Página 1 dos resultados de 120 itens digitais encontrados em 0.034 segundos

Prediction of bovine milk true protein content by mid-infrared spectroscopy; Estimativa do teor de proteína verdadeira do leite bovino por espectroscopia na região do infravermelho médio

BOTARO, Bruno Garcia; CORTINHAS, Cristina Simões; MESTIERI, Lucinéia; MACHADO, Paulo Fernando; SANTOS, Marcos Veiga dos
Fonte: Universidade Federal de Santa Maria Publicador: Universidade Federal de Santa Maria
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
56.88%
The aim of this study was to estimate the concentration of milk true protein (TP) by mid-infrared absorbance method (MIR) in samples from bulk tank of dairy herds, and to determine the correlation between the results of TP of milk determined by Kjeldahl and MIR. Forty nine dairy herds were selected (17 Holstein, 6 Jersey and 26 Girolando) for monthly collections of samples from bulk tanks during the period of one year (284 samples). Fat, lactose, crude protein and total solids were firstly determined by MIR, and then analyzed for total and true protein by Kjeldahl method. The regression equation to estimate TP contents based on MIR crude protein determination was as follows: TP=0.0021+(1.0104xCP), where: TP is the content of true protein, CP is the crude protein content determined by the MIR method, and 0.0155 is the model error term.; O objetivo deste estudo foi estimar o teor de proteína verdadeira (PV) do leite por meio de metodologia de espectroscopia na região do infravermelho médio (IVM), em amostras de tanque de rebanhos leiteiros comerciais, e determinar a correlação entre os resultados de proteína verdadeira do leite determinados pelo método de Kjeldahl e por IVM. Foram selecionados 49 rebanhos leiteiros (17 da raça Holandesa...

Productive performance and composition of milk protein fraction in dairy cows supplemented with fat sources; Desempenho produtivo e composição da fração proteica do leite de vacas leiteiras sob suplementação com fontes de gordura

FREITAS JÚNIOR, José Esler de; RENNÓ, Francisco Palma; SANTOS, Marcos Veiga dos; GANDRA, Jefferson Rodrigues; MATURANA FILHO, Milton; VENTURELLI, Beatriz Conte
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
46.88%
The objective of this study was to evaluate the use of fat sources in rations for lactating cows on the productive performance and composition of milk protein fraction. Twelve Holstein cows were used, grouped in three balanced 4 × 4 Latin squares, fed with the following rations: control; refined soybean oil; whole raw soybean; and calcium salts of unsaturated fatty acid (Megalac-E). Dry matter and nutrient intake, and daily milk production were evaluated. The samples used to analyze milk composition were collected in two alternate days and were obtained from two daily milking. Milk composition and total nitrogen, non-protein nitrogen and non-casein nitrogen ratios were analyzed. The casein, serum protein and true protein ratios were obtained by difference. Dry matter and nutrient intakes were lower when cows received the diet containing calcium salts of fatty acids, in relation to the control diet. Among the diets with fat sources, the one with whole raw soybean and calcium salts decreased milk production. There was no effect of fat sources added to the diet on crude protein, non-protein nitrogen, non-casein nitrogen, true protein, casein, casein/milk true protein ratio and serum protein. Similarly, the experimental diets did not influence the protein fractions when expressed in percentage of milk crude protein. The utilization of fat sources in diets changes milk production and composition of lactating cows...

Caracterização molecular da proteína DdI-2 e mapeamento de seus domínios de interação com a proteína fosfatase do tipo-1 de Dictyostelium discoideum; Molecular characterization of DdI-2 protein and domain mapping of Dictyostelium discoideum protein phosphatase type-1

Canavez, Juliana Moreira de Sousa
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/02/2005 Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
A serina/treonina fosfatase do tipo 1 (PP1) é uma enzima ubíqua nas células e nos tecidos das várias espécies em que foi pesquisada e regula vários processos como metabolismo intermediário, processamento de mRNA, transcrição e apoptose. Geralmente a holoenzima PP1 é encontrada como um dímero constituído por uma subunidade catalítica conservada (PP1c) e uma ou mais subunidades reguladoras variáveis. Em mamíferos, já foram identificados mais de 50 polipeptídeos que se associam direta ou indiretamente a PP1c, gerando holoenzimas com localizações celulares e especificidades distintas. Entre estas proteínas estão inibidores citosólicos de PP1c, tais como o inibidor-1 (I-1), o inibidor-2 (I-2) e o inibidor nuclear da PP1 (NIPP-1). Ortólogos do I-2 foram descritos em microorganismos como Saccharomyces cerevisiae e Neurospora crassa. Neste trabalho nós demonstramos que o genoma da ameba social Dictyostelium discoideum possui uma única cópia do gene que codifica um ortólogo do I-2 (DdI-2). Análise através de Northern blot mostrou que o mRNA de DdI-2 é expresso durante o crescimento e ao longo de todo o ciclo de desenvolvimento, com níveis variáveis. Também demonstramos que o gene DdI-2 codifica uma verdadeira proteína inibidora da PP1c uma vez que seu produto recombinante em bactéria é capaz de inibir...

Fracionamento de carboidratos e proteínas e a predição da proteína bruta e suas frações e das fibras em detergentes neutro e ácido de Brachiaria brizantha cv. Marandu por uma rede neural artificial; Fractions of carbohydrates and proteins and the prediction of the crude protein and its fractions and of fibres in detergents neutral and acid of Brachiaria brizantha cv. marandu for artificial neural network

Brennecke, Käthery
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/02/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.31%
Numa área experimental de 25,2 ha formada com o capim-braquiarão (Brachiaria brizantha (Hochst) Stapf.) cv. Marandu e localizada no Campus da USP em Pirassununga/SP, durante o período de janeiro a julho de 2004, conduziu-se a presente pesquisa pela Faculdade de Zootecnia e Engenharia de Alimentos (FZEA/USP) com os seguintes objetivos: 1) Determinar as frações de carboidratos (A - açúcares solúveis com rápida degradação ruminal; B1- amido e pectina; B2 - parede celular com taxa de degradação mais lenta; C - fração não digerida) e as frações protéicas (A - NNP; B1 - peptídeos e oligopeptídeos; B2 - proteína verdadeira; B3 - NFDN; C - NIDA) na forragem da gramínea, baseados nas equações utilizadas pelo método de Cornell; 2) Relacionar outras variáveis com as medições em campo de experimentos paralelos e dados de elementos de clima com as frações protéicas e de carboidratos com o auxílio de um modelo computacional baseado em redes neurais artificiais (RNA). O delineamento foi em blocos completos e casualizados, com quatro tratamentos (ofertas de forragem de 5, 10, 15 e 20% - kg de massa seca por 100 kg de peso animal.dia) e quatro repetições. Cada bloco era dividido em quatro unidades experimentais de 1...

Variantes genéticas de beta-lactoglobulina em vacas leiteiras e características físico-químicas e de composição do leite; Beta-lactoglobulina polymorphism in dairy cows and milk composition and physico-chemical characteristics

Botaro, Bruno Garcia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 09/02/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.59%
O presente estudo teve como objetivo avaliar a associação entre o polimorfismo da ?-lactoglobulina e as características físico-químicas (pH, acidez e crioscopia), de composição (gordura, sólidos totais, uréia, proteína bruta, proteína verdadeira, nitrogênio não-protéico e caseína), e de estabilidade do leite. Para tanto, 11 rebanhos leiteiros foram selecionados, 5 da raça Holandesa e 6 da raça Girolanda, dos quais foram coletadas 4 amostras de leite de 164 vacas da raça Holandesa e 74 da raça Girolanda, sendo duas coletas realizadas na estação das secas e 2 na estação das chuvas. Cada amostra foi submetida à análise de composição e de características físico-químicas. Para a identificação do genótipo para ?-lactoglobulina, foram coletadas amostras de sangue de cada vaca, as quais foram submetidas à reação de polimerase em cadeia (PCR), determinando-se as freqüências alélicas e genotípicas dos animais. A estabilidade do leite foi avaliada pelo teste de estabilidade ao etanol, nas seguintes concentrações alcoólicas: 70, 76, 80 e 84ºGL. As freqüências genotípicas foram 0,28, 0,30 e 0,41 para os genótipos AA, AB e BB, respectivamente. A freqüência do alelo B foi maior que do alelo A, 0,52 e 0...

Efeito do teor de proteína e fonte nitrogenada em dietas com cana-de-açúcar sobre frações protéicas do leite, balanço nitrogenado e parâmetros metabólicos sanguíneos de vacas lactantes; Effect of crude protein content and nitrogen source with sugar cane diets on milk protein fraction, nitrogen balance and metabolic blood parameters of lactating dairy cows

Conti, Luís Henrique Andreucci
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
46.71%
O objetivo deste estudo foi avaliar o efeito do teor de proteína bruta (PB) e da fonte nitrogenada da dieta para vacas lactantes, utilizando cana-de-açúcar como volumoso sobre a síntese de proteína microbiana, composição da fração nitrogenada do leite, balanço nitrogenado e parâmetros metabólicos sangüíneos. Foram utilizadas 12 vacas Holandesas com média de 235 dias em lactação, agrupadas em três quadrados latinos contemporâneos 4x4, com período experimental de 21 dias, sendo 14 para adaptação as dietas e os 7 últimos para coletas. Os animais foram alimentados com rações isoenergéticas (1,29 Mcal/Kg de MS), com duas fontes nitrogenadas principais (farelo de soja e uréia) e dois teores de PB (14,5 e 16,0 %) na ração: A) 14,21% de PB e farelo de soja (FS) como fonte nitrogenada principal, com 65% de PDR, B) 15,57% de PB e FS, com 65% PDR, C) 14,23% de PB e Ureia, com 70% de PDR, D) 15,62% de PB e Uréia, com 70% PDR. Para a determinação da contagem de células somáticas e de nitrogênio ureico no leite (NUL) foram coletadas amostras de leite do 14º ao 18º dia de cada período. Para a determinação dos teores de proteína bruta, nitrogênio não protéico, nitrogênio não caseinoso, proteína verdadeira...

Fontes nitrogenadas e teor de proteína bruta em dietas com cana de açúcar para vacas em lactação: balanço de nitrogênio e análise econômica; Nitrogen sources and level of crude protein in diets with sugarcane for lactating dairy cows: nitrogen balance and economical evaluation

Silano, Camila
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/02/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.43%
O estudo consistiu de dois experimentos com o objetivo de avaliar o efeito metabólico, custos e viabilidade econômica de dietas com diferentes fontes nitrogenadas e teores proteicos. No primeiro experimento avaliou-se o efeito de dois teores de proteína bruta (PB) (130 e 148g/kg de MS) e duas fontes nitrogenadas (farelo de algodão 38 e grão de soja cru integral) na dieta de vacas leiteiras com cana de açúcar como volumoso, sobre as frações nitrogenadas do leite, balanço de nitrogênio e perfil metabólico. Foram utilizadas 12 vacas da raça Holandesa com 155 (±65) dias em lactação, agrupadas em três quadrados latinos 4x4 contemporâneos, com período experimental de 21 dias, sendo 14 dias para adaptação às dietas e os sete últimos para a realização das coletas. As vacas foram alojadas em baias individuais e alimentadas ad libitum. As amostras de leite para análise do balanço nitrogenado e frações nitrogenadas foram coletadas no 15° dia de cada período. O consumo e balanço de nitrogênio foram maiores para vacas alimentadas com dietas com 148 g PB/kg de MS. Por outro lado, vacas alimentadas com dietas contendo farelo de algodão apresentaram maior excreção de nitrogênio no leite do que vacas alimentadas com grão de soja cru integral. A relação entre caseína e proteína verdadeira no leite foi maior em vacas alimentadas com grão de soja cru integral. Houve interação entre fonte nitrogenada e teor de PB da dieta sobre as concentrações de nitrogênio ureico no leite (NUL) e nitrogênio não proteico (NNP). A concentração de NUL foi maior em vacas alimentadas com farelo de algodão e com maior teor de PB...

Biological evaluation of mechanically deboned chicken meat protein hydrolysate; Avaliação biológica do hidrolisado de proteína da carne de galinha desossada mecanicamente

Rossi, Daniele Misturini; Flôres, Simone Hickmann; Venzke, Janaína Guimarães; Ayub, Marco Antônio Záchia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
36.48%
Objetivo O objetivo do estudo foi avaliar a qualidade biológica da proteína hidrolisada obtida a partir da carne mecanicamente separada de frango. Métodos A carne mecanicamente separada de frango foi hidrolisada com a enzima Alcalase 2,4 L FG e o hidrolisado obtido foi submetido a secagem em atomizador. Foram utilizados três grupos (n=6) de ratos machos Wistar os quais receberam dietas contendo caseína, proteína hidrolisada de carne mecanicamente separada de frango ou uma dieta com proteína livre. Os animais foram distribuídos aleatoriamente em gaiolas individuais, com temperatura controlada (22°C), por um período de 12 dias. Resultados A dieta utilizando carne mecanicamente separada de frango resultou em elevada utilização líquida de proteína (3,74) e elevada digestibilidade verdadeira (96%). A composição de aminoácidos da proteína hidrolisada apresentou bons resultados, embora metionina e cistina tenham apresentado baixos valores, sendo considerados aminoácidos limitantes. A composição química mostrou altos valores de proteína no hidrolisado obtido (62%). Conclusão Os resultados obtidos neste trabalho sugerem que a proteína hidrolisada de carne mecanicamente separada de frango poderá ser utilizada como um suplemento em formulações alimentares...

Digestibilidade da proteína e proteína solúvel de coprodutos de trigo para suínos em crescimento

Franceschina, Carolina Schell
Tipo: trabalho de conclusão de graduação Formato: application/pdf
Português
Relevância na Pesquisa
46.98%
Uma das vantagens da utilização dos coprodutos do trigo é a redução dos custos de produção, mas esse uso é limitado pela escassez de informações nutricionais acerca desses ingredientes e pelos seus elevados teores de fibra. O objetivo deste trabalho foi, inicialmente, avaliar a composição química de cinco coprodutos de trigo e, por fim, avaliar a digestibilidade dos nutrientes de diferentes coprodutos de trigo na dieta de suínos em crescimento, com ênfase no conteúdo de nitrogênio, e verificar se a proteína verdadeira solúvel do ingrediente pode ser um indicador de proteína digestível em suínos. Inicialmente, foi realizada a análise bromatológica completa, de energia bruta e a determinação da proteína verdadeira solúvel de cinco coprodutos de trigo (grãos de trigo, gérmen de trigo, farinheta de trigo, farelo de trigo fino e farelo de trigo grosso). Na segunda etapa, foi feita a análise de digestibilidade de cinco coprodutos de trigo (farinheta de trigo, farelo de trigo grosso, farelo de trigo fino, farinha de trigo e gérmen de trigo), adicionados às dietas suínos em crescimento, através do método de substituição no qual se substituiu 27% da dieta padrão, à base de milho e soja, pelo ingrediente teste. Foram feitas as análises bromatológicas nos ingredientes...

Consumo e dinâmica ruminal da fibra em detergente neutro em bovinos em pastejo no período das águas recebendo suplementação com nitrogênio não-proteico e/ou proteína verdadeira

Costa, Viviane Aparecida Carli; Detmann, Edenio; Paulino, Mário Fonseca; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Henriques, Lara Toledo; Carvalho, Isabela Pena Carvalho de; Valente, Tiago Neves Pereira
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2805-2814
Português
Relevância na Pesquisa
46.54%
Objetivou-se avaliar o efeito de diferentes relações entre proteína verdadeira e nitrogênio não-proteico sobre o consumo e a dinâmica de trânsito e degradação ruminal da fibra em detergente neutro (FDN) da forragem em bovinos em pastejo durante o período das águas. Foram utilizados cinco novilhos mestiços Holandês × Zebu, castrados, com peso corporal inicial de 335±35 kg fistulados no rúmen e no abomaso. Os tratamentos foram: controle (somente pasto); e suplementos com ureia; com 2/3 de compostos nitrogenados oriundos da ureia e 1/3 de compostos nitrogenados oriundos da albumina; com 1/3 de compostos nitrogenados oriundos da ureia e 2/3 de compostos nitrogenados oriundos da albumina; e com albumina. Foram fornecidos 200 g/dia de proteína bruta (PB) a partir dos suplementos. O experimento foi conduzido segundo delineamento em quadrado latino 5 × 5, com cinco períodos experimentais de 15 dias. Não foram observados efeitos da suplementação sobre o consumo voluntário, com exceção do consumo de PB, que aumentou com a suplementação. A substituição da ureia por albumina nos suplementos teve efeito linear sobre o consumo de PB. Os consumos dos demais componentes da dieta não foram afetados pela composição dos suplementos. Nenhum efeito foi observado sobre a taxa de passagem ruminal de compostos fibrosos. O fornecimento de suplementos ampliou...

Growth and antimicrobial activity of lactic acid bacteria from rumen fluid according to energy or nitrogen source

Carvalho, Isabela Pena Carvalho de; Detmann, Edenio; Mantovani, Hilário Cuquetto; Paulino, Mário Fonseca; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Costa, Viviane Aparecida Carli; Gomes, Daiany Iris
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1260-1265
Português
Relevância na Pesquisa
36.59%
Objetivou-se avaliar os efeitos da suplementação com diferentes fontes de energia e de compostos nitrogenados sobre o crescimento e produção de bacteriocinas de bactérias ácido-láticas in vitro. As incubações foram conduzidas utilizando-se fluido ruminal originado de um novilho Holandês-Zebu fistulado no rúmen. O animal foi mantido em pastagem de Brachiaria decumbens recebendo 200 g/dia de proteína bruta suplementar. Os substratos e o inóculo foram acondicionados em frascos de vidro considerando-se oito tratamentos: celulose, celulose e caseína, celulose e peptona de soja, celulose e ureia, amido, amido e caseína, amido e peptona de soja e amido e ureia. Incubações sucessivas foram conduzidas para seleção dos microrganismos em função das fontes energéticas e de compostos nitrogenados. O amido favoreceu o crescimento de bactérias ácido-láticas em comparação à celulose. A suplementação com proteína verdadeira (peptona de soja e caseína) estimulou o crescimento dessas bactérias em comparação ao controle (sem suplementação com compostos nitrogenados). A adição de ureia não estimulou o crescimento de bactérias ácido-láticas. Nenhuma atividade antimicrobiana foi detectada a partir das colônias de bactérias ácido-láticas isoladas. Fontes de proteína verdadeira incrementam a competição entre bactérias fermentadoras de carboidratos estruturais e não-estruturais.; The objective of this study was to evaluate the effects of supplementation with different sources of energy and nitrogenous compounds on the in vitro growth and production of bacteriocin of lactic acid bacteria. Incubations were performed by using ruminal fluid from a rumen-fistulated Holstein-Zebu steer. The animal was kept on a Brachiaria decumbens pasture receiving 200 g/day of supplemental crude protein. Substrates and inoculum were placed in glass flasks considering eight treatments: cellulose...

Digestibilidade total e parcial e balanço nitrogenado em bovinos em pastejo no período das águas recebendo suplementos com nitrogênio não-proteico e/ou proteína verdadeira

Costa, Viviane Aparecida Carli; Detmann, Edenio; Paulino, Mário Fonseca; Valadares Filho, Sebastião de Campos; Henriques, Lara Toledo; Carvalho, Isabela Pena Carvalho de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2815-2826
Português
Relevância na Pesquisa
46.59%
Objetivou-se avaliar o efeito de diferentes relações entre proteína verdadeira e nitrogênio não-proteico sobre a digestibilidade, a síntese de proteína microbiana e o balanço de compostos nitrogenados em bovinos em pastejo durante o período das águas. Foram utilizados cinco novilhos mestiços Holandês × Zebu, castrados, com peso vivo inicial de 335±35 kg fistulados no rúmen e no abomaso. Os tratamentos foram: controle (somente pasto); e suplementos com ureia; com 2/3 de compostos nitrogenados oriundos da ureia e 1/3 de compostos nitrogenados oriundos da albumina; com 1/3 de compostos nitrogenados oriundos da ureia e 2/3 de compostos nitrogenados oriundos da albumina; e com albumina. Foram fornecidos 200 g/dia de proteína bruta (PB) a partir dos suplementos. O experimento foi conduzido segundo delineamento em quadrado latino 5 × 5, com cinco períodos experimentais, cada um de 15 dias. A suplementação não afetou os coeficientes de digestibilidade total nem o teor de nutrientes digestíveis totais da dieta; elevou as estimativas do coeficiente de digestibilidade aparente ruminal da PB, que migraram de negativa, no tratamento controle, para positivas, porém não diferentes de zero, nos tratamentos envolvendo suplementação. O fornecimento de suplementos elevou a concentração de nitrogênio amoniacal ruminal. O balanço de compostos nitrogenados aumentou com a suplementação. A substituição de ureia por albumina influenciou de forma cúbica o balanço de compostos nitrogenados...

Relação nitrogênio não proteico e proteína verdadeira em suplementos na recria de bezerros Nelore

Fernandes, Rodolfo Maciel
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: ix, 75 p.
Português
Relevância na Pesquisa
36.37%
Pós-graduação em Zootecnia - FCAV; The objective of this study was to evaluate the effect of elevated protein intake and also different rates of protein degradation, coupled with the use of energy on performance, fermentation parameters, forage intake and supplement in Nellore, recreated in Brachiaria brizantha. Marandu during the dry season transition waters. The treatments were: energy protein supplement with 25% CP (C-25), energy protein supplement with 40% CP, 1/3 of the PB of vegetable and two thirds of urea (40-2/3 NNP) energy protein supplement with 40% CP, 1/3 of the PB urea and 2/3 of vegetable origin (40-1/3NNP), energy protein supplement with 40% CP, 1/2 PB of urea and 1/2 of vegetable origin (40-1/2 NNP). The pasture assessments and weights of animals were taken every 28 days. Each period also estimates individual and collective consumption of supplement and forage plus fermentation parameters were performed. The experimental design was a complete randomized to evaluate the performance blocks, experimental areas and the blocking factor paddock as the experimental unit. Evaluations of ruminal fermentation and the consumption design was a Latin square (4X4). There were no treatment effects on ruminal pH, acetate, propionate and isobutyrate...

Efeito de níveis de lisina digestível verdadeira e proteína bruta na dieta sobre parâmetros morfo-fisiológicos e utilização do nitrogênio em suínos na fase inicial

Zangeronimo,Márcio Gilberto; Fialho,Elias Tadeu; Murgas,Luis David Solis; Lima,José Augusto de Freitas; Rocha,Érika Viviane Heidenheich da; Alvarenga,Renata Ribeiro
Fonte: Editora da Universidade Federal de Lavras Publicador: Editora da Universidade Federal de Lavras
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2007 Português
Relevância na Pesquisa
36.59%
Foi conduzido um experimento no Departamento de Zootecnia da Universidade Federal de Lavras para verificar a influência de diferentes níveis de proteína bruta (PB) e lisina digestível verdadeira (LISD) na dieta sobre peso de órgãos, parâmetros fisiológicos e utilização do nitrogênio (N) de rações por leitões na fase inicial. Foram utilizados 80 suínos machos castrados e fêmeas (peso inicial = 9,1 ± 1,2 kg e final = 21,5 ± 4,8 kg), mestiços (Landrace x Large White), desmamados aos 28 dias, alojados em grupos de dois na creche em um delineamento em blocos casualizados (DBC) no tempo, em um fatorial 2 x 4 (PB x LISD) com cinco repetições, durante 35 dias. As rações foram formuladas com dois níveis de PB (16 e 18%) e quatro níveis de LISD (0,7; 0,9; 1,1 e 1,3%) com correção dos valores de metionina e treonina seguindo o conceito de proteína ideal. Ao final do experimento, um animal (unidade experimental) de cada tratamento foi sacrificado para mensuração do pH do conteúdo estomacal e cecal, peso relativo do fígado, pâncreas e rins e altura das vilosidades e profundidade das criptas do jejuno. No Experimento II, 32 suínos machos castrados (peso inicial = 25 ± 1,3 kg), provenientes do experimento anterior...

Determinação das perdas endógenas e da digestibilidade ileal da proteína e dos aminoácidos em suínos utilizando-se duas técnicas

Costa,Leidimara Feregueti; Lopes,Darci Clementino; Freitas,Letícia Silva de; Hannas,Melissa Izabel; Pupa,Júlio Maria Ribeiro; Corassa,Anderson
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/07/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.79%
Objetivou-se neste estudo determinar os coeficientes de digestibilidade ileal verdadeira da proteína e dos aminoácidos digestíveis de um extrato protéico de levedura utilizando-se duas técnicas - dieta isenta de proteína (DIP) e dieta com caseína hidrolisada enzimaticamente (CHE) - para determinação das perdas endógenas de proteína, aminoácidos e nitrogênio. Foram utilizados 12 suínos mestiços, machos castrados, com peso médio de 35 kg, submetidos previamente a cirurgia para implantação da cânula T simples. O delineamento experimental foi o inteiramente casualizado com três tratamentos (dieta com CHE; dieta isenta de proteína (DIP); e dieta com 23% do extrato protéico de levedura - ingrediente teste), quatro repetições e um animal por unidade experimental. As perdas endógenas de ácido glutâmico, ácido aspártico, lisina, arginina e serina diferiram entre as dietas; os maiores valores foram obtidos nos animais que receberam a dieta com CHE. O maior valor de perda endógena do aminoácido glicina foi determinado nos animais alimentados com a dieta DIP. Os coeficientes de digestibilidade ileal verdadeira de metionina, treonina, triptofano e serina determinados pelas perdas endógenas utilizando-se a dieta CHE foram superiores àqueles determinados utilizando a dieta DIP. As quantidades das secreções protéicas e de aminoácidos obtidas pela técnica da CHE foram maiores que as determinadas pela técnica da DIP. Os coeficientes de digestibilidade verdadeira da proteína foram menores e os dos aminoácidos...

Degradação in vitro da fibra em detergente neutro de forragem tropical de baixa qualidade em função da suplementação com proteína verdadeira e/ou nitrogênio não-proteico

Detmann,Edenio; Queiroz,Augusto César de; Zorzi,Karina; Mantovani,Hilário Cuquetto; Bayão,Geraldo Fábio Viana; Gomes,Matheus Pinto Coelho
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
46.82%
Objetivou-se avaliar a dinâmica da degradação in vitro da fibra em detergente neutro (FDN) de forragem tropical de baixa qualidade em função da suplementação com compostos nitrogenados em diferentes relações proteína verdadeira:nitrogênio não-proteico (NNP). Amostra de capim-braquiária colhida durante a estação seca foi utilizada como forragem basal. Como fontes de proteína verdadeira e NNP, utilizaram-se a caseína e a mistura ureia:sulfato de amônia (U:SA; 9:1), respectivamente. O suplemento base para a definição dos demais foi constituído da adição de caseína ao meio de incubação de forma a elevar o teor de proteína bruta (PB) da forragem basal até 8%, com base na matéria seca. Os demais suplementos foram construídos a partir da substituição fracional (0, 1/3, 2/3 e 1) da PB da caseína por equivalentes proteicos da mistura U:SA, incluindo-se tratamento controle (forragem). Os tratamentos foram avaliados em ambiente ruminal simulado por incubação in vitro em diferentes tempos de incubação: 0, 3, 6, 9, 12, 24, 36, 48, 72 e 96 horas. O procedimento foi repetido três vezes, totalizando três avaliações por tempo de incubação para cada tratamento. Os resíduos de incubação foram avaliados quanto ao teor de FDN e interpretados por intermédio de modelo logístico não-linear. A suplementação proteica elevou em 56...

Exigências de proteína de animais Nelore puros e cruzados com as raças Angus e Simental

Marcondes,Marcos Inácio; Valadares Filho,Sebastião de Campos; Oliveira,Ivanna Moraes de; Valadares,Rilene Ferreira Diniz; Paulino,Mário Fonseca; Prados,Laura Franco
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/10/2011 Português
Relevância na Pesquisa
36.53%
Objetivou-se estimar as exigências de proteína de animais Nelore, Nelore-Angus e Nelore-Simental, assim como a eficiência de uso da proteína metabolizável para ganho. Foram utilizados 69 animais (23 Nelore, 23 Nelore-Angus e 23 Nelore-Simental): 12 (quatro de cada grupo genético) foram abatidos antes do início do experimento, como grupo-referência, e nove animais foram separados para um ensaio de digestibilidade. Os animais restantes foram divididos em três dietas (ofertas de concentrado na base de 1 ou 2% do peso corporal à vontade e 1% do nível de mantença). Ao final do experimento, todos os animais foram abatidos e a composição corporal e o peso de corpo vazio (PCVZ) determinados. O consumo de proteína metabolizável (CPmet) foi estimado pela proteína microbiana verdadeira digestível média somada à proteína digestível não-degradada no rúmen. As exigências líquidas de proteína para ganho foram estimadas pela proteína retida (PR) em função do ganho de PCVZ (GPCVZ) e da energia retida. As exigências de proteína metabolizável para mantença foram estimadas pelo CPmet em função do GMD e as exigências líquidas para mantença pela PR em função do CPmet. O grupo genético influenciou apenas a relação entre os diferentes ganhos...

Consumo e dinâmica ruminal da fibra em detergente neutro em bovinos em pastejo no período das águas recebendo suplementação com nitrogênio não-proteico e/ou proteína verdadeira

Costa,Viviane Aparecida Carli; Detmann,Edenio; Paulino,Mário Fonseca; Valadares Filho,Sebastião de Campos; Henriques,Lara Toledo; Carvalho,Isabela Pena Carvalho de; Valente,Tiago Neves Pereira
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
46.54%
Objetivou-se avaliar o efeito de diferentes relações entre proteína verdadeira e nitrogênio não-proteico sobre o consumo e a dinâmica de trânsito e degradação ruminal da fibra em detergente neutro (FDN) da forragem em bovinos em pastejo durante o período das águas. Foram utilizados cinco novilhos mestiços Holandês × Zebu, castrados, com peso corporal inicial de 335±35 kg fistulados no rúmen e no abomaso. Os tratamentos foram: controle (somente pasto); e suplementos com ureia; com 2/3 de compostos nitrogenados oriundos da ureia e 1/3 de compostos nitrogenados oriundos da albumina; com 1/3 de compostos nitrogenados oriundos da ureia e 2/3 de compostos nitrogenados oriundos da albumina; e com albumina. Foram fornecidos 200 g/dia de proteína bruta (PB) a partir dos suplementos. O experimento foi conduzido segundo delineamento em quadrado latino 5 × 5, com cinco períodos experimentais de 15 dias. Não foram observados efeitos da suplementação sobre o consumo voluntário, com exceção do consumo de PB, que aumentou com a suplementação. A substituição da ureia por albumina nos suplementos teve efeito linear sobre o consumo de PB. Os consumos dos demais componentes da dieta não foram afetados pela composição dos suplementos. Nenhum efeito foi observado sobre a taxa de passagem ruminal de compostos fibrosos. O fornecimento de suplementos ampliou...

Digestibilidade total e parcial e balanço nitrogenado em bovinos em pastejo no período das águas recebendo suplementos com nitrogênio não-proteico e/ou proteína verdadeira

Costa,Viviane Aparecida Carli; Detmann,Edenio; Paulino,Mário Fonseca; Valadares Filho,Sebastião de Campos; Henriques,Lara Toledo; Carvalho,Isabela Pena Carvalho de
Fonte: Sociedade Brasileira de Zootecnia Publicador: Sociedade Brasileira de Zootecnia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
46.59%
Objetivou-se avaliar o efeito de diferentes relações entre proteína verdadeira e nitrogênio não-proteico sobre a digestibilidade, a síntese de proteína microbiana e o balanço de compostos nitrogenados em bovinos em pastejo durante o período das águas. Foram utilizados cinco novilhos mestiços Holandês × Zebu, castrados, com peso vivo inicial de 335±35 kg fistulados no rúmen e no abomaso. Os tratamentos foram: controle (somente pasto); e suplementos com ureia; com 2/3 de compostos nitrogenados oriundos da ureia e 1/3 de compostos nitrogenados oriundos da albumina; com 1/3 de compostos nitrogenados oriundos da ureia e 2/3 de compostos nitrogenados oriundos da albumina; e com albumina. Foram fornecidos 200 g/dia de proteína bruta (PB) a partir dos suplementos. O experimento foi conduzido segundo delineamento em quadrado latino 5 × 5, com cinco períodos experimentais, cada um de 15 dias. A suplementação não afetou os coeficientes de digestibilidade total nem o teor de nutrientes digestíveis totais da dieta; elevou as estimativas do coeficiente de digestibilidade aparente ruminal da PB, que migraram de negativa, no tratamento controle, para positivas, porém não diferentes de zero, nos tratamentos envolvendo suplementação. O fornecimento de suplementos elevou a concentração de nitrogênio amoniacal ruminal. O balanço de compostos nitrogenados aumentou com a suplementação. A substituição de ureia por albumina influenciou de forma cúbica o balanço de compostos nitrogenados...

Associação entre fatores de risco cardiovascular e proteína C-reativa em mulheres idosas

Blauth,Fernanda; Lara,Gustavo M.; Wagner,Sandrine C.; Reichert,César L.
Fonte: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia Publicador: Sociedade Brasileira de Patologia Clínica; Sociedade Brasileira de Patologia; Sociedade Brasileira de Citopatologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.37%
INTRODUÇÃO: O processo inflamatório desempenha um importante papel na etiologia das doenças cardiovasculares. Muitos estudos demonstram que níveis elevados de proteína C-reativa (PCR), uma proteína hepática de fase aguda, estão associados ao risco de tais eventos. Objetivos: Investigar a existência de associação entre PCR e fatores de risco cardiovascular em mulheres idosas MATERIAL E MÉTODO: Foram realizadas avaliações antropométricas, impedanciometria, verificação de pressão arterial, mensurações de perfil lipídico, glicemia em jejum e PCR. RESULTADOS: Observou-se que a PCR esteve relacionada com índice de massa corporal (p = 0,001) e com percentual de gordura corporal (p = 0,015), não apresentando relação significativa com nenhuma outra variável estudada. DISCUSSÃO: A associação entre PCR e marcadores de obesidade é consenso na literatura, podendo, no entanto, não significar verdadeira progressão da aterosclerose ou de um estado inflamatório. Em relação à inexistência de associação com os demais fatores de risco cardiovascular observada neste estudo, os dados encontrados são conflitantes. Há autores que indicam a correlação entre PCR e tais fatores; outros apontam sua inexistência. CONCLUSÕES: Este trabalho demonstra a associação da PCR a marcadores de obesidade...