadas como diferencialmente expressas...

Pesquisa de instabilidade gênica induzida por quimioterapia antineoplásica nas células mononucleares do sangue periférico de mulheres com câncer de mama; Systemic chemotherapy induces microsatellite instability in the peripheral blood mononuclear cells of breast cancer patients

Fonseca, Fernando Luiz Affonso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/06/2005 Português
Relevância na Pesquisa
46.34%
O tratamento sistêmico é extremamente importante na abordagem clínica do câncer de mama. O presente estudo teve a finalidade de avaliar se a quimioterapia sistêmica é capaz de produzir instabilidade genética representada por instabilidade de microssatélites (MSI) e perda de heterozigosidade (LOH) na fração mononuclear do sangue periférico de pacientes portadoras de câncer de mama. Foram estudadas 119 amostras de sangue, obtidas seqüencialmente antes, durante e após a quimioterapia. Das 30 pacientes avaliadas, 27 apresentaram MSI em pelo menos uma das amostras estudadas e 6 desenvolveram LOH. Uma importante correlação foi obtida entre o número de eventos de MSI por amostra e quimioterápicos com agentes alquilantes (p < 0,0001). Entretanto, quando as amostras foram de pacientes em radioterapia, observou-se um menor número de eventos de MSI por amostra (p=0,038). Concluímos que o tratamento sistêmico pode induzir MSI e LOH em células mononucleares do sangue periférico de pacientes em tratamento quimioterápico com agentes alquilantes; Systemic chemotherapy is an important part of treatment for breast cancer. We conduced the present study to evaluate whether systemic chemotherapy could produce microsatellite instability (MSI) in the peripheral blood mononuclear cell fraction of breast cancer patients. We studied 119 sequential blood samples from 30 previously untreated breast cancer patients before...

Avaliação comparativa da morbidade e funcionalidade do membro superior em mulheres submetidas à linfadenectomia axilar total e biópsia de linfonodo sentinela por câncer de mama; Evaluation of the morbidity and function in women underwent axillary lymph node dissection or sentinel lymph node biopsy for breast cancer

Magaldi, Cristiane Milani
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/03/2005 Português
Relevância na Pesquisa
46.32%
Objetivos: Este trabalho objetivou avaliar e comparar a incidência de linfedema, dor, restrição na amplitude de movimento e déficit sensorial 1 dia, 15 dias, 3 meses, 6 meses e 18 meses no membro superior homolateral, após linfadenectomia axilar total (LAT) e biópsia de linfonodo sentinela (BLS) para tratamento do câncer de mama. MÉTODOS: Neste estudo incluiu-se pacientes que realizaram ressecção segmentar de mama e LAT ou BLS. As pacientes foram avaliadas entre Dezembro de 2003 e Dezembro de 2004 e foram constituídos por dois grupos, o grupo A (n=100) foi formado por casos submetidos à LAT e o Grupo B, por casos submetidos à BLS (n=50). As pacientes foram analisadas através de questionário com respostas afirmativas e negativas, onde foram incluídas questões avaliando os sintomas de linfedema, dor, restrição da amplitude de movimento e déficit sensorial 1 dia (n=30), 15 dias (n=30), 6 meses (n=30) e 18 meses (n=30), após o procedimento cirúrgico. Além disto efetuou-se avaliação fisioterapêutica na qual foi realizada perimetria de membros superiores, mensuração da amplitude de movimento através da goniometria, os testes de sensibilidade cutânea através dos monofilamentos de Semmes-Weinstein e teste eletrodiagnóstico...

Caracterização da expressão de microRNAS em carcinoma de mama triplo negativo; Characterization of the expression of microRNAs in triple negative breast carcinoma

Calvano Filho, Carlos Marino Cabral
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.54%
INTRODUÇÃO: Os microRNAs (miRNAs) são uma classe de pequenas moléculas não codificadoras de proteínas que regulam a expressão gênica durante a etapa de tradução. Esta regulação é feita pelo pareamento de bases com o mRNA-alvo (RNA mensageiro), resultando na supressão da tradução ou na clivagem do mRNA. A depender se os miRNAs têm como alvo genes supressores de tumor ou oncogenes, eles podem atuar como supressores tumorais ou oncogenes. A imunoistoquímica triplo negativa, no câncer de mama, é, comumente, utilizada como substituto clínico para identificação dos tumores basaloides, que se caracterizam pela expressão de genes epiteliais basais, sendo associados a menores taxas de sobrevida livre de doença e sobrevida global. O câncer de mama triplo negativo faz com que seja necessária a descoberta de marcadores moleculares que possam servir de alvos terapêuticos ou, pelo menos, que sirvam como marcadores preditivos da resposta aos quimioterápicos. OBJETIVO: avaliar a expressão de microRNAs, por PCR em tempo real, no carcinoma mamário ductal invasivo (CDI) triplo negativo. MÉTODOS: Foram avaliados materiais em parafina de tumor de 31 pacientes com as seguintes características: carcinoma invasivo de mama...

O uso longitudinal da avaliação geriátrica ampla em um centro oncológico no Brasil: estudo piloto em  portadores de câncer de mama; The longitudinal use of geriatric assessment in an oncology center in Brazil : a pilot study in patients with breast cancer

Karnakis, Theodora
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 24/02/2015 Português
Relevância na Pesquisa
46.32%
Introdução: O Câncer e o envelhecimento estão integralmente relacionados e evidenciam um inexorável aumento nos países desenvolvidos e em desenvolvimento. No Brasil o câncer de mama é o mais frequente nas mulheres com aumento de sua incidência e mortalidade na população idosa. A avaliação Geriátrica Ampla (AGA) é instrumento seguro e utilizado por geriatras, para estratificar os idosos entre diferentes níveis de fragilidades e tem por objetivo determinar as deficiências e incapacidades para um planejamento individual do cuidado. Objetivos : Avaliar a utilidade da AGA e sua aplicabilidade como instrumento de monitoramento longitudinal em mulheres idosas portadoras de câncer de mama no Brasil. Material e métodos: Estudo coorte, prospectivo, quasi experimental em mulheres idosas, com >= 60 anos, provindas do sistema público de saúde, recém diagnosticadas do câncer de mama e que iriam iniciar tratamento oncológico. As pacientes foram seguidas por dois anos e avaliadas pelos parâmetros da AGA: Escala de Comorbidades de Charlson; Atividades básica de vida diária (ABVD); Atividades Instrumentais de Vida Diária (AIVD); Mini Exame do Estado Mental (MEEM) ; Escala de Depressão Geriátrica (GDS-15); Mini Avaliação Nutricional (MAN) e pela Escala de Sintomas de Edmonton ao diagnóstico e a cada 4 meses no primeiro ano e após 2 anos do diagnóstico. Resultados: 20 idosas de idade média 70...

CHEK2 1100delC germline mutation : a frequency study in hereditary breast and colon cancer Brazilian families; Mutação germinativa 1100delC no gene CHEK2 : estudo da frequência em famílias brasileiras com câncer de mama e cólon hereditários

Abud, Jamile; Prolla, João Carlos; Rossi, Cristina; Palmero, Edenir Inêz; Vargas, Fernando Regla; Nunes, Luciana Neves; Achatz, Maria Isabel Alves de Souza Waddington; Moreira, Miguel Angelo Martins; Prolla, Patrícia Ashton; Izetti, Patricia; Cossio, S
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.35%
Introdução - CHEK2 codifica uma proteína quinase envolvida em um ponto de checagem do ciclo celular que desempenha um papel importante na via de reparação do DNA, danos ativados principalmente por ATM (Ataxia Telangiectasia Mutado) em resposta a danos na dupla hélice do DNA. A mutação germinativa 1100delC no gene CHEK2 tem sido descrita como um alelo de baixa penetrância em um número significativo de famílias com câncer de mama e cólon em certos países e também está associada com risco aumentado de câncer de mama contralateral em mulheres previamente afetadas pela doença. Cerca de 5%-10% de todos os cânceres de mama e colorretais estão associados a predisposição hereditária e o seu reconhecimento é de grande importância para o aconselhamento genético e gestão do risco de câncer. Objetivos - Neste estudo foi avaliada a frequência da mutação germinativa 1100delC no gene CHEK2 em 59 diferentes indivíduos brasileiros com critérios clínicos para a síndrome de câncer de mama e cólon hereditários. Método - Utilizamos como estratégia a realização do PCR de longo alcance seguido de sequenciamento. Resultados - A mutação 1100delC foi encontrada em um indivíduo (1,7%), indicando que esta mutação germinativa não é comumente encontrada em famílias brasileiras com múltiplos diagnósticos de câncer de mama e câncer colorretal. Conclusão - Estes resultados devem ser confirmados em uma série maior de famílias...

Cytogenetic evaluation of 20 primary breast carcinomas

Cavalli, L. R.; Cavaliéri, L. M B; Ribeiro, L. A.; Cavalli, I. J.; Silveira, R.; Rogatto, Silvia Regina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 261-268
Português
Relevância na Pesquisa
46.45%
Chromosome analysis was performed on samples from 20 Brazilian patients with breast cancer. All the samples were from untreated patients who presented the clinical symptoms for months or years before surgical intervention. Six cases showed axillary lymph node metastases. Clonal chromosome abnormalities were detected in all cases. The numerical alterations most frequently observed involved the loss of chromosomes X, 19, 20, and 22 followed by gain of chromosomes 9 and 8. Among the structural anomalies observed, there was preferential involvement of chromosomes 11, 6, 1, 7, 3, and 12, supporting previous reports that these chromosomes may harbour genes of importance in the development of breast tumors. Two cases with a family history of breast cancer had in common total or partial trisomy 1.

Carcinogênese mamária experimental induzida pelo 7, 12, dimetilbenz (A) antraceno (DMBA) : caracterização histopatológica comparada e identificação imunoistoquímica de células-tronco neoplásicas (CTNs); Breast cancer neoplastic stem cells histology compared Sprague Dawley rats 7, 12 dimetilbenz (A) antracene

Philipi Coutinho de Souza
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.3%
O câncer de mama é a neoplasia maligna mais prevalente e a principal causa de óbito entre mulheres, no mundo. A despeito de avanços substanciais no entendimento da biologia da doença, nos métodos de detecção precoce, e em sua farmacoterapia, a sobrevida geral não se modificou significantemente nas últimas décadas. Portanto, pode se dizer que um dos deveres primordiais das Universidades Públicas engajadas com pesquisa básica e aplicadas consiste em contribuir para o desenvolvimento de novas estratégias de tratamento sistêmico desta neoplasia. Nesse contexto, um dos alvos estratégicos mais promissores no desenvolvimento de novos fármacos antineoplásicos é representado pela célula-tronco neoplásica (CTN). As CTNs têm sido associadas em inúmeros estudos à capacidade de algumas neoplasias malignas de resistir às principais modalidades terapêuticas antineoplásicas, especialmente à: radio-, quimio-, hormônio- e imunoterapias. Em resumo, na atualidade, a detecção de CTNs constitui uma ferramenta clínica bastante promissora enquanto alvo terapêutico, fator prognóstico e preditivo de resposta terapêutica. O objetivo deste trabalho foi descrever e discutir as potencialidades e limitações do modelo de carcinogênese mamária pelo DMBA...

Expressão de antígenos de células-tronco neoplásicas avaliada por imunoistoquímica em neoplasias malignas da mama humana : caracterização e possíveis aplicações clínicas; Immunohistochemistry evaluation of the neoplastic stem-cell antigen expression in human breast malignant neoplasms : characterization and possible clinical applications

Rodrigo Vismari de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.34%
O câncer de mama é a neoplasia maligna mais frequente no mundo. A hipótese da célula-tronco neoplásica (CTN) é um novo paradigma de carcinogênese. A imunoistoquímica (IHC) é um método de escolha para detecção de CTN em tecidos parafinizados, com as seguintes vantagens: (1) maior adaptação à rotina diagnóstica; (2) menor custo; (3) menor complexidade. Entretanto, há poucos estudos de marcadores imunoistoquímicos CTN na literatura, a maioria com poucos pacientes e resultados controversos. Um painel de marcadores imunoistoquímicos CTN foi usado em 74 casos de câncer mamário, os quais foram diagnosticados, tratados e acompanhados no UNACON- Poços de Caldas, de 2004 a 2006. Objetivos: (1) descrever quali e quantitativamente um amplo painel imunoistoquímico de anticorpos; (2) estabelecer associações entre marcadores CTN e fatores clínicos, patológicos e prognósticos / preditivos de resposta terapêutica; (3) estabelecer o impacto da expressão de marcadores CTN na sobrevida e recidiva tumoral; (4) estabelecer possíveis correlações intermarcadores. Métodos: Foram testados em cortes de TMA, obtidos a partir dos blocos de parafina originais contendo os tumores mamários, os seguintes anticorpos: CD34, c-kit, CD10...

Metastatic eyelid disease associated with primary breast carcinoma: case report

Fonseca Júnior,Nilson Lopes da; Lucci,Lucia Miriam Dumont; Cha,Sung Bok; Rossetti,Claudia; Rehder,José Ricardo Carvalho Lima
Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia Publicador: Conselho Brasileiro de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
46.3%
Metastasis confined to eyelids are rare, representing less than 1% of malignant eyelid lesions. More than 50% of all eyelid metastasis are reported to have the breast as the most common primary origin. Two cases of metastatic eyelid disease associated with primary breast carcinoma are described. These lesions were the first sign of metastatic systemic disease. Case 1: An 80-year old woman with no significant ophthalmological history complaining of a discrete painless lesion in the left upper eyelid. She had been diagnosed 10 years before as infiltrated ductal carcinoma of right mammary gland with no reference of metastatic disease. Case 2: A 77-year old woman who attends our ophthalmology service came complaining of a four-month history of a painless swelling and erythema of right lower eyelid. The past medical history was significant for infiltrated ductal carcinoma on right mammary gland 2 years before the ocular manifestation. Breast carcinoma is notorious for its presentation diversity. Metastatic disease should be considered as differential diagnosis of eyelid lesions. Although rare, these lesions can be an initial sign of systemic malignancy.

CHEK2 1100DELC germline mutation: a frequency study in hereditary breast and colon cancer Brazilian families

Abud,Jamile; Prolla,João Carlos
Fonte: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED Publicador: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.35%
CONTEXT: CHEK2 encodes a cell cycle checkpoint kinase that plays an important role in the DNA damage repair pathway, activated mainly by ATM (Ataxia Telangiectasia Mutated) in response to double-stranded DNA breaks. A germline mutation in CHEK2, 1100delC, has been described as a low penetrance allele in a significant number of families with breast and colorectal cancer in certain countries and is also associated with increased risk of contralateral breast cancer in women previously affected by the disease. About 5%-10% of all breast and colorectal cancers are associated with hereditary predisposition and its recognition is of great importance for genetic counseling and cancer risk management. OBJECTIVES: Here, we have assessed the frequency of the CHEK2 1100delC mutation in the germline of 59 unrelated Brazilian individuals with clinical criteria for the hereditary breast and colorectal cancer syndrome. METHODS: A long-range PCR strategy followed by gene sequencing was used. RESULTS: The 1100delC mutation was encountered in the germline of one (1.7%) individual in this high risk cohort. This indicates that the CHEK2 1100delC is not commonly encountered in Brazilian families with multiple diagnoses of breast and colorectal cancer. CONCLUSION: These results should be confirmed in a larger series of families and further testing should be undertaken to investigate the molecular mechanisms underlying the hereditary breast and colorectal cancer phenotype.

STUDY ON ADHERENCE TO CAPECITABINE AMONG PATIENTS WITH COLORECTAL CANCER AND METASTATIC BREAST CANCER

FIGUEIREDO JUNIOR,Adiel Goes de; FORONES,Nora Manoukian
Fonte: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED Publicador: Instituto Brasileiro de Estudos e Pesquisas de Gastroenterologia - IBEPEGE; Colégio Brasileiro de Cirurgia Digestiva - CBCD; Sociedade Brasileira de Motilidade Digestiva - SBMD; Federação Brasileira de Gastroenterologia - FBG; Sociedade Brasileira de Hepatologia - SBH; Sociedade Brasileira de Endoscopia Digestiva - SOBED
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.3%
Context Capecitabine, an oral drug, is as effective as traditional chemotherapy drugs. Objectives To investigate the adhesion to treatment with oral capecitabine in breast and colorectal cancer, and to determine any correlation with changes in patient’s quality of life. Methods Patients with colorectal cancer or breast cancer using capecitabine were included. The patients were asked to bring any medication left at the time of scheduled visits. The QLQ-C30 questionnaire was applied at the first visit and 8-12 weeks after treatment. Results Thirty patients were evaluated. Adherence was 88.3% for metastatic colon cancer, 90.4% for non-metastatic colon cancer, 94.3% for rectal cancer and 96.2% for metastatic breast cancer. No strong correlation between adherence and European Organisation for Research and Treatment of Cancer QLQ-C30 functional or symptom scale rates had been found. There was no statistically significant correlation between compliance and the functional and symptom scales of the questionnaire before and after chemotherapy, with the exception of dyspnea. Conclusions Although no absolute adherence to oral capecitabine treatment had been observed, the level of adherence was good. Health professionals therefore need a greater focus in the monitoring the involvement of patients with oral treatment regimens. Patients with lesser degrees of dyspnea had greater compliance.

Breast cancer in Mexican women: an epidemiological study with cervical cancer control

Tovar-Guzmán,Víctor; Hernández-Girón,Carlos; Lazcano-Ponce,Eduardo; Romieu,Isabelle; Hernández Avila,Mauricio
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2000 Português
Relevância na Pesquisa
46.43%
INTRODUCTION: In Mexico, breast cancer (BC) is one of the main causes of cancer deaths in women, with increasing incidence and mortality in recent years. Therefore, the aim of the study is identify possible risk factors related to BC. METHODS: An epidemiological study of hospital cases of BC and controls with cervical uterine cancer (CUCA) was carried out at eight third level concentration hospitals in Mexico City. The total of 353 incident cases of BC and 630 controls with CUCA were identified among women younger than 75 years who had been residents of the metropolitan area of Mexico City for at least one year. Diagnosis was confirmed histologically in both groups. Variables were analyzed according to biological and statistical plausibility criteria. Univariate, bivariate and multivariate analyses were carried out. Cases and controls were stratified according to the menopausal hormonal status (pre and post menopause). RESULTS: The factors associated with BC were: higher socioeconomic level (OR= 2.77; 95%CI = 1.77 - 4.35); early menarche (OR= 1.32; 95%CI= 0.88 - 2.00); old age at first pregnancy (>31 years: OR= 5.49; 95%CI= 2.16 - 13.98) and a family history of BC (OR= 4.76; 95% CI= 2.10 - 10.79). In contrast, an increase in the duration of the breastfeeding period was a protective factor (>25 months: OR= 0.38; 95%CI= 0.20 - 0.70). CONCLUSIONS: This study contributes to the identification of risk factors for BC described in the international literature...

Disparities in cervical and breast cancer mortality in Brazil

Girianelli,Vania Reis; Gamarra,Carmen Justina; Azevedo e Silva,Gulnar
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.34%
OBJECTIVE To analyze cervical and breast cancer mortality in Brazil according to socioeconomic and welfare indicators. METHODS Data on breast and cervical cancer mortality covering a 30-year period (1980-2010) were analyzed. The data were obtained from the National Mortality Database, population data from the Brazilian Institute of Geography and Statistics database, and socioeconomic and welfare information from the Institute of Applied Economic Research. Moving averages were calculated, disaggregated by capital city and municipality. The annual percent change in mortality rates was estimated by segmented linear regression using the joinpoint method. Pearson’s correlation coefficients were conducted between average mortality rate at the end of the three-year period and selected indicators in the state capital and each Brazilian state. RESULTS There was a decline in cervical cancer mortality rates throughout the period studied, except in municipalities outside of the capitals in the North and Northeast. There was a decrease in breast cancer mortality in the capitals from the end of the 1990s onwards. Favorable socioeconomic indicators were inversely correlated with cervical cancer mortality. A strong direct correlation was found with favorable indicators and an inverse correlation with fertility rate and breast cancer mortality in inner cities. CONCLUSIONS There is an ongoing dynamic process of increased risk of cervical and breast cancer and attenuation of mortality because of increased...

Polymorphisms of GSTM1 and GSTT1 genes in breast cancer susceptibility: a case-control study

Possuelo,Lia Gonçalves; Peraça,Camila Farias; Eisenhardt,Michelle Fraga; Dotto,Marcelo Luis; Cappelletti,Lucas; Foletto,Eliara; Valim,Andreia Rosane de Moura
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.36%
PURPOSE: This study aimed to evaluate the frequency of homozygous deletion of GSTM1 and GSTT1 genes and their combinations between patients with breast cancer and healthy individuals, associating them with disease susceptibility. METHODS: This is a case-control study in which 49 women diagnosed with breast cancer confirmed by pathological examination and 49 healthy women with no evidence of cancer and no prior family history of breast cancer were invited to participate. All of them answered a questionnaire with epidemiological data and were submitted to blood sample collection. Genomic DNA was extracted from blood, and genotyping was performed by polymerase chain reaction. Data were analyzed with SPSS 20.0. RESULTS: The frequency of null alleles for GSTM1 and GSTT1 was 58.8 and 61.7%, respectively, for patients with breast cancer, and 41.2 and 38.3%, respectively, in control patients. In homozygous deletion of the GSTM1 gene, a significantly higher frequency was found in the breast cancer cases. CONCLUSION: Breast cancer patients presented higher frequency of homozygous deletion of the GSTM1 gene compared with the control group.

Assessment of the contents related to screening on Portuguese language websites providing information on breast and prostate cancer

Ferreira,Daniel; Carreira,Helena; Silva,Susana; Lunet,Nuno
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.32%
The objective of this study was to assess the quality of the contents related to screening in a sample of websites providing information on breast and prostate cancer in the Portuguese language. The first 200 results of each cancer-specific Google search were considered. The accuracy of the screening contents was defined in accordance with the state of the art, and its readability was assessed. Most websites mentioned mammography as a method for breast cancer screening (80%), although only 28% referred to it as the only recommended method. Almost all websites mentioned PSA evaluation as a possible screening test, but correct information regarding its effectiveness was given in less than 10%. For both breast and prostate cancer screening contents, the potential for overdiagnosis and false positive results was seldom addressed, and the median readability index was approximately 70. There is ample margin for improving the quality of websites providing information on breast and prostate cancer in Portuguese.

Epidermoid carcinoma of the skin mimicking breast cancer

Melo Neto,Baltasar; Oliveira,Giuliano da Paz; Vieira,Sabas Carlos; Leal,Livio Rodrigues; Melo Junior,José Andrade de Carvalho; Vieira,Cyro Franklin
Fonte: Sociedade Brasileira de Dermatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Dermatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.42%
Nonmelanoma skin cancer is the most frequent cancer in the world. Squamous cell cancer often occurs in sun-exposed areas, such as the head and neck. When it involves the breast and ulce-rates, invading the glandular parenchyma, it may mimic breast cancer. Confirmation by means of histopathological examination, combined with clinical examination, is a critical instrument for the accuracy of the diagnosis. We report a case of an epidermoid carcinoma located on the breast skin, initially diagnosed as breast cancer.