Página 1 dos resultados de 280 itens digitais encontrados em 0.013 segundos

Enunciado asseverativo e contingência em Aristóteles: A batalha naval amanhã em De Interpretatione 9; Asseverative ciscourse and contingency in Aristotle: The sea battle tomorrow in De Interpretatione 9

Ferreira, Paulo Fernando Tadeu
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
27.29%
Julgo que a recusa do determinismo causal em Metaphysica E3/K8 mediante a tese de que nem todo evento se deve a causas necessitantes de seus efeitos acarreta (mediante a concepção em Categoriae 5 segundo a qual a proposição é verdadeira ou falsa conforme em um tempo se dê ou não se dê a correspondência entre a proposição e um estado de coisas situado nesse mesmo tempo) a recusa do determinismo lógico em De Interpretatione 9 mediante a tese de que proposições a respeito de eventos futuros contingentes não são nem verdadeiras nem falsas ex ante facto e, por conseguinte, nem toda proposição é em qualquer tempo verdadeira ou falsa. Julgo, ademais, que o comprometimento com a tese de que nem todo evento se deve a causas necessitantes de seus efeitos decorre de o filósofo comprometerse com a noção de deliberação. Acompanha o presente trabalho a tradução comentada de De Interpretatione 9.; Aristotles refusal of causal determinism in Metaphysics E3/K8 by means of the thesis that not every event is necessitated entails (given the conception put forward in Categories 5 that a proposition is either true or false according to its either corresponding or not corresponding at a given time to a state of affairs at that same given time) his refusal of logical determinism in De Interpretatione 9 by means of the thesis that propositions about future contingent events are neither true nor false ex ante facto but become either true or false afterwards. Aristotles commitment to non-necessitated events stems...

A idéia do determinismo infantil entre estudantes de psicologia: proposta de uma escala de avaliação; The idea about infant determinism among psychology student : proposal of rating scale

Pereira, Cyntia de Almeida Leonel Ferreira Mendes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2010 Português
Relevância na Pesquisa
37.74%
Este trabalho pretende avaliar, em caráter exploratório, em que medida os alunos dos primeiros e últimos anos de Psicologia de diferentes instituições de ensino tendem a aceitar ou, inversamente, rejeitar a idéia do determinismo infantil. Para tal avaliação, foi proposta uma escala do tipo Likert, denominada Escala de Determinismo Infantil - EDI, composta por quinze afirmativas, fundamentadas em diferentes concepções teóricas, frente as quais o aluno deve se posicionar, concordando ou discordando. Visando pautar as discussões e avaliações precedentes, realizou-se revisão bibliográfica, na qual são apresentados e discutidos autores e pesquisas que contribuem para a idéia do determinismo infantil e de autores e pesquisas que, contrariamente, criticam ou questionam esta mesma idéia. Além disso, acrescentou-se capítulo em que se discute se a concepção determinista em apreço corresponde a uma representação social. Buscou-se também discutir, em capítulo introdutório, o contexto sócio-histórico que marcou o estudo das primeiras experiências, favorecendo-se a crença na mencionada concepção. Após a revisão bibliográfica acima comentada, realizou-se a apresentação e discussão do método, caracterizandose os sujeitos...

Dos mitos acerca do determinismo climático/ambiental na história do pensamento geográfico e dos equívocos de sua crítica: reflexões metodológicas, teórico-epistemológicas, semântico-conceituais e filosóficas como prolegômenos ao estudo da relação sociedade-natureza pelo prisma da idéia das influências ambientais; On myths around climate/environmental determinism in geographic thought history and mistakes of its criticism: methodological reflections, theoretical-epsitemological, semantic-conceptual and philosophical introduction of the study in relation to nature-society through environmental influence view

Carvalho Júnior, Ilton Jardim de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.79%
Na história do pensamento geográfico há um grande equívoco na maneira pela qual é concebida a teoria do determinismo geográfico/ambiental. Isso significa que o tema tem sido tratado sob estereotipada roupagem, empobrecendo a Geografia e difamando e subestimando inúmeros geógrafos, bem como suas obras e idéias. O primeiro grande objetivo é o de demonstrar a importância histórica, científica e filosófica da idéia das influências ambientais que subjaz ao determinismo ambiental, a inevitabilidade de sua existência enquanto hipótese básica, e a impossibilidade epistemológica de se negá-la como uma hipóteses básica da Geografia, com ênfase em alguns autores rotulados de deterministas, como Hipócrates, Montesquieu, Semple e Huntington. O segundo grande objetivo é realizar uma crítica da crítica, minando algumas generalizações e equívocos dentre tantos que historicamente têm permeado o temário geográfico, e explicar o emaranhado semântico, filosófico, conceitual e epistemológico do tema das influências ambientais sobre a esfera humana, com ênfase na falsa dualidade determinismo/possibilismo. Assim, deve ser concebida como não mais que um mero prolegômeno, essencial, todavia, ao estudo da relação homem-ambiente...

Computabilidade e limites da matemática das teorias físicas: aplicações em sistemas elétricos de potência.; Computability and limits of physical theories mathematics: applications in electric power systems.

Slaughter Nyimi, Douglas Ricardo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 26/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
27%
Apesar dos modelos usados em engenharia serem, em sua maioria, reconhecidamente aproximados, acredita-se que a matemática usada na física e nos próprios modelos é infinitamente precisa e que tais teorias físicas poderiam prever completamente qualquer evento relacionado às variáveis equacionadas. No limite, seria possível prever o estado do universo em qualquer instante, crença esta chamada de determinismo. Claro está que essa pretensão é apenas de princípio, sendo impossível na prática. No entanto, pesquisas sobre os fundamentos da matemática e outras teorias matemáticas desenvolvidas no século XX sugerem que a matemática (e, consequentemente, a física) teria certos limites inerentes. A análise feita nesta tese fundamenta seus argumentos na Teoria das Funções Recursivas e Computabilidade Efetiva e na Teoria do Caos Determinístico. O objetivo principal é tratar de apurar a existência de limites inerentes e como tais limites se aplicariam aos sistemas elétricos de potência (mais especificamente nos tópicos fluxo de carga, transitórios eletromecânicos, transitórios eletromagnéticos e eletrônica de potência) e à engenharia de controle.; Although the models used in engineering are, in most cases...

A Máquina geométrica : modelo computacional para concorrência e não-determinismo usando como estrutura espaços coerentes; The geometric machine : a model for concurrence and non-determinism based on coherence spaces

Reiser, Renata Hax Sander
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27%
O trabalho constitui-se numa investigação teórica da estrutura ordenada e intuitiva dos espaços coerentes, introduzidos por Girard [GIR 86], na definição do modelo de máquina geométrica para construção e interpretação de estados e processos computacionais rotulados por posições de um espaço geométrico. Esta interpretação poderá ser aplicada às construções determinísticas, incluindo dois tipos especiais de paralelismo - o espacial, com memória e processos infinitos definidos por estruturas matriciais, que operam sobre dimensões independentes, de forma sincronizada; e o temporal, na versão genérica do modelo, com memória global transfinita e processos distribuídos num conjunto enumerável de máquinas geométricas, sincronizadas no tempo. O modelo contempla interpretação para computações não-determinísticas e prevê a aplicação de operadores exponenciais na interpretação do espaço funcional. A noção mais intuitiva deste trabalho está na definição da relação de coerência, que define o grafo sobre o qual se constrói este domínio semántico. Sobre o conjunto de pontos compatíveis de tais grafos, a coerência estrita interpreta a condição implícita para modelar o paralelismo - a concorrência entre posições de memória. Na construção dual...

Determinismo ambiental e estocasticidade em uma comunidade do sobosque da Floresta Atlantica; Environmental determinism and stochasticity in an undertory community of the Atlantic Forest

Bruno Almozara Aranha
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
27.74%
Processos determinísticos e estocásticos são importantes na organização da composição da comunidade, e há a hipótese de que o determinismo ambiental aumenta quanto mais extremo for o ambiente. Nosso objetivo foi testar essa hipótese em uma comunidade do estrato herbáceo-arbustivo de um trecho da Floresta Ombrófila Densa Submontana, em Ubatuba, São Paulo, Brasil. Amostramos plantas a partir de 30 cm de altura até 15 cm de perímetro do tronco à altura do peito em 25 parcelas de 3 x 3 m instaladas em locais côncavos e 25 instaladas em locais convexos. Medimos variáveis do microrrelevo (elevação, declividade e índice de convexidade) e da luminosidade (abertura do dossel). Classificamos as espécies em dois componentes: residentes (completam o ciclo vital no estrato herbáceo-arbustivo) e transientes (jovens de espécies dos estratos superiores). Por meio de testes de Mantel simples e parcial e regressão parcial múltipla confrontamos as matrizes de distância desses componentes e da comunidade total com matrizes de distância das variáveis do microrrelevo, da luminosidade e do espaço (distância geográfica). Também construímos curvas de riqueza para cada componente e para a comunidade completa em diferentes situações ambientais. Para testar se o determinismo ambiental aumenta quando aumenta a severidade do ambiente...

How genetic determinism and genetic diseases are presented in textbooks of 14 countries

Silva, Carla; Ferreira, Cláudia; Carvalho, Graça Simões de
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em 07/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.29%
The purpose of the present study was to analyse whether "Genetic Determinism" and "Genetic anomalies" are present in the textbooks of 14 countries and, being present, how these issues are addresses, for the age group of 14 to 18 years old. These countries are involved in the international project “Biohead-citzen”(European Project FP6 STREP Biohead-Citizen; CIT2-CT2004-506015) in which one of the topics is "Human Genetics" Results show that both terms “Genetic program" and "Genetic information", carrying different meanings, are expressed in textbooks with no clear association to the countries culture. Some of the genetic anomalies referred in textbooks are consistently present in all textbooks whereas others vary a lot from country to country. The association of the socio-cultural influences with this issue is now a matter of research.; Fundação para a Ciência e a Tecnologia (FCT) - Projecto “Análise de manuais escolares” (PTDC/CED/65224/2006), LIBEC/CIFPEC (unidade de investigação 16/644); Projecto European FP6 - STREP "Biohead-Citizen" (CIT2-CT-2004-506015)

Relations as executable specifications : taming partiality and non-determinism using invariants

Macedo, Nuno; Pacheco, Hugo; Cunha, Alcino
Fonte: Springer Publicador: Springer
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
27.29%
Comunicação publicada em "Lecture Notes in Computer Science", vol. 7560 (2012), pag. 146-161; The calculus of relations has been widely used in program specification and reasoning. It is very tempting to use such specifications as running prototypes of the desired program, but, even considering finite domains, the inherent partiality and non-determinism of relations makes this impractical and highly inefficient. To tame partiality we prescribe the usage of invariants, represented by coreflexives, to characterize the exact domains and codomains of relational specifications. Such invariants can be used as pre-condition checkers to avoid runtime errors. Moreover, we show how such invariants can be used to narrow the non-deterministic execution of relational specifications, making it viable for a relevant class of problems. In particular, we show how the proposed techniques can be applied to execute specifications of bidirectional transformations, a domain where partiality and non-determinism are paramount.; Fundação para a Ciência e a Tecnologia

Relativismo linguístico revisitado: como categorias numéricas podem influenciar a representação do mundo

Marques, Veruska Paioli do Nascimento
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
27%
Mestrado em Antropologia; Esta dissertação de mestrado examina o relativismo linguístico - uma teoria que defende que a estrutura e o léxico de uma língua influenciam como o falante percebe e conceptualiza o mundo. Existem duas versões desta teoria: a versão forte e a versão fraca. A versão forte, também chamada de determinismo linguístico, foi primeiramente proposta por Benjamin Lee Whorf. A versão fraca é baseada sobre o trabalho de Whorf, mas tem vindo a ser retrabalhada por inúmeros pesquisadores. A versão fraca defende que a língua influencia o pensamento, ou seja, os hábitos da fala podem eventualmente estabelecer hábitos na mente com consequências para a cognição. A versão forte argumenta que em vez de a língua influenciar os conceitos, ela própria é responsável pela criação dos mesmos, desta forma, até que a língua tenha uma palavra para um conceito, ele não existe para os falantes. Não há evidência empírica ou explanação filosófica que suporta a versão forte e por isso esta é refutada. Este trabalho divide o desenvolvimento do relativismo linguístico em três capítulos: A origem da hipótese e a contribuição de Whorf; pós- Whorf; e por último, apresento uma explicação de como e porquê algumas áreas da cognição são suscetíveis às influências das línguas...

Epigenetics and genetic determinism

Burbano,Hernán A.
Fonte: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Casa de Oswaldo Cruz, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
27%
This paper posits that the gene-centered viewpoint of the organism (gene-centrism) is not enough to explain biological complexity. Organisms are not completely determined by their genomes; rather, living beings can be seen as interpreters or intentional systems. Epigenetics is the framework that allows the avoidance of gene-centrism and permits the emergence of a more holistic standpoint where determination and novelty can coexist, as shown with examples taken from developmental biology and macromolecules folding. In summary, as P. Medawar and J. Medawar wrote: "Genetics proposes; epigenetics disposes."

Determinism and mass-media portrayals of genetics.

Condit, C M; Ofulue, N; Sheedy, K M
Tipo: text
Publicado em /04/1998 Português
Relevância na Pesquisa
27%
Scholars have expressed concern that the introduction of substantial coverage of "medical genetics" in the mass media during the past 2 decades represents an increase in biological determinism in public discourse. To test this contention, we analyzed the contents of a randomly selected, structured sample of American public newspapers (n=250) and magazines (n=722) published during 1919-95. Three coders, using three measures, all with intercoder reliability >85%, were employed. Results indicate that the introduction of the discourse of medical genetics is correlated with both a statistically significant decrease in the degree to which articles attribute human characteristics to genetic causes (P

Mosaicism of Solid Gold supports the causality of a noncoding A-to-G transition in the determinism of the callipyge phenotype.

Smit, Maria; Segers, Karin; Carrascosa, Laura Garcia; Shay, Tracy; Baraldi, Francesca; Gyapay, Gabor; Snowder, Gary; Georges, Michel; Cockett, Noelle; Charlier, Carole
Tipo: text
Publicado em /01/2003 Português
Relevância na Pesquisa
27%
To identify the callipyge mutation, we have resequenced 184 kb spanning the DLK1-, GTL2-, PEG11-, and MEG8-imprinted domain and have identified an A-to-G transition in a highly conserved dodecamer motif between DLK1 and GTL2. This was the only difference found between the callipyge (CLPG) allele and a phylogenetically closely related wild-type allele. We report that this SNP is in perfect association with the callipyge genotype. The demonstration that Solid Gold-the alleged founder ram of the callipyge flock-is mosaic for this SNP virtually proves the causality of this SNP in the determinism of the callipyge phenotype.

Genetic modification and genetic determinism

Resnik, David B; Vorhaus, Daniel B
Fonte: BioMed Central Publicador: BioMed Central
Tipo: text
Publicado em 26/06/2006 Português
Relevância na Pesquisa
27%
In this article we examine four objections to the genetic modification of human beings: the freedom argument, the giftedness argument, the authenticity argument, and the uniqueness argument. We then demonstrate that each of these arguments against genetic modification assumes a strong version of genetic determinism. Since these strong deterministic assumptions are false, the arguments against genetic modification, which assume and depend upon these assumptions, are therefore unsound. Serious discussion of the morality of genetic modification, and the development of sound science policy, should be driven by arguments that address the actual consequences of genetic modification for individuals and society, not by ones propped up by false or misleading biological assumptions.

Genetic Determinism and the Innate-Acquired Distinction in Medicine

Kronfeldner, Maria E.
Fonte: Springer Netherlands Publicador: Springer Netherlands
Tipo: text
Português
Relevância na Pesquisa
27%
This article illustrates in which sense genetic determinism is still part of the contemporary interactionist consensus in medicine. Three dimensions of this consensus are discussed: kinds of causes, a continuum of traits ranging from monogenetic diseases to car accidents, and different kinds of determination due to different norms of reaction. On this basis, this article explicates in which sense the interactionist consensus presupposes the innate–acquired distinction. After a descriptive Part 1, Part 2 reviews why the innate–acquired distinction is under attack in contemporary philosophy of biology. Three arguments are then presented to provide a limited and pragmatic defense of the distinction: an epistemic, a conceptual, and a historical argument. If interpreted in a certain manner, and if the pragmatic goals of prevention and treatment (ideally specifying what medicine and health care is all about) are taken into account, then the innate–acquired distinction can be a useful epistemic tool. It can help, first, to understand that genetic determination does not mean fatalism, and, second, to maintain a system of checks and balances in the continuing nature–nurture debates.

Comparison of the genetic determinism of two key phenological traits, flowering and maturity dates, in three Prunus species: peach, apricot and sweet cherry

Dirlewanger, E; Quero-García, J; Le Dantec, L; Lambert, P; Ruiz, D; Dondini, L; Illa, E; Quilot-Turion, B; Audergon, J-M; Tartarini, S; Letourmy, P; Arús, P
Fonte: Nature Publishing Group Publicador: Nature Publishing Group
Tipo: text
Português
Relevância na Pesquisa
27%
The present study investigates the genetic determinism of flowering and maturity dates, two traits highly affected by global climate change. Flowering and maturity dates were evaluated on five progenies from three Prunus species, peach, apricot and sweet cherry, during 3–8 years. Quantitative trait locus (QTL) detection was performed separately for each year and also by integrating data from all years together. High heritability estimates were obtained for flowering and maturity dates. Several QTLs for flowering and maturity dates were highly stable, detected each year of evaluation, suggesting that they were not affected by climatic variations. For flowering date, major QTLs were detected on linkage groups (LG) 4 for apricot and sweet cherry and on LG6 for peach. QTLs were identified on LG2, LG3, LG4 and LG7 for the three species. For maturity date, a major QTL was detected on LG4 in the three species. Using the peach genome sequence data, candidate genes underlying the major QTLs on LG4 and LG6 were investigated and key genes were identified. Our results provide a basis for the identification of genes involved in flowering and maturity dates that could be used to develop cultivar ideotypes adapted to future climatic conditions.

Bursting as a source of non-linear determinism in the firing patterns of nigral dopamine neurons

Jeong, Jaeseung; Shi, Wei-Xing; Hoffman, Ralph; Oh, Jihoon; Gore, John C.; Bunney, Benjamin S.; Peterson, Bradley S.
Tipo: text
Português
Relevância na Pesquisa
27.67%
Nigral dopamine (DA) neurons in vivo exhibit complex firing patterns consisting of tonic single-spikes and phasic bursts that encode information for certain types of reward-related learning and behavior. Non-linear dynamical analysis has previously demonstrated the presence of a non-linear deterministic structure in complex firing patterns of DA neurons, yet the origin of this non-linear determinism remains unknown. In this study, we hypothesized that bursting activity is the primary source of non-linear determinism in the firing patterns of DA neurons. To test this hypothesis, we investigated the dimension complexity of inter-spike interval data recorded in vivo from bursting and non-bursting DA neurons in the chloral hydrate-anesthetized rat substantia nigra. We found that bursting DA neurons exhibited non-linear determinism in their firing patterns, whereas non-bursting DA neurons showed truly stochastic firing patterns. Determinism was also detected in the isolated burst and inter-burst interval data extracted from firing patterns of bursting neurons. Moreover, less bursting DA neurons in halothane-anesthetized rats exhibited higher dimensional spiking dynamics than do more bursting DA neurons in chloral hydrate-anesthetized rats. These results strongly indicate that bursting activity is the main source of low-dimensional...

Alcohol Expectancies, Perceived Norms and Drinking Behavior among College Students: Examining the Reciprocal Determinism Hypothesis

Wardell, Jeffrey D.; Read, Jennifer P.
Tipo: text
Português
Relevância na Pesquisa
27.29%
Social learning mechanisms, such as descriptive norms for drinking behavior (norms) and positive alcohol expectancies (PAEs), play a major role in college student alcohol use. According to the principle of reciprocal determinism (Bandura, 1977), norms and PAEs should be reciprocally associated with alcohol use, each influencing one another over time. However, the nature of these prospective relationships for college students is in need of further investigation. This study provided the first examination of the unique reciprocal associations among norms, PAEs, and drinking together in a single model. PAEs become more stable with age, whereas norms are likely to be more dynamic upon college entry. Thus, we hypothesized that alcohol use would show stronger reciprocal associations with norms than with PAEs for college students. Students (N=557; 67% female) completed online measures of PAEs, norms and quantity and frequency of alcohol use in September of their first (T1), second (T2), and third (T3) years of college. Reciprocal associations were analyzed using a cross-lagged panel design. PAEs had unidirectional influences on frequency and quantity of alcohol use, with no prospective effects from alcohol use to PAEs. Reciprocal associations were observed between norms and alcohol use...

Distinguishing signatures of determinism and stochasticity in spiking complex systems

Aragoneses, Andrés; Rubido, Nicolás; Tiana-Alsina, Jordi; Torrent, M. C.; Masoller, Cristina
Fonte: Nature Publishing Group Publicador: Nature Publishing Group
Tipo: text
Publicado em 07/05/2013 Português
Relevância na Pesquisa
27.29%
We describe a method to infer signatures of determinism and stochasticity in the sequence of apparently random intensity dropouts emitted by a semiconductor laser with optical feedback. The method uses ordinal time-series analysis to classify experimental data of inter-dropout-intervals (IDIs) in two categories that display statistically significant different features. Despite the apparent randomness of the dropout events, one IDI category is consistent with waiting times in a resting state until noise triggers a dropout, and the other is consistent with dropouts occurring during the return to the resting state, which have a clear deterministic component. The method we describe can be a powerful tool for inferring signatures of determinism in the dynamics of complex systems in noisy environments, at an event-level description of their dynamics.

A Genome Scan Conducted in a Multigenerational Pedigree with Convergent Strabismus Supports a Complex Genetic Determinism

Georges, Anouk; Cambisano, Nadine; Ahariz, Naïma; Karim, Latifa; Georges, Michel
Fonte: Public Library of Science Publicador: Public Library of Science
Tipo: text
Publicado em 23/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
27%
A genome-wide linkage scan was conducted in a Northern-European multigenerational pedigree with nine of 40 related members affected with concomitant strabismus. Twenty-seven members of the pedigree including all affected individuals were genotyped using a SNP array interrogating > 300,000 common SNPs. We conducted parametric and non-parametric linkage analyses assuming segregation of an autosomal dominant mutation, yet allowing for incomplete penetrance and phenocopies. We detected two chromosome regions with near-suggestive evidence for linkage, respectively on chromosomes 8 and 18. The chromosome 8 linkage implied a penetrance of 0.80 and a rate of phenocopy of 0.11, while the chromosome 18 linkage implied a penetrance of 0.64 and a rate of phenocopy of 0. Our analysis excludes a simple genetic determinism of strabismus in this pedigree.