Página 1 dos resultados de 361 itens digitais encontrados em 0.008 segundos

Manejo da fertirrigação e controle da salinidade na cultura do pimentão utilizando extratores de solução do solo.; Fertigation management and salinity control in bell peper using soil solution extractors.

Silva, Ênio Farias de França e
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/04/2002 Português
Relevância na Pesquisa
37.67%
O presente trabalho foi realizado com o objetivo de avaliar a utilização de extratores providos de cápsulas cerâmicas no manejo da fertirrigação e no controle do processo de salinização em um cultivo de pimentão (Capsicum annuum L.), ocasionado pelo acúmulo de fertilizantes aplicados em excesso, a partir de um monitoramento da condutividade elétrica da solução do solo e de nutrientes específicos (potássio e nitrato) pelo uso de testes rápidos. Foram analisados os efeitos da técnica proposta no crescimento vegetativo e no rendimento obtido no cultivo de pimentão sob ambiente protegido. Utilizaram-se dois solos com texturas distintas, um franco arenoso e o outro franco argiloso, ambos contidos em vasos de 62 L e salinizados artificialmente a diferentes níveis de condutividade elétrica no extrato de saturação, variando de 1 até 9 dS m-1. Os resultados obtidos demonstraram que com a técnica proposta pode-se monitorar a concentração iônica da solução do solo além de possibilitar a determinação dos íons potássio e nitrato com alta precisão, cálcio e magnésio com precisão satisfatória e que não é recomendado a determinação da concentração de enxofre e fósforo na solução do solo. Observou-se também que o controle dessa solução em níveis desejados proporcionou um efeito benéfico no cultivo do pimentão além de evitar desequilíbrios iônicos e salinização dos solos. Os íons nitrato e potássio podem ser determinados e monitorados ao longo do ciclo da cultura pelo uso de testes rápidos. Os níveis crescentes de salinidade inicial do solo ocasionaram para o solo franco-arenoso uma redução no rendimento da cultura...

Modelagem do balanço de energia do dossel da cultura do pimentão em casa de vegetação.; Canopy energy balance modeling of sweet pepper cultivated in greenhouse.

Atarassi, Roberto Terumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/01/2005 Português
Relevância na Pesquisa
37.4%
Dentre os elementos em um sistema de produção em casa de vegetação, o dossel da cultura é o que mais afeta o microclima interno, sendo de grande importância o entendimento dos seus processos de troca de energia. Dada à complexidade da interação entre os vários elementos, a modelagem mostra-se como uma importante ferramenta para a pesquisa em ambientes protegidos, porém muito pouco utilizado no Brasil. O objetivo do presente trabalho foi o desenvolvimento de um modelo de simulação para estimativa dos componentes do balanço de energia do dossel da cultura do pimentão em casa de vegetação e sua calibração e teste com dados de um experimento de campo. Foi desenvolvido um modelo em equilíbrio dinâmico composto de quatro submodelos: fluxo de calor latente (?E), fluxo de calor sensível (H), balanço de ondas curtas (BOC) e balanço de ondas longas (BOL). Os submodelos para ?E e H foram baseados em teorias de transferência de massa e calor por convecção mista associada a uma equação de estimativa da resistência estomática a partir de medidas climáticas. Os submodelos de BOC e BOL levaram em consideração a disposição em linhas da cultura, a cobertura parcial do dossel e o Índice de Área Foliar (IAF). O modelo foi implementado em planilha eletrônica MICROSOFT EXCEL 2000 e resolvido numericamente através de uma rotina escrita em linguagem VBA (Visual Basic para Aplicativos). O modelo foi calibrado e testado com experimento em casa de vegetação em arco com 17...

Identificação de raças de Xanthomonas spp. patogênicas a pimentão no estado de São Paulo.; Identification of Races of Xanthomonas spp. pathogenic on pepper in São Paulo State, Brazil.

Wierzbicki, Robert
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/01/2005 Português
Relevância na Pesquisa
37.67%
A pústula bacteriana é uma das principais doenças que afetam o pimentão em todo o mundo. Seu agente causal pode ser disseminado por sementes, e é capaz de diminuir a produção e depreciar os frutos para comercialização. A bactéria Xanthomonas spp., o agente causal da doença, apresenta alta variabilidade. Três espécies estão associadas à doença: Xanthomonas axonopodis pv. vesicatoria, X. vesicatoria e X. gardneri. Enquanto alguns isolados infectam somente o pimentão, outros infectam pimentão e tomate. Xanthomonas axonopodis pv. vesicatoria é considerada a espécie mais comum em pimentão, e era anteriormente conhecida como o grupo A de Xanthomonas campestris pv. vesicatoria (A1 não amidolítico, A2 amidolítico); e o grupo B era representado por Xanthomonas vesicatoria (fortemente amidolítico). Até agora, 11 raças do patógeno foram relatadas, sendo as raças 1, 2 e 3 as mais comuns. A resistência genética tem sido a mais importante forma de controle e pode ser obtida pelo emprego de 4 genes dominantes (Bs1, Bs2, Bs3, Bs4). Estes genes estão associados à reação de hipersensibilidade e representam a forma mais promissora de resistência atualmente. Mesmo assim, o gene de resistência a ser utilizado depende da correta identificação das raças no campo. Este trabalho teve como objetivo a identificação de raças de Xanthomonas spp. isoladas em áreas de produção no Estado de São Paulo...

Reuso de água residuária tratada na irrigação da cultura do pimentão (Capsicum annun L.); Treated wastewater reuse in the irrigation of pepper culture (Capsicum annun L.)

Duarte, Anamaria de Sousa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 02/02/2007 Português
Relevância na Pesquisa
37.52%
A reutilização de efluentes domésticos tratados para fins agrícolas pode favorecer o desenvolvimento de uma determinada região, particularmente nos casos de escassez de água. Os benefícios econômicos que o reuso pode proporcionar estão relacionados ao aumento da área cultivada e da produtividade agrícola, decorrente do aporte de nutrientes encontrados nestas águas. O objetivo desta pesquisa foi avaliar os efeitos do reuso de efluente doméstico tratado na irrigação de pimentão, visando produzir frutos adequados para consumo humano, e aumentar o rendimento da cultura em relação ao rendimento obtido usando água potável. Foram avaliadas características físicas, químicas e microbiológicas do efluente tratado, da água potável utilizada e do solo usado no cultivo. Também se avaliou o efeito do elemento nitrogênio fornecido pelo efluente e suas implicações no estado nutricional das plantas, nas medidas de crescimento, na produção de matéria seca e no rendimento da cultura, bem como as características microbiológicas dos frutos produzidos. Esse estudo foi realizado no período de Maio a Setembro de 2005, com uma variedade de pimentão. O delineamento experimental foi aleatorizado em esquema fatorial 4x2, sendo quatro tipos de água e dois níveis de adubação...

Caracterização e identificação de espécies de Colletotrichum associadas à antracnose do pimentão (Capsicum annuum) no Brasil; Characterization and identification of Colletotrichum species associated to anthracnose in pepper (Capsicum annuum) in Brazil

Tozze Junior, Hugo Jose
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 01/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.72%
A antracnose é uma das doenças mais importantes do pimentão em vários países. Por muitos anos, somente C. gloeosporioides foi relatado como agente causal da antracnose desta cultura no Brasil. Entretanto, recentemente C. acutatum e C. capsici também tem sido associados a esta doença em algumas regiões do país. Neste trabalho, 56 isolados de Colletotrichum obtidos de pimentão e procedentes de diferentes regiões produtoras do país foram caracterizados e identificados por meio de algumas características morfológicas e culturais, e pela análise por PCR utilizando oligonucleotídeos espécie-específicos. Isolados representativos de cada espécie identificada na população amostrada também foram caracterizados quanto à patogenicidade em frutos de pimentão verdes e maduros, feridos e não feridos e quanto a sensibilidade aos fungicidas azoxistrobina, carbendazim, tiabendazol, tebuconazol, captana, clorotalonil e cloreto de benzalcônio. Os resultados demonstram que C. acutatum é a espécie predominante nas principais regiões produtoras de pimentão do país, representando cerca de 72% da população amostrada. C. capsici foi encontrada com freqüência aproximada de 14%, nos estados de São Paulo e Minas Gerais. C. gloeosporioides representou apenas 5% da população amostrada e teve distribuição restrita ao estado de São Paulo e ao Distrito Federal. Um único isolado de C. coccodes foi encontrado no Rio Grande do Sul. Além dessas espécies...

Procedimentos para avaliação do potencial fisiológico de sementes de pimentão e relações com a emergência de plântulas; Procedures for the physiological potential assessment of pepper seeds and relations with the emergence of seedlings.

Gagliardi, Bruna
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
37.4%
O presente trabalho teve como objetivos verificar a eficiência de procedimentos para avaliação do potencial fisiológico de sementes de pimentão e procurar identificar suas relações com a germinação sob diferentes temperaturas e com a emergência de plântulas. Paralelamente, foram efetuadas análises de imagens obtidas com o emprego de radiações X, procurando associar a morfologia interna das sementes ao seu desempenho e determinar possíveis causas de variações do potencial fisiológico. Utilizaram-se cinco lotes de sementes dos híbridos Reinger e Sentinel. A avaliação do potencial fisiológico das sementes foi realizado mediante a condução do teste de germinação, envelhecimento acelerado com solução saturada de NaCl (48h/41°C), emergência de plântulas (percentagem e velocidade), teste de tetrazólio (3h/45°C para embebição e 2h/5°C para a coloração das sementes) e teste de germinação (percentagem e velocidade) sob cinco faixas de temperatura (15°C, 18°C, 21°C, 25°C e 30°C), em mesa termogradiente. Para o teste de raios X, as sementes radiografadas foram classificadas em função do estádio de desenvolvimento e morfologia dos embriões; posteriormente ao teste de germinação, procurou-se relacionar a estrutura das sementes com as respectivas plântulas/sementes resultantes. Os testes de envelhecimento acelerado com solução saturada de NaCl e de tetrazólio são adequados para a avaliação do potencial fisiológico das sementes e...

Cultivo de pimentão em ambiente protegido utilizando diferentes manejos de fertirrigação; Greenhouse Sweet Pepper production using different fertirrigation management

Oliveira, Francisco de Assis de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
37.67%
Em busca da máxima produtividade das culturas em ambiente protegido, muitos agricultores aplicam doses excessivas de adubos. Isto, na maioria das vezes, acarreta no aumento dos custos de produção, no baixo rendimento das culturas, contaminação ambiental e acúmulo de sais no solo, podendo torná-lo impróprio para o cultivo. Neste sentido, são realizados estudos para desenvolver um manejo da fertirrigação que propicie maior eficiência produtiva da cultura do pimentão em ambiente protegido. Neste contexto, este trabalho foi desenvolvido com o objetivo de avaliar a eficiência de manejos da fertirrigação e níveis de nitrogênio e de potássio na cultura do pimentão em ambiente protegido. O delineamento utilizado foi blocos casualizados, em esquema fatorial 3 x 6, totalizando 18 tratamentos, com quatro repetições. Os tratamentos resultaram da combinação de três manejos de fertirrigação (M1 - Fertirrigação a partir da marcha de absorção de nutrientes pela cultura; M2 - Fertirrigação a partir do monitoramento da concentração de íons de N e K na solução do solo; M3 - Fertirrigação a partir do monitoramento da condutividade elétrica da solução do solo), com seis níveis de nitrogênio e de potássio (0...

Evapotranspiração máxima da cultura de pimentão em estufa plástica em função da radiação solar, da temperatura, da umidade relativa e do déficit de saturação do ar; Maximum evapotranspiration of sweet pepper in plastic greenhouse as a function of solar radiation, temperature, relative humidity and water vapor pressure deficit of the air

Dalmago, Genei Antonio; Heldwein, Arno Bernardo; Nied, Astor Henrique; Grimm, Edenir Luis; Pivetta, Carina Rejane
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
37.4%
Um experimento foi conduzido para avaliar a relação da evapotranspiração máxima (ETm) da cultura de pimentão por unidade de índice de área foliar (ETmf) com a radiação solar global incidente (Rge) e saldo de radiação (Rne), externos à estufa, e com a temperatura (tam), umidade relativa (URm) e déficit de saturação (D) do ar no interior da estufa. A ETm foi determinada por lisimetria. Apenas a temperatura e a umidade relativa do ar foram registradas e as demais variáveis foram estimadas. O Rne apresentou o maior efeito isolado, seguido pelo D e pela URm. A temperatura do ar às 15 horas e a temperatura máxima diária foram as variáveis pontuais de maior associação com a ETmf. A Rge melhorou sua relação quando analisada em diferentes faixas de tam. Os resultados confirmaram o Rne e o D como as variáveis meteorológicas de maior efeito preditivo da evapotranspiração das culturas em estufas plásticas no outono, porém com graus diferenciados de ajuste para o pimentão em relação às outras culturas.; An experiment was carried out to study the relationship between sweet pepper maximum evapotranspiration (ETm) per unit leaf area index (ETmf) and incident solar radiation (Rge) and net radiation (Rne) outside greenhouse...

Análise comparativa da região codificadora para a proteína capsidial de isolados de PepYMV e PVY coletados em pimentão

Moura, Monika Fecury; Marubayashi, Julio Massaharu; Mituti, Tatiana; Gioria, Ricardo; Kobori, Romulo Fujito; Pavan, Marcelo Agenor; Krause-Sakate, Renate
Fonte: Grupo Paulista de Fitopatologia Publicador: Grupo Paulista de Fitopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 93-96
Português
Relevância na Pesquisa
37.4%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); O Potato virus Y (PVY) e Pepper yellow mosaic virus (PepYMV) são as únicas espécies de potyvirus encontradas em pimenta e pimentão no Brasil. A região codificadora para a proteína capsidial de isolados de PepYMV e PVY coletados em pimentão, foi avaliada quanto à variabilidade e presença de motivos específicos aos potyvirus. A identidade da seqüência de aminoácidos na CP entre os isolados de PepYMV foi de 93% a 100%, enquanto que para os de PVY 94% a 98%. Entre os vírus esta variou de 73% a 79%. Foi observada variabilidade nas regiões conservadas da CP. Todos os isolados de PepYMV seqüenciados não apresentaram o motivo DAG na CP, relacionada a transmissão dos vírus por afídeos, enquanto que para as seqüências obtidas de PVY foi observada. Demais domínios como MVWCIENG, ENTERH, QMKAAA e PYMPRYG foram verificadas em ambas espécies.; Potato virus Y (PVY) and Pepper yellow mosaic virus (PepYMV) are the only potyvirus species found in pepper and sweetpepper in Brazil. The region encoding the coat protein of PVY and PepYMV isolates collected in sweetpepper was evaluated for the presence of specific motifs of potyviruses. The identity of the amino acid sequence in CP among PepYMV isolates was 93% to 100%...

Deficiência hídrica em plantas de pimentão (Capsicum annum L.) fertirrigadas e seus efeitos sobre a produção de massa e parâmetros bioquímicos

Lima, Géssica Silva
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: x, 78 f. : il. color., grafs., tabs
Português
Relevância na Pesquisa
37.52%
Pós-graduação em Agronomia (Irrigação e Drenagem) - FCA; Pertencente à família das Solanáceas, gênero Capsicum, o pimentão vem se destacando como uma das olerícolas mais consumidas no Brasil, tendo a sua produção ampliada nos últimos anos, em função da melhor adaptação em ambiente protegido comparado a outras culturas. Embora muito cultivado por pequenos e médios produtores brasileiros, o pimentão necessita de uso de tecnologia mais adequada nos aspectos relacionados ao manejo, adubação, variedades e tecnologia de irrigação para que sua exploração seja tecnicamente conduzida e economicamente viável, diante do exposto, este trabalho foi desenvolvido em casa de vegetação, no Departamento de Engenharia Rural da Faculdade de Ciências Agronômicas - UNESP, Campus de Botucatu, SP com o objetivo de avaliar a produção de massa e alguns parâmetros bioquímicos na cultura do pimentão submetida à deficiência hídrica. O delineamento experimental utilizado foi em blocos casualizados, com seis repetições. A cultivar estudada foi a Melina. O manejo da irrigação foi realizado com base nas leituras dos tensiômetros, instalados no tratamento testemunha T1 correspondente a reposição de 100% da água no solo...

Identificação e caracterização de Xanthomonas euvesicatoria de pimentão no Brasil

Areas, Maysa Souza
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: ix, 56 f. : il. color., grafs., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.6%
Pós-graduação em Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA; O pimentão é uma hortaliça com grande apreciação no Brasil, tendo elevada importância no mercado de condimentos, temperos e conservas. O Estado de São Paulo é o principal produtor desta hortaliça, com produção aproximada de 85.000 toneladas na safra 2010. Dentre os principais problemas fitossanitários da cultura do pimentão, destaca-se a mancha bacteriana, causada por espécies de Xanthomonas spp. A doença pode ocasionar perdas substanciais na produtividade da cultura, especialmente em períodos de elevadas pluviosidade e temperatura, além da baixa eficácia de controle com produtos químicos, como fungicidas cúpricos. Em vista do exposto, o objetivo do presente trabalho foi caracterizar 59 isolados de Xanthomonas spp. de pimentão obtidos de diferentes regiões produtoras do Brasil, através da utilização de técnicas bioquímicas/fisiológicas, moleculares e verificar a sensibilidade in vitro dos isolados aos sulfatos de cobre e zinco e suas misturas. Para os ensaios bioquímicos/fisiológicos, foram realizados os testes de reação diferencial de Gram, solubilidade em KOH a 3%, hidrólise de amido, atividade pectinolítica e a utilização de 13 fontes de carbono...

Lâminas de água e diferentes tipos de cobertura de solo na cultura do pimentão amarelo sob cultivo protegido

Rodrigues, Domingos Sávio
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xvi, 106 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
37.52%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Pós-graduação em Agronomia (Horticultura) - FCA; O experimento foi instalado na Fazenda de Ensino, Produção e Pesquisa em São Manuel, pertencente a FCA/UNESP, Campus de Botucatu com o objetivo comparar diferentes lâminas de água e coberturas de solo na cultura do pimentão amarelo, híbrido Zarco. O delineamento experimental adotado foi de blocos ao acaso com tratamentos em parcelas subdivididas, com quatro repetições. Nas parcelas avaliaram-se as lâminas de água, e nas subparcelas, as coberturas de solo. Foram utilizadas quatro lâminas de água com 120, 100, 80 e 50% da quantidade de água evapotranspirada, para os respectivos tratamentos. O controle da irrigação foi feito baseado na evaporação de tanque classe A dentro da casa de vegetação. As coberturas de solo foram: C1- solo sem cobertura (testemunha); C2- cobertura de solo com bagacilho de cana; C3- cobertura de solo com plástico da cor preta; C4- cobertura de solo com plástico da cor prata, C5- cobertura de solo com plástico da cor laranja e C6 - cobertura de solo com plástico da cor verde. Nas condições do experimento foram obtidas as seguintes conclusões: As coberturas de cor preta e cor verde proporcionaram maiores temperaturas do solo...

Potyvirus: caracterização parcial de espécies em plantas daninhas associadas a cultura do pimentão, avaliação de genótipos de alface e análise subcelular do eIF4E e de proteínas do Lettuce mosaic virus

Moura, Mônika Fecury
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: viii, 71 f. : il. color., grafs., tabs
Português
Relevância na Pesquisa
37.52%
Pós-graduação em Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA; Os potyvírus constituem cerca de 90% das espécies conhecidas da família Potyviridae. No Brasil ocasionam sérios entraves em alface (Lactuca sativa L.) e em pimentão (Capsicum annuum L.), onde se pode citar o Lettuce mosaic virus – LMV e o Pepper yellow mosaic virus (PepYMV), respectivamente. Com o intuito de melhor compreender o reservatório natural de potyvírus em plantas invasoras, amostras foram coletadas em áreas produtoras de pimentão e analisadas utilizando-se antissoro anti-potyvirus (Agdia). Entre estas plantas positivas, destacou-se Solanum americanum Mill, onde foi verificada infecção mista do Cucumber mosaic virus e do Potato virus Y, e Commelina benghalensis L. em que foi encontrado um possível novo potyvírus com a maior identidade de nucleotídeos da proteína capsidial (62%) com a espécie Hardenbergia mosaic virus. Este potyvírus não foi transmitido por extrato vegetal, bem como por afídeos para plantas de pimentão e Nicotiana tabaccum TNN. Na região codificadora para a proteína capsidial do potyvirus não foi encontrado o domínio DAG, relacionado a transmissão por afídeos. Visando encontrar possíveis fontes de resistência ao Lettuce mosaic virus - LMV...

Begomovírus de plantas de pimentão e tomate no Estado de São Paulo: ocorrência, variabilidade, identificação de biótipos de bemisia tabaci e de resistência em capsicum spp

Rocha, Kelly Cristina Gonçales
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: xi, 106 f. : tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
37.67%
Pós-graduação em Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA; Considerando o aumento de begomovírus e mosca-branca no campo o presente trabalho teve como objetivos a detecção, a caracterização molecular e a análise da diversidade genética de begomovírus em pimentão e tomateiro em diferentes municípios do Estado de São Paulo: Piraju, Tejupá, Santa Cruz do Rio Pardo, São Pedro do Turvo, São Miguel Arcanjo, Itapetininga, Lins, Sabino, Timburí, Iacanga, Pirajuí, Avaí, Reginópolis e Salto; a identificação de biótipos de B. tabaci por meio da amplificação do gene mitocondrial (citocromo oxidase I - mtCOI) seguido de seqüenciamento ou RFLP utilizando a enzima Taq I e a avaliação para resistência de acessos de Capsicum spp. a dois isolados de ToSRV. A análise da variabilidade foi realizada por meio de seqüenciamento da região da capa protéica (DNA-A) com oligonucleotídeos universais e, paralelamente, as mesmas amostras foram testadas por amplificação por círculo rolante (RCA) sendo, posteriormente, clivadas com a enzima de restrição HpaII. Um total de 812 amostras foi analisado, sendo 709 de pimentão e 103 de tomate. Por PCR tradicional, foram detectadas positivas para presença de begomovírus 98 amostras provenientes de pimentão e 39 de tomateiro...

Interação fungos micorrízicos arbusculares e Meloidogyne incognita, em plantas de tomateiro e pimentão

Bordin, Silvia Santin
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: Tese de Doutorado Formato: ix, 70 f.
Português
Relevância na Pesquisa
37.52%
Pós-graduação em Agronomia (Proteção de Plantas) - FCA; O tomateiro e o pimentão são importantes culturas no Brasil. Porém, como muitas culturas são atacadas pelos chamados nematóides causadores de galhas, entre estes a espécie Meloidogyne incognita Chitwood. Este nematóide representa grandes perdas em ambas culturas. Estas culturas também são colonizadas por fungos micorrízicos arbusculares, os quais podem trazer vários benefícios às plantas. Dentre esses benefícios temos o auxílio na absorção de fósforo e a redução na severidade de doenças. Este trabalho analisou a interação fungos MA e as raças 2 e 3 de M. incognita em plantas de tomateiro e pimentão. Observou-se que, em tomateiro, os fungos MA, aumentaram os teores de fósforo na parte aérea, sendo que Glomus clarum foi mais eficiente que Gigaspora margarita. Ambas as raças de M. incognita foram bastante agressivas às plantas de tomateiro, porém os fungos MA foram eficientes em auxiliar a planta a superar o dano do nematóide. G. clarum, G. margarita e Glomus etunicatum melhoraram o desenvolvimento de plantas de pimentão, aumentaram os teores de fósforo na parte aérea e auxiliaram as plantas a superar os danos provocados pelo nematóide.; Tomato and pepper plants are important cultures in Brazil. But as many cultures are attacked by named root-knot nematodes ...

Desenvolvimento, validação e aplicação de métodos para determinação multirresíduo de agrotóxicos em pimentão por cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas sequencial; Development, validation and application of methods for multiresidue determination of pesticides in bell pepper by liquid chromatography to tandem mass spectrometry

Elisa Helena da Costa Morais
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 30/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
37.52%
Os pimentões destacam-se no Brasil como uma das hortaliças mais cultivadas. No entanto, de acordo com o Programa de Análise de Resíduos de Agrotóxicos em Alimentos da Agência Nacional de Vigilância Sanitária, eles têm apresentado o maior índice de irregularidades com agrotóxicos não autorizados e/ou autorizados, sendo encontrados em concentrações acima do limite máximo de resíduo (MRL). Neste contexto, métodos utilizando dispersão da matriz em fase sólida (MSPD) com um sorvente constituído por poli(metiltetradecilsiloxano) imobilizado termicamente sobre sílica aluminizada, Si-Al(PMTDS), QuEChERS (tampão citrato), e cromatografia líquida acoplada à espectrometria de massas sequencial (LC-MS/MS) foram desenvolvidos e validados para determinação multirresíduo de agrotóxicos em pimentão verde. Ambos os métodos apresentaram seletividade, limites de quantificação (LOQ) menores que os MRL, linearidade, exatidão (recuperações entre 50 e 120%) e precisão (coeficientes de variação < 20%). Os métodos foram aplicados em amostras de pimentão verde do comércio, e pelo menos um dos analitos foi detectado na maioria das amostras. Embora ambos os métodos sejam adequados para o emprego em pimentão verde para determinação destes agrotóxicos...

Atributos de hortaliças sob a ótica de consumidores : estudo de caso do pimentão no Distrito Federal; Attributes of vegetables based on consumer´s needs : a case study on bell peppers in Distrito Federal, Brazil

Onoyama, Silvia Satiko; Reifschneider, Francisco José Becker; Moita, Antônio Williams; Souza, Geraldo da Silva e
Fonte: Associação de Horticultura Brasileira (ABH) Publicador: Associação de Horticultura Brasileira (ABH)
Tipo: artigo / article
Português
Relevância na Pesquisa
37.6%
Melhoristas de Capsicum da Embrapa Hortaliças estão orientando parte de seus esforços sob a ótica dos consumidores intermediários e finais com objetivo de aumentar as chances de sucesso de longo prazo do desenvolvimento de novas cultivares. Nesse cenário, este trabalho ilustra uma pesquisa, iniciada em 2007, com consumidores de pimentão do Distrito Federal para conhecer as principais características que são levadas em consideração no ato da compra. O estudo foi dividido em duas partes: um piloto com 444 consumidores de um grande supermercado e um levantamento com 500 consumidores finais de pimentão in natura de cinco supermercados de Brasília. Utilizou-se a análise de dados categóricos por meio do procedimento CATMOD do SAS para verificar a ordenação de importância dos atributos, os contrastes das médias, bem como a influência do perfil do comprador na avaliação das características envolvidas na compra. Em complemento, usou-se a análise de correspondência para a representação gráfica das relações multidimensionais das distâncias do grau de importância dos atributos do pimentão. Os consumidores enfatizaram a textura e as características relacionadas ao aspecto visual durante a compra do pimentão. Em adição...

Efeitos diretos e indiretos e correlações canônicas para caracteres relacionados com a produção de pimentão

TAVARES,MARCELO; MELO,ARLETE MARCHI TAVARES DE; SCIVITTARO,WALKYRIA BUENO
Fonte: Instituto Agronômico de Campinas Publicador: Instituto Agronômico de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/01/1999 Português
Relevância na Pesquisa
37.52%
O trabalho foi realizado com os seguintes objetivos: (a) estudar os efeitos diretos e indiretos de oito caracteres de planta e fruto sobre a produção de pimentão (Capsicum annuum L.), utilizando-se de análise de trilha, e (b) obter as correlações canônicas entre o grupo dos principais fatores de produção (peso(5) e número total de frutos) e os grupos: (1) produção precoce-número de frutos e produção precoce-peso de frutos; (2) comprimento, largura e número de lóculos do fruto, e (3) comprimento e largura do fruto. Empregaram-se seis genótipos de pimentão e os híbridos possíveis entre eles, obtidos mediante esquema dialélico, excluindo-se os recíprocos. Os resultados mostraram que as avaliações da produção de pimentão podem ser feitas nas primeiras colheitas, em vista do efeito pronunciado do caráter produção precoce-peso de frutos sobre o peso total de frutos, e da significância das correlações canônicas entre produção precoce-número e peso de frutos e peso total de frutos. O número total de frutos foi o caráter que apresentou maior efeito positivo sobre o peso total de frutos. Menor largura e maior número de lóculos por fruto determinaram maior peso total de frutos.

Desempenho de sementes de pimentão revestidas com diferentes materiais

Oliveira,João Almir; Pereira,Carlos Eduardo; Guimarães,Renato Mendes; Vieira,Antonio Rodrigues; Silva,João Bosco Carvalho da
Fonte: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes Publicador: Associação Brasileira de Tecnologia de Sementes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2003 Português
Relevância na Pesquisa
37.52%
A técnica de revestimento de sementes tem sido bastante utilizada, principalmente para as espécies que possuem sementes pequenas, como as olerícolas, forrageiras, florestais e ornamentais, pois além de aumentar o tamanho das mesmas para fins de semeadura direta, possibilita a aplicação de outros elementos essenciais ao bom desempenho da cultura em sua fase inicial. Neste contexto, o presente trabalho teve como objetivo revestir sementes de pimentão com diferentes tipos de materiais e avaliar seu comportamento durante o armazenamento. Sementes tratadas ou não com Rovrin, na dosagem de 200g/100kg, foram submetidas ao pré-condicionamento, pela embebição das sementes em solução de KNO3 a -1,1MPa, em sistema aerado por cinco dias. Após secas, as sementes foram revestidas com uma mistura de areia + microcelulose e outra de calcário + microcelulose. As sementes revestidas, juntamente com as não revestidas, foram secadas e embaladas em envelopes de papel comum (embalagem permeável) e em papel laminado (embalagem impermeável) e armazenadas em condições de ambiente no Laboratório de Análise de Sementes da UFLA. A avaliação da qualidade das sementes foi realizada a cada quatro meses, por um período de 20 meses, utilizando as seguintes determinações: teor de água...