Página 1 dos resultados de 672 itens digitais encontrados em 0.009 segundos

Rescuing Epistemology

Nunes, João Arriscado
Fonte: Centro de Estudos Sociais Publicador: Centro de Estudos Sociais
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
37.58%
Over the last three decades, the whole project of epistemology has been subjected to criticism and change. This process has been marked, successively, by the transfer of epistemic sovereignty to the “social” domain, by the rediscovery of ontology and by attention to constitutive normativity and the political implications of knowledge. Some have even suggested that epistemology should be abandoned altogether as a philosophical project. However, this process has been offset by a proposal for a new epistemology, rooted in the experiences of the global South. This article explores the possibilities of creating a space for dialogue between the various critiques (“naturalist,” feminist, postcolonialist, epistemographic, epistopic, etc) of epistemology as a philosophical project, and Boaventura de Sousa Santos’s proposal for an epistemology of the South, taking as a starting point a review of philosophical pragmatism as the most radical form of criticism of conventional epistemology.; Article published in RCCS 80 (March 2008)

Wittgenstein e o fim da epistemologia.; Wittgenstein and the end of epistemology.

Saes, Silvia Faustino de Assis
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/08/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.36%
Procurando investigar as razões que justificam a ausência de uma epistemologia no Tractatus Logico-Philosophicus de Wittgenstein, o trabalho encontra na filosofia de Schopenhauer a raiz da metafísica que ele vincula à lógica. Descobre-se que esse vínculo constitui a verdadeira estratégia de dissolução do terreno no qual classicamente se constroem as epistemologias. A partir daí, duas direções são tomadas: de um lado, exploram-se certas teses centrais do Tractatus no sentido de saber se há, afinal, uma epistemologia compatível com a sua lógica; e, de outro, confrontam-se essas mesmas teses com os fundamentos de dois modelos epistemológicos clássicos: o de Russell e o de Kant. Com isso, o trabalho procura mostrar que, tanto no sentido de ?telos?, quanto no sentido de ?termo?, o ?fim? da epistemologia no Tractatus marca a singularidade da obra no cenário geral da filosofia contemporânea; This work investigates the reasons which justify the absence of an epistemology in Wittgenstein?s Tractatus Logico-Philosophicus, and encounters in Schopenhauer?s philosophy the root of the metaphysics which Wittgenstein connects to logic. This connection is found to constitute the true strategy of dissolution of the grounds in which epistemologies are classically built. Two directions are then taken: on the one hand...

"Concepções de estudantes acerca do conceito de tempo: uma análise à luz da epistemologia de Gaston Bachelard"; "Students´ conceptions about the concept of time: an analysis using Gaston Bachelard´s epistemology"

Martins, André Ferrer Pinto
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/03/2004 Português
Relevância na Pesquisa
37.09%
Este trabalho tem como propósito central compreender aspectos da construção do conceito de tempo por estudantes do ensino fundamental e médio, a partir do referencial epistemológico de Gaston Bachelard. O estudo principal constou da realização de um total de 17 (dezessete) entrevistas semi-estruturadas. A análise do material permitiu delinear as características mais marcantes do processo de conceitualização do tempo, representado por um caminhar no sentido da objetivação e do racionalismo crescentes. Também foi possível avaliar a pertinência de nosso referencial teórico na interpretação desse processo. Particularmente, as noções teóricas de obstáculo epistemológico e de perfil epistemológico mostraram-se férteis quando confrontadas com os dados da pesquisa empírica.; The aim of this work is, based on the epistemology of Gaston Bachelard, to understand aspects of the construction of the concept of time by elementary and high school students. The main study consisted of 17 (seventeen) semi-structured interviews. The data analysis allowed outlining the most distinctive characteristics of the conceptualisation of time, a process that could be represented as a movement towards an increasing objectivity and rationalism. It was also possible to evaluate the relevance of our theoretical framework for the interpretation of this process. Particularly...

Epistemologia dos expertos: subjetividade e conhecimento em autobiografias de ficcionistas e cientistas; Epistemology of the experts: subjectivity and knowledge in autobiografies of writers and cientists.

Conforti, Cristine Marie Tedeschi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.25%
Com base em textos autobiográficos dos ficcionistas Jorge Luis Borges, José Saramago e Umberto Eco, dos físicos Albert Einstein e Richard Feynman, e do biólogo e psicólogo Jean Piaget, o trabalho examina os percursos e procedimentos de aprendizagem desses expertos nas áreas de Literatura e Ciências, em conjunto com a construção da subjetividade que emerge da escrita autobiográfica. Considerando as condições instáveis do objeto de investigação -- uma epistemologia pessoal e incompleta, depreendida de um relato evocado pela memória -- o trabalho enfoca tais autobiografias do ponto de vista da estrutura narrativa, ou seja, como a forma da escritura expressa um conteúdo complexo: o sujeito e seu conhecimento, o sujeito que se constrói emaranhado ao saber que traz sentido à vida e ao próprio relato da vida. Para a interpretação das autobiografias são utilizados procedimentos da teoria literária, bem como fundamentos da psicologia, psicanálise e epistemologia; ancorada na análise do texto, a interpretação abrange a avaliação do papel da afetividade, da educação formal e informal e do contexto histórico e sócio-cultural na constituição do conhecimento em sujeitos, cujo itinerário cognitivo se concretizou em obras consagradas universalmente. Para além da descrição e confirmação de talentos...

Números reais no ensino fundamental: alguns obstáculos epistemológicos; Real numbers in the Basic School: some epistemological obstacles

Costa, Letícia Vieira Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/05/2009 Português
Relevância na Pesquisa
27.09%
Resultados em avaliações nacionais como Prova Brasil e Saeb dão indícios de que o ensino/aprendizagem de Matemática na Escola Básica tem sido deficiente. Na tentativa de entender como o aluno aprende para que o ensino ocorra de forma adequada a esse modo de construir o conhecimento, vários estudos têm sido realizados a respeito da Epistemologia do conhecimento. A Epistemologia de Gaston Bachelard afirma que a construção do conhecimento se dá com um movimento de ruptura frente ao conhecimento previamente estabelecido, com uma resistência à racionalização desse conhecimento denominado obstáculo epistemológico. O didata francês Brousseau traz a idéia de obstáculo epistemológico em Matemática como um obstáculo ligado à resistência de um saber mal adaptado e o vê como um meio de interpretar determinados dos erros recorrentes e não aleatórios cometidos pelos estudantes quando lhes são ensinados alguns conceitos matemáticos. A presente pesquisa teve por objetivo identificar obstáculos epistemológicos no ensino/aprendizagem de números reais por meio de questionários aplicados a alunos de 4ª série (ou 5º ano) a 8ª série (ou 9º ano) do Ensino Fundamental.; Results in national evaluations as Prova Brasil and Saeb give indications of that education/learning of Mathematics in the Basic School has been deficient. In the attempt to understand how the students learn so that education occurs of adequate form to this way to construct the knowledge...

Desenvolvimento científico da contabilidade: uma análise baseada na epistemologia realista da ciência; Accounting scientific development: an analysis based on realistic epistemology of science

Farias, Manoel Raimundo Santana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/04/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.09%
O principal objetivo deste estudo foi avaliar se o estágio de desenvolvimento científico da contabilidade permite afirmar que a área possui o status de ciência social. A hipótese avaliada foi que a área atende parcialmente as condições para ser uma ciência, o que sugere a tese de que a contabilidade é uma semiciência, o primeiro de três estágios de evolução científica de uma disciplina. O segundo e terceiro estágios são, respectivamente, ciência emergente e ciência madura. O estudo foi baseado na epistemologia realista da ciência. Para fundamentar a hipótese, a tese e a caracterização das condições necessárias para que uma área possua o status de ciência foi utilizado um quadro teórico com as seguintes variáveis: comunidade de pesquisa; suporte da sociedade; domínio do discurso; visão filosófica realista; conhecimento formal; conhecimento obtido de outras ciências; natureza cognitiva dos problemas de pesquisa; conhecimento acumulado; busca de leis e regularidades; e método científico. O desenvolvimento científico foi avaliado a partir da análise dos 299 artigos mais influentes da pesquisa contábil em âmbito internacional, em 42 anos, no período de 1968 a 2009, de acordo com o Social Science Citation Index - SSCI do banco de dados Web of Science do Institute for Scientific Information - ISI/Web of Knowledge. Como apoio na análise do conteúdo dos artigos foi utilizado o software de análise de dados NVIVO 9.2 da QSR International. Os resultados gerais obtidos na análise dos artigos indicaram que das 21 universidades com mais de 10 artigos...

Lakatos, o Realismo Ofensivo e o Programa de Pesquisa Científico do Realismo Estrutural; Lakatos, Offensive Realism and the Structural Realist Research Program

Mendes, Flávio Pedroso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
27.09%
Qualquer disciplina científica que se entenda como tal deve, constantemente, avaliar criticamente o mérito interno de suas abordagens, em termos de sua progressividade e da geração de conhecimento relevante. É exatamente a este tipo de reflexão que o presente trabalho doutoral se propõe, tendo como objeto a teoria das relações internacionais. Trata-se, efetivamente, de um exercício situado na fronteira entre a epistemologia, ou teoria do conhecimento, e a apreciação teórica das dinâmicas da política internacional. Precisamente, propõe-se uma análise do fôlego teórico-científico da vertente estrutural do realismo político, da forma desenvolvida seminalmente por Kenneth Waltz, diante de emendas teóricas incorporadas pelo realismo ofensivo de John Mearsheimer. Como uma tal discussão não pode prescindir de uma referência metateórica, optou-se pela aplicação da Metodologia dos Programas de Pesquisa Científicos desenvolvida por Imre Lakatos. Espera-se com esta investigação trazer três contribuições fundamentais ao estudo teórico das relações internacionais: (i) o delineamento da proposta epistemológica de Lakatos e de seus critérios de aplicação, bem como a discussão de sua adequação às ciências sociais...

A construção do conhecimento em Espinosa e Piaget: da natureza à ética; The construction of knowledge in Spinoza and Piaget: from Nature to Ethics

Balila, Douglas
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 07/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.09%
O propósito deste ensaio teórico é investigar a possibilidade da ampliação da compreensão do processo de embriogênese mental estudado pela Epistemologia Genética de Jean Piaget, como uma expressão determinada da noção do esforço de perseveração, conatus, da Philosophia de Baruch Espinosa, com o fim de investigar suas possíveis relações e desdobramentos para a compreensão da experiência ética espinosana. O resultado obtido até aqui indica o conceito de implicação significante da Epistemologia Genética como a noção vinculante entre o processo de embriogênese mental e o esforço de perseveração. Ao considerarmos que a implicação significante constitui o processo de elaboração gradual do necessário, imprescindível à compreensão da experiência da Liberdade na Ética, torna-se relevante a continuidade das investigações sobre as suas implicações para este tema essencial da Philosophia de Espinosa; This paper aims to investigate the possibility of increase the understanding of mental embryogenesis (as defined in Jean Piagets Genetic Epistemology) as a particular case of the striving for perseveration (conatus) of Baruch Spinozas Philosophia, in order to investigate their purported relations and possible consequences for the understanding of Spinozas ethical experience. Results obtained so far support the idea of "significant implication"...

O percurso epistemológico dos saberes e a equivalência massa-energia; The epistemological path of knowledge and the mass-energy equivalence'

Kneubil, Fabiana Botelho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
27.09%
O ensino da física tem sido alvo de muitas pesquisas nas últimas décadas e o tema da inovação curricular, no cenário brasileiro, é bastante presente. A inserção da física moderna no ensino médio foi tratada por muitos educadores, principalmente no que diz respeito a metodologias e estratégias. Neste trabalho, abordamos a mesma temática, mas com maior ênfase em questões internalistas. Nosso interesse principal consistiu em acompanhar o percurso epistemológico de um tema de física moderna, a equivalência entre massa e energia, desde o âmbito acadêmico erudito até a sala de aula. Partimos de uma revisão do conceito de massa, em três contextos diferentes, o da mecânica clássica, do eletromagnetismo e da relatividade, com a finalidade de mostrar que as propriedades da inércia e da atratibilidade, que na concepção newtoniana são atributos da matéria, passam a ser da energia, na relatividade. Essa revisão resultou em um material escrito sobre o tema, motivado pela percepção que o ensino da fórmula E = mc2 está praticamente ausente dos livros didáticos destinados aos ensinos superior e médio. A partir do nosso texto, desenvolvemos uma sequência didática sobre o conceito de massa, seguindo a metodologia da pesquisa baseada em design e...

A concepção de desenvolvimento na epistemologia genética: processo de constituição e possibilidades na educação

Nodari, Lala Catarina Lenzi
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.09%
O conceito de desenvolvimento a partir da ótica da Epistemologia Genética de Jean Piaget é o tema central deste trabalho. Iniciamos o estudo pelo processo de constituição da pesquisa até chegar à definição do tema. O assunto é abordado ao longo de quatro capítulos, os quais constituem um conjunto de questões teóricas que objetivam responder às indagações relativas ao processo de evolução do conceito e suas possíveis modificações e implicações na área da educação. Nesse sentido, em primeiro lugar trabalhamos a concepção em estudo a partir de uma perspectiva cronológica, buscando remontar a história do processo de construção do conceito. No segundo capítulo a análise ocorre numa visão lógica, referindo-se a um tipo de organização em períodos, levada a efeito por diferentes autores, sobre a obra de Jean Piaget. A questão da lógica corresponde àquela adotada pelo pesquisador. No terceiro capítulo fazemos uma leitura articuladora entre as visões cronológica e lógica na busca de suas intersecções. No quarto capítulo, por fim, discutimos as questões relativas ao construtivismo, a partir do entendimento de diferentes autores, seus efeitos e implicações na educação. Concluímos que é necessário continuar investigando as relações entre construtivismo e Epistemologia Genética...

A noção de cooperação : análise da gênese do conceito

Camargo, Liseane Silveira
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
27.09%
A tese tem como propósito investigar como as crianças pensam a cooperação. A pesquisa está inserida em um projeto da linha de pesquisa Psicopedagogia, Sistema de Ensino/Aprendizagem e Educação em Saúde, dentro da temática Epistemologia e Práticas Escolares, coordenado pela Profª Drª Maria Luiza R. Becker. A pesquisa traz como questão principal: “Como se manifesta a noção de cooperação das crianças sobre as relações interpessoais em um trabalho em conjunto?”. Através do juízo das crianças e adolescentes, analisa-se o desenvolvimento da noção de cooperação, com fundamentação na Epistemologia Genética. O termo “noção” é utilizado para caracterizar o percurso do entendimento da cooperação pelas crianças. O desenvolvimento da capacidade de cooperar relaciona aspectos do desenvolvimento moral (envolvendo a superação da moral heterônoma e das relações de coação pela moral autônoma e as relações de cooperação propriamente ditas) e aspectos cognitivos (envolvendo descentração de pensamento e substituição e coordenação de pontos de vista). O juízo é investigado e analisado de acordo com o Método Clínico piagetiano. A entrevista clínica desta pesquisa parte de uma situação fictícia apresentada às crianças em que parceiros atuam em um mesmo jogo – um quebra-cabeça. Dezoito sujeitos foram entrevistados: crianças de 8 e 10 anos e adolescentes de 12. A partir da análise de cada sujeito...

Tradição de pesquisa quântica : uma interpretação na perspectiva da epistemologia de Larry Laudan; Quantum research tradition : an interpretation in the perspective of Larry Laudan’ s epistemology

Ostermann, Fernanda; Cavalcanti, Claudio Jose de Holanda; Ricci, Trieste dos Santos Freire; Prado, Sandra Denise
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.25%
Neste trabalho apresentamos os conceitos centrais da epistemologia de Larry Laudan e analisamos a Física Quântica como um exemplo de tradição de pesquisa – unidade de análise proposta por sua metodologia. Apesar de representar uma visão de ciência bastante frutífera nesse início de século, as idéias de Laudan ainda têm pouco impacto na pesquisa em ensino de física. A contribuição deste artigo também se constitui na exploração de um exemplo de uma tradição na física pouco aprofundada em sua obra, mas de grande apelo didático em disciplinas de história e epistemologia da física em cursos de formação de professores.; In this paper the central concepts of the epistemology of Larry Laudan and the analysis of some aspects of Quantum Physics as an example of a research tradition - analysis unit proposed by its methodology – are presented. Although Laudan represents an influential and important vision of science in the beginning of this century, his ideas still have little impact in the physics teaching research. This paper also contributes with examples of tradition in physics that are not very explored in his work, but of great didactics appeal in courses of physics history and physics epistemology for teacher’s education.

A epistemologia subjacente ao currículo e à formação de licenciandos em Ciências Biológicas

Zaneti, Josiane de Cássia
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: 104 f.
Português
Relevância na Pesquisa
27.25%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação para a Ciência - FC; Esta dissertação se insere na área de pesquisa em formação inicial de professores, investigando especificamente a licenciatura em Ciências Biológicas - modalidade que habilita para a atuação como professor(a) de ciências e biologia. O currículo que investigamos é fruto de uma reestruturação de 2004 que visava atender as Diretrizes Curriculares Nacionais para a formação de professores da Educação Básica. Esta legislação tem como uma de suas pretensões a superação do antigo modelo de organização curricular conhecido como 3+1, no qual a formação de professores figurava como complementação do bacharelado. Entendemos que a formulação do Projeto Pedagógico (PPP) para os cursos de licenciatura e bacharelado em Ciências Biológicas é, até então, orientada por um mesmo documento que, como discutido nesta dissertação, enfatiza a formação do bacharelado, em detrimento da licenciatura. Observamos que este documento não colabora para a superação da organização curricular 3+1. No ano de 2009 foram decretadas novas normas para os cursos de bacharelado em Ciências Biológicas que aparentemente desfazem a equivalência entre este e a licenciatura no mesmo curso. A forma como o professor entende a origem do conhecimento e o modo como esta compreensão influencia sua prática caracteriza o conceito de epistemologia do professor. Nossa crítica à formação de professores se encerra na necessidade do desenvolvimento de uma epistemologia adequada à identidade docente. É sobre este contexto que a presente pesquisa se assenta...

A significação na epistemologia genética: contribuições para uma teoria do conhecimento

Latansio, Vanessa Duron
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: 106 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
27.25%
Pós-graduação em Filosofia - FFC; No presente trabalho de Dissertação, propusemo-nos à analisar a noção de significação segundo a Epistemologia Genética. Tal noção (significação) foi escolhida devido à sua relevância dentro da Teoria de Piaget, visto ela estar relacionada diretamente com a concepção de consciência em Piaget, bem como, por ela percorrer toda a construção da teoria piagetiana, o que nos permitiu, entender a proposta da Epistemologia Genética de maneira mais clara e trazer tal noção para um cenário mais sintetizado dentro da teoria de Piaget. A dissertação foi norteada pela concepção de Piaget de que dar significação a um quadro sensorial ou a um objeto é inseri-lo num sistema de esquemas ou, por outras palavras, assimilá-lo a um sistema de esquemas, e que, em especial, o conhecimento é o resultado do processo de ação do sujeito sobre o objeto, que leva o sujeito a inserí-lo em um sistema de esquema de ação e de operações sobre representação, por meio da assimilação, bem como a modificar, por meio da acomodação, esse sistema de esquemas, especificando, então, o processo de conhecimento como prolongamento do processo de adaptação segundo Piaget. No desenvolvimento deste trabalho foi feita uma caracterização sucinta da proposta piagetiana de uma Epistemologia Genética e...

Apresentação da epistemologia de Paul Veyne: entre a história e a filosofia

Albertti, Luiz Antonio
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: 153 f.
Português
Relevância na Pesquisa
27.25%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em História - FCLAS; As reflexões epistemológicas de Paul Veyne são fundamentais para a escrita da história. Historiador que mantém um diálogo constante com as ciências humanas, principalmente a filosofia e a sociologia, Veyne aborda temas clássicos e atuais caros à história, tais como: acontecimento, causalidade, intriga, método, teoria, conceituação, cientificidade e progressos do conhecimento histórico. Nesta pesquisa, apresentaremos quatro textos da epistemologia veyniana: Como se escreve a história (1971), obra de vasta erudição, na qual Veyne está preocupado em pensar as problemáticas da narrativa histórica e as relações que esta estabelece com as ciências humanas; A história conceitual (1974), texto que explora a conceituação dos acontecimentos, para evitar que a narrativa histórica se atenha meramente ao factual; O inventário das diferenças: história e sociologia (1976), trabalho inicialmente proferido como Aula Inaugural no Collège de France, obra em que se estreitam as relações entre história e sociologia, e se estabelecem certos dispositivos teóricos para a pesquisa histórica; e, finalmente, Foucault revoluciona a história (1978)...

Delirio : uma analise epistemologica da aplicação do conceito Jasperiano e uma proposta Wittgensteiniana de tratamento ao fenomeno; Delusion: an epistemological analysis of the application of its jasperian concept and a wittgensteinian proposal for approaching the phenomenon

Adriano Carvalho Tupinamba Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/08/2006 Português
Relevância na Pesquisa
27.25%
O delírio, fenômeno central da psicopatologia, é ainda atualmente definido por meio de características legadas do século XIX e difundidas por Karl Jaspers (a convicção com que é sustentado, sua incorrigibilidade e falsidade), auxiliadas por algumas outras características enunciadas por ele próprio (sua incompreensibilidade, primariedade e a modificação da personalidade). Nem o conceito jasperiano de delírio nem as definições contemporâneas que lhe são tributárias, todavia, parecem corresponder ao que ordinariamente dizemos serem suas diferentes manifestações. Neste trabalho, após apontarmos onde os critérios privilegiados nas definições contemporâneas e jasperiana fracassam em caracterizá-lo e em delimitar um conjunto de fatos que correspondam ao que espontaneamente diríamos serem casos de delírio, buscamos razões para esta ocorrência Ou seja, tentamos explicar os motivos para esta difícil superposição entre o conjunto de fenômenos chamados de delírio e aquele conjunto de fenômenos que seria determinado por um uso prescritivo de suas definições. As explorações realizadas em cumprimento a este propósito foram dispostas em duas distintas plataformas. Na primeira delas, uma discussão sobre o tipo epistemologia embutida em grande parte dos projetos dirigidos aos fenômenos psicopatológicos é efetuada por meio da análise dos pressupostos e finalidades heurísticas da fenomenologia jasperiana. Paralelamente...

Object lessons: towards an epistemology of technoscience

Nordmann,Alfred
Fonte: Universidade de São Paulo, Departamento de Filosofia Publicador: Universidade de São Paulo, Departamento de Filosofia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.09%
Discussions of technoscience are bringing to light that scientific journals feature very different knowledge claims. At one end of the spectrum, there is the scientific claim that a hypothesis needs to be reevaluated in light of new evidence. At the other end of the spectrum, there is the technoscientific claim that some new measure of control has been achieved in a laboratory. The latter claim has not received sufficient attention as of yet. In what sense is the achievement of control genuine knowledge in its own right; how is this knowledge acquired; and publicly validated? Notions of tacit or embodied knowledge, of knowledge by acquaintance, of engineering or thing knowledge, and reconstructions of ability or skill take us only part of the way towards answering such questions. The epistemology of technoscience needs to account for the acquisition and demonstration of a public knowledge of control that does not consist in the holding of propositions, even though it is usually communicated in writing: Technoscientific knowledge is, firstly, objective and public insofar as it is exhibited and documented. Secondly, it presupposes a specific context of technology and expertise. Thirdly, it is communicable, even where the achieved capability itself is not. Knowledge of control entails...

Translational Science: Epistemology and the Investigative Process

Dougherty, Edward R
Fonte: Bentham Science Publishers Ltd. Publicador: Bentham Science Publishers Ltd.
Tipo: text
Publicado em /04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
27.25%
The term “translational science” has recently become very popular with its usage appearing to be almost exclusively related to medicine, in particular, the “translation” of biological knowledge into medical practice. Taking the perspective that translational science is somehow different than science and that sound science is grounded in an epistemology developed over millennia, it seems imperative that the meaning of translational science be carefully examined, especially how the scientific epistemology manifests itself in translational science. This paper examines epistemological issues relating mainly to modeling in translational science, with a focus on optimal operator synthesis. It goes on to discuss the implications of epistemology on the nature of collaborations conducive to the translational investigative process. The philosophical concepts are illustrated by considering intervention in gene regulatory networks.

Causality, Randomness, Intelligibility, and the Epistemology of the Cell

Dougherty, Edward R; Bittner, Michael L
Fonte: Bentham Science Publishers Ltd Publicador: Bentham Science Publishers Ltd
Tipo: text
Publicado em /06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
27.36%
Because the basic unit of biology is the cell, biological knowledge is rooted in the epistemology of the cell, and because life is the salient characteristic of the cell, its epistemology must be centered on its livingness, not its constituent components. The organization and regulation of these components in the pursuit of life constitute the fundamental nature of the cell. Thus, regulation sits at the heart of biological knowledge of the cell and the extraordinary complexity of this regulation conditions the kind of knowledge that can be obtained, in particular, the representation and intelligibility of that knowledge. This paper is essentially split into two parts. The first part discusses the inadequacy of everyday intelligibility and intuition in science and the consequent need for scientific theories to be expressed mathematically without appeal to commonsense categories of understanding, such as causality. Having set the backdrop, the second part addresses biological knowledge. It briefly reviews modern scientific epistemology from a general perspective and then turns to the epistemology of the cell. In analogy with a multi-faceted factory, the cell utilizes a highly parallel distributed control system to maintain its organization and regulate its dynamical operation in the face of both internal and external changes. Hence...

We Need to Talk About Epistemology: Orientations, Meaning, and Interpretation within Music Therapy Research

Edwards, Jane
Fonte: Oxford University Press Publicador: Oxford University Press
Tipo: text Formato: text/html
Português
Relevância na Pesquisa
27.44%
Background: Epistemology is a term used explicitly in social science research to refer to theory of knowledge, or ways of knowing. Describing the epistemological stance underpinning research studies in music therapy that use social science methods such as grounded theory, phenomenology, and ethnography will increase understanding of the outcomes presented. Objective: To promote an understanding of epistemology and its applications for music therapy research. Methods: The researcher describes her own views and experiences in developing knowledge of epistemology with reference to the social sciences and music therapy research literature published in English. She first focuses on terminology, then presents a discussion of epistemology. Results: Further clarification is needed to improve understanding of the role of epistemology in advancing understanding of the foundations of the methods from the social sciences used in research in music therapy. Conclusions: In order to improve some aspects of research studies the following recommendations are made to authors. At minimum, a research report should, (a) define and describe the specific methodology such as grounded theory, phenomenology, ethnography, or other, (b) present the epistemological foundations of the method chosen...