Página 1 dos resultados de 123 itens digitais encontrados em 0.121 segundos

Enfermidade e infinito: direitos da personalidade do paciente terminal; Illness and infinity: individual rights of terminal ill patients

Prata, Henrique Moraes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.11%
O presente trabalho apresenta uma nova perspectiva para as discussões jurídicas e bioéticas acerca dos direitos da personalidade dos pacientes terminais e encontra em nosso ordenamento jurídico, na afirmação de um direito geral da personalidade, a plenitude da tutela civil dos bens jurídicos personalíssimos do enfermo, sobretudo nas etapas finais da doença, ocasião em que a hipermedicalização do processo de morrer destaca-se como o principal fator gerador de lesões de diversas naturezas a esses bens. No caminho para chegarmos à proteção geral da personalidade, examinamos alguns direitos especiais que emergem ao final da existência humana, como o direito à morte em momento natural. No intuito de recuperar a centralidade da pessoa humana como fim único a que devem servir o Direito e a Medicina, construímos a trajetória do conceito de pessoa em seu desenvolvimento jusfilosófico para afirmar que todo ser humano é pessoa e sujeito de direito (ubi homo sapiens, ibi persona), ainda que não possua capacidade jurídica de fato, e, com isso, demonstrar a impossibilidade de pertença a uma classe de não pessoas independentemente de circunstâncias ou do desenvolvimento biopsíquico humano. Asseveramos, também, que o cuidar e o tratar em pacientes gravemente enfermos e terminais deve relacionar-se...

Direitos do cidadão usuário SUS : a percepção e o agir da equipe de enfermagem em um centro de saúde

Santos, Letícia Rosa
Tipo: dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
56.02%
Em nossa sociedade questões ligadas à bioética estão entre os temas que mais merecem nossa atenção como enfermeiros e profissionais de saúde. A promulgação da Constituição Federal e a regulamentação do SUS não foram suficientes para garantir a legitimação do direito à saúde de todos os cidadãos usuários do SUS. Dessa forma esta pesquisa tem como propósito analisar a percepção da equipe de enfermagem sobre os direitos do cidadão usuário do SUS e sua aplicação no exercício da assistência de enfermagem. Caracteriza-se como um estudo de caso de uma unidade de atendimento de um Centro de Saúde da rede básica de saúde, onde os participantes foram seis profissionais integrantes da equipe de enfermagem. Os dados foram coletados por meio de observações e entrevistas semi-estruturadas, sendo após submetidos ao método de análise de conteúdo de acordo com Bardin. A partir da análise dos dados, emergiram três temas: os direitos do cidadão usuários SUS percebidos pela equipe de enfermagem, a implementação dos direitos do cidadão usuário SUS na prática assistencial e alvitres para a preservação dos direitos do cidadão usuário SUS. Este estudo pode ser considerado uma estratégia para favorecer a desconstrução de práticas que podem ser vistas como “normalidades”...

Alterações da espectroscopia por ressonância magnética protônica (1H-MRE) em núcleos talâmicos de pacientes esquizofrênicos associadas a sintomas de psicose : estudo controlado com sujeitos normais

Ambros, Senair Alberto
Tipo: dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.05%
OBJETIVO: Realizou-se o uso da espectroscopia em núcleos talâmicos (1H-MRS) para avaliação da possibilidade de redução do N-acetilaspartato (marcador da integridade neuronal) de pacientes com esquizofrenia medicada em comparação com controles saudáveis. Realizou-se o estudo das razões do NAA-Co em núcleos talâmicos direitos e esquerdos e correlacionou-se com alguns sintomas da esquizofrenia. MÉTODO: Foi realizado o estudo em 13 pacientes com esquizofrenia, segundo DSM-IV, e 13 controles saudáveis. Foi aplicado o teste OPCRIT em todos e nos pacientes com esquizofrenia, correlacionado com alterações em núcleos talâmicos. RESULTADOS: Uma avaliação parcimoniosa da multiplicidade de sinais e sintomas, particularmente na estrutura da linha mediana, o tálamo, foi realizada. Não houve diferença estatisticamente significativa na relação entre os metabólitos dos pacientes com esquizofrenia e os controles saudáveis. Observou-se a redução da razão NAA/Co em núcleos talâmicos direitos nos pacientes esquizofrênicos com história familiar da doença e com fala desorganizada. Em pacientes com delírios e alucinações observou-se uma redução da razão NAA/Co à esquerda. Os pacientes com delírios "espalhados" apresentaram comprometimento bilateral. CONCLUSÃO: A utilização da espectroscopia 1H-MRS permitiu o estudo dos núcleos talâmicos...

Aspectos éticos e legais na emergência; Ethical and legal aspects at the emergency department

Carvalho, Paulo Roberto Antonacci; Torreao, Lara de Araujo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36%
Objetivo: Discutir aspectos éticos e legais das atitudes dos médicos em emergências e pronto-atendimentos baseados em códigos de conduta e estatutos legais vigentes no país. Métodos: Os autores levantam questionamentos a partir de casos clínicos ilustrativos e fazem comentários utilizando o Código de Ética Médica, o Estatuto da Criança e do Adolescente, a Declaração dos Direitos da Criança e Adolescente Hospitalizados, além de resoluções do Conselho Federal de Medicina. Resultados: São abordados os direitos da criança enquanto paciente e o direito de informação dos pais; a questão do abuso e maus-tratos domiciliares e o dever do médico como denunciante de tal prática no interesse e proteção da criança; a responsabilidade médica mesmo em condições adversas de trabalho, bem como os cuidados do profissional na transferência de pacientes para outras instituições; o dilema entre não-adotar e/ou retirar medidas de suporte de vida na emergência e o impedimento de atestar o óbito em situações de morte violenta; o exercício da autonomia e da tomada de decisões do paciente adolescente e os seus limites, incluindo as situações de quebra de confidencialidade. Conclusões: Os comentários apresentados no artigo procuram esclarecer o pediatra no sentido de detectar conflitos éticos e legais no atendimento de emergência...

Evolução das práticas de cuidado dos trabalhadores da saúde às pessoas com HIV/AIDS, em um hospital referência em doenças infectocontagiosas de Santa Catarina

Villarinho, Mariana Vieira
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 287 p.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
45.96%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Saúde, Programa de Pós-Graduação em Enfermagem, Florianópolis, 2012; Pesquisa sócio-histórica, com abordagem qualitativa, que tem por objetivo geral compreender a partir das memórias dos trabalhadores da saúde, de um Hospital Referência em doenças infecto contagiosas, suas estratégias de biossegurança, práticas de cuidado, comportamentos diante às pessoas com HIV/aids, no período de 1986 à 2006. Utilizamos como referencial teórico, o conceito de vulnerabilidade e risco, no contexto das práticas de saúde em meio ao surgimento da aids. O cenário do estudo foi o Hospital Nereu Ramos (HNR), serviço referência estadual em doenças infecto contagiosas e os sujeitos da pesquisa foram trabalhadores da saúde que atuaram e vivenciaram, direta ou indiretamente, o cuidado às pessoas com HIV/aids, internadas na instituição, no período do estudo. Para a coleta de dados utilizamos como método-fonte, a História Oral, a partir de entrevistas semi-estruturadas com 23 trabalhadores da saúde, dentre estes quatro médicos, oito enfermeiras, quatro técnicos de enfermagem, três auxiliares de enfermagem, um dentista, um nutricionista, uma assistente social e uma psicóloga. Para análise dos dados coletados...

O Serviço social junto ao paciente oncológico em tratamento radioterápico no Hospital de Caridade - "Anexo"

Stein, Janaina
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: tcc (graduação)
Português
Relevância na Pesquisa
36%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Serviço Social.; O presente trabalho tem por objetivo descrever e analisar a percepção do paciente oncológico acerca do atendimento prestado pelo Serviço Social, e sobre seus direitos enquanto pacientes internados na Ala Joana de Gusmão--Anexo" no Hospital de Caridade. O interesse pelo tema teve início durante o estágio curricular, onde compartilhamos o cotidiano de pessoas portadoras de câncer, suas angústias, seus temores e suas alegrias. Partimos do pressuposto básico, de que o respeito, a afetividade, e o encontro com o outro ser, norteariam nossas atitudes junto às pessoas, pois acreditamos que deste modo estaríamos mais próximos. Esta proximidade aconteceu no compartilhar e na troca de experiências, onde as limitações, a fragilidade, sensibilidade e ansiedades das pessoas, puderam se expressar. Para melhor apresentar o tema, este trabalho de conclusão de curso foi dividido em três capítulos. No primeiro capítulo foi contextualizado o Hospital de Caridade, assim como o setor de Serviço Social e posteriormente a Ala Joana de Gusmão - "Anexo", onde foram realizadas as entrevistas. No segundo capítulo, o tema foi abordado através de referencial teórico...

A Prática profissional do assistente social junto ao paciente internado na unidade de internação de neurocirurgia do Hospital Governador Celso Ramos

Goulart, Eliane Terezinha Januario
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: tcc (graduação)
Português
Relevância na Pesquisa
46.02%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Serviço Social; O presente trabalho procura demonstrar a importância do Assistente Social junto ao paciente internado na Neurocirurgia do Hospital Governador Celso Ramos. Primeiramente relata-se o contexto histórico do hospital, quando se faz um breve relato de sua história, dos atendimentos realizados, bem como, apresenta-se sua estrutura e funcionamento. Após relata-se sobre Unidade de Internação de Neurocirurgia, a equipe de profissionais que fazem parte de seu quadro funcional, sua implantação e número de leitos. A seguir fala-se sobre o Serviço Social nesta unidade hospitalar, onde é resgatado um pouco de sua história e sobre a metodologia de trabalho empregada pelos profissionais que lá atuam. Finalmente relata-se sobre os aspectos gerais da patologia de alguns pacientes internados naquela unidade: o tumor cerebral. No segundo momento resgata-se a trajetória da política de saúde no Brasil até chegar ao modelo atual do Sistema único de Saúde /SUS. Faz-se também um apanhado geral sobre os direitos que os pacientes internados na Neurocirurgia podem ter acesso como: Auxílio-Doença, resgate do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço - FGTS...

O Perfil Sócio-econômico das pacientes internadas na unidade de oncolologia da Maternidade Carmela Dutra

Santos, Camila Ávila dos
Fonte: Florianópolis Publicador: Florianópolis
Tipo: tcc (graduação)
Português
Relevância na Pesquisa
45.92%
TCC (graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio Econômico, Curso de Serviço Social.; O presente trabalho tem por objetivo identificar o perfil sócio-econômico das pacientes internadas na Unidade de Oncologia da Maternidade Carmela Dutra, para isso foram descritos os dados referentes a faixa etária, diagnóstico, instrução, situação civil, renda, procedência, profissão, situação familiar e situação habitacional das pacientes internadas.Para melhor apresentar o tema, este trabalho foi dividido em quatro capitulos. No primeiro capitulo foi feita a caracterização da Maternidade Can-nela Dutra, uma breve contextualização do Serviço Social na Maternidade Carmela Dutra e a intervenção do profissional de Serviço Social na Unidade de Oncologia. No segundo capitulo é abordada a Política Nacional de Combate ao Câncer. O terceiro capitulo refere-se a atuação do Serviço Social na área oncológica e o papel do assistente social na efetivação dos direitos assegurados aos portadores de câncer. E o quarto capitulo é voltado para a descrição dos dados obtidos através de 67 estudos sócio-econômicos.Constatou-se que a faixa etária de maior predominância foi de 41 a 60 anos, o câncer de mama foi o diagnóstico mais incidente...

Abandono do tratamento antirretroviral e busca consentida de casos de pessoas vivendo com HIV/AIDS

Santos, Fabiana Borges dos
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
45.93%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, Programa de Pós-Graduação em Processos de Desenvolvimento Humano e Saúde, 2011.; A adesão ao tratamento em doenças crônicas tem sido um tema bastante discutido, especialmente na área de HIV/aids, dada a sua complexidade. Apesar de existir, no Brasil, a distribuição universal dos medicamentos antirretrovirais e uma política pública avançada de atenção nessa área, as dificuldades relatadas pelas pessoas vivendo com HIV/aids são diversas e podem levar à interrupção do tratamento e do autocuidado. Visto que diversos fatores podem influenciar o abandono do tratamento e que os serviços de saúde devem garantir a atenção integral ao usuário, o presente estudo teve como objetivos: identificar e realizar busca dos casos de abandono do tratamento entre de pessoas soropositivas para o HIV em acompanhamento no Hospital Universitário de Brasília (HUB); proceder ao reacolhimento dos casos que foram contatados e descrever os motivos de abandono do tratamento relatados pelos usuários, bem como a percepção sobre o procedimento de busca consentida. O estudo objetivou ainda identificar percepções de profissionais de saúde que atuam em HIV/aids sobre o procedimento de busca consentida...

Ouvidorias públicas de saúde: estudo de caso em ouvidoria municipal de saúde

Silva,Rita de Cássia Costa da; Pedroso,Marcelo Caldeira; Zucchi,Paola
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
55.83%
OBJETIVO : Analisar o papel da ouvidoria e sua contribuição para a gestão da saúde pública segundo usuários de sistema de Saúde e de conselheiros municipais de saúde. MÉTODOS : Pesquisa qualitativa, estudo de caso, descritivo e transversal. A unidade de análise foi uma ouvidoria de saúde, localizada em município do estado de Minas Gerais, de maio a agosto de 2010. O estudo foi de natureza observacional com dados coletados em entrevistas com dois grupos de stakeholders: usuários e conselheiros de saúde. Foram entrevistados 44 usuários do Sistema Único de Saúde que registraram manifestações presenciais na ouvidoria e todos os 20 conselheiros do município. As informações obtidas foram analisadas com base em três questões: (1) natureza das informações obtidas; (2) discussão sobre subsídios para qualificar o funcionamento da ouvidoria como ferramenta de gestão; (3) proposição de ações para o aprimoramento da gestão democrática no campo da saúde pública. RESULTADOS : As demandas reportadas à ouvidoria indicaram dificuldade de acesso às ações e serviços de saúde, correndo o risco de serem percebidas como atalhos para obtenção de acessibilidade, desconsiderando o princípio da justiça social. A atuação da ouvidoria contou com a aprovação dos cidadãos. Os usuários relataram como principais funções da ouvidoria: ajudar a solucionar problemas de saúde e ouvir e esclarecer sobre o funcionamento do Sistema Único de Saúde. A informação foi enfatizada pelos conselheiros de saúde como instrumento de poder e de acesso aos direitos dos usuários do Sistema Único de Saúde. Destacaram que a ouvidoria tem como tarefa garantir justiça na efetivação da política de saúde e que desempenha importante papel de mediação entre o Conselho de Saúde...

O direito à informação e a manifestação da autonomia de idosos hospitalizados

Oliveira,Ana Claudia de; Fortes,Paulo Antonio de Carvalho
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/1999 Português
Relevância na Pesquisa
45.83%
Partindo-se do pressuposto que a avaliação da qualidade para a organização e o funcionamento dos serviços de saúde não deva estar restrita a variáveis tecnicistas e financeiras, mas que contemple o respeito dos direitos do paciente, procurou-se conhecer e analisar a manifestação da autonomia de idosos hospitalizados, baseada nas informações que possuem sobre seu estado de saúde, através da pesquisa de suas expectativas, compreensão sobre o direito à informação e a utilização deste para a deliberação e o consentimento esclarecido às propostas diagnósticas e terapêuticas envolvidas na assistência à sua saúde. Os resultados evidenciaram carência da informação fornecida ao idoso, manifestação de insatisfação quanto ao padrão de informação revelada, o papel da família como intermediária da informação na relação do idoso com a equipe de saúde e o comprometimento do processo decisório autonômico do paciente bem como comprometimento da manifestação do consentimento esclarecido.

O cidadão com transtorno psíquico: reflexões sobre os direitos humanos e os direitos do paciente

Chamma,Rita de Cássia; Forcella,Hideko Takeuchi
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2001 Português
Relevância na Pesquisa
56%
Considerando, as transformações sócio-político-econômicas que vem ocorrendo, a construção da história da Enfermagem Psiquiátrica, bem como as modificações no ensino de enfermagem pela nova Lei de Diretrizes e Bases e, ainda, a preocupação existente por parte de algumas facções no que se refere ao cumprimento e ao respeito aos Direitos Humanos e Direitos do Paciente, este estudo propõe reflexões sobre as condutas éticas de profissionais de enfermagem em relação ao paciente internado em hospital psiquiátrico, ressaltando o respeito pela dignidade humana. A discussão se dá à luz da Cartilha dos Direitos do Paciente, proposta pela Secretaria de Estado da Saúde do Governo do Estado de São Paulo e da Declaração Universal dos Direitos Humanos. Dá destaque à responsabilidade da área do ensino no tocante ao processo de mobilização para a transformação de preconceitos sobre a loucura, buscando a prática efetiva regida pelos princípios de igualdade, democracia, liberdade e exercício da cidadania.

O conhecimento dos pacientes com câncer sobre seus direitos legais

Sonobe,Helena Megumi; Buetto,Luciana Scatralhe; Zago,Márcia Maria Fontão
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.12%
Os objetivos do estudo foram: levantar o conhecimento dos pacientes oncológicos sobre seus direitos, identificar os mais conhecidos e verificar o conhecimento dos procedimentos para sua solicitação. Foi realizado um levantamento, aplicando um instrumento tipo check-list numa entrevista. Participaram 42 pacientes oncológicos que realizavam quimioterapia e seus familiares. 57% eram do sexo feminino; 28% tinham idade entre 61 e 70 anos; 62% cursaram apenas o 1º grau; 72% eram casados; 50% tinham renda familiar de 2,6 salários mínimos. 45% desconheciam os benefícios; dentre os benefícios existentes, a aposentadoria foi reconhecida por 23%; 33% citaram o laudo médico como o documento mais importante; 38% tiveram acesso às informações pela mídia; 23% não haviam solicitado nenhum benefício e 31% relataram obtenção de algum benefício. Concluímos que o enfermeiro precisar atuar com efetividade na divulgação dos direitos dos pacientes, para que os benefícios sejam assegurados e sua condição de cidadão seja respeitada.

Reivindicando a subjetividade dos usuários da Rede Básica de Saúde: para uma humanização do atendimento

Traverso-Yépez,Martha; Morais,Normanda Araújo de
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2004 Português
Relevância na Pesquisa
45.85%
O presente estudo objetivou investigar a forma como os usuários dos serviços públicos de saúde em Natal, Rio Grande do Norte, Brasil, "dão sentido" à sua situação de "paciente", interessando basicamente três aspectos: (1) a avaliação dos serviços recebidos; (2) a consciência de seus direitos como pacientes e seu papel na melhoria desses serviços; (3) as expectativas com relação ao encontro com o profissional de saúde. Os resultados apontam para as inúmeras deficiências encontradas no setor saúde e para a passividade e resignação da população em face do quadro atual. Reflete-se, ainda, sobre a necessidade de se valorizar a subjetividade do usuário, bem como sobre a relação profissional-paciente/cliente como um momento importante no processo de "humanização" das práticas de saúde. Esse reconhecimento deve possibilitar a construção, pelo usuário, de uma consciência crítica acerca de seus direitos e do seu papel como agente de mudanças no sistema de saúde.

Precarização social do trabalho e resistências para a (re) conquista dos direitos dos trabalhadores na França

Thebaud-Mony,Annie
Fonte: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos Publicador: Universidade Federal da Bahia - Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas - Centro de Recursos Humanos
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
46%
Este artigo apresenta, inicialmente, algumas grandes etapas históricas da conquista dos direitos de trabalhadores na França, sublinhando o que levou a um real reconhecimento oficial dos direitos em matéria de luta para a melhoria das condições de trabalho. No decorrer dos anos 1970, quando a "flexibilidade" se tornou a palavra de ordem da reestruturação das empresas, duas leis questionam a proibição da intermediação de mão de obra, instaurando um processo estrutural de precarização do trabalho e do emprego, que alterou não somente a segurança econômica dos assalariados como o conjunto dos direitos associados ao contrato de trabalho. Esse processo desmonta, em grande parte, o direito à saúde dos trabalhadores nos locais de trabalho, a exemplo dos cânceres profissionais, como revela pesquisa permanente realizada em uma região parisiense, junto a pacientes acometidos de câncer. Novas redes de resistência, no mais das vezes internacionais e constituídas numa base cidadã, organizam-se, entretanto, em torno dos desafios de saúde, tal como é tratado na conclusão.

A enfermagem frente aos direitos de pacientes hospitalizados

Chaves,Patrícia Lemos; Costa,Veridiana Tavares; Lunardi,Valéria Lerch
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2005 Português
Relevância na Pesquisa
66.08%
Todo paciente tem direito a ser reconhecido e respeitado como cidadão, o que implica participar das decisões relacionadas ao seu cuidado e tratamento. Visando conhecer como vem ocorrendo o respeito da enfermagem aos direitos de pacientes hospitalizados, pelo Sistema Único de Saúde (SUS) e por convênios privados, foi utilizado como método de coleta a entrevista semi-estruturada com pacientes cirúrgicos hospitalizados e com enfermeiras atuantes em uma Unidade de Clínica Cirúrgica (UCC) e numa Unidade de Convênios Privados (UC), além de observações sistemáticas do cuidado de enfermagem prestado aos pacientes internados nestas duas unidades de um Hospital Universitário. Os resultados apontaram a necessidade das enfermeiras priorizarem seu tempo principalmente para a orientação de pacientes que internam pelo SUS, além de envidarem esforços para assegurar o respeito aos direitos dos pacientes de serem previamente esclarecidos e de darem seu consentimento, com liberdade, antes da realização de qualquer procedimento em si.

Ética, direitos dos usuários e políticas de humanização da atenção à saúde

Fortes,Paulo Antonio de Carvalho
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2004 Português
Relevância na Pesquisa
75.92%
O artigo trata da evolução das políticas públicas de humanização dos serviços de saúde no Brasil. No campo da atenção em saúde, o termo humanização tem sido utilizado com diferentes significados e entendimentos, relacionando-o com os direitos dos pacientes e a ética voltada ao respeito ao outro. A partir dos anos 90, a humanização da atenção à saúde vem sendo tratada como política pública, iniciando-se no ambiente hospitalar, e , atualmente, sendo dirigida para todos os níveis de atenção de saúde.

Código dos direitos e deveres da pessoa hospitalizada no SUS: o cotidiano hospitalar na roda de conversa

Gomes,Annatália Meneses de Amorim; Sampaio,José Jackson Coelho; Carvalho,Maria das Graças Barreto de; Nations,Marilyn Kay; Alves,Maria Socorro Costa Feitosa
Fonte: UNESP Publicador: UNESP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
55.99%
Os direitos dos pacientes consistem em dispositivo para mudar a atenção e a gestão no Sistema Único de Saúde - SUS. O objetivo deste trabalho é apresentar as rodas de conversa sobre os direitos e deveres dos usuários do SUS no âmbito das unidades hospitalares. Trata-se de um estudo descritivo e exploratório, realizado em dois hospitais de Fortaleza, Ceará. Foram promovidas, em cada serviço, três rodas de conversa com 40 trabalhadores de várias profissões e setores. Utilizou-se para o debate o texto do Código de Direitos e Deveres do Paciente no SUS/CE. Os discursos foram analisados segundo a Análise de Conteúdo, consoante Lawrence Bardin. Percebeu-se que normas consolidadas dificultam a efetivação dos direitos, e a roda de conversa ampliou a visão crítica, promovendo discernimento. Esta se revelou importante instrumento de educação para a cidadania e humanização do processo de cuidado.

Pacto em defesa da saúde: divulgando os direitos dos usuários pela pesquisa-ação

Koerich,Magda Santos; Backes,Dirce Stein; Marchiori,Mara Caino
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
56%
Objetivou-se divulgar e discutir a Carta dos Direitos dos Usuários do Sistema Único de Saúde (SUS), com pacientes e familiares que buscaram atendimento em serviço público hospitalar. Optou-se pela pesquisa-ação, com abordagem qualitativo-construtivista, que propõe a participação coletiva e ação planejada com ênfase na mudança de uma situação. A coleta de dados ocorreu concomitantemente às discussões com os usuários da saúde, no decorrer do ano de 2007, durante encontros semanais de aproximadamente uma hora. As falas codificadas e analisadas resultaram em três eixos temáticos: direitos e deveres dos usuários; qualificação profissional; acolhimento em saúde. Concluiu-se que a carta dos direitos dos usuários do SUS se coloca como um dispositivo importante para o cidadão conhecer os seus direitos de acesso ao sistema de saúde, bem como contribuir de forma critica e co-responsável nas discussões e delineamentos em prol de um sistema de saúde mais resolutivo e eficaz.

Humaniza????o hospitalar: percep????o dos pacientes

Backes, Dirce Stein; Lunardi Filho, Wilson Danilo; Lunardi, Val??ria Lerch
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
45.83%
?? necess??rio mudar a forma como os profissionais se posicionam frente ao seu principal objeto de trabalho, a vida, o sofrimento e a dor dos indiv??duos. Assim, este estudo teve como objetivo relatar as percep????es dos pacientes em rela????o ?? humaniza????o no ambiente hospitalar. Emergiram, dentre outros, a necessidade de implementar um processo reflexivo acerca dos princ??pios, valores, direitos e deveres que regem a pr??tica dos profissionais de sa??de. Um programa de humaniza????o hospitalar sup??e estabelecer um ambiente de cuidado humano e uma cultura de respeito e valoriza????o n??o da doen??a, mas do ser humano que adoece, contemplando uma rela????o sujeito-sujeito e n??o sujeito-objeto.; It is necessary to change the manner in which they position themselves in the face of the principle object of their work, the life, suffering and pain of individuals. Thus, this study aimed to relating the patient???s perceptions with regards to the humanization in hospital ambient. Among others, the following to need the implementation of a reflective process concerning the principles, values, rights and duties which govern the practice os health professionals. Summarizing, a humanization hospital program supposed to establish an ambient to nurse people...