Página 1 dos resultados de 251 itens digitais encontrados em 0.234 segundos

"Práticas de Leitura Literária na Educação e Formação de Adultos/as"

Rodrigues, Cândida Augusta Fernandes
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
85.99%
Este relatório enquadra-se na área do ensino da literatura de língua portuguesa no contexto da Educação e Formação de Adultos. Parte-se do relato de uma experiência profissional especial, com recurso a textos literários de língua portuguesa, com o intuito de demonstrar que a população adulta, concretamente a que frequentou o Processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências, no CNO – ADICES, evidencia competências de literacia da leitura literária. Com base em documentos oficiais, traça-se o itinerário português da valorização da Aprendizagem ao Longo da Vida. Dá-se relevo a este conceito porque se acredita que, diariamente, em contextos distintos, como o meio familiar, social ou profissional, se adquirem saberes e competências. Uma das competências mais relevantes é a literacia. Após a leitura de vários autores e perspetivas sobre o assunto, conclui-se que literacia é o domínio da leitura, escrita e cálculo e a capacidade de fazer uso social dessas aptidões (OCDE, 2002). No fulcro da discussão deste trabalho, a tónica é colocada na literacia da leitura literária. Com base nos processos de compreensão na leitura utilizados no Progress in International Reading Literacy Study (PIRLS)...

Língua escrita e modelos de aprendizagem na educação infantil

Pachêco, Márcia Henrique
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
96.06%
O estudo investigativo que se apresenta tem por finalidade analisar em que medida a aplicação contextualizada de modelos teóricos de aprendizagem da Língua escrita, por professores de Educação Infantil, potencia a aquisição e o aperfeiçoamento, pelos alunos, de competências de leitura e escrita e a qualidade do ensino e da aprendizagem, em Língua Portuguesa. Focalizámos o nosso estudo na linguagem escrita e modelos de aprendizagem na Educação Infantil. Em ajuste com a leitura e escrita, e tendo em conta a avaliação dos níveis de escrita, desenvolvidos em três avaliações, concretizamos o nosso estudo de caso, ancorado na competência dos professores da Educação Infantil. A averiguação decorreu numa Escola Municipal de Educação Infantil de Itambé – PE e recorreu a diversas fontes de evidência, quer com alunos, quer com professores, utilizando uma metodologia mista. A análise qualitativa (após entrevista) do discurso escrito foi complementada com procedimentos quantitativos (ficha de registro). A entrevista focalizou-se na leitura e na escrita, na Educação Infantil. Na ficha de registro, aplicada aos alunos, pretendemos investigar as preferências de leitura e escrita. De acordo com os resultados do estudo...

Leitura e escrita : lendo o (in)visível e escrevivendo a cidadania

Silva, Lauricéa Francisco da
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
86.05%
Atualmente, a aprendizagem da leitura e escrita é considerada fundamental, para integração do indivíduo na sociedade. O presente estudo tem como objetivo relacionar as concepções dos professores e alunos, sobre a importância da leitura e escrita, para o exercício da cidadania, com a concretização de atividades de ensino e aprendizagem que valorizem a função social da linguagem, em sala de aula, no Ensino Fundamental II, no município de Pedras de Fogo- PB. Utilizando uma abordagem qualitativa, os docentes foram consultados por meio de entrevista estruturada, de forma a investigarmos as concepções dos professores sobre o ensino-aprendizagem da leitura e escrita, numa perspectiva de educação para a cidadania. Por sua vez, foi ainda aplicado um inquérito por questionário, a alunos do Ensino Fundamental ll fase, possibilitando o cruzamento com as opiniões dos docentes, assim como uma análise comparativa dos resultados obtidos, em ambos os instrumentos de recolha de dados Os resultados mostram que os alunos e professores convergem no mesmo entendimento. É visível a importância conferida à motivação, tanto em sala de aula, quanto em ambiente familiar, pois influencia as atividades de leitura e escrita. Além disso...

Representações docentes no ensino médio: leitura, escrita e aprendizagem por competências no currículo do estado de São Paulo; Representations of teachers in high school: reading, writing and learning skills in the curriculum of the State of Sao Paulo

Almeida, Gisleni Bertoni de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
116.17%
A presente pesquisa tem como objetivo apreender as representações docentes acerca de concepções básicas do Currículo proposto pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo em 2009: a leitura e a escrita, que são tomadas como um eixo prioritário nas diferentes áreas do Ensino Médio, e a aprendizagem por competências. A expectativa de que o confronto entre as representações e os princípios curriculares pudessem resultar em subsídios para compreender as formas de assimilação do programa e suas possíveis implicações pedagógicas fortaleceu a iniciativa deste estudo. Assim, considerando a complexidade inerente ao processo de inovação curricular baseado em princípios específicos e desafiadores, a investigação partiu da seguinte questão: como a proposta do Currículo oficial do Estado de São Paulo para o trabalho centrado nas competências em leitura e escrita no Ensino Médio está sendo incorporada pelos docentes? Tomando como pressuposto que a possibilidade de implementação do novo passa pela assimilação conceitual dos professores, que se evidencia no plano discursivo, buscou-se na Teoria das Representações de Lefebvre a fundamentação teórica para a análise das entrevistas realizadas com 12 professores de diferentes áreas de uma escola estadual da Grande São Paulo...

Aprendizagem de alunos com deficiência intelectual do ciclo I do Ensino Fundamental: o desempenho em leitura e escrita e a formação de professores

Oliveira, Anna Augusta Sampaio de
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1796-1807
Português
Relevância na Pesquisa
95.9%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); The issue of evaluation in the fi eld of intellectual disabilities, an inclusive perspective, it is still relatively unexplored subject in research and educational practice. Thus, it was developed with the Municipal Education of Sao Paulo, a project for the development of a Referential Learning Assessment of Students with Intellectual Disabilities, in order to build an assessment tool, with different indicators curriculum, considering the areas of and curriculum development at different times of the year and be able to evaluate not only the conditions of individual students, but also and essentially their access to the curriculum and, further, the adjustments made by school systems, capable of being conducive to their learning and development. The project included shares in two axes: (1) Training for trainers (advisory presence and distance with the preparation of detailed guidelines to work with the schools) and (2) Implementation and Monitoring Instrument (analysis and referrals to point the it will be necessary to change the reality). Here the data will be presented related to teacher training and performance in the area of reading and writing of students with intellectual disabilities a cycle of basic education. The results suggest the pyramid approach as a strategy for teacher training and in relation to students’ learning skills are better in reading and feature improvements in the course of the fi rst cycle of elementary school.; A questão da avaliação na área da defi ciência intelectual...

Leitura e escrita do português como segunda língua

Oliveira, José Carlos de
Tipo: dissertação (mestrado) Formato: 240 p.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
96.03%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Florianópolis, 2014.; Considerando que a grande maioria dos surdos, assim como as pessoas ouvintes, ao ingressarem na universidade, não está preparada para o desafio que as atividades de leitura e escrita representam nessa etapa da vida acadêmica, este trabalho pretende desenvolver estratégias e atividades com o intuito de desenvolver habilidades de leitura e escrita em Português como segunda língua para um surdo acadêmico do Curso de Licenciatura em Letras Libras da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC - através da Abordagem Comunicativa e Interativa de Ensino de Línguas. A presente pesquisa buscou responder como um processo educativo interativo entre professor e aluno surdo pode contribuir para o desenvolvimento de habilidades de leitura e escrita e quais aspectos desse processo podem ser aprimorados por meio de uma Abordagem Comunicativa e Interativa de Ensino com um aluno surdo. Para responder a esses questionamentos, foram realizados 40 encontros com duração de 2h a 4h cada, na biblioteca do Centro de Ciências da Educação - CED - da UFSC e na residência do aluno. Essa pesquisa foi desenvolvida por meio de um estudo de caso...

Aulas de apoio pedagógico em competências de leitura e escrita no Colégio Militar de Brasília : um estudo em letramento e discurso

Silva, Auriane Meneses Mesquita
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
86.05%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Programa de Pós-Graduação em Linguística, 2011.; Texto parcialmente liberado pelo autor. Conteúdo: Capítulos I e IV.; Essa dissertação é resultado de uma pesquisa realizada com 08 (oito) alunos amparados, que frequentaram aulas de Apoio Pedagógico (AP), no ano de 2011, no Colégio Militar de Brasília, em competências de leitura e escrita. Meus objetivos foram 1) verificar a adequação dos critérios das Avaliações Diagnósticas que determinaram a esses alunos a frequência às aulas de Apoio Pedagógico; 2) investigar se as aulas de AP serviram para colaborar no avanço escolar dos alunos em relação às habilidades de leitura e escrita; e 3) compreender por que alguns alunos após essas aulas avançam no processo, enquanto outros negligenciam ou dele se desinteressam. Para a realização dessa pesquisa, apoiei-me nas seguintes abordagens teóricas: Análise de Discurso Crítica (Fairclough, 1992; Chouliaraki e Fairclough, 1999; Fairclough, 2003); Novos Estudos do Letramento ( Street, 1984, 1985; Barton 1994; Barton e Hamilton, 2000) e Abordagens teóricas a respeito dos gêneros discursivos e de sua importância para o ensino, com base em Fairclough 2003; Bakhtin...

Caracterização de um programa de intervenção precoce nas dificuldades de aprendizagem da leitura e escrita

Azevedo, Helena Isabel Dias de Oliveira; Ribeiro, Iolanda da Silva
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
85.97%
As dificuldades na aprendizagem da leitura e da escrita são uma das principais razões da retenção no 1.º ciclo do ensino básico. Neste sentido, revela-se importante sinalizar e intervir precocemente junto dos alunos que apresentam dificuldades nestas áreas. A precocidade da intervenção é apontada como um dos factores associados à sua eficácia, uma vez que os estudos indicam que quanto mais tarde se inicia a intervenção mais difícil se revela a superação dos problemas de aprendizagem (Baroja, Paret, & Riesgo, 2000; Outón, 2004; Thomson, 1992). Nesta comunicação apresenta-se um programa de intervenção que visa o treino sistemático das competências de leitura (descodificação e compreensão) e escrita, tendo como destinatários os alunos com dificuldades de aprendizagem na leitura e na escrita, sinalizados no início da escolaridade. O programa encontra-se organizado em sessões diárias de treino, com a duração aproximada de 45 minutos, em que são utilizados diferentes procedimentos reconhecidos na literatura pela sua eficácia na intervenção neste domínio, nomeadamente o método multissensorial e o método das leituras repetidas. Cada sessão é dedicada ao treino das regras de correspondências grafema-fonema e fonema-grafema (RCGF/FG)...

Vidas letradas de adultos em processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências

Silva, Ana Cristina Alves; Arqueiro, Ana Sofia da Silva; Dionísio, Maria de Lourdes da Trindade
Fonte: Instituto Politécnico de Leiria. Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS) Publicador: Instituto Politécnico de Leiria. Escola Superior de Educação e Ciências Sociais (ESECS)
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em /06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
95.84%
Em Portugal é ainda dominante a ideia de que ser-se letrado é unicamente o domínio de capacidades técnicas para a (des)codificação de textos escritos. Quem não atinge um bom nível em testes de literacia é considerado, assim, iletrado. Esquece esta visão que, no quotidiano de cada indivíduo, mesmo entre quem não tem aquele domínio, são múltiplos os eventos de literacia, envolvendo o uso eficaz de textos variados com finalidades de leitura e de escrita também distintas. Abordando as práticas de leitura e escrita numa perspetiva social, este texto toma como objeto os modos de uso da linguagem escrita por 113 adultos envolvidos no processo de RVCC, em Centros de Novas Oportunidades do distrito de Braga, Portugal. Entre as principais conclusões dos dados obtidos por questionário, com que se visava genericamente compreender o lugar da literacia nas vidas destas pessoas, destaca-se a variedade de textos produzidos e usados pelos adultos no seu quotidiano, aos quais se ligam propósitos variados das diferentes esferas das suas vidas.; In Portugal it is still dominant the idea that to be literate means solely the mastery of technical skills for (de)coding written texts. Those who do not have good performances in literacy tests are then considered illiterate. This view ignores that in each individual daily life...

Transições para a literacia dominante : perspectivas de coordenadores de Centros de Educação e Formação de Adultos

Silva, Ana; Guimarães, Paula; Dionísio, Maria de Lourdes da Trindade
Fonte: UNOESC Publicador: UNOESC
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
85.94%
Este texto foi produzido no âmbito do Projeto A Vida em Mudança: A Literacia na Educação de Adultos (PTDC/CPE-CED/105258/2008), em desenvolvimento no Centro de Investigação em Educação (CIEd) da Universidade do Minho e no Centro de Investigação Sobre o Espaço e Organizações (CIEO) da Universidade do Algarve, com financiamento de fundos nacionais, por meio da FCT/MCTES (PIDDAC) e cofinanciamento do Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER) mediante o COMPETE – Programa Operacional Fatores de Competitividade (POFC).; O processo de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências (RVCC) é hoje considerado o maior movimento de requalificação da educação de adultos em Portugal. Tido como um importante dispositivo para a reconversão da sociedade e da economia portuguesas, pode dizer-se que o processo de RVCC, com lugar nos Centros de Novas Oportunidades (CNOs), tem a literacia2 como eixo essencial de ação, na medida em que, por um lado, o reconhecimento e validação de competências assentam maioritariamente em tarefas de leitura e escrita (histórias de vida, portefólios, etc.) e, por outro lado, as competências a reconhecer são, em última instância, relativas à compreensão e produção de textos (em Ciências...

Practices of reading and writing at work in teams in Project-Based Learning; Práticas de leitura e escrita no trabalho em equipas na Aprendizagem Baseada em Projetos

Theisen, Jossemar de Matos; Alves, Anabela Carvalho; Hattum-Janssen, Natascha van
Fonte: CiEd Publicador: CiEd
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em //2014 Português
Relevância na Pesquisa
125.97%
The aim of this paper is to reflect on the practices of reading and writing in teamwork of a PBL methodology with students of the Master Integrated in Industrial Engineering and Management (MIIEM) in the first semester of the 1st year in 2013/2014, at University of Minho, Portugal. Teamwork is one of the advantages of Project-Based Learning (PBL), as it requires a joint effort on the part of students, teachers and tutors. Also, teamwork is a competence to be learn by the students, especially when it comes to the context of future engineers; this aspect will be the common good in their professional performances, for the engineer working in teams. However, in the perception of students, they have some difficulties with the PBL approach which demands their organization in teams and that they manage a project, make decisions and find solutions. This is a complex process for students and for this reason one of the most common problems of the teams associated with the project management and time management. To better manage their time, students divide tasks within the group in accordance with the competencies of each and this also happens with the writing of reports, where the most pro-efficient and “knack" for writing will have this task. This division will thus cover up the problems of students with less talent to do this. This article discusses this issue using some preliminary data from a survey submitted to students.; O objetivo deste trabalho é refletir sobre as práticas de leitura e escrita no trabalho em equipe de uma metodologia Project-Based Learning (PBL) com alunos do Mestrado Integrado em Engenharia e Gestão Industrial (MIIEM) no primeiro semestre do 1 º ano em 2013 / 2014...

A relação com o escrito nos kits de identidade de adultos em processos de reconhecimento e certificação de competências

Dionísio, Maria de Lourdes da Trindade; Castro, Rui Vieira de; Silva, Ana Cristina Alves
Fonte: PUC Minas Publicador: PUC Minas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2013 Português
Relevância na Pesquisa
85.84%
Este texto foi produzido no âmbito do Projeto “A vida em mudança: a literacia na educação de adultos” (PTDC/CPECED/ 105258/2008); No âmbito de um projeto de pesquisa centrado nas biografias de relação com o escrito de adultos envolvidos, em Portugal, em processos de Reconhecimento, Validação e Certificação de Competências - RVCC -, neste texto apresentam-se os dados relativos à inquirição a 113 adultos do distrito de Braga, Portugal, os quais estavam a iniciar este processo de reconhecimento. Assume-se que as práticas de linguagem são indissociáveis dos contextos socioculturais em que as pessoas se movimentam, e que as práticas de leitura e escrita atravessam todos os diferentes domínios de vida, de modos mais ou menos vernáculos por oposição aos dominantes definidos por instituições como a escola. Entre as principais conclusões, destaca- -se nestes sujeitos, tidos como “iletrados”, a presença e variedade de atividades de interação com textos, por meio de textos e sobre textos. As características de tais atividades andam intimamente ligadas aos domínios de vida em que estes sujeitos participaram e participam. Neste sentido, a frequência e finalidade do RVCC contribuem para acrescentar aos kits de identidade destes cinco adultos...

Dificuldades e potencialidades nas competências pré-leitoras e hábitos de leitura familiar : um estudo exploratório com um grupo de crianças do ensino pré-escolar

Santos, Elvira Manuela Almeida
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em 10/10/2012 Português
Relevância na Pesquisa
96.14%
A família e a educação pré-escolar são um contexto privilegiado para a promoção de competências pré-leitoras e, que a literatura da especialidade aponta como preditores da aquisição inicial da leitura e da escrita na criança. O presente estudo procura, numa perspetiva descritiva exploratória, perceber como é que as competências pré-leitoras são influenciadas pelo meio escolar, nomeadamente pela educação pré-escolar e meio familiar da criança. Concretamente, foi nosso objetivo descrever a relação existente entre os hábitos de leitura da família e a aquisição de competências de literacia num grupo de 17 crianças que frequentavam o último ano do jardim de infância de uma IPSS do concelho da Póvoa de Varzim. Como instrumentos de recolha da informação usaram-se um questionário estruturado aos pais (adaptado de Viana, 2002) e o Teste de Identificação de Competências Linguísticas (T.I.C.L.; Viana, 2002; 2004). Os resultados indicam que a maioria das crianças frequentou o ensino pré-escolar durante 3 anos consecutivos e os pais dos nossos participantes, maioritariamente, possuíam o 2º ciclo do ensino básico. Relativamente aos hábitos de leitura familiar, uma percentagem expressiva das famílias possui uma média de 11 a 50 livros em casa...

O contributa da exploração de histórias para a aprendizagem da leitura e da escrita

Santos, Kátia Coelho
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em 17/04/2015 Português
Relevância na Pesquisa
86.08%
O desenvolvimento de competências de literacia emergente, bem como a leitura e exploração de histórias em contexto sala de aula são atividades que devem ser estimuladas com regularidade pelo educador. Uma vez que o conhecimento e o interesse pela literacia apenas se podem desenvolver através da experiência, as crianças devem ter acesso a livros, a quem lhos leia, e devem poder observar os outros a ler e escrever. Optou-se neste estudo por um design de investigação-ação, pois procurou-se investigar as consequências visíveis após a implementação de um projeto de leitura e exploração de histórias desenvolvido no âmbito de Estágio na Prática Supervisionada de Pré-Escolar e do 1.º Ciclo do Ensino Básico. Duas questões-problema orientaram esta investigação: "Será que a existência de um projeto de leitura e exploração de histórias possibilita desenvolver competências de literacia emergente (consciência fonológica, escrita inventada e motivação para a leitura)?" e "Será que proporcionar um contacto com livros, desde cedo às crianças, influencia o gosto que elas terão pela leitura e o seu conhecimento sobre histórias?". Com o intuito de responder às questões de investigação, recolhemos informações diversas junto dos pais dos alunos e da educadora e aplicámos testes aos alunos. Os resultados obtidos permitiram-nos refletir sobre a relevância da nossa intervenção e perceber que o projeto criou oportunidade às crianças de estarem envolvidas em práticas de literacia...

A alfabetização de crianças de 1° e 2° ano do Ensino Fundamental de 9 anos: uma contribuição para a definição de uma Matriz de Competências e Habilidades de leitura, escrita e matemática

Fontanive,Nilma; Klein,Ruben; Marino,Leandro; Abreu,Mariza; Bier,Sônia E.
Fonte: Fundação CESGRANRIO Publicador: Fundação CESGRANRIO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
95.98%
O Projeto Piloto de Alfabetização foi desenvolvido com alunos da rede pública do Rio Grande do Sul que ingressaram com seis anos, no ensino fundamental de nove anos, no ano de 2007 e que permaneceram no segundo ano, em 2008. Visando a avaliar as habilidades de leitura, escrita e matemática alcançados pelos alunos nesses dois anos foi conduzida uma pesquisa separando esses alunos em quatro grupos, sendo que três deles participaram das atividades de aprendizagem desenvolvidas por três Instituições convidadas e o outro grupo, de controle, que realizou atividades promovidas pelas próprias escolas. No ano de 2008 o projeto abrangeu também alunos novos que ingressaram no 1º ano do EF. Os resultados serão apresentados em escalas únicas de proficiências em Leitura, Escrita e Matemática obtidas pela Teoria de Resposta ao Item (TRI) que expressam os desempenhos dos alunos ao final do 1º e do 2º ano de escolaridade do ensino fundamental. Os principais resultados mostraram que houve um grande ganho de proficiências entre o 1º e o 2º ano nas duas disciplinas. A interpretação da escala de Leitura e Escrita evidencia que o domínio das habilidades de Escrita é alcançado pelos alunos nos níveis mais altos da escala enquanto que as habilidades de Leitura surgem antes. Em Matemática...

Escalas de avaliação da leitura e da escrita: evidências preliminares de confiabilidade

Kida,Adriana de Souza Batista; Chiari,Brasília Maria; Ávila,Clara Regina Brandão de
Fonte: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda. Publicador: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
86.02%
TEMA: confiabilidade de Instrumentos de avaliação da leitura e escrita. Objetivo: investigar a confiabilidade de duas escalas elaboradas para a avaliação da leitura e escrita de crianças de 08 a 11:11 anos. MÉTODO: foram elaboradas duas escalas: de leitura, composta por doze itens de testes organizados em quatro campos de competências (conhecimento de letras e relação fono-grafêmica, decodificação de itens isolados, fluência de leitura de textos, compreensão de leitura), e de escrita com cinco itens organizados em três campos (escrita de letras e relação grafo-fonêmica, codificação de itens isolados, construção escrita). Selecionaram-se 100 escolares (64 meninas) de rede pública com idade de 8 a 11:11 anos. Vinte (12 meninas) participaram do estudo de aplicabilidade, que resultou na versão de estudo das escalas, posteriormente aplicadas aos demais 80 escolares (52 meninas). As respostas obtidas foram analisadas e computadas para atribuição dos escores de itens, escores por campo de competência (ECC) e do escore bruto da escala (EBE). Os dados foram analisados estatisticamente, obtidos o coeficiente alpha de Cronbach e, complementarmente, as correlações entre os itens (coeficiente de correlação de Pearson). Adotou-se nível de significância de 0...

Leitura/compreensão, escrita e sucesso acadêmico: um estudo de diagnóstico em quatro universidades portuguesas

Cabral,Ana Paula; Tavares,José
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE) Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Escolar e Educacional (ABRAPEE)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2005 Português
Relevância na Pesquisa
86.07%
A investigação que nos propomos apresentar desenvolveu-se em torno do papel das competências de leitura, compreensão e escrita para o Sucesso Académico no Ensino Superior. Foi feita aplicação coletiva do Questionário sobre Leitura, Compreensão e Escrita no Ensino Superior a fim de apontar as estratégias mais utilizadas pelos estudantes procurando determinar níveis de competência, analisar o seu grau de dificuldades e de disponibilidade para receber formação especializada, detectar o grau de importância por estes atribuído a estas competências para o sucesso académico, determinar o índice de correlação entre estas competências e sucesso académico e comparar as suas expectativas com o nível de desenvolvimento atingido após a sua entrada no Ensino Superior. Os resultados obtidos demonstram que estas competências desempenham um papel importante nas tarefas de aprendizagem dos estudantes e tendem a estar associadas ao seu sucesso académico embora as expectativas dos estudantes relativamente ao desenvolvimento destas competências no Ensino Superior não sejam atingidas.

Terapia fonoaudiológica em grupo voltada à linguagem escrita: uma perspectiva dialógica

Signor,Rita
Fonte: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
85.91%
Apresento neste artigo um recorte de uma pesquisa na qual elaborei uma proposta terapêutica, ancorada na teoria de gêneros do discurso de Bakhtin (2003), com o objetivo de analisar a contribuição da referida teoria para a clínica fonoaudiológica. Para tanto, desenvolvi um estudo de caso com um grupo de cinco sujeitos com queixas de dificuldades de leitura e escrita. Os gêneros selecionados para o trabalho em terapia foram: romance, peça de teatro, sinopse e cartaz de divulgação. Por questões de espaço, apresento aqui parte da interação com os sujeitos do grupo em processo de escrita em apenas um dos gêneros abordados: o gênero peça de teatro. Os resultados sugerem que as práticas ancoradas em uma perspectiva enunciativo-discursiva foram efetivas, pois, por meio de contextos significativos de uso da língua, os sujeitos se aproximaram da escrita e da leitura e com isso desenvolveram competências necessárias à interação nessas práticas.

Escrever é reescrever: desenvolvendo competências em leitura e escrita no contexto da clínica fonoaudiológica

Signor,Rita
Fonte: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
85.88%
O objetivo deste trabalho é apresentar um recorte de uma pesquisa qualitativa, longitudinal e de cunho sócio-histórico. A finalidade da pesquisa foi o desenvolvimento de uma proposta terapêutica embasada na teoria de gêneros do discurso de Bakhtin. Para a efetivação da proposta, desenvolveu-se um estudo de caso de atendimento terapêutico grupal. O grupo foi composto por cinco adolescentes que apresentavam queixas de dificuldades de leitura e escrita. A proposta com os gêneros partiu da produção escrita de uma peça de teatro, baseada em um romance lido em terapia, da publicação da peça em site e de sua encenação. Apresenta-se neste artigo parte da interlocução com apenas um dos sujeitos do grupo, o sujeito D, em processo de (re)escrita de texto em um dos gêneros abordados: o gênero peça de teatro. Os dados foram analisados à luz do dialogismo bakhtiniano.

O gênero sinopse como proposta de ação fonoaudiológica voltada para o desenvolvimento de competências em leitura e escrita

Signor,Rita
Fonte: LAEL/PUC-SP (Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) Publicador: LAEL/PUC-SP (Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
105.99%
Neste trabalho apresentamos parte de uma pesquisa na qual objetivamos analisar a contribuição da teoria de gêneros do discurso de Bakhtin (2003) para a prática fonoaudiológica. Para tanto, elaboramos uma proposta terapêutica e a aplicamos em uma situação de atendimento em grupo. O grupo foi composto por cinco sujeitos (adolescentes) com queixas de dificuldades de leitura e escrita. Neste artigo são apresentados excertos da interlocução em um dos gêneros selecionados para o trabalho terapêutico: o gênero sinopse. Os dados foram analisados à luz do dialogismo bakhtiniano. Os resultados levam a crer que os sujeitos conseguiram produzir textos adequados ao gênero em questão. Sugerem, ainda, que as práticas ancoradas em uma perspectiva enunciativo-discursiva foram efetivas, pois, por meio de contextos significativos de uso da língua, os sujeitos se aproximaram da escrita e da leitura e, com isso, desenvolveram competências linguísticas e discursivas necessárias à interação nessas práticas.