Página 1 dos resultados de 209 itens digitais encontrados em 0.021 segundos

Acessibilidade aos serviços de saúde por pessoas com deficiência; Accessibility to health services by persons with disabilities; Acceso a los servicios de salud por personas con discapacidad

CASTRO, Shamyr Sulyvan; LEFÈVRE, Fernando; LEFÈVRE, Ana Maria Cavalcanti; CESAR, Chester Luiz Galvão
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
46.56%
OBJETIVO: Analisar as dificuldades de acessibilidade aos serviços de saúde vividas por pessoas com deficiência. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Estudo qualitativo realizado com pessoas que relataram ter algum tipo de deficiência (paralisia ou amputação de membros; baixa visão, cegueira unilateral ou total; baixa audição, surdez unilateral ou total). Foram entrevistados 25 indivíduos (14 mulheres) na cidade de São Paulo, SP, de junho a agosto de 2007, que responderam perguntas referentes a deslocamento e acessibilidade aos serviços de saúde. A metodologia utilizada para análise foi o discurso do sujeito coletivo e as análises foram conduzidas com recurso do programa Qualiquantisoft. ANÁLISE DOS RESULTADOS: A análise dos discursos sobre o deslocamento ao serviço de saúde mostrou diversidade quanto ao usuário ir ao serviço sozinho ou acompanhado, utilizar carro particular, transporte coletivo, ir a pé ou de ambulância e demandar tempo variado para chegar ao serviço. Com relação às dificuldades oferecidas de acessibilidade pelos serviços de saúde, houve relatos de demora no atendimento, problemas com estacionamento, falta de rampas, elevadores, cadeiras de rodas, sanitários adaptados e de médicos. CONCLUSÕES: As pessoas com algum tipo de deficiência fizeram uso de meios de transporte diversificados...

Uso de medicamentos por pessoas com deficiências em áreas do estado de São Paulo; Use of medicines by persons with disabilities in São Paulo state areas, Southeastern Brazil

CASTRO, Shamyr Sulyvan de; PELICIONI, Andréa Focesi; CESAR, Chester Luiz Galvão; CARANDINA, Luana; BARROS, Marilisa Berti de Azevedo; ALVES, Maria Cecilia Goi Porto; GOLDBAUM, Moisés
Fonte: São Paulo Publicador: São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
46.78%
OBJETIVO: Analisar o consumo de medicamentos e os principais grupos terapêuticos consumidos por pessoas com deficiências físicas, auditivas ou visuais. MÉTODOS: Estudo transversal em que foram analisados dados do Inquérito Multicêntrico de Saúde no Estado de São Paulo (ISA-SP) em 2002 e do Inquérito de Saúde no Município de São Paulo (ISA-Capital), realizado em 2003. Os entrevistados que referiram deficiências foram estudados segundo as variáveis que compõem o banco de dados: área, sexo, renda, faixa etária, raça, consumo de medicamentos e tipos de medicamentos consumidos. RESULTADOS: A percentagem de consumo entre as pessoas com deficiência foi de: 62,8 por cento entre os visuais; 60,2 por cento entre os auditivos e 70,1 por cento entre os físicos. As pessoas com deficiência física consumiram 20 por cento mais medicamentos que os não-deficientes. Entre as pessoas com deficiência visual, os medicamentos mais consumidos foram os diuréticos, agentes do sistema renina-angiotensina e analgésicos. Pessoas com deficiência auditiva utilizaram mais analgésicos e agentes do sistema renina-angiotensina. Entre indivíduos com deficiência física, analgésicos, antitrombóticos e agentes do sistema renina-angiotensina foram os medicamentos mais consumidos. CONCLUSÕES: Houve maior consumo de medicamentos entre as pessoas com deficiências quando comparados com os não-deficientes...

Pessoas com deficiências: condições de convivência e possibilidade de atenção domiciliar; Disabled persons: conditions of coexistence and possibility of home care

Ferreira, Taísa Gomes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.71%
INTRODUÇÃO Para a pessoa com deficiência nem sempre o restabelecimento funcional significa aquisição de habilidades para que se possa viver de maneira a exercer sua cidadania. Este estudo tem como objetivo compreender de que maneira a aquisição da deficiência física altera as relações de convivência estabelecidas pelas pessoas e busca apresentar a atenção domiciliar como proposta de cuidado que pode lidar com as necessidades advindas dessa alteração. PROCEDIMENTOS: Pesquisa qualitativa realizada a partir de histórias de vida de adultos. Realizou-se de 1 a 3 encontros dependendo da quantidade de informações disponibilizadas. Foram acompanhados 1 homem e 3 mulheres com deficiências físicas com idades entre 30 e 77 anos. A escolha da amostra procurou representar as pessoas com deficiência física cadastradas na Unidade Básica do Jardim Boa Vista e que não realizavam acompanhamento terapêutico ocupacional. Também foram considerados idade, deficiência e seqüelas. A análise dos dados foi baseada na teoria de rede social significativa de Sluzki. RESULTADOS E DISCUSSÃO: Através das narrativas constatou-se diminuição das relações de convivência percebidas nas redes sociais compostas pela família, amigos...

Da invisibilidade à construção da própria cidadania: os obstáculos, as estratégias e as conquistas do movimento social das pessoas com deficiência no Brasil, através das histórias de vida de seus líderes; From invisibility to the construction of their own citizenship: obstacles, strategies and achievements of the social movement of disabled people in Brazil, through the life stories of their leaders

Crespo, Ana Maria Morales
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
46.99%
No período entre 1975-85, setores da sociedade, como trabalhadores, mulheres, negros e homossexuais se mobilizaram por direitos e contra a discriminação. (GOHN, 2003, p. 113-125). Na mesma época, as pessoas com deficiência, até então invisíveis, também se organizaram num movimento nacional para reivindicar não apenas direitos, mas, também, reconhecimento de existência. Sob a perspectiva teórica da História Oral, o objetivo deste projeto é desvelar as estratégias, os anseios, as dificuldades, as conquistas, e as perspectivas de futuro desse movimento. A História Oral se preocupa e tem compromisso social marcado pela voz dos excluídos e tem como fundamento reconhecer a cidadania de grupos oprimidos" e " instrumentar as lutas por direitos humanos na democracia". (MEIHY, 2005, p. 238) Assim, o emprego dos preceitos da História Oral, neste projeto, visa dar voz a quem nunca antes falou por si mesmo e reconhecer as pessoas com deficiência como sujeitos de sua própria história e não como objetos de estudo. A comunidade de destino estudada é a condição da deficiência e o que ela significa numa sociedade que desconhece os direitos das pessoas deficientes. A colônia entrevistada, formada por líderes do movimento...

Acessibilidade à educação por pessoas deficientes em uma biblioteca universitária (BU)

Paludo, Maria de Lourdes
Tipo: trabalho de conclusão de graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
Acessibilidade à Educação pode ser resumida pelas possibilidades que permitam às pessoas deficientes freqüentar e fazer parte de uma comunidade acadêmica. Este trabalho teve como objetivo verificar as condições de acessibilidade física na biblioteca universitária e suas proximidades identificada como (BU). Utilizou-se metodologia qualitativa para um estudo de caso. Foi adaptado um roteiro de autoria de Emmanuelli (2009), para este trabalho, como instrumento de coleta de dados. Os dados foram analisados e comparados com a NBR 9050/2004, Norma de Acessibilidade a Edificações, Mobiliário, Espaços e Equipamentos Urbanos, que serviu de base para a verificação de acessibilidade física prestada pela instituição aos usuários deficientes. Com a preocupação em sanar as barreiras enfrentadas pelas pessoas deficientes, na referida biblioteca, foram feitas algumas sugestões de melhoria de acessibilidade para serem implantadas pela universidade dentro deste ambiente.; Accessibility to education can be summed up by the possibilities for disabled people to attend and be part of an academic community. This study aimed to verify the conditions of physical accessibility in the university library and its environs as identified (BU). We used qualitative methodology to a case study. A script was adapted for this work as an instrument of data collection. The data were analyzed and compared to NBR 9050/2004 Standard of Accessibility to Buildings...

Entre o fortalecimento e o declínio do vínculo voluntário-idoso dependente em um centro-dia

Bocchi, Silvia Cristina Mangini; Andrade, Juliane; Juliani, Carmen Maria Casquel Monti; Berto, Silvia Justina Papini; Spiri, Wilza Carla
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 757-764
Português
Relevância na Pesquisa
36.53%
Trata-se de um estudo qualitativo que utiliza, como referencial teórico, o Interacionismo Simbólico e, como referencial metodológico, a Grounded Theory, visando a: compreender a experiência interacional voluntário-idoso dependente em um Centro-Dia e elaborar um modelo teórico representativo dessa experiência. A estratégia para a obtenção dos dados foi a entrevista não diretiva. Dos resultados, emergiram dois fenômenos: responsabilizando-se pela continuidade do exercício do voluntariado, junto a idosos dependentes, amparado na expectativa reparadora de ex-cuidadores familiares perante uma sociedade com consciência solidária em declínio, e assumindo o papel de voluntário. A experiência nos permitiu ampliar o conhecimento referente ao movimento que eles empreenderam na vivência denominada: entre o fortalecimento e o declínio do vínculo voluntário-idoso dependente em um centro-dia mediado por (des) motivação.; Este es un estudio cualitativo que utilizó como referencial teórico el Interaccionismo Simbólico y como referencial metodológico la Grounded Theory, con la intención de: comprender la experiencia interaccional voluntario-anciano dependiente en un Centro-Día y elaborar un modelo teórico representativo de esa experiencia. La estrategia para la obtención de los datos fue la entrevista no directiva. de los resultados...

Uso de medicamentos por pessoas com deficiências em áreas do estado de São Paulo

Castro, Shamyr Sulyvan; Pelicioni, Americo Focesi; Cesar, Chester Luiz Galvão; Carandina, Luana; Barros, Marilisa Berti de Azevedo; Alves, Maria Cecilia Goi Porto; Goldbaum, Moisés
Fonte: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Saúde Pública Publicador: Universidade de São Paulo (USP), Faculdade de Saúde Pública
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 601-610
Português
Relevância na Pesquisa
36.77%
OBJETIVO: Analisar o consumo de medicamentos e os principais grupos terapêuticos consumidos por pessoas com deficiências físicas, auditivas ou visuais. MÉTODOS: Estudo transversal em que foram analisados dados do Inquérito Multicêntrico de Saúde no Estado de São Paulo (ISA-SP) em 2002 e do Inquérito de Saúde no Município de São Paulo (ISA-Capital), realizado em 2003. Os entrevistados que referiram deficiências foram estudados segundo as variáveis que compõem o banco de dados: área, sexo, renda, faixa etária, raça, consumo de medicamentos e tipos de medicamentos consumidos. RESULTADOS: A percentagem de consumo entre as pessoas com deficiência foi de: 62,8% entre os visuais; 60,2% entre os auditivos e 70,1% entre os físicos. As pessoas com deficiência física consumiram 20% mais medicamentos que os não-deficientes. Entre as pessoas com deficiência visual, os medicamentos mais consumidos foram os diuréticos, agentes do sistema renina-angiotensina e analgésicos. Pessoas com deficiência auditiva utilizaram mais analgésicos e agentes do sistema renina-angiotensina. Entre indivíduos com deficiência física, analgésicos, antitrombóticos e agentes do sistema renina-angiotensina foram os medicamentos mais consumidos. CONCLUSÕES: Houve maior consumo de medicamentos entre as pessoas com deficiências quando comparados com os não-deficientes...

As condições de vida e saúde de pessoas acima de 50 anos com deficiência e seus cuidadores em um município paulista

Marin, Maria José Sanches; Lorenzetti, Débora; Chacon, Miguel Claudio Moriel; Polo, Mariana Colbachini; Martins, Vinicius Spazzapan; Moreira, Simone Alves Cotrin
Fonte: Universidade do Estado do Rio Janeiro Publicador: Universidade do Estado do Rio Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 365-374
Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
As disabled people become older, they often have more complex problems, due to the difficulties of social active insertion. This study aims to characterize the socio-demographic and health conditions of people with disabilities aged 50 years and over, and their caregivers. This is a descriptive study conducted through interviews with 43 disabled elderly and 39 caregivers. It was found that people with disabilities live with a relative, 51.2% did not attend formal education, 69.8% survive of retirement, 46.5% used three or more drugs and 69.8% did not do Pap smear / breast or prostate preventive screening. Among caregivers, 79.5% were female, 84.7% have little or no schooling, were sibling or nephew, have been caregivers for ten years or more, do not get help from other relatives and do not have regular leisure activity. Among them, 18% reported three or more health problems and 44% use three or more drugs. Disabled people over 50 exhibit some characteristics similar to other elderly dependents, but their condition of dependency is long lasting, which requires special health actions both for elderly and caregivers.; Pessoas com deficiência, ao se tornarem idosas, muitas vezes apresentam problemas mais complexos, devido às dificuldades de inserção social ativa. Este estudo se propõe a caracterizar as condições sociodemográficas e de saúde de pessoas com deficiência com idade acima de 50 anos...

Pessoas com deficiência e o mercado de trabalho : histórico e contexto contemporâneo; Persons with disabilities and the labour market : historical and contemporaneous context

Vinicius Gaspar Garcia
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
36.5%
Este estudo tem como objetivo contextualizar e avaliar o processo de inclusão das pessoas com deficiência no mercado de trabalho formal no Brasil. Parta tanto, primeiramente realiza um panorama acerca da trajetória das pessoas com deficiência na História, mostrando como foi evoluindo o "significado social" deste contingente populacional, tido anteriormente como "inválido" ou "incapaz". Realiza também uma apresentação sobre as principais legislações nacionais que versam sobre a temática da deficiência, além de estimar, com base nos dados do último Censo Demográfico, a população com deficiência em idade produtiva que estaria apta a fazer jus da chamada "Lei de Cotas". Este instrumento de ação afirmativa é avaliado quanto à sua efetividade, concluindo-se que, para além da legislação, é preciso avançar na inclusão escolar das pessoas com deficiência, melhorar as condições gerais de acessibilidade nos municípios e reafirmar paradigmas que não reforcem mitos e estereótipos associados a estas pessoas. Somente assim poderá avançar o ainda restrito acesso das pessoas com deficiência ao mercado de trabalho formal, no qual estão apenas uma minoria - em torno de 10% - daqueles com diferentes níveis de limitação física...

Uso de medicamentos por pessoas com deficiências em áreas do estado de São Paulo

CASTRO, Shamyr Sulyvan; PELICIONI, Americo Focesi; CESAR, Chester Luiz Galvão; CARANDINA, Luana; BARROS, Marilisa Berti de Azevedo; ALVES, Maria Cecilia Goi Porto; GOLDBAUM, Moisés
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.77%
OBJETIVO: Analisar o consumo de medicamentos e os principais grupos terapêuticos consumidos por pessoas com deficiências físicas, auditivas ou visuais. MÉTODOS: Estudo transversal em que foram analisados dados do Inquérito Multicêntrico de Saúde no Estado de São Paulo (ISA-SP) em 2002 e do Inquérito de Saúde no Município de São Paulo (ISA-Capital), realizado em 2003. Os entrevistados que referiram deficiências foram estudados segundo as variáveis que compõem o banco de dados: área, sexo, renda, faixa etária, raça, consumo de medicamentos e tipos de medicamentos consumidos. RESULTADOS: A percentagem de consumo entre as pessoas com deficiência foi de: 62,8% entre os visuais; 60,2% entre os auditivos e 70,1% entre os físicos. As pessoas com deficiência física consumiram 20% mais medicamentos que os não-deficientes. Entre as pessoas com deficiência visual, os medicamentos mais consumidos foram os diuréticos, agentes do sistema renina-angiotensina e analgésicos. Pessoas com deficiência auditiva utilizaram mais analgésicos e agentes do sistema renina-angiotensina. Entre indivíduos com deficiência física, analgésicos, antitrombóticos e agentes do sistema renina-angiotensina foram os medicamentos mais consumidos. CONCLUSÕES: Houve maior consumo de medicamentos entre as pessoas com deficiências quando comparados com os não-deficientes...

Fashion clothing for disable persons

Matos, Adriana Leiria Barreto; Santos, Célia; Silva, Melissa Lima; Cunha, Joana
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em //2008 Português
Relevância na Pesquisa
56.56%
Development of fashion clothing combining ergonomical and psychological comfort is a need for disabled persons. From the users’ point of view the product must also address aesthetic aspects such as fashion trends. Considering the social connotation that fashion has, it was decided to work in the conception of clothes developed for persons with physical disability. Having also in mind the diversity and specificity of the existent cases and the special demand of each one, particularly whose suffer poliomyelitis sequels and other diseases that cause the use of prosthetics in the legs and crutches for walking. This last group was selected as the target-market.

Policies for the inclusion of disabled people: limits and possibilities

França,Inacia Sátiro Xavier de; Pagliuca,Lorita Marlena Freitag; Baptista,Rosilene Santos
Fonte: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo Publicador: Escola Paulista de Enfermagem, Universidade Federal de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
46.43%
This study aimed to investigate the impact of the National Policy for the Integration of Disabled People in Brazil and to analyze which aspects of this policy are evidenced in academic publications. Data were collected in indexed databases and academic bibliography. The sample composition criteria permitted the inclusion of texts on social inclusion and public inclusion policies. Data were analyzed according to Thematic Content Analysis. It is concluded that disabled people have conquered a policy that guarantees access to goods and services, but face difficulties to achieve inclusion in education and the job market, due to the lack of education, qualification and resistance strategies by companies that refuse to hire them. The academic discourse highlights social inclusion problems, prioritizing rights to education, jobs and health care, to the detriment of rights related to culture, tourism and leisure.

Support networks and people with physical disabilities: social inclusion and access to health services

Holanda,Cristina Marques de Almeida; Andrade,Fabienne Louise Juvêncio Paes de; Bezerra,Maria Aparecida; Nascimento,João Paulo da Silva; Neves,Robson da Fonseca; Alves,Simone Bezerra; Ribeiro,Kátia Suely Queiroz Silva
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2015 Português
Relevância na Pesquisa
46.41%
This study seeks to identify the formation of social support networks of people with physical disabilities, and how these networks can help facilitate access to health services and promote social inclusion. It is a cross-sectional study, with data collected via a form applied to physically disabled persons over eighteen years of age registered with the Family Health Teams of the municipal district of João Pessoa in the state of Paraíba. It was observed that the support networks of these individuals predominantly consist of family members (parents, siblings, children, spouses) and people outside the family (friends and neighbors). However, 50% of the interviewees declared that they could not count on any support from outside the family. It was observed that the support network contributes to access to the services and participation in social groups. However, reduced social inclusion was detected, due to locomotion difficulties, this being the main barrier to social interaction. Among those individuals who began to interact in society, the part played by social support was fundamental.

Facts of interest to the disabled soldier or sailor The military and naval authorities will provide him [...].

Tipo: image; still image; exhibit posters; war posters; letterpress works
Publicado em //1919 Português
Relevância na Pesquisa
36.48%
Exhibit poster showing text listing the opportunities that are provided by the Federal Board for Vocational Education and by the Bureau of War Risk Insurance which are available to disabled servicemen.; Poster caption: Information regarding the opportunities described may be obtained in the larger centers from officers of the Federal Board for Vocational Education and the Bureau of War Risk Insurance and in all centers from the local Home Service Section of the American Red Cross.; Exhibit of the Red Cross Institute for Crippled and Disabled Men and the Red Cross Institute for the Blind.

In France, two popular trades taught disabled soldiers are cabinet-making and tailoring

Tipo: image; still image; exhibit posters; war posters; halftone photomechanical prints
Publicado em //1919 Português
Relevância na Pesquisa
36.51%
Exhibit poster showing two scenes in which disabled soldiers are being taught useful skills to enable them to find employment upon discharge from military service - "Disabled Serbians working in the carpentry shop at Lyons, France" ; "A tailoring class in Paris taught by a one-legged instructor."; Exhibit of the Red Cross Institute for Crippled and Disabled Men and the Red Cross Institute for the Blind.

Workshop for Disabled Survivors of Severe Head Injury

London, P. S.
Tipo: text
Publicado em 18/08/1973 Português
Relevância na Pesquisa
36.53%
Existing services for the disabled do not cater for the needs of lame-brain survivors of severe head injury who may be capable of productive work though they may never become employable. A grant from the Nuffield Provincial Hospitals Trust made it possible to set up in 1967 a special workshop in premises provided by the regional hospital board. The hospital management committee assumed financial responsibility for the centre after three years, and after five years the Department of Health and Social Security purchased adjoining premises, which will double the present accommodation for about 35 persons. Though 45% of the 101 patients attending the workshop have returned to work, no financial support has yet been received from the Department of Employment. A suitably staffed hostel is needed for patients who live too far away to travel daily to and from the workshop. This undertaking has shown a need for special facilities for some of the victims of severe head injury, who differ in many important ways from other disabled persons.

A Comparison of Topography-based and Selection-based Verbal Behavior in Typically Developed Children and Developmentally Disabled Persons with Autism

Vignes, Tore
Fonte: Association for Behavior Analysis International Publicador: Association for Behavior Analysis International
Tipo: text
Publicado em /12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
46.41%
This study is a replication of Sundberg and Sundberg (1990) that compared topography-based verbal behavior with selection-based verbal behavior in terms of acquisition, accuracy, and testing for the emergence of a new verbal relation. Participants were three typical children and three developmentally disabled persons with autism. The study sought to determine which paradigm (topography-based or selection-based) resulted in more rapid acquisition of tacts and intraverbals, which was associated with the fewest errors, and which paradigm resulted in the emergence of the highest number of new verbal relations. The results of the study showed that the six participants performed quite differently from one another. Most importantly, the results from the person with autism contradicted previous findings favoring selection-based verbal behavior over topography-based approaches for teaching verbal behavior to low-functioning individuals.

Are persons with physical disabilities who participate in society healthier and happier? Structural equation modelling of objective participation and subjective well-being

van Campen, Cretien; Iedema, Jurjen
Fonte: Springer Netherlands Publicador: Springer Netherlands
Tipo: text
Português
Relevância na Pesquisa
36.62%
In many countries, governments pursue a policy of offering persons with disabilities greater opportunities for participation in society, based on the assumption that this will also improve their subjective well-being. Currently, however, it is not known whether this assumption is valid. In this study we relate the objective participation and the subjective well-being aspects of both disabled and non-disabled persons to an array of social and health-related determinants. Linear structural equation modelling of data of a sample selection of the Dutch population is analysed. The sample size is 5,826, including 642 respondents with physical disabilities. In terms of objective participation, the persons with disabilities are at a greater disadvantage as regards labour participation than is the case for social and cultural participation. When it comes to subjective well-being, we find that the persons with disabilities are more likely to lag behind in perceived physical health than in mental health and happiness. In a multivariate model relating objective participation to subjective health and happiness, correlations are much weaker than expected. It is striking to find that participation, perceived health and happiness are much less closely related than is often assumed. Their determinants differ widely in nature and strength. The empirical model leads to rejection of the hypothesis that higher participation by the persons with disabilities is associated with higher subjective well-being.

Oxygen cost of treadmill and over-ground walking in mildly disabled persons with multiple sclerosis

Motl, Robert W.; Suh, Yoojin; Dlugonski, Deirdre; Weikert, Madeline; Agiovlasitis, Stamatis; Fernhall, Bo; Goldman, Myla
Tipo: text
Português
Relevância na Pesquisa
46.59%
Walking impairment is a ubiquitous feature of multiple sclerosis (MS) and the O2 cost of walking might quantify this dysfunction in mild MS. This paper examined the difference in O2 cost of walking between persons with MS who have mild disability and healthy controls and the correlation between the O2 cost of walking and disability. Study 1 included 18 persons with mild MS and 18 controls and indicated that the O2 cost of walking was significantly higher in MS than controls and that disability was significantly associated with the O2 cost of slow, moderate, and fast treadmill walking. Study 2 included 24 persons with mild MS and indicated that disability was significantly correlated with O2 cost of comfortable, fast, and slow over-ground walking. We provide evidence that the O2 cost of walking is an indicator of walking dysfunction in mildly disabled persons with MS and should be considered in clinical research and practice.

Impact of Medicare on the Use of Medical Services by Disabled Beneficiaries, 1972-1974

Deacon, Ronald W.
Fonte: CENTERS for MEDICARE & MEDICAID SERVICES Publicador: CENTERS for MEDICARE & MEDICAID SERVICES
Tipo: text
Publicado em //1979 Português
Relevância na Pesquisa
36.62%
The extension of Medicare coverage in 1973 to disabled persons receiving cash benefits under the Social Security Act provided an opportunity to examine the impact of health insurance coverage on utilization and expenses for Part B services. Data on medical services used both before and after coverage, collected through the Current Medicare Survey, were analyzed. Results indicate that access to care (as measured by the number of persons using services) increased slightly, while the rate of use did not. The large increase in the number of persons eligible for Medicare reflected the large increase in the number of cash beneficiaries. Significant increases also were found in the amount charged for medical services. The absence of large increases in access and service use may be attributed, in part, to the already existing source of third party payment available to disabled cash beneficiaries in 1972, before Medicare coverage.