Página 1 dos resultados de 458 itens digitais encontrados em 0.159 segundos

"O papel da avaliação de riscos no gerenciamento de produtos agrotóxicos: diretrizes para a formulação de políticas públicas"; Risk Assessment for the Management of Pesticides: Subsidies for Formulating Public Policies.

Oliveira, Sérgia de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
96.36%
Objetivo: Fornecer subsídios para a formulação de políticas públicas baseadas na avaliação de riscos, para o gerenciamento de agrotóxicos, tendo como foco de estudo os atuais procedimentos técnicos utilizados em nível federal para registro de produtos agrotóxicos, e as exigências relacionadas à avaliação de riscos presentes em dois acordos internacionais sobre substâncias químicas. Resultados: O gerenciamento das substâncias químicas é descentralizado, sem pauta de ação definida e realizado por meio da individualização dos riscos das substâncias. Pelo menos quatorze instituições federais possuem alguma atuação no gerenciamento. A atuação unilateral da maioria das instituições envolvidas gera uma legislação fragmentada, e implementada sob baixo grau de coordenação. O controle da implementação é feito pelo Estado, por meio da fiscalização dos padrões de emissão definidos, ou pela restrição ou proibição. Apesar de existir um rico arcabouço legal, ele não garante que a sociedade esteja usufruindo benefícios, uma vez que a falta de dados oficiais, e o reduzido número de resultados de investigações científicas relacionados ao tema, dificultam as tentativas de análise. Os principais atores envolvidos no gerenciamento dos agrotóxicos são os ministérios da Saúde...

Análise da gestão de riscos aplicada na aquisição de bens e serviços para os projetos de bens de capital.; Procurement and contract risk management for capital projects.

Almeida, Kezer Marcus Morais de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 16/09/2008 Português
Relevância na Pesquisa
96.19%
Dentre as melhores práticas de gerenciamento de projetos, que envolvem áreas de conhecimento como escopo, prazo, custos, qualidade, comunicação, recursos humanos, aquisições, segurança, meio ambiente e a integração destas disciplinas e seus processos, a gestão de riscos é uma das áreas de relevância e que tem sido estudada, detalhada e aplicada nas organizações. Porém o tema da gestão de riscos com o foco nas aquisições de bens e serviços em projetos de bens de capital embora contribua para o atendimento dos objetivos dos projetos não é comumente encontrado na literatura técnica em gerenciamento de projetos. Este trabalho analisa especificamente a gestão dos riscos operacionais do processo de aquisição de bens e serviços para a implantação de projetos de bens de capital, compreendidos desde o processo de planejamento da aquisição até o encerramento do contrato. Através de uma revisão conceitual e da aplicação de estudos de casos em três empresas de relevância no cenário de negócios e de projetos no nível nacional e internacional foi possível validar a importância do tema no contexto de projetos de bens de capital, bem como compreender como as empresas pesquisadas estão estruturadas para o gerenciamento de riscos...

Influência do gerenciamento de riscos no processo decisório: análise de casos.; The influence of risk management in a decision making process: case studies.

Fortes, Fabiano Sales Dias
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
106.24%
A busca por um diferencial competitivo tem-se tornado cada vez maior nas organizações. Dentre as alternativas buscadas pelas empresas, a prática de gerenciamento de projetos tem-se tornado cada vez mais importante como forma de obter esta vantagem. Dentre as áreas de conhecimento de gerenciamento de projetos, o gerenciamento do risco, apesar de seu notável crescimento, ainda é uma disciplina que merece maiores estudos, uma vez que não se encontra integrada com os demais processos de gerenciamento de projetos, dificultando a tomada de decisão dos gerentes de projetos. Os projetos são afetados pela ocorrência de eventos indesejáveis e, no intuito de um melhor desempenho na execução dos mesmos, as empresas têm buscado a adoção de metodologias de gerenciamento de risco que contribua para o processo decisório dos gerentes de projetos. Este trabalho teve por objetivo confrontar a teoria com a prática no que diz respeito à metodologia de gerenciamento de riscos, bem como identificar possíveis influências e/ou impactos que o uso destas produz no processo decisório dos gerentes de projetos. Para atingir este objetivo, além de uma revisão bibliográfica a respeito do tema, realizou-se o estudo de caso de 3 projetos de modernização de usinas hidroelétricas...

Gestão de riscos na cadeia de papel e celulose no brasil : um estudo exploratório

Bastos Junior, Aldo de Faria
Tipo: dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
96.14%
O enfoque estratégico do gerenciamento da cadeia de suprimentos tem sido explorado em diversos trabalhos acadêmicos e científicos. Uma gama de técnicas e metodologias é cada vez mais difundida com o objetivo de aumentar sua lucratividade e eficiência operacional. Entretanto, episódios recentes como o atentado terrorista aos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001, a competitividade e voracidade da economia chinesa e as barreiras à importação de produtos estrangeiros realizada pela União Européia, evidenciaram ao mundo a fragilidade e vulnerabilidade de diversas cadeias de suprimentos. Um agravante a essa realidade, foi a constatação de que essas cadeias não estavam suficientemente preparadas para enfrentar esses problemas e seus impactos devastadores. Particularmente, o setor de papel e celulose no Brasil, caracterizado pelo emprego de capital intensivo e pela sua escala, tem sido impactado pela crise energética, apagão logístico e infra-estrutura brasileira precária, para competir globalmente. Nesse contexto, um novo campo de conhecimento, o Gerenciamento de Riscos na Cadeia de Suprimentos (GRCS) ou Supply Chain Risk Management (SCRM) emergiu como componente estratégico das empresas para a construção de resiliência nas organizações. Esse trabalho realizou uma pesquisa inédita no setor de papel e celulose no Brasil...

O gerenciamento de riscos na prevenção de perdas trabalhistas : um estudo de caso no Grupo Eberle Mundial

Metz, Susana
Tipo: dissertação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
96.32%
Este trabalho tem como objetivo geral verificar como uma empresa gerencia seus riscos trabalhistas com vistas a preveni-los. É um estudo de caso único, de natureza descritiva e qualitativa. Foi desenvolvido junto ao Grupo Eberle Mundial, através de entrevista do Gerente de Recursos Humanos, questionário auto-aplicado por sete membros do corpo executivo da organização, exame de documentos e análise de artigos de revistas e de jornais. Paralelamente, buscou experiências e opiniões de quatro especialistas da área trabalhista, também mediante questionário auto-aplicado. Em face dos resultados obtidos, o trabalho descreve a forma de gerenciamento de riscos trabalhistas adotada pelo Grupo Eberle Mundial e atende os objetivos específicos nos termos adiante sintetizados. Demonstra que o Grupo mantém rotinas para identificação de riscos trabalhistas, porém, não pratica a definição prévia do que sejam riscos relevantes e não relevantes. Identifica uma diversidade de riscos trabalhistas percebidos pelo Grupo e verifica que esses não abrangem riscos operacionais. Mostra que o Grupo criou métodos e instrumentos de trabalho próprios para o gerenciamento de seus riscos trabalhistas, atua de forma permanente na prevenção desses e faz a revisão anual de seus processos...

Gerenciamento de riscos dos projetos : uma proposta de modelo de maturidade; Project risk management : a proposal of maturity model

Norival Ferreira dos Santos Neto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2007 Português
Relevância na Pesquisa
96.32%
O Gerenciamento de Projetos não é novidade para a humanidade, e vem se desenvolvendo ao longo de toda a história. Devido à necessidade de se organizar e evoluir o conhecimento adquirido com a realização de projetos de grande porte, algumas associações e institutos foram criados, com destaque para o PMI® (Project Management Institute), fundado em 1969, e que tem tido um crescimento acentuado de número de membros e de profissionais certificados PMP® (Project Management Professional). Neste cenário de crescimento do Gerenciamento de Projetos, uma área que tem se tornado cada vez mais relevante é a do Gerenciamento de Riscos. Este trabalho tem como objetivo a proposta de um Modelo de Maturidade de Gerenciamento de Riscos de Projetos, que possa, com sua aplicação, detectar como uma organização lida com esta área de conhecimento. Para tanto, foi realizada uma pesquisa nacional para se verificar as atuais práticas e metodologias aplicadas ao gerenciamento de riscos em projetos brasileiros. Esta pesquisa mostrou um panorama não de todo negativo, porém, que evidenciou a necessidade da utilização, de forma mais eficaz, das práticas do gerenciamento de riscos. Foram, também, efetuadas uma aplicação prática do modelo de maturidade atual do PMI®...

Transporte rodoviário de produtos perigosos : proposta de metodologia para escolha de empresas de transporte com enfoque em gerenciamento de riscos

Lieggio Júnior, Marne
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
96.14%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Tecnologia, Departamento de Engenharia Civil e Ambiental, 2008.; O modo de transporte rodoviário, em regra, lidera a movimentação de produtos perigosos, assim como o índice de acidentes ambientais relacionados ao transporte desse tipo de produto. Tendo em vista que os expedidores de produtos perigosos para fins de transporte é que escolhem as transportadoras, esses são considerados importantes atores na cadeia logística. Cabe a eles discernir, entre várias empresas, a que proporciona o menor nível de risco durante as operações de transporte. Além disso, a acirrada legislação do transporte rodoviário de produtos perigosos se interconecta com a ambiental, positivando as responsabilidades do embarcador e do transportador, em que se destaca, por exemplo, o princípio do pagador-poluidor e o princípio da co-responsabilidade. Diante do arcabouço legal e dos riscos inerentes à atividade de transporte desse tipo de carga, torna-se patente a responsabilidade dos embarcadores durante o processo decisório de escolha da transportadora que ofereça o menor risco durante as suas operações. Nesse sentido, este trabalho visa à proposição de uma metodologia de identificação e análise dos atributos mais importantes na escolha de serviços de transporte rodoviário de produtos perigosos...

Aplicação do gerenciamento de riscos no processo de desenvolvimento de produtos nas empresas de autopeças

Silva,Carlos Eduardo Sanches da; Mello,Carlos Henrique Pereira; Siqueira,Natália Fernanda Gabriela; Godoy,Henrique Andrade; Salgado,Eduardo Gomes
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
106.3%
Esta pesquisa analisa a incorporação do gerenciamento de riscos no processo de desenvolvimento de produtos (PDP) nas empresas de autopeças, fundamentado no Advanced Product Quality Planning (APQP), enfatiza as entregas do projeto de desenvolvimento preconizadas pelo Production Parts Approval Process (PAPP) e realiza uma revisão bibliográfica estabelecendo os fundamentos teóricos para seu desenvolvimento. O método de pesquisa utilizado foi a pesquisa-ação, cujos dados foram coletados por meio de análise documental, entrevistas e observações dos pesquisadores. A incorporação do gerenciamento de riscos no PDP contribui para o processo decisório, principalmente nas etapas de análise de riscos qualitativos e de planejamento de respostas aos riscos, fornecendo maior precisão quanto aos prazos e à identificação das atividades críticas. Os fatores que se destacaram para se obter a precisão dos resultados são: a formação da equipe; a discussão coletiva dos prazos fornecidos, tendo como resultado o comprometimento; o papel do gerente do projeto, propiciando o feedback entre os participantes, e a existência de evidências objetivas do apoio da alta administração. Conclui-se que a formação da equipe influencia no gerenciamento de riscos...

Aplicação do gerenciamento de riscos no processo de desenvolvimento de produtos nas empresas de autopeças

Silva,Carlos Eduardo Sanches da; Mello,Carlos Henrique Pereira; Siqueira,Natália Fernanda Gabriela; Godoy,Henrique Andrade; Salgado,Eduardo Gomes
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
106.3%
Esta pesquisa analisa a incorporação do gerenciamento de riscos no processo de desenvolvimento de produtos (PDP) nas empresas de autopeças, fundamentado no Advanced Product Quality Planning (APQP), enfatiza as entregas do projeto de desenvolvimento preconizadas pelo Production Parts Approval Process (PAPP) e realiza uma revisão bibliográfica estabelecendo os fundamentos teóricos para seu desenvolvimento. O método de pesquisa utilizado foi a pesquisa-ação, cujos dados foram coletados por meio de análise documental, entrevistas e observações dos pesquisadores. A incorporação do gerenciamento de riscos no PDP contribui para o processo decisório, principalmente nas etapas de análise de riscos qualitativos e de planejamento de respostas aos riscos, fornecendo maior precisão quanto aos prazos e à identificação das atividades críticas. Os fatores que se destacaram para se obter a precisão dos resultados são: a formação da equipe; a discussão coletiva dos prazos fornecidos, tendo como resultado o comprometimento; o papel do gerente do projeto, propiciando o feedback entre os participantes, e a existência de evidências objetivas do apoio da alta administração. Conclui-se que a formação da equipe influencia no gerenciamento de riscos...

Relacionamento entre gerenciamento de risco e sucesso de projetos

Rabechini Junior,Roque; Carvalho,Marly Monteiro de
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
96.18%
Este trabalho apresenta os resultados de uma pesquisa feita em quatro estados brasileiros sobre adoção de práticas de gerenciamento de riscos em projetos com diferentes tipos de complexidade. A pesquisa de campo envolveu 415 projetos de nove setores econômicos distintos. O material obtido foi coletado por meio de questionário aplicado em gerentes e membros de equipe de projetos. Os resultados mostraram que há impacto significativo e positivo da adoção de práticas de gerenciamento de riscos no sucesso dos projetos. Mostrou também que há dependência entre percepção de sucesso e presença/ausência de gerente de risco, havendo impacto positivo da presença do gerente de risco no sucesso dos projetos. As principais limitações da pesquisa concernem às escolhas metodológicas de amostra não probabilística, empregando questionário baseado na percepção dos respondentes. O trabalho originalmente integra a visão de práticas de gerenciamento de riscos com resultados em projetos, servindo de base para novos estudos em outros setores e áreas de conhecimento de projetos.

Relacionamento entre gerenciamento de risco e sucesso de projetos

Rabechini Junior,Roque; Carvalho,Marly Monteiro de
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
96.18%
Este trabalho apresenta os resultados de uma pesquisa feita em quatro estados brasileiros sobre adoção de práticas de gerenciamento de riscos em projetos com diferentes tipos de complexidade. A pesquisa de campo envolveu 415 projetos de nove setores econômicos distintos. O material obtido foi coletado por meio de questionário aplicado em gerentes e membros de equipe de projetos. Os resultados mostraram que há impacto significativo e positivo da adoção de práticas de gerenciamento de riscos no sucesso dos projetos. Mostrou também que há dependência entre percepção de sucesso e presença/ausência de gerente de risco, havendo impacto positivo da presença do gerente de risco no sucesso dos projetos. As principais limitações da pesquisa concernem às escolhas metodológicas de amostra não probabilística, empregando questionário baseado na percepção dos respondentes. O trabalho originalmente integra a visão de práticas de gerenciamento de riscos com resultados em projetos, servindo de base para novos estudos em outros setores e áreas de conhecimento de projetos.

Gerenciamento de riscos na prática ortodôntica: como se proteger de eventuais problemas legais

Cruz,Ricardo Machado; Chaves Cruz,Carla Pádua Andrade
Fonte: Dental Press Editora Publicador: Dental Press Editora
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
96.1%
INTRODUÇÃO: A relação profissional-paciente na área de Ortodontia e Ortopedia facial é bastante desgastante face à longa duração dos tratamentos e, por causa disso, muitas vezes essa relação pode se deteriorar trazendo prejuízos a ambas as partes. OBJETIVO: Este trabalho visa informar o leitor, em linguagem acessível, sobre os principais problemas jurídicos que podem envolver o ortodontista em sua prática profissional, nas esferas cíveis, criminais e trabalhistas, bem como dos Conselhos Regionais de Odontologia. METODOLOGIA: Traça um perfil da atividade profissional em Ortodontia, analisa deveres e direitos do profissional e do paciente e estabelece alguns conceitos de gerenciamento de riscos a serem incorporados à clínica diária. RESULTADO E CONCLUSÃO: Além de trabalhar bem tecnicamente e com bom embasamento científico, o ortodontista atual deve saber como se prevenir de eventuais problemas legais. Este trabalho poderá servir como ferramenta de consulta para o estabelecimento de uma nova rotina clínica, administrativa e de relacionamento que seja mais segura do ponto de vista jurídico.

A contribuição do compartilhamento do conhecimento para o gerenciamento de riscos em projetos: um estudo na indústria de software

Souza,Yóris Linhares; Vasconcelos,Maria Celeste Reis Lobo; Judice,Valéria Maria Martins; Jamil,George Leal
Fonte: TECSI Laboratório de Tecnologia e Sistemas de Informação - FEA/USP Publicador: TECSI Laboratório de Tecnologia e Sistemas de Informação - FEA/USP
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
96.27%
Um estudo foi elaborado para identificar se e como compartilhamento do conhecimento contribui, por meio de instrumentos e aspectos comportamentais, para o gerenciamento de riscos em projetos. Inicialmente, buscou-se uma revisão da literatura, momento em que se identificaram, de um lado, os principais instrumentos e aspectos comportamentais facilitadores de compartilhamento do conhecimento e, de outro, as diferentes abordagens ao gerenciamento de risco em projetos de software. Em seguida, foi estabelecida a relação entre os dois temas. Depois se realizou uma análise com base em um estudo de caso na indústria de software aplicada às equipes de desenvolvimento, esperando-se entender e perceber quais as atividades de gerenciamento de riscos em projetos de software são praticadas, os aspectos comportamentais que podem influenciar favoravelmente para o compartilhamento de conhecimento sobre riscos em projetos de software e os instrumentos de compartilhamento do conhecimento que, em certo grau, podem contribuir para o gerenciamento de riscos em projetos.

Um Modelo de Processo de Gestão de Riscos para Ambientes de Múltiplos Projetos de Desenvolvimento de Software

Martins Gomes de Gusmão, Cristine; Perrelli de Moura, Hermano (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
96.25%
A importância da utilização de processos, técnicas e ferramentas de gerenciamento de riscos é, cada dia, mais reconhecida nos ambientes de desenvolvimento de software. Isto se deve, em parte, pelo entendimento de que parcela significativa dos insucessos está relacionada a uma má Gerência de Riscos. A Gerência de Riscos é uma das disciplinas mais recentes da Gerência de Projetos e sua evolução, na área de Engenharia de Software, está associada com o tratamento dos riscos nos ambientes de desenvolvimento de software. Muitos modelos e abordagens foram apresentados e utilizados nos últimos 15 anos. Contudo, uma das grandes fraquezas dessas abordagens, até o momento, foi ter negligenciado os riscos que podem surgir do relacionamento entre projetos. Além disso, diferentes tipos de projetos são iniciados, suspensos, cancelados ou modificados em resposta às variações do ambiente de negócios. A utilização dos conceitos do gerenciamento de riscos em ambientes de desenvolvimento de múltiplos projetos de software reflete uma necessidade de ter os recursos disponibilizados utilizados da melhor forma. Em vista dessa realidade, esta tese apresenta o mPRIME Process modelo de processo de gestão de riscos para ambientes de múltiplos projetos que tem como objetivos: (i) viabilizar a identificação...

Proposta de estrutura analítica de riscos para projetos de desenvolvimento distribuído de software

Alves de Oliveira, Keldjan; Costa de Barros Carvalho Filho, Edson (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
96.23%
Progressivamente, projetos de software estão se tornando distribuídos geograficamente, com interação face a face limitada entre os participantes. Estes projetos enfrentam desafios particulares que requerem uma atenção cuidadosa em seu gerenciamento. A identificação dos riscos e de seus fatores significa a compreensão das origens de cada incerteza. Deve-se, portanto, buscar responder por que as incertezas existem no ambiente e quais são as condições que potencializam a concretização do evento estudado. Esta dissertação tem por objetivo propor uma Estrutura Analítica de Riscos (EAR) a qual cataloga os fatores de riscos identificados no gerenciamento de riscos em projetos de Desenvolvimento Distribuído de Software (DDS) a fim de permitir o entendimento da distribuição de riscos no projeto e apoiar seu gerenciamento. Para alcançar este objetivo, um Mapeamento Sistemático de Estudos da literatura dos Fatores de Riscos em DDS foi executado. Através do mapeamento, um total de 390 estudos foi identificado. Destes, vinte e três (23) estudos primários foram identificados como relevantes e classificados de acordo com a pergunta da pesquisa. A principal contribuição deste trabalho é permitir uma melhor compreensão dos fatores de riscos originados neste tipo específico de projeto gerando informações que possam auxiliar na estruturação e processos das empresas que lidam com este tipo de projeto

Uso de técnicas de manutenção centrada na confiabilidade no gerenciamento de riscos em instalações elétricas: uma aplicação na CHESF

Oliveira, Jocílio Tavares de
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
106.23%
Tem sido constatado que nas iniciativas adotadas na administração dos riscos embora se busque identificar, analisar e eliminar as causas fundamentais que provocaram as falhas, nem sempre essas medidas se caracterizam como ações definitivas tendo em vista a ausência de uma estratégia que além de bloquear as causas das falhas, assegurem um gerenciamento eficaz das falhas. Considerando essa situação, a dissertação tem como objetivo propor uma alternativa de gerenciamento de riscos utilizando, para a identificação de falhas, técnicas do reconhecido processo denominado manutenção centrada na confiabilidade (MCC). Com essa proposição, é disponibilizada aos gestores de empresas de eletricidade uma metodologia em que a partir da identificação das falhas e quantificação de riscos, entendendo risco como a possibilidade de perdas ou danos, existentes nas instalações, se possa tomar medidas adequadas dentro das políticas e diretrizes da empresa de forma que se tenha a máxima preservação dos sistemas. Segundo (JONES,1995), o risco não pode ser medido diretamente, mas calculado através dos parâmetros: chance de ocorrência e o tipo do evento. Dessa forma a metodologia proposta, alicerçada nas técnicas de MCC...

Diagnóstico do processo de gerenciamento de riscos em projetos de refino de petróleo

Cabral Tenório Domingues, Catarina; Maria de Miranda Mota, Caroline (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
116.27%
Em gerenciamento de projetos, um dos fatores mais importantes que pode ser considerado um obstáculo para o sucesso dos projetos é o alto nível de risco enfrentado. Gerenciar os riscos é uma maneira de garantir que os objetivos do projeto serão alcançados. Desta forma, o presente trabalho foca na melhoria do processo de gerenciamento de riscos nos projetos de refino de petróleo, em uma empresa integrada do setor de energia. Para isso, o trabalho foi dividido em duas importantes etapas. Inicialmente, foi desenvolvido um diagnóstico do processo atual da empresa seguido de uma avaliação da maturidade em gerenciamento de riscos de projetos, através da aplicação de questionários e visitas in loco. A partir desta avaliação, foram relacionados os principais problemas encontrados e desenvolvidas propostas para melhoria do processo, buscando ganhos de informações importante para o processo decisório, com o objetivo de aumentar as chances de sucesso do projeto. Um dos resultados importantes obtido foi o desenvolvimento de uma sistemática para avaliação de riscos, que deverá auxiliar a organização a avaliar os diferentes tipos de riscos nos projetos de refino; Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico

Gerenciamento de riscos de incêndio em espaços urbanos históricos: uma avaliação com enfoque na percepção do usuário

Carla Procoro Silva, Andreza; Cavalcanti de Lemos Duarte, Dayse (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
96.07%
Em todo o mundo a preocupação com a preservação do patrimônio histórico é evidente, visto que surge como uma opção para o turismo cultural, dinamizando a economia, gerando novos negócios, em áreas históricas ociosas e agregando novos valores. Os Centros Históricos em todo o mundo que passaram por processos de Revitalização, tiveram suas edificações adaptadas para comportar novos usos, necessários para promover a dinamização social e econômica destas áreas. Com os novos usos, materiais de acabamentos, sistemas construtivos e equipamentos associados ao desenvolvimento das atividades, introduziram-se riscos de incêndio que anteriormente não existiam nas edificações surgindo então a necessidade de gerenciá-los. Neste quadro se insere a preocupação com a segurança contra incêndio no Bairro do Recife dada a sua importância cultural, visto que resume em seu perímetro mais de quatro séculos de formação de uma cidade, além de sua importância para a economia do Estado de Pernambuco na geração de novos negócios. O presente trabalho apresenta um mapeamento da percepção do risco de incêndios e seus impactos associados pelos usuários do Bairro do Recife. A percepção do risco de incêndios e o comportamento de resposta humano em incêndios são analisados numa visão de desempenho. Esta abordagem sobre a segurança contra incêndios em Espaços Urbanos Históricos objetiva facilitar o entendimento dos riscos implícitos nestas áreas apresentando uma metodologia para o gerenciamento de riscos de incêndios em Espaços Urbanos Históricos

Modelo Multicritério de Gerenciamento de Riscos Em Projetos

Weber, Carla Manoela
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: dissertacao
Português
Relevância na Pesquisa
96.29%
Atualmente pode-se afirmar que há um consenso na literatura de que gerenciamento de riscos é fundamental para alcançar o sucesso no projeto. Para maioria das pessoas, risco é sinônimo de consequências adversas, tais como perdas financeiras e perigos de acidentes e catástrofes. Porém, na gestão de projetos, o risco pode ser definido como um evento incerto ou condição que, se vier a ocorrer, tem um efeito positivo ou negativo sobre os objetivos do projeto. Há diversos modelos de gerenciamento de riscos presente na literatura, onde se aplicam apenas uma análise probabilidade versus consequência. Diante do exposto a proposta deste trabalho é sugerir um modelo de gerenciamento de riscos aplicando na fase de análise do risco uma abordagem multicritério para auxiliar nas decisões e estratégias a serem tomadas, e com isso evitar que os riscos venham a impedir o projeto de alcançar seus objetivos. O método utilizado foi Multi-Attribute Utility Theory – MAUT, o qual agrega todos os objetivos (atributos) em uma única função utilidade. A partir do desenvolvimento da metodologia e a simulação da mesma pode-se perceber que a abordagem multicritério para apoio a decisão torna-se uma ferramenta valiosa para auxiliar as organizações na tomada de decisões no gerenciamento de riscos...

Um Framework para Gerenciamento de Riscos em Projetos Ágeis de Desenvolvimento Distribuído de Software

Barbosa, Jefferson Ferreira; Moura, Hermano Perrelli de (Orientador); Gusmão, Cristine Martins Gomes de (Coorientadora)
Tipo: dissertacao
Português
Relevância na Pesquisa
106.33%
Com o crescimento de mercados globais de desenvolvimento de sistemas e busca pela melhor mão de obra por um menor custo, crescem também os desafios associados ao gerenciamento de projetos de desenvolvimento distribuído de software. Entre esses desafios, segundo a literatura o gerenciamento de riscos, é um dos fatores críticos para o sucesso dos projetos de DDS. Esse trabalho propõe um framework chamado RADS - Risco, Ágil, Distribuído, Software para o gerenciamento de riscos em projetos ágeis de desenvolvimento distribuído de software. A metodologia utilizada para o desenvolvimento do framework contou com uma extensa análise da literatura sobre riscos em projetos de DDS e riscos em projetos ágeis. Contou também com uma análise das respostas colhidas através da avaliação de uma versão preliminar do framework proposto. O desenvolvimento do framework em sua versão final e a análise das respostas coletadas mostra que é possível agregar valor ao gerenciamento de riscos em projetos de DDS utilizando-se de algumas práticas das metodologias ágeis para obter-se mais transparência e garantia da execução das atividades de gerenciamento de riscos em projetos de desenvolvimento distribuído de software.