Página 1 dos resultados de 70 itens digitais encontrados em 0.077 segundos

O ensino da humanização nos currículos de graduação em enfermagem; The humanization teaching in graduation curricula of nursing

Almeida, Débora Vieira de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/06/2007 Português
Relevância na Pesquisa
25.79%
O termo humanização tem sido recorrente na área da saúde e, geralmente, está relacionado à qualificação da relação entre o profissional da saúde e o sujeito que busca pelo serviço de saúde. Neste estudo, o termo humanização foi concebido como o encontro entre sujeitos no e pelo ato de cuidar, ou seja, o encontro de subjetividades. Sabendo-se disso e tendo como pressuposto que o conteúdo dos currículos da graduação em enfermagem exerce influência significativa no futuro exercício destes profissionais, o objetivo desta pesquisa foi investigar o ensino da humanização nas disciplinas que compõem os currículos de graduação em enfermagem da cidade de São Paulo. Participaram da pesquisa 13 IES (Instituição de Ensino Superior): uma federal, uma estadual e 11 particulares, totalizando 588 disciplinas. Estas foram classificadas em ciência básica (da área de humanas ou não) e ciência aplicada (à enfermagem ou não). Em seguida, foram selecionadas as disciplinas de ciência básica da área de humanas e de ciência aplicada à enfermagem que apresentavam pelo menos um termo relacionado à humanização. Posteriormente, verificou-se a compatibilidade entre a utilização deste termo pelas disciplinas e o conceito de humanização deste trabalho. Estes dados foram apresentados e trabalhados considerando as freqüências absolutas e relativas. Das 588 ementas investigadas...

O ensino de literatura: articulação entre propostas oficiais e pesquisa universitária; Literature teaching: a relation between official documents and the academic research.

Faria, Vanessa Fabiola Silva de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.09%
O trabalho de pesquisa consistiu em um estudo dos documentos oficiais que orientaram o ensino de Língua Portuguesa e Literatura para o 2º grau (antiga nomenclatura do ensino médio) tendo em vista a possibilidade de compreender a relação entre as proposições inovadoras ali contidas e o trabalho de pesquisa acadêmica com o qual dialogam. Partiu-se de uma concepção de currículo como um artefato cultural, uma invenção escolar e, portanto, como prática sócio-histórica e culturalmente constituída. O objetivo desta pesquisa foi verificar em que medida os documentos curriculares balizam a seleção de conteúdos e de que modo ocorre esta seleção, em outras palavras, como se constituiu, historicamente, o currículo de literatura como disciplina escolar. A análise dos documentos curriculares permitiu-nos ponderar sobre uma relação já apontada por Geraldi (2003) que o trabalho pedagógico tende a fetichizar o produto do trabalho científico. Tal observação partiu de um exame em que foram cotejadas as várias edições dos dois tipos de documentos curriculares produzidos ao longo dos anos de 1980 no Brasil, nos quais se propunham inovações no ensino de literatura. Observamos ainda que a lógica de incorporação dos resultados do trabalho de pesquisa não é igual nos dois tipos de documento...

A atenção à pessoa humana - paciente e aluno - no âmbito da formação em odontologia: o papel do docente, da reestruturação curricular e da bioética; The attention to the human person patient and student in the extent of the formation in Dentistry: the teacher's role, of the curricular restructuring and of Bioethics

Junqueira, Cilene Rennó
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
25.81%
A atenção à pessoa humana requer o reconhecimento de sua dignidade. Para isso, é necessário que a pessoa seja percebida como ser único, como unidade de corpo e espírito e em sua totalidade, ou seja, nas suas diversas dimensões (biológica, psicológica, social e espiritual). Para compreender essa necessária atenção, no âmbito da formação em Odontologia, este estudo discute o significado da reestruturação curricular da FOUSP, da contribuição do docente e da Bioética para a formação integral do aluno, a fim de que essa atenção possibilite a abordagem integral do processo saúde-doença e que, consequentemente, promova o respeito à dignidade do paciente. Trata-se de estudo qualitativo realizado por meio de análise etnográfica e pela análise temática de conteúdo. Para isso, a coleta de dados consistiu de observação-participante (imersão da pesquisadora por três anos na instituição), da análise de dados documentais, de entrevistas com docentes e de informações obtidas de alunos da graduação. A análise das atividades promovidas em razão da participação da instituição no Pró-saúde permite concluir que grandes avanços têm sido percebidos a partir desse processo de reformulação do currículo...

O currículo de matemática no ensino médio do Brasil e a diversidade de percursos formativos; Mathematics Curriculum in High School of Brazil and the Diversity of Courses in Upper Secondary Education.

Costa, José Carlos Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
46.13%
Esta tese tem por objetivo investigar, refletir a respeito e analisar criticamente a produção curricular oficial para o Ensino Médio no Brasil, procurando identificar e discutir significados, limites e possibilidades de um currículo de Matemática que tenha como pressuposto responder às necessidades objetivas, socioeconômicas e culturais do estudante. Por hipótese, considera inadequado o fato de o Ensino Médio ser igual para todo estudante, em especial os conteúdos curriculares para o ensino de Matemática, considerando que, ao final deste ciclo, o egresso poderá prosseguir ou não seus estudos, seja em cursos profissionalizantes ou no Ensino Superior. Para realizar esta pesquisa utilizaram-se, como suporte teórico, estudos do campo da educação e da educação matemática, em particular os que tratam da temática do currículo, além de documentos emitidos por organismos oficiais da educação, considerando-se os conceitos de reforma educacional e de currículo como artefatos históricos de construção social a partir de disputas e de relações de poder para o estabelecimento de regimes de verdades. A análise documental objetivou a obtenção de dados qualitativos referentes à formulação, implementação e comparação de currículos...

As transformações dos processos de mediação da informação nos currículos de formação do bibliotecário brasileiro no contexto da sociedade da informação

Moraes, Marielle Barros de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
25.83%
A sociedade contemporânea está permeada pelas Tecnologias de Informação e de Comunicação, as quais vêm ocasionando diversas transformações nas conceituações societais e nas práticas de mediação informativo-cultural; fato este que deságua nos currículos de formação de bibliotecários no Brasil. Esta nova sociedade, cujas delimitações conceituais e espaços-temporais não são muito precisas, constitui o contexto de surgimento de uma nova ciência, a Ciência da Informação, a qual também é demarcada pela não-delimitação de objeto, metodologias e abrangências, o que influencia na formação de seus profissionais. Neste sentido, analisar como está delineada a formação do bibliotecário brasileiro diante deste contexto torna-se urgente, haja vista estarem as Escolas de Biblioteconomia e Ciência da Informação revendo seus projetos pedagógicos e planos de ensino desde a entrada do século XXI. No contexto desta pesquisa, investigamos como a contemporaneidade influencia as Diretrizes Curriculares Nacionais (DCNs) do Ministério da Educação brasileiro (MEC), as indicativas da Associação Brasileira de Educação em Ciência da Informação (ABECIN) e os currículos formativos em cinco universidades brasileiras para perceber como as Tecnologias de Informação e de Comunicação alteraram os conteúdos curriculares e como as questões mediacionais estão inseridas nos mesmos. Para tanto...

A lei de diretrizes e bases da educação e a base legal para uma nova disciplina curricular de metodologia de estudo

Mendes, Fábio C. Ribeiro
Tipo: trabalho de conclusão de graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.08%
A educação é condição necessária para o desenvolvimento humano. Sem ela, a cultura não alcança homens e mulheres: adquire-se conhecimento, desenvolvem-se tecnologias, mas ambos chegam apenas como novos instrumentos de poder. Faz-se necessário, portanto, constantemente repensar e reformar o modo como educamos para que o ser humano possa continuar se desenvolvendo. A educação divide-se naquela conferida pela família e na adquirida nas instituições de ensino. Em relação a esta última, precisamos ser capazes de formular um currículo que garanta a formação de pessoas com a faculdade de responder de forma ativa aos diversos desafios contemporâneos. Isso significa a formação de agentes com autonomia intelectual, com capacidade crítica, com a habilidade de aprender de forma constante e independente. Para tanto, far-se-ia necessária a inserção curricular de uma nova disciplina, de Metodologia de Estudo, cuja ementa incluiria conteúdos como a preparação para o estudo, programação de horários e a metodologia de estudo propriamente dita. A viabilidade da referida disciplina fundamenta-se na experiência do autor, que trabalha há 4 anos com projetos desta natureza em escolas públicas e privadas do estado, esforço que resultou em reconhecimento público através da obtenção de um importante prêmio em educação em 2010. O objetivo deste trabalho é investigar a possibilidade de modificação do currículo escolar por iniciativa das escolas...

Os estágios de docência e a formação de professores em educação física : um estudo de caso no curso de Licenciatura da ESEF/UFRGS

Nunes, Rute Viégas
Tipo: dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.03%
Esta pesquisa está centrada na análise dos estágios de docência que compõem o currículo formador em Licenciatura da Escola de Educação Física da Universidade Federal do Rio Grande do Sul (ESEF/UFRGS). Através de um estudo de caso, descrevo, discuto e problematizo o impacto das recentes mudanças nas Diretrizes Curriculares Nacionais para a Formação de Professores da Educação Básica, mais detidamente os estágios curriculares, na formação inicial em Educação Física. Entre as alterações curriculares implantadas destaca-se a ampliação da carga horária dos estágios, que no caso específico da ESEF/UFRGS passou de 150 horas cursadas em um único semestre para 450 horas distribuídas em três semestres e nos três níveis de ensino (educação infantil, ensino fundamental e médio). Tal alteração nos estágios da licenciatura, associada à implantação do bacharelado, produziram vários efeitos na organização curricular da ESEF/UFRGS, especialmente na relação entre formação teórica e prática pedagógica em educação física. De um modo geral, a ampliação da carga horária dos estágios de docência é apresentada nos documentos oficiais (e reconhecida no meio educacional) como um elemento positivo na formação dos futuros professores de todas as disciplinas escolares. No entanto...

A atuação do professor coordenador frente ao currículo oficial do estado de São Paulo

Aparecida Neto, Lucimara
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: 93 f.
Português
Relevância na Pesquisa
25.93%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Educação - FFC; Investigamos o papel desempenhado pelo Professor Coordenador quando da implementação da nova política curricular do estado de São Paulo a partir do ano de 2008. Nosso percurso metodológico pautou-se em pesquisa bibliográfica, documental e de cunho qualitativo. Como fonte de documentação, recorremos à legislação educacional e, mais especificamente, ao documento da Proposta Curricular (2008). Optamos pelo levantamento bibliográficoa partir de uma teoria de base e foram realizadas entrevistas semi-estruturadas junto a seis Professores Coordenadores do sistema estadual de ensino do município de Marília (SP).Os resultados da pesquisa apontam que os Professores Coordenadores estão assumindo, no campo da gestão escolar, responsabilidades pela implementação do currículo nas escolas, assim como se engajam na melhoria dos indicadores de desempenho escolar no contexto das políticas de avaliação da educação básica e, ainda, assumem parte importante da formação continuada de professores na escola onde atuam. O estudo indica, ainda, a partir das falas dos entrevistados, uma sobrecarga de tarefas para o Professor Coordenador desempenhar...

O currículo, a pedagogia da alternância e os saberes docentes na educação física: os desafios do processo de formação

Souza, Esther Vieira Brum de; Souza Neto, Samuel de
Fonte: Cultura Acadêmica Publicador: Cultura Acadêmica
Tipo: info:eu-repo/semantics/book
Português
Relevância na Pesquisa
26%
Os autores utilizam como ponto de partida as diretrizes da formação básica do professor da Educação Física, pressupondo que essas diretrizes exigem tanto uma nova mentalidade quanto uma nova organização didático-curricular, além da revisão dos próprios referenciais na prática profissional. A partir daí, desenvolvem uma série de questionamentos, debatendo se o novo currículo de formação em Educação Física - que passou a valorizar mais a prática - consegue de fato ir além do modelo acadêmico que privilegia uma formação teórica mais sólida. Discutem ainda se uma maior valorização da prática pode caracterizar a existência de um novo modelo de formação. Dessa perspectiva, perguntam se é possível um currículo que não tenha na sua base a pedagogia da alternância, um sistema que remete à formação em dois contextos distintos e interdependentes: a formação em sala e as situações de trabalho. Também perguntam como a discussão dos saberes - conhecimentos, competências, habilidades e didática de ensino - deveria se desenrolar nessas duas esferas

Aulas regias : curriculo, carisma e poder - um teatro classico?

Margarete May Berkenbrock Rosito
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/12/2002 Português
Relevância na Pesquisa
36.23%
Era uma vez um rei de Portugal, chamado D. José I, filho de D. João V. Ele tinha um primeiro ministro Sebastião José de Carvalho e Melo (1699-1782), conde de Oeiras e depois, Marquês de Pombal, ainda hoje conhecido por sua obstinação e ousadia na reconstrução de Lisboa, após o terremoto de 1755 e por ter expulsado os Jesuítas do Reino e de seus domínios. Um ministro extraordinário e bem sucedido déspota do século XVIII, permaneceu no poder de 1750 até 1777. Ainda hoje, desperta curiosidade o que de fato teria acontecido em 1759: os reais motivos que teriam o Marquês de Pombal para a expulsão dos jesuítas. O fato é que a administração pombalina desestrutrou o sistema educacional existente no Brasil-Colônia e por decreto determina as diretrizes curriculares do novo sistema educacional controlando o que as pessoas deveriam ler, e como aprender. Conto neste estudo uma história de Currículo que tem como foco o sentido do sentido do controle epistemológico que imprime as diretrizes legais da Reforma Pombalina para o Currículo dos Estudos Menores ou Secundários nas Aulas Régias, que vai determinar as ações curriculares no período de 1759-1772, na Colônia Brasileira. O estudo foi realizado mediante documentos originais...

Historia do curriculo da pos-graduação em educação da Universidade Federal do Rio de Janeiro

Elizabeth Fernandes de Macedo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/1997 Português
Relevância na Pesquisa
36.07%
A presente tese, que abordou a História do Currículo da Pós-Graduação em Educação da UFRJ, de 1972 até 1994, partiu de duas hipóteses, definidas a partir de conclusões tentativas formuladas por Goodson (1993), com base em estudos no campo da História do Currículo, aplicadas ao Curso aqui focalizado: (a) a consolidação da Pós-graduação em Educação da UFRJ tendeu a envolver a passagem de uma orientação inicial utilitária para uma tradição mais acadêmica; e (b) os currículos de Pósgraduação, e no caso específico os da Faculdade de Educação da UFRJ, foram em muito condicionados pelos mecanismos de financiamento definidos pelo Estado, no sentido de garantir aportes financeiros e, conseqüentemente, status para o Curso. A argumentação utilizada na análise dos documentos históricos se fundamentou na concepção de dialética de Adorno, Horkheimer e Habermas. Currículo foi conceituado como artefato social construído por um processo de negociação, concepção que integrou a visão sociológica de Currículo e o conceito de agir comunicativo de Habermas. O movimento definido na primeira hipótese concretizou-se no fato de o Currículo focalizado ter passado de uma orientação profissionalizante para uma que privilegiava a produção de conhecimento. Os perfis curriculares identificados em cada fase foram...

Contributo para o estudo da formação inicial do professor. Um estudo comparativo em torno da inovação curricular

Souza, Gleicione Aparecida Dias Bagne de
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 22/01/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.08%
Tese de Doutoramento em Educação - Ramo de Conhecimento Desenvolvimento Curricular; A tese de doutoramento “Contributo para o estudo da formação inicial do professor. Um estudo em torno da inovação curricular”, apresentada no ramo Educação, especialidade de Desenvolvimento Curricular, da Universidade do Minho, incide sobre a estrutura curricular dos cursos de Licenciatura do Ensino Básico 1º Ciclo, Portugal, e de Pedagogia, Brasil, questionando a formação inicial de professores em contextos diferenciados. Os conceitos desenvolvidos no quadro teórico referem-se à noção de currículo, problematizado como fato e como prática, às mudanças curriculares na década de 1990, à formação de professores em diversos países, da América Central, América do Norte, América do Sul, Europa e Ásia, com ênfase no Brasil e Portugal, à discussão sobre professores principiantes e, por último, à organização curricular dos cursos de Pedagogia e Licenciatura em Ensino Básico 1º Ciclo, da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e da Universidade do Minho (UM), respectivamente. A problemática do estudo empírico, de natureza quantitativa e qualitativa, com recurso a diversos métodos e técnicas de recolha e tratamento de dados...

Tecnologias de informação e comunicação: modismo como recurso didático ou aprimoramento no ensino e aprendizagem em escola pública de Macapá

Barbosa, Silvia Helena Neves
Fonte: Universidade de Évora Publicador: Universidade de Évora
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
35.84%
Diversas discussões e debates acerca das inovações proporcionadas pelo recurso às Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) em educação têm movimentado a área educacional e gerado preocupação entre estudiosos do assunto sobre a forma como os professores estarão utilizando as TIC na sua ação pedagógica. Importa assim investigar até que ponto o aprimoramento da qualidade do ensino ofertado está a ser conseguido ou não e em que medida as TIC constituem uma real mais valia pedagógica ou um modismo passageiro que muitos tentam acompanhar, sem, no entanto, dominarem adequadamente essas tecnologias. As preocupações suscitadas advêm do fato de a maioria dos professores, pelo menos no Brasil, não possuírem formação específica para desenvolver trabalhos utilizando as TIC. Ao utilizá-las apenas como modismo, estariam não só gerando prejuízos à qualidade do ensino, como também a contribuir para a exclusão de alunos que não tenham acesso em outros locais àquelas ferramentas. Foi nesse sentido que se achou pertinente desenvolver um estudo que pudesse avaliar, a partir das concepções e das vivências dos alunos, que impacto o uso das tecnologias no processo de ensino estaria causando à vida dos mesmos...

Conhecimento e práticas profissionais de duas professoras quando ensinam representação gráfica estatística

Leiria, Ana Cristina da Costa
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em /10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.04%
Nesta tese explora-se o conhecimento profissional de duas professoras, com experiência no ensino básico e secundário quando ensinam representação gráfica em Estatística a alunos do 7.º ano de escolaridade, no ano letivo de 2010/2011, quando foi implementado, pela primeira vez a nível nacional, o novo programa de Matemática do ensino básico. Esta exploração é feita à luz do conhecimento de base para ensinar, perspetiva proposta por Lee Shulman e que tem merecido um interesse especial na investigação em educação matemática. Dado o impacto importante que os professores têm na transformação do currículo escrito para o currículo atingido, importa investigar as diferenças existentes entre o currículo escrito, a interpretação feita pelas professoras e o que de fato implementam na sala de aula. O estudo tem por objetivos descrever o conhecimento estatístico das professoras, no que respeita à representação gráfica; compreender como interpretam o tema organização e tratamento de dados e os materiais curriculares e como articulam o que sabem e o que interpretam na sua prática letiva. Para a realização da investigação, foram selecionadas duas professoras do ensino básico e secundário que lecionam em escolas diferentes. A partir de uma perspetiva qualitativa...

Procedimentos diagnósticos e terapêuticos: processo de inserção de habilidades e competências médicas no currículo do curso de medicina da Anhanguera-Uniderp

Domingos,André Luís Alonso; Salles,Antônio Carlos Carbonaro; Lima,Alexandre de Abreu; Almeida,Gabriel Costa; Silva,Marcia Maria; Santos,Sandra Christo dos
Fonte: Associação Brasileira de Educação Médica Publicador: Associação Brasileira de Educação Médica
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
25.96%
INTRODUÇÃO: Há pouca discussão na literatura sobre quais procedimentos médicos o estudante de Medicina deve ser capaz de realizar no final do curso de graduação e em qual momento do currículo escolar eles devem ser inseridos. METODOLOGIA: Uma comissão formada por especialistas de diversas áreas organizou uma lista de possíveis procedimentos médicos diagnósticos e terapêuticos, sugerida por estudos e debates do grupo e que estivessem de acordo com as Diretrizes Curriculares Nacionais de 2001. Após consenso do grupo, mediante aprovação de mais de 75% dos integrantes da comissão, os procedimentos que de fato deveriam integrar o currículo foram definidos. RESULTADOS: Mais de 50 procedimentos médicos foram definidos, de acordo com o nível de complexidade esperada para o aluno de graduação. Após esta definição, tais procedimentos foram distribuídos na matriz curricular e divididos didaticamente em momentos de aprendizagem de domínio cognitivo e domínio motor. CONCLUSÃO: O presente estudo apresentou uma proposta de definição das competências e habilidades relativas aos procedimentos médicos a serem alcançadas pelos estudantes de Medicina de graduação em nossa instituição e teve como objetivo sistematizar a sua distribuição na matriz curricular.

Currículo, diferença cultural e diálogo

Moreira,Antonio Flavio Barbosa
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 Português
Relevância na Pesquisa
35.89%
Considerando-se o fato de que a sociedade contemporânea é inescapavelmente multicultural, defende-se, no artigo, que se responda a essa situação por meio de um multiculturalismo crítico. A fim de evitar que uma política da diferença destrua a construção de projetos comuns, sugere-se a promoção do diálogo, cujas dificuldades não podem ser minimizadas. Com o apoio de entrevistas realizadas com sete pesquisadores brasileiros, especialistas em multiculturalismo, discutem-se suas visões de diferença e de diálogo, bem como as estratégias pedagógicas decorrentes dessas visões. Argumenta-se que o atrito entre os insights da teoria curricular crítica e as contribuições da teoria social e cultural contemporânea pode favorecer o avanço da discussão dessas questões.

Paradoxos da formação de professores para a Educação Especial: o currículo como expressão da reiteração do modelo médico-psicológico

Michels,Maria Helena
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE Publicador: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
56.03%
O objetivo deste artigo é discutir a formação de professores para a educação especial, analisando a organização curricular como expressão de uma determinada concepção de educação especial, deficiência e de prática educativa destinadas aos alunos considerados deficientes. Como campo empírico elegeu-se a Universidade Federal de Santa Catarina, no período de 1998-2001, quando coexistiram duas modalidades de habilitação Educação Especial no Curso de Pedagogia - regular e emergencial. Por meio de análise documental, principalmente dos projetos de curso e das ementas de disciplinas, buscou-se refletir sobre o currículo e a constituição histórica da Educação Especial no Brasil. Desta análise depreendeu-se que a formação de professores para a Educação Especial está subsidiada no modelo médico-psicológico e que está constitui-se em uma disposição incorporada (habitus). Tendo analisado as disciplinas e suas respectivas ementas, pôde-se perceber a permanência da compreensão do fenômeno educacional relacionado ao aluno com diagnóstico de deficiência pela base biológica e, de maneira mais acentuada, pela Psicologia. A manutenção de tais bases de conhecimento para a área retira da Educação a compreensão da deficiência e da própria ação pedagógica como fato social.

A questão curricular para o plano de formação em Saúde Coletiva: aspectos teóricos

Nunes,Everardo Duarte; Nascimento,Juliana Luporini do; Barros,Nelson Filice de
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2010 Português
Relevância na Pesquisa
66.25%
Neste trabalho, apresentamos uma revisão da literatura sobre a questão curricular e seus desdobramentos para o campo da Saúde Coletiva. Esta análise tem como objetivos específicos situar as linhagens teóricas da análise dos currículos, a fim de estabelecer um quadro de referência teórico-conceitual para o estudo dos currículos da Saúde Coletiva nos cursos de pós-graduação stricto sensu. A principal fonte de dados é bibliográfica, nacional e internacional. Concluímos que as formulações de um "currículo como fato" e de um "currículo como prática" são interessantes como ponto de partida para se analisar a estrutura e o processo de constituição dos planos dos cursos de pós-graduação em saúde. Outros pontos referem-se à necessidade de que, ao formalizar a grade curricular, devemos apoiá-la num quadro de referência e definir as características que particularizam os conteúdos e metodologias das áreas, classicamente denominadas de ciências sociais, epidemiologia e planejamento. Mas, também, estabelecer os referenciais que sustentam a inclusão de novas áreas e os parâmetros que dão sustentação ao currículo de graduação e de pós-graduação em Saúde Coletiva.

Um caminho para atender às diferenças na escola

Monteiro,Letícia Portieri; Smole,Kátia Stocco
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
25.95%
Em 1999, o Conselho de Educação Judaica do Rio de Janeiro implantou o Programa de Inovação Educativa (PIE) nas Escolas Israelitas do Rio de Janeiro para atender às novas tendências da educação brasileira. O presente trabalho tem como objetivo analisar as modificações ocorridas no ambiente escolar a partir da implantação e implementação do PIE em uma escola judaica do Rio de Janeiro. Esse programa apresenta como ideia central trabalhar os conceitos de aprendizagem ativa e de inteligências múltiplas na concepção de Piaget, Dewey e Gardner. Para analisarmos o PIE, utilizamos uma abordagem de natureza qualitativa com os participantes da pesquisa por meio de entrevistas semiestruturadas e observação das salas de aula do 1º ao 5º ano do ensino fundamental. Baseando-se no referencial teórico, foi feita a análise dos dados. Os resultados desse estudo indicaram que, a partir do programa, os profissionais envolvidos ficaram mais motivados a buscar informações e a renovar os seus conhecimentos para atenderem às diferenças entre os alunos, utilizando estratégias diversificadas, o que possibilita um trabalho mais dinâmico que facilita o desenvolvimento da autonomia nos estudantes. Como dificuldades relatadas para o desenvolvimento do PIE...

Políticas curriculares para a formação de professores e processos de reformulação curricular nas instituições de ensino superior

Andrade Ataide de Almeida, Lucinalva; Eliete Santiago, Maria (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
36.04%
A pesquisa trata das políticas curriculares no seu processo de construção e produção nos espaços de formação de professores, em Instituições de Ensino Superior (IES) no Estado de Pernambuco, no Curso de Pedagogia. Procuramos compreender como as políticas curriculares vêm se corporificando no processo de reformulação curricular para formação de professores, de maneira a identificar como as instituições recepcionaram e ressignificaram tais políticas. Analisamos como essas políticas vão constituindo um formato de currículo para a formação de professores, na dimensão do pensado e do vivido. Para tanto, partimos da contribuição teórica de Goodson (1995, 1997), Leite (2005, 2007), Moreira (1999, 2005, 2007), Pereira (2004, 2007) e Young (2000), os quais apontam o currículo como sendo constituído por negociação e renegociação, numa pluralidade de níveis e numa variedade de arenas. Portanto, a formação consiste num desenvolvimento contínuo e complexo, que se origina de um processo de discussão no âmbito coletivo, através dos movimentos e da própria experiência de cada indivíduo (NÓVOA, 1997; RAMALHO, 2007; SANTIAGO; BATISTA NETO, 2006; SILVA, 2007). No desenvolvimento da pesquisa utilizamos para coleta dos dados entrevistas semi-estruturadas e análise documental enquanto que para análise dos dados fizemos uso da Análise do Discurso-AD...