Página 1 dos resultados de 46 itens digitais encontrados em 0.172 segundos

Avaliação estratégica de educação em grupo e individual no programa educativo em diabetes; Evaluation of group and individual strategies in a diabetes education program; Evaluación estratégica de educación en grupo e individual en el programa educativo en diabetes

TORRES, Heloisa de Carvalho; FRANCO, Laercio Joel; STRADIOTO, Mayra Alves; HORTALE, Virginia Alonso; SCHALL, Virginia Torres
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
105.84%
OBJETIVO: Comparar a efetividade de estratégias, em grupo e individual, de programa educativo em diabetes. MÉTODOS: Cento e quatro pacientes com diabetes tipo 2, atendidos no ambulatório e com seguimento em programa educativo de hospital de Belo Horizonte (MG), foram aleatoriamente recrutados e alocados em dois grupos: educação em grupo (n=54) e individual (n=50). A educação em grupo consistia de três encontros mensais, nos quais eram desenvolvidas dinâmicas lúdicas e interativas. Simultaneamente, o outro grupo era acompanhado individualmente. O acompanhamento ocorreu por seis meses durante o ano de 2006, sendo avaliados por questionários específicos: conhecimentos em diabetes, atitudes psicológicas, mudança de comportamento, qualidade de vida. Foi realizada avaliação clínica no tempo inicial, depois de três e seis meses da intervenção. RESULTADOS: A média de idade dos pacientes era de 60,6 anos. Os resultados da educação em grupo e individual foram semelhantes no teste de atitudes, mudança de comportamento e qualidade de vida. Observou-se redução nos níveis de HbA1c nos dois grupos, entretanto apenas no de educação em grupo a diferença apresentou significância estatística (p= 0,012). CONCLUSÕES: As duas estratégias do programa educativo em diabetes foram efetivas...

Performance of a Brazilian population on the test of functional health literacy in adults; Desempenho de uma população brasileira no teste de alfabetização funcional para adultos na área de saúde; Desempeño de una población brasilera en la prueba de alfabetización funcional para adultos en el área de salud

CARTHERY-GOULART, Maria Teresa; ANGHINAH, Renato; AREZA-FEGYVERES, Renata; BAHIA, Valeria Santoro; BRUCKI, Sonia Maria Dozzi; DAMIN, Antonio; FORMIGONI, Ana Paula; FROTA, Norberto; GUARIGLIA, Carla; JACINTO, Alessandro F; KATO, Eliane Mayumi; LIMA, Edson
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
95.7%
OBJECTIVE: To analyze the scoring obtained by an instrument, which evaluates the ability to read and understand items in the health care setting, according to education and age. METHODS: The short version of the Test of Functional Health Literacy in Adults was administered to 312 healthy participants of different ages and years of schooling. The study was conducted between 2006 and 2007, in the city of São Paulo, Southeastern Brazil. The test includes actual materials such as pill bottles and appointment slips and measures reading comprehension, assessing the ability to read and correctly pronounce a list of words and understand both prose passages and numerical information. Pearson partial correlations and a multiple regression model were used to verify the association between its scores and education and age. RESULTS: The mean age of the sample was 47.3 years(sd=16.8) and the mean education was 9.7 years(sd=5; range: 1 - 17). A total of 32.4% of the sample showed literacy/numeracy deficits, scoring in the inadequate and marginal functional health literacy ranges. Among the elderly (65 years or older) this rate increased to 51.6%. There was a positive correlation between schooling and scores (r=0.74; p; OBJETIVO: Analisar os escores de instrumento que avalia habilidade de leitura e compreensão de materiais da área da saúde segundo escolaridade e idade. MÉTODOS: Foram avaliados 312 participantes saudáveis de diferentes idades por meio da versão reduzida do instrumento Test of Functional Health Literacy in Adults. O estudo foi realizado entre 2006 e 2007 na cidade de São Paulo (SP). O instrumento envolve materiais como frascos de medicamentos e cartões de agendamento de consultas...

Produção audiovisual sobre a surdez e língua  de sinais: impacto em familiares ouvintes de crianças surdas; Production of audiovisual about deafness and sign language: impact on deaf childrens hearing parents

Moura, Guadalupe Marcondes de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
95.6%
Tema: Recurso Audiovisual Informativo. Objetivos: Desenvolver e exibir DVD informativo sobre surdez e língua de sinais, verificando o impacto desse material sobre familiares ouvintes de crianças surdas. Método: Este estudo compreendeu 2 etapas: 1) criação, produção e edição do DVD; 2) exibição deste para 28 famílias ouvintes de crianças surdas da cidade de SP. O procedimento consistiu na aplicação de protocolos pré e pós-intervenção, intermediado pela Intervenção onde o DVD foi apresentado. Na fase de pré-intervenção os sujeitos preencheram a Ficha de Identificação e assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido. Na fase de pós-intervenção responderam a um questionário com 15 questões, sendo 12 específicas sobre o material produzido. Resultados: Para a 1ª etapa do estudo foram necessários 28 meses entre o processo de criação e edição, com base em cinco fases para a produção de um vídeo, resultando em um DVD de 15 minutos sobre os temas surdez e língua de sinais com a participação de uma personagem em espuma (puppet articulado) que atua com a pesquisadora na apresentação dos temas citados. Na 2ª etapa foram levantadas as opiniões dos familiares sobre o DVD: 90% o consideraram ótimo...

Avaliação da eficácia do automanejo no controle da asma; Evaluation of self-management efficacy of asthma control

Angelini, Luciene
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
85.83%
Introdução: A educação em saúde é considerada essencial no controle da asma. A implantação de um programa de educação (PE) com automanejo tem impacto positivo na melhora da qualidade de assistência em asma. Entretanto, os benefícios de um PE ainda são controversos em função das barreiras estruturais. Objetivo: Avaliar o controle clínico de pacientes submetidos a um programa de automanejo associado automonitorização e auto-tratamento comparando-os com dois grupos em atendimento ambulatorial de rotina, com e sem aplicação de um PE. Ainda, mensurar o conhecimento da doença e técnica inalatória, os índices de qualidade de vida, sintomas de ansiedade e depressão e a alfabetização funcional em saúde. Métodos: Trata-se de um estudo aleatorizado, controlado, de grupos paralelos, alocados em três grupos: grupo controle (GC), educação (GE) e automanejo (GA) durante um período de doze meses. Foram incluídos 110 pacientes com asma persistente moderada e grave. O PE foi oferecido para pequenos grupos nos dias de consulta, e consistiu de aulas expositivas divididas em módulos: (1) fisiopatologia e controle ambiental; (2) sinais/sintomas da asma; (3) tratamento e treinamento da técnica inalatória. O GA ainda recebeu um diário de sintomas e um plano de ação individualizado por escrito. Para avaliar o controle da doença foi utilizado a média de pontos do teste de controle da asma (ACT) e o percentual de pacientes com escore 20. Outros questionários incluídos foram: conhecimento sobre a doença (QCA)...

Impacto da psicoeducação na recuperação sintomática e funcional dos pacientes bipolares; Impact of psychoeducation in symptomatic and functional recovery in bipolar patients

Pellegrinelli, Karina de Barros
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
95.74%
Introdução: Os objetivos do tratamento do Transtorno Afetivo Bipolar (TB) foram além da recuperação sintomática, incluindo também a recuperação funcional, foco das abordagens psicossociais como a psicoeducação. Objetivo: Verificar o impacto da psicoeducação na recuperação sintomática e funcional dos pacientes bipolares. Métodos: Trata-se de um estudo randomizado controlado com 51 pacientes portadores de TB tipo I ou II, de acordo com os critérios do DSM-IV TR; em remissão, com pontuação 7 na escala HDRS 17 itens e 6 na escala YMRS; em acompanhamento ambulatorial no GRUDA do IPq HC FMUSP, ou em acompanhamento psiquiátrico particular ou ainda no CAPS Del Rei MG. A distribuição dos sujeitos nos grupos foi feita por meio de randomização estratificada, em que os sujeitos, primeiramente, foram divididos em blocos estratificados de acordo com gênero, faixa etária, número de episódios anteriores da doença, escolaridade e estado civil. Posteriormente, dentro de cada bloco, os sujeitos foram distribuídos nos grupos aleatoriamente, por meio do lançamento da moeda ao ar repetidas vezes, em que GE foi cara e GC coroa. Assim, foram formados dois grupos homogêneos, evitando-se tendências e favorecimentos. O grupo experimental foi composto de 29 pacientes que receberam...

Avaliação dos componentes da qualidade de vida na clínica de insuficiência cardíaca; Components of life quality evaluation in heart failure clinic

Cruz, Fatima das Dores da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 09/03/2010 Português
Relevância na Pesquisa
85.71%
Fundamento: A insuficiência cardíaca (IC) é uma síndrome, de alta prevalência, comprometendo a qualidade de vida (QV). Objetivo: Testamos a hipótese de que um programa seqüencial de educação e monitorização (DMP), pode modificar os componentes do questionário Minnesota Living Heart Failure Questionnaire (MLHFQ) aplicado a pacientes com IC em seguimento ambulatorial. Métodos: Esta investigação é uma extensão do estudo REMADHE, prospectivo, randomizado, com grupo intervenção (GI) submetido a um DMP, versus grupo controle (GC). A QV foi avaliada pelo MLHFQ, aplicado na inclusão no estudo, a cada seis meses até os dois anos de seguimento, e após anualmente. Incluímos 412 pacientes, 60,5% do sexo masculino, e fração de ejeção de ventrículo esquerdo de 34,7 ±10,5%. Resultados: No GI ocorreu melhora significativa em todos os componentes do MLHFQ (53 ±23vs.29 ±19,p=0,007), da dimensão física (24 ±10 vs.13 ±9, p=0,0002), da dimensão emocional (13 ±7vs.9 ±7,p=0,02) e demais questões (21 ±9vs.11 ±7,p=0,001). No GI houve melhora de sobrevida livre de eventos (óbito e internação) (p; Background: Heart failure (HF) is a high prevalence syndrome, pledging the quality of life (QL). Objective: We tested the hypothesis that a sequential program of education and monitoring (DMP) may modify the components of Minnesota Heart Failure Living Questionnaire (MLHFQ) on outpatient patients with HF. Methods: This research is an extension of the REMADHE study...

Programa educativo com seguimento por telefone para pacientes submetidos à intervenção coronária percutânea: ensaio clínico controlado e aleatorizado; Educational Program with Telephone Follow-up for patients submitted to percutaneous coronary intervention: randomized controlled clinical trial

Furuya, Rejane Kiyomi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/08/2013 Português
Relevância na Pesquisa
95.8%
Introdução. A intervenção coronária percutânea (ICP) é um dos tratamentos para pacientes com doença arterial coronária (DAC). Essa intervenção deve ser acompanhada de outras medidas terapêuticas com o intuito de reduzir as incapacidades e o risco de novos eventos coronários; de controlar a progressão da doença; e de melhorar a qualidade de vida. Essas medidas compreendem a prevenção secundária da DAC e estão, principalmente, relacionadas às mudanças no estilo de vida para o manejo de fatores de risco para DAC. O contato por telefone tem sido utilizado por profissionais da área da saúde para o seguimento do paciente e da família no cuidado com diversas condições crônicas, incluindo a DAC. Objetivo. Desenvolver, implementar e avaliar um programa educativo com seguimento por telefone, durante o período de quatro meses após a alta hospitalar, para pacientes submetidos à ICP com o objetivo de melhorar o estado de saúde percebido, a autoeficácia, a adesão aos medicamentos e o estado emocional desses pacientes, bem como comparar desfechos do Programa Educativo com os de serviços de rotina hospitalar. Método. Ensaio clínico controlado e aleatorizado, realizado no Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto. A amostra deste estudo foi constituída pelos pacientes submetidos à primeira ICP...

Estudo da eficácia de um programa de educação na higiene e desinfecção dos nebulizadores de uso domiciliar de pacientes com fibrose cística; Study of the effectiveness of an education program on hygiene and disinfection of home nebulizers of patients with cystic fibrosis

Della-Zuana, Adriana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 25/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
105.82%
Pacientes com fibrose cística (FC) apresentam infecções respiratórias recorrentes e crônicas por patógenos peculiares e realizam inalações diariamente como parte de seu tratamento. É reconhecido que patógenos específicos são comumente isolados nestes nebulizadores e existe uma preocupação de que estes equipamentos possam contribuir como fonte de infecção bacteriana para as vias aéreas inferiores. Objetivo: Descrever os patógenos encontrados nos nebulizadores de uso domiciliar e nas amostras de trato respiratório de pacientes com FC e verificar a eficácia de uma técnica padronizada de higiene e desinfecção destes nebulizadores na redução da contaminação dos mesmos. Método: Quarenta pacientes com FC (22M:18F) com mediana de idade de 11,2 ± 3,74 anos e que utilizavam o nebulizador PRONEB/sistema PARI foram incluídos no estudo. Amostras dos nebulizadores foram coletadas do bocal e do copo reservatório utilizando-se um swab estéril umedecido em solução salina estéril. As amostras de trato respiratório dos pacientes foram colhidas por expectoração em coletor estéril ou com swab de orofaringe após estímulo de tosse. As culturas foram realizadas em meios seletivos e a identificação bacteriana feita através de provas bioquímicas clássicas. Instruções verbais e escritas de higiene e desinfecção dos nebulizadores foram ministradas. Resultados: A contaminação de alguma parte dos nebulizadores foi observada em 23/40 casos (57...

O efeito de um programa educativo ambulatorial sobre a asma não controlada

Rodrigues, Carmen Denise Borba
Tipo: dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
85.68%
Introdução: Ainda que resultados de ensaios clínicos preconizem que o controle da asma possa ser obtido, as evidências epidemiológicas sugerem que há uma significante lacuna entre as metas terapêuticas e o grau corrente de controle da doença obtido na população geral. Assim, o desafio que se estabelece é desenvolver estratégias que permitam atingir e manter o controle da asma. Objetivo: avaliar o efeito de um programa educativo ambulatorial individualizado em pacientes com asma não controlada. Métodos: Estudo prospectivo envolvendo pacientes com idade igual ou maior que 14 anos, com asma não controlada, recrutados a partir do ambulatório de um hospital universitário. O estudo foi conduzido antes e depois de uma intervenção educacional para asma. Após uma visita ambulatorial de rotina, os participantes respondiam a questionário estruturado para avaliar o grau de controle da asma, os escores de qualidade de vida (questionário de Juniper) e a técnica inalatória. Os participantes também foram submetidos a testes de função pulmonar. Após, eles participaram de um programa educativo em asma que consistia de uma sessão inicial individualizada de 45 minutos e de entrevistas telefônicas de 30 minutos em 2, 4 e 8 semanas. Todos os participantes foram reavaliados após 3 meses. Resultados: 63 pacientes completaram o estudo. Na segunda avaliação...

Conhecimento e impacto sobre o manejo das crises de pacientes portadores de asma

Vieira,Jeorge Wagner da Conceição; Silva,Anderson Aquiles; Oliveira,Flávia Márcia
Fonte: Associação Brasileira de Enfermagem Publicador: Associação Brasileira de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
95.75%
A asma é uma patologia crônica caracterizada por episódios recorrentes de obstrução das vias aéreas. O objetivo do estudo consiste em avaliar o conhecimento dos pacientes asmáticos e os possíveis impactos sobre o manejo da doença. Foi realizado um estudo qualitativo utilizando entrevista como instrumento. A amostra foi constituída por 30 pacientes asmáticos, que apresentaram crise, seguida de internação em Unidades de Pronto-Atendimento de Coronel Fabriciano, Ipatinga e Timóteo, em junho e julho de 2005. O conhecimento apresentado pelos sujeitos da pesquisa era regular e estava relacionado ao contato prévio com os fatores desencadeantes. Conseqüentemente, o manejo da crise asmática não estava adequado. Esses resultados demonstram a importância do desenvolvimento de ações de educação em asma pelas equipes de saúde.

Avaliação estratégica de educação em grupo e individual no programa educativo em diabetes

Torres,Heloisa de Carvalho; Franco,Laercio Joel; Stradioto,Mayra Alves; Hortale,Virginia Alonso; Schall,Virginia Torres
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
95.79%
OBJETIVO: Comparar a efetividade de estratégias, em grupo e individual, de programa educativo em diabetes. MÉTODOS: Cento e quatro pacientes com diabetes tipo 2, atendidos no ambulatório e com seguimento em programa educativo de hospital de Belo Horizonte (MG), foram aleatoriamente recrutados e alocados em dois grupos: educação em grupo (n=54) e individual (n=50). A educação em grupo consistia de três encontros mensais, nos quais eram desenvolvidas dinâmicas lúdicas e interativas. Simultaneamente, o outro grupo era acompanhado individualmente. O acompanhamento ocorreu por seis meses durante o ano de 2006, sendo avaliados por questionários específicos: conhecimentos em diabetes, atitudes psicológicas, mudança de comportamento, qualidade de vida. Foi realizada avaliação clínica no tempo inicial, depois de três e seis meses da intervenção. RESULTADOS: A média de idade dos pacientes era de 60,6 anos. Os resultados da educação em grupo e individual foram semelhantes no teste de atitudes, mudança de comportamento e qualidade de vida. Observou-se redução nos níveis de HbA1c nos dois grupos, entretanto apenas no de educação em grupo a diferença apresentou significância estatística (p= 0,012). CONCLUSÕES: As duas estratégias do programa educativo em diabetes foram efetivas...

Percepções e ações de mulheres em relação à prevenção e promoção da saúde na atenção básica

Figueira,Taís Rocha; Ferreira,Efigênia Ferreira e; Schall,Virgínia Torres; Modena,Celina Maria
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
85.61%
OBJETIVO: Analisar percepções e participação de usuárias de unidade básica de saúde em relação à prevenção e promoção de saúde. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Estudo qualitativo no qual foram entrevistadas 20 usuárias de uma unidade de saúde da família de Belo Horizonte, MG, em 2007. O roteiro da entrevista englobou questões sobre o processo saúde-doença e prevenção e promoção de saúde. Foi utilizada a técnica de análise de conteúdo na análise dos relatos. ANÁLISE DOS RESULTADOS: A percepção sobre prevenção apresentou influência da teoria de Leavell & Clark, expressa por ações que evitam o aparecimento, progressão ou agravamento de alguma doença. A promoção de saúde foi concebida como um nível de prevenção e associada à responsabilização individual e ao conceito positivo de saúde. As práticas de prevenção e promoção de saúde estiveram orientadas pelo conceito positivo de saúde, pela possibilidade de gerarem prazer/desprazer, pelas interferências que poderiam ocasionar no cotidiano, pela concepção de força de vontade e de valor conferido à vida. CONCLUSÕES: O discurso sobre prevenção e promoção de saúde é marcado por concepções tradicionais. Contudo, houve a incorporação do conceito positivo de saúde que...

Avaliação estratégica de educação em grupo e individual no programa educativo em diabetes

Torres,Heloisa de Carvalho; Franco,Laercio Joel; Stradioto,Mayra Alves; Hortale,Virginia Alonso; Schall,Virginia Torres
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
95.79%
OBJETIVO: Comparar a efetividade de estratégias, em grupo e individual, de programa educativo em diabetes. MÉTODOS: Cento e quatro pacientes com diabetes tipo 2, atendidos no ambulatório e com seguimento em programa educativo de hospital de Belo Horizonte (MG), foram aleatoriamente recrutados e alocados em dois grupos: educação em grupo (n=54) e individual (n=50). A educação em grupo consistia de três encontros mensais, nos quais eram desenvolvidas dinâmicas lúdicas e interativas. Simultaneamente, o outro grupo era acompanhado individualmente. O acompanhamento ocorreu por seis meses durante o ano de 2006, sendo avaliados por questionários específicos: conhecimentos em diabetes, atitudes psicológicas, mudança de comportamento, qualidade de vida. Foi realizada avaliação clínica no tempo inicial, depois de três e seis meses da intervenção. RESULTADOS: A média de idade dos pacientes era de 60,6 anos. Os resultados da educação em grupo e individual foram semelhantes no teste de atitudes, mudança de comportamento e qualidade de vida. Observou-se redução nos níveis de HbA1c nos dois grupos, entretanto apenas no de educação em grupo a diferença apresentou significância estatística (p= 0,012). CONCLUSÕES: As duas estratégias do programa educativo em diabetes foram efetivas...

Percepções e ações de mulheres em relação à prevenção e promoção da saúde na atenção básica

Figueira,Taís Rocha; Ferreira,Efigênia Ferreira e; Schall,Virgínia Torres; Modena,Celina Maria
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2009 Português
Relevância na Pesquisa
85.61%
OBJETIVO: Analisar percepções e participação de usuárias de unidade básica de saúde em relação à prevenção e promoção de saúde. PROCEDIMENTOS METODOLÓGICOS: Estudo qualitativo no qual foram entrevistadas 20 usuárias de uma unidade de saúde da família de Belo Horizonte, MG, em 2007. O roteiro da entrevista englobou questões sobre o processo saúde-doença e prevenção e promoção de saúde. Foi utilizada a técnica de análise de conteúdo na análise dos relatos. ANÁLISE DOS RESULTADOS: A percepção sobre prevenção apresentou influência da teoria de Leavell & Clark, expressa por ações que evitam o aparecimento, progressão ou agravamento de alguma doença. A promoção de saúde foi concebida como um nível de prevenção e associada à responsabilização individual e ao conceito positivo de saúde. As práticas de prevenção e promoção de saúde estiveram orientadas pelo conceito positivo de saúde, pela possibilidade de gerarem prazer/desprazer, pelas interferências que poderiam ocasionar no cotidiano, pela concepção de força de vontade e de valor conferido à vida. CONCLUSÕES: O discurso sobre prevenção e promoção de saúde é marcado por concepções tradicionais. Contudo, houve a incorporação do conceito positivo de saúde que...

Avaliação do conhecimento de pacientes de reabilitação cardíaca: Brasil versus Canadá

Ghisi,Gabriela Lima de Melo; Oh,Paul; Thomas,Scott; Benetti,Magnus
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
115.79%
FUNDAMENTO: Grande parte da relação entre o estado de saúde e o conhecimento sobre saúde e doença pode ser atribuída aos efeitos combinados de comportamento dísparrelacionado à saúde, condições ambientais e estruturas socioeconômicas, bem como o contato com a atenção à saúde e prestação da mesma. OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi descrever e comparar o conhecimento dos pacientes com doença arterial coronariana (DAC),incluídos em programas de reabilitação cardíaca (RC) no Brasil e no Canadá, sobre os fatores relacionados à DAC. MÉTODOS: Duas amostras de 300 pacientes brasileiros e 300 pacientes canadensesincluídos em RC foram comparadas transversalmente. Os pacientes brasileiros foram recrutados de dois centros de RC no Sul do Brasil, enquanto os pacientes canadenses foram recrutados de um centro de RC em Ontário. O conhecimento foi avaliado utilizando o Questionário de Educação de Doença Arterial Coronariana (CADE-Q), psicometricamente validado em Português e Inglês. Os dados foram processados por meio de estatísticas descritivas, post-hoc eteste t de Student. RESULTADOS: A pontuação média total de conhecimento para toda a amostra foi de 41,42 ± 9,3. Os entrevistados canadenses apresentaram pontuações totais de conhecimento significativamente maiores do que os entrevistados brasileiros. O domínio mais bem esclarecido em ambas as amostras foi o exercício físico.Em 13 de 19 questões...

Avaliação do conhecimento de pacientes de reabilitação cardíaca: Brasil versus Canadá

Ghisi,Gabriela Lima de Melo; Oh,Paul; Thomas,Scott; Benetti,Magnus
Fonte: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC Publicador: Sociedade Brasileira de Cardiologia - SBC
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
115.79%
FUNDAMENTO: Grande parte da relação entre o estado de saúde e o conhecimento sobre saúde e doença pode ser atribuída aos efeitos combinados de comportamento dísparrelacionado à saúde, condições ambientais e estruturas socioeconômicas, bem como o contato com a atenção à saúde e prestação da mesma. OBJETIVO: O objetivo do presente estudo foi descrever e comparar o conhecimento dos pacientes com doença arterial coronariana (DAC),incluídos em programas de reabilitação cardíaca (RC) no Brasil e no Canadá, sobre os fatores relacionados à DAC. MÉTODOS: Duas amostras de 300 pacientes brasileiros e 300 pacientes canadensesincluídos em RC foram comparadas transversalmente. Os pacientes brasileiros foram recrutados de dois centros de RC no Sul do Brasil, enquanto os pacientes canadenses foram recrutados de um centro de RC em Ontário. O conhecimento foi avaliado utilizando o Questionário de Educação de Doença Arterial Coronariana (CADE-Q), psicometricamente validado em Português e Inglês. Os dados foram processados por meio de estatísticas descritivas, post-hoc eteste t de Student. RESULTADOS: A pontuação média total de conhecimento para toda a amostra foi de 41,42 ± 9,3. Os entrevistados canadenses apresentaram pontuações totais de conhecimento significativamente maiores do que os entrevistados brasileiros. O domínio mais bem esclarecido em ambas as amostras foi o exercício físico.Em 13 de 19 questões...

Grupos educacionais para pacientes com espondilite anquilosante: revisão sistemática

Souza,Marcelo Cardoso de; Orlandi,Aline; Jones,Anamaria; Jennings,Fábio; Biruel,Elisabeth
Fonte: Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor Publicador: Sociedade Brasileira para o Estudo da Dor
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
85.79%
JUSTIFICATIVA E OBJETIVOS: A espondilite anquilosante (EA) é uma doença inflamatória, crônica, que acomete as articulações sacroilíacas, em graus variáveis a coluna vertebral e, em menor extensão as articulações periféricas. Dentre as formas de tratamento não medicamentoso, os grupos educacionais têm sido recomendados como importante coadjuvante no tratamento da doença. O objetivo deste estudo foi rever na literatura as evidências científicas sobre grupos educacionais para pacientes com EA. MÉTODO: A revisão foi realizada nas Bases de dados LILACS, Medline, Web of Science e PEDro. Os termos para busca sistemática foram extraídos dos Descritores em Ciências da Saúde (DeCS). RESULTADOS: Foram localizados nove artigos científicos no período de 1990 a 2012. Na seleção e análise dos estudos foram utilizados critérios de inclusão e exclusão, incluído artigos científicos que abordassem principalmente os grupos educacionais como forma de tratamento para os pacientes com EA. CONCLUSÃO: A literatura a respeito dos grupos educacionais como coadjuvante no tratamento desses pacientes é escassa. Futuros estudos mostrando os formatos dos grupos, duração, quantidade e conteúdos das aulas devem ser realizados, bem como a avaliação de sua efetividade.

Avaliação de dois anos de um programa educacional para pacientes ambulatoriais adultos com asma

Angelini,Luciene; Robles-Ribeiro,Priscila Games; Carvalho-Pinto,Regina Maria de; Ribeiro,Marcos; Cukier,Alberto; Stelmach,Rafael
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2009 Português
Relevância na Pesquisa
95.81%
OBJETIVO: Avaliar o conhecimento da doença e a melhora clínica de portadores de asma persistente moderada e grave antes e após a sua participação em um programa de educação realizado durante as visitas ambulatoriais de rotina. MÉTODOS: Trata-se de um estudo piloto, prospectivo que envolveu 164 pacientes durante um período de dois anos. O programa de educação, oferecido para pequenos grupos nos dias de consulta, consistiu de aulas expositivas divididas em três módulos: fisiopatologia, controle ambiental e tratamento, incluindo o treinamento da técnica inalatória. Para a avaliação do programa, foram utilizados questionários padronizados sobre a melhora clínica e conhecimento da doença. RESULTADOS: Em um ano, 120 pacientes completaram três visitas, e 51 pacientes foram reavaliados em dois anos. A média de idade dos pacientes foi de 44 anos, 70% eram do sexo feminino, e 43% tinham até oito anos de educação formal. A intervenção educacional aumentou o conhecimento da doença de forma significativa (p < 0,001) e possibilitou melhora clinica (p < 0,05) com a diminuição do uso de corticosteroide oral, redução de visitas ao serviço de emergência e menor número de faltas ao trabalho ou escola. CONCLUSÕES: O programa de educação expositivo oferecido durante a rotina de atendimento ambulatorial de adultos asmáticos de nosso serviço mostrou um crescente e progressivo aprendizado em longo prazo. Paralelamente...

Impacto de uma intervenção educacional de curta duração sobre a adesão ao tratamento e controle da asma

Dalcin,Paulo de Tarso Roth; Grutcki,Denis Maltz; Laporte,Paola Paganella; Lima,Paula Borges de; Viana,Vinícius Pellegrini; Konzen,Glauco Luís; Menegotto,Samuel Millán; Fonseca,Mariana Alves; Pereira,Rosemary Petrik
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2011 Português
Relevância na Pesquisa
105.68%
OBJETIVO: Avaliar o efeito de um programa educativo individualizado de curta duração para asma sobre a adesão ao tratamento, técnicas inalatórias e controle da doença. MÉTODOS: Estudo prospectivo em duas fases (antes e depois da intervenção) em pacientes com idade > 14 anos e com diagnóstico confirmado de asma, recrutados no ambulatório especializado de um hospital universitário em Porto Alegre (RS). Durante a visita médica de rotina, os participantes responderam um questionário geral para avaliar o nível de controle da asma e a técnica inalatória e foram submetidos a testes de função pulmonar. Participaram, então, de um programa educativo em asma que consistiu de uma sessão individualizada. A reavaliação ocorreu em três meses. RESULTADOS: Dos 174 pacientes recrutados, 115 completaram o estudo. Entre as avaliações, houve uma melhora significativa no uso efetivo de corticosteroides inalatórios (90,4% vs. 93,3%; p = 0,003), no uso efetivo de ?2-agonistas de longa ação (57,4% vs. 63,5%; p < 0,0001), no uso efetivo do regime combinado dessas duas medicações (57,4% vs. 62,6%; p < 0,0001) e na adesão relatada ao tratamento com corticosteroides (p = 0,001). Houve uma redução significativa na proporção de pacientes com visitas a emergência (30...

Educação do paciente sobre regime terapêutico medicamentoso no processo de alta hospitalar: uma revisão integrativa

Teixeira,Juliana Paula Dias de Sousa; Rodrigues,Maria Cristina Soares; Machado,Valéria Bertonha
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
95.7%
Adequada educação do paciente sobre regime terapêutico medicamentoso na alta hospitalar contribui para a continuidade do cuidado domiciliar. Revisão integrativa que objetivou analisar e sintetizar a produção científica acerca da educação do paciente sobre regime medicamentoso no processo de alta hospitalar. Consultou-se a base de dados Medical Literature Analysis and Retrieval System on-line (MEDLINE) e Lite­ratura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS). Foram selecionados 24 artigos, publicados entre 2005 e 2010. Aspectos inter-relacionados, como planejamento de alta estruturado, reconciliação medicamentosa, educação medicamentosa, eventos adversos a medicamentos e aderência medicamentosa permeiam a temática investigada.