Página 1 dos resultados de 52 itens digitais encontrados em 0.044 segundos

Avaliação da Saúde Oral num grupo de idosos institucionalizados no Concelho de Vagos

Antunes, Sara Daniela Ferreira
Fonte: [s.n.] Publicador: [s.n.]
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
26.36%
Projeto de Pós-Graduação/Dissertação apresentado à Universidade Fernando Pessoa como parte dos requisitos para obtenção do grau de Mestre em Medicina Dentária; As evoluções técnicas e científicas que se têm feito sentir em diversas áreas, proporcionam uma melhoria das condições de vida da população e, consequentemente, um aumento da esperança média de vida. Com o avançar da idade vêm as alterações fisiopatológicas, orgânicas e mentais, que acarretam repercussões tanto para a saúde geral como para a oral. Também com o avançar da idade aumenta o risco de institucionalização. O grupo de idosos institucionalizados, geralmente, apresentam desinteresse pela sua saúde oral, diminuição da acuidade visual e da destreza manual, declínio cognitivo e pelo menos uma doença crónica, sendo normalmente os cuidadores os responsáveis pela higiene oral diária destes. Os cuidadores recebem um mínimo, ou até nenhuma, formação sobre como efetuar eficazmente a higiene oral a terceiros, tornando-se, por estes motivos, necessário ter mais atenção na prestação dos cuidados de saúde aos idosos institucionalizados, promovendo a saúde e prevenindo a doença e aumentando o nível de conhecimento de saúde oral por parte dos cuidadores. O objetivo deste estudo foi o de avaliar o estado de saúde oral em indivíduos adultos institucionalizados no Concelho de Vagos e os conhecimentos dos cuidadores dos mesmos. O estudo foi composto por duas etapas: A primeira fase foi composta por um estudo observacional transversal...

Avaliação neuropsicológica de pacientes expostos ao vapor de mercúrio e de pacientes diabéticos do tipo 2; Neuropsychological assessments of patients exposed to mercury vapor and of type 2 diabetic patients

Zachi, Elaine Cristina
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
26.36%
Exposição a substâncias tóxicas e distúrbios metabólicos são fatores que afetam as funções neuropsicológicas. Foram realizados 2 estudos descritivos com os objetivos de verificar a possibilidade de disfunções neuropsicológicas em indivíduos com histórico de exposição ocupacional ao vapor de mercúrio e em pacientes diabéticos do tipo 2 sem diagnóstico de retinopatia, em ambos os casos, comparados com controles. A bateria neuropsicológica incluiu testes de atenção (Dígitos), controle inibitório (teste de stroop), memória verbal (teste de Buschke) e visual (Reprodução Visual), destreza manual (Grooved Pegboard), fluência verbal (FAS), habilidade viso-motora (Cubos), funções executivas (teste de Wisconsin), conhecimento semântico (Vocabulário) e sintomas de depressão (Inventário Beck de Depressão) e ansiedade (Inventário de Ansiedade Traço-Estado). Adotou-se p; Neuropsychological function is known to be affected by exposure to toxic substances and metabolic disorders. Two descriptive studies were performed. The aim was to examine possible neuropsychological dysfunction in individuals with history of occupational exposure to mercury vapor, and in type 2 diabetic patients without retinopathy, in comparison with controls. The neuropsychological assessment included measures of attention (WMS Digit Span)...

Avaliação da somestesia e coordenação motora em crianças com distrofia muscular de Duchenne; Evaluation of somesthetic and manual dexterity in children with Duchenne muscular dystrophy

Mesquita, Denise Caldeira Troise
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.82%
OBJETIVO: Pacientes com distrofia muscular de Duchenne apresentam alterações neuronais em regiões do sistema nervoso central como no giro pós-central e cerebelo. Para entender a sua influência sobre o controle motor, nós investigamos a somestesia e destreza manual, com e sem a informação visual. MÉTODO: Participaram deste estudo quarenta meninos com diagnóstico confirmado de distofia muscular de Duchenne (idade média = 9,68; DP = 2,23 anos), sem comprometimento dos membros superiores, e quarenta e nove meninos saudáveis (idade média = 8,14 anos; DP = 1,94 anos). Para avaliar a somestesia foi utilizado o teste de discriminação entre dois pontos e o teste de estereognosia, e para avaliar a destreza manual, foi utlilizado o Pick up test de Moberg com olhos abertos e olhos fechados e o teste do erro de localização. Os resultados foram submetidos pela análise de variância (ANOVA), sendo considerado estatisticamente significante p; AIM: Neuronal alterations were reported in the postcentral gyrus and cerebellum of patients with Duchenne muscular dystrophy. To understand their influence over motor control, we investigated somesthesis and manual dexterity, with and without visual information. METHOD: Forty boys with Duchenne muscular dystrophy (mean age = 9.68; SD = 2.23 years)...

Avaliação da eletroestimulação com biofeedback por eletromiografia de superfície em pacientes hemiplégicos; Evaluation of electrical stimulation with surface electromyographic biofeedback of hemiplegic patients

Lourenção, Maria Inês Paes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/03/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.78%
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do biofeedback (BIO) associado à terapia ocupacional (TO) e à estimulação elétrica funcional (FES) na espasticidade, movimento ativo e função do membro superior de pacientes hemiplégicos. Este estudo foi realizado na Divisão de Medicina de Reabilitação do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. Cinqüenta e nove pacientes acometidos por acidente vascular cerebral participaram do estudo por um ano; 31 receberam TO+FES duas vezes por semana + BIO uma vez por semana e 28 receberam somente TO+FES duas vezes por semana. Os pacientes foram avaliados inicialmente, após 6 meses e após 1 ano através da Avaliação da Função Manual, do Teste de Destreza Manual Minnesota, do Teste de Amplitude de Movimento e da Escala de Ashworth modificada. TO+FES+BIO melhoraram significativamente a amplitude de movimento e função dos membros superiores após 6 meses e 12 meses, quando comparado com somente TO+FES. Ambos os grupos melhoraram significativamente a espasticidade, após 6 meses e 12 meses, com diferença não significante entre eles. O uso adicional do biofeedback mostrou efeito positivo em amplitude de movimento e recuperação da função do membro superior no grupo estudado e pode representar uma importante ferramenta para a reabiltação de pacientes hemiplégicos; The objective of this was to study the effect of biofeedback (BIO) associated to occupational therapy (OT) and functional electrical stimulation (FES) on spasticity...

Investigação de Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) entre estudantes de odontologia e suas repercussões na destreza manual e desempenho cognitivo; Attention Deficit Hyperactivity Disorder (ADHD) among dental students and its effects on manual dexterity and cognitive performance

Silva, Maria Aparecida da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
67.15%
O Transtorno de Déficit de Atenção e Hiperatividade (TDAH) é caracterizado por caracterizado por desconcentração frequente, falta de controle dos impulsos e comportamento hiperativo iniciados na infância que permanecem por toda a vida em até 75% dos casos. O transtorno está associado a adversidades como baixo desempenho escolar e outras condições comórbidas, como ansiedade, depressão, uso de substâncias psicoativas e problemas de coordenação motora, principalmente destreza manual, este último mais descrito na infância e nomeado por Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação (TDC). O presente estudo teve duas fases: na primeira, o objetivo foi investigar a frequência de autorrelato de sintomas de TDAH em uma população de estudantes de Odontologia; na segunda, confirmar clinicamente o diagnóstico desse transtorno, avaliar história pregressa de problemas motores (se presença do TDC) e aplicar instrumentos para avaliar destreza manual e aspectos psicossociais. Material e Métodos. Foram incluídos 408 estudantes do curso de Odontologia da Universidade de São Paulo na primeira fase, com idade média de 22± 4,06 anos, aplicada a escala de autorrelato para sintomas de TDAH - Adult Self Report Scale (ASRS). Na segunda fase...

Habilidades excepcionais : uma avaliação das capacidades produtivas de pessoas portadoras de deficiência mental

Barbosa, Claudia Schmitt
Tipo: dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.36%
Esta dissertação aborda a problemática relacionada às atividades laborais de pessoas portadoras de deficiência (PPD) mental moderada e leve treinável, que trabalham em centros abrigados (CAZON e COOPA) em Porto Alegre (RS). Com base nos protocolos Maeces e ESAP , foi desenvolvido um protocolo para mapeamento/avaliação das habilidades das PPDs, que mostrou que habilidades como atenção, destreza manual, imaginação e trabalho em grupo são subutilizadas atualmente e devem ser maximizadas em um novo sistema de trabalho. O levantamento também mostrou que a demanda, tanto das PPDs quanto de pais e professores, é por mais atividades, sem descontinuidade, já que a atividade laboral é importante, principalmente, para o equilíbrio emocional da população amostrada.; This study evaluated the level of difficulty of the activities carried out by people with medium level mental disabilities, who work at two protected centers (CAZON and COOPA) at Porto Alegre/RS. Work abilities were mapped with a protocol based on Maeces and ESAP protocols. The results showed that abilities such as attention, manual dexterity, imagination and work in group are sub used, and therefore should be engaged in a new work system. People with mental disabilities...

Crianças com desordem coordenativa desenvolvimental alfabetizadas e não alfabetizadas um estudo sobre prevalência, autoconceito e competência motora

Coutinho, Mõnia Tainá Cambruzzi
Tipo: trabalho de conclusão de graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.36%
Os objetivos deste estudo foram investigar a prevalência de provável Desordem Coordenativa Desenvolvimental (p-DCD) e risco de DCD (r-DCD); comparar as Percepções de Competência (PC) de crianças com provável e risco de DCD com seus pares; e, verificar associações entre o desempenho motor e a PC. Crianças (N= 385; entre 4 e 10 anos) foram avaliadas com o Movement Assessment Battery for Children e as escalas Pictorial Scale of Perceived Competence and Social Acceptance e Escala de Autopercepção para Crianças. Foi utilizado estatística descritiva, ANOVA Oneway e Tuckey Post Hoc Tests (p ? 0,05). Os resultados evidenciam: (1) prevalência de 28,6% de casos de p-DCD e 18,7% com r-DCD; (2) maiores dificuldades na destreza manual; (3) crianças não-alfabetizadas com p-DCD apresentam percepção de adequação social (p=0,02), motora (p=0,03) e, autoconceito (p=0,01) mais baixos que seus pares. Nos grupos de idade os resultados sugerem que (1) crianças não-alfabetizadas com p-DCD com 4 anos (adequação social: p=0,001; aceitação materna: p= 0,01; autoconceito: p=0,02) e 8 anos (adequação social: p=0,05 e autoconceito: p =0,04) percebem-se menos aceitas e competentes que seus pares; (2) crianças alfabetizadas com p-DCD de 10 anos percebem-se menos competentes motoramente que seus pares (p=0...

Crianças que se percebem competentes e são intrinsecamente motivadas são motoramente mais competentes? um estudo associativo entre desenvolvimento motor e aspectos psicossociais de escolares

Pansera, Simone Maria
Tipo: dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
26.78%
Esta pesquisa teve como objetivo geral investigar a possível associação entre o desempenho motor, a orientação motivacional e a competência percebida em escolares. Mais especificamente buscou-se: verificar se crianças que apresentam dificuldades motoras em habilidades motoras fundamentais amplas também apresentam dificuldades em tarefas motoras específicas de motricidade fina e equilíbrio, bem como as diferenças de desempenho quanto ao sexo e as idades; investigar a competência percebida de escolares e as possíveis diferenças entre idade e sexo; investigar a orientação motivacional de escolares e as possíveis diferenças entre idade e sexo; e fazer uma associação entre as variáveis investigadas. A amostra total foi composta de 301 crianças de seis a 10 anos, alunos de duas escolas públicas, uma da cidade de Porto Alegre e outra da cidade de Cachoeirinha na região metropolitana. Os instrumentos utilizados para a coleta de dados foram o “Teste de desenvolvimento motor grosso – Segunda edição” (TDMG-2), validado para a população do RS (VALENTINI et al, 2008); a Movement Assessment Battery for Children (HENDERSON; SUGDEN, 1992); a “Pictorial Scale of Perceived Competence and Acceptance for Young Children” (HARTER; PIKE...

Tecnologia da Informação: computador e tablet no contexto da educação especial

Perin, Valéria Regina Giambroni Neves Monaco
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: 70 f. : gráfs., il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
26.36%
Pós-graduação em Desenvolvimento Humano e Tecnologias - IBRC; Among the many changes that occur during childhood some children run away from normality being identified with a disability. Among these we find intellectual disabilities which impact the performance of relatively simple tasks of daily life. As a result of this deficiency, these children have many problems in the educational context, with negative impact on various aspects of their school activities. In the present study, children performed manual activities using laptop and tablet. The aim of this study was to assess the effect of the use of the laptop and the tablet by intellectually disabled children performing relatively simple tasks. These features allow children to create new possibilities for action, through theirs interactions with the machine, assisting in intellectual, motor, social, and emotional differentiated and stimulating way. Sixteen children with medical report from mild learning disabilities were selected for participation in the study. Children were submitted to daily program, developed in a laptop and a tablet. They were randomly divided into two groups identified as Group 1 and Group 2. The intervention program was conducted over 10 sessions on alternate days...

Reestruturação produtiva e genero : um estudo de caso em duas empresas de linha branca

Nanci Stancki Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
26.36%
Esta tese discute os efeitos da reestruturação produtiva para o trabalho de homens e mulheres por meio de um estudo de caso em duas empresas de eletrodomésticos de linha branca, localizadas no interior de São Paulo. A opção metodológica foi a combinação da pesquisa qualitativa interpretativa com a quantitativa, permitindo tanto a análise dos conteúdos dos depoimentos quanto da tabulação cruzada das respostas quantificáveis. A investigação contou com cento e oitenta e três participantes que responderam a um roteiro de entrevista semi-estruturada com questões abertas e fechadas. Na década de 1990, o setor de linha branca se internacionalizou e passou por intensas transformações, entre as quais destacamos a introdução de inovações tecnológicas e organizacionais que afetaram o trabalho no conjunto do setor e nas plantas pesquisadas. Percebemos uma redução significativa dos postos de trabalho e dos salários, a elevação das exigências mínimas de escolaridade para contratação e permanência no emprego, bem como a necessidade de formação continuada por meio de cursos e treinamentos. O aumento da produtividade, a redução de empregos e as condições inadequadas de trabalho acarretaram uma intensificação do trabalho que provocou impactos sobre a saúde dos trabalhadores...

Aptidão física, destreza manual e sensibilidade proprioceptiva manual no idoso : Estudo em praticantes e não praticantes de actividade física

Pinto, Maria João Costa
Fonte: Universidade do Porto. Reitoria Publicador: Universidade do Porto. Reitoria
Tipo: dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
47.42%
O presente estudo teve como objectivo geral conhecer alguns aspectos da aptidão física, da destreza manual e da sensibilidade proprioceptiva manual, num grupo de idosos praticantes e não praticantes de actividade física. Analisaram-se os valores da aptidão física, da destreza manual e da sensibilidade proprioceptiva manual dos idosos segundo o sexo, a idade e a prática de actividade física. No sentido de se encontrar associações entre as variáveis, correlacionaram-se os valores da aptidão física, da destreza manual e da sensibilidade proprioceptiva manual.A amostra foi constituída por 57 idosos institucionalizados, de ambos os sexos, com idades compreendidas entre os 65 e os 99 anos. Para avaliar a aptidão física foi utilizado o Senior Fitness Test, para a avaliação da destreza manual o Teste de Destreza Manual de Minnesota e na sensibilidade proprioceptiva manual o Teste de Discriminação de Pesos. Os procedimentos estatísticos utilizados foram o Teste t de Student, o Teste z de Mann-Whitney e o coeficiente de correlação r de Pearson. Os principais resultados e conclusões obtidos neste estudo foram os seguintes: i) Algumas componentes da aptidão física declinaram em função do sexo, da idade e da prática de actividade física; ii) A destreza manual variou independentemente do sexo...

Efeito de um Programa Educacional de Equitação Terapêutica na destreza manual, destreza podal e equilíbrio em crianças com paralisia cerebral.

Noémia Monteiro
Tipo: dissertação
Português
Relevância na Pesquisa
26.48%

Teste de destreza manual da caixa e blocos em indivíduos normais e em pacientes com esclerose múltipla

Mendes,Maria Fernanda; Tilbery,Charles Peter; Balsimelli,Silvia; Moreira,Marcos Aurélio; Cruz,Ana Maria Barão
Fonte: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO Publicador: Academia Brasileira de Neurologia - ABNEURO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2001 Português
Relevância na Pesquisa
66.88%
Recentemente foram introduzidos novos medicamentos no tratamento da esclerose múltipla (EM) capazes de modificar a história natural da doença. Nos estudos clínicos que avaliam estas drogas utiliza-se com frequência a escala de incapacidade expandida (EDSS) como instrumento para avaliar as disfunções e incapacidades neurológicas durante estes ensaios. Há inúmeras limitações no uso desta escala, predominantemente pelo fato desta ser uma escala que privilegia em demasia a capacidade de marcha dos pacientes. Neste estudo, apresentamos nossos resultados na aplicação do teste de destreza manual da caixa e blocos em indivíduos normais e em portadores de EM. Observamos que 64,8% das mulheres e 80,7% dos homens apresentaram alterações estatisticamente significantes no escore deste teste quando comparados com indivíduos normais. Por sua facilidade de aplicação e sensibilidade em detectar alterações das habilidades motoras em membros superiores, os autores recomendam o emprego deste teste na avaliação do efeito destes medicamentos em pacientes com EM.

Relação entre os desempenhos em diferentes testes frequentemente utilizados na avaliação da função manual

Lima,Kauê Carvalho de Almeida; Francisco,Matheus Menezes; Freitas,Paulo Barbosa de
Fonte: Pontifícia Universidade Católica do Paraná Publicador: Pontifícia Universidade Católica do Paraná
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
47.11%
INTRODUÇÃO: Testes de Força de Preensão Palmar Máxima (FP Max) e de destreza manual são utilizados como indicativos da função manual . Porém, a FP Max pode ter sua validade questionada, em virtude de raramente exercermos força máxima em tarefas cotidianas. Para investigar a validade da FP Max, examinamos a relação dessa variável com outras obtidas em testes de destreza manual. Ainda, investigamos a relação entre testes de destreza manual. OBJETIVO: Verificar a relação entre a FP Max e o desempenho no Teste de Função Manual de Jebsen e Taylor (TFMJT) e entre o desempenho nesse teste e o desempenho no teste dos Nove Pinos nos Buracos (9-PnB). MÉTODO: Trinta e seis adultos jovens e sadios (18 homens e 18 mulheres) realizaram o TFMJT, seguido do 9-PnB e do teste de FP Max, com ambas as mãos. Foram realizadas análises de correlação entre o desempenho nesses testes. RESULTADOS: Os resultados revelaram a existência de uma relação negativa moderada entre a FP Max e o TFMJT (r < - 0,74), mostrando que, quanto mais forte o indivíduo, menor é o tempo para realizar o TFMJT. Os resultados revelaram, também, uma fraca correlação entre o teste 9-PnB e o TFMJT, somente na mão não dominante. CONCLUSÕES: A FP Max pode ser utilizada como indicativo da FM...

Influência do nível de habilidade e posição corporal no alcance de lactentes

Carvalho,RP; Gonçalves,H; Tudella,E
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia Publicador: Associação Brasileira de Pesquisa e Pós-Graduação em Fisioterapia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.36%
CONTEXTUALIZAÇÃO: Embora o desenvolvimento do alcance em diferentes posições corporais tem sido amplamente estudado, há poucas pesquisas sobre este assunto, considerando o nível de habilidade do lactente. Objetivo: Verificar como as posições corporais afetam os ajustes proximais e distais do alcance manual de lactentes de quatro a seis meses. MATERIAIS E MÉTODOS: Dez lactentes classificados como menos (n=6) e mais habilidosos (n=4) foram avaliados no mês de aquisição do alcance (M1) e após um mês de prática espontânea (M2), nas posições supina (0º), reclinada (45º) e sentada (70º). Foram analisados os ajustes proximais (alcances uni ou bimanuais) e distais (mão aberta, semi-aberta ou fechada), posição das mãos no início do movimento (perto ou longe do corpo) e movimentos de preensão. RESULTADOS: Houve predomínio de alcances unimanuais para os lactentes mais habilidosos. Os lactentes menos habilidosos apresentaram maior freqüência de alcances unimanuais em M1 (sentado) e M2 (supino e sentado). Houve predomínio de alcances com as mãos semi-abertas, exceto para lactentes mais habilidosos em M2 na posição reclinada. Lactentes menos habilidosos apresentaram mãos próximas ao corpo em M1 (reclinado e sentado) e M2 (reclinado)...

Dinamometria de preensão manual como parâmetro de avaliação funcional do membro superior de pacientes hemiparéticos por acidente vascular cerebral

Soares,Antonio Vinicius; Kerscher,Caroline; Uhlig,Loisiane; Domenech,Susana Cristina; Borges Júnior,Noé Gomes
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.5%
A força muscular é a valência física mais importante. É provável que exista correlação entre a força de preensão manual e outros testes para o membro superior afetado por um acidente vascular cerebral (AVC). O propósito deste estudo é analisar o valor preditivo da dinamometria de preensão manual (DPM) para recuperação do membro superior parético por AVC. Foram avaliados 43 pacientes hemiparéticos pós-AVC (60,7 anos±12,1). Vários testes (Escala de movimento da mão (EMM), Estesiometria, Teste de caixa e blocos, 9 buracos e pinos, Escala de Ashworth modificada e Índice de Barthel) foram relacionados com a DPM. Os resultados apontaram que a DPM apresenta boa correlação com EMM e, contrariamente, os testes de destreza manual, a sensibilidade e o índice de independência funcional não apresentaram valores significativos. A DPM é um teste rápido, fácil e acessível, e pode fazer parte dos protocolos de avaliação funcional do membro superior de pacientes hemiparéticos por AVC.

Desempenho motor fino e funcionalidade em crianças com síndrome de Down

Coppede,Aline Cirelli; Campos,Ana Carolina de; Santos,Denise Castilho Cabrera; Rocha,Nelci Adriana Cicuto Ferreira
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
26.48%
O objetivo do estudo foi comparar crianças com síndrome de Down (SD) e crianças típicas quanto ao desempenho motor fino, avaliado pela Bayley Scales of Infant and Toddler Development - Third Edition (BSITD-III), e o desempenho em autocuidado segundo o Inventário Pediátrico de Avaliação de Incapacidade (PEDI); e investigar associação entre ambos os domínios. Participaram 12 crianças típicas e 12 crianças com SD, avaliadas na idade de 2 anos. As crianças com SD apresentaram desempenho motor fino e funcionalidade inferior às crianças típicas, possivelmente por dificuldades em desempenhar tarefas que exijam destreza e coordenação manual, como as que compõem a BSITD-III. Apesar disso, sua pontuação em autocuidado foi adequada para a faixa etária, possivelmente porque as habilidades funcionais exigidas nesse período, como retirar calçados/vestimenta, impõem menor demanda motora fina do que tarefas da BSITD-III. Esse fato pode ter contribuído para o bom desempenho funcional das crianças com SD, e para a ausência de associação entre os domínios. Fatores como os cuidados oferecidos à criança pelos cuidadores, bem como ambientes estimuladores provavelmente também contribuíram para os resultados.

Avaliação da função manual e da força de preensão palmar máxima em indivíduos com diabetes mellitus

Lima,Kauê Carvalho de Almeida; Freitas,Paulo Barbosa de
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
36.45%
O sucesso na realização de atividades manipulativas é crucial para um estilo independente. Como os diabéticos podem apresentar alterações sensoriais nas mãos, podem demonstrar alterações funcionais em tarefas manipulativas. Assim, o objetivo deste estudo foi comparar o desempenho de indivíduos diabéticos não neuropatas com o de não diabéticos em tarefas manipulativas e na capacidade de geração de força de preensão palmar máxima. Treze diabéticos sem diagnóstico de neuropatia (48,6±11,51 anos; 79,9±10,88 kg; 1,68 ±0,09 m) e 13 controles pareados por sexo e idade (48,5±10,09 anos; 76,44±11,79 kg; 1,69±0,1 m) participaram do estudo. A sensibilidade das mãos foi avaliada por meio do kit de monofilamentos Semmes-Weinstein e, em seguida, foram aplicados três testes comumente utilizados para avaliação da função manual na seguinte ordem: teste de função manual Jebsen Taylor (TFMJT), teste dos nove pinos nos buracos (9-PnB) e teste de força de preensão palmar máxima (FPmax). Os resultados do teste de sensibilidade cutânea indicaram que oito diabéticos apresentaram sensibilidade cutânea normal e cinco, alguma alteração sensorial detectável pelo monofilamento, a qual, no entanto, não os caracterizavam como neuropatas. Com relação aos testes funcionais...

Força de preensão e destreza manual na criança com Síndrome de Down

Priosti,Paula Aivazoglou; Blascovi-Assis,Silvana Maria; Cymrot,Raquel; Vianna,Denise Loureiro; Caromano,Fátima Aparecida
Fonte: Universidade de São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
57.27%
Crianças com Síndrome de Down (SD) apresentam atraso na aquisição das habilidades motoras em relação às crianças com desenvolvimento normal, podendo interferir em atividades como a força de preensão e a destreza manual. A avaliação destas atividades pode fornecer indicadores de desempenho nas atividades diárias. O objetivo deste estudo foi analisar a correlação entre força de preensão e destreza manual em crianças com SD e crianças saudáveis com idade entre 7 e 9 anos. Participaram 26 crianças com SD, de ambos os sexos, que constituíram o Grupo SD, e 30 crianças saudáveis, compondo o Grupo Controle (GC). A avaliação da força de preensão foi realizada com o dinamômetro Jamar, e a da destreza manual pelo Teste Caixa e Blocos. O Grupo SD apresentou desempenho inferior tanto na força de preensão quanto na destreza manual, quando comparado ao GC; não houve correlação significativa entre a força de preensão e a destreza manual no Grupo SD; no GC esta correlação existiu; não houve diferença de desempenho entre os sexos para os itens avaliados; o desempenho nos testes de força de preensão e destreza manual no GC mostrou uma evolução com o decorrer da idade; no Grupo SD esta evolução não ocorreu. Conclui-se que foram encontradas diferenças no desempenho dos dois grupos...

Desempenho motor e estado nutricional de escolares com e sem transtorno do desenvolvimento da coordenação

Miranda,Talita Barbosa; Beltrame,Thaís Silva; Cardoso,Fernando Luiz
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.48%
O objetivo desse estudo foi investigar o desempenho motor e o estado nutricional de escolares de 7 a 10 anos de idade, com e sem Transtorno do Desenvolvimento da Coordenação (TDC). Participaram do estudo, 380 escolares de escolas públicas de Florianópolis -SC -Brasil. Para a identificação de dificuldades motoras, foi utilizado o Movement Assessment Battery for Children (MABC-2) e para a avaliação do estado nutricional, foram realizadas medidas antropométricas de peso e altura e cálculo do IMC. Os resultados demonstraram que 6,1% (n=23) apresentaram TDC, sendo 18 meninos e 5 meninas. No grupo com TDC, observou-se diferença significativa entre as habilidades de destreza manual e habilidades de lançar/receber e entre as habilidades de lançar/receber e equilíbrio. Quanto ao estado nutricional, 85,5% dos escolares, em geral, apresentaram eutrofia e 12,9% apresentaram sobrepeso/obesidade. No grupo com TDC, 91,3% obtiveram eutrofia e 8,7% apresentaram sobrepeso. Não houve associação entre o estado nutricional e desempenho motor entre os dois grupos, o que nos leva a perceber que o estado nutricional não influenciou o desempenho motor dos escolares avaliados.