Página 1 dos resultados de 3 itens digitais encontrados em 0.035 segundos

Da educação infantil ao ensino fundamental: com a palavra a criança: um estudo sobre a perspectiva infantil no início do percurso escolar.; From kindergarten to elementary school: the child talk: a study of the initial moment in school from the children's point of view.

Teixeira, Teresa Cristina Fernandes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
16.26%
Tendo em vista que as relações estabelecidas pela criança com a escola, com seus colegas e professores e com a aprendizagem são fatores constituintes do sucesso escolar, considero que a passagem da Educação Infantil (EF) para o Ensino Fundamental (EF) seja um momento especialmente importante no estabelecimento dessas relações, podendo ter forte impacto na forma como as crianças lidam com a escola. Calcado nesses pressupostos, o objetivo deste trabalho foi o de ouvir as crianças, procurando identificar e mapear sentidos que podem ter para elas suas formas de interagir com a escola nesse momento de transição. A interação da criança na escola (com a cultura escolar, com os atores sociais desse contexto e com a língua escrita enquanto objeto de conhecimento) foi o objeto desta pesquisa, numa perspectiva histórico-cultural (Vygotsky) e enunciativo-discursiva (Bakhtin). A pesquisa foi realizada em duas escolas públicas de São Paulo, acompanhando 20 crianças em dois momentos: na Fase I em classes do último estágio da EI e, na Fase II, em classes da 1ª série do EF. Foi adotada uma abordagem de caráter etnográfico, articulada ao enfoque microgenético apoiado na concepção enunciativo-discursiva da linguagem. Os depoimentos foram obtidos através de entrevistas individuais e grupos focais. Como forma de favorecer a interlocução e ampliar a possibilidade expressiva...

Caixa de brinquedos e brincadeiras: uma aliada na construção de atitude lúdica para a ressignificação da prática pedagógica do movimento na educação infantil; Toy and game box:: an ally in the construction of ludic attitude for the redefinition of movement pedagogical practice in child education

Leite, Ana Maria
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
67.4%
Este trabalho partiu da premissa de que cursos de formação de professores devem incorporar uma dimensão lúdica possível de ser traduzida em sinais de atitude lúdica, observáveis na prática pedagógica. Por atitude lúdica foi concebido um comportamento manifesto por sinais que denotam inteireza, presença, flexibilidade, improviso, ou seja, expressões de subjetividade, compatíveis com atitudes possíveis de serem encontradas em quem joga. As referências teóricas utilizadas neste estudo foram Johan Huizinga, João Batista Freire, Lino de Macedo, Clarice Cohn, Adriana Friedmann e André Trindade. A dissertação apresenta uma pesquisa-ação realizada em um Centro de Educação Infantil do município de São Paulo, envolvendo três professoras de Mini-Grupos, atuando com crianças na faixa de, aproximadamente, três anos. Esta pesquisa foi parte constituinte de um processo de formação da área de movimento, em que se procurou refletir sobre a trindade infância, brincar e movimento e promover ações com o uso da caixa de brinquedos e brincadeiras, encarada como material de fomento à fantasia e objeto simbólico de reflexão. Seus objetivos foram investigar as relações entre o uso da caixa de brinquedos e brincadeiras e uma possível transformação da prática pedagógica e identificar...

Paralisia cerebral : atividades ludicas e processos desenvolvimentais em ambiente hospitalar; Cerebral palsy : ludic activities and developmental processes in hospital context

Celina Aguiar Gomes
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
26.55%
O potencial desenvolvimental de um ambiente ? na perspectiva ecológica de Urie Bronfenbrenner (2002) ? aumenta na medida em que o meio físico e social encontrado permite e motiva o indivíduo a engajar-se em atividades, padrões de interação recíproca e relacionamentos diádicos progressivamente mais complexos com as outras pessoas daquele ambiente?. A lesão encefálica na paralisia cerebral (PC) - expressa em padrões anormais da postura e do movimento - pode gerar dificuldades relacionais que, por sua vez, podem ter efeitos mais comprometedores que o limite orgânico em si. A partir dessas reflexões, nasceu o ?Espaço Jardim Oficina? ? nosso ambiente de atividades ? situado na ?sala de espera? da Fisioterapia Neurológica Infantil do Hospital das Clínicas da UNICAMP. O objetivo do estudo foi verificar a influência potencial de atividades lúdicas, realizadas no contexto hospitalar, sobre os processos desenvolvimentais de crianças com PC, a partir da análise dos elementos do microssistema (atividades, papéis e relações interpessoais) de Urie Bronfenbrenner. Partindo de uma abordagem qualitativa, caracterizamos a pesquisa como um estudo de caso interpretativo. Quatro crianças com PC e suas mães foram selecionadas como sujeitos de pesquisa. O critério de escolha foi: diagnóstico de PC...