Página 1 dos resultados de 331 itens digitais encontrados em 0.326 segundos

Oral health, hygiene practices and oral cancer; Saúde bucal, práticas de higiene bucal e ocorrência de câncer da cavidade oral

MARQUES, Luzia A; ELUF-NETO, José; FIGUEIREDO, Rejane A O; GÓIS-FILHO, José F de; KOWALSKI, Luiz P; CARVALHO, Marcos B de; ABRAHÃO, Márcio; WÜNSCH-FILHO, Victor
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
115.77%
OBJECTIVE: To assess the association between oral health and hygiene practices and oral cancer. METHODS: Hospital-based case-control study in the metropolitan area of São Paulo, southeastern Brazil, from 1998 to 2002. A total 309 patients with squamous cell carcinoma of the mouth and the pharynx and 468 controls matched by sex and age were included in the study. Cases were recruited in seven reference hospitals and controls were selected in five out of the seven participating hospitals. Detailed information on smoking, alcohol consumption, schooling, oral health status and hygiene practices were obtained through interviews. Odds ratios (OR) and 95% confidence intervals (95% CI), adjusted by sex, age, schooling, smoking, alcohol consumption as well as the variables oral health status and hygiene practices were estimated using unconditional logistic regression analyses. RESULTS: The use of complete dental prosthesis was not associated with oral cancer but regular gum bleeding showed a strong association (OR 3.1; 95% CI 1.2-7.9). Those who never attended a dental visit were more likely to have oral cancer (OR 2.5; 95% CI 1.3-4.8). Daily mouthwash use showed a stronger association to pharynx (OR 4.7; 95% CI 1.8-12.5) than mouth cancer (OR 3.2; 95% CI 1.6-6.3). CONCLUSIONS: Gum bleeding...

Association study between the -62A/T NFKBIL1 polymorphism and obsessive-compulsive disorder; Estudo de associação entre o polimorfismo -62A/T NFKBIL1 e o transtorno obsessivo-compulsivo

CORDEIRO, Quirino; CAPPI, Carolina; SAMPAIO, Aline Santos; PALÁCIOS, Selma Aliotti; PEREIRA, Carlos Alberto de Bragança; SHAVITT, Roseli Gedanke; MIGUEL, Eurípedes Constantino; GUILHERME, Luiza; HOUNIE, Ana Gabriela
Fonte: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP Publicador: Associação Brasileira de Psiquiatria - ABP
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
125.76%
OBJECTIVE: Evidence from family and molecular genetic studies support the hypothesis of involvement of immunologic mechanisms in the pathophysiology of obsessive-compulsive disorder. The nuclear factor of kappa light polypeptide gene enhancer in B-cells inhibitor-like 1 (NFKBIL1) has been suggested as a modulator of the immunological system. Given the importance of NFKBIL1 in the immunological response, the present study investigated the -62A/T polymorphism (rs2071592), located in the promoter region of its gene (NFKBIL1), as a genetic risk factor for the development of obsessive-compulsive disorder. METHOD: The -62A/T NFKBIL1 polymorphism was investigated in a sample of 111 patients who met DSM-IV criteria for obsessive-compulsive disorder and 272 healthy age- and gender-matched controls. RESULTS: There were no differences in genotypic distributions between patients and controls (?2 = 0.98; 2 d.f.; p = 0.61). DISCUSSION: Despite these negative findings, more comprehensive polymorphism coverage within the NFKBIL1 is warranted in larger samples. Populations with different ethnic backgrounds should also be studied. CONCLUSION: The results of the present investigation do not provide evidence for the association between the -62A/T NFKBIL1 polymorphism and obsessive-compulsive disorder in this Brazilian sample.; OBJETIVO: Evidências advindas de estudos de família e de genética molecular têm dado suporte à hipótese do envolvimento de mecanismos imunológicos na fisiopatologia do transtorno obsessivo-compulsivo. Tem sido sugerido que o potencializador do fator nuclear do polipeptídeo kappa light em células-B inibidoras-like 1 (NFKBIL1) é um modulador do sistema imunológico. Dada a importância do NFKBIL1 na resposta imunológica...

Fatores de risco para nascimentos pré-termo em Londrina, Paraná, Brasil; Risk factors for pre-term birth in Londrina, Paraná State, Brazil

SILVA, Ana Maria Rigo; ALMEIDA, Marcia Furquim de; MATSUO, Tiemi; SOARES, Darli Antonio
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
115.7%
Objetivou-se identificar fatores de risco para nascimentos pré-termo por meio de estudo caso-controle populacional que envolve nascidos vivos hospitalares de mães residentes em Londrina, Paraná, Brasil. Os casos foram os 328 nascimentos pré-termo e os controles, uma amostra proporcional de 369 nascimentos com 37 semanas ou mais. Realizou-se análise de regressão logística múltipla hierarquizada. Verificou-se associação (p < 0,05) para as variáveis: sócio-econômicas - moradia em favela e baixa idade do chefe familiar; características maternas: IMC < 19 e > 30kg/m², com filho anterior pré-termo, com tratamento para engravidar; características maternas durante a gestação: com companheiro há no máximo dois anos, preocupações, bebida alcoólica semanal, pré-natal inadequado, prática de caminhada como proteção; agravos na gestação - sangramento, infecção do trato genital, volume alterado do líquido amniótico, hipertensão arterial e internação; gestação múltipla. A identificação de fatores de risco e a melhoria da qualidade da atenção pré-concepcional e pré-natal podem reduzir a prematuridade.; The objective of this study was to identify risk factors associated with pre-term birth among live births in a hospital in Londrina...

"Eventos adversos e óbitos hospitalares em serviço de emergências clínicas de um hospital universitário terciário: um olhar para a qualidade da atenção"; Adverse events and hospital deaths at the medical emergency department of a major university teaching hospital: a glance at the quality of care

Gallotti, Renata Mahfuz Daud
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 03/12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
115.89%
Eventos adversos (EAs), definidos como complicações não intencionais decorrentes do cuidado prestado, são reconhecidos como um dos maiores problemas na área da saúde. Embora a maior parte dos eventos acarrete incapacitações leves, uma proporção considerável está relacionada à morte de pacientes. O atendimento de urgência é considerado importante fator de risco para o desencadeamento destas complicações. No Brasil, estudos relacionados a este tema não foram publicados até o momento. O presente estudo objetivou identificar a ocorrência de EAs em pacientes admitidos por acidente vascular cerebral (AVC) ao Pronto-Socorro de Clínica Médica (PSM) do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo (HCFMUSP) e determinar as categorias de EAs associadas a óbito. Este estudo caso-controle pareado envolveu 468 pacientes admitidos por AVC ao PSM-HCFMUSP no período de março de 1996 a setembro de 1999. O grupo-caso compreendeu 234 óbitos hospitalares consecutivos e o grupo-controle 234 pacientes que receberam alta, pareados pelo diagnóstico provisório e pela época de internação. Eventos adversos, detectados por revisão de prontuários, foram classificados segundo sua gravidade, causas imediatas...

Fatores de risco para nascimentos pré-termo no município de Londrina, PR; Risk factors for births preterm in Londrina, Paraná (PR/Brazil)

Silva, Ana Maria Rigo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/05/2008 Português
Relevância na Pesquisa
115.7%
Introdução: Nascimento de pré-termo é o que ocorre com menos de 37 semanas completas de gestação, e é tido como um dos principais fatores de risco de morbimortalidade neonatal. Sua etiologia é complexa e envolve inúmeros fatores. Objetivo: Identificar os fatores de risco associados aos nascimentos pré-termo. Método: Estudo populacional tipo caso-controle. Foram estudados nascidos vivos hospitalares de mães residentes em Londrina (PR) entre junho de 2006 e março de 2007. Os casos foram 328 nascimentos com idade gestacional inferior a 37 semanas (pré-termo) e os controles uma amostra (369) representativa de nascimentos com 37 semanas ou mais de idade gestacional. Os dados foram obtidos por meio de entrevistas com as mães no hospital e dos prontuários da mãe e do recém nascido. As variáveis estudadas foram agrupadas em cinco blocos, representando diferentes níveis de hierarquia: características socioeconômicas; características pré-concepcionais e historia reprodutiva materna; condições da gestação; agravos maternos na gestação e características fetais. Foi realizada análise de regressão logística múltipla hierarquizada. Resultados: No modelo final foi identificada associação estatisticamente significante (P; Introduction: Pre-term birth happens when the fetus is born before 37 weeks of pregnancy and is considered one of the main risk factors of neonatal morbidity and mortality. It has a complex etiology and a wide scope. Objective: Identify the risk factors associated with pre-term birth. Method: Population-based case-control study. Children born alive in Londrina hospitals from June 2006 to March 2007 were studied. Cases were analyzed from 328 births with pregnancy length below 37 weeks (pre-term) and checks were studied from a birth representative sample (369) with pregnancy length above 37 weeks or more. Data were obtained from interviews carried out with mothers at the hospital and mothers and newborns medical reports. Variables studied were grouped in five groups...

Estudo de polimorfismos dos genes EGF e EGFR em astrocitomas difusamente infiltrativos; Polymorphisms of EGF e EGFR genes in diffusely infiltrative astrocytomas

Barbosa, Keila Cardoso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
115.79%
INTRODUÇÃO: Os astrocitomas difusamente infiltrativos são os tumores mais freqüentes de Sistema Nervoso Central (SNC) com uma taxa de 5-7 novos casos por 100.000 pessoas ano. São tumores altamente invasivos e estão associados com alterações de alguns genes como EGF (fator de crescimento epidérmico) e o EGFR (receptor do fator de crescimento epidérmico), que podem criar um aumento da atividade mitogênica, acarretando aumento de proliferação e maturação celular, apoptose, angiogênese e metástase. O nível de expressão destes genes pode ser influenciado por alterações genéticas, como a presença de polimorfismos. Uma mudança única de base (SNP) pode alterar a expressão gênica e, sendo assim, estar associada ao aumento do risco de desenvolver astrocitomas. Nesse trabalho, foram analisados 2 SNPs na região não traduzida (c.-191C>A e c.-216G>T) e um SNP no exon 16 (c.2073A>T) do gene EGFR, e um outro SNP na região não traduzida no gene EGF (c.61A>G). Os SNPs foram associados a expressão gênica do EGFR e a sobrevida dos pacientes. MÈTODOS: Foi realizado um estudo caso-controle com 193 casos de astrocitomas difusamente infiltrativos e 200 controles por amplificação por PCR seguido de digestão enzimática. Os produtos digeridos das amostras foram analisados por eletroforese em gel de agarose e poliacrilamida e corados com brometo de etídeo. A expressão gênica foi realizada após extração de RNA do tecido tumoral seguida de transcrição reversa e PCR em tempo real. Testes de qui-quadrado...

Transferências maternas de uma casa de parto para o hospital: estudo caso-controle; Maternal transfers from a freestanding birth center to the hospital: a case control study

Silva, Flora Maria Barbosa da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2011 Português
Relevância na Pesquisa
115.74%
Centros de parto normal (CPN) têm como finalidade a assistência à mulher no parto normal sem complicações. Podem ter localização intra-hospitalar, peri-hospitalar ou extra-hospitalar (autônomo). Os objetivos foram: identificar os fatores de risco para transferência materna de um CPN para o hospital; elaborar um modelo de risco para transferência intraparto baseado nos fatores identificados e analisar os desfechos maternos e neonatais das transferências. Estudo do tipo caso-controle, com coleta de dados retrospectiva, em um centro de parto extra-hospitalar (Casa do Parto de Sapopemba - CPS) e no Hospital Estadual de Vila Alpina (HEVA), na cidade de São Paulo. Os casos foram todas as mulheres transferidas da CPS para o HEVA, de março de 2002 a dezembro de 2009. Os controles foram mulheres não transferidas que deram à luz na CPS no mesmo período, selecionadas aleatoriamente, sendo quatro controles para cada caso. Os fatores de risco para transferências maternas intraparto foram analisados primeiro pelo teste Qui-Quadrado. Na análise múltipla, incluíram-se as variáveis com p; Birth centers (BC) aim to provide care to women in normal birth without complications. They may have in-hospital, alongside or freestanding (autonomous) locations. The objectives were to identify risk factors for maternal transfer from a BC to the hospital...

Comparação do comprimento do úmero em fetos portadores de Síndrome de Down com o comprimento do úmero em fetos normais; Comparison of humeral length between fetuses with Down syndrome and normal fetuses

Silva, Rimena de Melo Germano da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
115.75%
Objetivo: Comparar o comprimento do úmero em fetos portadores de síndrome de Down (T21) com o comprimento do úmero em fetos normais, utilizando instrumentos de referência da população local. Método: Estudo caso-controle retrospectivo que comparou o comprimento do úmero de fetos normais com os fetos com T21, entre 18 semanas e 23 semanas e 6 dias. Os exames dos fetos com T21 foram realizados entre 1994 e 2012. Os controles normais foram avaliados entre 2007 e 2009. Foram analisadas as médias, medianas e desvios-padrão da idade materna, idade gestacional e medida do úmero. Posteriormente, foi feita análise da correlação entre as medidas dos úmeros e a idade gestacional, sendo seus valores expressos em múltiplos da mediana (MoMs). O comprimento do úmero dos fetos com T21 foram confrontados com os fetos normais utilizando o teste t-Student. A medida do úmero foi avaliada considerando-se os níveis de corte abaixo do percentil 10, 5 e 2,5 a fim de obter as respectivas taxas de sensibilidade. Calculou-se, ainda, a razão de verossimilhança (RV). A seguir, foi utilizado um modelo linear geral tendo a idade materna como covariável para controlar na comparação. Comparou-se, também, a medida do comprimento do úmero dos fetos normais da população local com o comprimento do úmero esperado baseado na curva de Jeanty. Os testes foram realizados com nível de significância de 5%. Resultados: Foram incluídos 58 casos com T21 e 1888 controles normais. A sensibilidade do comprimento do úmero para a detecção da T21 utilizando o nível de corte abaixo do percentil 10 foi de 44...

Fatores associados ao trauma mamilar na maternidade

Coca,Kelly Pereira; Gamba,Mônica Antar; Silva,Rebeca de Souza e; Abrão,Ana Cristina F. V.
Fonte: Sociedade Brasileira de Pediatria Publicador: Sociedade Brasileira de Pediatria
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
115.77%
OBJETIVO: Identificar os fatores associados ao trauma mamilar em mulheres em aleitamento materno exclusivo na maternidade. MÉTODOS: Estudo caso-controle com 146 puérperas internadas nas enfermarias de alojamento conjunto, sendo 73 casos, definidos como mulheres com trauma mamilar, e 73 controles, definidos como ausência da patologia. Diariamente buscaram-se mulheres em aleitamento materno exclusivo com diagnóstico de lesão mamilar, identificada por meio de lupa. Foram estudadas variáveis sociodemográficas, obstétricas e neonatais. Na análise estatística, utilizou-se modelo de regressão logística. RESULTADOS: Casos e controles mostraram-se semelhantes quanto às variáveis sociodemográficas, embora a ausência do companheiro tenha sido mais frequente no grupo de mulheres com trauma mamilar. As variáveis primiparidade (OR 3,16; IC95% 1,19-8,42), ausência do companheiro (OR 3,25; IC95% 1,18-8,93), mama túrgida e/ou ingurgitada (OR 12,31; IC95% 4,48-33,78), mamilo semiprotruso e/ou malformado (OR 4,69; IC95% 1,50-14,62) e despigmentação dos mamilos (OR 13,98; IC95% 4,43-44,06) comportaram-se como fatores associados ao trauma mamilar. CONCLUSÃO: Primiparidade, ausência do companheiro, mamas túrgidas e ingurgitadas, mamilos semiprotrusos e/ou malformados e despigmentados estão associados ao trauma mamilar.

Estudo comparativo entre o tonômetro de aplanação de Goldmann e o tonômetro de contorno dinâmico de Pascal no glaucoma primário de ângulo aberto e olhos normais

Meirelles,Sergio Henrique Sampaio; Mathias,Cristina Rodrigues; Azevedo,Gilberto Brandão de; Álvares,Riani Morelo; Mattosinho,Clarissa Campolina de Sá; Jardim,Jetro Saul; Bastos,Cláudia Castor Xavier; Meneses,Luciana
Fonte: Sociedade Brasileira de Oftalmologia Publicador: Sociedade Brasileira de Oftalmologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
115.57%
OBJETIVO: Comparar as medidas da pressão intra-ocular (PIO) obtidas com o tonômetro de aplanação de Goldmann (TAG) e o tonômetro de contorno dinâmico (TCD) e correlacioná-las com a espessura central da córnea (ECC). MÉTODOS: Estudo transversal, com os pacientes divididos em dois grupos: glaucoma primário de ângulo aberto (GPAA) e olhos normais (ON). As medidas da PIO foram obtidas em todos os pacientes com o TAG e o TCD. Um examinador realizou as tonometrias com o TAG e outro examinador com o TCD. A ECC foi obtida pelo paquímetro ultrassônico. Os resultados foram avaliados através do teste Z para amostras independentes, teste t de Student para amostras relacionadas, teste de correlação linear de Pearson e gráfico de Bland-Altman. RESULTADOS: Foram incluídos 134 olhos de 71 pacientes. O grupo GPAA foi constituído por 85 olhos de 45 pacientes e o grupo ON por 49 olhos de 26 indivíduos com olhos normais. Não houve diferença significativa da ECC entre os dois grupos em ambos os olhos (p= 0,54 OD; p= 0,71 OE). As tonometrias realizadas com o TCD foram maiores nos dois grupos (GPAA: p< 0,01; ON: p= 0,01). Houve correlação significativa entre as tonometrias do TAG e do TCD nos dois grupos separados ou em conjunto (p< 0...

Utilização de estratificação e modelo de regressão logística na análise de dados de estudos caso-controle

Gimeno,Suely Godoy Agostinho; Souza,José Maria Pacheco de
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/1995 Português
Relevância na Pesquisa
115.75%
Exemplifica-se a aplicação de análise multivariada, por estratificação e com regressão logística, utilizando dados de um estudo caso-controle sobre câncer de esôfago. Oitenta e cinco casos e 292 controles foram classificados segundo sexo, idade e os hábitos de beber e de fumar. As estimativas por ponto dos odds ratios foram semelhantes, sendo as duas técnicas consideradas complementares.

Minimizando perdas e maximizando eficiência na detecção de casos de desnutrição aguda severa

Reichenheim,Michael E; Hasselmann,Maria Helena
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2001 Português
Relevância na Pesquisa
115.67%
OBJETIVO: Alguns dos muitos desafios enfrentados por epidemiologistas são planejar adequadamente e otimizar o processo de captação de sujeitos em termos de efetividade e eficiência. Nesse sentido, no contexto de um estudo caso-controle envolvendo desnutrição aguda severa, usa-se o procedimento de captação em duas etapas. Os objetivos da pesquisa são identificar o melhor ponto de corte do indicador de rastreamento e obter equilíbrio entre perdas, eficiência da desnutrição severa e uso do procedimento em duas etapas. MÉTODOS: São usadas informações de 154 crianças abaixo de dois anos, em dois hospitais. Para a exploração do ponto de corte ótimo de peso para idade (PI), são de interesse as proporções de falso-negativos (PFN), falso-positivos (PFP) e percentual de ganho (temporal) total (pgt). O índice de peso para comprimento (PC) (ponto de corte de -2 desvios-padrão) é usado como padrão diagnóstico de desnutrição aguda severa. RESULTADOS: A magnitude de falso-negativos declinou rapidamente até o percentil 3 (P3) de PI e chegou a zero próximo de P9. Nesse ponto, a PFP esteve em torno de 0,4. O pgt decresceu acentuadamente até o P4, declinando suavemente até P10 (54,5%). CONCLUSÕES: Pode-se recomendar o P10 de PI...

Demência como fator de risco para fraturas graves em idosos

Carvalho,Aline de Mesquita; Coutinho,Evandro da Silva Freire
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2002 Português
Relevância na Pesquisa
115.7%
INTRODUÇÃO: As quedas entre pessoas idosas constituem importante problema de saúde pública devido à sua alta incidência, às complicações para a saúde e aos altos custos assistenciais. O estudo realizado visa a estimar a associação entre demência e ocorrência de quedas e fraturas entre idosos. MÉTODOS: Foi conduzido estudo caso-controle de 404 indivíduos com 60 ou mais anos de idade, da cidade do Rio de Janeiro, Brasil. Casos e controles foram pareados por idade, sexo e hospital. Os dados foram coletados por meio de entrevista estruturada com os idosos. Foram considerados portadores de quadro demencial idosos cuja pontuação no questionário BOAS fosse superior a dois. Foram obtidos odds ratios (OR) ajustados por fatores potenciais de confusão, utilizando-se regressão logística condicional. RESULTADOS: As quedas distribuíram-se igualmente entre os períodos da manhã, tarde e noite, havendo uma redução em sua freqüência durante a madrugada. Acidentaram-se dentro de casa 78% dos idosos com demência, contra 55% daqueles sem essa doença. O OR não-ajustado para a associação entre demência e fratura grave foi de 2,0 (IC95%, 1,23-3,25). Após o ajuste por fatores de confusão, houve uma pequena redução dessa associação (OR=1...

Fatores de risco para internação por doença respiratória aguda em crianças até um ano de idade

Macedo,Silvia Elaine Cardozo; Menezes,Ana Maria Baptista; Albernaz,Elaine; Post,Paulo; Knorst,Marli
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2007 Português
Relevância na Pesquisa
115.84%
OBJETIVO: Avaliar fatores de risco para hospitalização por doença respiratória aguda em crianças até um ano de idade. MÉTODOS: Estudo de casos e controles na cidade de Pelotas, RS. Os casos foram crianças de até um ano de idade, que se hospitalizaram por doença respiratória aguda, de agosto de 1997 a julho de 1998. Os controles foram crianças da comunidade, da mesma idade, sem hospitalização prévia por essa doença. Um questionário investigando exposição a fatores de risco foi aplicado às mães de casos e controles. Os dados foram submetidos à análise univariada, bivariada e multivariada por meio de regressão logística para avaliação dos fatores de risco sobre o desfecho de interesse. RESULTADOS: Foram analisadas 777 crianças, sendo 625 casos e 152 controles. Na análise bruta, os fatores de risco associados ao desfecho foram: sexo masculino, faixa etária menor de seis meses, aglomeração familiar, escolaridade materna, renda familiar, condições habitacionais inadequadas, desmame precoce, tabagismo materno, uso de bico, história de hospitalização e antecedentes de sintomas respiratórios. O trabalho materno foi fator de proteção para internação por doença respiratória aguda. Na análise multivariada...

Topologia do risco de acidentes do trabalho em Piracicaba, SP

Zangirolani,Lia Thieme Oikawa; Cordeiro,Ricardo; Medeiros,Maria Angélica Tavares de; Stephan,Celso
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
115.78%
OBJETIVO: Analisar a distribuição espacial do risco de acidente do trabalho controlado por variáveis nutricionais e outras co-variáveis. MÉTODOS: Estudo caso-controle espacial de base hospitalar, tendo como variável de interesse a localização espacial dos acidentes do trabalho. Foram amostrados 794 trabalhadores, no período de maio a outubro de 2004. Os critérios de inclusão para casos (N=263) foram: ser trabalhador acidentado do trabalho, morador de Piracicaba, com idade entre 15 e 60 anos, e atendido em centro de ortopedia e traumatologia. Os controles (N=531) tiveram o mesmo critério de idade e residência na cidade, exceto que o acidente não era do trabalho, tendo sido considerandos também trabalhadores acompanhantes dos casos. A distribuição espacial da estimativa baseou-se no ajuste do modelo aditivo generalizado, tendo as coordenadas geográficas dos casos e controles como componente espacial não linear e as demais co-variáveis como componente linear. RESULTADOS: A variação da estimativa do risco espacial de acidentes do trabalho, controlada por sexo (OR=1,87; p

Indicadores da institucionalização de idosos: estudo de casos e controles

Del Duca,Giovâni Firpo; Silva,Shana Ginar da; Thumé,Elaine; Santos,Iná S; Hallal,Pedro C
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
145.81%
OBJETIVO: Identificar indicadores da institucionalização de idosos. MÉTODOS: Estudo de casos e controles com 991 idosos em Pelotas, RS, de 2007 a 2008. Os casos (idosos institucionalizados; n = 393) foram detectados por meio de um censo em todas as instituições de longa permanência para idosos da cidade. Os controles populacionais (n = 598) foram selecionados de forma aleatória, por meio de um amplo inquérito de saúde. Na comparação dos grupos, foram empregados os testes qui-quadrado de Pearson e tendência linear na análise bruta e o modelo de regressão logística binária na análise ajustada, com medidas de efeito expressas em odds ratio. RESULTADOS: A institucionalização foi mais freqüente no sexo feminino (OR = 1,96; IC95% 1,31;2,95). Idosos com idade avançada (OR = 3,23 e OR = 9,56 para faixas etárias de 70-79 e > 80 anos, respectivamente), que viviam sem companheiro (solteiros, separados e viúvos), não possuíam escolaridade formal e apresentavam incapacidade funcional para atividades básicas da vida diária apresentaram maior probabilidade de institucionalização. Observou-se tendência inversa entre a ocorrência de institucionalização do idoso e o nível de atividade física, em que sujeitos pouco ativos e inativos apresentaram maiores probabilidades de institucionalização (OR = 1...

A posição de amamentar determina o aparecimento do trauma mamilar?

Coca,Kelly Pereira; Gamba,Mônica Antar; Silva,Rebeca de Sousa e; Abrão,Ana Cristina Freitas de Vilhena
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2009 Português
Relevância na Pesquisa
115.73%
O estudo buscou identificar as variáveis de posicionamento e pega, durante a amamentação, relacionadas aos traumas mamilares. Estudo caso-controle que investigou o aparecimento do trauma mamilar entre mulheres internadas em um hospital Universitário de São Paulo, em 2004 e 2005. Os casos foram puérperas com diagnóstico de trauma mamilar uni ou bilateral. Para a análise dos dados, foram aplicados os testes qui-quadrado, t de Student, razão de chances (IC= 95%) e análise de correspondência. Foram estudadas 146 puérperas e seus recém-nascidos, sendo 73 casos e 73 controles. As variáveis de posicionamento e pega, estatisticamente significativas para a ocorrência da lesão, foram: criança com pescoço torcido, queixo longe da mama e lábio inferior virado para dentro. A prevenção do trauma, no início da amamentação, é decisiva para a continuidade desta prática. O acompanhamento do posicionamento adequado é determinante para o estabelecimento da amamentação efetiva e prolongada.

Pneumonia de hipersensibilidade crônica: análise de oito casos e revisão da literatura

TEIXEIRA,MARIA DE FATIMA DO AMPARO; ASSIS,PATRÍCIA GIOIA DE; LAZZARINI-DE-OLIVEIRA,LUIZ CLAUDIO
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2002 Português
Relevância na Pesquisa
125.67%
A pneumonia de hipersensibilidade é uma doença de natureza imunológica secundária à inalação crônica de poeiras orgânicas ou químicas. O diagnóstico na sua fase crônica é difícil devido à apresentação clínica e radiológica semelhante à de outras doenças intersticiais, sendo freqüentemente necessária a realização de biópsia pulmonar para seu diagnóstico. Os autores revisam os casos confirmados nos últimos 11 anos, atendidos no Instituto de Doenças do Tórax/UFRJ. Foram encontrados nesse período oito casos confirmados por estudo histopatológico. Os sintomas preponderantes foram tosse e dispnéia. Todos apresentavam infiltrado intersticial no estudo radiológico e padrão restritivo funcional foi encontrado em cerca de 70% dos casos. Nos sete pacientes em que foi iniciado tratamento com corticosteróide, todos apresentaram melhora clínica, porém não houve correlação entre a resposta clínica e a evolução radiológica ou funcional. Uma vez diagnosticado, o paciente deve ser afastado da exposição, visto a possibilidade de evolução para fibrose pulmonar nos continuamente expostos.

Baixa renda como fator de proteção contra asma em crianças e adolescentes usuários do Sistema Único de Saúde

Britto,Murilo Carlos Amorim de; Freire,Emilses Fernandes de Carvalho; Bezerra,Patrícia Gomes de Matos; Brito,Rita de Cássia Coelho Moraes de; Rego,Joakim da Cunha
Fonte: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Pneumologia e Tisiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2008 Português
Relevância na Pesquisa
115.62%
OBJETIVO: O estudo visou analisar o papel da baixa renda como fator de risco para o desenvolvimento de asma em crianças e adolescentes. MÉTODOS: Estudo de caso-controle com questionário. RESULTADOS: Foram estudados 687 participantes, de 5 a 15 anos de idade, usuários do Sistema Único de Saúde, em um hospital terciário, sendo 54,7% masculinos. Quase metade (49,1%) residia na zona metropolitana do Recife e o restante no interior. Moravam em casa de alvenaria 98,1%, com média de 5,7 cômodos e 4,8 moradores. Suas mães estudaram em média 6,8 anos. A mediana da renda mensal per capita foi de R$ 103,75. Baseando-se na renda mensal per capita inferior a 25 e 50% do salário mínimo, classificou-se a amostra em muito baixa renda, baixa renda e renda satisfatória, cujos percentuais foram, respectivamente: 39, 37,3 e 23,7. Não se observou associação entre baixa renda e desenvolvimento de asma. CONCLUSÕES: A baixa renda não exerce, em crianças e adolescentes usuários do Sistema Único de Saúde do nordeste do Brasil, efeito protetor no surgimento de asma, como poderia se supor, baseando-se na teoria da higiene. Todavia, estudos de coorte são necessários para confirmar estes achados.

Polui????o ambiental, resid??ncia materna e baixo peso ao nascer

Backes, Marli Terezinha Stein; Soares, Maria Cristina Flores
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
115.88%
Estudo caso-controle, que objetivou analisar os fatores de risco associados ao baixo peso ao nascer de rec??m-nascidos de m??es de Rio Grande-RS residentes nas proximidades da ??rea industrial. Foram entrevistadas m??es que deram ?? luz nas maternidades do munic??pio, durante os meses de abril a novembro de 2003. A amostra compreendeu 138 casos e 409 controles. Foi realizada an??lise estat??stica bivariada e multivariada. O Baixo Peso ao Nascer (BPN) manteve-se associado positivamente com natimortos pr??vios, BPN pr??vios, presen??a de hipertens??o arterial durante a gesta????o e amea??a de aborto durante a gravidez atual. Foi poss??vel identificar os principais fatores de risco a que est??o expostas as gestantes e que interferem no peso ao nascer de seus filhos, os quais v??m somar-se ??queles decorrentes de uma maior exposi????o a poluentes, por residirem pr??ximo ??s ind??strias. Descritores: Estudos de casos e controles; Fatores de risco; Habita????o; Polui????o ambiental; Rec??m-nascido de baixo peso.; Case-control study, which aimed to analyze the risk factors associated with low birth weight of newborns of mothers from Rio Grande-RS that resided in the proximities of the industrial area. Mothers that gave birth in the maternities of the municipality were interviewed during the months of April to November of 2003. The sample comprehended 138 cases and 409 controls. It was performed the bivariate and multivariate statistical analysis. The Low Birth Weight (LBW) maintained itself positively associated with previous stillborns...