Página 1 dos resultados de 5052 itens digitais encontrados em 0.052 segundos

A nova gestão pública nos governos locais: o caso dos municípios dos distritos de Vila Real e Bragança

Rodrigues, Miguel
Fonte: Universidade do Minho Publicador: Universidade do Minho
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
66.16%
Os modelos de Gestão Pública têm-se sucedido ao longo dos tempos, associados às mudanças das concepções de Estado, mais ou menos intervencionista. As últimas décadas têm representado um ataque ao modelo de gestão pública associado ao Estado de Providência Social. Acusando-o de ser ineficiente e demasiado lento a reagir as necessidades dos cidadãos e as mutações do meio onde se insere. Também é acusado de prejudicar o desenvolvimento e o crescimento económico. É tido como um meio que permite a criação de agentes e processos burocráticos que desenvolvem a sua actuação com um único propósito, o aumento do seu bem-estar e do seu poder. Diversas pressões de carácter económico, financeiro, político, ideológico, bem como o esgotamento das soluções protagonizadas por este modelo, condicionaram o aparecimento de um novo modelo de gestão, a Nova Gestão Pública. A NGP baseia-se então, na introdução de mecanismos de mercado e na adopção de ferramentas de gestão privada, na promoção de competição entre fornecedores de bens e serviços públicos, na expectativa da melhoria do serviço para o cidadão, no aumenta da eficiência e da flexibilização da Gestão. A NGP convida novos actores a serem parte activa do Estado de Providencia Social. Estas alterações...

A gestão pública nos governos locais: uma era de mudança e modernização

Rodrigues, Miguel
Fonte: Centro Latinoamericano de Administración para el Desarrollo Publicador: Centro Latinoamericano de Administración para el Desarrollo
Tipo: conferenceobject
Português
Relevância na Pesquisa
66.18%
As últimas décadas representaram um ataque severo ao modelo de gestão pública associado ao Estado de Providencia Social. Diferentes pressões de índole económica, financeira, política e ideológica, motivaram o surgimento de um novo estilo e modelo de gestão, a chamada Nova Gestão Pública. Esta defende e protagoniza uma alteração das práticas de gestão, sugerindo, entre outros, a utilização de mecanismos de mercado, a adopção de práticas e ferramentas até então caracterizadoras dos agentes privados, a introdução da competição entre serviços públicos, tudo com o objectivo último de melhorar o serviço público prestado ao cidadão, aumentar a eficiência, flexibilidade e capacidade de adopção da gestão pública. Através da reforma do modelo da gestão, a NGP introduziu mudanças na Administração Pública, abrindo-a a novos actores públicos, privados e do 3º sector. Permitiu a criação de uma rede global de novos responsáveis pela prestação de serviços. Todas estas mudanças, ao nível da administração central, alargaram-se e dominaram a agenda da reforma dos governos locais. O espírito reformista da NGP trouxe uma nova ideologia de prestação de serviços públicos. O modelo administrativo tradicional começou...

O processo de descentralização da gestão pública do turismo no estado de Santa Catarina; O processo de descentralização da gestão pública do turismo no estado de Santa Catarina

Bordini, Caroline Valença
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/10/2007 Português
Relevância na Pesquisa
66.1%
Tese de doutorado com o objetivo de verificar o processo de descentralização da gestão pública do turismo no Estado de Santa Catarina, de 2003 a 2007, suas principais dificuldades e pontos fortes, além da continuidade das ações durante o período eleitoral. O processo de realização de coleta de dados deste estudo ocorreu em três fases distintas, observação do processo de descentralização por meio da participação na elaboração do planejamento do turismo no Estado. Aplicação dos instrumentos de coleta de dados: pesquisa semi-estruturada e o questionário. Por fim pesquisa bibliográfica e documental. Conclui-se que o processo de descentralização é benéfico à gestão do turismo, todavia demanda adequações e tempo para sua total implementação.; Doctorate Thesis with the objective to verify the process of decentralization of the public administration of the tourism in the State of Santa Catarina, 2003 - 2007, its main difficulties and strong points, beyond the continuity of the actions during the electoral period. The process of data collection for this study occurred in three distinct phases: (1) observation of the decentralization process by means of participation in the tourism planning elaboration in the State...

Gerenciamento de projetos apoiando a gestão pública: uma análise para o Governo do Estado de Minas Gerais; Project management support to public management: an analysis of the implementation process

Souza e Savi, Erika Monteiro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.11%
O objetivo principal do presente trabalho é analisar a aplicabilidade do gerenciamento de projetos na gestão pública e verificar a evolução de indicadores finalísticos de resultado da implantação de um método de gestão. O escopo do estudo é baseado na análise da gestão das políticas públicas, em âmbito estadual, em Minas Gerais, e a metodologia é fundamentada no gerenciamento de projetos, norteada pelo seu guia de procedimentos, contemplada no PMBoK. Este trabalho teve um tratamento qualiquantitativo apresentando resultados a partir da análise de indicadores finalísticos de áreas de resultados, em que é possível afirmar a incidência de mudança de comportamento na evolução desses indicadores na comparação dos períodos pré e pós-gestão de projetos e, também, apresentando resultados a partir da análise de questionário aplicado junto à SEPLAG. Das 13 (treze) áreas de resultados analisadas, em 7 (sete) delas os indicadores apresentaram melhoria no período pós a aplicação de gestão de projetos no seu comportamento em comparação ao período anterior. O comparativo dos indicadores macroeconômicos de MG com os demais estados da federação no período analisado demonstrou alterações positivas em relação à variação em percentual do resultado entre os anos de 2008 e 2003 em todos os indicadores analisados...

Gestão de pessoas e qualidade, segundo os critérios preconizados pelo Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização - GESPÚBLICA : um estudo de caso no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio Grande do Sul - CREA-RS

Ramos, Daniel Dourado
Tipo: trabalho de conclusão de graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.1%
O presente estudo de caso tem como temática geral a qualidade da gestão no setor público brasileiro. O objeto de estudo foi o Programa Nacional de Gestão Pública e Desburocratização - GESPÚBLICA, do Governo Federal, como instrumento de avaliação da gestão no Conselho Regional de Engenharia, Arquitetura e Agronomia do Rio Grande do Sul - CREA-RS. Neste estudo procurouse dar maior ênfase à gestão de pessoas, considerada pelo autor, o ponto central para uma gestão excelente no setor de serviços, como é o caso da maioria das organizações do setor público brasileiro. O trabalho inicialmente apresenta o contexto atual em que está inserida a organização - foco da análise da qualidade da gestão - bem como a sua caracterização. Em seguida é feita a revisão da literatura, sob forma de conceitos fundamentais em administração, no capítulo 3 apresenta-se a metodologia utilizada no estudo e, por fim, a análise e as conclusões. Na certeza de que este estudo foi de grande valia para o crescimento intelectual do autor, espera-se que o texto seja de alguma utilidade para os leitores.

Contribuição ao estudo de um modelo conceitual de gestão para a Justiça Federal da 5ª Região : um enfoque na adaptação do modelo de excelência na adaptação em gestão pública

Campelo, Sebastião Marcos
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
66.16%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa Multiinstitucional e Inter-regional de Pós-Graduação em Ciências Contábeis, 2007.; O presente estudo objetivou a concepção de um Modelo Conceitual de Gestão para a Justiça Federal da 5ª Região, abrangendo as diversas dimensões de uma gestão no serviço público, orientando para os resultados no atendimento das demandas dos cidadãos, nas bases conceituais de uma Administração Pública Gerencial. Para a construção do modelo proposto, estudou-se as características dos principais modelos de excelência em gestão que suportam conceitualmente grandes prêmios nacionais e internacionais de qualidade tais como: Prêmio Deming, Malcolm Baldrige Award, European Foundation for Quality Management – EFQM, Prêmio Nacional de Qualidade – PNQ além do Modelo de Excelência em Gestão Pública do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão. O objetivo do trabalho foi alcançado na medida em que foi possível propor um Modelo de Gestão Conceitual para a Justiça Federal da 5ª Região, fundamentado em bases conceituais e nas necessidades específicas do Órgão, através de uma organização lógico-racional e inter-relacionadas das dimensões da Gestão, conduzindo a um ciclo de planejamento...

A nova gestão pública na governação local

Rodrigues, Miguel Ângelo Vilela; Araújo, Joaquim Filipe
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em //2005 Português
Relevância na Pesquisa
66.21%
Comunicação apresentada no 3.º Congresso Nacional de Administração Pública, Oeiras, Portugal, 2005.; Os modelos de Gestão Pública têm-se sucedido ao longo dos tempos, muitas vezes associados às mudanças na concepção e ideologia do Estado (mais ou menos intervencionistas). As últimas décadas têm representado um ataque ao modelo de gestão pública associado ao Welfare State. Acusam-no de ser ineficiente e demasiado lento a reagir às necessidades dos cidadãos e às mutações do meio onde se insere. Também é acusado de prejudicar o desenvolvimento e o crescimento económico. Este modelo é tido como um meio que permite a criação de agentes e processos burocráticos que desenvolvem a sua actuação com um único propósito, o aumento do seu bem-estar e do seu poder. (Nordhaus, 1975; Damgaard, 1997). Diversas pressões de carácter económico, financeiro, político, ideológico, bem como o esgotamento das soluções protagonizadas pela Administração Tradicional proporcionaram as condições para o aparecimento de um novo modelo de gestão, a Nova Gestão Pública. A Nova Gestão Pública baseia-se na introdução de mecanismos de mercado e na adopção de ferramentas de gestão privada, na promoção de competição entre fornecedores de bens e serviços públicos...

A nova gestão pública na administração fiscal : contribuinte, cliente ou cidadão

Pires, Maria Trindade
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
66.13%
Nas últimas décadas têm surgido profundas reestruturações nos diversos sectores públicos dos países desenvolvidos. Estas reestruturações, que assumem um carácter muito semelhante, decorrem em grande parte das alterações nas concepções tradicionalmente dominantes acerca do papel do Estado, das formas de organização e gestão que caracterizam as suas instituições. As políticas e as medidas correctas neste âmbito manifestam-se, em termos gerais, pela preferência por mecanismos de mercado, do primado da orientação do sector público para o cliente. Tais tendências são facilmente evidentes em diversos sectores, em especial destaque para a Administração Fiscal, configurando a presença de um movimento conhecido na literatura como a Nova Gestão Pública ou Managerialismo. Também, em Portugal, as alterações verificadas no seio da Administração Fiscal, nos últimos anos, podem ser enquadradas dentro deste movimento. Neste sentido, a presente investigação pretende verificar se sob o efeito deste movimento é possível constatar, ao nível do contribuinte, a substituição da noção de cidadão pela noção de cliente. Podemos constatar que com a introdução da Nova Gestão Pública ou managerialismo na Administração Fiscal...

A nova gestão pública, as reformas no sector da saúde e os profissionais de enfermagem com funções de gestão em Portugal

Carvalho, Maria Teresa Geraldo
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
66.14%
Nas últimas décadas têm surgido profundas reestruturações nos diversos sectores públicos dos países desenvolvidos. Estas reestruturações, que assumem um carácter muito semelhante, decorrem, em grande parte, das alterações nas concepções tradicionalmente dominantes acerca do papel do Estado, das formas de organização e gestão que caracterizam as suas instituições e, ainda, dos profissionais e do seu trabalho. As políticas e as medidas concretas propostas neste âmbito direccionam-se, em termos gerais, no sentido do aumento da competição, da preferência por mecanismos de mercado, do primado da orientação do serviço para o consumidor e ainda da apologia do espírito empreendedor. Tais tendências são facilmente constatáveis em diversos sectores, com especial destaque para a saúde, configurando a presença de um movimento conhecido na literatura como a Nova Gestão Pública (NGP) ou managerialismo. Também em Portugal, as alterações verificadas nas políticas públicas de saúde, nos últimos anos, podem ser enquadradas dentro deste movimento. As propostas de mudança ao nível da organização e gestão das instituições públicas, em particular das instituições hospitalares, assumem como um dos seus principais objectivos mudar as tradicionais formas de regulação e autonomia dos profissionais que aí exercem a sua actividade. O que se pretende indagar com este trabalho de investigação é a forma como estas mudanças produzem impactos ao nível da profissionalização e das práticas de enfermagem no campo da gestão dos cuidados. Para tal...

Nova gestão pública nos governos locais: caso de Macedo de Cavaleiros

Peso, Catarina Filipa Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
66.16%
Este estudo aborda: a questão da Nova Gestão Pública no poder local tomando como estudo de caso o Município de Macedo de Cavaleiros. Mais especificamente, com este relatório de estágio, pretende-se estudar a influência da Nova Gestão Pública na estrutura organizacional dominante neste Município. Neste sentido, iniciamos o estudo, analisando a Administração Pública Tradicional e os fatores que conduziram às mudanças no sentido da Nova Gestão Pública. Recorremos, então, à noção de estrutura organizacional, socorrendo-nos da análise das estruturas configuracionais de Henry Mintzberg para concluir sobre o modo como a Nova Gestão Pública foi ou não capaz de alterar a estrutura orgânica do Município em questão. O estudo centrou-se na análise das alterações promovidas na estrutura do Município de Macedo de Cavaleiros, de 1996 a 2013. Foi possível concluir que as mudanças especificamente relacionadas com a hierarquia, os princípios definidos e os modelos adotados traduzem transformações na burocracia e na estrutura de governação do Município.; This study addresses the issue of the New Public Management in local government taking as a case study the municipality of Macedo de Cavaleiros. Specifically, with this report...

A Nova Gestão Pública aplicada em contexto hospitalar:impacto na Cultura Organizacional do Hospital Distrital de Santarém, EPE

Fortunato, Isabel Maria Madeira Lérias Duarte dos Santos
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em 19/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
66.16%
Dissertação, Mestrado, Gestão Pública, Instituto Politécnico de Santarém, Escola Superior de Gestão e Tecnologia, 2014; Este estudo pretendeu desenvolver uma análise das alterações ocorridas na sequência da reforma administrativa e da introdução dos conceitos da Nova Gestão Pública numa organização pública de saúde e do modo como isso se refletiu na sua Cultura Organizacional. A Nova Gestão Pública surge como alternativa a uma Administração Pública despesista, ineficiente, que não gere de forma adequada os dinheiros públicos, sendo necessário adotar mecanismos de gestão privada. As implicações refletem-se na alteração da prestação do serviço público, na promoção da avaliação de desempenho, na descentralização e flexibilização da gestão.O trabalho desenvolvido consistiu num estudo de caso, do Hospital Distrital de Santarém, e pretendeu avaliar a forma como a cultura organizacional influencia a eficiência e a eficácia da organização e a converte num instrumento que justifica atitudes e modelos de comportamento, assim como facilita um compromisso dos funcionários com os objetivos da organização.

A nova gestão pública e a satisfação profissional dos enfermeiros: visão sobre a satisfação profissional de enfermeiros em hospitais - Entidades Públicas Empresariais relativo à mudança organizacional oriunda da nova gestão pública

Saraiva, Carlos Alberto Pinto
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.17%
Com o objectivo de tornar o sector hospitalar público português mais eficiente, iniciou-se na década de 2000 uma mudança organizacional em alguns hospitais assente num modelo de gestão empresarial denominado por Nova Gestão Publica. O indivíduo no seio do processo adquire um novo estatuto e a reforma altera aspectos no relacionamento entre o indivíduo e a instituição que afectam e influenciam a satisfação profissional dos funcionários. Tomando como dimensões da mudança organizacional ocorrida em meados da década de 2005 em alguns hospitais: a autonomia profissional, a responsabilidade profissional, a diferenciação profissional, a mudança na carreira profissional e no regime retributivo e o compromisso de gestão, pretende-se pelo presente estudo discernir, numa população de enfermeiros a trabalharem numa instituição hospitalar com regime jurídico de Entidade Publica Empresarial que resulta da Nova Gestão Pública, o seu efeito o sentido da sua influência na satisfação profissional desses mesmos funcionários. Através da realização de um inquérito a uma amostra da população em causa e após análise estatística dos dados, baseado num modelo de análise construído após pesquisa bibliográfica...

A Nova Gestão Pública como indutora das atividades de Engenharia de Produção nos órgãos públicos

Jesus,Igor Rosa Dias de; Costa,Helder Gomes
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
66.16%
O propósito deste trabalho é o de mostrar como a Nova Gestão Pública, ao incorporar ferramentas e pontos de vista oriundos da iniciativa privada, abre espaço para maior atuação dos engenheiros de produção no Estado. Na introdução é apresentada uma contextualização histórica da evolução da gestão pública, desde o modelo patrimonialista, passando pelo modelo burocrático e pelo gerencial, até a assunção da Nova Gestão Pública. É também apresentada uma contextualização histórica da própria Engenharia de Produção. A busca por interfaces entre esses dois campos do conhecimento se deu a partir de uma investigação teórica, na qual se procurou entender quais práticas de gestão estariam associadas, simultaneamente, a elementos da Engenharia de Produção e da Nova Gestão Pública. Os resultados dessa investigação nos mostram que essa interface atinge todos os elementos da Nova Gestão Pública e todas as subáreas da Engenharia de Produção.

A Nova Gestão Pública como indutora das atividades de Engenharia de Produção nos órgãos públicos

Jesus,Igor Rosa Dias de; Costa,Helder Gomes
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia de Produção Publicador: Associação Brasileira de Engenharia de Produção
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
66.16%
O propósito deste trabalho é o de mostrar como a Nova Gestão Pública, ao incorporar ferramentas e pontos de vista oriundos da iniciativa privada, abre espaço para maior atuação dos engenheiros de produção no Estado. Na introdução é apresentada uma contextualização histórica da evolução da gestão pública, desde o modelo patrimonialista, passando pelo modelo burocrático e pelo gerencial, até a assunção da Nova Gestão Pública. É também apresentada uma contextualização histórica da própria Engenharia de Produção. A busca por interfaces entre esses dois campos do conhecimento se deu a partir de uma investigação teórica, na qual se procurou entender quais práticas de gestão estariam associadas, simultaneamente, a elementos da Engenharia de Produção e da Nova Gestão Pública. Os resultados dessa investigação nos mostram que essa interface atinge todos os elementos da Nova Gestão Pública e todas as subáreas da Engenharia de Produção.

Gestão pública da questão ambiental e tessituras das cidades brasileiras: notas preliminares

Santana,Raimunda Nonata do Nascimento; Sousa,Salviana de Maria Pastor Santos
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina Publicador: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social e Curso de Graduação em Serviço Social da Universidade Federal de Santa Catarina
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.1%
Este artigo propõe-se a uma reflexão sobre a gestão pública da questão ambiental nas cidades brasileiras. A temática é esboçada através da abordagem de dois temas-chave: os fundamentos da constituição do urbano e seus nexos com a ação destrutiva do meio-ambiente e os contornos, (im)possibilidades e desafios da gestão pública da questão ambiental no território da cidade. Parte-se de questionamentos sobre a articulação entre as teses da sustentabilidade e da insustentabilidade e de pistas definidoras da configuração da administração das cidades. Relacionam-se elementos teóricos e históricos, enfatizando particularidades pertinentes à sociedade brasileira. Conclui-se pela impossibilidade da contribuição efetiva da gestão pública de feição empresarial para a reversão plena da crise ambiental urbana no Brasil, uma vez que essa forma de gestão é compelida a favorecer o modo predatório de exploração do meio ambiente no contexto das determinações do modo de produção capitalista.

Desempenho da gestão pública: que variáveis compõem a aprovação popular em pequenos municípios?

Lubambo,Cátia W.
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS Publicador: Programa de Pós-Graduação em Sociologia - UFRGS
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
66.14%
A análise da gestão pública desenvolvida neste estudo focaliza fatores explicativos associados ao desempenho dos governos em municípios de pequeno porte. As diferenças encontradas no desempenho da gestão pública em municípios, definidas por alguns fatores específicos que se procura desvendar, são reveladoras não só da variedade entre contextos e condicionalidades, como também da diversidade de constrangimentos que a descentralização encontra nos governos locais. No âmbito da literatura, alguns estudos sinalizam na direção de que fatores estruturais, como o desempenho fiscal dos governos, determinariam a possibilidade maior ou menor de sucesso de um dado governo local. Outros trabalhos apresentam fatores associados diretamente ao nível e natureza das demandas e a conseqüente forma de provisão social, como sendo fundamentais à aprovação ou não da gestão. Outros estudos ainda sugerem que as investigações prossigam na perspectiva das efetivas condições político-institucionais da implementação das políticas sociais no âmbito dos municípios. Diante da evidência de tantos fatores distintos que parecem importar para o desempenho da gestão municipal, é oportuno perguntar: existe uma correlação entre os atributos da gestão e a avaliação do seu desempenho? O trabalho analisa um universo de 75 municípios no Nordeste brasileiro...

A problemática da economia solidária: um novo modo de gestão pública?

França Filho,Genauto Carvalho de
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2004 Português
Relevância na Pesquisa
75.98%
Este artigo discute a economia solidária numa perspectiva internacional, situando o contexto de surgimento desse fenômeno e o tipo de problemática que ele suscita. Apresenta uma abordagem original para sua interpretação, baseado em argumentos da sociologia e da antropologia econômica, indicando o que tal fenômeno tem como elementos para a reflexão e a prática de um modo renovado de gestão pública.

Simulando por meio da dinâmica de sistemas a influência dos tribunais de contas estaduais na qualidade da gestão pública e na atração de investimentos privados

Carvalho,Márcio
Fonte: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas Publicador: Fundação Getulio Vargas, Escola Brasileira de Administração Pública e de Empresas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
76.05%
A utilização de simulações na análise de sistemas complexos vem ganhando espaço nas ciências sociais nos últimos anos (CARVALHO, 2005; RICHARDSON, 1991; VICENTE, 2005; ZELLNER, 1984). A grande vantagem desse instrumental em relação a outros é sua possibilidade de testar diferentes cenários que não poderiam ser replicados sem problemas de ordens legal, prática e ética. Este artigo tem por objetivo simular o impacto das ações dos tribunais de Contas estaduais na qualidade da gestão pública e, conseqüentemente, na atração de investimentos privados para os municípios. Para tal, foi desenvolvido um modelo que simula a atuação de um Tribunal de Contas estadual em um município, e o resultado revela que o tribunal exerce um papel indireto, mas importante, na atração de investimentos. Essa constatação se dá quando o Tribunal de Contas expande suas funções de instituição fiscalizadora para uma instituição de accountability de desempenho, com ênfase na capacitação dos funcionários municipais e na busca de resultados para a gestão pública.

Um estudo da avaliação da gestão pública baseada na experiência de governos estrangeiros com a utilização do balanced scorecard

Henrique Ferreira da Paz, Paulo; Carlos Miranda, Luiz (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
66.1%
Uma das maiores dificuldades observadas no setor público se refere aos critérios utilizados para a avaliação da sua gestão. Há uma excessiva preocupação quanto aos aspectos financeiro e legal das ações governamentais, sem a devida evidenciação da verdadeira essência do gasto público: sua efetividade. A prática demonstra que a avaliação da eficiência da gestão baseada, exclusivamente, nesses elementos não é suficiente para verificar se uma organização governamental está cumprindo ou não sua missão. Como proposta de resolução ao problema, algumas entidades estão utilizando o Balanced Scorecard. A presente pesquisa visa desenvolver um estudo da experiência internacional em avaliar a gestão pública a partir da utilização dessa ferramenta, verificando a viabilidade de sua aplicação à administração pública brasileira. Para tanto, foram realizados estudos multicasos em algumas entidades públicas (municipais, estaduais ou federais) da Austrália, Canadá, Espanha, Estados Unidos, Finlândia e Inglaterra que utilizam o Balanced Scorecard. A análise considerou as principais características do processo de implantação/ operacionalização. Foram evidenciadas algumas experiências que poderiam ser observadas no caso de uma eventual adoção do Balanced Scorecard pelo governo brasileiro. Isso permitiria a redução/eliminação de erros/problemas...