Página 1 dos resultados de 227 itens digitais encontrados em 0.162 segundos

A dinâmica de colaboração de um grupo de professores de educação básica e pesquisadores acadêmicos: um projeto piloto para a formação de professores pesquisadores; Dynamics of the collaboration of a group of teachers of basic education and academic researchers: a pilot project to train teachers as researchers

Malachias, Maria Elena Infante; Yoshitake, Ana Maria Akemi de Faria; Fejes, Marcela; Fejes, Marcela
Fonte: Feira de Santana Publicador: Feira de Santana
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
65.65%
O significado educativo da atual sociedade da informação e do conhecimento põe os profissionais da educação diante de grandes desafios, não apenas relacionados com a competência disciplinar e pedagógica, mas também diante da necessidade de colaborar com seus pares e estudantes, de preferência em um ambiente que propicie o diálogo e a pesquisa. No entanto, a formação que valorize a indagação e a pesquisa está longe da realidade de muitos destes profissionais. Para que o professor possa mudar com maior autonomia a sua prática, se requer que a cultura docente onde ele está inserido também mude, e que sejam promovidas e valorizadas experiências formativas não apenas no âmbito disciplinar, mas também aquelas que favoreçam o desenvolvimento de outras competências. Nesta perspectiva, experiências formativas que se preocupem com a reflexão e com a formação do professor pesquisador têm sido pouco exploradas. Igualmente, são ainda pouco frequentes no Brasil as experiências de colaboração entre professores pesquisadores acadêmicos e docentes da educação básica para a investigação das questões que se apresentam como objeto de estudo e inquietação a ambos os grupos de educadores. Neste artigo, se relata a experiência de criação de um projeto piloto de formação de professores pesquisadores desenvolvido pelo Núcleo de Educação e Divulgação (NED) do Cepema (Centro de Capacitação e Pesquisa em Meio Ambiente) da Universidade de São Paulo...

Propriedades fotoquímicas dos fotossensibilizadores cristais violeta e azul de metileno em sistemas microheterogêneos e em células cancerosas em cultura; Photochemical properties of the photosensitizers crystal violet and methylene blue in microheterogeneous systems and cancerous cells in culture

Oliveira, Carla Santos de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 20/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
65.87%
As propriedades fotofísicas e fotoquímicas de cristal violeta (CV) foram investigadas em soluções isotrópicas e verificou-se que solventes com constante dielétrica pequena favorecem a formação do par iônico, já o aumento na viscosidade do meio restringe a movimentação rotacional dos anéis aromáticos, resultando em um aumento no tempo de vida de fluorescência e, portanto no rendimento quântico de fluorescência (?f) (Oliveira 2002). Os experimentos com CV foram conduzidos em micelas reversas do tensoativo aniônico bis-2-etilhexil sulfoccinato de sódio (AOT) em isooctano. A localização interfacial do CV nas micelas reversas de AOT em valores da razão molar entre água e surfactante (W0)pequenos e grandes foram encontrados através da técnica de Ressonância Magnética Nuclear (RMN) de próton e de carbono 13. Utilizando-se espectroscopia UV-Vis identificou-se que pares iônicos de contato estão presentes a valores pequenos de W0 e com o aumento do W0 pares iônicos separados por solventes são as espécies que predominam em solução. A comparação da eficiência de fotodegradação de CV em micelas reversas de AOT em função do W0 indicou que a fotoreatividade é maior em baixos valores de W0 . Este efeito deve estar relacionado à restrição da movimentação dos anéis aromáticos de CV devido ao ambiente restrito no qual este se localiza na micela reversa de OAT a W0 pequenos. A formação de intermediários reativos foi verificada através de Fotólise de Relâmpago a Laser e Emissão no infra-vermelho próximo...

Narrativas infantis: estudo da agência da criança no contexto de uma creche universitária; Children´s narratives: a study of child´s agency in the context of a nursery school within a university.

Melo, Ceciana Fonseca Veloso de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/08/2010 Português
Relevância na Pesquisa
65.78%
Esta dissertação de mestrado tem por objeto de estudo as narrativas de crianças de 4 anos, de um agrupamento de creche universitária, com Projeto Político Pedagógico que se aproxima de propostas da chamada pedagogia da participação: reconhecendo na ação comunitária (que inclui a agência da criança) a força do processo educativo. Segundo as perspectivas de John Dewey, um dos pioneiros da educação nova ou progressiva, a Filosofia da Experiência é capaz de orientar as práticas pedagógicas não transmissivas, revisando e ressignificando os saberes constituídos. Desde Rousseau, no século XVIII, até os dias atuais, buscam-se novos caminhos para a educação de crianças, reconhecendo sua especificidade e seus direitos à participação em questões que lhes afetam. Para atingir os objetivos de uma educação de qualidade para a primeira infância, deve-se romper com as históricas tendências escolarizantes das propostas pedagógicas e considerar a cultura infantil em sua diversidade, tendo nas brincadeiras simbólicas seu eixo norteador. As teorizações do psicólogo contemporâneo Jerome Bruner, sobre a competência linguísticas das crianças e a capacidade de perceber e construir significados culturais fazem das narrativas infantis uma ferramenta para a pedagogia da participação. Adotou-se a investigação empírica para o registro de narrativas de crianças em instituição de educação infantil...

Suscetibilidade para a cultura de consumo global sob a ótica de marcas globais: um estudo de características comuns entre culturas baseado na teoria clássica e na teoria de resposta ao item; Susceptibility to global consumer culture under the perspective of global brands: a study of common features based between cultures in classical theory and theory of response to item

Merino, Martin Nelson Hernani
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
75.84%
Mais da metade da população no mundo vive em povoados e cidades. Estes lugares correspondem àqueles que têm sido imediata e diretamente influenciados pela globalização. Nesse cenário, muitas empresas multinacionais estão alterando seus portfólios de marcas em favor de marcas globais; essa situação faz com que surja o conceito de cultura de consumo global - conjunto de símbolos relacionados ao consumo e comportamentos que são comumente entendidos, mas não, necessariamente, compartilhados pelos consumidores e negócios ao redor do mundo. Isso dependeria da suscetibilidade para a cultura de consumo global (SCCG), uma característica ou traço latente dos consumidores que varia através dos indivíduos e é refletido no desejo dos consumidores ou tendências para a aquisição e uso de marcas globais. Esse traço, pela literatura revisada, compreenderia a conformidade com a tendência de consumo global, percepção de qualidade, prestígio social, responsabilidade social, credibilidade de marca, risco percebido e custo de informação armazenada. É nesse contexto, portanto, que se insere a presente tese, ao caracterizar e verificar o impacto dos traços latentes da suscetibilidade para a cultura de consumo global (SCCG) de consumidores em distintas culturas (países) na aquisição de marcas globais. A pesquisa empírica consistiu de um survey com uso de questionário pela Internet...

Variabilidade genética em isolados de Curtobacterium flaccumfaciens

Souza, Valmir Luiz de; Maringoni, Antonio Carlos; Krause-Sakate, Renate
Fonte: Grupo Paulista de Fitopatologia Publicador: Grupo Paulista de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 170-176
Português
Relevância na Pesquisa
55.86%
A cultura do feijoeiro está sujeita à incidência de várias doenças que acarretam perdas significativas na produção, dentre as quais encontra-se a murcha-de-curtobacterium ou murcha bacteriana, causada por Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens (Cff). Atualmente a murcha-de-curtobacterium tem se constituído em um novo problema para a cultura do feijoeiro em várias regiões brasileiras. A resistência genética tem sido o meio mais eficiente no controle da doença, porém a possibilidade da existência de variabilidade genética presente em isolados de Cff, pode ser uma conseqüência maléfica ao melhoramento visando a obtenção de cultivares de feijoeiro resistentes, especialmente na estabilidade e durabilidade da resistência. Neste sentido, o presente trabalho teve como objetivo o estudo da variabilidade genética de 26 isolados de Curtobacterium flaccumfaciens, 20 dos quais provenientes de feijoeiro (Cff), coletados em diferentes regiões do Brasil, quatro provenientes de coleções internacionais (Cff) e dois endofíticos de citros (C. flaccumfaciens). Foram utilizados dois pares de oligonucleotídeos, CffFOR2-CffREV4 e CF4-CF5, avaliando-se na especificidade em reação de PCR, para a caracterização dos 26 isolados. No estudo da variabilidade genética...

Interação entre pares na educação infantil : exclusão-inclusão de crianças com deficiência intelectual

Carvalho, Erenice Natalia Soares de
Tipo: tese / thesis
Português
Relevância na Pesquisa
65.94%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2007.; Segundo a abordagem sociocultural construtivista do desenvolvimento humano o sujeito constitui-se mediante sua participação ativa nas práticas culturais. Nesta perspectiva, o desenvolvimento e a inclusão escolar da criança diagnosticada como deficiente intelectual são temas de interesse para a investigação empírica. Fundamentando-se nesta abordagem, o presente estudo tem como objetivo analisar a natureza e a qualidade da interação social de crianças com deficiência intelectual no contexto escolar, em articulação com os princípios, pressupostos e práticas da educação inclusiva. Focaliza três campos sociais para análise: escola, classe inclusiva e experiência social criança-criança, nas dimensões social, relacional e simbólica. Participam como sujeitos focais três alunos com Síndrome de Down, dois meninos e uma menina com, respectivamente, sete, oito e quatro anos de idade, estudantes do 1º e 3º períodos de uma escola pública inclusiva de educação infantil do Distrito Federal. Participam, ainda, seus colegas de turma e respectivas professoras regentes, além de uma professora especializada de apoio. Os dados foram construídos mediante notas de campo...

A criança de 6 anos no ensino fundamental de 9 anos na perspectiva da qualidade na educação infantil

Campos, Juliana de Oliveira
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
75.64%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-graduação em Educação, Mestrado em Educação 2011.; Este trabalho trata do ingresso da criança de 6 anos no Ensino Fundamental de 9 anos e se propõe a discuti-lo na perspectiva da qualidade na Educação Infantil. A investigação foi desenvolvida a partir da perspectiva sociológica da reprodução interpretativa e cultura de pares, e dos estudos sobre qualidade na Educação Infantil. A pesquisa foi realizada em uma classe de 1º ano do Ensino Fundamental de 9 anos da rede pública do Distrito Federal, na qual as crianças já frequentaram a Educação Infantil. De natureza qualitativa, esta pesquisa buscou entender o ponto de vista das crianças sobre o seu cotidiano no Ensino Fundamental, de maneira que fosse possível identificar que aspectos podem ou não contribuir para a qualidade nesta nova etapa. Para a construção das informações foram realizadas observações participantes, diálogo temático e a produção de uma carta coletiva, nas quais ficaram evidentes que as crianças possuem um olhar positivo da escola. No entanto, também explicitaram que existem alguns aspectos da Educação Infantil que são importantes para elas e não são considerados no Ensino Fundamental. A análise do material produzido com as crianças e as observações apontam para a necessidade de novas reflexões acerca das práticas no Ensino Fundamental de 9 anos...

Regulações sobre a infância e violência entre pares na escola : onde estão as conexões?

Farenzena, Rosana; Pereira, Beatriz Oliveira
Fonte: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Educação (CIEd) Publicador: Universidade do Minho. Centro de Investigação em Educação (CIEd)
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em /07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
65.85%
O processo de escolarização, orientado por objetivos conteudistas, que conotam a infância como categoria de passagem, impõe uma pauta redutora, invasiva e didatizada, quando não marcada pelo espontaneismo, no que tange a mediação docente diante das produções e interações lúdicas/corporais da infância. Problematizar o significado e as relações desse enquadramento sobre a linguagem de definição da especificidade do ser criança e, na perspectiva de que se enraíza aos padrões de interatividade e de convívio nas culturas de pares, é o objetivo deste artigo. Se a eficácia dos programas de intervenção diante das violências no contexto escolar se condiciona a abordagem contextual do problema, toda e qualquer iniciativa de mediação, que se pretenda bem sucedida, não pode desconsiderar os valores veiculados e apropriados durante o processo de educação formal, antecipado para a infância contemporânea. A regulação sistemática do corpo, a redução dos tempos e espaços para brincar e a fragilidade das práticas alicerçadas no princípio da participação, tem repercussões que precisam ser conhecidas. Em tempos onde co-habitam correntes culturais paradoxais, que permitem o reconhecimento do brincar como necessidade de primeira ordem...

Educação para a paz e não violência, numa comunidade escolar

Silva, Tereza Tânia Cavalcante
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
65.73%
Os estudos sobre a paz têm início em meados do século XX, construídos a partir de bases filosóficas, fatos e personagens da história do Ocidente e Oriente, que continuam a contribuir na profundidade e reflexões aos estudos e ações que se voltam às temáticas de Paz e Cultura de Paz. Ao reconhecer a instituição Escola como um campo favorável ao desenvolvimento de valores éticos, sociais, de paz e boa convivência entre pares, voltamos o olhar para questionar as relações estabelecidas no ambiente escolar nas dimensões professor-aluno-professor, gestor-escola-comunidade. Tencionamos abrir uma discussão voltada para a prevenção da violência escolar, neste propósito, dirigiram-se ações de reflexão e questionamento junto aos responsáveis pela educação (professores e coordenadores pedagógicos) na busca de avaliar a percepção que os mesmos detêm sobre a questão da violência. Neste sentido, objetivou-se identificar, nos profissionais envolvidos, o entendimento e enfrentamento nas questões relacionadas à violência. A presente pesquisa realiza-se através de um estudo de cunho exploratório descritivo, os dados são de natureza quantitativa, obtidos através de questionários apenas com questões fechadas...

Cultura organizacional da família e sexualidade na adolescência

Grilo, Célia Maria Jesus Ferreira; Ferreira, Manuela Maria Conceição, orient.; Duarte, João Carvalho, co-orient.
Fonte: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu Publicador: Instituto Politécnico de Viseu, Escola Superior de Saúde de Viseu
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
55.82%
Enquadramento: A adolescência é uma etapa da vida que se caracteriza pela progressiva aquisição de autonomia e mudanças nas relações familiares, mas também muitas vezes por imaturidade emocional e susceptibilidade à influência de pares que facilmente podem resultar na adoção de comportamentos e atitudes considerados de risco para a sua integridade. Objectivos: Analisar as relações entre as variáveis sociodemográficas e de contexto sexual, a cultura organizacional da família e as atitudes adotadas pelos adolescentes face a sexualidade. Método: Estudo observacional descritivo correlacional, efetuado em corte transversal. A amostra não probabilística de 1216 adolescentes que frequentam o 9º ano em escolas públicas do interior centro de Portugal realizado no âmbito do projecto MISIJ –FCTFPTDC/ CPE-CED/103313/2008. Foi aplicado o questionário sobre a caraterização sociodemográfica e de contexto sexual; o inventário da cultura organizacional da família de Nave (2007) e a escala de atitudes face à sexualidade de Nelas et al (2010). Resultados: A maioria (54.77%) é do sexo feminino e (45.23%) do sexo masculino, entre 14 e 18 anos. A média de idades foi de 14.69 anos; a maioria reside em aldeia (48.8%). 12.6% já iniciaram relações sexuais; entre os 10 e os 18 anos com média de 13...

Relações de amizade e processos de grupo em adolescentes: Um estudo exploratório de quatro turmas de alunos do 9º ano de escolaridade

Simões, Carlos Eugénio Neves
Fonte: Instituto Superior de Psicologia Aplicada Publicador: Instituto Superior de Psicologia Aplicada
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //1997 Português
Relevância na Pesquisa
56.01%
Dissertação de Mestrado em Psicologia Educacional; A observação e a investigação sistemática da adolescência na Psicologia, inicia-se objectivamente com Stanley Hall (1904). De facto, desde então o interesse científico nesta área, cresceu e alargou-se a muitas perspectivas. Actualmente, os estudos empíricos, teorias explicativas e campos de observação, constituem um terreno simultaneamente muito vasto, discrepante e por vezes contraditório. Contudo, a par da notável variabilidade inter-cultural do comportamento adolescente e da larga disparidade que existe na conceptualização da adolescência, existe a convergência num ponto comum: E essencialmente através do contacto social com os seus iguais, que progressivamente, o adolescente desenha o esboço da sua autonomia e incrementa novos perfis de socialização. Tendo então como pano de fundo o processo da adolescência, o trabalho que aqui desenvolvemos é essencialmente um estudo exploratório que se inspira nos contributos da psicossociologia e da etologia social. Discutimos também as perspectivas mais significativas, a partir das quais a adolescência tem sido teorizada e investigada. A perspectiva em que nos situamos, é a de que as relações com os progenitores e as relações com os pares e amigos íntimos...

Liderança e estratégia em contexto de inovação nas organizações de saúde : estudos de caso

Morais, Luís Manuel Dias Fialho de
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública. Universidade Nova de Lisboa Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública. Universidade Nova de Lisboa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
55.93%
RESUMO - A presente investigação procura descrever e compreender como a estratégia influencia a liderança e como esta por sua vez interage nos processos de inovação e mudança, em organizações de saúde. Desconhecem-se estudos anteriores, em Portugal, sobre este problema de investigação e da respectiva problemática teórica. Trata-se de um estudo exploratório e descritivo que envolveu 5 organizações de saúde, 4 portuguesas e 1 espanhola, 4 hospitais (dois privados e uma unidade local de saúde). Utilizou-se uma abordagem mista de investigação (qualitativa e quantitativa), que permitiu compreender, através do estudo de caso, como se articulam a estratégia, a liderança e a inovação nessas cinco organizações de saúde. Os resultados do estudo empírico foram provenientes da recolha de dados efectuada através de observação directa e estruturada, entrevistas com actores-chave, documentos em suporte de papel e digital, e ainda inquérito por questionário de auto-resposta a uma amostra (n=165) de actores do line e do staff (Administradores, Directores de Serviço/Departamento, Enfermeiros Chefe e Técnicos Coordenadores) das cinco organizações de saúde. Tanto o modelo de Miles & Snow (estratégia organizacional)...

Variabilidade genética em isolados de Curtobacterium flaccumfaciens

Souza,Valmir Luiz de; Maringoni,Antonio Carlos; Krause-Sakate,Renate
Fonte: Grupo Paulista de Fitopatologia Publicador: Grupo Paulista de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
55.86%
A cultura do feijoeiro está sujeita à incidência de várias doenças que acarretam perdas significativas na produção, dentre as quais encontra-se a murcha-de-curtobacterium ou murcha bacteriana, causada por Curtobacterium flaccumfaciens pv. flaccumfaciens (Cff). Atualmente a murcha-de-curtobacterium tem se constituído em um novo problema para a cultura do feijoeiro em várias regiões brasileiras. A resistência genética tem sido o meio mais eficiente no controle da doença, porém a possibilidade da existência de variabilidade genética presente em isolados de Cff, pode ser uma conseqüência maléfica ao melhoramento visando a obtenção de cultivares de feijoeiro resistentes, especialmente na estabilidade e durabilidade da resistência. Neste sentido, o presente trabalho teve como objetivo o estudo da variabilidade genética de 26 isolados de Curtobacterium flaccumfaciens, 20 dos quais provenientes de feijoeiro (Cff), coletados em diferentes regiões do Brasil, quatro provenientes de coleções internacionais (Cff) e dois endofíticos de citros (C. flaccumfaciens). Foram utilizados dois pares de oligonucleotídeos, CffFOR2-CffREV4 e CF4-CF5, avaliando-se na especificidade em reação de PCR, para a caracterização dos 26 isolados. No estudo da variabilidade genética...

Intimidações na adolescência: expressões da violência entre pares na cultura escolar

Nascimento,Alcione Melo Trindade do; Menezes,Jaileila de Araújo
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2013 Português
Relevância na Pesquisa
55.89%
O presente artigo aborda uma modalidade de violência que ocorre no contexto escolar entre pares de adolescentes, denominada de bullying e/ou intimidação. A pesquisa utilizou como referência a perspectiva sociocultural da psicologia social e do desenvolvimento e objetivou compreender os significados produzidos sobre as práticas de intimidação em contexto escolar. Participaram 28 estudantes entre 16-18 anos do Ensino Médio de uma escola pública da cidade de Recife/PE. Utilizamos a metodologia qualitativa, através dos recursos da observação participante e de grupos focais. Como resultado, destacamos o significado das relações de amizade para o grupo de adolescentes, que comprometiam o senso crítico individual diante das situações de desrespeito e humilhação em prol da manutenção da relação sócio afetiva, da homogeneidade do grupo e da posição conquistada entre os pares. As interações que produziam intimidações, a partir dos valores culturalmente significativos para o grupo, se sustentavam, pois eram mascaradas pelo tom de brincadeira.

A passagem da educação infantil para o ensino fundamental: tensões contemporâneas

Neves,Vanessa Ferraz Almeida; Gouvêa,Maria Cristina Soares de; Castanheira,Maria Lúcia
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
65.77%
No contexto da ampliação do ensino fundamental para nove anos, o artigo relata como foi vivida, por um grupo de crianças, a transição de uma escola de educação infantil para uma de ensino fundamental em Belo Horizonte. O processo de construção e análise dos dados da pesquisa baseou-se na abordagem interpretativa da sociologia da infância e na etnografia interacional. Verificou-se que as práticas educativas que assumiram centralidade na educação infantil e no ensino fundamental se estruturavam em torno da brincadeira e do letramento, mas situadas diferencialmente nos dois segmentos. Na escola de educação infantil, a centralidade do brincar esteve presente na organização das rotinas institucionais. No entanto, tendo em vista sua condição de sujeitos inseridos em uma cultura grafocêntrica, as crianças voltaram-se para a apropriação da língua escrita, engajando-se individual e coletivamente em diversos eventos de letramento. Ao inserir-se no ensino fundamental, as crianças depararam-se com um hiato entre as experiências desenvolvidas na educação infantil e as práticas educativas da nova escola: o brincar foi situado em segundo plano. Argumentamos que a falta de diálogo presente na organização do sistema educacional brasileiro em relação aos dois primeiros níveis da educação básica se refletiu no processo de desencontros vivenciados pelas crianças pesquisadas. Nesse sentido...

Validação de marcadores moleculares ligados a genes de resistência da ferrugem marrom para a ferrugem laranja da cana-de-açúcar.

SIQUEIRA, D. M.; SAWAZAKI, H. E.; GONÇALVES, C. R. N. C. B.; SA, L. A. N. de; POLEZ, V. L. P.; VEIGA, R. F. de A.
Fonte: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 5., 2011, Campinas. Anais... Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2011. 1 CD ROM. Publicador: In: CONGRESSO INTERINSTITUCIONAL DE INICIAÇÃO CIENTÍFICA, 5., 2011, Campinas. Anais... Campinas: Embrapa Monitoramento por Satélite, 2011. 1 CD ROM.
Tipo: artigo em anais de congresso (alice)
Português
Relevância na Pesquisa
75.65%
RESUMO: Atualmente, a ferrugem alaranjada é a mais nova doença na cultura de cana-de-açúcar, causada pelo basidiomiceto Puccinia kuehnii. Nas regiões onde ocorre esse tipo de ferrugem, o controle é feito basicamente com o plantio de cultivares resistentes, porque o uso de fungicidas não é considerado prático e nem econômico. Além da ferrugem alaranjada, a ferrugem marrom causada pela Puccinia melanocephala é também encontrada no Brasil. A literatura já relatou vários marcadores relacionado ao gene principal de resistência a ferrugem marrom denominado Bru1 e o relato da ação de resistência deste gene a diversos isolados de fungo. Tendo-se em vista que a etiologia e sintomas da ferrugem marrom e ferrugem alaranjada são semelhantes, o objetivo deste trabalho foi validar alguns marcadores ligados ao gene de resistência a ferrugem marrom Bru1, para resistência a ferrugem alaranjada, através de triagem de variedades resistentes e susceptíveis por análises de PCR. Os resultados de análises de PCR, em 30 variedades de cana-de-açúcar, com dezoito pares de iniciadores relacionados ao gene de resistência à ferrugem marrom e 70 interações entre iniciadores localizados quase no mesmo sítio genômico, mostraram que apesar de algumas variações observadas entre variedades susceptíveis e resistentes...

Cultura e clima organizacional no TRF-5. Região: na perspectiva dos servidores da Diretoria Geral

Maria de Moura Braz Diniz, Rosilene; Maria Brandão de Aguiar, Sylvana (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
55.86%
O cerne desta pesquisa é a investigação da cultura organizacional no TRF-5ª Região, através do uso da ferramenta pesquisa de clima para compreender o clima organizacional da Diretoria Geral com sede em Recife, Pernambuco. O quadro teórico tomou como base as reflexões de autores como Maslow, Herzberg e Bergamini, no manejo das teorias motivacionais. De modo análogo, foram utilizados teóricos reconhecidos como: Sérgio Alves, Schein, e Fleury Fischer na formulação dos conceitos de cultura organizacional e suas variáveis. Após contextualizar o TRF-5ªR no âmbito abrangente do Poder Judiciário e no serviço público nacional, volta-se um olhar retrospectivo aos primórdios da cultura burocrática brasileira, onde detecta-se uma profunda influência patrimonialista em suas raízes, dito de outra maneira, um amálgama cultural com repercussões até os dias atuais. Por meio do estudo das teorias motivacionais, procurou-se entender um pouco mais sobre o fenômeno da desmotivação funcional dentro do universo organizacional. De fato, a Nova Administração Pública - NAP tem direcionado o foco para um outro paradigma de funcionalismo, inclinado para a competência de suas atribuições, a qualificação e a relação funcional harmoniosa entre seus pares. A etnografia utilizada permitiu uma maior densidade na elaboração de perfis físicos e culturais...

Intimidações na adolescência : expressões da violência entre pares na cultura escolar

Melo Trindade do Nascimento, Alcione; de Araújo Menezes-Santos, Jaileila (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
76.05%
O presente estudo situa-se no debate sobre violências nas escolas a partir de uma abordagem sociocultural da psicologia social e do desenvolvimento. Nele investigou-se uma modalidade de violência que acontece no contexto escolar entre pares de adolescentes, denominada de bullying e/ou intimidação assunto que vem conquistando visibilidade nas mais diversas mídias e campos de pesquisa científica dados seu avanço e incidência em escolas públicas e privadas, frequentadas por diferentes classes sociais. A intimidação é definida como um fenômeno que ocorre através de ataques intencionais, físicos ou verbais, praticados por um ou mais sujeitos, ao longo do tempo, contra uma ou mais pessoas que estejam em situação de desvantagem física ou psicológica. Tal prática é considerada como uma violência relacional porque nega a alteridade e os direitos fundamentais de expressão subjetiva num contexto escolar, que deveria ser seguro e acolhedor. Portanto, o objetivo desta dissertação foi compreender os significados e sentidos produzidos por adolescentes, sobre as práticas de intimidação. Para tanto, foram investigados estudantes adolescentes de 16 a 18 anos (11 moças e 17 rapazes), que cursavam o 1º e o 2º ano do Ensino Médio num colégio público de excelência na cidade do Recife/PE. Os referenciais teóricos do estudo foram a psicologia sociohistórica...