Página 1 dos resultados de 7937 itens digitais encontrados em 0.012 segundos

Significado corporeado e significado como uso: uma investigação das relações entre a linguística cognitiva e a filosofia de Wittgenstein; Embodied meaning and meaning as use: an investigation on the relations between cognitive linguistics and Wittgenstein's phylosophy

Franco, Joana Bortolini
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.89%
Esta dissertação de mestrado apresenta os principais resultados de uma pesquisa que se dedicou a comparar e confrontar as concepções de linguagem e significado da linguística cognitiva com as formulações da segunda fase da filosofia de Ludwig Wittgenstein. A partir da leitura e interpretação de textos fundamentais da linguística cognitiva e de importantes publicações de Wittgenstein, e do cotejo das ideias extraídas daí, esta dissertação pretende salientar as semelhanças e colocar em evidência as diferenças dessas linhas de pensamento, para indicar caminhos promissores de diálogo. Além disso, esta dissertação pretende comunicar-se com um domínio mais amplo de pensamento, incluindo no debate outras correntes e disciplinas das ciências cognitivas, o que respeita a vocação interdisciplinar dessas concepções de linguagem e que orientou esta pesquisa. Embora as discussões desta dissertação se deem, principalmente, em torno da noção de significado e linguagem, elas dizem respeito a concepções de racionalidade e cognição que tocam em temas largamente presentes no pensamento ocidental. Por isso, elas são apresentadas, nos primeiros capítulos, em um contexto mais amplo de pensamento, posicionadas no mesmo lado de um debate entre amplos paradigmas de pensamento...

Um discurso da linguistica aplicada : entre o desejo da teoria e a contingencia da pratica

Ernesto Sergio Bertoldo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 06/12/2000 Português
Relevância na Pesquisa
36.93%
o objeto de estudo desta tese é o discurso da Lingüística Aplicada na formação de professores de língua estrangeira em três cursos de licenciatura localizados em duas universidades públicas e uma privada. A hipótese direcionadora do trabalho é a de que, com o intuito de se afirmar como campo de conhecimento independente, a Lingüística Aplicada toma para si a tarefa de articular teoria e prática, instituindo uma relação dicotômica nessa articulação que prioriza o primeiro termo em detrimento do segundo. Conceitos da Análise do Discurso de Linha Francesa e da Desconstrução orientaram a análise dos textos teóricos, discutidos na sala de aula, sobre a epistemologia da Lingüística Aplicada, assim como o discurso de professores e alunos. Mostramos, pela análise dos textos teóricos, a constituição da Lingüística Aplicada cuja preocupação básica é a proposição de soluções para problemas de uso de linguagem, numa tentativa de adesão à ciência moderna, constituindo, um paradigma investigativo-circular. Apontamos que a Lingüística Aplicada é constituída por discursos outros, principalmente o político, o educacional e o pedagógico. Identificamos as estratégias discursivas que legitimam o discurso da Lingüística Aplicada nas licenciaturas...

Convencionalidade : uma hipotese para a mudança linguistica; Conventionality : an hypothesis for linguistic change

Bruno de Abreu Dallari
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
No artigo La forme et le sens dans le langage, publicado em 1966, Benveniste coloca a necessidade de cindir a Lingüística em duas: uma incumbida das formas da linguagem, que corresponderia à lingüística da língua, já existente; outra, incumbida do sentido da linguagem, ainda por ser constituída. Benveniste considera a lingüística saussureana, tal como é apresentada no Curso de Lingüística Geral, insuficiente para cobrir os fenômenos de sentido da linguagem. Em sua revisão do pensamento saussureano, feita a partir do exame dos escritos originais de Ferdinand de Saussure, Simon Bouquet coloca que, ao contrário, as formulações saussureanas vocacionam a sua lingüística à investigação desses fenômenos a partir do estabelecimento de uma “gramática do sentido”, em continuidade ontológica e epistemológica com a lingüística da língua. A abordagem proposta por Bouquet abre caminho para uma reformulação do conceito de língua, de modo que ela deixe de ser caracterizada como uma entidade estática e passe a incorporar a mudança como parte de sua condição permanente. Nesta hipótese, a mudança lingüística passa a ser abordada como um evento motivado por uma propriedade da própria língua e não como um evento externo que perturbaria sua estabilidade fundamental. Essa propriedade é a convencionalidade...

A linguística entre os nomes da linguagem : uma reflexão na historia das ideias linguísticas no Brasil; The linguistics between the names of the language : a reflexion on the history of linguistics ideas in Brazil

Ana Claudia Fernandes Ferreira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/02/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.96%
Esta tese, inscrita na área da História das Idéias Lingüísticas no Brasil - HIL, elabora um estudo sobre os percursos de sentido do nome lingüística, ao lado de outros nomes da linguagem, no processo de constituição da Lingüística na Unicamp. Este estudo se faz através de uma reflexão sobre as condições históricas gerais e específicas do processo de institucionalização/significação destes nomes de saber nesse espaço universitário. No batimento entre teoria e análise, esta reflexão se faz pela construção de um arquivo de leitura (PÊCHEUX) de obras a que me filio na área HIL, através da mobilização de conceitos e dispositivos teóricos e analíticos da análise de discurso e de dispositivos analíticos da semântica da enunciação. Ao lado disso, a construção deste arquivo de leitura envolve, como material de análise, projetos e programas de curso, catálogos, ofícios sobre a constituição da lingüística na Unicamp, além de publicações diversificadas e materiais disponíveis na internet sobre a história da lingüística no Brasil e no exterior. Deste modo, no interior deste lugar de reflexão e análise, este trabalho objetiva apresentar algumas compreensões (ORLANDI) sobre as divisões, tensões e contradições produzidas em torno da palavra lingüística...

A linguística no curso de Letras-português

Borges, Maria Isabel
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.89%
Tese (doutorado) - Universidade federal de Santa Catarina, Centro de Comunicação e Expressão, Programa de Pós-Graduação em Linguística, Florianópolis, 2010; A partir da análise curricular do curso de Letras-português da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), das observações de algumas disciplinas direta ou indiretamente ligadas à linguística e das entrevistas feitas com graduandos que frequentaram as disciplinas observadas, foi possível construir o seguinte objeto investigado nesta tese: os processos de (re)construção dos conhecimentos sobre a linguagem e a língua (portuguesa). A primeira etapa da investigação se concentrou na análise do currículo de 1998 do curso de Letras: habilitação em licenciatura em língua portuguesa e literaturas de língua portuguesa e Letras: habilitação em bacharelado em língua portuguesa e literaturas de língua portuguesa. Feita a análise curricular, algumas disciplinas direta ou indiretamente associadas à linguística foram escolhidas para a execução da segunda fase da investigação: a observação acompanhada de registros feitos em forma de diários. As disciplinas foram observadas entre 2007 e 2008: LLV5601-Fonética e fonologia do português (1ª. fase), LLV5102-Semântica (4ª. fase)...

Language anxiety in English teachers during their teaching practice; Ansiedade linguística na prática pedagógica de professores de inglês

Daubney, Mark
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.89%
Este estudo explora a influência da ansiedade linguística em futuros professores de Inglês em situação de prática pedagógica. Setting the Scene descreve o aumento de interesse pela ansiedade linguística por parte dos investigadores no contexto da aprendizagem e do ensino, e a relevância desta questão para professores estagiários fazendo a transição de aluno para professor. O autor também considera a sua própria experiência de ansiedade – enquanto estudante e investigador – de modo a gerar um maior entendimento desta emoção complexa. O Capítulo 1 da Parte 1 descreve como o afecto na aprendizagem e na investigação da língua tem vindo a ser um factor preponderante no interesse mais alargado sobre as emoções em contextos educacionais. A recente influência da teoria social na aquisição de uma segunda língua e como esta pode ajudar a repensar a investigação das emoções é discutida antes do final do capítulo, onde se examina ainda como as emoções são expressas na comunicação e interacção. O Capítulo 2 concentra-se na ansiedade na aprendizagem da língua e em como o peso da noção em contexto social alargado tem provavelmente influenciado uma abordagem dominantemente de cariz positivista na investigação sobre a ansiedade linguística. Controvérsias e variáveis da personalidade relacionadas com a ansiedade linguística são discutidas...

A cultura linguística dos alunos do 9º ano do Concelho de Aveiro

Senos, Susana Márcia Graça
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
36.89%
Assumimos, numa perspectiva de Didáctica do Plurilinguismo, que o desenvolvimento da Cultura Linguística, nas suas três dimensões (cognitiva, imagética/representacional e das práticas), pode contribuir para cidadãos mais predispostos a contactos interculturais, promovendo a capacidade de diálogo, essencial num mundo onde os contactos com o Outro assumem um papel cada vez mais crucial, num espaço e tempo marcados pela mobilidade e pelo encontro. Assim, considerámos importante conhecer a Cultura Linguística dos alunos do 9.º ano do Concelho de Aveiro, comparando os nossos resultados com aqueles obtidos há 10 anos, no estudo de Simões (2006). Para tal, seguimos uma metodologia de investigação de tipo quantitativo, enquadrando-se o nosso estudo numa tipologia de Sondagem/Survey, tendo como universo todos os alunos do 9.º ano de escolaridade das escolas do Concelho de Aveiro, no ano lectivo de 2010/2011. Foi aplicado um inquérito por questionário a todos os alunos do 9.º ano do Concelho de Aveiro, totalizando 651 respondentes, sendo depois os dados analisados estatisticamente, através do programa de análise estatística SPSS, e as questões abertas sujeitas a análise de conteúdo. A análise dos dados recolhidos permitiu-nos concluir que a Cultura Linguística dos alunos não é hoje muito diferente da de há 10 anos atrás. Verifica-se que estes possuem poucos conhecimentos declarativos acerca do Mundo das Línguas...

Cultura linguística e sensibilização à diversidade linguística: 1º CEB

Sousa, Inês Adão
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
36.89%
O presente Relatório de Estágio foi desenvolvido no âmbito das Unidades Curriculares Prática Pedagógica Supervisionada A e Seminário de Investigação Educacional A, do Mestrado em Educação Pré-Escolar e Ensino no 1.º Ciclo de Ensino Básico e teve como objetivo principal perceber a importância que um trabalho didático para a valorização da diversidade linguística, nomeadamente europeia, tem nos primeiros anos de escolaridade. De maneira a dar resposta aos objetivos e questões de investigação, desenvolvemos um projeto de intervenção didática, com a duração de seis sessões, implementado numa turma do 3º ano de escolaridade, de uma escola da região de Aveiro, onde desenvolvemos a nossa Prática Pedagógica Supervisionada do último semestre do curso. Através das atividades em torno da sensibilização à diversidade linguística, abordámos conteúdos ao nível da Cultura linguística, nomeadamente das línguas da Europa (origem, famílias, expansão …). O projeto que desenvolvemos tem características de investigação-ação sendo que os métodos e instrumentos de recolha de dados que utilizámos foram a observação participante, o registo de videogravação, as fichas de atividades dos alunos e o questionário inicial e o final. Os resultados que obtivemos permitem-nos concluir que é possível desenvolver atividades com e acerca das línguas europeias...

Biografia linguística: união de culturas no 1º Ciclo do Ensino Básico

Silva, Joana Sousa
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
O presente estudo resulta de um projeto de Seminário de Investigação Educacional com a temática Português Língua Não Materna e Variação Linguística e foi implementado numa Escola do 1.º Ciclo do Ensino Básico da região Centro de Portugal. Como público-alvo deste estudo foram selecionados: uma turma do 3.º ano constituída por oito alunos de português língua materna e três alunos de outras turmas, provenientes de diferentes culturas e cujo português é língua não materna, mais explicitamente, um aluno venezuelano do 2.º ano, uma aluna moldava e um aluno de etnia cigana, ambos do 4.º ano. O que perfaz um total de onze alunos, todos eles a frequentar o mesmo estabelecimento de ensino, no ano letivo 2011-2012. Perante uma sociedade diversificada, como consequência da globalização, é necessário preparar os alunos desde os primeiros anos de escolaridade, para que se formem cidadãos competentes e capazes de responder aos desafios de uma sociedade em constante mutação que se conjetura cada vez mais multicultural e multilingue. Neste estudo tentamos, assim, compreender de que forma a estratégia didática da biografia linguística pode representar uma mais-valia na integração de alunos de português língua não materna e na sensibilização dos alunos nativos para a diversidade linguística e cultural. Com uma base bibliográfica de sustentação...

A intercompreensão na promoção da cultura linguística no pré-escolar

Neves, Sara Dias
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
36.96%
Numa sociedade cada vez mais marcada pela diversidade linguística e cultural, torna-se essencial, através de uma educação para a paz, fomentar condutas de paz e respeito pela diversidade, nomeadamente de culturas e de modos de comunicação (UNESCO, 1946). Assim, e começando desde a educação pré-escolar, os contextos educativos assumem um papel crucial, quer na aceitação de crianças de línguas e culturas diferentes, quer na preparação das crianças em geral para a vivência da diversidade cultural e linguística no contexto de uma educação plurilingue que se assume como um direito desde a infância (Beacco & Byram, 2007; Cavalli et al., 2009). Nesta lógica, a intercompreensão apresentase como uma das abordagens que podem ser levadas a cabo na construção de projetos que visem a promoção do contacto com a diversidade linguística e cultural no contexto da educação plurilingue, abrangendo uma capacidade de estabelecer pontes entre línguas e culturas (Candelier, 2005). Ainda no contexto da educação plurilingue, acredita-se que quanto maior for a Cultura linguística dos sujeitos, maior será a sua predisposição para estar com o Outro, sendo importante alargar o conhecimento destes sobre o mundo das línguas (Simões...

Diversidade linguística no ensino da flexão nominal em género no 1º CEB

Pereira, Sandra Cristina da Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
36.89%
O presente estudo encontra-se relacionado com a temática da sensibilização à diversidade linguística e cultural e o ensino da gramática no 1ºCEB e teve como principal objetivo compreender de que forma a abordagem sensibilização à diversidade linguística e cultural pode contribuir para o ensino-aprendizagem da gramática, mais propriamente da flexão nominal em género. De forma a dar resposta ao objetivo definido para o nosso estudo, delineámos e implementámos um projeto de intervenção didática constituído por sete sessões de trabalho. No decorrer das sessões abordámos conteúdos do conhecimento explícito da língua, relativos ao plano morfológico (flexão nominal, género - masculino e feminino) e às classes de palavras (nomes, próprio e comum, e adjetivo). Para a abordagem dos conteúdos programáticos mencionados realizámos atividades de sensibilização à diversidade linguística e cultural, através da apresentação e exploração de uma história, com a qual pretendíamos promover atitudes positivas de abertura à diferença linguística, cultural e étnica, e fazer contactar com unidades linguísticas em diferentes línguas. Neste estudo adotámos uma metodologia de tipo investigação-ação. No projeto participaram os alunos de uma turma do 1º ano de escolaridade...

Tendências Atuais na Investigação em Linguística Aplicada

Guerra, Luis
Tipo: lecture
Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
O objetivo desta apresentação é fornecer uma visão geral sobre o conceito e aplicação da Linguística Aplicada ou seja, traçar um quadro da LA enquanto área científica. Para isso, duas perguntas devem ser respondidas: (1) O que é a Linguística Aplicada? e (2) Qual é a diferença entre Linguística e Linguística Aplicada? De acordo com a Associação Internacional de Linguística Aplicada (AILA), a sua principal organização profissional, LA é “uma área interdisciplinar de investigação e prática que aborda problemas práticos em relação à língua e à comunicação.” Ainda com o propósito de definirmos a LA e para respondermos a segunda pergunta (Qual é a diferença entre Linguística e Linguística Aplicada?), podemos dizer que a LA não é um ramo da Linguística, ou de qualquer outra disciplina académica; é uma área académica de mérito próprio, com o seu próprio conjunto de preocupações, seus próprios periódicos académicos, associações profissionais, qualificações académicas e percursos profissionais.

I cut my hair e I did my nails: evidência de transferência linguística na interlíngua de falantes brasileiros aprendizes de inglês como segunda língua?

Vilelai,Ana Carolina; Oliveira,Fernando Luiz Pereira de
Fonte: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada Publicador: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2010 Português
Relevância na Pesquisa
46.73%
Este artigo avalia se a produção interlinguística de sujeitos brasileiros, aprendizes/falantes de inglês-L2, em contextos em que se espera o emprego da construção causativa-passiva do inglês (John had his hair cut), recebe influência de língua materna (transferência linguística). Relatam-se os resultados de um pequeno estudo conduzido com trinta e oito informantes brasileiros, de três níveis de proficiência na língua inglesa. O estudo aplicou a metodologia proposta em Jarvis (2000) para a análise do tema. Os resultados apontam para a complexidade do fenômeno da transferência linguística e para a importância de se submeterem os dados coletados a tratamento estatístico.

Política linguística do Estado brasileiro para a divulgação do português em países de língua oficial espanhola

Diniz,Leandro Rodrigo Alves
Fonte: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada Publicador: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.73%
Este artigo objetiva traçar um panorama da política linguística exterior do Estado brasileiro em países de língua oficial espanhola. Após analisarmos o funcionamento institucional da Divisão de Promoção da Língua Portuguesa (DPLP), subordinada ao Ministério das Relações Exteriores, reunimos alguns dados relativos à história e distribuição dos Centros Culturais Brasileiros, Institutos Culturais Bilaterais e leitorados brasileiros no chamado "mundo hispânico". Mostramos, então, que, na esteira de recentes mudanças na política externa brasileira, têm se fortalecido as iniciativas para a promoção do português na América Latina. Ademais, argumentamos que, enquanto instrumento de política linguística, o Certificado de Proficiência em Língua Portuguesa para Estrangeiros (Celpe-Bras) tem particular potencial nessa região. Concluímos nosso texto destacando alguns pontos essenciais para o planejamento da política para a divulgação internacional do português.

A noção de verdade e a pesquisa em linguística aplicada: Bakhtin como um possível interlocutor

Oliveira,Maria Bernadete Fernandes de
Fonte: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada Publicador: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.65%
Este artigo discute a noção de verdade subjacente à produção do conhecimento no campo das Ciências Humanas, traçando um paralelo entre o posicionamento assumido por Mikhail Bakhtin em seus escritos e aquele de outros pensadores, mais particularmente aqueles inseridos nas áreas da Metodologia da Pesquisa Qualitativa e dos Estudos Culturais, priorizando as dimensões axiológica e epistemológica da pesquisa, com vistas a contribuir para a investigação das práticas discursivas nas várias esferas das atividades humanas no campo da Linguística Aplicada.

A pesquisa em política linguística: histórico, desenvolvimento e pressupostos epistemológicos

Silva,Elias Ribeiro da
Fonte: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada Publicador: UNICAMP. Departamento de Linguística Aplicada
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
46.65%
O objetivo deste artigo é propiciar aos interessados em questões de política linguística uma breve introdução a essa área de pesquisa que, até recentemente, era pouco difundida no Brasil. Entretanto, não se trata de uma introdução convencional. O que se pretende, na verdade, é reconstruir a "história epistemológica" da área desde as primeiras pesquisas na década de 1960 até as publicações mais recentes. Ao contar essa histórica, objetiva-se contribuir para a consolidação desse importante campo de pesquisa no contexto brasileiro..

Educação linguística e formação de professores de inglês

Oss,Débora Balsemão
Fonte: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.89%
Este artigo parte da necessidade de compreender mais aprofundadamente os aspectos relacionados à educação linguística, suas origens e suas aplicações na formação de professores de inglês. Ao partir da premissa de que o tema é pouco explorado nos programas de ensino que visam à preparação para a carreira docente, propôs-se o presente estudo, que contou com a colaboração de 28 professores licenciados em Letras, com experiência ou com formação no ensino de língua inglesa, ou que atuam como docentes de línguas ou que tenham pós-graduação na área do ensino de línguas (mestres ou doutores). Os objetivos específicos do estudo - (i) detectar se o conceito de Linguística Educacional fez parte da formação dos professores para, então, (ii) propor uma reflexão acerca das práticas formativas relacionadas à educação linguística dos futuros docentes de línguas, particularmente de professores de inglês - foram alcançados a partir da análise dos resultados dos dados e da revisão bibliográfica que refere à Linguística Educacional, subárea da Linguística Aplicada que dá conta das questões relacionadas à educação linguística.

Educação linguística e formação de professores de inglês

Oss,Débora Balsemão
Fonte: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2013 Português
Relevância na Pesquisa
36.89%
Este artigo parte da necessidade de compreender mais aprofundadamente os aspectos relacionados à educação linguística, suas origens e suas aplicações na formação de professores de inglês. Ao partir da premissa de que o tema é pouco explorado nos programas de ensino que visam à preparação para a carreira docente, propôs-se o presente estudo, que contou com a colaboração de 28 professores licenciados em Letras, com experiência ou com formação no ensino de língua inglesa, ou que atuam como docentes de línguas ou que tenham pós-graduação na área do ensino de línguas (mestres ou doutores). Os objetivos específicos do estudo - (i) detectar se o conceito de Linguística Educacional fez parte da formação dos professores para, então, (ii) propor uma reflexão acerca das práticas formativas relacionadas à educação linguística dos futuros docentes de línguas, particularmente de professores de inglês - foram alcançados a partir da análise dos resultados dos dados e da revisão bibliográfica que refere à Linguística Educacional, subárea da Linguística Aplicada que dá conta das questões relacionadas à educação linguística.

O Círculo de Bakhtin e a Linguística Aplicada

Molon,Newton Duarte; Vianna,Rodolfo
Fonte: LAEL/PUC-SP (Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) Publicador: LAEL/PUC-SP (Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.65%
O presente artigo busca apresentar relações entre as formulações do Círculo de Bakhtin e os debates contemporâneos que ocorrem no âmbito da chamada Linguística Aplicada (LA). Para tanto, se fará um breve panorama histórico da LA, serão apresentadas concepções basilares do pensamento do Círculo de Bakhtin e serão construídos possíveis diálogos entre as formulações dos pensadores russos com as questões centrais do debate contemporâneo em LA.

Concepções de linguagem e ensino de língua portuguesa: um olhar sobre o trabalho com a análise linguística

Duarte, Álvaro Vinicius de Moraes Barbosa; Barbosa, Maria Lúcia Ferreira de Figueirêdo (Orientadora)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: dissertacao
Português
Relevância na Pesquisa
36.97%
A presente pesquisa teve como objetivo analisar as relações que se estabelecem entre as concepções de linguagem do professor de Língua Portuguesa e sua prática de ensino de análise linguística. Para atingirmos tal objetivo, buscamos analisar as concepções de linguagem e a prática de ensino de análise linguística presentes nos materiais didáticos utilizados durante o período de observação e dos documentos oficiais (Parâmetros para a Educação básica do estado de Pernambuco e diário de classe do professor) que prescrevem/orientam a prática de ensino do professor da Rede Estadual de Ensino; analisar as concepções de língua, gramática e ensino de língua do professor e o que ele conseguiu efetivar em relação à prática de análise linguística; e entender como o professor articula em seu fazer pedagógico, os “conhecimentos teóricos” e os conhecimentos dos “saberes em ação”, em relação á prática de análise linguística. Para a realização do presente trabalho, desenvolvemos uma pesquisa qualitativa, utilizando a metodologia do paradigma indiciário e três instrumentos de coleta de dados: análise documental, entrevista e observação. A fim de entenderemos as relações que se estabelecem entre concepções de linguagem e prática de análise linguística...