Página 1 dos resultados de 1023 itens digitais encontrados em 0.059 segundos

Sistema de informações geográficas para a gestão de programas municipais de cuidado a idosos; The use of geographic information systems for managing municipal elderly care programs; Sistema de informaciones geográficas para la gestión de programas municipales de cuidado a ancianos

PAVARINI, Sofia Cristina Iost; MENDIONDO, Eduardo Mario; MONTAÑO, Marcelo; ALMEIDA, Diogo Martino Fernandes; MENDIONDO, Marisa Silvana Zazzetta de; BARHAM, Elizabeth Joan; PEDRAZZANI, Elisete Silva
Fonte: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem Publicador: Universidade Federal de Santa Catarina, Programa de Pós Graduação em Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
76.06%
Este trabalho descreve a construção de um sistema integrado de informações geográficas e de condições de saúde para idosos com demência, cadastrados nas Unidades de Saúde da Família de um município paulista. Trata-se de um estudo descritivo baseado em uma investigação quantitativa, desenvolvido no período de junho de 2006 a junho de 2007. Os passos metodológicos consistiram na criação de uma base de dados com atributos dos idosos, de um cadastro georeferenciado e de uma plataforma operacional para o armazenamento e gerenciamento do conjunto das informações. Foram visitados e avaliados 1.048 idosos, dos quais 275 apresentaram alterações cognitivas. A criação deste sistema permitiu visualizar a distribuição espacial dos idosos com demência, associar dados geográficos e de saúde, identificando fatores de risco e vulnerabilidade. A utilização de tecnologias de geoprocessamento mostrou-se importante no planejamento de ações de cuidado em gerontologia, contribuindo para a gestão de programas públicos de saúde.; This paper describes the construction of an information system, integrating geographic and health care data for elderly people with dementia who were registered in Family Health Units in a municipality in the State of São Paulo...

Uso de sistemas de informação geográfica em campanhas de vacinação contra a raiva; Use of geographic information systems in rabies vaccination campaigns; Uso de sistemas de información geográfica en campañas de vacunación contra la rabia

GRISI-FILHO, José Henrique de Hildebrand e; AMAKU, Marcos; DIAS, Ricardo Augusto; MONTENEGRO NETTO, Hildebrando; PARANHOS, Noemia Tucunduva; MENDES, Maria Cristina Novo Campos; FERREIRA NETO, José Soares; FERREIRA, Fernando
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
96.01%
OBJETIVO: Desenvolver método para planejamento e avaliação de campanhas de vacinação contra a raiva animal. MÉTODOS: O desenvolvimento da metodologia baseou-se em sistemas de informação geográfica para estimar a população e a densidade animal (canina e felina) por setores censitários e subprefeituras do município de São Paulo, em 2002. O número de postos de vacinação foi estimado para atingir uma dada cobertura vacinal. Foram utilizadas uma base de dados censitários para a população humana, e estimativas para razões cão:habitante e gato:habitante. RESULTADOS: Os números estimados foram de 1.490.500 cães e 226.954 gatos em São Paulo, uma densidade populacional de 1.138,14 animais domiciliados por km². Foram vacinados, na campanha de 2002, 926.462 animais, garantindo uma cobertura vacinal de 54%. O número total estimado de postos no município para atingir uma cobertura vacinal de 70%, vacinando em média 700 animais por posto foi de 1.729. Estas estimativas foram apresentadas em mapas de densidade animal, segundo setores censitários e subprefeituras. CONCLUSÕES: A metodologia desenvolvida pode ser aplicada de forma sistemática no planejamento e no acompanhamento das campanhas de vacinação contra a raiva...

Acessibilidade e mobilidade na estimativa de um índice de potencial de viagens utilizando redes neurais artificiais e sistemas de informações geográficas.; Acessibility and mobility in the estimation of a trip potential index using artificial neural networks and geographic information systems

Raia Junior, Archimedes Azevedo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/08/2000 Português
Relevância na Pesquisa
75.92%
De maneira geral, o processo de planejamento de transportes não tem apresentado a sensibilidade suficiente para resolver ou ao menos atenuar o conflito entre o que é planejado e a necessidade real dos cidadãos urbanos, principalmente os de menor renda. Além disso, embora seja freqüente que as análises levem em conta aspectos ligados à acessibilidade, ou os ligados à mobilidade, isto em geral é feito de forma não associada. Como resposta a esta deficiência, o objetivo principal desta tese é propor, visando o planejamento estratégico, um processo de modelagem destinado a estimar potenciais de viagens integrando ambos os aspectos. Após uma abrangente revisão bibliográfica, foi proposta uma metodologia que prevê, inicialmente, a incorporação de dados espaciais a uma pesquisa origem-destino (O-D) com o uso de Sistemas de Informações Geográficas (SIG). Assim, à variáveis de entrada relacionadas com aspectos de mobilidade, como renda, por exemplo, é anexada a acessibilidade dos domicílios, calculada através de um indicador adequado. As variáveis de saída, viagens realizadas (p.ex., número e extensão), devem ser extraídas da pesquisa O-D e calculadas com o uso de um SIG suas características principais. Em seguida...

Uma avaliação comparativa de alguns sistemas de informação geográfica aplicados aos transportes.; A comparative evaluation of some geographic information systems applied to transportation.

Rose, Adriana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2001 Português
Relevância na Pesquisa
96.03%
O sucesso de um projeto depende, em grande parte, da escolha e uso de ferramentas adequadas para o seu desenvolvimento. Como no caso de qualquer outra ferramenta, é de suma importância o conhecimento das características, funções e do desempenho dos programas de computador que se pretende empregar na solução de problemas de qualquer natureza. Tendo por base esta constatação e voltando-se apenas para uma área específica, o objetivo deste trabalho de pesquisa é comparar três software de SIG (Sistemas de Informação Geográfica) aplicados ao planejamento de transportes quanto às suas características funcionais e desempenho. Os software UfosNet, TransCAD e ArcView foram comparados quanto a alguns aspectos descritivos, tais como: tempo de aprendizado e possibilidades de customização, entre outros; características operacionais básicas de SIG; rotinas avançadas de SIG e rotinas específicas de transportes. Para uma análise mais efetiva do potencial dos mesmos como ferramentas de planejamento de transportes foi proposta a solução de um problema envolvendo o cálculo de uma medida de acessibilidade. Através dos resultados encontrados com as diversas avaliações realizadas foi possível concluir que os três sistemas atendem perfeitamente à configuração mínima desejada para um software SIG...

Integração entre sistema de informação geográfica e sistema de projeto de redes de distribuição.; Integration between system of geographic information and system of project of distribution nets.

Barbosa, Leandro Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
76.07%
A troca de informações entre os vários sistemas de gerenciamento e outros sistemas de informação de uma empresa do setor elétrico não é apenas desejada, mas na maioria dos casos, necessária. Com a necessidade desenvolveu-se uma pesquisa com o objetivo de descrever as metodologias de integração entre Sistemas de Informações Geográficas e Sistemas de Projetos de Redes de Distribuição, incluindo referências a diversos trabalhos de integração no Brasil e no mundo. Como exemplo e caso prático, utilizou-se uma metodologia desenvolvida para a concessionária de distribuição de energia elétrica AES Eletropaulo.; The information interchanges between management systems and others information systems of an electrical distribution company is not only desirable, but in most cases necessary. Due this necessity it was developed one research aiming to describe the integration methodologies between geographic information systems and electrical grid expansion designer systems, including references for some integration works in Brazil and in World. As a practical example, it was used one methodology developed for the electrical distribution company AES Eletropaulo.

Mapas cognitivos de primatas: análise de movimentos e rotas de Cebus nigritus apoiada por sistemas de informação geográfica; Primates cognitive maps: analysis of movements and routes of Cebus nigritus based on geographic information system

Presotto, Andréa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
76.15%
Os macacos-prego são primatas bastante flexíveis quanto à sua alimentação, ocupando ambientes com características diversas e, por isso, possuindo a mais ampla distribuição geográfica entre os primatas do Novo Mundo. Possuem habilidades como o uso de ferramentas e reconhecimento espacial de sua área de uso na busca por alimentos, utilizando sistemas de orientação egocêntrico e alocêntrico. No entanto, estudos sobre o sistema de orientação desses animais em vida livre, com observação naturalística, são raros. Pelas similaridades filogenéticas e convergências adaptativas com humanos, principalmente no que se refere à variabilidade comportamental associada à diversidade dos ambientes ocupados, pesquisas sobre cognição espacial de Cebus nigritus são necessárias e importantes para investigar se a flexibilidade comportamental desse primata observa-se também quanto às capacidades de orientação espacial. O objetivo desse estudo foi contribuir para o entendimento dos sistemas de orientação que podem estar envolvidos quando os macacos-pregos constroem suas rotas. Os sujeitos desse estudo são macacos-pregos (Cebus nigritus) selvagens, vivendo na Mata Atlântica, no Parque Estadual Carlos Botelho (PECB), porção sul do Estado de São Paulo. Os macacosprego foram seguidos durante dias consecutivos em um total de 100 dias (2006...

Infraestrutura de dados espaciais em unidades de conservação: uma proposta para disseminação da informação geográfica do Parque Estadual de Intervales - SP; Spatial data infrastructure in protected area: a proposal for dissemination of geographic information of Parque Estadual de Intervales - SP

Nakamura, Eduardo Tomio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
75.99%
Esse trabalho apresenta uma proposta de Infraestrutura de Dados Espaciais de nível organizacional para o Parque Estadual de Intervales-SP, que visa compartilhar suas informações geográficas com a sociedade em geral. Nos processos de elaboração da IDE são discutidas questões como interoperabilidade, padronização, metadados, especificação de serviços geográficos e o relacionamento dos nós das Infraestrutura de Dados Espaciais que vão permitir a disseminação da informação geográfica de fácil acesso a usuários externos. Os procedimentos, benefícios e limitações são listados e problematizados de forma que demonstrem as etapas necessárias na elaboração da Infraestrutura de Dados Espaciais de nível organizacional para uma Unidade de Conservação. Conclui-se que uma Infraestrutura de Dados Espaciais depende de variáveis administrativas, culturais, técnicas e financeiras, o que leva a uma proposta de implementação por estágios. Também são elaboradas críticas aos recursos existentes e sugestões para melhorias e estudos futuros.; This paper presents a proposal about Spatial Data Infrastructure in organizational level to the Parque Estadual de Intervales-SP, in order to promote the sharing of geographic information with the society. In the elaboration process of the SDI are discussed issues such as interoperability...

Hidrogeomorfologia e sistemas de informação geográfica integrados a um modelo hidrológico na bacia do Córrego Poá, Taboão da Serra - SP; Hydrogeomorphology and geographic information systems integrated into a hydrological model in the basin of a stream Poá, Taboão da Serra

Costa, Hubert Bayer
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 02/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
85.98%
A forma como a mancha urbana de São Paulo se adensou e expandiu durante o século XX demonstra que, em vários momentos, interesses econômicos para ocupação indevida das planícies fluviais foram mais fortes do que alternativas técnicas que reservavam espaços nessas áreas para o amortecimento de grandes cheias. O padrão de projetos passou a ser o de retificar os corpos dágua e ocupar suas margens com arruamentos e edificações. Paralelamente, o setor privado passa a edificar cada vez mais seus lotes, aumentando o escoamento superficial de águas pluviais em eventos extremos. O aumento da impermeabilização, somado a uma geomorfologia antropogênica que concentra grandes fluxos de água, e canais obstruídos com lixo e sedimentos, são um componente inequívoco da formação de manchas de alagamento. A bacia de drenagem deve passar a ser tratada de fato sob novos paradigmas, mais conservacionistas, de renaturalização de seus leitos, de interconectividade de áreas permeáveis e impermeáveis, de atenção às formas do relevo que podem contribuir negativamente para concentração de fluxo ou produção de sedimentos, por exemplo. Neste sentido, a Geografia tem importantes contribuições em estudos mais detalhados de bacias urbanas...

Bancos de dados geográficos e sistemas de informações geográficas para cadastramento imobiliário: requisitos, modelos e aplicações; Geographic databases and geographic information systems for building cadaster: requirements, templates and applications

Kurimori, Kauê Obara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
86.16%
Diferentes administrações públicas municipais adotam bancos de dados geográficos e sistemas de informações geográficas como ferramentas auxiliares para realização de procedimentos relacionados ao cadastramento de imóveis urbanos. Consequentemente, tais sistemas são desenvolvidos de acordo com diferentes realidades e demandas e têm diferentes características. Nesse mesmo sentido, observa-se que a tecnologia proporciona diversas possibilidades de concepção e a adoção de diferentes modelos. Não obstante, por razões de eficiência, determinados modelos se apresentam como vantajosos para bancos de dados geográficos e sistemas de informações geográficas voltados para cadastramento imobiliário urbano, seja do ponto de vista de sua implementação ou de seus resultados. O presente estudo procura abranger os principais modelos disponíveis e suas características, porém dá maior ênfase para a aplicação efetiva da tecnologia, por meio da adoção de um estudo de caso, com o objetivo de analisar o potencial de utilização dos bancos de dados geográficos, implementados com tais propósitos, para aplicação em outras áreas de atuação da administração pública municipal, em especial na gestão e no planejamento urbano.; Different municipal government administrations use geographic data bases and geographic information systems as tools for urban buildings cadaster procedures. As a result...

Modelo de alerta hidrológico com base participativa usando sistema de informações voluntárias para previsão de enchentes; Participative-based early warning model using volunteer geographic information systems for flood forecasting

Fava, Maria Clara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/03/2015 Português
Relevância na Pesquisa
75.96%
Este trabalho apresenta uma nova proposta metodológica de previsão de enchentes: o Modelo de Alerta Hidrológico com Base Participativa (MAHP). O MAHP consiste em um modelo de previsão de enchentes em bacias urbanas que integra Informações Geográficas Voluntárias (VGI) e redes de sensores sem fio (WSN). A principal contribuição deste modelo é o uso de dados de fontes heterogêneas (sensores aliados a dados fornecidos por voluntários) com o objetivo de reduzir a incerteza na previsão de enchentes. O modelo MAHP foi dividido em módulos, cada um deles é responsável por uma atividade no processo de previsão de enchentes. Embora o modelo possua diversos módulos auxiliares, pode-se resumir o modelo MAHP em três módulos principais: aquisição de dados; previsão de precipitações e, por fim, o módulo responsável pela previsão das enchentes. Para o módulo de aquisição de dados foram desenvolvidas metodologias para uso de dados voluntários de nível da água e sensores medidores de nível foram instalados para a composição da rede de sensores sem fio em pontos estratégicos nos canais fluviais da cidade. No módulo de previsão da precipitação do modelo MAHP foram desenvolvidos dois softwares de previsão, sendo um modelo de previsão da precipitação conceitual e um empírico. Para o funcionamento do módulo responsável pela previsão das enchentes foi feita a modelagem da bacia urbana de São Carlos no modelo SWMM (Storm Water Management Model). As simulações chuva-vazão realizadas com a bacia modelada apresentaram ajustes satisfatórios quando comparadas com eventos de enchente reais. Como o uso de informações voluntárias na previsão de enchentes é um conceito bastante novo...

Utilização de sistemas de informação geografica na identificação de unidades geoambientais do município de Analandia (SP); Use of geographic information systems in the identification of environmental units in Analandia (SP) municipal area

Ricardo Vicente Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2005 Português
Relevância na Pesquisa
85.98%
O município de Analândia localiza-se em uma Área e Proteção Ambiental pertencente a uma região caracterizada por abrigar importantes unidades geomorfológicas e hidrográficas de interesse à conservação. A presença de rodovias, atividades rurais e turísticas no local despertam a atenção para a realização de levantamentos que permitam conhecer melhor as características ambientais do meio. Este estudo teve como objetivo o mapeamento das unidades geoambientais desta área através da construção e análise de uma base de dados contendo variáveis ambientais indicadoras de instabilidade à erosão. Assim, foram organizados mapas temáticos referentes ao uso da terra e cobertura vegetal, solos, geologia e declividade. Utilizou-se como instrumento os Sistemas de Informações Geográficas (SIG) que serviram para a integração dos dados, processamento digital de imagens e construção de um modelo de análise espacial. A área estudada compreende uma superficie de 327.64 km2, sobre a qual sobressaem formações geomorfológicas da Depressão Periférica em contato com o Planalto Ocidental Paulista e características hidrográficas marcadas pela presença das cabeceiras dos rios Corumbatai e afluente do Mogi-Guaçu. Os dados obtidos em mapas temáticos e por intermédio do sensoriamento remoto...

Controle de acesso para bancos de dados geograficos multiversão; Access control in multiversion geographic databases

Mateus Silva Pierre
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
76.06%
Aplicações geográficas estão cada vez mais influenciando todas nossas atividades diárias. Seu desenvolvimento exige, via de regra, trabalho em equipe de múltiplos perfis de especialistas, com diferentes visões e direitos de acesso aos dados. Em conseqüência, vários mecanismos vêm sendo propostos para controlar autorização a bancos de dados geográficos ou disponibilizar o uso de versões. Estes mecanismos, no entanto, trabalham de forma isolada, priorizando apenas o direito de acesso ou o versionamento flexível. A dissertação aborda esta questão, propondo um modelo unificado de autorização em bancos de dados que ataque os dois problemas em conjunto. O modelo trata da questão de controle de acesso em bancos de dados geográficos, levando-se em consideração a existência de mecanismos de versionamento dos dados armazenados. Este modelo pode, assim, servir como base para trabalho cooperativo e seguro em aplicações que usem Sistemas de Informação Geográficos (SIGs); Geographic applications are increasingly influencing our daily activities. Their development requires efforts from multiple teams of experts with different views and authorizations to access data. As a result, several mechanisms have been proposed to control authorization in geographic databases or to provide the use of versions. These mechanisms...

Perdas fisicas de agua em sistemas de abastecimento : metodo de diagnostico, controle e redução atraves de sistema de informações geograficas; Water losses in public water network supply : diagnostic, control and reduction method by the geographic information system

Luis Palini Junior
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
76.02%
Atualmente a água para consumo humano caracteriza-se, cada vez mais, por agregar valor econômico e social, face à relação estratégica entre a sua demanda crescente em detrimento da oferta tendendo a escassez, principalmente nos grandes centros urbanos, desta forma, a ocorrência de elevados índices de perdas físicas nos sistemas de abastecimento de água constitui um grande problema a ser enfrentado visando à busca de soluções técnicas capazes de reduzir estes indicadores a níveis mínimos aceitáveis. Neste contexto, o presente trabalho busca demonstrar a relação entre, pressão dinâmica, idade e tipo de material da tubulação e a ocorrência de perdas físicas em rede de distribuição num sistema de abastecimento de água (SAA), propondo um modelo de diagnóstico e controle de perdas físicas, baseado na integração de um Sistema de Informações Geográficas (SIG) e um modelo hidráulico desenvolvido para a rede de distribuição na área de estudo, os quais em conjunto, reúnem informações do cadastro técnico, monitoramento de vazão (ofertada e consumida) e de pressão dinâmica, levantados na área de interesse, os dados de ocorrência de rupturas e fugas em redes e ramais de distribuição, levantados no sistema interno de serviços (SIS)...

Redesign de interfaces de usuário em sistemas de gestão territorial na web; User interface redesign in WebGIS systems

Carlos Alberto de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
76.15%
A informação geográfica é uma realidade consolidada no cotidiano dos usuários de Internet, seja no uso de mapas de localização de ruas, de imagens de satélite com o objetivo de entretenimento e lazer, quanto nos ambientes de pesquisa e profissionais, que mostram as divisões territoriais, zoneamentos e ordenamento territorial. Com a popularização do acesso à Internet, aumenta cada vez mais o número e a diversidade de usuários que utilizam sistemas de gestão territorial na web implementados na forma de aplicações de WebGIS. Tradicionalmente, estas aplicações são desenvolvidas com características para especialistas em sistemas de informações geográficas (SIG); entretanto, deveriam poder alcançar também especialistas que não necessariamente são do domínio de geoprocessamento. Este trabalho apresenta uma proposta de redesign desse tipo de aplicação WebGIS para estender a este tipo de usuário especialista, as percepções sobre a informação geográfica disponibilizada em seus mapas dinâmicos. Para tanto, foram escolhidos um conjunto de tecnologias de acesso a dados geográficos, dispositivos de interação utilizados em interface de usuário de sistemas de informações geográficas e um conjunto de diretrizes baseadas nas técnicas de percepção visual da Cartografia e no referencial teórico da Semiótica empregado em avaliação e inspeção de interfaces de usuário de WebGIS...

Information management in disaster and development : geographic information systems

San Martin, Roberto
Fonte: Instituto Superior de Economia e Gestão Publicador: Instituto Superior de Economia e Gestão
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
75.98%
Mestrado em Desenvolvimento e Cooperação Internacional; This research considers the theoretical and practical link between long-term sustainable development and disaster management. The aim is to develop a theoretical framework and a methodology which allows the use of Geographic Information Systems (GIS) to manage the related information. Literature review leads us to understand development and disaster management as part of a learning cycle. Within this context, a common approach to information management is suggested to support the decision-making process in a cost-effective manner. A “universal” GIS is proposed to integrate information management for development and disaster while exploring the interactions between projects and project and the related geography which is considered a complex reality full of synergies between space, ecosystem, society, culture and economy. Study of academic production, practical implementations, interviews and a limited GIS application (using ArcMap and QGis) are used to endorse the capabilities of this concept. These capabilities are limited by lack of free information and cost of data gathering, interoperability and other technical issues. Open-source and crowdsourcing may solve some limitations while others need further research.

Regional change in the Algarve: A Geographic Information System approach

Vaz, Erich Moreira de Noronha
Tipo: Tese de Doutorado
Publicado em 26/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
86.12%
Thesis submitted to the Instituto Superior de Estatística e Gestão de Informação da Universidade Nova de Lisboa in partial fulfillment of the requirements for the Degree of Doctor of Philosophy in Information Management – Geographic Information Systems; The debate on sustainable development has led to an increasing interest covering the effects of the human beings on the natural environment. The development of information and communication technologies (ICT) allowed a better analysis of the drivers of environmental change. With the increase of ICT, especially related to monitoring of sustainable choices, methodologies for analysis of regional and local impact have made a significant contribution to the development of regional strategies at a policy level, but also contributed to the development of regional sciences. One of the main issues has been addressed by the analysis of carrying capacity and availability of scarce resources, resulting from a growing demand, leading to loss of vulnerable natural and historical areas. Much of the work of regional sciences has had a direct relation to space, due to the nature of socio-economic data. This thesis offers an integrated spatial assessment of the results of regional change brought by socio-economic growth. The Algarve region in Portugal is used as a laboratory to understand the current pressures and attempts to provide a framework for the future of socio-economic growth in the region and a systematic analysis of current pressures. While urban sprawl due to increasing tourist activity is an increasing concern...

Public Participation geographic information systems in developing countries: lessons from Uganda on the impacts of interactive screens PPGIS and community perceptions of space

Drate, Pamella
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em 28/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
86.08%
Dissertation submitted in partial fulfillment of the requirements for the Degree of Master of Science in Geospatial Technologies.; Town planning is highly a community initiative, if community efforts are sought-after in the most convenient approach, sustainable plans are produced. In this study, an interactive screen, pen and web 2.0 are used in an urban planning exercise to enhance public participation in Uganda. PPGIS applications are increasingly used in disciplines related to Geographic Information science in most parts of the world. However, developing countries with low technological advancements, experience only a glimpse of the GIS benefits. The study is based on a combination of traditional methods and a web 2.0, this is inspired by studies done by Al-kodmany 2001. The web application is developed from open source software, firstly because the software is readily availability, secondly to create a simple interface that is more user friendly and meets the aim of improving participation levels. The method follows a traditional community meeting, where participants gather to make comments about a neighbourhood plan produced by Bugembe Town council. The plan from the web application, is projected on to a wall which is made sensitive to an interactive pen. The community maps their comments directly on the projection using the interactive pen. The comments are stored in a GIS database for the planner to retrieve and incorporate in the final plan. The usability assessments are done using questionnaires...

Using Geographic Information Systems for Exposure Assessment in Environmental Epidemiology Studies

Nuckols, John R.; Ward, Mary H.; Jarup, Lars
Fonte: National Institue of Environmental Health Sciences Publicador: National Institue of Environmental Health Sciences
Tipo: text
Português
Relevância na Pesquisa
85.97%
Geographic information systems (GIS) are being used with increasing frequency in environmental epidemiology studies. Reported applications include locating the study population by geocoding addresses (assigning mapping coordinates), using proximity analysis of contaminant source as a surrogate for exposure, and integrating environmental monitoring data into the analysis of the health outcomes. Although most of these studies have been ecologic in design, some have used GIS in estimating environmental levels of a contaminant at the individual level and to design exposure metrics for use in epidemiologic studies. In this article we discuss fundamentals of three scientific disciplines instrumental to using GIS in exposure assessment for epidemiologic studies: geospatial science, environmental science, and epidemiology. We also explore how a GIS can be used to accomplish several steps in the exposure assessment process. These steps include defining the study population, identifying source and potential routes of exposure, estimating environmental levels of target contaminants, and estimating personal exposures. We present and discuss examples for the first three steps. We discuss potential use of GIS and global positioning systems (GPS) in the last step. On the basis of our findings...

Geographic Information Systems and Web Page Development

Reynolds, Justin
Tipo: interm summary reports Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
76.13%
The Facilities Engineering and Architectural Branch is responsible for the design and maintenance of buildings, laboratories, and civil structures. In order to improve efficiency and quality, the FEAB has dedicated itself to establishing a data infrastructure based on Geographic Information Systems, GIS. The value of GIS was explained in an article dating back to 1980 entitled "Need for a Multipurpose Cadastre" which stated, "There is a critical need for a better land-information system in the United States to improve land-conveyance procedures, furnish a basis for equitable taxation, and provide much-needed information for resource management and environmental planning." Scientists and engineers both point to GIS as the solution. What is GIS? According to most text books, Geographic Information Systems is a class of software that stores, manages, and analyzes mapable features on, above, or below the surface of the earth. GIS software is basically database management software to the management of spatial data and information. Simply put, Geographic Information Systems manage, analyze, chart, graph, and map spatial information. GIS can be broken down into two main categories, urban GIS and natural resource GIS. Further still, natural resource GIS can be broken down into six sub-categories...

11.520 Workshop on Geographic Information Systems, Fall 2002; Workshop on Geographic Information Systems

Ferreira, Joseph
Português
Relevância na Pesquisa
96.15%
This class uses lab exercises and a workshop setting to help students develop a solid understanding of the planning and public management uses of geographic information systems (GIS). The goals are to help students: Acquire technical skills in the use of GIS software. Acquire qualitative methods skills in data and document gathering, analyzing information, and presenting results. Investigate the potential and practicality of GIS technologies in a typical planning setting and evaluate possible applications. The workshop teaches GIS techniques and basic database management at a level that extends somewhat beyond the basic thematic mapping and data manipulation skills included in the MCP core classes (viz.11.204 and 11.220). Instead of focusing on one thematic map of a single variable, students will concentrate on more open-ended planning questions that invite spatial analysis but will require judgment and exploration to select relevant data and mapping techniques, involve mixing and matching new, local data with extracts from official records (such as census data, parcel data and regional employment and population forecasts), utilize spatial analysis techniques such as buffering, address matching, overlays use other modeling and visualization techniques beyond thematic mapping...