Página 1 dos resultados de 6500 itens digitais encontrados em 0.119 segundos

Construindo as competências do cirurgião-dentista na atenção primária em saúde; Building dental surgeon competencies in primary health care

Gontijo, Liliane Parreira Tannús
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 23/02/2007 Português
Relevância na Pesquisa
96.11%
Esta pesquisa tem como enfoque central a especificidade do trabalho do cirurgiãodentista (CD), na atenção primária em saúde e, como objeto de estudo, a construção de suas competências gerais e específicas e sua contribuição para a construção do Sistema Único de Saúde (SUS). Os referenciais de competência e atenção primária em saúde, articulados aos princípios do SUS e da estratégia de Saúde da Família, fundamentaram teoricamente este trabalho. A definição dos municípios do estudo e da escolha dos sujeitos deu-se em função da utilização da técnica Delphi, como método de investigação. Foram selecionados 12 municípios da Região do Triângulo Mineiro/ Alto Paranaíba e a totalidade dos 509 cirurgiões-dentistas da rede básica do SUS. Participaram da pesquisa 11 municípios e 337 cirurgiões-dentistas. Os resultados em relação ao perfil dos CD apontaram que a maioria é de mulheres (69,5%); tem a idade de mais de 36 anos (70%); casados (65%); estão a longo período trabalhando na atenção básica de saúde (53% acima de 10 anos); e em busca da diferenciação neste contexto de mercado, a partir da realização da pósgraduação (especialização), sendo que 55,8% cursaram ou estão cursando a especialização e 3...

O acolhimento e a produção do cuidado em saúde mental na atenção básica: uma cartografia do trabalho em equipe; The user embracement and the mental health production in Primary Health Care: a patient health teams cartography.

Caçapava, Juliana Reale
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/12/2008 Português
Relevância na Pesquisa
96.07%
Fazem parte do campo da Atenção Básica à Saúde diversos elementos que compõem a vida das pessoas e que podem produzir ou agravar o sofrimento mental, demandando um cuidado que considere o modo como são produzidas as condições de existência do sujeito, estratégia que depende da rede de relações estabelecidas entre os trabalhadores do serviço porque as novas práticas em saúde, com vistas à integralidade da atenção, exigem uma interação entre diferentes saberes e fazeres. O objetivo desta pesquisa foi caracterizar a produção do cuidado em saúde mental de uma Unidade Básica de Saúde, tomando como analisador do trabalho em equipe o acolhimento, mediante sua potência em resgatar a humanização das relações e o espaço do trabalho como um lugar de sujeitos. Trata-se de um estudo de caso exploratório e descritivo, do qual participaram trabalhadores de saúde, de diferentes profissões, que fazem parte dos processos de trabalho em saúde mental do serviço. As técnicas de coleta de dados empregadas foram o grupo focal e o fluxograma analisador; os dados obtidos foram submetidos à análise de conteúdo do tipo temática, gerando quatro categorias empíricas: 1) O mapa afetivo dos primeiros agenciamentos: o conflito como motor de mudanças a construção de uma equipe de saúde mental no serviço...

Organização da atenção básica à saúde e sistema de avaliação de desempenho econômico: estudo de caso das unidades básicas de saúde vinculadas à Universidade de São Paulo de Ribeirão Preto - USP; Primary health care organization and economic performance assessment system: primary health units linked to São Paulo University Ribeirão Preto case study

Campos, Luciana Spinpolo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 03/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
96.08%
As Unidades Básicas de Saúde (UBS) respondem a um modelo assistencial do governo que busca unificar todos os elementos dos serviços de saúde, tendo por base as necessidades de saúde da população. Assim a Atenção Básica à saúde constitui o primeiro contato com os pacientes, e tem como finalidade promover a saúde, prevenir agravos, além de tratar e reabilitar a população. A administração de organizações de saúde adquiriu maior evidência nas questões sanitárias, políticas socioculturais e associadas ao crescente custo da atenção à saúde. A gestão dessas organizações é complexa, pois cada unidade possui características e necessidades específicas. Para o alcance de um bom nível de gestão e desempenho, a organização deve contemplar em seu plano diretor ferramentas de planejamento e controle de todos os seus recursos para um melhor processo de tomada de decisão. Medir o desempenho econômico dessas instituições é uma das ferramentas de gestão e torna-se importante para que os gestores possam entender a instituição e conseqüentemente melhorar a sua eficiência por meio de ações direcionadas à saúde. Os sistemas de avaliação de desempenho econômico tornaram-se ferramentas importantes para que as organizações atingissem níveis mais elevados de eficiência operacional e na qualidade do atendimento. Burocracia...

Prática de terapia ocupacional em unidade básica de saúde na atenção às pessoas com deficiência; Occupational therapy practice in primary health care in attention to disabled person

Caldeira, Vanessa Andrade
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/09/2009 Português
Relevância na Pesquisa
96.07%
O estudo descreve os processos de trabalho de terapeutas ocupacionais (TO) em unidades básicas de saúde (UBS) na atenção às pessoas com deficiência. Tem como referencial teórico as propostas assistenciais dirigidas a essa população na atenção básica em saúde e o processo de trabalho enquanto uma forma de apreender a tecnologia (principalmente os instrumentos não materiais) utilizada pelos profissionais na prática assistencial. O universo de pesquisa foi a Secretaria Municipal de Saúde de São Paulo (SMS) por concentrar o maior número de TO em UBS. Na primeira fase, foi realizada a caracterização inicial das unidades e do processo de trabalho através de questionário enviado aos 36 TO em UBS. Foram respondidos 18 questionários. Os TO pesquisados têm, em média, oito anos de experiência em atenção básica, autonomia para atuação profissional e estão satisfeitos com os locais de trabalho. Onze TO estão em UBS tradicionais e sete em UBS com a Estratégia Saúde da Família (ESF). Dois TO trabalham, predominantemente, na área de reabilitação e sete, na área de saúde mental. Seis TO trabalham nas duas áreas. O atendimento em grupo é o recurso mais utilizado pelos profissionais. A segunda fase da pesquisa foi realizada com cinco TO que trabalham com pessoas com deficiência e que se dispuseram a continuar no estudo. Utilizamos como instrumentos de coleta de dados a observação e entrevista. Três TO estão em UBS tradicionais...

Identificação das intervenções de enfermagem na atenção básica à saúde como parâmetro para o dimensionamento de trabalhadores; Identification of the Nursing Interventions in Primary Health Care as a parameter of nursing personnel downsizing

Bonfim, Daiana
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/05/2010 Português
Relevância na Pesquisa
96.09%
O gerenciamento de recursos humanos é um aspecto de alta relevância em torno das discussões de gestão. Contudo, na atenção básica à saúde, identificam-se poucos estudos que abordam os instrumentos utilizados no planejamento quantitativo e qualitativo dos trabalhadores de enfermagem. Consequentemente, o lanejamento acontece muitas vezes de forma empírica, fundamentado apenas na prática cotidiana, o que gera um destoamento entre a quantidade e o modo da distribuição dos trabalhadores em relação à real necessidade das unidades de saúde. Assim, ao considerar o enfermeiro no papel de coordenador de uma equipe, o apoderamento de instrumentos que possibilitem um planejamento adequado para atender às necessidades de saúde da comunidade é essencial. Esta pesquisa teve como objetivo identificar as intervenções de enfermagem na atenção básica à saúde, como variável do dimensionamento dos trabalhadores de enfermagem. O método utilizado foi descritivo, exploratório, com abordagem quantitativa. As atividades de enfermagem foram levantadas por meio de revisão bibliográfica (1999 a 2009), observação direta em campo e registro nos prontuários dos usuários. O campo foi uma Unidade Básica de Saúde...

A produção de cuidado para os portadores de diabetes mellitus tipo 2 na atenção primária de saúde; Care management for carries of Type 2 Diabetes Mellitus in Primary Health Care

Duranza, Rafael Luis Castillo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/05/2010 Português
Relevância na Pesquisa
96.08%
O presente estudo insere-se no campo da saúde coletiva, na temática de organização tecnológica do trabalho em saúde. O objetivo do mesmo é analisar e interpretar como se dá o processo de produção de cuidados na Atenção Primária em Saúde (APS) aos indivíduos adultos portadores de Diabetes Mellitus tipo 2 (DM2). O DM é um importante problema de saúde pública com dimensões epidêmicas tanto no mundo quanto no Brasil. A Organização Mundial da Saúde e o Ministério da Saúde vêm incentivando a adoção de políticas e estratégias para o desenvolvimento das ações de cuidado dos portadores de DM no contexto da APS. O estudo se sustenta no aporte teórico da organização de serviços e sistemas de saúde na perspectiva da Atenção Primária à Saúde, da DM como Condição Crônica e do processo de trabalho em saúde. O cenário de pesquisa foi um Núcleo de Saúde da Família (NSF) do município de Ribeirão PretoSP, sendo realizada a coleta de dados entre janeiro de 2007 e abril de 2008. Utiliza-se de uma abordagem metodológica qualitativa, com diferentes técnicas de captação do empírico: observação participante, entrevista semi-estruturada, prontuários individuais, sistemas de informação oficiais do Ministério da Saúde...

O processo de trabalho dos auxiliares e técnicos de enfermagem na atenção básica à saúde; Working process of auxiliaries and nursing technicians in Primary Health Care

Fermino, Tauani Zampieri
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/09/2010 Português
Relevância na Pesquisa
96.09%
A temática deste estudo trata da prática de enfermagem de trabalhadores de nível médio que atuam em serviços da rede de atenção básica à saúde a partir de meados da década de 1990. Foi desenvolvido com os objetivos de caracterizar o processo de trabalho dos auxiliares e técnicos de enfermagem de uma unidade básica de saúde, do município de Ribeirão Preto - São Paulo, na perspectiva da integralidade da atenção, caracterizar o perfil sócio demográfico dos auxiliares e técnicos de enfermagem integrantes deste serviço de atenção básica à saúde, analisar a concepção destes trabalhadores de enfermagem de nível médio sobre os elementos constitutivos do processo de trabalho na atenção básica à saúde e identificar e analisar os aspectos dificultadores e facilitadores para desenvolver o processo de trabalho na perspectiva da integralidade. Constituiu-se em um estudo de natureza descritiva e abordagem qualitativa. Para a coleta de dados, optamos pela observação participante e entrevista semiestruturada. Participaram deste estudo 10 auxiliares de enfermagem e 02 técnicos de enfermagem e, para a análise dos dados obtidos, utilizou-se a análise temática. No decorrer da análise foi possível identificar duas distintas composições no processo de trabalho destes agentes...

Acolhimento e tratamento de portadores de esquizofrenia na Atenção Básica: a visão dos gestores, terapeutas, familiares e pacientes; Acceptance and treatment of schizophrenics under Primary Health Care as seen by managers, therapists, relatives and patients

Almeida, Gilson Holanda
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/11/2010 Português
Relevância na Pesquisa
96.07%
O estudo investigou as possibilidades e impasses do acolhimento e do tratamento de pacientes esquizofrênicos na Atenção Básica. Como pressupostos, admitiu-se que a Atenção Básica emerge como locus importante para as práticas de Saúde Mental e que seus técnicos vêm incorporando novas práticas aos seus currículos. Uma revisão da literatura abrangeu os principais marcos teóricos e conceituais das políticas de saúde, da Reforma Psiquiátrica e dos modelos em atenção à Saúde Mental, bem como considerações acerca da esquizofrenia e do estigma nos transtornos mentais. O estudo adotou um desenho de metodologia quali-quantitativa e trabalhou com um universo de significados, motivos, aspirações, crenças, valores e atitudes dos sujeitos envolvidos. A amostra foi composta por gestores, terapeutas, familiares e pacientes, atores sociais identificados na Atenção Básica com significativa vinculação com o problema trabalhado. Foram realizadas 38 entrevistas com gestores e terapeutas, aplicando-se às falas a metodologia do Discurso do Sujeito Coletivo. Dados fornecidos por familiares e pacientes, coletados em três entrevistas em profundidade realizadas em seus domicílios, permitiram a compreensão, entre outros aspectos...

Competências do profissional de Educação Física na Atenção Básica à Saúde; Competencies of the Physical Education Professional in Primary Health Care

Coutinho, Silvano da Silva
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 08/11/2011 Português
Relevância na Pesquisa
96.13%
No Brasil, a implantação da Estratégia Saúde da Família (ESF) se constitui em um arranjo institucional para implementar a Atenção Básica à Saúde (ABS) como eixo estruturante do Sistema Único de Saúde. Tem como compromisso reorganizar as práticas assistenciais em saúde com vistas a promover a mudança no modelo de assistência à saúde da população. Nesse processo, o Ministério da Saúde, entre outras iniciativas, estabelece a Política Nacional de Promoção da Saúde e define, como um dos seus eixos prioritários, o incentivo às ações de práticas corporais/atividades físicas. Recentemente, também foram criados, os Núcleos de Apoio à Saúde da Família, com a intenção de ampliar a abrangência e o escopo das ações e serviços na ABS, incluindo o profissional de educação física como uma das profissões que deverá atuar junto a uma equipe de saúde interdisciplinar. Recentemente, temos observado inúmeros programas e iniciativas envolvendo a presença do profissional de educação física na ABS, e, portanto, nos mobilizamos a desenvolver esta pesquisa com o objetivo de elaborar e analisar as competências que podem ser requeridas do profissional de educação física no contexto da ABS. Os sujeitos da pesquisa são profissionais de educação física que trabalham em programas de promoção das práticas corporais/atividades físicas...

Deficiência, gênero e práticas de saúde: estudo sobre a integralidade em atenção primária; Disability, gender and health practices: a study about integrality (comprehensiveness) in primary health care

Nicolau, Stella Maris
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/02/2012 Português
Relevância na Pesquisa
96.08%
O objetivo desse estudo foi investigar como as mulheres com deficiência são recebidas nos serviços de atenção primária e como essas mulheres e os/as profissionais que lhes assistem dão sentidos às práticas desenvolvidas. As mulheres com deficiência ainda contam com ações inexpressivas voltadas para as suas necessidades nos serviços de atenção primária em saúde, que embora privilegie a clientela feminina, pouco reconhecem as especificidades desse segmento, como por exemplo, aspectos relativos aos seus direitos sexuais e reprodutivos. Trata-se de pesquisa qualitativa que entrevistou 39 profissionais de três serviços de atenção primária de uma região da cidade de São Paulo, bem como 15 mulheres com variados tipos e graus de deficiência, na idade reprodutiva, usuárias destes serviços. Sete dessas mulheres são mães de mais de um filho, e três tiveram filhos após a aquisição da deficiência, o que corrobora o fato de parcela significativa de mulheres com deficiência ter vida sexual ativa e necessitar de atenção relativa à sua saúde sexual e reprodutiva. Os profissionais afirmam que a presença de mulheres com deficiência na idade reprodutiva em geral é rara, e apontam que suas necessidades de saúde são mais determinadas pelo tipo e grau da deficiência do que por determinantes socioculturais de gênero. Reconhecem lacunas em sua formação para abordarem deficiências e questões de gênero - o que se revela no predomínio de concepções baseadas no senso comum - e apontam a necessidade de os serviços investirem na acessibilidade física...

Interações e comunicação entre médicos e pacientes na atenção primária à saúde: um estudo hermenêutico; Interactions and communication between doctors and patients in primary health care: a hermeneutic study

Moura, Juliana de Carvalho
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 11/05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
96.09%
A atenção primária à saúde constitui hoje área prioritária nas políticas de saúde em diversas partes do mundo, constituindo, no Brasil, elemento estratégico para a organização dos sistemas de atenção. A complexidade e especificidade das demandas e características do cuidado em saúde na atenção primária exige, contudo, renovados esforços conceituais e práticos no sentido da construção de processos comunicacionais e interativos entre médicos e pacientes que caminhem para além da anamnese tradicional, pautada por uma racionalidade estritamente biomédica Objetivo: identificar e compreender fundamentos e contribuições de quatro influentes correntes teóricas que, a partir da década de 90, vêm problematizando as interações e a comunicação entre médicos e pacientes na atenção primária à saúde: Medicina Centrada no Paciente, Medicina Baseada em Narrativa, Abordagem Integral (Comprehensive Care) e Integralidade da Atenção à Saúde. Metodologia: Levantamento e estudo interpretativo, apoiado na filosofia hermenêutica de Hans-Georg Gadamer e Paul Ricoeur, de produção bibliográfica indexada nas bases MEDLINE e LILACS de 1990 a 1999. Resultados: A Medicina Centrada no Paciente orienta-se, fundamentalmente...

A atenção ao usuário de drogas na atenção básica: elementos do processo de trabalho em unidade básica de saúde; The attention to drug users in Primary Health Care: elements of the work process in Primary Health Centers

Coelho, Heloisa da Veiga
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
96.09%
O objeto deste estudo são as práticas de Atenção Básica (AB) desenvolvidas nos serviços de saúde voltadas para pessoas e grupos sociais que consomem drogas de forma prejudicial. Este objeto foi recortado a partir do referencial teórico da Saúde Coletiva e se conforma na interface entre as políticas públicas voltadas para a população que faz uso prejudicial de drogas e a realidade concreta dos serviços de saúde. O estudo tem por objetivo geral analisar as práticas voltadas para consumidores problemáticos de drogas na AB, a partir do levantamento dessas práticas junto a trabalhadores de uma UBS da região periférica do município de São Paulo. Trata-se de estudo qualitativo, de natureza descritiva e analítica, que se desenvolveu na perspectiva dialético-crítica. A coleta de dados foi realizada a partir de entrevistas semiestruturadas e individuais com 10 trabalhadores de uma UBS mista, ou seja, que atua com a Estratégia de Saúde da Família (ESF) e com o modelo tradicional de produção dos serviços de saúde. As práticas desenvolvidas pelos trabalhadores e direcionadas aos usuários de drogas são analisadas a partir da categoria analítica processo de trabalho, que permite analisar os modos e as dificuldades de operacionalização das políticas públicas nos espaços concretos de produção dos serviços de saúde. Os resultados mostram que: 1) os trabalhadores desenvolvem o processo de trabalho...

Avaliação da atenção primária à saúde prestada a crianças e adolescentes na região oeste do município de São Paulo; Evaluation of primary health care provided to children and adolescents in western region of São Paulo

Ferrer, Ana Paula Scoleze
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 17/12/2013 Português
Relevância na Pesquisa
96.12%
Introdução: A Atenção Primária à Saúde (APS) é considerada pela Organização Mundial da Saúde como o componente essencial para a organização da assistência à saúde. Muitas evidências dos benefícios da APS são descritas, entretanto, verifica-se uma grande heterogeneidade na assistência oferecida, o que repercute nos resultados em saúde. Dessa forma, os estudos que avaliam a qualidade da APS têm sido considerados fundamentais para identificar como o cuidado tem sido oferecido, em que pontos estão ocorrendo falhas e quais são as prioridades para a atuação, buscando aumentar a efetividade e a eficiência da atenção prestada. O Brasil passa, atualmente, por um momento de reestruturação do sistema e de organização da APS. As avaliações realizadas em nosso meio, até o momento, têm verificado alguns impactos positivos, porém os resultados ainda são inconsistentes. Um desses resultados é a manutenção de taxas elevadas de Internações por Condições Sensíveis À Atenção Primária (ICSAP) além da constatação de aumento dessas condições no município de São Paulo. Esse estudo partiu da hipótese de que as altas porcentagens de ICSAP devem estar relacionadas a uma baixa orientação aos princípios norteadores (atributos) da APS dos serviços de atenção básica oferecidos à população infantil. Objetivo: Avaliar os atributos da atenção primária oferecida às crianças moradoras da região oeste do município de São Paulo e que foram internadas por condições sensíveis à atenção primária. Métodos: Estudo de corte transversal de abordagem quanti-qualitativa. A população alvo foram as crianças internadas na enfermaria pediátrica do Hospital Universitário da USP...

Os cuidados primários à saúde da criança com diabetes mellitus tipo 1 em serviços públicos de saúde: percepção de mães e cuidadores; Primary health care of children with type 1 diabetes mellitus in public health services: perception of mothers and caregivers

Wolkers, Paula Carolina Bejo
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
96.16%
O cuidado integral à saúde da criança com diabetes mellitus tipo 1, considerando a renovação da Atenção Primária à Saúde (APS) e as diretrizes das Redes de Atenção à Saúde, é de extrema importância no contexto da avaliação dos serviços de saúde, foco do presente estudo. O objetivo geral foi avaliar a atenção à saúde de crianças com diabetes mellitus tipo 1, a partir das percepções de mães/cuidadores, fornecendo subsídios para a organização da atenção à saúde em condições crônicas na infância. Os objetivos específicos foram: caracterizar o perfil das mães/cuidadores e das crianças com diabetes mellitus tipo 1, de acordo com variáveis sociais, epidemiológicas, demográficas, clínicas, situação vacinal das crianças e os motivos de atraso nas vacinas ou da não vacinação; descrever a presença e a extensão dos atributos da APS nos serviços de saúde de atendimento às crianças com diabetes mellitus tipo 1, por meio do questionário PCATool (Primary Care Assessment Tool); analisar a utilização dos serviços de saúde e o grau de afiliação a determinados serviços de saúde; e identificar as experiências e expectativas de mães/cuidadores de crianças com diabetes mellitus tipo 1...

A violência e os profissionais da saúde na atenção primária; Violencia y profesionales de la salud en la atención primaria; Violence and health professionals in primary health care

Kaiser, Dagmar Elaine; Bianchi, Fabiana
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
96.07%
Os profissionais que atuam na atenção primária em saúde são afetados pela violência por lidarem com uma clientela muito diversificada. Foi realizado um estudo, do tipo qualitativo exploratório descritivo, que teve como objetivo conhecer as situações em que se dão as agressões aos profissionais de saúde na atenção primária em saúde. A coleta dos dados ocorreu em 2007, com a totalidade de uma equipe de saúde de uma unidade básica, por meio de entrevista semi-estruturada. A análise de conteúdo destacou sete diferentes categorias de respostas: o processo de trabalho na atenção primária; as necessidades de saúde da população; o risco de exposição à agressão; o agressor; os tipos de agressão sofridos; o papel da gestão; e do profissional da saúde no contexto da atenção primária. O estudo permitiu evidenciar os fatores associados ao risco de exposição à violência e suas implicações, contribuindo com informações e conhecimentos que podem atenuar estes eventos.; Los profesionales que se desempeñan en la atención primaria a la salud son afectados por la violencia al enfrentar pacientes de muy diferentes extracciones. Se realizó un estudio de tipo cualitativo exploratorio descriptivo, que tuvo como objetivo conocer las situaciones en que se dan las agresiones a los profesionales de salud en la atención primaria en salud. La recolección de los datos tuvo lugar en 2007...

Prevalence of health promotion programs in primary health care units in Brazil

Ramos, Luiz Roberto; Malta, Deborah Carvalho; Gomes, Grace Angélica De Oliveira; Bracco, Mário M; Florindo, Alex Antonio; Mielke, Gregore Iven; Parra, Diana C; Lobelo, Felipe; Simoes, Eduardo J; Hallal, Pedro Curi
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 837-844
Português
Relevância na Pesquisa
96.09%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq); Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); OBJECTIVE: Assessment of prevalence of health promotion programs in primary health care units within Brazil’s health system. METHODS: We conducted a cross-sectional descriptive study based on telephone interviews with managers of primary care units. Of a total 42,486 primary health care units listed in the Brazilian Unified Health System directory, 1,600 were randomly selected. Care units from all five Brazilian macroregions were selected proportionally to the number of units in each region. We examined whether any of the following five different types of health promotion programs was available: physical activity; smoking cessation; cessation of alcohol and illicit drug use; healthy eating; and healthy environment. Information was collected on the kinds of activities offered and the status of implementation of the Family Health Strategy at the units. RESULTS: Most units (62.0%) reported having in place three health promotion programs or more and only 3.0% reported having none. Healthy environment (77.0%) and healthy eating (72.0%) programs were the most widely available; smoking and alcohol use cessation were reported in 54.0% and 42.0% of the units. Physical activity programs were offered in less than 40.0% of the units and their availability varied greatly nationwide...

O ambiente da prática profissional do enfermeiro nas unidades básicas de saúde; The nurse practice environment in primary health care

Vera Regina Lorenz
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 11/07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
96.1%
Estudos em ambientes hospitalares apontam associações entre percepções de atributos do ambiente da prática profissional, síndrome de burnout e as variáveis: satisfação profissional, qualidade do cuidado, intenção de deixar o trabalho atual e intenção de deixar a enfermagem, destacando que esses achados podem contribuir na construção de indicadores de qualidade do serviço e gestão de recursos humanos. No entanto, não existem estudos dessa natureza, no Brasil, em atenção primária à saúde. Esta pesquisa teve por objetivo avaliar percepções do enfermeiro acerca do ambiente da sua prática na atenção primária à saúde de um município no interior do estado de São Paulo. Trata-se de estudo transversal. Para a coleta de dados foi utilizada uma ficha de caracterização pessoal e profissional acrescida das variáveis: satisfação no trabalho, percepção da qualidade do cuidado, intenção de deixar o trabalho atual e intenção de deixar a enfermagem; o Nursing Work Index Revised para analisar: autonomia, controle sobre o ambiente da prática, relação profissional cordial entre enfermeiro e médico e suporte organizacional e; o Inventário de Burnout de Maslach para analisar: exaustão emocional, despersonalização e realização pessoal. Participaram 198 enfermeiros. Os resultados evidenciaram médias entre 1...

Prevalence of health promotion programs in primary health care units in Brazil

Ramos,Luiz Roberto; Malta,Deborah Carvalho; Gomes,Grace Angélica de Oliveira; Bracco,Mário M; Florindo,Alex Antonio; Mielke,Gregore Iven; Parra,Diana C; Lobelo,Felipe; Simoes,Eduardo J; Hallal,Pedro Curi
Fonte: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo Publicador: Faculdade de Saúde Pública da Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2014 Português
Relevância na Pesquisa
96.09%
OBJECTIVE Assessment of prevalence of health promotion programs in primary health care units within Brazil’s health system. METHODS We conducted a cross-sectional descriptive study based on telephone interviews with managers of primary care units. Of a total 42,486 primary health care units listed in the Brazilian Unified Health System directory, 1,600 were randomly selected. Care units from all five Brazilian macroregions were selected proportionally to the number of units in each region. We examined whether any of the following five different types of health promotion programs was available: physical activity; smoking cessation; cessation of alcohol and illicit drug use; healthy eating; and healthy environment. Information was collected on the kinds of activities offered and the status of implementation of the Family Health Strategy at the units. RESULTS Most units (62.0%) reported having in place three health promotion programs or more and only 3.0% reported having none. Healthy environment (77.0%) and healthy eating (72.0%) programs were the most widely available; smoking and alcohol use cessation were reported in 54.0% and 42.0% of the units. Physical activity programs were offered in less than 40.0% of the units and their availability varied greatly nationwide...

Comprehensive Primary Health Care in South America: contexts, achievements and policy implications

Ramírez,Naydú Acosta; Ruiz,Jennifer Pollard; Romero,Román Vega; Labonté,Ronald
Fonte: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz Publicador: Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, Fundação Oswaldo Cruz
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2011 Português
Relevância na Pesquisa
96.1%
This article summarizes an extensive review of South American experiences with primary health care since the Declaration of Alma-Ata. It aims to address the following specific questions: What are the enabling and constraining historical and structural conditions for primary health care policies and practices? How has health care reform supported or undermined primary health care? What evidence exists on the effectiveness of primary health care? What strategies are common to best practices? What evidence exists on the roles of citizen participation and intersectoral action? And finally, what are the policy lessons to be learned from these experiences? Narrative synthesis was used to identify and examine patterns in the data consistent with these questions. Conditions that were found to promote successful implementation of primary health care are outlined, together with features of effective primary health care systems that help create more equitable health services and health outcomes.

Primary health care in municipalities at high risk for malaria

Ferreira,Ana Cristina Soares; Suárez-Mutis,Martha Cecilia; Campos,Monica Rodrigues; Castro,Claudia Garcia Serpa Osorio de
Fonte: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo Publicador: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto / Universidade de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
96.07%
This study aims to characterize aspects of Primary Health Care in the Amazon Region of Brazil, considered as the main endemic area for malaria in the country. The Ministry of Health recommends the expansion of Primary Health Care in endemic areas for malaria. A survey focusing on patients infected with malaria was conducted in 6 municipalities, in January and February 2007, to investigate specific aspects of Primary Health Care. Data was analyzed quantitatively and field records helped to give support to context and policy issues in the visited sites. Quality of access to health services and medicines, continuity of health care, system coordination and community orientation are still incipient in the visited areas. The study showed that there is little integration between Primary Health Care and malaria control in the region, which calls for development of joint strategies and for the strengthening of Primary Health Care per se, as a benefit to the population of this endemic area.