Página 1 dos resultados de 711 itens digitais encontrados em 0.072 segundos

Resistência à quimioterapia neo-adjuvante no carcinoma da mama: valor preditivo da Pgp e da mamocintigrafia com Sestamibi-Tc 99m

Frutuoso, Cristina Margarida Ferreira
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
76.25%
A quimioterapia neoadjuvante (QTNA) permite a avaliação in vivo da quimiossensibilidade das células tumorais. A glicoproteína P (Pgp) promove o efluxo do citostático da célula tumoral impedindo a acumulação intracelular. A expressão da Pgp antes da QT com substratos da Pgp parece relacionar-se com a taxa de resposta ao tratamento. O Sestamibi-Tc99m é eliminado da célula pela via Pgp e a sua excreção está aumentada nos cancros com aumento de expressão dos genes multidrug resistance (MDR), que codificam a Pgp. No carcinoma da mama foi sugerida a existência de correlação positiva entre a expressão da ciclooxigenase 2 (COX-2) e o MDR1. O celecoxib, inibidor da COX-2, já foi utilizado com sucesso em associação com citostáticos no tratamento do cancro da mama. O objectivo primário deste trabalho foi o de avaliar o valor preditivo de resposta à quimioterapia da expressão da Pgp no fragmento de biópsia e da mamocintigrafia feita com Sestamibi-Tc99m, ambas realizadas antes do início da QT. Os objectivos secundários foram os de correlacionar a expressão da Pgp com a da COX-2 e avaliar o valor preditivo de resposta à quimioterapia de outros marcadores, como as proteínas p53, Bcl 2 e Ki67. Foi feito um estudo prospectivo...

Cirurgia axilar conservadora "versus" esvaziamento axilar no cancro invasivo inicial e in situ da mama: artigo de revisão

Borges, Gustavo Tato Aguiar Pelicano
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
76.23%
Introdução: A cirurgia axilar é actualmente um importante factor de prognóstico para doentes com cancro da mama. Actualmente existem dois métodos para estadiamento da axila. O esvaziamento axilar, ao qual estão associadas grandes morbilidades, e a biopsia do gânglio sentinela, ao qual não devem estar associadas grandes morbilidades, visto a cirurgia ser menos invasiva. O objectivo do estudo foi comparar as morbilidades associadas à biopsia do gânglio sentinela e ao esvaziamento axilar nas doentes operadas por cancro da mama inicial, no Serviço de Ginecologia, entre os anos de 2001 e 2007. Métodos: O estudo comparou as morbilidades relacionadas com os dois métodos e a sua implicação na vida diária das doentes. Foram estudadas 160 doentes submetidas a biopsia do gânglio sentinela, agrupadas no grupo teste, e 159 submetidas a esvaziamento axilar, agrupadas no grupo controlo, por cancro da mama. Foram estudados os parâmetros dores, edema, parestesias e limitação dos movimentos do membro superior, baseados num questionário efectuado por telefone. Resultados: As doentes submetidas a biopsia do gânglio sentinela apresentaram menos queixas do que as submetidas a esvaziamento axilar. 46% das doentes do grupo teste apresentaram dores...

Os rastreios do cancro da mama, do cancro do colo do útero e do cancro do cólon do recto

Belo, João Carlos Lopes
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
76.29%
Com este trabalho pretendeu-se fazer uma revisão bibliográfica acerca dos rastreios do cancro da mama, do colo do útero e por final do cólon e recto. Nos dias de hoje, o cancro continua a ter um papel significativo no número de mortes entre os portugueses. Mas está cientificamente provado que os rastreios são uma forma eficaz de reduzir a morbilidade e a mortalidade deste problema que mata tantos portugueses, em todas as faixas etárias. Esta dissertação encontra-se dividida em três capítulos, onde serão abordados os seguintes pontos: epidemiologia do cancro, detecção precoce do cancro pelo rastreio, aspectos clínicos com estadiamento e tratamento. Estes mesmos capítulos são precedidos de uma introdução e finalizados com uma breve conclusão, onde se procurou valorizar o importante papel dos Médicos de Família, no sucesso dos rastreios.

Biópsia com agulha grossa guiada por ultrassonografia para o diagnóstico dos tumores fibroepiteliais da mama; Ultrasound-guided core needle biopsy for the diagnosis of fibroepithelial breast tumors

RICCI, Marcos Desidério; AMARAL, Paulo Gustavo Tenório do; AOKI, Denis Seiiti; OLIVEIRA FILHO, Hélio Rubens de; PINHEIRO, Walter da Silva; FILASSI, José Roberto; BARACAT, Edmund Chada
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
76.26%
OBJETIVO: avaliar a taxa de concordância da biópsia percutânea com agulha grossa guiada por ultrassom seguida pela biópsia excisional em nódulos de mama palpáveis, sugestivos de tumores fibroepiteliais. MÉTODO: estudo retrospectivo que selecionou 70 biópsias com diagnóstico histológico de tumor fibroepitelial em 67 dentre 531 pacientes com lesões mamárias submetidas à biópsia percutânea com agulha grossa guiada por ultrassonografia, com transdutor linear de alta frequência (7.5 MHz), utilizando pistola automática Bard-Magnum e agulha 14 gauge. Foram incluídos os casos com diagnóstico de tumor fibroepitelial na biópsia percutânea ou biópsia excisional. Biópsias com diagnóstico histopatológico de fibroesclerose também foram incluídas no estudo. A força da concordância entre o resultado da biópsia percutânea e da biópsia excisional foi medida pelo coeficiente de Kappa. RESULTADOS: a biópsia excisional revelou 40 casos de fibroadenoma (57,1%), 19 de tumor filoide (27,2%) e 11 de fibroesclerose (15,7%). A taxa de concordância para o fibroadenoma foi substancial (k = 0,68; IC95% = 0,45 - 0,91), quase perfeita para o tumor filoide (k = 0,81; IC95% = 0,57 - 1,0) e moderada para a fibroesclerose (k = 0,58; IC95% = 0...

Avaliação dos fatores de crescimento insulinóides IGF-1 e IGFBP-3 em mulheres com alto risco para câncer de mama; Evaluation of the insulin-growth factors IGF-1 and IGFBP-3 in highrisk breast cancer women

Cunha, Angela Francisca Trinconi da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
76.41%
INTRODUÇÃO: A crescente incidência de câncer de mama, que cada vez mais acomete mulheres jovens, tem despertado muito interesse no diagnóstico precoce e na busca do tratamento mais eficaz e minimamente agressivo. Da mesma forma, vem aumentando a parcela da população com alto risco para câncer de mama, para a qual as atenções têm se voltado no sentido de se encontrar um caminho que permita prevenir o surgimento da neoplasia. Inspirados por Peyrat, que primeiro associou o câncer de mama com a presença de fator de crescimento insulina like tipo 1 (IGF-1), vários autores se lançaram nesta procura e, apesar de controversa, a literatura internacional tende a mostrar uma relação direta entre IGF-1 e câncer de mama na pré-menopausa. A proteína carreadora de IGF do tipo 3, ou IGFBP-3, também foi adicionada ao rol de sustâncias com possibilidade de promover câncer, porém, não tem demonstrado clara regularidade em seu mecanismo de ação. Tendo como alvo a população com alto risco para câncer de mama, quer histopatológico, quer familiar, e direcionada pelos cálculos matemáticos de Gail e Tyrer-Cuzick, essa tese objetivou avaliar a relação entre IGF-1 e IGFBP-3 em mulheres brasileiras atendidas pelo Setor de Mastologia da Disciplina de Ginecologia do Departamento de Obstetrícia e Ginecologia da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo. MÉTODOS: estudo transversal em que foram comparados os níveis séricos de IGF-1 e IGFBP-3...

Avaliação das características vasculares dos nódulos sólidos de mama com ultrassonografia Doppler pré e pós-injeção de contraste por microbolhas; Evaluation of vascular characteristics of breast masses with Doppler ultrasound before and after microbubble contrast injection

Stanzani, Daniela
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2010 Português
Relevância na Pesquisa
76.22%
INTRODUÇÃO: O duplex-Doppler e a ultrassonografia com contraste são métodos pouco estudados em lesões mamárias. No entanto, em outros órgãos, têm se mostrado úteis na distinção entre lesões benignas e malignas. O objetivo deste trabalho é caracterizar os achados ao Doppler colorido pré e pós-contraste nos nódulos sólidos de mama, correlacionando-os com os resultados anatomopatológicos. MATERIAL E MÉTODOS: Setenta nódulos sólidos da mama foram avaliados por meio de ultrassonografia convencional e duplex-Doppler colorido antes e após a injeção do meio de contraste (ultrassonografia contrastada), no período compreendido entre março de 2007 e janeiro de 2008, e seus resultados foram comparados à análise histológica (padrão-ouro). Todas as pacientes assinaram o Termo de Consentimento Livre e Esclarecido, aprovado pelo Comitê de Ética da FMUSP. O estudo ultrassonográfico modo B avaliou a morfologia do nódulo e o classificou conforme o léxico BI-RADS. Ao duplex-Doppler colorido observou-se a vascularização nodular, descrevendo-se o número de vasos presentes (0 = avascularizado; 1 ou 2 = hipovascularizado, 3 = hipervascularizado), sua morfologia (regular ou tortuoso) e sua distribuição (periférica ou central). Os índices de resistividade e a presença de vaso penetrante também foram avaliados. A partir de dados da literatura criou-se um critério de classificação que permitiu estratificá-los entre provavelmente benigno (nódulos avasculares ou hipovasculares...

Câncer de mama e exposição ocupacional e ambiental a solventes; Breast cancer and occupational and environmental exposure to solvents

Matsmoto, Renata
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
76.34%
Introdução: O câncer de mama é o segundo câncer mais incidente no mundo e o mais freqüente entre as mulheres, entretanto, sua etiologia continua desconhecida. O câncer de mama está associado a múltiplos fatores de risco, dentre eles, os fatores ocupacionais e ambientais. Objetivo: Fazer revisão bibliográfica sobre câncer de mama e exposição ocupacional e ambiental a solventes. Método: Artigos em inglês, português e espanhol foram selecionados no Pubmed e no Latin American and Caribbean Center on Health Sciences Information LILACS entre dezembro de 1981 a março de 2011. Os termos utilizados foram: breast cancer, breast neoplasm, solvent, occupational exposure and environment exposure. Foram excluídos os artigos sobre fatores genéticos, marcadores biológicos, polimorfismos, campos eletromagnéticos e nutrição. Baseado na revisão bibliográfica foi construído questionário sobre o tema e realizado teste com 29 casos e 29 controles, em um hospital da cidade de Santo André SP. Resultados: Não foram identificados artigos no Lilacs. No Pubmed foram encontrados 39 artigos. Após as exclusões 33 estudos foram selecionados: 11 casos-controle, 12 revisões, 09 coorte e 01 transversal. Em 21 artigos os autores identificaram alguma evidência de associação para os compostos alquilfenólicos...

Influência do microambiente no prognóstico do câncer da mama; Influence of the microenvironment on breast cancer prognosis

Makdissi, Fabiana Baroni Alves
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
76.37%
Introdução: Os cânceres de mama subtipos Luminal A e B (HER2 negativo) podem apresentar prognóstico variável, a depender do índice de proliferação, avaliado pelo Ki67. As células malignas e as células estromais adjacentes (fibroblastos e células de resposta imune ) podem interagir tanto pelo contato célula a célula como por fatores secretados por elas, ambas influenciando no comportamento tumoral. Já foi demonstrado que as células estromais podem aumentar a proliferação das células do câncer da mama. Objetivo: Nosso objetivo foi avaliar o perfil de expressão gênica de células do estroma em câncer de mama luminal A e luminal B e analisar se este se correlaciona com o prognóstico da doença. Pacientes e Métodos/ Resultados: Amostras de tumores de 11 pacientes na pós menopausa foram analisadas, todas elas HER2 negativas. A expressão de Ki67 foi = 30 % em outras 6 amostras(Luminal B ). Células estromais foram microdissecadas para a extração de RNA, que posteriormente foi hibridizado na plataforma de microarray Agilent G485 -1A GE 8x60K. Após a normalização, 50 % dos genes com a maior variância foram selecionados para análise por SAM duas classes desemparelhado (software TMEV ) e aceitando FDR 14.1%, 35 sequências foram identificadas como diferencialmente expressas...

Avaliação da postura, qualidade de vida, imagem corporal e autoestima em mulheres com mastectomia sem reconstrução e com a reconstrução imediata da mama; Assessment of body posture, quality of life, body image, and self-esteem in women with mastectomy without reconstruction and immediate breast reconstruction

Peres, Ana Carolina Atanes Mendes
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/05/2014 Português
Relevância na Pesquisa
86.29%
INTRODUÇÃO: A mastectomia é um procedimento que pode gerar diversas repercussões tanto físicas quanto emocionais. Atualmente há uma tendência para que a reconstrução da mama seja realizada o quanto antes com o objetivo de amenizar o impacto psicológico da doença. Na literatura são escassos os estudos sobre os efeitos da mastectomia e da reconstrução mamária na postura. Ainda na literatura é possível observar que não há um consenso sobre a qualidade de vida, imagem corporal e autoestima em mulheres submetidas à mastectomia com e sem reconstrução da mama. OBJETIVO: Avaliar a postura, qualidade de vida, imagem corporal e autoestima em mulheres com mastectomia sem reconstrução e com reconstrução imediata da mama. METODOLOGIA: Participaram do estudo 76 mulheres com idade entre 35 e 70 anos diagnosticadas com câncer de mama e submetidas à mastectomia, sendo divididas em dois grupos: sem reconstrução da mama (MSR; n=38) e com reconstrução mamária imediata com retalho abdominal (M+RI; n=38). Para a avaliação da postura foram localizados e demarcados pontos anatômicos específicos para a obtenção de fotografias em vista anterior, posterior, lateral direita e esquerda. As fotografias foram analisadas pelo Software para Avaliação Postural (SAPO). Na avaliação da qualidade de vida foi utilizado o questionário Short- Form Health Survey; na imagem corporal o Questionário de Imagem Corporal após o Câncer de Mama e a autoestima foi avaliada pela Escala de Autoestima de Rosenberg. O nível de significância estabelecido foi de alfa= 0...

Fatores morfológicos, moleculares e do microambiente relacionados ao risco de invasão estromal em carcinomas ductais in situ da mama; Morphologic, molecular and microenvironment factors associated with stromal invasion in breast ductal carcinoma in situ

Aguiar, Fernando Nalesso
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
86.18%
INTRODUÇÃO: O carcinoma ductal in situ da mama é o estágio final antes do carcinoma ductal invasivo (CDI) no processo de carcinogênese mamária. As semelhanças histológicas, moleculares e imunoistoquímicas do epitélio nestas duas lesões tornaram improvável que o epitélio fosse o único responsável pelo processo de invasão estromal. Ao mesmo tempo, foram identificadas importantes alterações nas características do microambiente mamário durante esta transição. As células mioepiteliais, componente do microambiente e cuja rotura determina o diagnóstico histológico do carcinoma invasivo, tem papel direto ou indireto neste processo. A fim de predizer esse risco de invasão, propomos que as características das células mioepiteliais sejam investigadas em conjunto com as características intrínsecas do epitélio neoplásico. OBJETIVOS: Determinar os fatores morfológicos e moleculares das células epiteliais e os marcadores das células mioepiteliais do microambiente em carcinomas ductais in situ da mama relacionados ao risco de invasão estromal. MÉTODOS: Foram selecionados retrospectivamente 236 casos consecutivos com diagnóstico inicial de CDIS seguidos de ressecção cirúrgica na Divisão de Anatomia Patológica da Faculdade de Medicina da Universidade de São Paulo no período de janeiro de 2000 a dezembro de 2009...

Efeito da hipóxia na expressão de PAR-4 (Prostate Apoptosis Response-4) em linhagens celulares de câncer de mama; Hypoxia effect on PAR-4 (Prostate Apoptosis Response-4) expression in Breast Cancer cell lines

Bobrovnitchaia, Irina Gueroldovna
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/11/2014 Português
Relevância na Pesquisa
76.38%
O câncer de mama é a neoplasia de maior ocorrência na população feminina. É uma doença hormônio-dependente com etiologia complexa e multifatorial. O câncer de mama invasivo é uma das principais causas da morbidade e mortalidade de mulheres no mundo. O desenvolvimento e a progressão de câncer de mama estão associados com acúmulo de várias alterações genéticas e epigenéticas, que resultam na expressão gênica diferencial entre células normais e tumorais. A hipóxia pode ser considerada uma das características principais de tumores sólidos e uma força motriz para a sobrevida das células tumorais e progressão maligna. O gene supressor de tumor PAWR (PKC apoptosis WT1 regulator; também denominado PAR-4, prostate apoptosis response-4) tem importante papel na apoptose tanto pela via intrínseca quanto pela via extrínseca e pode ser considerado um alvo para a terapia seletiva de células tumorais uma vez que a expressão de PAR-4 aumenta a sensibilidade da maioria das células de câncer a um segundo estímulo apoptótico. Alguns estudos, incluindo os de nosso grupo, têm mostrado o envolvimento de PAR-4 em câncer de mama e seu papel como fator prognóstico e preditivo de resposta a quimioterapia. No entanto, pouco é conhecido sobre o papel funcional deste gene ou os mecanismos envolvidos na regulação da expressão de PAR-4 na glândula mamária e no processo de tumorigênese da mama. No presente trabalho investigamos os efeitos da hipóxia na expressão de PAR-4 nas linhagens celulares MCF10A...

Expressão de antígenos de células-tronco neoplásicas avaliada por imunoistoquímica em neoplasias malignas da mama humana : caracterização e possíveis aplicações clínicas; Immunohistochemistry evaluation of the neoplastic stem-cell antigen expression in human breast malignant neoplasms : characterization and possible clinical applications

Rodrigo Vismari de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
76.25%
O câncer de mama é a neoplasia maligna mais frequente no mundo. A hipótese da célula-tronco neoplásica (CTN) é um novo paradigma de carcinogênese. A imunoistoquímica (IHC) é um método de escolha para detecção de CTN em tecidos parafinizados, com as seguintes vantagens: (1) maior adaptação à rotina diagnóstica; (2) menor custo; (3) menor complexidade. Entretanto, há poucos estudos de marcadores imunoistoquímicos CTN na literatura, a maioria com poucos pacientes e resultados controversos. Um painel de marcadores imunoistoquímicos CTN foi usado em 74 casos de câncer mamário, os quais foram diagnosticados, tratados e acompanhados no UNACON- Poços de Caldas, de 2004 a 2006. Objetivos: (1) descrever quali e quantitativamente um amplo painel imunoistoquímico de anticorpos; (2) estabelecer associações entre marcadores CTN e fatores clínicos, patológicos e prognósticos / preditivos de resposta terapêutica; (3) estabelecer o impacto da expressão de marcadores CTN na sobrevida e recidiva tumoral; (4) estabelecer possíveis correlações intermarcadores. Métodos: Foram testados em cortes de TMA, obtidos a partir dos blocos de parafina originais contendo os tumores mamários, os seguintes anticorpos: CD34, c-kit, CD10...

Estudo da expressão de ADAMTS-8 em linhas celulares de cancro da mama

Ramos, Angélica da Costa
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
76.3%
ADAMTS-8, um membro da família das ADAMTS (Desintegrinas e Metaloproteases com motivos Trombospondina), é conhecido por inibir a proliferação de células endoteliais, suprimir a vascularização induzida pelo FGF-2 e inibir a angiogénese induzida pelo VEGF. Existem evidências que demonstram a sua sub-regulação no cancro, nomeadamente em cancro do pulmão de não pequenas células por hipermetilação do seu promotor e em neoplasias malignas do sistema nervoso central. No cancro da mama, ADAMTS-8 parece estar também sub-regulado, no entanto o seu papel e regulação no desenvolvimento destes tumores continua por esclarecer. De forma a clarificar o papel de ADAMTS-8 no cancro da mama, iniciámos um estudo piloto no qual avaliámos a expressão de ADAMTS-8 num painel de linhas celulares de cancro da mama e o efeito da metilação do DNA nessa expressão. A expressão de ADAMTS-8 foi estudada num conjunto de linhas celulares representativas de diferentes subtipos de cancro da mama (ERpositivas/ PR-positivas e ER-negativas/PR-negativas) e em tecido mamário não neoplásico, pelas técnicas de RT-PCR multiplex e PCR em tempo real quantitativo. Adicionalmente, quatro destas linhas celulares foram tratadas com um agente desmetilante (5-Aza-2’-deoxicitidina) e a expressão de ADAMTS-8 reavaliada. ADAMTS-8 é expresso em níveis mais elevados no tecido mamário normal comparativamente com qualquer uma das linhas celulares de cancro da mama estudadas. Entre as linhas celulares...

Análogos do neuropéptido Y marcados com 99mTc para detecção de receptores Y1 expressos no cancro da mama

Antunes, Marta Sofia de Oliveira
Fonte: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa Publicador: Escola Superior de Tecnologia da Saúde de Lisboa
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
76.25%
Mestrado em Medicina Nuclear. Área de especialização: Radiofarmácia.; O cancro da mama constitui uma das neoplasias mais frequentes, sendo por isso necessário melhorar as técnicas de imagem existentes, para um diagnóstico eficaz. Os tumores sobreexpressam frequentemente receptores que permitem o seu alvejamento específico por radiopéptidos. Os receptores do neuropéptido Y (NPY) encontram-se entre os mais promissores candidatos, tornando-se alvos potencialmente úteis para imagem e terapia. O cancro da mama, em particular, apresenta uma elevada incidência e densidade na expressão destes receptores, especificamente do subtipo Y1. Um dos grandes desafios da radiofarmácia consiste, assim, na marcação de análogos do NPY com 99mTc, para visualização do receptor Y1. O objectivo deste trabalho consistiu em sintetizar e caracterizar química e radioquimicamente dois análogos do NPY (um curto e um longo), marcados com 99mTc e respectiva avaliação biológica, em modelos tumorais de carcinoma da mama. A síntese do análogo longo foi efectuada por síntese de péptidos em fase sólida (SPPS) automática, com irradiação de microondas e o crude peptídico obtido foi caracterizado por HPLC e espectrometria de massa. Os resultados demonstraram que a síntese não foi bem-sucedida. A expressão do receptor Y1 foi avaliada...

Expressão da proteína erbB-2 e dos receptores de hormônios na transição das regiões in situ para invasora de tumores da mama

Peres,Raquel Mary Rodrigues; Derchain,Sophie Françoise Mauricette; Heinrich,Juliana Karina Ruiz; Serra,Kátia Piton; Pinto,Glauce Aparecida; Soares,Fernando Augusto; Sarian,Luís Otávio Zanatta
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
76.48%
OBJETIVOS: avaliar a expressão de erbB-2 e dos receptores hormonais para estrógeno e progesterona (RE/RP) nas regiões de transição entre as frações in situ e invasoras de neoplasias ductais da mama (CDIS e CDI, respectivamente). MÉTODOS: oitenta e cinco casos de neoplasias mamárias, contendo regiões contíguas de CDIS e CDI, foram selecionados. Espécimes histológicos das áreas de CDIS e de CDI foram obtidos através da técnica de tissue microarray (TMA). As expressões da erbB-2 e dos RE/RP foram avaliadas por meio de imunoistoquímica convencional. A comparação da expressão da erbB-2 e dos RE/RP nas frações in situ e invasoras da mama foi realizada com emprego do teste de McNemar. Os intervalos de confiança foram determinados em 5% (p=0,05). Foram calculados coeficientes de correlação intraclasse (ICC) para avaliar a concordância na tabulação cruzada da expressão de erbB-2 e RE/RP nas frações de CDIS e CDI. RESULTADOS: a expressão da erbB-2 não diferiu entre as áreas de CDIS e CDI (p=0,38). Comparando caso a caso suas áreas de CDIS e CDI, houve boa concordância na expressão da erbB-2 (coeficiente de correlação intraclasse, ICC=0,64), dos RP (ICC = 0,71) e dos RE (ICC = 0,64). Considerando apenas tumores cujo componente in situ apresentasse áreas de necrose (comedo)...

Biópsia com agulha grossa guiada por ultrassonografia para o diagnóstico dos tumores fibroepiteliais da mama

Ricci,Marcos Desidério; Amaral,Paulo Gustavo Tenório do; Aoki,Denis Seiiti; Oliveira Filho,Hélio Rubens de; Pinheiro,Walter da Silva; Filassi,José Roberto; Baracat,Edmund Chada
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2011 Português
Relevância na Pesquisa
76.26%
OBJETIVO: avaliar a taxa de concordância da biópsia percutânea com agulha grossa guiada por ultrassom seguida pela biópsia excisional em nódulos de mama palpáveis, sugestivos de tumores fibroepiteliais. MÉTODO: estudo retrospectivo que selecionou 70 biópsias com diagnóstico histológico de tumor fibroepitelial em 67 dentre 531 pacientes com lesões mamárias submetidas à biópsia percutânea com agulha grossa guiada por ultrassonografia, com transdutor linear de alta frequência (7.5 MHz), utilizando pistola automática Bard-Magnum e agulha 14 gauge. Foram incluídos os casos com diagnóstico de tumor fibroepitelial na biópsia percutânea ou biópsia excisional. Biópsias com diagnóstico histopatológico de fibroesclerose também foram incluídas no estudo. A força da concordância entre o resultado da biópsia percutânea e da biópsia excisional foi medida pelo coeficiente de Kappa. RESULTADOS: a biópsia excisional revelou 40 casos de fibroadenoma (57,1%), 19 de tumor filoide (27,2%) e 11 de fibroesclerose (15,7%). A taxa de concordância para o fibroadenoma foi substancial (k = 0,68; IC95% = 0,45 - 0,91), quase perfeita para o tumor filoide (k = 0,81; IC95% = 0,57 - 1,0) e moderada para a fibroesclerose (k = 0,58; IC95% = 0...

Grau de subestimação histopatológica por core biopsy de lesões não palpáveis da mama

Gonçalves,Aline Valadão Britto; Thuler,Luiz Claudio Santos; Kestelman,Fabíola Procaci; Carmo,Pedro Aurélio Ormonde do; Lima,Carlos Frederico de Freitas; Cipolotti,Rosana
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2011 Português
Relevância na Pesquisa
76.47%
OBJETIVO: Determinar o grau de subestimação de core biopsy, guiada por imagem, de lesões impalpáveis da mama subsequentemente submetidas à exérese cirúrgica. MÉTODOS: Foram revisados retrospectivamente 352 casos com biópsias de fragmento que foram submetidos à cirurgia entre fevereiro de 2000 e dezembro de 2005, cujo laudo histopatológico estava registrado no sistema interno de informação. Os resultados foram comparados com os da cirurgia e a taxa de subestimação foi calculada dividindo-se o número de carcinoma in situ e/ou invasivo à cirurgia pelo número de lesões de alto risco ou carcinoma in situ que foram submetidas à cirurgia. O grau de concordância entre os resultados foi obtido pelo percentual de concordância e pelo coeficiente kappa de Cohen. A associação das variáveis estudadas com a subestimação do diagnóstico foi verificada pelos testes do c2 exato de Fisher, ANOVA e Mann-Whitney U. O risco de subestimação foi medido por meio do risco relativo acompanhado dos respectivos intervalos com 95% de confiança (IC95%). RESULTADOS: Core biopsy foi inconclusiva em 15,6%. O laudo histopatológico foi benigno em 26,4%, sugestivo de lesão de alto risco em 12,8% e maligno em 45,2%. A concordância entre a core biopsy e a cirurgia foi de 82...

Nova classificação dos carcinomas da mama: procurando o luminal A

Serra,Katia Piton; Ramalho,Susana; Torresan,Renato; Vassallo,Jose; Sarian,Luis Otávio Zanatta; Silva,Geisilene Russano de Paiva; Derchain,Sophie
Fonte: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia Publicador: Federação Brasileira das Sociedades de Ginecologia e Obstetrícia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
76.22%
OBJETIVO: Comparar a distribuição das pacientes segundo os subtipos clínico-patológicos de carcinomas de mama luminais like segundo o consenso de St. Gallen 2011 e 2013. MÉTODOS: Foram selecionadas 142 pacientes com carcinoma invasivo da mama que eram positivas para receptor de estrógeno, diagnosticadas e tratadas no estado de São Paulo, região Sudeste do Brasil. A expressão dos receptores de estrógeno, progesterona (RP) e Ki-67 foi avaliada por imunoistoquímica em microarranjo de tecidos. A expressão de HER-2 foi avaliada por hibridização fluorescente in situ. RESULTADOS: Observamos que 29 casos classificados como luminais A na classificação de St. Gallen 2011 eram luminais B na classificação de 2013. Dentre os 65 casos luminais B like da classificação de 2013, além dos 29 (45%) casos que migraram, observamos 15 casos (20%) com Ki-67 >14% e pelo menos 20% das células coradas; e 21 casos (35%) com Ki-67 >14% e RP positivo em mais de 20% das células coradas. CONCLUSÕES: Comparando a distribuição das pacientes com carcinomas luminais da mama segundo a classificação de St. Gallen 2011 e 2013 observamos que houve um aumento no número de carcinomas da mama luminais B like. Consequentemente, estima-se um aumento nas indicações de quimioterapia adjuvante e no custo do tratamento.

Exploração de fatores de risco para câncer de mama em mulheres de etnia Kaingáng, Terra Indígena Faxinal, Paraná, Brasil, 2008

Silva,Edimara Patrícia da; Pelloso,Sandra Marisa; Carvalho,Maria Dalva de Barros; Toledo,Max Jean de Ornelas
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2009 Português
Relevância na Pesquisa
76.25%
O objetivo do presente estudo foi analisar a saúde das mulheres Kaingáng da Terra Indígena Faxinal, Paraná, Brasil, quanto aos fatores de risco para o câncer de mama. O estudo, de caráter descritivo-exploratório, foi realizado com 95,4% da população feminina com vinte anos ou mais. O aleitamento materno por mais de 1 ano foi relatado por 92,3% das mulheres; 41,4% tinham mais de cinco filhos; a idade média da menarca foi 13,4 anos; 61,5% nunca tinham ouvido falar do câncer de mama; o auto-exame da mama era realizado por apenas 2,9% das mulheres; o médico não realizava o exame clínico da mama, segundo 81,7% delas, e 99% nunca fizeram mamografia. Não foi relatado caso de câncer de mama ou extramamário. Destacaram-se a presença dos fatores de proteção para a carcinogênese e a ausência de alguns fatores de risco, como o uso de terapia de reposição hormonal por mais de cinco anos e etilismo, na maioria das mulheres Kaingáng.

Câncer de mama estádio inicial e radioterapia: atualização

Marta,Gustavo Nader; Hanna,Samir Abdallah; Martella,Eduardo; Silva,João Luis Fernandes da; Carvalho,Heloisa de Andrade
Fonte: Associação Médica Brasileira Publicador: Associação Médica Brasileira
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
76.23%
O câncer de mama é a neoplasia maligna mais frequente entre as mulheres. A escolha terapêutica depende do estádio clínico da doença, das características anatomopatológicas, idade, entre outros. O objetivo do presente estudo é apresentar uma atualização dos conceitos e definições da radioterapia (RT) no tratamento conservador do câncer de mama estádio inicial, enfatizando as indicações, contraindicações, dose e fracionamento da RT (esquema clássico, hipofracionado e irradiação parcial da mama), RT adjuvante no carcinoma ductal in situ (CDIS), irradiação das cadeias linfonodais e relação da RT com preditores moleculares de recorrência. Foram utilizadas as bases de dados MEDLINE, SciELO e Cochrane para a seleção dos principais artigos disponíveis sobre a temática proposta. A RT adjuvante tem um papel definido na abordagem das pacientes com câncer da mama submetidas à terapia cirúrgica conservadora. Em pacientes selecionadas, podem-se empregar esquemas de RT hipofracionada ou irradiação parcial das mamas. Todas as pacientes com CDIS devem receber RT adjuvante. Não se sabe a correlação do papel da RT com preditores moleculares de recorrência local e sistêmica.