Página 2 dos resultados de 30319 itens digitais encontrados em 0.042 segundos

Qualidade de vida e (in)capacidade funcional de adultos idosos portugueses

Portela, Catarina Isabel Mendes
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
O presente estudo teve como principal objectivo a determinação das relações existentes entre a qualidade de vida (QdV) e a (in)capacidade funcional, numa amostra de adultos idosos portugueses (N = 51). Adicionalmente, pretendeu-se analisar o impacto de outras variáveis na QdV e na funcionalidade dos sujeitos idosos, tais como a situação de vida, o funcionamento cognitivo, a sintomatologia depressiva, a percepção subjectiva de saúde e a idade. Os resultados desta investigação confirmaram a relação entre QdV e funcionalidade, sendo estatisticamente significativa a relação entre a faceta Participação Social do WHOQOL-OLD e o resultado global do IAFAI; assim como na faceta Autonomia, a qual manifestou alguma relação com a capacidade funcional, apesar de não ser significativa. Deste modo, concluímos que uma capacidade funcional comprometida manifesta-se negativamente na QdV, através do impacto na capacidade dos sujeitos para participarem em actividades de vida diária (AVD), especialmente na comunidade (Participação Social) e, também, de viverem de forma autónoma e tomarem decisões (Autonomia). Ainda, o presente estudo permitiu constatar que: a situação de vida permite diferenciar os sujeitos, em termos de QdV e de capacidade funcional (com os sujeitos institucionalizados a apresentar menor qualidade de vida e maior comprometimento da funcionalidade...

Quantificação de vitamina C e capacidade antioxidante de variedades cítricas; Quantification of vitamin C and antioxidant capacity of citrus varieties

COUTO, Meylene Aparecida Luzia; CANNIATTI-BRAZACA, Solange Guidolin
Fonte: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos Publicador: Sociedade Brasileira de Ciência e Tecnologia de Alimentos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
A pesquisa teve por objetivo avaliar a variação do teor de vitamina C em diferentes variedades de laranjas e tangerinas de significado comercial no Brasil, como também medir a capacidade antioxidante destes citros. Foram realizadas análises para avaliação do índice de maturação no suco dos citros, como pH, sólidos solúveis totais e acidez total titulável, e foram determinados os teores de vitamina C e capacidade antioxidante, sendo os dados comparados para verificar as diferenças pelo teste de Tukey (p < 0,05). As tangerinas apresentaram teores de vitamina C e capacidade antioxidante menores que as laranjas. Os teores de vitamina C variaram entre 21,47 e 84,03 mg ácido ascórbico.100 mL-1 de suco, apresentados, respectivamente, pela tangerina-murcote e laranja-natal. A tangerina-murcote também apresentou a menor capacidade antioxidante (12,78%) e a maior capacidade antioxidante foi da laranja-lima (66,24%). Conclui-se que as diferentes variedades de laranjas e tangerinas possuem variação significativa nas variáveis analisadas, sendo que as laranjas apresentaram os maiores teores de vitamina C e capacidade antioxidante.; The objective of this research was to evaluate the variation of vitamin C in different commercial varieties of oranges and tangerines in Brazil and to measure the antioxidant capacity of these citrus. The analyses done for the evaluation of the maturity index of the citrus juices were pH...

Método estruturado para aplicação das técnicas de aumento da capacidade de produção de recursos gargalo em células de manufatura; Structured method for the application of techniques to increase bottleneck resource production capacity in manufacturing cells

Martins Junior, José Carlos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
O propósito deste trabalho é estruturar uma sequência de aplicação de uma série de técnicas de aumento da capacidade de produção em um equipamento gargalo citadas na literatura. Esta sequência deverá ser colocada em prática para aumentar a capacidade de produção de linhas de fabricação em ambientes de manufatura enxuta. O trabalho foi desenvolvido através da análise das técnicas encontradas para aumento de capacidade de produção de equipamentos (Pesquisa Aplicada) e da estruturação de uma aplicação seqüencial das técnicas (Pesquisa-Ação). Esta sequência de aplicação é seguida até que a melhoria de capacidade de produção necessária seja atingida. A seqüência de aplicação desenvolvida foi aplicada em uma linha de arranjo celular numa empresa de autopeças. As metodologias de pesquisa utilizadas foram a pesquisa aplicada e pesquisa-ação. Foi possível observar que os assuntos que mais contribuíram para as bases deste trabalho foram a Teoria das Restrições e a Produção Enxuta, em particular o processo de focalização em cinco etapas da Teoria das Restrições. Foi possível identificar a necessidade de aumento da capacidade de produção tanto quando a capacidade é insuficiente para atendimento do cliente como quando uma estratégia de redução de custo impõe uma impossibilidade de atendimento à demanda do cliente. Futuros trabalhos podem explorar as diferentes incidências de aplicação de cada uma das técnicas apresentadas para cada tipo de equipamento. Tipos estes ligados à indústria...

Avaliação da capacidade para o trabalho e fadiga entre trabalhadores de enfermagem em um hospital de urgência e emergência na Amazônia Ocidental; Assessment of work ability and fatigue of nursing workers from an emergency hospital in Western Amazonia

Vasconcelos, Suleima Pedroza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
Introdução: o trabalho da equipe de enfermagem nas unidades hospitalares, voltado à assistência aos seres humanos, pode gerar desgastes e tensões de natureza diversa. Objetivo: analisar os fatores associados à capacidade inadequada para o trabalho e à percepção de alta fadiga entre trabalhadores de enfermagem. Método: estudo transversal desenvolvido com 272 trabalhadores pertencentes à equipe de enfermagem do Hospital de Urgência e Emergência de Rio Branco-Acre. Os dados foram coletados por meio de entrevistas utilizando os seguintes instrumentos: questionário sociodemográfico, condições de trabalho e estilo de vida; Índice de Capacidade para o Trabalho - ICT e Questionário de Percepção de Fadiga. Para análise dos fatores associados à capacidade para o trabalho e percepção de fadiga foi utilizada regressão de Poisson bivariada e múltipla. A análise múltipla seguiu um modelo conceitual considerando quatro níveis hierárquicos: fatores sociodemográficos, condições de trabalho, estilo de vida e morbidades referidas. Resultados: A média de idade da população foi de 41,7 anos e 82 por cento dos sujeitos eram do sexo feminino. Constatou-se que 69,5 por cento não praticavam atividade física, 16 por cento eram tabagistas e 15...

Análise dos métodos semi-empíricos utilizados para a estimativa da capacidade de carga de estacas pré-fabricadas com base em resultados de ensaios de carregamento dinâmico.; Analysis of semi-empirical methods used to estimate the load capacity of prefabricated piles based on results of dynamic load testing.

Cabette, Jean Felix
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
A fundação profunda tem como objetivo realizar a transferência das cargas provenientes da superestrutura ao solo, ou seja, deve-se considerar sempre a interação fundação-solo, para estimativa da capacidade de carga de suporte da estrutura. Segundo Avelino (2006) com o surgimento dos ensaios de carregamento dinâmico, o controle do estaqueamento de fundações profundas desenvolveu-se significativamente nos últimos vinte anos devido à facilidade na execução desses ensaios e seu relativo baixo custo. No Brasil, há um predomínio praticamente absoluto dos métodos CASE e CAPWAP. O trabalho tem por objetivo analisar o método semi-empírico que preveja com maior confiabilidade a capacidade de carga de estacas pré-fabricadas cravadas em região de solo mole. Para atingir este objetivo serão analisadas estacas de concreto protendido com seção transversal quadrada 230mmx230mm, utilizadas como fundação de habitações populares em uma obra promovida pela Companhia de Desenvolvimento Habitacional e Urbano do Estado de São Paulo (CDHU), na cidade de Cubatão, São Paulo. Neste trabalho serão apresentados os resultados de capacidade de carga das estacas determinados através da aplicação de alguns métodos consagrados, como o Decourt-Quaresma (1978) e Aoki-Velloso (1975)...

Capacidade de inovação organizacional : uma análise aplicada à indústria de transformação paulista

Facó, Júlio Francisco Blumetti
Tipo: thesis
Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
Esta pesquisa teve como objetivo principal explorar a influência da folga organizacional na capacidade de inovação em empresas de manufatura do Estado de São Paulo, em diversos segmentos da indústria de transformação. Fez parte deste objetivo testar, em um contexto de cadeia de valor, um modelo do papel da cooperação como driver da capacidade de inovar da empresa, e por fim, verificar a influência da capacidade de inovar no desempenho na empresa. Esta pesquisa fez uso de duas abordagens: uma quantitativa e outra qualitativa de maneira complementar. A pesquisa quantitativa foi realizada com a utilização da pesquisa de Sondagem das Necessidades de Inovação na Indústria Paulista (SNIIP) elaborada pela Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (FIESP). Compõe esta base 229 empresas do segmento de indústria de transformação paulista, de 24 setores industriais diferentes. Como ferramental metodológico para a abordagem quantitativa, utilizou-se a técnica estatística de regressão múltipla. Para a abordagem qualitativa, utilizou-se uma amostra de 9 empresas de porte médio e grande de diferentes setores da indústria de transformação paulista. Na pesquisa qualitativa fez-se uso do método de estudo de caso para complementar e aprofundar as análises do estudo quantitativo. Entre os principais resultados desta pesquisa observou-se que a influência da folga organizacional na capacidade de inovação da firma...

Utilização da gestão da capacidade e demanda na solução do trade-off entre utilização da capacidade e nível de serviço.

Colares, Erick Marcone Teles
Tipo: dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
Com a globalização e o consequente aumento da concorrência no mercado de commodities, cada vez mais se acirra a batalha de preços, o que traz rentabilidades cada vez menores. Como o diferencial entre produtos commodity é praticamente nulo, existem dois caminhos que podem ser trilhados pelas empresas para tentarem defender a rentabilidade - reduzir custos e criar diferenciação. A criação da diferenciação pode seguir o caminho de agregar serviço ao produto e/ou realizar o movimento de downstream, ou seja, avançar para os elos mais próximos do cliente final, podendo esse movimento também agregar serviço ao produto ou não. Esse movimento agregando serviço ao produto tem sido uma das soluções utilizadas pelas empresas de manufatura visto que, muitas vezes, no próximo elo da cadeia se encontra boa parte da rentabilidade dela e os clientes tem demandado cada vez mais serviço agregado ao produto, podendo assim concentrar-se no seu produto core. Porém, a definição de qualidade no serviço não é tão clara quanto nos produtos. É mais valiosa a percepção de qualidade pelo cliente que a qualidade propriamente dita. Uma das dimensões da qualidade no serviço que tem maior impacto nessa percepção segundo Chowdhary e Prakash (2007) é a confiabilidade. Ela é diretamente impactada negativamente pelo percentual de utilização da capacidade em que a empresa está operando...

Capacidade de trabalho e qualidade de vida em trabalhadores de indústria

Beltrame, Mara Rubia Silva
Tipo: dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
Este trabalho foi desenvolvido em uma empresa metalúrgica de porte médio de fabricação de embalagens metálicas, com objetivo de analisar a qualidade de vida e a capacidade de trabalho dos empregados de diversos setores de trabalho e de diferentes turnos. Trata-se de um estudo transversal de 119 trabalhadores, incluindo as áreas de administração, produção e segurança. Foi aplicado o questionário de Índice de Capacidade para o Trabalho (ICT), elaborado pelo Instituto de Saúde Ocupacional da Finlândia, e o WHOQOL- Bref, versão abreviada do WHOQOL-100, elaborado pela Organização Mundial de Saúde (OMS), para a qualidade de vida. Ambos são instrumentos de auto-avaliação e auto-aplicáveis. Utilizou-se também um questionário geral para obtenção de dados para caracterização da amostra. Como resultados, a população em estudo se caracteriza por apresentar idade média de 39,1 ± 10 anos e ser na maioria do sexo masculino (93,3%), praticam atividade física 62,2%. A distribuição dos trabalhadores por turnos foi de 71,4% no diurno e 28,6% no noturno, tendo o setor de produção o maior número, com 64,7% dos trabalhadores. Em termos de escolaridade, 42% dos trabalhadores estudados tinham o ensino fundamental 38...

Capacidade funcional, composição corporal e condições de saúde de idosos longevos

Santos, Vanessa Ribeiro dos
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: 131 f. : il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Ciências da Motricidade - IBRC; Introdução. A situação demográfica da sociedade atual revela que o aumento da expectativa de vida da população é crescente em todas as localidades mundial, com aumento mais expressivo no grupo de indivíduos com idade superior a 80 anos. O envelhecimento está associado à prevalência de doenças crônicas não transmissíveis (DCNT), mudanças na composição corporal e diminuição da capacidade funcional (CF). Objetivo. Sendo assim, o objetivo do presente estudo foi analisar a associação entre CF, composição corporal e condições de saúde de indivíduos com idade igual ou acima de 80 anos. Métodos. A amostra foi composta por 135 idosos, com 80 anos ou mais, residentes na área urbana de Presidente Prudente – SP. Foram feitas medidas antropométricas, avaliação da composição corporal pelo DEXA, análise sanguínea: colesterol total (CT) e frações (LDL e HDL), triglicérides (TG) e glicemia em jejum (GLI). A avaliação da CF foi realizada por meio dos testes de velocidade para caminhar, equilíbrio estático e força de membros inferiores presentes no questionário SABE. Os participantes também responderam ao questionário de morbidade referida resumido do Standard Health Questionnaire for Washington State (2005). As análises estatísticas foram realizadas pelo programa SPSS 17.0 e a significância estatística foi estabelecida em 5%. Resultados. Os homens com maior CF apresentaram maiores valores percentuais de massa magra (MM) (35...

Modelo tributário brasileiro e suas consequências na distribuição da carga tributária: a (não)concretização do princípio da capacidade contributiva

Nunes, Letícia Medeiros
Tipo: tccgrad Formato: 101 f.
Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Jurídicas. Direito.; Ao dispor que, sempre que possível, serão os impostos graduados com base na capacidade econômica do contribuinte, o artigo 145, parágrafo primeiro da Constituição Federal consagra o princípio da capacidade contributiva no ordenamento jurídico-tributário. Esse princípio, por seu turno, encontra-se intimamente relacionado aos da igualdade (artigos 5º, caput e 150, inciso II da Constituição) e da vedação ao uso de tributo com efeito confiscatório (artigo 150, inciso IV, também da Carta). A associação dos três postulados sinaliza a intenção do constituinte de resguardar o mínimo existencial de cada indivíduo e proporcionar uma tributação tanto mais gravosa quanto maior seja a capacidade econômica do contribuinte. Entretanto, a configuração do sistema tributário brasileiro evidencia a inobservância dos princípios mencionados, uma vez que, historicamente, a administração pública do País sempre privilegiou a tributação indireta sobre a produção e a circulação de bens e serviços em detrimento das incidências diretas sobre a renda e o patrimônio. Por não possibilitarem a aferição da capacidade econômica do contribuinte “de fato” - aquele que verdadeiramente arca com o valor do tributo incidente sobre o bem ou o serviço -...

Modelo tributário brasileiro e suas consequências na distribuição da carga tributária: a (não)concretização do princípio da capacidade contributiva

Nunes, Letícia Medeiros
Tipo: tccgrad Formato: 101 f.
Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro de Ciências Jurídicas. Direito.; Ao dispor que, sempre que possível, serão os impostos graduados com base na capacidade econômica do contribuinte, o artigo 145, parágrafo primeiro da Constituição Federal consagra o princípio da capacidade contributiva no ordenamento jurídico-tributário. Esse princípio, por seu turno, encontra-se intimamente relacionado aos da igualdade (artigos 5º, caput e 150, inciso II da Constituição) e da vedação ao uso de tributo com efeito confiscatório (artigo 150, inciso IV, também da Carta). A associação dos três postulados sinaliza a intenção do constituinte de resguardar o mínimo existencial de cada indivíduo e proporcionar uma tributação tanto mais gravosa quanto maior seja a capacidade econômica do contribuinte. Entretanto, a configuração do sistema tributário brasileiro evidencia a inobservância dos princípios mencionados, uma vez que, historicamente, a administração pública do País sempre privilegiou a tributação indireta sobre a produção e a circulação de bens e serviços em detrimento das incidências diretas sobre a renda e o patrimônio. Por não possibilitarem a aferição da capacidade econômica do contribuinte “de fato” - aquele que verdadeiramente arca com o valor do tributo incidente sobre o bem ou o serviço -...

Capacidade organizacional na gestão de voluntários: retrato do setor não lucrativo português

Ferreira, Patrícia Adriana Martins
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
Dissertação de mestrado em Gestão de Recursos Humanos; A gestão de voluntários nas Organizações sem Fins Lucrativos (OSFL) que recorrem a estes recursos valiosos encontra numerosos desafios e problemáticas. O estudo da capacitação das OSFL torna-se um assunto de primordial importância, uma vez que contribui para a questão da sustentabilidade destas organizações, possibilitando a perpetuação do importante trabalho que desenvolvem nas sociedades contemporâneas. O presente trabalho encontra pertinência ao investigar e relacionar a capacidade organizacional das OSFL portuguesas com a gestão de voluntários, procurando caracterizar a realidade portuguesa destas organizações. Através das respostas obtidas a um questionário online, construído para o efeito, foi possível chegar a algumas conclusões acerca do setor não lucrativo português e ainda realizar o pré-teste de um instrumento de avaliação da capacidade organizacional (Questionário de Capacidade Organizacional – QCO). Através do instrumento utilizado, apurou-se que: (1) o nível de capacidade organizacional das OSFL portuguesas da amostra é mediano; (2) o modelo global de capacidade organizacional (composto pelas suas quatro dimensões) influencia a gestão de voluntários em cerca de 30%; (3) a adoção de práticas de gestão de voluntários (PGV) é relativamente baixa...

Capacidade organizacional na gestão de voluntários: retrato do setor não lucrativo português

Ferreira, Patrícia Adriana Martins
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2015 Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
Dissertação de mestrado em Gestão de Recursos Humanos; A gestão de voluntários nas Organizações sem Fins Lucrativos (OSFL) que recorrem a estes recursos valiosos encontra numerosos desafios e problemáticas. O estudo da capacitação das OSFL torna-se um assunto de primordial importância, uma vez que contribui para a questão da sustentabilidade destas organizações, possibilitando a perpetuação do importante trabalho que desenvolvem nas sociedades contemporâneas. O presente trabalho encontra pertinência ao investigar e relacionar a capacidade organizacional das OSFL portuguesas com a gestão de voluntários, procurando caracterizar a realidade portuguesa destas organizações. Através das respostas obtidas a um questionário online, construído para o efeito, foi possível chegar a algumas conclusões acerca do setor não lucrativo português e ainda realizar o pré-teste de um instrumento de avaliação da capacidade organizacional (Questionário de Capacidade Organizacional – QCO). Através do instrumento utilizado, apurou-se que: (1) o nível de capacidade organizacional das OSFL portuguesas da amostra é mediano; (2) o modelo global de capacidade organizacional (composto pelas suas quatro dimensões) influencia a gestão de voluntários em cerca de 30%; (3) a adoção de práticas de gestão de voluntários (PGV) é relativamente baixa...

Avaliação da capacidade na rede ferroviária portuguesa

Ferreira, Ricardo José Teixeira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
Tendo em conta a escassez de combustíveis fósseis e o aumento do custo destes, torna-se importante o estudo e desenvolvimento de alternativas ao transporte rodoviário. O transporte ferroviário surge, assim, como uma possível opção. Esta dissertação apresenta os diferentes tipos de capacidade de uma rede ferroviária, os fatores que a influenciam e métodos de obtenção da mesma. Em relação aos métodos de obtenção da capacidade, esta dissertação foca-se especialmente no método UIC 406, que é sugerido pela União Internacional dos Caminhos de Ferro, sendo apresentada a metodologia e demonstrada através dos três estudos de caso efetuados (Linha do Norte entre Aveiro e Porto, Ramal do Porto de Aveiro e Linha do Vouga). Este estudo permitiu avaliar o grau de uso destas linhas e a sua capacidade para operar mais comboios com valores de pontualidade satisfatórios. Os estudos de caso têm também como objetivo a determinação dos troços mais congestionados das linhas estudadas. Com os resultados obtidos foi possivel concluir que a capacidade nas linhas analisadas não se encontram esgotadas, no entanto os troços Gaia – Granja e Granja – Ovar apresentam valores elevados de capacidade usada. Além do estudo da capacidade...

Análise da capacidade para o trabalho e dos fatores psicossociais em trabalhadores de serviços municipalizados e de controlo de tráfego

Cardoso, Catarina Lourenço
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
Mestrado em Ergonomia; O objetivo principal deste estudo foi compreender a relação entre a capacidade para o trabalho e a exposição a fatores de risco psicossociais. A amostra foi constituída por 288 trabalhadores, 186 de uma empresa municipal e 102 de uma empresa de controlo de tráfego. Para caracterizar a capacidade para o trabalho utilizou-se o Índice de Capacidade para o Trabalho (Fernandes da Silva et al., 2006), e na caracterização dos fatores de risco psicossociais foi utilizada a versão portuguesa do Copenhagen Psychosocial Questionnaire (Fernandes da Silva et al., 2012). A média da capacidade para o trabalho foi de 41,23 pontos (dp=5,048), o que correspondeu a uma “boa” capacidade para o trabalho, não se tendo verificado diferenças estatisticamente significativas entre as duas empresas. O ICT diminuiu com o avançar da idade, mas esta relação apenas se verificou na empresa municipal, não se tendo verificado no centro de controlo de tráfego. Os resultados do COPSOQ mostraram que para as subescalas em que o valor mais alto corresponde ao pior resultado, as “exigências cognitivas” e a “insegurança laboral” apresentaram valores críticos. Naquelas em que o valor mais baixo corresponde ao pior valor...

Capacidade de trabalho e factores psicossociais do sector de higiene pública com e sem acidentes de trabalho

Pereira, Ana Patrícia Dionísio
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
Mestrado em Ergonomia; A realização deste estudo surgiu com o objetivo principal de analisar as relações entre a Capacidade de Trabalho e os factores psicossociais do sector de Higiene Pública com e sem Acidentes de Trabalho. Numa amostra composta por 51 trabalhadores, de uma empresa municipal foi realizada a análise da capacidade de trabalho através do Índice de Capacidade de Trabalho (Fernandes da Silva et al., 2006), e foram analisados os factores psicossociais através da análise descritiva de todas as dimensões avaliadas na versão média portuguesa do Copenhagen Psychosocial Questionnaire (Fernandes da Silva et al., 2012). A média da capacidade para o trabalho foi de 42,88 (dp=4,64), o que correspondeu a uma “boa” capacidade para o trabalho. No presente estudo não se verificou uma correlação entre o ICT e a idade r=-0,65; p=0,51). Os resultados do COPSOQ, mostraram que nas subescalas em que o valor mais alto corresponde ao pior resultado, não existem identificadas subescalas com valores críticos. As subescalas com a melhor pontuação foram: “exigências quantitativas” (1,44); “ritmo de trabalho” (2,04); “exigências emocionais” (1,96); “conflitos de papéis laborais” (1,80); “confiança horizontal” (1...

Cálculo do limite superior para a capacidade discriminante de modelos preditivos baseados na informação disponível – variáveis dependentes dicotómicas

Melo, André Pestana Sampaio e
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em 06/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
Dissertação apresentada como requisito parcial para obtenção do grau de Mestre em Estatística e Gestão de Informação.; Quando se avalia o poder discriminante de um determinado modelo (com variável dependente dicotómica) recorrendo à curva ROC, é usual representar-se no mesmo gráfico o “Modelo perfeito” e o “Modelo aleatório” enquanto limites teóricos (superior e inferior) à capacidade discriminante. O presente trabalho propõe o cálculo de um limite superior complementar, derivado dos dados e conceptualmente distinto do obtido via o “Modelo perfeito”. Este novo limite designar-se-á “Capacidade discriminante dos dados” utilizados no desenvolvimento do(s) modelo(s) e encontra-se associado ao modelo Classificador Probabilista AP (Probabilistic a Posteriori Classifier). A utilidade desta abordagem passa por permitir, numa vertente mais prática, a estimação a priori (antes do trabalho exaustivo de modelação propriamente dito) da qualidade potencial dos dados para endereçar o problema de previsão em questão, bem como ajudar na rápida triagem das variáveis mais promissoras a incluir no futuro modelo preditivo a desenvolver. Numa vertente mais teórica, esta abordagem possibilita uma avaliação e uma comparação da capacidade efectiva que diferentes modelos preditivos apresentam na captura da capacidade discriminante encerrada nos dados. Complementa-se os resultados teóricos com ilustrações empíricas obtidas a partir do ajustamento de duas metodologias distintas - Regressão Logística e Redes Neuronais – a dados de um ficheiro contendo informação sobre o comportamento creditício de 46...

Capacidade para o trabalho em indivíduos com lesões músculo-esqueléticas crônicas

Walsh,IAP; Corral,S; Franco,RN; Canetti,EEF; Alem,MER; Coury,HJCG
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2004 Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
OBJETIVO: Avaliar o impacto de fatores pessoais, do trabalho e da lesão na capacidade funcional dos trabalhadores com e sem história de acometimento de lesões músculo-esqueléticas relacionadas ao trabalho, através da aplicação do índice de capacidade para o trabalho. MÉTODOS: Participaram do estudo 127 trabalhadores da linha de produção de uma empresa multinacional de porte médio. Foi aplicada uma tradução autorizada do índice de capacidade para o trabalho, um questionário elaborado pelo Instituto de Saúde Ocupacional da Finlândia, assim como uma escala de dor. Os resultados foram analisados descritivamente, por meio do teste qui-quadrado e pela análise de regressão logística. RESULTADOS: Todos os fatores pessoais, ocupacionais e clínicos analisados apresentaram relação significativa com a capacidade para o trabalho. A análise de regressão mostrou que as variáveis de dor e afastamentos, quando associadas, explicam 59% das ocorrências de baixa capacidade para o trabalho. CONCLUSÕES: Diferentes níveis de dor refletiram níveis também distintos e equivalentes de perda da capacidade para o trabalho, o que pode sugerir que os relatos de dor são consistentes. Ou, por outro lado, que ambos - dor e incapacidade - são baseados em auto-relatos e...

Avaliação da capacidade funcional dos trabalhadores de enfermagem

Raffone,Adriana Maisonnave; Hennington,Élida Azevedo
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
OBJETIVO: Avaliar a capacidade funcional dos trabalhadores de enfermagem de um complexo hospitalar e sua relação com características individuais e de trabalho. MÉTODOS: Estudo epidemiológico transversal com 885 indivíduos. Foi utilizado um questionário auto-aplicável padronizado para o cálculo do índice de capacidade para o trabalho, baseado em informações ocupacionais, de morbidade, dados demográficos e socioeconômicos. Obtiveram-se valores de odds ratio e seus respectivos intervalos de confiança de 95% pelo teste de qui-quadrado. As associações foram testadas por modelo de regressão logística múltipla obtendo-se medidas de odds ratio ajustadas. RESULTADOS: A população estudada foi composta principalmente por mulheres (87,3%), com idade entre 35 e 68 anos (média 43±6,3), exercendo as funções de auxiliares, técnicos e enfermeiros, distribuídos em sete hospitais que compõem o complexo hospitalar. A capacidade para o trabalho foi considerada boa em mais de 80% dos trabalhadores. As análises estatísticas mostraram que aqueles trabalhadores com maior escolaridade (OR: 0,4; IC: 0,2-1,0; p=0,05 e ORaj: 0,4; IC: 0,2-1,0; p=0,04) e que praticam algum tipo de esporte ou atividade física (OR: 0,5; IC: 0,3-0,9; p=0...

Envelhecimento e capacidade para o trabalho dos trabalhadores de higiene e limpeza hospitalar

Andrade,Cristiane Batista; Monteiro,Maria Inês
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.49%
As mudanças demográficas ocorridas no Brasil mostram um aumento da população que está envelhecendo e em idade produtiva. Estudo com trabalhadores do Serviço de Higiene e Limpeza de um hospital universitário, não terceirizado, teve por objetivo avaliar a capacidade para o trabalho. Foi utilizado o Índice de Capacidade para o Trabalho, instrumento auto-aplicável, desenvolvido por pesquisadores finlandeses. Foram entrevistados 69 trabalhadores: 21,7% tinham ótima capacidade para o trabalho; 31,9% boa; 31,9% moderada e 14,5%, baixa. As doenças com diagnóstico médico mais freqüentes foram as lesões por acidentes, músculo-esqueléticas e cardiovasculares. O grupo etário de 50 a 60 anos obteve menor Índice de Capacidade para o Trabalho e maior número de doenças, afetando, portanto, a capacidade para o trabalho. Sendo assim, há necessidade do desenvolvimento de programas de promoção à saúde, tendo em vista a recuperação e manutenção da capacidade para o trabalho.