Página 1 dos resultados de 103 itens digitais encontrados em 0.020 segundos

Emprego de bomba multifásica como unidade geradora de microbolhas de ar em sistema de flotação aplicado ao pré-tratamento de efluente têxtil; Multiphase pump as microbubble generator for flotation system applied to pre-treatment of textile wastewater

PIOLTINE, Andre; REALI, Marco Antonio Penalva
Fonte: ABES Publicador: ABES
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
56.7%
O artigo apresenta os resultados de uma pesquisa desenvolvida com o objetivo de avaliar o desempenho de bomba multifásica (mistura de ar e água) aplicada em substituição à câmara de saturação, em sistema de flotação localizado em uma indústria têxtil. Na unidade piloto (taxa de aplicação superficial de clarificação igual a 128,6 ± 10 m.d-1), foi verificado que os melhores resultados em termos de eficiência de remoção de turbidez e cor aparente (eficiência de remoção superior a 95%) foram obtidos nos ensaios realizados com razão de recirculação em torno de 30% associada à composição volumétrica de ar de 13%.; This paper presents the results of a research carried out that aims to evaluate the performance of a multiphase pump (mixture of air and water) applied to replace the saturator chamber in a flotation system located in a textile industry. In the pilot unit (hydraulic surface loading equal to 128.6 ± 10 m.d-1), it was verified that the best results in terms of removal efficiency of turbidity and apparent color (efficiency removal over 95%) were obtained for the essays performed with recirculation ratio equal to 30% and air supply of 13%.

Tratamento de efluente têxtil através de processos redox e separação com membranas combinados; Treatment of textile wastewater by combination of redox and membrane separation processes

Alvarenga, Rodrigo Neder
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
67.18%
O processamento têxtil gera grande quantidade de despejos altamente poluidores, contendo valores elevados de carga orgânica, cor acentuada e compostos químicos tóxicos ao homem e ao meio ambiente. Os efluentes têxteis apresentam uma variação muito grande na sua composição devido aos vários tipos de corantes e produtos químicos utilizados e isto faz o seu tratamento ser um problema complexo. Devido a estas implicações, novas tecnologias têm sido buscadas para a degradação ou imobilização destes compostos em efluentes têxteis dentre os quais a combinação de processos oxidativos avançados, redutivo e separação por membranas. Os processos de separação por membranas têm sido cada vez mais aplicados para separação, purificação e concentração de constituintes industriais, principalmente pelo desenvolvimento e eficiência da técnica e redução de custos com o passar dos anos. O processo redutivo utilizando Fe0 é bastante promissor, em função do custo relativamente baixo do ferro metálico e da sua elevada efetividade na degradação de contaminantes ambientais, sendo que após a oxidação do Fe0 a íons Fe2+ e Fe3+ estes íons podem ser aproveitados em sequência nos Processos Oxidativos Avançados (POAs). Os processos oxidativos avançados são tecnologias extremamente eficientes para destruição de compostos orgânicos de difícil degradação. Podem ser consideradas tecnologias limpas...

Avaliação da toxicidade e remoção da cor de um efluente têxtil tratado com feixe de elétrons; Evaluation of toxicity and removal of color in textile effluent treated with electron beam

Morais, Aline Viana de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
67%
A indústria têxtil está entre uma das principais atividades do Brasil, sendo relevante em número de empregos, quantidade e diversidade de produtos e principalmente pelo volume de água utilizado nos processos industriais e na geração de efluentes. Esses efluentes são misturas complexas que se caracterizam pela presença de corantes, surfactantes, metais, sequestrantes, sais entre outras substâncias químicas com potencial tóxico a biota aquática. Considerando a escassez de tratamentos adequados a esses efluentes, novas tecnologias são essenciais em que se destacam os processos de oxidação avançada como a radiação ionizante por feixe de elétrons. Esse estudo contempla o preparo de um efluente têxtil padrão em laboratório de química têxtil e seu tratamento por feixe de elétrons proveniente de acelerador de elétrons a fim de diminuir a toxicidade e coloração intensa decorrente do corante C.I. Blue 222. O tratamento promoveu diminuição de toxicidade aguda aos organismos expostos, com eficiência de 34,55% para o micro-crustáceo Daphnia similis e de 47,83% para o rotífero Brachionus plicatilis na dose de 2,5 kGy. No ensaio com a bactéria Vibrio fischeri foi obtido o melhor resultado após o tratamento com dose de 5 kGy e eficiência de 57...

Pós-tratamento de efluente têxtil usando coagulação/floculação combinado com processos de separação por membranas

Fortino, Patrícia Carneiro
Tipo: dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
57.04%
A indústria têxtil utiliza elevados volumes de água em seus processos, principalmente na etapa de tingimento, em que são utilizadas também quantidades elevadas de corantes e auxiliares têxteis. A presença desses produtos no efluente gera um efeito prejudicial e claramente visível ao ambiente, pois causam alteração nos parâmetros da qualidade da água do corpo receptor. O presente estudo apresenta o pós-tratamento de um efluente têxtil, objetivando o reciclo deste efluente para água de processo de tingimento. Para isso foi utilizada uma combinação de processo físico-químico de coagulação/floculação (CF) e processo de separação por membrana (PSM) de Ultrafiltração (UF) e Osmose Inversa (OI). Os parâmetros analisados antes e após os tratamentos foram: turbidez, condutividade elétrica, demanda química de oxigênio (DQO), carbono orgânico total (COT) e cor. Na etapa de CF foram testados dois tipos de coagulantes, o Sulfato de Alumínio e o Cloreto Férrico, nas concentrações de 30, 50, 70 e 100 mg.L-1. Foram testadas três concentrações de floculante comercial: 0,2, 0,3 e 0,4 mg.L-1. Os experimentos foram conduzidos em pH 7. As etapas de PSM foram conduzidas em módulo plano de Ultrafiltração e em módulos plano e espiral na membrana de Osmose Inversa. O melhor desempenho foi obtido com a dosagem de 50 mg.L-1 do coagulante cloreto férrico e a de 0...

Preparação, caracterização e aplicação de membranas de poli (fluoreto de vinilideno) para a redução de cor de efluente textil modelo

Aracelis Ferreira da Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2004 Português
Relevância na Pesquisa
56.93%
A indústria têxtil trabalha com grande diversidade de materiais e é responsável por um amplo volume de carga poluente devido principalmente aos corantes têxteis utilizados nas etapas de beneficiamento. Os corantes são descartados no efluente devido às perdas ocorridas durante o processo de fIXação da tintura às fibras. Novas possibilidades de tratamento de efluentes têxteis são oferecidas através dos processos de separação com membranas. Os objetivos deste trabalho foram preparar e caracterizar membranas poliméricas microporosas assimétricas através da técnica de inversão de fases, a partir de soluções poliméricas contendo diferentes concentrações de poli (fluoreto de vinilideno), PVDF. Para avaliar o desempenho e a seletividade das membranas em termos de fluxo permeado e porcentagem de redução de cor de soluções de carante reativo como efluente têxtil modelo, foi utilizada uma célula de nanofiltração com fluxo perpendicular. Um planejamento fatorial 23 (3 variáveis 2 níveis cada variável) foi utilizado para analisar os resultados. As variáveis estudadas foram a pressão, a concentração da solução de corante reativo têxtil e a concentração de PVDF na solução de preparação da membrana. A caracterização da membrana polimérica foi realizada através de Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV) e ensaios de permeabilidade à água. O planejamento experimental possibilitou a determinação de modelos matemáticos para a previsão do fluxo permeado e redução de cor em função das variáveis estudadas. Os Fluxos Permeados variaram de 16...

Tratamento de efluente textil pelo sistema de lodos ativados em batelada com adição de carvão ativado em po

Luiz Carlos da Silva Porto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2002 Português
Relevância na Pesquisa
47.06%
O tratamento do efluente de indústrias têxteis é complexo, devido a sua variabilidade e à presença de substâncias tóxicas e lentamente biodegradáveis.Consequentemente, as regulamentações ambientais mais rigorosas e as pressões da sociedade e do mercado trazem um grande desafio às indústrias têxteis, principalmente às pequenas e médias. O objetivo deste trabalho foi avaliar o emprego do sistema de lodos ativados em batelada com adição de carvão ativado em pó (LAB/CAP), tema incipiente no Brasil, para o tratamento do efluente de uma indústria de beneficiamento têxtil, comparando-o com o sistema convencional (LAB). O efluente bruto estudado apresentou concentração média de carbono orgânico dissolvido (COD) de 177,21 :t 50,24 mg/L e valor médio de cor de 190 :t 94 unidades ADMI. Na Fase 1 realizaram-se ensaios de adsorção com o efluente industrial, a fim de escolher o melhor carvão ativado em pó (CAP) para o emprego no sistema biológico. Na Fase 2 foram operados seis reatores de quatro litros cada, com ciclos de 24 horas, um funcionando como controle e cinco com concentrações variando de 250 a 2.000 mg CAP/L. Na Fase 3 foram operados dois reatores, com três ciclos diários, um sem CAP e o outro com 1.000 mg CAP/L. Na Fase 4...

Efluentes no beneficiamento têxtil : reutilização do efluente têxtil tratado via fotocatálise homogênea UV/H202 no tingimento de tecidos 100 % algodão; Wastewater in textile processing : textile wastewater reuse of treated via photocatalysis UV/H202 homogeneous in dyeing of tissues 100% cotton

Jorge Marcos Rosa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.97%
O objetivo deste trabalho foi estudar a viabilidade da reutilização contínua de efluente têxteis tratados por Processo Oxidativo Avançado em tingimentos de algodão 100% com corantes reativos, visando reutilização de, no mínimo, 90% do efluente tratado em novos processos de beneficiamentos. Projetou-se um reator do tipo batelada com capacidade para 1 litro, contendo duas lâmpadas Phillips TL-C de 6W cada, de radiação UV-C em 237 nm, juntamente com sistema de circulação e resfriamento. Inicialmente, estudou-se dois processos de fotocatálise, homogênea e heterogênea, para escolha do processo ideal. Em seguida, com auxílio de planejamento fatorial, determinou-se um método para detecção de peróxido de hidrogênio visando a neutralização deste para execução de tingimentos com o efluente tratado. Na etapa seguinte os ensaios foram efetuados em efluentes reais produzidos em escala piloto. Nestes experimentos, analisou-se o rendimento tintóreo e, na comparação de tingimentos efetuados com água normal de reabastecimento versus efluente tratado, testou-se também os índices de solidezes das cores à água e ao suor, juntamente com a resistência dos tecidos, antes e após os tingimentos. Os resultados obtidos em dez tingimentos efetuados consecutivamente demonstraram índices de remoção de cor acima de 90% em todos os casos...

Decomposição de peróxido de hidrogênio em um catalisador híbrido e oxidação avançada de efluente têxtil por processo Fenton modificado

Dantas, Tirzhá Lins Porto
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: dissertação (mestrado) Formato: xiv, 106 f.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
57.03%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-graduação em Engenharia Química; A indústria têxtil utiliza um grande volume de água durante os processos, gerando um volume bastante elevado de água residuária com elevada carga orgânica; sendo que os compostos presentes são em sua grande maioria não-biodegradáveis. Processos oxidativos Avançados (POAs) são baseados na geração de radicais hidroxil OH· que possuem um potencial de oxidação superior ao do ozônio e reagem rápida e não- seletivamente com inúmeros compostos orgânicos. O reagente Fenton é um Processo Oxidativo Avançado (POA); em que há a geração de radicais hidroxil a partir da decomposição catalítica de peróxido de hidrogênio por íons ferro e que vem sendo largamente utilizado no tratamento de contaminantes em soluções aquosas. Neste trabalho foi utilizado o reagente Fenton modificado no tratamento de um efluente têxtil real, usando um catalisador heterogêneo para decompor peróxido de hidrogênio e produzir radicais hidroxil. A eficiência do processo Fenton heterogêneo foi comparada àquela do processo Fenton homogêneo. No tratamento de efluentes têxteis pelo processo Fenton homogêneo...

Decomposição de peróxido de hidrogênio em um catalisador híbrido e oxidação avançada de efluente têxtil por processo Fenton modificado

Dantas, Tirzhá Lins Porto
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: dissertação (mestrado) Formato: xiv, 106 f.| il., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
57.03%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-graduação em Engenharia Química; A indústria têxtil utiliza um grande volume de água durante os processos, gerando um volume bastante elevado de água residuária com elevada carga orgânica; sendo que os compostos presentes são em sua grande maioria não-biodegradáveis. Processos oxidativos Avançados (POAs) são baseados na geração de radicais hidroxil OH· que possuem um potencial de oxidação superior ao do ozônio e reagem rápida e não- seletivamente com inúmeros compostos orgânicos. O reagente Fenton é um Processo Oxidativo Avançado (POA); em que há a geração de radicais hidroxil a partir da decomposição catalítica de peróxido de hidrogênio por íons ferro e que vem sendo largamente utilizado no tratamento de contaminantes em soluções aquosas. Neste trabalho foi utilizado o reagente Fenton modificado no tratamento de um efluente têxtil real, usando um catalisador heterogêneo para decompor peróxido de hidrogênio e produzir radicais hidroxil. A eficiência do processo Fenton heterogêneo foi comparada àquela do processo Fenton homogêneo. No tratamento de efluentes têxteis pelo processo Fenton homogêneo...

Avaliação do processo Foto-Fenton aplicado ao efluente têxtil com alta concentração de sólidos

Vendruscolo, Geovana
Fonte: Florianópolis, SC. Publicador: Florianópolis, SC.
Tipo: tccgrad Formato: 64 f.
Português
Relevância na Pesquisa
67.14%
TCC(graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Tecnológico. Engenharia Sanitária e Ambiental.; A indústria têxtil é responsável pela utilização de grandes volumes de água em seus processos industriais, como consequência, um grande volume de efluente é gerado. A presença de cor, devido ao uso de corantes nos processos industriais, é uma característica desse tipo de efluente. Neste cenário surgem os Processos Oxidativos Avançados (POAs) que conseguem promover a mineralização da matéria orgânica com consequente remoção da cor. O presente trabalho tem como objetivo geral avaliar o processo Foto-Fenton no tratamento de efluente têxtil com alta concentração de sólidos. O efluente têxtil utilizado nos experimentos Foto-Fenton foi coletado na indústria após o tratamento biológico e a pesquisa foi realizada em duas etapas: planejamento fatorial e realização dos experimentos 1 e 2. O experimento 1 aconteceu em um reator com lâmpada de vapor de mercúrio de baixa pressão e o experimento 2 em um reator com lâmpada de vapor de mercúrio de média pressão. O tempo de exposição à radiação UV foi de 120 minutos, realizando coletas em tempos pré-determinados (5, 10, 15, 20, 25, 30, 45, 60...

Descoloração de efluentes aquosos sintéticos e têxtil contendo corantes índigo e azo via processos Fenton e foto-assistidos (UV e UV/H2O2)

Salgado,Bruno César Barroso; Nogueira,Maria Ionete Chaves; Rodrigues,Kelly Araújo; Sampaio,Glória Maria Marinho Silva; Buarque,Hugo Leonardo de Brito; Araújo,Rinaldo dos Santos
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
56.81%
No presente trabalho, processos de oxidação avançada, Fe2+/H2O2 e UV/H2O2, e de fotólise (UV) foram empregados na descoloração de dois efluentes sintéticos, contendo corantes tipo índigo e azo, e de um efluente de lavanderia industrial. Experimentalmente, soluções em concentração de 20 mg/L dos corantes índigo carmim e vermelho congo, respectivamente 43 µmol/L e 29 µmol/L, e o efluente têxtil (pH = 3) foram submetidos a diferentes condições oxidantes sob temperatura ambiente (27 ºC). As remoções de cor e de DQO foram avaliadas em cada sistema oxidativo estudado. Em geral, os resultados obtidos mostraram que os processos utilizados são muito promissores na descoloração dos efluentes. A descoloração completa das soluções foi alcançada nos processos Fenton e com UV/H2O2. Estudos cinéticos revelam que a taxa de descoloração em meio aquoso segue uma cinética de pseudo-primeira ordem em relação à concentração do corante.

Emprego de bomba multifásica como unidade geradora de microbolhas de ar em sistema de flotação aplicado ao pré-tratamento de efluente têxtil

Pioltine,Andre; Reali,Marco Antonio Penalva
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
56.7%
O artigo apresenta os resultados de uma pesquisa desenvolvida com o objetivo de avaliar o desempenho de bomba multifásica (mistura de ar e água) aplicada em substituição à câmara de saturação, em sistema de flotação localizado em uma indústria têxtil. Na unidade piloto (taxa de aplicação superficial de clarificação igual a 128,6 ± 10 m.d-1), foi verificado que os melhores resultados em termos de eficiência de remoção de turbidez e cor aparente (eficiência de remoção superior a 95%) foram obtidos nos ensaios realizados com razão de recirculação em torno de 30% associada à composição volumétrica de ar de 13%.

Aplicação de Fenton, foto-Fenton e UV/H2O2 no tratamento de efluente têxtil sintético contendo o corante Preto Biozol UC

Martins,Leonardo Madeira; Silva,Carlos Ernando da; Moita Neto,José Machado; Lima,Álvaro Silva; Moreira,Regina de Fátima Peralta Muniz
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.81%
Os efluentes têxteis, geralmente, são carregados de corantes não biodegradáveis, o que dificulta o seu tratamento. Dentre as novas alternativas de tratamento estudadas, estão os Processos Oxidativos Avançados (POA). Os mesmos são processos com potencial de produzir radicais hidroxila (?OH), espécies altamente oxidantes, capazes de mineralizar a matéria orgânica. Assim, o objetivo deste trabalho foi estudar a aplicação dos POA (Fenton, foto-Fenton e UV/H2O2) no tratamento de efluente têxtil sintético contendo o corante Preto Biozol UC. Dentre os processos estudados, o mais eficiente foi o foto-Fenton (H2O2 = 1.500 mg.L-1 e Fe2+ = 75 mg.L-1), em pH = 3, que obteve 95,4% e 73,0% para as remoções de cor e demanda química de oxigênio (DQO), respectivamente.

Tratamento de efluente têxtil por processos físico-químico e biológico

de Aguiar Chagas, Morgane; Gavazza do Santos Pessôa, Sávia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
66.89%
O Arranjo Produtivo Local (APL) de confecção do agreste pernambucano responde por cerca de 15% da produção nacional, principalmente na confecção de jeans. As fábricas se baseiam em processos úmidos gerando uma grande quantidade de efluentes que quando não tratados adequadamente, possuem alto poder poluidor. As águas residuárias geradas nas indústrias do APL são tratadas por processos físicoquímicos, representados pelas etapas de coagulação, floculação, sedimentação e filtração. No entanto, de forma geral, os efluentes tratados não atendem ao padrão de emissão estabelecido pela legislação brasileira. O reúso direto ou indireto dos efluentes tratados é prática comum na região, que tem impacto direto sobre a eficiência do processo produtivo. Neste trabalho, tecnologias de tratamento físico-químico e biológico anaeróbio foram avaliadas para produzir efluente de melhor qualidade e contribuir para a prática do reúso. A eficiência de quatro coagulantes comerciais foi testada para a remoção de turbidez, cor verdadeira e DQO. Foram realizados experimentos de bancada (jar test) para diversas dosagens de coagulantes. Foi observada boa eficiência de remoção de turbidez e cor verdadeira para todos os coagulantes testados (em torno de 98% e 60%...

Tratamento de efluentes têxtil em reator UASB seguido de biofiltro aerado submerso

Djalma Nunes Ferraz Júnior, Antônio; Gavazza do Santos Pessôa, Sávia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
56.97%
O desempenho do reator UASB seguido de um biofiltro aerado submerso (BAS) foi avaliado para o tratamento de efluente têxtil. O sistema foi operado durante 210 dias em 3 fases (TDH1, TDH2 e TDH3) com diferentes Tempo de Detenção Hidráulica (TDH, em h) e Carga Orgânica Volumétrica (COV, em kg DQO/m3.d). Em TDH1, o melhor desempenho do reator UASB (TDH de 24, COV de 1,3 ± 0,6) foi alcançado, com eficiências de remoção de DQO e cor de 59% e 64%, respectivamente, os valores correspondentes foram de 77% e 86% para o final efluente. No TDH2, as eficiências foram de 50% e 55% no reator UASB (TDH de 16, COV 1,2 ± 0,3), respectivamente, e 69% e 81% para o efluente final do sistema. Em TDH3, o reator UASB (TDH de 12 e COV de 3,2 ± 1,1) apresentou o pior desempenho com eficiência de remoção de DQO e cor de 48% e 50%, respectivamente, o mesmo ocorrendo no sistema, diminuindo a eficiência correspondente a 69% e 61% . Durante todo o experimento, as eficiências de remoção do sistema foram entre 57% e 88% de nitrogênio, e entre 14% e 63% para o sulfato. O efluente final apresentou moderada toxicidade (CL50) durante TDH1 e TDH3, por outro lado, não foi detectado toxicidade no efluente do sistema ao final do TDH2. Em relação a diversidade microbiana presente nos reatores não foi observado seleção microbiana...

Avaliação da interferência de diferentes doadores de elétronse Mediadores Redox sobre a remoção anaeróbia de cor em efluentes têxteis

Meirelles de Amorim, Sandra; Gavazza do Santos Pessôa, Sávia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
47.04%
A adição de diferentes doadores de elétrons (sacarose e etanol) e mediadores redox (riboflavina e lawsone) foi realizada em efluente têxtil real de uma lavanderia da cidade de Caruaru PE e em efluente têxtil sintético, com o intuito de avaliar a interferência sobre a remoção anaeróbia de cor. Foram realizados 14 ensaios com ausência e presença de doadores de elétrons e mediadores redox em combinações variadas. Os mediadores redox, quando adicionados, possuíam uma concentração de 0,012 mM, e o corante (Direct Black 22), usado no efluente sintético, foi adicionado em concentração de 0,06 mM. Para o efluente têxtil real, as eficiências de remoção de cor variaram de 23 a 38%, sendo o maior valor obtido com a adição apenas sacarose; as velocidades de remoção se mostraram melhores em ausência de ambos os mediadores redox; a remoção de DQO variou de 26 a 65%, sendo o maior valor observado em presença de etanol com riboflavina. Considerando eficiências de remoção de cor e DQO, os ensaios em presença apenas de etanol, demonstraram melhor desempenho com eficiência de 31% e 57% para cor e DQO, respectivamente. Para o efluente sintético, as eficiências de remoção de cor variaram de 83 a 93% sendo o maior valor observado em presença de sacarose; para a remoção de DQO...

Avaliação da remoção de cor, matéria orgânica e sulfato de efluente têxtil por processo anaeróbio seguido de aeróbio

Magalhães Amaral, Fernanda; Gavazza do Santos Pessôa, Sávia (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
67.08%
No presente trabalho foi avaliada a eficiência de um sistema de tratamento formado por um reator anaeróbio tipo UASB seguido por biofiltro aerado submerso (BAS), na remoção de cor e matéria orgânica de efluente têxtil gerado em lavanderia de jeans. Avaliou-se também a toxicidade do efluente do sistema. Os reatores foram operados por 335 dias efetivos em três fases experimentais F-IA, F-IB e F-II, com tempos de detenção hidráulica para os reatores UASB/BAS iguais a 12 h/9 h, 12 h/9 h e 8 h/6 h, respectivamente. Durante o período experimental foram detectados elevados teores de sulfato (>300 mg SO4 2-/L) no efluente industrial prejudicando termodinamicamente a remoção dos corantes. O melhor desempenho para cor foi obtido em F-IA, com eficiências médias de remoção iguais 16% e 96% para o reator UASB e o sistema, respectivamente. As aminas aromáticas foram detectadas em condições anaeróbias, como compostos intermediários da degradação dos azo corantes. O melhor desempenho para a DQO foi obtido em F-IB, com eficiência de remoção para o sistema igual a 71%. O acetato foi o principal AGV formado nos reatores. A partir dele, a sulfetogênese e a metanogênese devem ter sido as rotas metabólicas utilizadas no reator UASB. Foi detectada a presença de material precipitado no UASB...

Tratamento fotocatalítico de efluente têxtil empregando TiO2 em pó e suportado

Farias da Silva, Vanessa; Lins da Silva, Valdinete (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
67.18%
A indústria têxtil é uma das responsáveis pela poluição ambiental, devido ao grande volume de efluente gerado em seus processos, geralmente liberado no meio ambiente, muitas vezes através de esgotos e redes fluviais. Este efluente é caracteristicamente colorido, de composição complexa e recalcitrante, o que compromete a vida aquática e a saúde pública. Neste trabalho foi proposta uma alternativa para tratamento deste efluente baseado em Processos Oxidativos Avançados (POA). Foi avaliada a eficiência da fotocatálise que utiliza o TiO2 como catalisador e ativação por meio de uma fonte luminosa (radiação solar ou artificial). Visando facilitar a aplicação desta técnica em situações reais (indústrias), propôs-se a impregnação do catalisador em um suporte inerte, que facilitaria a manipulação, recuperação após o uso e reutilização no processo. Assim, o objetivo do trabalho foi estudar a fotodegradação de efluentes têxteis mediada por TiO2, avaliar a utilização do catalisador imobilizado em cerâmicas porosas reticuladas (CPRs) e seu reuso, por fim estudar o efeito da orientação do catalisador como filmes finos na fotodegradação, no intuito de melhorar a eficiência e ajudar a compreender o processo fotocatalítico. Para comprovação da viabilidade do sistema utilizado...

Degradação de corantes têxteis por oxidação utilizando hipoclorito de cálcio em solução

Ramos, Dário de Sena; Motta Sobrinho, Maurício Alves da (Orientador); Ferreira, Joelma Morais (Coorientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: dissertacao
Português
Relevância na Pesquisa
47.22%
Este estudo avaliou a eficiência do processo oxidativo via hipoclorito de cálcio em solução para degradação da cor de uma solução sintética do corante dispersivo Foron azul S-RLB e de um efluente real de uma indústria têxtil. A oxidação química que pode ser completa ou parcial é uma forma de transformar moléculas ambientalmente indesejáveis em outras moléculas menos tóxicas. A oxidação total chamada de mineralização de um composto orgânico gera como produto final dióxido de carbono, água e íons inorgânicos. Para estudo da oxidação utilizou-se o planejamento experimental, técnica na qual se pode determinar as variáveis que exercem maior influência no desempenho de um determinado processo. Foi realizado um planejamento fatorial com as variáveis de entrada pH, Agitação (A) e Concentração (C). Definiram-se os níveis de cada variável a partir dos dados encontrados na literatura. Analisando a oxidação da solução sintética do corante os resultados apontaram as condições otimizadas para o oxidante com concentração de 2,4% (pH= 4, A= 250 rpm , C= 1,5 mg.L-1 ) mostrando uma eficácia de 96,29% na degradação da cor. Para o oxidante com a concentração de 4,8% (pH= 11, A= 250 rpm , C= 1,5 mg.L-1) mostrando uma eficácia de 95...

Avaliação da remoção de cor, matéria orgânica e sulfato de efluente têxtil através de reatores biológicos sequenciais

Marcelino, Denise Mary Santana
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: dissertacao
Português
Relevância na Pesquisa
67.14%
Neste trabalho foi avaliada a eficiência de reatores horizontais de leito fixo (RHFL) quanto à remoção de cor, matéria orgânica e sulfato de efluente têxtil, com a finalidade de contribuir para o entendimento dos processos envolvidos no tratamento de efluente têxtil. Foram utilizados reator anaeróbio seguido de aeróbio (RHLF-A/RHLF-B), e anaeróbio, seguido de anóxico (RHLF-A/RHLF-C). A operação dos reatores foi precedida de uma de operação de dois RHLFs sob condições anaeróbias, apenas para escolha do material suporte para imobilização da biomassa. Matrizes cúbicas de espuma de poliuretano e argila expandida foram avaliados como materiais suporte. A espuma de poliuretano foi escolhida como material suporte para os sistemas RHLF-A/RHLF-B e RHLF-A/RHLF-C em função do desempenho na remoção de cor (50,43% e 90,05%, para verdadeira e aparente), pouco expressivo, porém, maior em comparação com o reator preenchido com argila (44,44%, 88,09%). Na etapa seguinte, sistemas de tratamento foram operados por 111 dias, com TDH de 12 horas (RHLF-A), 24 horas (RHLF-B) e 12 horas (RHLF-C). Apesar de RHLF-C ter sido operado com metade do valor do TDH de RHLF-B, o sistema RHLF-A/RHLF-C apresentou comportamento ligeiramente melhor em relação à remoção de DQO filtrada (59...