Página 1 dos resultados de 4918 itens digitais encontrados em 0.147 segundos

Política pública e educação em Princesa Isabel/pb : tensão dos opostos entre 2000-2008

Lima, Clodoaldo José de
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
65.83%
Esta pesquisa analisa as políticas públicas para a educação básica no município de Princesa Isabel/PB e tem como objeto de investigação a análise das políticas implementadas no período de 2000 a 2008, cujo tema central se refere à tensão dialética entre gestores e professores no fenômeno da educação político-prática municipal. A pesquisa em seu contexto evoca uma leitura reflexiva das matizes que integram a construção do processo educacional, partindo-se da concepção de Estado, de sociedade e de política como direito público subjetivo garantido pela Constituição Federal de 1988, até a identificação das ações políticas efetivamente implementadas pelo município no recorte temporal citado. O problema constitutivo emerge na seguinte forma expressiva: a política pública e a educação em Princesa Isabel formaram uma unidade dual do processo educativo entre 2000-2008? Tendo em vista ter sido dado prioridade à construção e implementação do eixo político-pedagógico, o método dialético aparece em todo o texto, mais explicitamente na dialética de leitura, quando se promove a leitura dos instrumentos de recolha de dados onde se faz uma análise criteriosa da tensão dialética constatada entre os opostos...

Quitungo, mídia e cidadania: a política de "mídia e educação" da prefeitura do Rio de Janeiro em uma perspectiva discursiva e comunitária; Kitungo, media and citzenship: The media and education politic of Rio de Janeiro city in a discursive and communitarian perspective

Maranhão, Carlos André Cantisani
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 20/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
65.81%
Este trabalho visa analisar o discurso da política de "Mídia e Educação" da Secretaria Municipal de Educação do Rio de Janeiro (SME-RJ) através do texto de documentos diversos e do confronto deles com a prática pedagógica. Visualiza-se, com isso, a possibilidade de educação para a "cidadania plena" a partir das interações sociais com a mídia, já que esse conceito de cidadania está presente em artigos, editoriais e na proposta curricular "Multieducação" que norteia o trabalho docente nas escolas e as ações políticas e pedagógicas da prefeitura. Num primeiro momento, é apresentado um estudo mais abrangente sobre a literatura do campo da comunicação educativa ou mídia educação. Em um segundo momento, faz-se uma análise enunciativa dos documentos oficiais da SME-RJ com o intuito de identificar a concepção política e pedagógica vigente por meio das principais formações discursivas e do léxico utilizado, com destaque para o conceito de "cidadania plena". Assumindo que a "plenitude" da cidadania demanda níveis mais amplos de participação social para deliberação e mobilização política, desenvolveu-se a pesquisa de campo em uma abordagem etnográfica para descrever as interações sociais e o processo de aprendizagem das etapas de formação de professores e apropriação tecnológica em linguagem audiovisual (cinema de animação) do projeto Anima Escola...

Hannah Arendt e a separação entre política e educação; Hannah Arendt and the dissociation between politics and education

Ferreira, Manuela Chaves Simões
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 28/05/2007 Português
Relevância na Pesquisa
65.8%
Trabalho de pesquisa teórica que parte de conceitos e idéias de Hannah Arendt em seu artigo intitulado "Reflexões sobre Little Rock". Neste artigo é proposta a separação entre educação e política a fim de garantir a preservação da autoridade na escola. Nesta dissertação descreve-se a ascensão da esfera social e a substituição da ação pelo conformismo, fenômeno que coincide com uma crise de autoridade no mundo moderno. Em seguida, examina-se o que Arendt entende por política através da configuração desta esfera da vida humana, comparando-se a Antiguidade e a Era Moderna, momento em que a autoridade desaparece da política. Estabelece-se a relação destes fenômenos à crise da educação e propõe-se a separação da educação e da política. Retoma-se o papel da educação nas democracias e conclui-se que se o objetivo da educação nas democracias é preparar as novas gerações para conservar e renovar o mundo, a autoridade e o contato com a tradição devem ser mantidos na escola.; This theorist research starts from the concepts and ideas of Hanna Arendt article named "Reflections on Little Rock. This article proposes the dissociation between education and politics, in order to guarantee the preservation of the authority at the school. In this Master Thesis it is described the ascension of the social sphere and the substitution of action instead of compliance...

Política de educação especial da Secretaria Municipal de Educação de Campinas no período de 2005 a 2012; Special education policy of the Secretary of Municipal Education of Campinas, from 2005 to 2012

Sotero, Mariana da Cunha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/04/2014 Português
Relevância na Pesquisa
65.87%
Esta pesquisa, de natureza qualitativa, tem como objetivo analisar os princípios, finalidades e diretrizes da política de educação especial da Secretaria Municipal de Educação de Campinas, bem como seus pontos, contrapontos e ajustes às políticas federais na perspectiva inclusiva. Para cumprir este objetivo, compilamos dados de matrícula, legislação e documentos produzidos por esta Secretaria, de 2005 a 2012. A análise dos dados considerou os documentos orientadores e legislação federal, o referencial teórico concernente à regulação e análise de política pública, ao federalismo brasileiro e à educação especial. A pesquisa evidencia que na política municipal a dimensão quantitativa do direito à educação das pessoas com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação, que se refere ao seu acesso à classe comum, originou-se no bojo da proposta de integração escolar e de universalização da educação, instituída pela Constituição Federal de 1988. A dimensão qualitativa do direito à educação desse público, que diz respeito às formas e funções que o ensino deve assumir, foi introduzida timidamente na política municipal em 1991, com a instituição do apoio especializado do professor de educação especial na classe comum...

Proposta de uma politica de educação ambiental em nivel municipal

Rosa, Isimar Soares
Tipo: dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
65.83%
Propõe-se o presente trabalho à apresentação de uma Proposta de política de Educação Ambiental a ser implantada em nível municipal, a fim de intervir na estrutura sócio-político-econômica e ecológica da menor fração do Estado, considerada como deficitária. A açao política da Educação Ambiental irá objetivar, primeiro, o estudo do meio ambiente com seus impactos, das variáveis que interatuam, tornando-o desarmônico e comprometedor da vida de e em Gaia; segundo, o estudo das relações sociais - movimentos sociais - salientando os fatores determinantes dos conflitos e confrontos, tendo como denominador o poder decisório, inerente aos diferentes estratos e grupos sociais e, em terceiro, a reconstrução da subjetividade dos munícipes, tendo em vista que, via de re gra, eles a perderam, juntamente com a ilusão de poderem participar da melhoria da qualidade de vida da sociedade. Essa reconstrução deverá ser concomitante com a recuperação da dignidade e revalorização do conceito de cidadania plena, que se fará através de ações concretas e substantivas por reformas que busquem a democratização das instituições, organizações e entidades, públicas e civis, em âmbito municipal. Após a introdução...

Serviço social e educação: interfaces de uma atuação política

Lança, Angelita Márcia Carreira Gandolfi
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: 184 f. : gráfs., mapas, tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
65.8%
Pós-graduação em Serviço Social - FCHS; A dissertação fundamenta-se em pesquisas de natureza bibliográfica e de Campo (quantitativa e qualitativa), sob referência do método materialista histórico dialético. Apresenta como objetivo principal a compreensão do processo de inserção do Serviço Social na Política Educacional do município de Ribeirão Preto/SP, em atenção ao perfil de educador social e político do Assistente Social. Aborda em seu desenvolvimento a trajetória histórica da Educação e do Serviço Social na sociedade brasileira desde o início, identificando proximidades e distanciamentos entre as duas áreas na conjuntura econômica, política, social e cultural do país, em busca de evidenciar os desafios e possibilidades da atuação do Assistente Social no sistema educacional, em específico nas instituições de ensino públicas e privadas. Em resposta às descobertas e evidências da Pesquisa, realiza alguns apontamentos e/ou sugestões para a categoria profissional em prol de seu fortalecimento e legitimação na sociedade, bem como frente ao seu processo de regulamentação e inserção na Política Social de Educação. A pretensão é a de contribuir com o debate e a realização de ações estratégicas em torno da temática...

A dimensão política da educação ambiental em investigações de revistas brasileiras de ensino de ciências

Santos, Wildson Luiz Pereira dos; Carvalho, Luiz Marcelo de; Levinson, Ralph
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 199-213
Português
Relevância na Pesquisa
65.8%
Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Through an analysis of texts linking environmental education to science education, this article aims to highlight the political dimensions of democracy, citizenship and social justice. It seeks to emphasize the context of compulsory education that has privileged research on certain curriculum areas, environmental issues and topics that have been selected by the researchers. The analyses indicated a slight predominance of critical perspectives on environmental education as a preferred theoretical framework. Taking into consideration that there are societal models underlying the consensus on this dimension that remain hidden and need to be brought out into the open to be critically discussed, we propose more clarification in this point. Likewise, we conclude that there is a need for greater clarification of the meaning of the political dimension of environmental education.; O presente texto tem como objetivo sistematizar resultados relacionados com a dimensão política da educação ambiental apresentada em artigos que estabelecem relações entre educação ambiental e o ensino das Ciências da Natureza...

Desenvolvimento, globalização e politicas sociais : um exame das determinações contextuais dos projetos de reforma da educação e da saude brasileiras da ultima decada

Ireni Marilene Zago Figueiredo
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 16/02/2006 Português
Relevância na Pesquisa
65.82%
As políticas de educação e saúde são produtos de relações complexas entre as dimensões econômico-social e político-ideológica de um determinado contexto histórico de desenvolvimento do capitalismo. Tendo essa relação como pressuposto e as características peculiares do processo de desenvolvimento capitalista brasileiro como referência, analisamos, neste trabalho, as políticas de educação e de saúde como determinadas, em última instância, pelas condições econômico-sociais e político-ideológicas vigentes. Nesse movimento, buscamos compreender as categorias do desenvolvimentismo e da globalização e as relações estabelecidas com a educação e a saúde, ultrapassando a análise interna das instituições públicas, visto que o estudo crítico das políticas de educação e saúde, através da apreensão da sua relação com a base econômica e a superestrutura ideológica, só é possível pela análise do modo de produção capitalista e seus modos de desenvolvimento. Nesta perspectiva, partimos da compreensão de que as políticas de educação e saúde básicas integram o conjunto das reformas econômicas e, portanto, estão circunscritas ao processo de reforma e modernização do Estado e seus objetivos políticos e econômicos. Sustentamos que...

Ordens do dia e educação politica : da construção a elaboração de representação coletiva

Geraldo Inacio Filho
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 25/06/1997 Português
Relevância na Pesquisa
75.7%
Esta tese tem como objetivo central a análise do discurso militar conservador presente nas Ordens do Dia do Ministro do Exército do Governo do General João Batista de Oliveira Figueiredo, o também General Walter Pires Carvalho e Albuquerque, no período compreendido entre os anos 1979-1985. O referido discurso incorpora princípios e concepções desenvolvidos pela Escola Superior de Guerra (ESG), a qual, por sua vez, traz em seu bojo fortes componentes da Geopolítica, arma do fascismo. O eixo teórico da tese é o conceito de representação coletiva, definido como um discurso relativamente articulado justificador de determinadas práticas coletivas, mais as referidas práticas e voltados (tanto o discurso quanto as práticas) para o estabelecimento de situações que não são dadas ao nível da realidade objetiva. A representação orienta-se para a organização do "imaginário" e das práticas referidas, concebidos não como o resultado necessário da ação racional dos homens, mas como a realização de certos valores e concepções de vida. Este é o assunto do primeiro capítulo que se integra e complementa outros três compondo o desenvolvimento do trabalho. No segundo capítulo analisamos as relações da instituição militar do Exército Brasileiro no contexto da sociedade civil brasileira...

O Congresso Nacional e a educação brasileira : significado politico da ação do Congresso Nacional no processo de elaboração das leis n. 4024/61, 5540/68 e 5692/71

Dermeval Saviani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: tese de livre docência Formato: application/pdf
Publicado em //1986 Português
Relevância na Pesquisa
75.76%
O presente trabalho investiga o significado politico da ação do Congresso Nacional no processo de elaboração das leis 4024/61 (Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional), Lei 5540/68 (Lei da reforma universitária) e Lei 5692/71 (Lei de Diretrizes e Bases do Ensino de 19 e 29 Graus). A Introdução procura apresentar e justificar a escolha do tema bera como do enfoque adotado cujo referencial teórico compõe-se, em síntese, do seguinte feixe de categorias: "Estado", em sentido ampliado, abarcando, portanto, a "sociedade política" e a "sociedade civil" organicamente articuladas entre si. "Partido", também em sentido ampliado, distinguindo-se assim, em seu interior, os "partidos políticos" e os "partidos ideolôgicos". "Liberalismo", "conciliação", "autoritarismo desmobilizador" e "autoritarismo triunfante" que traduzem as estratégias básicas que vigoraram no período analisado. "Democracia restrita" e "democracia excludente" que designam os regimes políticos nos quais foram acionadas as estratégias referidas.E obviamente, "Parlamento", órgão da sociedade politica mais diretamente ligado a sociedade civil. O primeiro capitulo esboça um quadro geral do lugar do Congresso Nacional na politica e educação brasileiras...

Política educacional nos anos de 1990

Faustino, Rosângela Célia
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
65.82%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro de Ciências da Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, Florianópolis, 2006.; Este trabalho deriva de investigação sobre a política para a educação escolar indígena elaborada pelo Ministério da Educação e seus parceiros, nos anos de 1990, tendo como objetivo identificar o percurso histórico no qual esta se desenvolveu e adquiriu as feições atuais bem como compreender a origem dos princípios que a fundamentam, o multiculturalismo e a interculturalidade, articulados às idéias de diversidade, autonomia e participação. Tal ideário foi eleito pelos organismos multilateriais (Banco Mundial, FMI, ONU) e suas instituições (UNESCO, OEA, CEPAL, OIT), nas últimas décadas do século XX, em suas políticas internacionais para disseminar princípios orientadores e produzir ações educativas capazes de estimular a formação de cidadãos tolerantes - que aprendam a viver em paz - e criar uma educação globalizada - mas não unificada - para atingir a coesão social em uma "sociedade global". A pesquisa percorreu aspectos da história da educação escolar indígena no Brasil mostrando algumas das discussões feitas pelos intelectuais que a tematizam...

A influência dos fóruns de educação e diversidade étnico-racial na implementação da política de promoção da igualdade racial

Rosa, Barbara da Silva
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
65.81%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade, Programa de Pós-Graduação em Administração, 2012.; As políticas de promoção para a igualdade racial na educação entraram na agenda governamental no Brasil a partir de 2003, com a promulgação da Lei nº 10.639/2003, que altera a lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), Lei nº 9394/1996, inserindo a obrigatoriedade do ensino de história e cultura afro-brasileira e africana na Educação Básica. A partir da promulgação dessa Lei e da publicação das Diretrizes Curriculares Nacionais para a Educação para as Relações Étnico-Raciais e para o Ensino de História e Cultura Afro- brasileira e Africana foram formatadas as políticas de educação para as relações étnico-raciais no Ministério da Educação. Um dos eixos desta política é a participação dos movimentos sociais em sua implementação, o que ocorre em nível estadual e municipal, por meio dos Fóruns de Educação e Diversidade Étnico-Racial. O objetivo geral desta pesquisa é investigar a influência dos Fóruns na implementação de políticas públicas de promoção da igualdade racial no âmbito do Ministério da Educação...

Educação política e as TIC nos fóruns de EJA do Brasil : práticas e desafios nos casos do Distrito Federal e de Goiás

Cunha, Meire Cristina
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
75.86%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, Programa de Pós-Graduação em Educação, 2014.; O presente trabalho teve por objetivo principal analisar de que maneira os Fóruns de EJA do Distrito Federal (DF) e do Goiás (GO), seus respectivos sítios virtuais e o Portal dos Fóruns de EJA do Brasil contribuem com a educação política de estudantes de Pedagogia em espaços não escolares; e, concomitante a isso, identificar as práticas e os desafios de uma educação política, apoiada pelas tecnologias da informação e comunicação (TIC). Os Fóruns de EJA são uma nova configuração de movimento social na qual se constituem como coletivos organizados em três bases que se entrecruzam: dinâmica política territorial [municipal, estadual/distrital, regional e nacional], segmentos [educandos, educadores, movimento popular, sindicatos, universidades (estudantes e professores), gestores públicos, ONGs e Sistema S] e os temas da educação de jovens, adultos e idosos (EJA) trabalhadores: [educação profissional, indígena, quilombola, afro-brasileira, do campo, de gêneros, pessoas com necessidades educativas especiais e pessoas com deficiência, nas prisões, pescadores, ambiental e ribeirinhos...

A política e as bases do direito educacional

VIEIRA,EVALDO
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/11/2001 Português
Relevância na Pesquisa
65.83%
Este ensaio alude à relação entre sociedade, Estado e direito, tendo como elemento mediador a educação. Inicialmente, faz-se a exposição dos momentos distintos e marcantes da política social no século XX no Brasil: o primeiro período: a política social como controle da política (1930-1954); o segundo período: a política social como política de controle (1964-1988); o terceiro período: a política social sem direitos sociais (depois de 1988). Em seguida, passam-se por exame as idéias de sociedade civil; de cidadania; de direitos civis, políticos e sociais; caracterizando o chamado estado de direito democrático e indicando alguns elementos básicos da democracia. A Constituição Federal de 1988 consagra o estado de direito democrático e explicita a política educacional a ser implementada no Brasil. Tal política educacional é amplamente comentada, levando em conta os inúmeros artigos do texto constitucional e seus vínculos com tratados internacionais, anteriores, contemporâneos e posteriores a ela, no campo educacional. Além disso, a Constituição Federal reforça a tradição jurídica da educação nos textos constitucionais brasileiros, dando a ela a presunção de constitucionalidade. Na verdade, a Constituição de 1988 estabelece o regime jurídico da educação...

Globalização e educação: demonstrando a existência de uma "Cultura Educacional Mundial Comum" ou localizando uma "Agenda Globalmente Estruturada para a Educação"?

Dale,Roger
Fonte: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes Publicador: Centro de Estudos Educação e Sociedade - Cedes
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2004 Português
Relevância na Pesquisa
75.69%
Este trabalho examina e relação entre globalização e educação. Para o fazer, contrasta duas abordagens dessa relação, uma designada "Cultura Educacional Mundial Comum" que foi desenvolvida ao longo de vários anos pelo professor John Meyer e seus colegas da Universidade de Stanford (Califórnia), outra referida como "Agenda Globalmente Estruturada para a Educação" que é desenvolvida pelo autor deste trabalho. Enquanto a primeira conota uma sociedade, ou política, internacional constituída por Estados-nação individuais autónomos, a segunda implica especialmente forças económicas operando supra e transnacionalmente para romper, ou ultrapassar, as fronteiras nacionais, ao mesmo tempo que reconstróem as relações entre as nações. Defende-se que as duas abordagens diferem consideravelmente em cada uma das dimensões-chave da relação entre globalização e educação. Assim, diferem também na adequação das explicações que propiciam para o fenómeno da globalização.

Dimensão sociopolítica da inserção social difusa de conteúdos culturais e educativos: estudo sobre o projeto Baixe e Use da TV Câmara

Barros,Antonio Teixeira de; Meneguin,Ana Marusia Pinheiro Lima
Fonte: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília Publicador: Departamento de Sociologia da Universidade de Brasília
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
75.7%
Este trabalho analisa o projeto Baixe e Use, da TV Câmara, com o objetivo de avaliar como se dá a produção, o uso, a disseminação e a retroalimentação de conteúdos audiovisuais culturais e educativos, envolvendo uma emissora pública legislativa e um segmento da sociedade, a comunidade escolar e acadêmica. A apropriação de produtos televisivos pode conferir um novo lugar ao público, para além do conceito convencional de audiência? Como uma iniciativa dessa natureza pode possibilitar a inserção social de conteúdos culturais e educativos? Como uma emissora pública com foco em conteúdos políticos e legislativos pode contribuir para a oferta de conteúdos de natureza cultural e cívica? Essas são as questões principais discutidas a partir dos dados coletados. A metodologia consiste em pesquisa bibliográfica, documental e análise de conteúdo. Os dados foram compilados com base nas ferramentas do Google Analytics e do sistema Fale Conosco do site da TV Câmara. As principais conclusões apontam as interfaces possíveis entre TV e escola, política e educação, narrativa e tecnologia. Além disso, destaca-se o lugar periférico que o banco de conteúdos do Baixe e Use ocupa no cenário geral da programação da emissora...

A política de educação especial no estado de Sergipe (1979-2001)

Matos,Nelson Dagoberto de
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE Publicador: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
75.83%
O estudo teve como objetivo realizar uma avaliação da política de educação, no Estado de Sergipe, destinadas às pessoas com deficiências, no período entre 1979 até o ano de 2001. A fonte de informação central da estrutura administrativa de Governo, foi a Secretaria de Estado da Educação, e outras instituições cujo acervo documental tivesse relação com os indicadores sociais definidos para o estudo (1-Planos, programas e projetos de governo; 2-Expansão da rede física; 3-Evolução do número de matrículas; 4-Estrutura organizacional; 5-Recursos humanos, e; 6-Legislação). Foram identificados 136 diferentes documentos distribuídos pelas fontes de informação selecionadas. Os resultados indicaram que houve implementação progressiva de programas e projetos educacionais, com a intervenção de organismos internacionais; progressiva produção de normas e leis, de conseqüências práticas restritas; alterações organizacionais do Estado, envolvendo a Secretaria de Educação e criação de órgãos voltados para pessoas portadoras de deficiência; evolução contínua da rede física; expansão do índice de matrícula, acentuando-se no nível ensino pré-escolar e pouco significativo no ensino de 2º grau e na educação especial. Com relação à política de educação especial nas gestões analisadas nos últimos 22 anos...

A política de educação especial no Brasil (1991-2011): uma análise da produção do GT15 - educação especial da ANPED

Garcia,Rosalba Maria Cardoso; Michels,Maria Helena
Fonte: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE Publicador: Associação Brasileira de Pesquisadores em Educação Especial - ABPEE
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
65.83%
o presente artigo aborda a política nacional de Educação Especial, discutindo os principais referentes orientadores e normativos no período 1991-2011. Ao longo desses 20 anos a educação passou por um período de reformas. Na Educação Especial tais reformas alteraram sua definição, redefiniu-se o público a qual se destina esta modalidade e a sua organização no que se refere aos serviços. Procurou-se neste artigo apresentar e analisar as políticas e os programas que constituíram a área no período definido, com especial atenção para o Programa de implementação de salas de recursos, Programa Educação inclusiva: direito à diversidade e Programa Incluir. Foram abordadas a concepção de Educação Especial e os "serviços" correlatos. Na segunda parte do texto desenvolvemos análise da produção do Grupo de Trabalho - GT 15 - Educação Especial da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação - ANPEd acerca da temática política educacional nos seus vinte anos de existência. Detemo-nos na análise de vinte e nove trabalhos que tiveram como foco central a política educacional. Para efeito da análise, organizamos a produção em oito categorias: implementação, acesso e permanência, formação de professores...

Educação bilíngue para surdos e inclusão segundo a Política Nacional de Educação Especial e o Decreto nº 5.626/05

Lodi,Ana Claudia Balieiro
Fonte: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
65.84%
Este artigo foi desenvolvido com o objetivo de desvendar os diferentes sentidos de educação bilíngue e de inclusão na Política Nacional de Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva e no Decreto nº 5.626/05 à luz da teoria discursivo-enunciativa de Bakhtin. Enquanto a Política de Educação Especial defende a inclusão dos alunos surdos no sistema regular de ensino, as comunidades surdas e pesquisadores da área, considerando a diferença linguística desse grupo social e o disposto no Decreto nº 5.626/05, advogam que a educação de surdos constitui-se como um campo específico do conhecimento, distanciando-se da educação especial. Observou-se que o Decreto compreende educação bilíngue para surdos como uma questão social que envolve a língua brasileira de sinais (Libras) e a língua portuguesa, em uma relação intrínseca com os aspectos culturais determinantes e determinados por cada língua; a Política, por sua vez, reduz educação bilíngue à presença de duas línguas no interior da escola sem propiciar que cada uma assuma seu lugar de pertinência para os grupos que as utilizam, mantendo a hegemonia do português nos processos educacionais. Tal concepção limita a transformação proposta para a educação de surdos apenas ao plano discursivo e restringe a inclusão à escola...

Entre vaqueiros e fidalgos: sociedade, política e educação no Piauí (1820-1850)

de Sousa Neto, Marcelo; Maria Pires Brandão, Tanya (Orientador)
Fonte: Universidade Federal de Pernambuco Publicador: Universidade Federal de Pernambuco
Tipo: other
Português
Relevância na Pesquisa
75.71%
A presente pesquisa encontra como objeto de suas análises a sociedade, a política e a educação no Piauí da primeira metade do século XIX, em um momento de profundas transformações na sociedade piauiense. Na construção da narrativa, tomou-se a trajetória de vida de Padre Marcos de Araújo Costa como fio condutor das análises, por meio da qual os discursos construídos e esquecidos a seu respeito ajudam a construir e amalgamar as imagens propostas, permitindo recompor nuances da organização e da relação entre família e Estado na sociedade piauiense. Neste estudo, entretanto, o indivíduo e a sociedade são pensados em interação, permitindo perceber uma sociedade em constante movimento, no qual se privilegiou a análise de três pontos de sustentação/organização desta, quais sejam, aspectos de sua vida política, religiosa e educacional, espaços de sociabilidades estes com os quais Padre Marcos relacionou-se de forma intensa, procurando pôr em destaque na narrativa tecida práticas que forjaram o cotidiano social do período. Para tanto, rompeu-se com uma memória construída a respeito de Padre Marcos de apenas benemérito educador , permitindo o diálogo com os múltiplos espaços em que atuou, sobretudo como religioso e como político...