Página 1 dos resultados de 1590 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

A utilização de indicadores sociais na operacionalização do modelo de Vigilância da Saúde; The use of social indicators to implement the Health Surveillance model; La utilización de indicadores sociales en la operacionalización del modelo de vigilancia de la salud

SILVA, Rosemara Melchior Valdevino; FRACOLLI, Lislaine Aparecida
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
66.44%
Este estudo objetivou caracterizar a área de abrangência da subprefeitura do Butantã a partir dos indicadores compostos que representam as categorias autonomia, qualidade de vida, desenvolvimento humano e eqüidade; e discutir a adequação da utilização dessas categorias para a operacionalização da vigilância da saúde nesse território. Trata-se de um estudo exploratório e descritivo, com abordagem quantitativa, cujos dados foram obtidos por meio de identificação de bancos de dados de domínio público, com informações relativas a indicadores sociais e de saúde, bem como os índices de exclusão/inclusão social utilizados para a construção das categorias autonomia, qualidade de vida, desenvolvimento humano e eqüidade. Os resultados apontam que os indicadores compostos permitiram revelar as desigualdades nas condições de vida e saúde presentes no território. Os distritos de Raposo Tavares e Rio Pequeno apresentam os piores índices de exclusão/inclusão social na subprefeitura do Butantã, configurando-se como os distritos que mais apresentam exclusão social.; The purpose of this study was to characterize the coverage area of the Butantã sub-district, based on compound indicators that represent the categories autonomy...

Indicadores sociais e de saúde para a operacionalização da vigilância à saúde; Health surveillance based on social and health indicators; Indicadores sociales y de salud para la operacionalización de la vigilancia en salud

SANTIAGO, Alynne da Costa; FRACOLLI, Lislaine Aparecida; ZOBOLI, Elma Lourdes Campos Pavone; SILVA, Rosemara Melchior Valdevino
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: article; update article; publishedversion
Português
Relevância na Pesquisa
56.48%
A Vigilância da Saúde é um modelo tecno-assistencial em construção no Brasil. Para sua efetivação, é necessário que os profissionais de saúde sejam instrumentalizados para a captação e apreensão dos perfis sociais e de saúde-doença das populações. O objetivo desse estudo foi identificar e classificar informações relativas a indicadores sociais e de saúde, disponíveis na Internet para ser utilizado pelos trabalhadores de saúde. Trata-se de uma revisão bibliográfica realizada em diversas bases de dados. Os resultados mostram a existência de uma ampla gama de informações relativas a indicadores de saúde disponíveis na Internet. Contudo, estas informações são instrumentos limitados para os trabalhadores de saúde, pois o nível de agregação e a centralidade na morbi-mortalidade dificultam sua utilização dentro da proposta de Vigilância da Saúde. Conclui-se que é muito importante que resultados de pesquisa com base em indicadores sociais e de saúde sejam disponibilizados na Internet.; The proposal of Health Surveillance is a techno-assistance model that is still in construction in Brazil. To implement the Health Surveillance proposition, the healthcare professionals have to be prepared to capture and understand the epidemiologic and social profiles of the population. The goal of this study was to identify and classify information about social and health indicators available on the Internet to be used by healthcare professionals. One is about a literature review...

Indicadores sociais no processo orçamentário do setor público municipal de saúde: um estudo de caso

Varela, Patricia Siqueira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
56.54%
Esta pesquisa teve como objetivo compreender e descrever o atual estágio de evolução do uso das informações e indicadores sociais no processo de planejamento e orçamento do setor público municipal de saúde, utilizando-se, como referencial teórico de análise, as concepções de reforma do aparelho do Estado das duas últimas décadas. Para consecução deste propósito, foi escolhida uma abordagem metodológica empírico-analítica com a condução de um Estudo de Caso da gestão da política de saúde do município de Brumadinho/MG. O processo de descentralização tem sido uma estratégia comum dos movimentos de redemocratização do país e de adoção das idéias neoliberais para combater a crise dos últimos anos, porém com objetivos e impactos diferentes sobre a gestão das políticas públicas. Na implantação do Sistema Único de Saúde (SUS), observam-se ações voltadas para garantia do acesso integral e universal a todos os cidadãos e promoção da participação social e, contraditoriamente, políticas de financiamento restritivas inerentes ao ajuste fiscal. Os critérios de distribuição da principal fonte de financiamento da área, recursos da União, restringem a autonomia dos municípios, haja vista o acesso a recursos adicionais ter como condição a aceitação de ações e programas predeterminados pelo Ministério da Saúde. Além disso...

Análise da utilização de indicadores sociais na operacionalização do modelo de vigilância da saúde: um estudo de caso; Analysis of the utilization of social indicators for operating the health surveillance model: a case study

Silva, Rosemara Melchior Valdevino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/05/2007 Português
Relevância na Pesquisa
66.58%
Introdução- A vigilância da saúde, prática sanitária referenciada pelo paradigma da produção social da saúde, prevê o reconhecimento do território, a identificação dos problemas nele contido e a ação intersetorial. Na proposta da vigilância da saúde, o uso de indicadores sociais pode permitir que se obtenha um quadro das condições de vida dos diferentes grupos sociais e servir como ponto de partida para a intervenção na situação de saúde desses grupos. Objetivos- Caracterizar a área de abrangência da subprefeitura do Butantã a partir de indicadores socioeconômicos, demográficos e de saúde, buscando com isso compreender o perfil epidemiológico do território; e discutir a utilização das categorias ?autonomia, qualidade de vida, desenvolvimento humano e eqüidade? na operacionalização da vigilância da saúde nesse território. Metodologia- O presente estudo configura-se como uma pesquisa qualitativa, tipo estudo de caso, de caráter exploratório e descritivo. O estudo seguiu as seguintes etapas: 1) descrição e análise dos pressupostos da vigilância da saúde e da teoria da produção social da saúde. 2) identificação de bancos de dados de domínio público, com informações relativas a indicadores sociais e de saúde...

Rendas petrolíferas e indicadores sociais municipais: uma análise de eficiência relativa; Oil windfalls and municipal social indicators: an analysis of relative efficiency

Freitas, André Attilio Brasil
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.4%
Em 1997, a chamada Lei do Petróleo instituiu novos critérios para a partilha das rendas petrolíferas com estados e municípios, elevando substancialmente a arrecadação dos entes federativos. De acordo com a teoria econômica os recursos naturais devem ser aplicados de forma eficiente em capital, visando o desenvolvimento socioeconômico do país. O objetivo deste trabalho é analisar se os royalties do petróleo, gás natural e outros hidrocarbonetos fluidos afetam a eficiência dos municípios no que se refere a determinados indicadores sociais. Esta análise foi feita em dois estágios. No primeiro estágio, estimaram-se escores de eficiência relativa com respeito à "produção" de indicadores sociais municipais pela metodologia da Análise de Envoltória de Dados (DEA, em inglês). No segundo estágio, uma regressão desses escores no valor em Reais de royalties recebidos por cada município (além de outras variáveis de controle) avaliou que, a níveis estatisticamente significativos, pode-se afirmar que os royalties têm um impacto negativo na eficiência da "produção" desses indicadores.; In 1997, the law known as Oil Act established new criteria regarding the distribution of the oil income to States and Municipalities...

Análise espacial dos óbitos por tuberculose pulmonar e sua relação com indicadores sociais em São Luís - MA; Spatial analysis of deaths by pulmonary tuberculosis and the relation with social indicators in São Luís - MA

Santos Neto, Marcelino
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
66.48%
O objetivo deste estudo foi analisar a distribuição espacial dos óbitos por tuberculose pulmonar e sua relação com indicadores sociais em São Luís-MA. Trata-se de um estudo ecológico em que foram considerados os óbitos ocorridos na zona urbana do município entre 2008 e 2012, segundo as causas A15.0 a A15.3 e A16.0 a A16.2 (CID-10), disponíveis no Sistema de Informação sobre Mortalidade. Procedeu-se inicialmente as análises univariada e bivariada das variáveis sociodemográficas e operacionais dos óbitos investigados. Para construção dos indicadores sociais utilizou-se a análise de componentes principais, sendo selecionadas variáveis das áreas de ponderação do Censo Demográfico de 2010. Recorreu-se à regressão linear múltipla, pelo método dos mínimos quadrados e à regressão espacial para análise da relação de dependência espacial entre os indicadores sociais e as taxas de mortalidade padronizadas pela idade por meio do Teste Global I de Moran. Utilizou-se ainda técnicas de estatística de varredura para a detecção de aglomerados espaciais e espaço- temporais dos óbitos nos setores censitários do município, sendo empregado o modelo discreto de Poisson. A geocodificação dos óbitos foi processada no TerraView versão 4.2.2...

Indicadores sociais internos e a geração de valor adicionado : uma análise da relação do balanço social e da demonstração do valor adicionado em bancos brasileiros

Taiarol, Silvane Maria
Tipo: trabalho de conclusão de graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.34%
Informações sobre a responsabilidade social corporativa têm aumentado substancialmente nas últimas décadas. Essas informações geralmente são divulgadas no Balanço Social e complementadas com a Demonstração do Valor Adicionado, que apresenta a riqueza criada e distribuída pela organização. Esses relatórios estão relacionados por meio dos Indicadores Sociais Internos e o valor adicionado distribuído aos diversos beneficiários. O objetivo desse artigo é analisar e comparar a evolução dos investimentos sociais internos bem como verificar a correlação e a regressão existente entre esses investimentos com a receita e o valor adicionado das organizações bancárias brasileiras, no período de 2000 a 2009. Os dados foram coletados em painel e analisados qualitativamente (análise horizontal e de valores relativos) e quantitativamente (correlação e regressão). Os resultados apontam alta correlação e regressão dos gastos sociais interno com a geração e a distribuição de riqueza, bem como, de receita. Esse resultado corrobora a análise qualitativa realizada neste estudo. A principal conclusão é que os gastos com pessoal é um dos elementos para aumentar as receitas e gerar riqueza para as organizações bancárias.; Information on corporate social responsibility has increased substantially in recent decades. Such information are generally disclosed in the balance sheet Social and supplemented with the demonstration of the value added...

Balanço social : análise da evolução dos indicadores sociais e ambientais do Banrisul (2005-2007)

Gomes, Rudy Gomes; Souza, Romina Batista de Lucena de
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
66.43%
Atualmente, em todos os segmentos da sociedade tem-se discutido incessantemente questões de como melhorar a relação entre empresa e comunidade. Por causa dessa preocupação e para dar maior clareza e transparência nas informações financeiras, criou-se um relatório que se denomina balanço social. Este se originou das dificuldades que os povos sofriam por guerras, discriminações raciais e, mais tarde, pelas questões ambientais. O objetivo deste artigo é analisar a evolução dos indicadores sociais e ambientais apresentados no balanço social do Banco do Estado do Rio Grande do Sul (Banrisul), no período de 2005 a 2007. A metodologia utilizada foi a do estudo de casos. Para o tratamento das informações, foi realizada a análise horizontal e vertical dos balanços sociais no período supracitado. Os resultados dos indicadores do balanço social demonstraram que esse Banco vem mantendo ao longo dos anos uma política consistente de investimentos sociais e ambientais que acompanharam a evolução de seus indicadores econômico-financeiros.; Currently, all the segments of the society has constantly discussed questions of how to improve the relationship between business and community. Because of this worry and to give the clarity and transparency in financial information...

O lugar de cada um: indicadores sociais de desigualdade intraurbana

Vieira, Alexandre Bergamin
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: 149 f. : il. + mapas
Português
Relevância na Pesquisa
66.45%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Pós-graduação em Geografia - FCT; Entendemos ser essencial a análise e a compreensão da produção e estruturação do espaço urbano das cidades brasileiras, que cada vez mais se apresentam desiguais, segregadas e excludentes. Dessa forma, propomos nesta dissertação de mestrado em Geografia, contribuir com a discussão desenvolvida no interior do SIMESPP na elaboração de um sistema de indicadores sociais de desigualdade intraurbana aplicável em cidades médias que dêem conta de revelar e desvendar as realidades sociais e espaciais dessas cidades, permitindo a elaboração de políticas públicas de inclusão social, abordando não apenas o conceito de segregação socioespacial, mas também, o conceito de exclusão social, que entendemos, ambos, e em conjunto, dar conta das complexidades relativas às desigualdades sociais e espaciais que se acirram nos últimos anos. Para isso, realizaremos, primeiramente, uma discussão teórica acerca dos conceitos de indicadores sociais, segregação socioespacial, exclusão social e, posteriormente, utilizaremos a cidade de São José do Rio Preto como base empírica para a implantação do sistema de indicadores elaborados.

A utililização de indicadores sociais na administração pública brasileira: o caso do Estado de Santa Catarina

Amin, Esperidião
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: dissertação (mestrado) Formato: 171 f.| il., tabs., grafs.
Português
Relevância na Pesquisa
66.45%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Sócio-Econômico. Programa de Pós-Graduação em Administração; Esta dissertação versa sobre a utilização de indicadores sociais na Administração Pública brasileira, estabelecendo formas de sua utilização com vistas a possibilitar o aumento de padrões de desempenho organizacional. São abordadas as fases fundamentais da administração pública no Brasil, focalizando os resultados que o País tem logrado nas componentes de seu nível de desenvolvimento e oferecendo uma visão panorâmica das desigualdades sociais. Neste contexto, a Lei do Estado de Santa Catarina n°. 12.120, de 09/01/2002, é descrita e analisada, sob o aspecto de sua repercussão, bem como sobre o conjunto de indicadores que descrevem a condição catarinense ao exigir disciplina e continuidade na perseguição de melhorias objetivamente aferíveis. Os levantamentos permitem concluir que os conceitos dos indicadores convergem para consolidar sua condição de referência para os órgãos públicos no Brasil, sendo que os resultados apurados na avaliação da situação de Santa Catarina demonstram compatibilidade entre os indicadores apreciados e a situação do Estado no contexto da Federação

Indicadores sociais na formulação de políticas públicas federais brasileiras : teoria e prática

Ottoni, Cristiano
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
66.45%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração, Contabilidade e Ciência da Informação e Documentação, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2006.; O presente estudo teve como objetivo principal estudar a relação existente entre indicadores sociais e a formulação das políticas públicas federais no Brasil. Foram identificados os principais fatores que facilitam, e aqueles que inibem o uso desses indicadores no processo de formulação das políticas públicas. Com base nestes fatores, hipóteses para a superação dos eventuais problemas identificados na relação estudada foram colocadas como objetivo final, visando contribuir a uma possível generalização posterior a outros níveis de governo. A expressão “indicadores sociais” foi visualizada nesta pesquisa como instrumentos de relevância para utilização no processo de gestão pública. Para viabilizar a pesquisa, foram realizadas onze entrevistas em profundidade com informantes-chave do Governo, da Sociedade Civil Organizada, da comunidade acadêmica e de Organismos Internacionais. Estes foram identificados junto às respectivas instituições, tendo em consideração suas atribuições estratégicas ou gerenciais e suas experiências em relação ao tema investigado. A pesquisa qualitativa englobou o período de agosto de 2005 a abril de 2006 e empregou a técnica de análise de conteúdo para verificar a percepção dos entrevistados sobre os assuntos de interesse do estudo...

Impactos sociais das tecnologias de informação; Social impacts of information technologies

Costa, Sely Maria de Souza
Fonte: Associação dos Bibliotecários do Distrito Federal (ABDF) com a colaboração do Departamento de Ciência da Informação e Documentação da Faculdade de Estudos Sociais Aplicados da Universidade de Brasília (CID/UNB) a partir de 1995. Publicador: Associação dos Bibliotecários do Distrito Federal (ABDF) com a colaboração do Departamento de Ciência da Informação e Documentação da Faculdade de Estudos Sociais Aplicados da Universidade de Brasília (CID/UNB) a partir de 1995.
Tipo: artigo / article
Português
Relevância na Pesquisa
66.25%
A edição do artigo foi feito em colaboração com Departamento de Ciência da Informação e Documentação da Faculdade de Estudos Sociais Aplicados da Universidade de Brasília (CID/UNB), que atualmente possui o título de Faculdade de Ciência da Informação/ UnB.; Discorre sobre as tecnologias de informação e sua utilização pela sociedade nos dias atuais. Discute os impactos dessas tecnologias sobre alguns dos principais indicadores sociais, tais como: a educação, o emprego, e o bem-estar social. Analisa as questões relacionadas com as necessidades do homem como o principal fator para o desenvolvimento e utilização de tecnologias de informação, enfocando os fatores relacionados com os aspectos culturais e políticos dessa utilização. Chama atenção para o papel dos profissionais de informação egressos dos cursos de biblioteconomia, documentação, arquivologia e ciência da informação na gerência dessas tecnologias, enfatizando os impactos das mesmas sobre a educação e o emprego desses profissionais. ______________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The subject of this article is information technologies and their use by society nowadays. The impact of this technology on some main social indicators as education...

A utilização de indicadores sociais na operacionalização do modelo de Vigilância da Saúde

Silva,Rosemara Melchior Valdevino; Fracolli,Lislaine Aparecida
Fonte: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem Publicador: Universidade de São Paulo, Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.36%
Este estudo objetivou caracterizar a área de abrangência da subprefeitura do Butantã a partir dos indicadores compostos que representam as categorias autonomia, qualidade de vida, desenvolvimento humano e eqüidade; e discutir a adequação da utilização dessas categorias para a operacionalização da vigilância da saúde nesse território. Trata-se de um estudo exploratório e descritivo, com abordagem quantitativa, cujos dados foram obtidos por meio de identificação de bancos de dados de domínio público, com informações relativas a indicadores sociais e de saúde, bem como os índices de exclusão/inclusão social utilizados para a construção das categorias autonomia, qualidade de vida, desenvolvimento humano e eqüidade. Os resultados apontam que os indicadores compostos permitiram revelar as desigualdades nas condições de vida e saúde presentes no território. Os distritos de Raposo Tavares e Rio Pequeno apresentam os piores índices de exclusão/inclusão social na subprefeitura do Butantã, configurando-se como os distritos que mais apresentam exclusão social.

O debate sobre a produção de indicadores sociais alternativos: demandas por novas formas de quantificação

Arregui,Carola C.
Fonte: Cortez Editora Ltda Publicador: Cortez Editora Ltda
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
66.26%
O artigo apresenta, de forma geral, o debate sobre indicadores sociais alternativos, situando?o em torno de duas grandes questões: a emergência de vozes que questionam o modelo de desenvolvimento, no contexto da crise financeira e ecológica global, e as demandas que surgem na sociedade civil organizada, por novas formas de quantificação.

A gestão do Ensino Fundamental pelo governo do estado de São Paulo: uma análise do financiamento e dos indicadores sociais de educação (1980-1993)

Fracalanza,Paulo Sérgio
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/1999 Português
Relevância na Pesquisa
66.26%
Este artigo contribui para a avaliação do Sistema Educacional de Ensino Fundamental gerido pelo governo do estado de São Paulo, por intermédio de sua Secretaria de Educação, no período de 1980 a 1993. Para tanto, foi realizado um estudo empírico do financiamento da educação no estado e agregadas informações de alguns indicadores sociais de educação.Mostra-se que, ao longo do período de análise, o volume de recursos alocado neste nível de ensino não evoluiu positivamente, embora tenha se ampliado significativamente o número de matrículas, bem como, proporcionalmente, a rede física e os recursos humanos. Uma das decorrências desse processo foi a brutal perda do poder aquisitivo do salário dos professores. Além disso, entre outros aspectos, evidencia-se a baixa eficiência do sistema de ensino, com elevadas taxas de repetência, práticas pedagógicas autoritárias, professores desmotivados e deficientes instalações dos estabelecimentos de ensino.

Indicadores sociais: por que construir novos indicadores como o IPRS

Torres,Haroldo da Gama; Ferreira,Maria Paula; Dini,Nádia Pinheiro
Fonte: Fundação SEADE Publicador: Fundação SEADE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
66.36%
O presente artigo apresenta uma reflexão sobre a experiência da Fundação Seade na construção de indicadores sociais, particularmente o Índice Paulista de Responsabilidade Social - IPRS e seu sistema de indicadores. Também são apresentados os resultados do IPRS 2000.

Disseminação de informação para a cidadania no Brasil: uma análise da cobertura das matérias sobre indicadores sociais na mídia impressa

Savignano,Verónica Maria; Jannuzzi,Paulo de Martino
Fonte: Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
66.43%
A agenda político-social do Brasil vem merecendo um acompanhamento crescente e sistemático por parte da mídia, segundo revelam a freqüência, profundidade e diversidade com que certas temáticas sociais são tratadas nas matérias apresentadas em jornais, rádios, televisão e portais da Internet. Este trabalho procura documentar parte desse processo, apresentando uma análise exploratória quantitativa e qualitativa da cobertura sobre Indicadores Sociais na mídia impressa. Foram coletadas 515 matérias de cinco jornais do estado de São Paulo, classificadas posteriormente segundo temática social e segundo critérios jornalísticos (categoria, existência de elementos gráficos etc). A análise do material revelou que a abordagem dos Indicadores Sociais na mídia é predominantemente informativa, mas a quantidade de matérias interpretativas não é pouco significativa. Também não é raro que figurem em editoriais e em páginas privilegiadas dos jornais. Os gráficos, fotos e tabelas são freqüentemente usados como complemento informativo às matérias sobre Indicadores. Pelo que se pôde apreender, parece apropriado afirmar que a imprensa brasileira vem cumprindo suas responsabilidades em um dos aspectos da formação da Cidadania: o de informar o cidadão...

Os investimentos das indústrias farmacêuticas brasileiras em programas sociais: uma análise dos indicadores sociais de 2006

Pereira,Silvio Luiz Gonçalves
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.43%
O objetivo deste artigo é analisar a evolução dos investimentos sociais praticados pelo setor industrial farmacêutico brasileiro. A importância do estudo das políticas sociais criadas por esse importante segmento produtivo deve-se à sua forte influência nas mais variadas definições sobre políticas de saúde, entre elas o conflituoso campo de disputa entre a defesa das patentes por parte das empresas e as tentativas de licenciamento compulsório de medicamentos, por parte do governo. Tomamos como fonte de pesquisa os indicadores sociais de 62 indústrias farmacêuticas, relativos ao ano de 2006, publicados pela Federação Brasileira da Indústria Farmacêutica (Febrafarma), em maio de 2007, sob o título Painel Social, apresentados de três formas: dados gerais sobre o número de programas, valores investidos e o número de pessoas beneficiadas; dados gerais classificados segundo um modelo pré-definido e composto de categorias fixas (saúde, educação, comunidade, valorização da vida, cultura, meio ambiente, voluntariado e outros); e dados individualizados por empresa, com a indicação das ementas de cada programa criado. Buscamos com a reflexão sobre esses indicadores averiguar se eles possibilitam realizar um acompanhamento longitudinal das diretrizes e das proposições relacionadas às ações socialmente responsáveis praticadas pelas indústrias farmacêuticas.

Mortalidade por tuberculose e indicadores sociais no município do Rio de Janeiro

Vicentin,Genésio; Santo,Augusto Hasiak; Carvalho,Marília Sá
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 Português
Relevância na Pesquisa
66.42%
Este artigo estuda a mortalidade por tuberculose no município do Rio de Janeiro ocorrida no ano de 1991 em comparação com indicadores sociais. Utilizou-se o software SPSS 8.0 - 1997 na análise estatística dos dados, que mostrou a existência de correlação entre a maioria dos indicadores socioeconômicos estudados e o coeficiente de mortalidade por tuberculose por 100 mil habitantes/ano. Apresentaram correlação significativa e direta os indicadores: índice de Robin Hood, razão de renda entre os 10% mais ricos e os 40% mais pobres e proporção de chefes de família com renda média entre um e dois salários mínimos. A correlação foi inversa e significativa com os indicadores: proporção de residentes com mais de 10 anos com curso superior, área média por domicílio, número de cômodos por domicílio, renda média em salários mínimos, e proporção de chefes de família com rendas entre 10-15, 16-20 e acima de 20 salários mínimos. Para a apresentação destes indicadores usou-se mapas do município, categorizados e distribuídos por Regiões Administrativas, revelando distintos Rios de Janeiro, quando este é visto sob o ângulo social: da doença, ou de vários outros indicadores.

Grau de implantação do Programa Saúde da Família e indicadores sociais

Henrique,Flávia; Calvo,Maria Cristina Marino
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.36%
Esta pesquisa verificou a associação de indicadores sociais com o grau de implantação do Programa Saúde da Família (PSF) em municípios catarinenses, no ano de 2004. Os indicadores utilizados foram: porte populacional dos municípios, Índice de Desenvolvimento Humano Municipal, gasto per capita com saúde e grupo político na gestão municipal. Os resultados demonstraram que há uma forte associação entre porte populacional e implantação do PSF, com maior número de municípios com até 50 mil habitantes em situação satisfatória e intermediária de implantação (p=0,0006). Os municípios maiores apresentaram condição insatisfatória de implantação do PSF. Com o Índice de Desenvolvimento Humano Municipal foi detectada uma relação inversa entre os fatores (p=0,0264), explicada pela implantação do programa ter ocorrido preferencialmente em municípios de pequeno porte e com parcos recursos assistenciais. Não houve associação da implantação do PSF com o gasto per capita com saúde e com o grupo político na gestão municipal, sugerindo que avaliar estes indicadores de maneira isolada não é suficiente para compreender o desenvolvimento das políticas públicas municipais. Por fim, pode-se inferir que as características locais interferem nos resultados alcançados...