Página 1 dos resultados de 1018 itens digitais encontrados em 0.104 segundos

Tangências, adjacências e enviesamentos dos discursos brasileiros sobre educação inclusiva: educação, aprender e ensinar.; Tangencies, adjacencies and biaging of the brazilian discourse about inclusive education: education, teaching and learning.

Nogueira, José Roberto Netto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
66.17%
A proposta desta dissertação consiste em discutir as expressões educação inclusiva e necessidades educacionais especiais, de uso corrente no campo educacional, tendo em vista a suposição de representarem conceitos ambíguos, cuja elucidação pode ter importância para a estruturação de referências práticas para o trabalho de escolas regulares inclusivas. Pareceram noções ambíguas por não apresentarem com clareza os espaços escolares onde se realizar (se especiais ou comuns, no caso das noções sobre educação inclusiva) e público-alvo preferencial de atendimento escolar (no caso das noções sobre necessidades educacionais especiais e sua relação com a educação de deficientes e de não deficientes). Foram analisadas algumas passagens de documentos oficiais brasileiros e internacionais sobre educação escolar, especial e inclusiva, referentes a apresentação de conceitos sobre educação, aprender e ensinar, objetos de estudo principais dessa pesquisa. Definiu-se como objetivo de pesquisa analisar as noções de educação, aprender e ensinar à luz das propostas e definições encontradas nos documento estudados. Foram realizadas análises de discursos inspiradas nas proposições de Scheffler (1974), inclusive no que se refere às considerações dos discursos sobre educação como discursos gerais de base programática...

O que os discursos sobre bullying podem nos dizer a respeito do mal-estar contemporâneo na educação?: evidências de um sintoma social; What discourses on bullying could say regarding the contemporary discontents on education?: evidence of a social symptom

Natalo, Samanta Pedroso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.04%
O bullying poderia ser escutado como um Sintoma Social? Em síntese, essa foi a pergunta que procuramos responder por meio da pesquisa da qual resultou a presente dissertação de mestrado. Para tanto, analisamos os discursos, a respeito do tema, apresentados em dois livros, quais sejam, Bullying, mentes perigosas nas escolas e Fenômeno bullying: como prevenir a violência nas escolas e educar para a paz. Dedicamo-nos, ainda, à leitura de seis cartilhas que compõem o programa Chega de bullying: não fique calado!, desenvolvido pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo. Em suma, o que pudemos constatar é que os discursos sobre o suposto bullying apontam para uma desresponsabilização dos adultos pela educação das gerações procedentes. Argumentamos que tal desresponsabilização poderia ser pensada como resultante da hegemonia, no campo educacional contemporâneo, do discurso pedagógico que coloca A Criança (grafada dessa forma para salientar tratar-se de uma figura idealizada pelas teorias psicopedagógicas) no centro da questão educacional, destinando ao educador o lugar de mero facilitador da aprendizagem. Assim, considerando o conceito de sintoma social tal como forjado por Lacan, a saber, como retorno da verdade na falha de um saber e como aquilo que faz barra ao desejo do Mestre...

A produção da anormalidade surda nos discursos da educação especial

Lunardi, Marcia Lise
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
56.14%
A presente tese, A Produção da Anormalidade Surda nos Discursos da Educação Especial, insere-se no terreno das discussões que pretendem examinar as relações entre normalidade/anormalidade e poder/saber. Tendo como foco principal a Política Nacional de Educação Especial (PNEE), ela aponta para as formas como um dispositivo pedagógico torna possível a produção de um aparato de verdades que, ao dizer coisas sobre os sujeitos deficientes e ao definir modelos para conduzir a ação pedagógica a eles dirigida, operam na constituição de subjetividades anormais. Tal empreendimento analítico foi constituído a partir de um conjunto de ferramentas extraídas do campo dos Estudos Culturais, principalmente aqueles que estão próximos a uma perspectiva pós-estruturalista; entre elas, destaco as noções foucaultianas de poder disciplinar, biopoder e normalização. Tais ferramentas possibilitaram-me operar sobre as formas como os discursos instituídos pelas práticas da Educação Especial colocam em funcionamento estratégias de normalização para os sujeitos surdos. Mostrei, por meio da análise desses discursos, como os surdos são constituídos como sujeitos patológicos e como se incide sobre eles uma terapêutica que é capaz de acionar mecanismos de correção...

A mídia como dispositivo da governamentalidade neoliberal : os discursos sobre educação nas revistas Veja, Época e Istoé; Media as a device of the neo liberal governamentality : the discourses about education in the magazines Veja, Época and IstoÉ

Gerzson, Vera Regina Serezer
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.18%
Nesta tese, A mídia como dispositivo da governamentalidade neoliberal – os discursos sobre educação nas revistas Veja, Época e IstoÉ, as revistas são compreendidas como dispositivos da governamentalidade neoliberal porque em seus discursos sobre educação, a racionalidade e as práticas neoliberais, constituintes do projeto político predominante nas sociedades contemporâneas, têm materialidade no texto destas mídias, produzindo discursos e enunciados vinculados com essa perspectiva econômica, política, social e cultural. Este estudo aponta o poder e as relações de poder neoliberais como práticas capilares, insidiosas, que são incorporadas nos discursos destas mídias, sem conotação repressora ou autoritária, mas como verdades que circulam nos espaços públicos, interagindo produtivamente com seus leitores. A tese inscreve-se no campo analítico dos Estudos Culturais em Educação, especialmente na vertente voltada para as análises textuais, e utiliza-se de contribuições teóricas de Michel Foucault. Ao tomar como objeto de estudo a mídia como dispositivo produtivo para a governamentalidade neoliberal, a tese investiga e demonstra que as revistas operam como via de circulação e instrumento de articulação das relações de poder-saber neoliberais. Quando abordam a educação...

Discursos sobre alfabetização no curso de pedagogia da Faculdade de Educação da UFRGS : uma análise de suas representações

Sperrhake, Renata
Tipo: trabalho de conclusão de graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
55.99%
Este trabalho de conclusão de curso pretende investigar alguns dos discursos sobre alfabetização circulantes no Curso de Pedagogia da Faculdade de Educação da UFRGS, ao analisar as representações de alfabetização de alunas que frequentavam o 1° semestre e o 8° semestre do Curso de Pedagogia no primeiro semestre do ano letivo de 2010. Para tanto, conta com os aportes teórico-metodológicos do campo dos Estudos Culturais em Educação, dos estudos pós-modernos e pós-estruturalistas a partir de análises culturais e discursivas. O trabalho está organizado da seguinte forma: na primeira seção, é apresentada a motivação da autora para a realização do estudo; na segunda seção, são apresentados alguns conceitos oriundos dos campos teórico-metodológicos que dão suporte à pesquisa; na terceira seção, o corpus do trabalho passa a ser examinado a partir de unidades de análise provenientes das respostas dadas aos questionários diferenciados aplicados nos dois semestres do referido Curso; na quarta e última seção, são apontadas algumas considerações sobre como as representações de alfabetização das participantes da pesquisa, incluindo as da própria autora, são produzidas a partir de uma multiplicidade de práticas discursivas propiciadas pelo Curso...

Os discursos sobre direitos humanos no espaço escolar : miradas sociológicas sobre as práticas docentes nos anos iniciais

Flesch, Lúcia
Tipo: trabalho de conclusão de graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
56.12%
O presente trabalho tem por finalidade apresentar a investigação qualitativa realizada, ao longo do segundo semestre de dois mil e treze, junto a uma Escola pública municipal de anos iniciais da Educação Básica, localizada na periferia da cidade de Novo Hamburgo. A pesquisa tinha por objetivo investigar quais discursos circulam no espaço escolar sobre Direitos Humanos nas práticas pedagógicas de professores/as dos anos iniciais da Educação Básica, assim como, se estes discursos apresentam alguma correlação com os discursos que tratam sobre infância(s), a fim de contribuir, a partir do olhar das Ciências Sociais, para com as intervenções pedagógicas. Para realização da investigação foi utilizado como recurso metodológico o estudo de caso etnográfico com o auxílio da observação participante, do questionário e da análise de dados como técnicas de coleta de dados. Os resultados obtidos disseram da fragilidade da presença do tema dos Direitos Humanos na formação docente, nas práticas pedagógicas dos anos iniciais no campo de análise e na relação destes discursos com os discursos que tematizam sobre as infâncias. Ao mesmo tempo, disseram que os discursos sobre DH não estão silenciados. Eles estão sendo vivenciados de forma pontual...

As posições-sujeito em Pais brilhantes, professores fascinantes : o processo de atribuições de sentido ao discurso sobre educação circulante no Brasil; The subject-positions Brilliant parents, fascinating teachers : the meaning atribution process to the circulating discourse on education in Brazil

Maria Cristina Komatz Domitrovic
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2010 Português
Relevância na Pesquisa
55.98%
O livro Pais brilhantes, professores fascinantes (doravante Pb, pf) teve 800.000 cópias vendidas até 2007, sendo por isso, um texto importante sobre educação em circulação no país nos últimos anos. Após a divulgação dos resultados obtidos pelos alunos brasileiros no PISA (Programa Internacional de Avaliação de Alunos), tanto o ensino público como o privado têm sido objeto de extensas e exaustivas análises através de textos veiculados pela mídia brasileira em artigos de jornais e revistas, e em sites e blogs da Internet. Opiniões, vereditos e soluções têm sido apresentadas por autores nacionais e estrangeiros com respeito ao problema da qualidade da educação no Brasil. Começamos a nos perguntar, que sentidos sobre educação vinham circulando no país, como a "legitimação do processo histórico da leitura" (ORLANDI, 2006b, p. 214) destes textos sobre educação vinha se dando, enfim, como estes textos vinham sendo compreendidos. Com este trabalho, que se insere na perspectiva teórica da Análise de Discurso materialista, temos o objetivo de evidenciar o processo de atribuição de sentidos ao discurso sobre educação no Brasil. Partimos de dois pressupostos básicos: de que a participação do Brasil no PISA é um acontecimento discursivo...

Movimentos e idéias sobre educação comunitária no Brasil : matrizes filosóficas e desdobramentos históricos no século XX; Movements and ideas on communitarium education in Brazil : philosophical matrixes and historical developments in twentieh century

Luciana Pedrosa Marcassa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2009 Português
Relevância na Pesquisa
56.06%
Esta pesquisa tem como objeto de estudo a tradição da educação comunitária no Brasil. Parte da análise crítica dos discursos sobre a questão comunitária na educação, considerando seus suportes conceituais, seus temas correlatos e propostas sistematizadas neste âmbito. Tendo em vista a direção dos processos educativos, sua função e representação política nos distintos contextos históricos, buscou compreender e desvelar os diferentes projetos, sentidos, valores e fundamentos ético-políticos atrelados às teorias e práticas pedagógicas presentes na arena de lutas e tensões que cercam a relação entre Estado e sociedade civil no Brasil. O estudo identificou a constituição de três matrizes hegemônicas que configuram e informam os movimentos e idéias sobre a educação comunitária no Brasil: a matriz fascista, centrada nas políticas de educação para o trabalho do Estado corporativista; a matriz redentora, amparada nas experiências dos movimentos de educação popular e no pensamento social da Igreja Católica; e a matriz produtivista, que tem uma versão fundada na pedagogia tecnicista das políticas educacionais do Governo Militar e outra na ação assistencialista das organizações civis do chamado terceiro setor...

Discursos sobre ciência

Ramos, Mariana Brasil
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: dissertação (mestrado) Formato: 1 v.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
56.13%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós-Graduação em Educação Científica e Tecnológica; Compreendendo que a televisão tornou-se fonte importante de divulgação científica e tecnológica, decidimos analisar discursos sobre ciência, no telejornal de maior audiência no Brasil: o Jornal Nacional (JN). Utilizando-nos do referencial Análise do Discurso Francesa, buscamos verificar como o JN produz sentidos sobre conceitos científicos, sobre as imagens dos cientistas, para constituir, ao final, os sentidos sobre ciência, através da análise das condições de produção dos discursos vinculada à análise das reportagens. Para tal, foram gravadas edições do JN durante dois meses e selecionadas as reportagens que tivessem os temas genética e biotecnologia como referente central. Emergem destas análises visões essencialmente utilitaristas da ciência e da tecnologia, vinculadas a um modelo linear de desenvolvimento (quanto mais ciência, mais tecnologia, mais desenvolvimento econômico e mais bem-estar social). As decisões sobre Biotecnologia aparecem como distantes do público em geral, tornando-se objeto de estudo e debate apenas de determinadas instâncias políticas ou científicas. As religiões...

Discursos sobre mobilização grevista de professores/as em Brasília : "prejuízo para todos"?

Neves, Risalva Bernardino
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
56.12%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Instituto de Letras, Departamento de Linguística, Português e Línguas Clássicas, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2013.; Este estudo tem por objetivo investigar representações/discursos sobre a mobilização grevista de professores/as da SEDF, realizada em 2012, na cobertura do jornal Correio Braziliense, tendo em vista a construção de sentidos potencialmente ideológicos. Para isso, esta pesquisa – qualitativa, predominantemente documental e sincrônica – baseouse na abordagem crítico-explanatória da Análise de Discurso Crítica (CHOULIARAKI & FAIRCLOUGH, 1999; FAIRCLOUGH, 2001, 2003; RAMALHO & RESENDE, 2011; RESENDE & RAMALHO, 2006), que concebe a linguagem como parte da vida social interligada com outros momentos sociais em processos dialéticos. Foi realizada pesquisa bibliográfica e análise de conjuntura a partir dos principais aportes teóricos de Thompson (1995, 1998) sobre a ideologia, e Silva (2009, 2010), Apple (2000, 2010), Gentilli (1996, 2000, 2010) sobre neoliberalismo e educação. O corpus ampliado, composto por reportagens do Jornal Correio Braziliense, assim como por notícias do site do Sindicato dos Professores do DF (Sinpro-DF)...

Ler, escrever e orar : uma análise histórica e comparada dos discursos sobre a educação, o ensino e a escola em Moçambique, 1850-1950

Madeira, Ana Isabel, 1963-
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em //2007 Português
Relevância na Pesquisa
56.14%
Tese de doutoramento em Ciências da Educação (Educação Comparada), apresentada à Universidade de Lisboa através da Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação, 2007; O objecto de análise deste trabalho são os discursos produzidos em torno da educação, do ensino e da escola no horizonte temporal que compreende as datas limite 1850-1950. Estes discursos constituem parte integrante do empreendimento colonial, sendo esboçados em enunciados acerca das finalidades, objectivos e funções da socialização escolar. O projecto de tese tem por horizonte a descrição destes enunciados para analisar as transformações e apropriações de que são objecto os discursos sobre a educação, o ensino e a escola nas colónias africanas. É a partir dessa descrição que se analisa a composição interna do saber construído acerca da educação colonial e o modo como ele dá lugar a um conjunto de estratégias destinadas a regular as práticas — dos governos, das instituições, dos grupos, dos indivíduos. Os enunciados sobre a educação, o ensino e a escola referem-se à região de acontecimentos que liga entre si os espaços metropolitanos aos coloniais envolvendo três unidades linguísticas distintas: o universo lusófono...

Discursos sobre a educação das crianças em idade pré-escolar nas revistas de educação familiar (1945-1958)

Vilhena, Carla Cardoso
Fonte: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa Publicador: Instituto de Educação da Universidade de Lisboa
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
55.99%
Os anos 50 correspondem, em Portugal, ao período em que a escolarização das crianças entre os 7 e os 10 anos se tornou uma realidade (Candeias, 2004). É também nesta década que se assiste a um aumento no número de crianças que frequentam instituições de educação de infância que sobe para mais do triplo (Gomes, 1977). Contudo, apesar deste acréscimo, no ano lectivo 1960/61 a taxa real de escolarização das crianças, com idades compreendidas entre os 3 e os 5 anos, é de 0,9% (Gabinete de Estatística e Planeamento da Educação, 2009), o que significa que a maioria das crianças era educada em casa, pelas suas mães ou por quem as substituísse. Este período é marcado, no mundo ocidental, por uma valorização da esfera doméstica e do papel das mulheres enquanto mães, pela democratização do modelo familiar assente na divisão sexual dos papéis, facilitado, como afirma Esping-Andersen (2009), pelo pleno emprego masculino e pelo aumento do valor dos salários. Em Portugal, à semelhança do que acontece noutros países, os papéis de esposa e mãe, consideradas funções naturais da mulher, são valorizados no discurso oficial (Pimentel, 2011). Como afirma Oliveira Salazar, a mulher “deve ser acarinhada, amada e respeitada porque a sua função de mãe...

Perspectiva dos pais sobre educação e castigo físico

Donoso,Miguir Terezinha Vieccelli; Ricas,Janete
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
55.96%
OBJETIVO: Descrever a percepção dos pais acerca do castigo físico, considerando-se o significado da educação e punição física, e formas de educar. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Foram abordados 31 familiares, estando 12 sob tutela por denúncia de maus-tratos e 19 não tutelados em unidade básica de saúde e na secretaria de Assistência Social de Belo Horizonte (MG) em 2006. Procedeu-se à análise de discurso dos relatos obtidos por meio de entrevistas semi-estruturadas. Os dados foram organizados em temas e categorias. ANÁLISE DO DISCURSO: Os resultados apontaram a restrição dos discursos dos entrevistados em função das suas condições de produção. Houve diversidade de concepções sobre educação e formas de educar, tendo como pontos comuns o relato da prática da punição física por todos os pais, mesmo entre aqueles que a condenam. Os discursos foram marcados pela heterogeneidade e polifonia, sobressaindo-se o discurso da tradição, o discurso religioso e o discurso científico popularizado. Não foi observada expressão do conceito de interdição legal da prática ou dos seus excessos pelos participantes. CONCLUSÕES: A cultura do castigo físico encontra-se em transição, em que a tradição de permissão se enfraquece e a interdição se inicia lentamente. Reforço ações de repressão legal à prática poderia contribuir para acelerar o processo de interdição do castigo físico.

Possíveis incompletudes e equívocos dos discursos sobre a questão da disciplina

Silva,Luiz Carlos Faria da
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/1998 Português
Relevância na Pesquisa
56%
Este artigo analisa os discursos produzidos ultimamente por educadores brasileiros preocupados com o tema das relações entre educação, disciplina e transformação social. Indica a existência de dois modelos interpretativos que balizam tais discursos e levanta a hipótese de que o equacionamento do tema nos termos desses dois modelos produziria: a desqualificação e a deslegitimação dos procedimentos ordenacionais indispensáveis, seja à ação humana em geral, seja à ação educativa em particular, tendência à anatematização do exercício de qualquer poder ou autoridade, hipertrofia da soberania do eu e das vontades evanescentes do indivíduo e sacralização dos atos espontâneos privados. Tais discursos vêm inspirando práticas educacionais cujos resultados são antagônicos aos explicitamente almejados por esses educadores: educação falhada, aparentemente aberta e democrática, supostamente indutora de transformação social e do posicionamento crítico, mas, na realidade, alienante, conservadora e inibidora de um espírito moderno de cidadania.

A fusão entre segurança e desenvolvimento no setor da educação: discursos e efeitos

Novelli,Mario
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
56.09%
O artigo explora a fusão das políticas de segurança e de desenvolvimento pelas agências de desenvolvimento ocidentais, operando em locais afetados por conflitos, e seus efeitos abrangentes no setor da educação. O artigo aborda a forma como a educação se tornou cada vez mais interligada aos discursos sobre segurança após o 11/09 e rastreia a história, a lógica e os resultados desta mudança. O artigo também explora os discursos múltiplos e concorrentes de uma série de atores envolvidos com a educação em locais afetados por conflitos, demonstrando a forma como um "senso comum" que une o desenvolvimento à segurança mascara divisões profundas entre os atores principais. Segue-se uma reflexão sobre a natureza contraditória da assistência ao desenvolvimento e alguns exemplos da forma como a ajuda à educação foi utilizada durante a Guerra Fria, para fins militares e não de desenvolvimento, são apresentados. Por fim, o artigo é concluído com uma chamada para mais pesquisas e críticas sobre esta importante questão.

Análise biopolítica do discurso oficial sobre educação em saúde para pacientes diabéticos no Brasil

Melo,Lucas Pereira de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
56%
No contexto brasileiro de transição epidemiológica, a educação em saúde tem sido uma ferramenta na luta pela promoção de estilos de vida "saudáveis" e adesão ao tratamento. Dentre essas doenças destaca-se o diabetes mellitus, considerado um problema de saúde pública. O objetivo deste estudo é analisar o discurso oficial sobre educação em saúde para diabetes mellitus, na primeira década dos anos 2000, no Brasil, fundamentado nos conceitos de biopolítica e práticas discursivas de Michel Foucault. Foi feita a revisão bibliográfica de dois documentos publicados pelo Ministério da Saúde brasileiro relacionados ao tema em estudo: "Manual de hipertensão arterial e diabetes mellitus", de 2002; e o "Caderno de atenção básica, número 16, diabetes mellitus", de 2006. Essas publicações têm orientado as práticas dos profissionais de saúde nos últimos dez anos. A localização e obtenção das fontes foram realizadas no site da Biblioteca Virtual do Ministério da Saúde, em dezembro de 2010. São discutidas as características gerais dos discursos oficiais; os objetivos das ações educativas para pacientes diabéticos; as temáticas abordadas nessas ações; o imperativo técnico e moral que rege o incentivo à realização das práticas educativas; e os parâmetros para avaliação e acompanhamento dos adoecidos. Em seguida...

Escolarizar para moralizar: discursos sobre a educabilidade da criança pobre (1820-1850)

Gouvêa,Maria Cristina Soares de; Jinzenji,Mônica Yumi
Fonte: Editora Autores Associados Publicador: Editora Autores Associados
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2006 Português
Relevância na Pesquisa
55.99%
O artigo busca analisar os discursos sobre a educação da infância pobre presentes na província mineira na primeira metade do século XIX, investigando as concepções sobre a educabilidade da criança dos estratos sociais inferiores e seu papel na formação de uma nação civilizada. Esta criança era representada como possuindo faculdades mentais e qualidades morais diferenciadas das crianças dos estratos superiores, fruto de sua pertinência social, a serem reparadas pela educação escolar. Assim, definia-se um projeto de escolarização voltado para esse segmento da população, fundado na instrução, circunscrita ao ler, escrever e contar, e principalmente na educação moral, condição de formação de um adulto civilizado.

O imperativo do afeto na educação infantil: a ordem do discurso de pedagogas em formação

Carvalho,Rodrigo Saballa de
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.04%
Este artigo apresenta resultados de uma pesquisa que teve como foco de análise a problematização dos discursos sobre afeto docente presentes em relatórios de um estágio realizado em turmas de Educação Infantil por 30 acadêmicas de Pedagogia em fase de conclusão do curso. O objetivo do artigo é problematizar como os discursos sobre afeto se constituem enquanto imperativos que inventam e regulam os modos de exercício docente. O campo de estudos no qual se fundamentou a pesquisa foi o dos estudos culturais e dos estudos desenvolvidos por Michel Foucault. A metodologia consistiu na análise do discurso foucaultiana, por meio da qual foram destacadas as regularidades e inflexões presentes nos relatórios. Estes foram escritos a partir de elementos recordatórios, como fotos, planejamentos e demais registros das acadêmicas. A análise evidenciou a assunção da afetividade como um imperativo profissional associado a um processo de generificação da docência. A partir da pesquisa, concluiu-se que os significados do afeto no exercício da docência só existem como resultados inacabados de processos que tratam de nomeá-lo e conformá-lo. Por essa razão, se for assumida a perspectiva de que os discursos que tomam o afeto como imperativo docente presentes nos relatórios analisados são produzidos pelas práticas sociais...

O imperativo do afeto na educação infantil: a ordem do discurso de pedagogas em formação

Carvalho,Rodrigo Saballa de
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
56.04%
Este artigo apresenta resultados de uma pesquisa que teve como foco de análise a problematização dos discursos sobre afeto docente presentes em relatórios de um estágio realizado em turmas de Educação Infantil por 30 acadêmicas de Pedagogia em fase de conclusão do curso. O objetivo do artigo é problematizar como os discursos sobre afeto se constituem enquanto imperativos que inventam e regulam os modos de exercício docente. O campo de estudos no qual se fundamentou a pesquisa foi o dos estudos culturais e dos estudos desenvolvidos por Michel Foucault. A metodologia consistiu na análise do discurso foucaultiana, por meio da qual foram destacadas as regularidades e inflexões presentes nos relatórios. Estes foram escritos a partir de elementos recordatórios, como fotos, planejamentos e demais registros das acadêmicas. A análise evidenciou a assunção da afetividade como um imperativo profissional associado a um processo de generificação da docência. A partir da pesquisa, concluiu-se que os significados do afeto no exercício da docência só existem como resultados inacabados de processos que tratam de nomeá-lo e conformá-lo. Por essa razão, se for assumida a perspectiva de que os discursos que tomam o afeto como imperativo docente presentes nos relatórios analisados são produzidos pelas práticas sociais...

Discursos sobre o idoso no processo de formação do bacharel em educação física da escola superior da UFPE

Pinheiro Tavares, Nayana; Granja Porto, Zélia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
56.09%
O presente estudo insere-se na linha de Pesquisa Formação de Professores e Prática Pedagógica do programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Federal de Pernambuco. Seu objetivo é analisar os discursos sobre o idoso no processo de formação do Bacharel em Educação Física. O referencial teórico toma como categorias analíticas estudos sobre a Educação Física, Idoso, Formação Profissional e Formação Profissional em Educação Física e o idoso, tendo como suporte teórico os estudos de Oliveira (2006), Medina (2008), Castellani Filho (1998), Zeichner (2008), Schön (2000), Tardif (2007), Okuma (1998), Zimerman (2000) e outros. Inclui-se no modelo de pesquisa de abordagem qualitativa, utilizando como instrumento de coleta a entrevista em profundidade e o questionário, e como modelo analítico a Análise de Discurso Textualmente Orientada de Norman Fairclough (2008). O campo de estudo foi a Escola Superior de Educação Física onde foram analisados os discursos presentes nos documentos curriculares (ementas e programas de disciplinas) e advindos das falas dos professores entrevistados. Na interdiscursividade dos documentos e falas foram percebidos aproximações, distanciamentos e silenciamentos da temática idoso...