Página 1 dos resultados de 668 itens digitais encontrados em 0.201 segundos

EndNote Web: capacitação de bibliotecários do SIBiUSP

Estorniolo Filho, José; Takahashi, Juliana Akie; Santana, Anderson de; Fidelis, Glauci Elaine Damasio; Pestana, Maria Claudia
Fonte: Universidade de São Paulo; Universidade Estadual Paulista; Universidade Estadual de Campinas; São Paulo Publicador: Universidade de São Paulo; Universidade Estadual Paulista; Universidade Estadual de Campinas; São Paulo
Tipo: conferenceobject; poster / painel
Português
Relevância na Pesquisa
75.84%
Introdução: O EndNote Web é um gerenciador de referências bibliográficas que permite o armazenamento e a organização de referências obtidas nas buscas em bases de dados, permitindo também a inclusão automática de citações e referências durante a elaboração de um texto e a mudança para diversos estilos de normalização. Aproveitando a experiência de algumas bibliotecas na capacitação para o uso do EndNote Web, o Sistema Integrado de Bibliotecas da USP (SIBiUSP) formou um grupo com a finalidade de: capacitar as equipes bibliotecárias das demais unidades interessadas em oferecer o produto aos seus usuários; e elaborar um manual e tutorial de uso do software como ferramenta de apoio. Material e métodos: Principais atividades executadas: a) Identificação das principais Bases de Dados de periódicos utilizadas pelas bibliotecas do SIBiUSP; b) Leitura e análise de manuais e tutoriais do software; c) Elaboração de plano para treinamento a ser oferecido às equipes bibliotecárias, considerando a participação de profissionais das áreas de Biológicas, Humanas e Exatas; d) Definição de conteúdo e elaboração de manual e tutorial. Resultados e Discussão: Foram capacitados 40 profissionais de várias unidades da USP e publicado na página do SIBiUSP um manual contendo todas as funcionalidades e recursos do software...

"O conhecimento de usuários de serviços públicos de saúde envolvidos em pesquisas clínicas, sobre seus direitos"; The users? health public services knowledge involved in clinical research, about their right.

Sakaguti, Nelson Massanobu
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/04/2005 Português
Relevância na Pesquisa
75.66%
O presente trabalho avaliou através de um questionário e entrevistas pessoais no período de maio a setembro de 2004, cinqüenta participantes voluntários sujeitos de pesquisas envolvendo seres humanos, nas unidades de saúde do âmbito da Secretaria Municipal de Saúde ? SMS, espalhadas pelo município de São Paulo e na Faculdade de Odontologia da Universidade de São Paulo ? FOUSP. Colheu a opinião destes, sobre a experiência da voluntariedade nos experimentos de que participaram nestes locais, abordando questões como: o motivo de terem contribuído, grau de conhecimento do Termo de Consentimento Livre e Esclarecido -TCLE e a importância dispensada a este documento, com que concordaram e autorizaram a participação, de acordo com a determinação da Resolução 196/96, diretriz nacional que regulamenta as pesquisas envolvendo seres humanos. O estudo observou que, passados oito anos da entrada em vigor da Resolução 196/96, o processo de obtenção do consentimento livre e esclarecido ainda carece de cuidados. Participantes efetivamente não são esclarecidos ou não entendem o que lhes foi proposto. Consideramos a necessidade de uma maior difusão, através de ações educativas, do assunto ?experimentação com seres humanos?...

O modo de pensar a Educação Permanente em Saúde em uma região da cidade de São Paulo; The way of thinking about Continuing Education in Health in a region of São Paulo

Freitas, Márcia Walter de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 08/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
75.77%
A Educação Permanente em Saúde (EPS) vem sendo considerada como importante estratégia para transformação das práticas de saúde, colocando em destaque a educação em serviço como recurso estratégico para a gestão do trabalho e da educação na saúde. Entende-se que os processos educativos, se construídos a partir das realidades locais, envolvendo os diversos atores vinculados direta ou indiretamente ao trabalho- os trabalhadores, o ensino, a gestão e o controle social- contribuem para o fortalecimento do SUS. A EPS passou a ser considerada política pública de âmbito nacional a partir de 2004, data da publicação de Portaria que a institui. No presente estudo investigamos como vem se dando a condução desta Política em um Núcleo de Educação Permanente do município de São Paulo- o NEP Leste-, entendendo como seus pressupostos a reflexão sobre o processo de trabalho como desencadeador dos processos educativos, a formação em serviço e a aprendizagem significativa como estratégia pedagógica. Utilizamos como opção metodológica o estudo de caso. Num primeiro momento realizamos análise documental das atas das reuniões do NEP e demais documentos relacionados às ações de EPS na região, tais como projetos e relatórios de cursos. Procedemos à observação de seis reuniões ordinárias do NEP...

Requisitos de sustentabilidade para o desenvolvimento de projetos residenciais multifamiliares em São Paulo; Sustainability requirements for the design of multifamily residential buildings in São Paulo

Godoi, Bruna Canela de Souza
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
75.66%
O setor da construção civil é o maior e o que mais consome recursos em qualquer economia, considerando todas as suas fases, desde a fabricação de materiais até a ocupação e demolição. No Brasil, os edifícios são responsáveis por cerca de 50% do consumo de eletricidade e por 21% do consumo de água. Na cidade de São Paulo, a maior do país, o mercado imobiliário residencial é o principal mercado da construção e, por consequência, responsável por impactos socioambientais compatíveis. Desde 2007, ferramentas de certificação Green Building (internacionais e nacionais) ganharam força no mercado brasileiro, com destaque para os empreendimentos comerciais e de serviços. A partir de 2010, foram criados sistemas de avaliação voltados exclusivamente ao setor residencial, que ainda pouco explora o conceito de sustentabilidade nos projetos e canteiros de obra. Com base em um estudo detalhado do mercado da construção civil e das ferramentas de avaliação e normas técnicas brasileiras, foi possível definir 29 requisitos de sustentabilidade para a concepção e o desenvolvimento de projetos residenciais multifamiliares na cidade de São Paulo. Os requisitos (qualitativos) se desdobram em critérios (quantitativos) e devem servir de ferramenta para incorporadores e projetistas (com ênfase no arquiteto)...

Estratégia saúde da família: satisfação de usuários; The Family Health Strategy: users' satisfaction

Santos, Ellen Tahan
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
75.99%
Nas últimas décadas, ocorreram transformações significativas na área da Saúde Pública, dentre elas, a implantação da Estratégia Saúde da Família (ESF) como uma tentativa de efetivação das diretrizes do Sistema Único de Saúde (SUS). A avaliação em saúde torna-se uma importante ferramenta para planejar intervenções capazes de atender às necessidades de saúde da população. Tendo em vista que a temática da satisfação de usuários ainda é pouco explorada no Brasil dentro da atenção primária, o presente estudo teve como objetivo investigar a satisfação de usuários em relação à ESF, considerando-se as dimensões estrutural, organizacional e relacional, assim como, as concepções de saúde dos usuários. Para tanto, foram entrevistados 16 usuários que frequentavam uma Unidade de Saúde da Família. Utilizou-se a abordagem qualitativa em pesquisa. A partir da análise das entrevistas, realizada através da Análise de Conteúdo Temática, foram construídas três categorias: Concepções, Avaliação e Contraponto. A primeira categoria englobou as concepções dos usuários em relação à saúde e ao cuidado. A segunda referiu-se à avaliação que os usuários fazem do NSF que frequentam e englobou o relacionamento entre equipe de saúde-usuário e médico-usuário...

Ações de educação em saúde para o cuidado das famílias em um centro de atenção psicossocial infantil; Educational Interventions in Health for family care in a Children Psychosocial Care Center

Campelo, Lany Leide de Castro Rocha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
75.66%
Criados no bojo da Reforma Psiquiátrica, os Centros de Atenção Psicossocial Infanto-juvenil - CAPSi são, em 150 anos, a primeira experiência generalizada e pública de acolhimento e cuidado para com crianças e adolescentes que sofrem de transtorno mental no Brasil. Diante do cumprimento da lei 10.216 de 06/04/01, que prevê a mudança do modelo de atenção hospitalocêntrico para um modelo assistencial comunitário e junto à família, as famílias dessas crianças e adolescentes tornaram-se ao mesmo tempo ponto de apoio para o tratamento de seu familiar e também alvo das intervenções nesses serviços. Face às dificuldades vivenciadas por estas famílias para o cuidado e convívio diário com o familiar doente mental, o presente estudo considera a Educação em Saúde enquanto um dos caminhos para acessar e apoia-las no cuidado dispensado para seus familiares com transtornos mentais. Tendo em vista que a inclusão da família no processo de cuidar da criança e do adolescente nos CAPSi é necessária conforme os parâmetros da Reforma Psiquiátrica brasileira este estudo teve como objetivos caracterizar o perfil sociodemográfico dos familiares cuidadores das crianças e adolescentes atendidos no CAPSi; verificar os conhecimentos desses familiares acerca do transtorno mental e as dificuldades sentidas no cuidar da criança e adolescente; indagar sobre ações de Educação em Saúde efetuadas no contexto do CAPSi dirigidas às famílias para o cuidado da criança e adolescente; e analisar a percepção dos familiares sobre a atenção recebida no CAPSi e o quanto esta atenção contribui para auxilia-los no cuidado da sua criança/adolescente com transtorno mental. Para tanto adotou-se a abordagem qualitativa descritiva utilizando os marcos da Educação em Saúde e da Reabilitação Psicossocial como arcabouços teóricos. Participaram da pesquisa 13 familiares de usuários do CAPSi que convivem com a criança/adolescente no mesmo domicílio. A coleta de dados foi realizada mediante observação de campo...

Luta antimanicomial: da participação política à formação da personagem militante; Antimanicomial struggle: political participation to the training of activist personage

Brito, Debora Cidro de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
76.04%
As ações que resultaram na Reforma Psiquiátrica tiveram início no Brasil a partir da década de 1970 e, especialmente na década de 1980, favorecendo a abertura para a participação política de usuários dos serviços de saúde mental e familiares de usuários, possibilitando a formação de diversos coletivos antimanicomiais que partilham dos ideais de eliminação dos manicômios, das práticas segregadoras em relação à saúde mental e pelo reconhecimento dos direitos e das capacidades de uma pessoa portadora de sofrimento psíquico. Essas transformações que vem ocorrendo nos últimos anos colocaram o usuário e o familiar em outra relação, seja com a própria loucura, seja com a sociedade, pois, ao menos em tese, novas possibilidades de inserção no espaço público foram se mostrando. Ainda assim, reconhecemos também os interesses envolvidos na Reforma Psiquiátrica que podem esconder as práticas manicomiais ainda presentes na sociedade, podendo ser essas transportadas para espaços extra-muros. Diante disso, os usuários e familiares que participam de coletivos antimanicomiais encontram-se na encruzilhada das políticas de identidades que regulam seu modo de vida e os lugares de sua existência e, das identidades políticas que visam desconstruir naturalizações de desigualdades sociais a que alguns grupos estão submetidos. Entre esses dois polos...

Participação de usuários de serviços de saúde mental em pesquisas : um olhar a partir dos conceitos de empowerment e recovery; Participation of users of mental health services in research : a view from the concepts of empowerment and recovery

Rodrigo Fernando Presotto
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 21/02/2013 Português
Relevância na Pesquisa
66.18%
O Sistema Único de Saúde (SUS) inaugurou no Brasil uma nova concepção de saúde fundamentada em doutrinas e princípios norteadores da forma como são pensadas, elaboradas e executadas a ações e as políticas públicas de saúde. Assim sendo, é preconizada pelo SUS a participação dos cidadãos usuários do sistema por meio dos órgãos de controle social, o que tem proporcionado um espaço privilegiado de discussão entre usuários, profissionais e gestores dos serviços de saúde, estratégia que claramente sinaliza para a equiparação e valorização do conhecimento da população usuária ao conhecimento de técnicos e gestores da saúde. O SUS foi concebido em um período de enorme efervescência política e social, em um contexto de contestação do estado militar ditatorial e reivindicação pela reabertura democrática de nosso país por inúmeras classes, instituições e movimentos sociais, o que contribuiu para o surgimento e o ressurgimento de diversos movimentos sociais que, além de apoiar o movimento de contestação da ditadura, defendiam reformas, mudanças radicais em diversas áreas e a efetiva implementação das políticas sociais brasileiras. Como por exemplo, os movimentos da Reforma Sanitária e da Luta Antimanicomial...

Avaliação ergonômica de interfaces da SciELO - Scientific Electronic Library Online

Oliveira, Elaine Rosangela de
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: dissertação (mestrado) Formato: ii, 112 f.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
75.78%
Dissertação (mestrado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção.; Este estudo tem o objetivo de avaliar ergonomicamente as interfaces que compõem o site SciELO - Scientific Eletronic Library Online. Nesta avaliação, foram utilizadas recomendações e critérios ergonômicos, o uso de checklist como ferramenta para avaliação e ensaios de interação com a participação de usuários. Foram levantados problemas e qualidades da interface, através de Inspeção por checklist, sob a luz dos critérios e recomendações ergonômicas, criando assim,o pré-diagnóstico que serviu de hipótese para os ensaios de interação. Estes ensaios foram divididos em três etapas, a saber: entrevista, o ensaio propriamente dito com tarefas pré-estabelecidas, e a pesquisa livre, conhecida como browsing. Com base nos resultados obtidos nas atividades de avaliação, foram listados os principais problemas e qualidades de usabilidade, devidamente diagnosticados, da interface, bem como as recomendações ergonômicas com o objetivo de auxiliar a resolução dos problemas levantados. Por fim, o trabalho confirma a hipótese inicial de que os usuários identificam a existência de qualidades e problemas ergonômicos na interface SciELO.

Participação Popular e Espaços Públicos: uma análise da representação e participação dos usuários da Política de Assistência Social nas Conferências Municipais e na IX Conferência Estadual de Assistência Social no estado de Santa Catarina no ano de 2013.

Poletti, Lucimara
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: tccgrad Formato: 83 f.
Português
Relevância na Pesquisa
66.21%
TCC (Graduação) - Universidade Federal de Santa Catarina. Centro Socioeconômico. Serviço Social.; O presente Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) tem como objetivo analisar como se deu a representação e a participação dos usuários da Política de Assistência Social nas Conferências Municipais e na IX Conferência Estadual de Assistência Social no Estado de Santa Catarina no ano de 2013. Para contemplar tal objetivo, o trabalho está estruturado em cinco capítulos. O primeiro é a introdução. No segundo, aborda-se de forma sucinta a historicidade da Política de Assistência Social, cuja gênese é permeada por valores religiosos e práticas assistencialistas. Posteriormente contextualizam-se os avanços legais até a aprovação do Sistema Único de Assistência Social e, por outro lado, os desafios frente à tendência neoliberal. No terceiro capítulo, destacam-se apontamentos relevantes relacionados à participação popular nos espaços de controle social evidenciando os avanços no processo de democratização da sociedade civil organizada. No quarto capítulo, apresentam-se as questões metodológicas utilizadas na pesquisa e uma síntese dos resultados obtidos a partir da sua realização. Por fim...

Cidadania e tutela na política de assistência social : uma análise da cultura política de gestores e de usuários na região metropolitana de Belo Horizonte

Freitas, Maria Raquel Lino de
Tipo: tese / thesis
Português
Relevância na Pesquisa
75.85%
Tese (doutorado)—Universidade de brasília, Instituto de Ciências Humanas, Departamento de Serviço Social, 2008.; Nesta tese, discute-se a política de assistência social no cenário da transição democrática da década de 1980, com base nas culturas políticas de seus gestores e usuários. Foram observadas e analisadas as formas de cidadania e as formas de tutela, com referência na análise de dados coletados por meio de entrevistas de profundidade e de grupos focais realizados em cinco municípios da Região Metropolitana de Belo Horizonte/MG. Duas vertentes metodológicas orientam a pesquisa: uma voltada para a análise das formas de cultura política e da ideologia, por meio da Hermenêutica de Profundidade de Thompson; e outra, de caráter histórico e estrutural, realça a relação sociedade/Estado à luz das teorias gramscianas de Estado Ampliado. O eixo de análise principal é o da referência indivíduo/estrutura para as análises das falas dos sujeitos da pesquisa. As formas tutelares são identificadas nos depoimentos que vinculam as referências ao indivíduo, com base em uma visão de mundo imediata e desvinculada do contexto das relações sociais. As formas de cidadania são identificadas nos depoimentos que vinculam as referências à estrutura...

Processos de avaliação de serviços de saúde mental: uma revisão integrativa

Oliveira,Márcia Aparecida Ferreira de; Cestari,Thais Yshida; Pereira,Maria Odete; Pinho,Paula Hayashi; Gonçalves,Rejane Maria Dias de Abreu; Claro,Heloísa Garcia
Fonte: Centro Brasileiro de Estudos de Saúde Publicador: Centro Brasileiro de Estudos de Saúde
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2014 Português
Relevância na Pesquisa
75.66%
Esta revisão integrativa dos processos avaliativos em serviços de saúde mental, tanto em âmbito nacional como internacional, objetivou identificar fatores envolvidos nas avaliações; as dimensões em que os serviços foram avaliados e contribuições da avaliação para a atenção prestada em saúde mental. Realizou-se levantamento bibliográfico no período de fevereiro a maio de 2012. Prevaleceram os estudos avaliativos qualitativos tridimensionais. Os resultados revelam maior envolvimento dos profissionais, participação de usuários e familiares e busca por melhor qualidade da assistência como fatores relacionados ao grau de satisfação do usuário. Considerou-se a melhoria na qualidade da atenção em saúde a maior contribuição da avaliação.

Produções táticas de usuários e trabalhadoras de programa de saúde mental: estudo etnográfico num centro de saúde escola da zona oeste de São Paulo

Schmidt,Maria Luisa Sandoval
Fonte: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública. Publicador: Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo.; Associação Paulista de Saúde Pública.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
75.84%
Este artigo apresenta um recorte de pesquisa sobre o acesso aos serviços de saúde mental na cidade de São Paulo, focalizando as táticas de usuários e trabalhadoras do programa de saúde mental de um centro de saúde escola, constelando possibilidades e afrontando limites da política instituída. Tratou-se de estudo etnográfico realizado na recepção do referido programa, dando a conhecer dimensões das produções cotidianas que qualificam a participação de usuários e trabalhadoras na construção da política pública, na perspectiva posta em tema por Michel de Certeau. O artigo explicita, primeiramente, alguns nexos teórico-metodológicos que dão sustentação ao estudo, articulando a noção de tática, diferenças e tensões entre política instituída e formas de sua apropriação pela população e etnografia. Em seguida, apresenta o Programa de Saúde Mental no qual a pesquisa foi realizada, procurando mostrar seu caráter singular e "sobrevivente", tendo em vista as atuais orientações das políticas de saúde mental e de atenção básica. A interpretação do material observado teve como base as noções de indisciplina e de imaginário, examinando principalmente os vínculos, o mal-estar, a medicação, o acolhimento...

Familiares cuidadores de usuários de serviço de saúde mental: satisfação com serviço

Santos,Ana Flávia de Oliveira; Cardoso,Cármen Lúcia
Fonte: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte Publicador: Programa de Pós-graduação em Psicologia, Universidade Federal do Rio Grande do Norte
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2014 Português
Relevância na Pesquisa
75.84%
Com a reforma psiquiátrica, os familiares foram chamados a atuar como parceiros no cuidado aos usuários. O papel desempenhado como articuladores da relação serviço-usuário conferiu importância a sua participação na avaliação da qualidade da assistência. O estudo objetivou avaliar a satisfação com o serviço de 54 familiares cuidadores de usuários de serviço substitutivo em saúde mental. Utilizaram-se os instrumentos: Escala de Avaliação da Satisfação dos Familiares em Serviços de Saúde Mental (SATIS-Br) e questionário sociodemográfico. Os dados foram tratados através de estatística descritiva e estatística não-paramétrica. Os cuidadores apresentaram satisfação de moderada a alta. Verificou-se correlação negativa entre satisfação quanto aos resultados do tratamento e a variável idade do usuário (r = -0,37; p = 0,006). Os cuidadores apontaram principalmente a ampliação de atividades no serviço como estratégia de melhora da assistência. Concluiu-se que os serviços substitutivos devem avançar na proposta da intersetorialidade e otimizar recursos próximos à localidade das famílias.

Discursos de usuários sobre uma intervenção em saneamento: uma análise na ótica da promoção da Saúde e da prevenção de doenças

Souza,Cezarina Maria Nobre; Freitas,Carlos Machado de
Fonte: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES Publicador: Associação Brasileira de Engenharia Sanitária e Ambiental - ABES
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
75.78%
Foram analisados, sob os enfoques da prevenção de doenças e da promoção da saúde, os discursos coletivos de usuários de uma intervenção em saneamento em Campo Leal (município de Sumidouro, Rio de Janeiro), relativamente a dois temas de grande relevância para se pensar em um novo saneamento articulado com uma nova saúde pública: a participação comunitária nas decisões e o empoderamento (do inglês empowerment) e a responsabilização pela intervenção. Foram entrevistados 10% dos moradores contemplados por um projeto de intervenção em saneamento, tendo como base um roteiro estruturado. Os discursos coletivos obtidos a partir da técnica do discurso do sujeito coletivo revelaram a hegemonia do enfoque preventivista como norteador da intervenção, assim como seus desdobramentos insatisfatórios sobre o alcance dos objetivos a que se propunha a mesma.

Apoio social e redes: conectando solidariedade e saúde

Andrade,Gabriela R. B. de; Vaitsman,Jeni
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/2002 Português
Relevância na Pesquisa
75.95%
Este artigo discute alguns aspectos da participação de usuários de um serviço público de saúde, o Instituto de Pesquisa Clínica Evandro Chagas (IPCEC/Fiocruz), em uma associação de pacientes, a Associação Lutando para Viver (ALpViver). Baseado em pesquisa qualitativa, com entrevistas semi-estruturadas e observação participante, o trabalho analisa o papel dessa associação, na visão de profissionais do hospital e pacientes, a partir dos conceitos de rede social, apoio social e empowerment. A relevância deste estudo se dá a partir da noção de que a valorização de uma cultura participativa dentro das instituições de saúde contribui para aumentar a autonomia e elevar a auto-estima dos usuários, melhorando a qualidade de vida e de saúde dos mesmos.

A participação de usuários, trabalhadores e conselheiros de saúde: um estudo qualitativo

Grisotti,Márcia; Patrício,Zuleica Maria; Silva,Andréia da
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/05/2010 Português
Relevância na Pesquisa
76%
Pesquisa de abordagem qualitativa que teve como objetivo analisar a efetividade e a resolutividade de ações do SUS e a satisfação de usuários, tendo como unidades de análise uma comunidade e o Conselho Municipal de Saúde de Florianópolis. Os dados foram colhidos através de análise documental, entrevista e observação participante. As fontes de dados foram documentos oficiais e registros de observação de campo; moradores da comunidade (indivíduos e famílias usuários do SUS); profissionais da equipe de saúde e conselheiros de saúde do município. Os resultados mostram compreensões diferentes de saúde entre os sujeitos, bem como a distância que existe entre as práticas e o referencial preconizado nas Estratégias de Saúde da Família. Em relação ao conselho, evidenciou-se deficiências na sua organização, composição e representatividade, nos encaminhamentos das deliberações, no papel do conselheiro e na sua relação com a entidade que ele representa. A participação popular e o controle social, como condições essenciais para a efetivação das propostas do SUS, ainda permanecem como expectativa e um grande desafio.

Experiências brasileiras sobre participação de usuários e familiares na pesquisa em saúde mental

Presotto,Rodrigo Fernando; Silveira,Marília; Delgado,Pedro Gabriel Godinho; Vasconcelos,Eduardo Mourão
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2013 Português
Relevância na Pesquisa
86.09%
Neste artigo os autores fazem a contextualização e a descrição da participação de usuários e familiares em pesquisas em saúde mental no Brasil, abordando a tradição recente das experiências de recuperação (recovery) e empoderamento (empowerment), para delimitar a análise de algumas experiências nacionais avaliativas e projetos de intervenção que contam com estes atores sociais como pesquisadores. São relatadas, sucintamente, as experiências de Grupos de Ajuda Mútua e Guia da Gestão Autônoma de Medicação, com o objetivo de analisar os limites e as possibilidades da participação de usuários e familiares na pesquisa, ainda incipiente e pontual na realidade brasileira. Os autores recomendam a construção de uma agenda na política pública de saúde que estimule esta participação.

Práticas integrativas e complementares no cuidado de enfermagem: um enfoque ético

Magalhães,Mariana Gonzalez Martins de; Alvim,Neide Aparecida Titonelli
Fonte: Universidade Federal do Rio de Janeiro Publicador: Universidade Federal do Rio de Janeiro
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
75.94%
Os objetivos deste estudo foram caracterizar a participação de usuários na opção e no cuidado de enfermagem por meio de práticas integrativas e complementares de saúde (PICS); e analisar esta participação sob o enfoque ético do cuidado de enfermagem. MÉTODOS: Pesquisa qualitativa, desenvolvida com usuários de PICS, em instituições públicas de saúde onde há enfermeiros que as aplicam; foi aprovada pelos Comitês de Ética em Pesquisa das instituições envolvidas. Utilizaram-se o Método Criativo Sensível e análise de discurso. RESULTADOS: Ao considerar a autonomia e a participação dos sujeitos como questão cidadã, retoma-se a discussão sobre o seu direito de opção face aos serviços ofertados. Este direito como condição ética implica ter acesso adequado às informações sobre diferentes possibilidades terapêuticas; depende da ampliação da capacidade dos sujeitos de compreender e agir sobre o mundo e si mesmo. CONCLUSÃO: Há de se ter atenção para que seja preservada a essência da integralidade das PICS, seus princípios e finalidades.

Participação de usuários no desenvolvimento de sistemas de informação: em busca de uma caracterização renovada

Cesar Reis de Oliveira, Rodrigo; Simião Dornelas, Jairo (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
116.2%
Diante da essencialidade atribuída à tecnologia, como recurso para um enfrentamento estratégico das novas dinâmicas de mercado, aliada ao crescimento da indústria mundial de software, esforços teórico-empíricos parecem emergir naturalmente em resposta às diversas peculiaridades inerentes à relação entre as tecnologias e os ambientes organizacionais. Nesses ambientes, as tecnologias estão presentes, via sistemas de informação, possibilitando novas oportunidades de negócio. Para que este cenário seja possível, há uma busca por métodos de desenvolvimento cada vez mais harmonizados com as necessidades e velocidade das organizações. Aqui, a partir da importância atribuída aos sistemas de informação para os resultados estratégicos das organizações, tratou-se como tema central a participação de usuários no desenvolvimento daqueles. Sendo assim, o objetivo desta pesquisa foi investigar as características atuais da participação de usuários diante dos métodos de desenvolvimento de sistemas de informação. Para tal fim, o estudo em forma de survey foi realizado junto a 128 profissionais de desenvolvimento de sistemas de informação no município do Recife. Os resultados evidenciaram a importância da participação de usuários em praticamente todas as fases do desenvolvimento...