Página 1 dos resultados de 14 itens digitais encontrados em 0.229 segundos

Depressão materna e o perfil de socialização de meninos e meninas em idade escolar; Maternal depression and the socialization profile of school-age boys and girls.

Loosli, Lívia
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/10/2011 Português
Relevância na Pesquisa
65.86%
A depressão materna tem sido considerada uma condição de adversidade ao desenvolvimento infantil, observando-se quanto ao gênero peculiaridades e uma diversidade de achados em relação ao comportamento, à psicopatologia e ao perfil de socialização de crianças que convivem com a depressão materna. Objetivou-se: a) caracterizar o perfil de socialização de crianças em idade escolar que convivem com a depressão materna recorrente, identificando recursos e dificuldades relativos ao desempenho escolar e ao comportamento; b) comparar grupos separados pelo gênero; c) correlacionar desempenho escolar e comportamento. Foram avaliadas 40 díades mãe-filho, tendo as mães diagnóstico sistematicamente avaliado de Transtorno Depressivo Recorrente, e as crianças, com idades entre sete e 12 anos, foram distribuídas em dois grupos diferenciados pelo gênero: G1-20 meninos e G2-20 meninas. As crianças foram identificadas a partir da seleção das mães atendidas em serviços públicos de Saúde Mental da cidade de Ribeirão Preto - SP. Para a seleção dos participantes foram utilizados: a Entrevista Clínica e Estruturada para o DSM-IV (SCID), para confirmação diagnóstica das mães; e o teste das Matrizes Progressivas Coloridas de Raven - Escala Especial...

Caracterização dos alunos do ensino fundamental municipal de Araraquara encaminhados ao programa de educação especial identificados com necessidades educacionais especiais

Medeiros, Nilza Renata de
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: 123 f. : il.
Português
Relevância na Pesquisa
85.9%
Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES); Pós-graduação em Educação Escolar - FCLAR; Este trabalho teve por objetivo caracterizar os alunos do ensino fundamental que, no ano de 2004, foram encaminhados por seus professores para avaliação com suspeita de Necessidades Educacionais Especiais (NEE) ao Programa de Educação Especial (PEE) da rede municipal de ensino de Araraquara, bem como verificar os identificados com NEE por esse programa através das fichas de observação que continham as principais queixas dos professores; além de averiguar suas situações escolares no ano de 2007. Utilizou-se a abordagem qualitativa e os dados coletados por meio de análise documental. Foram estudados 121 prontuários de alunos encaminhados por seus professores, ao PEE e verificou-se que desses, 59 foram identificados com NEE pela equipe desse programa. Ao analisar as queixas livres dos professores, foram encontrados diferentes tipos de dificuldades que segundo os professores, impedem que a aprendizagem ocorra normalmente. Esses dados foram organizados em quatro categorias assim dispostas: - dificuldades de aprendizagem de leitura e escrita seguida de três subcategorias; - comunicação e linguagem; - agitação excessiva e – queixas indefinidas. Na etapa seguinte...

Como escutar os gritos de quem não consegue ler e escrever: percursos de um projeto de extensão desenvolvido pela UNESP

Saravali, Eliane Giachetto; Carbinatto, Tatiane
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1063-1072
Português
Relevância na Pesquisa
55.74%
Data presented here is the result of an extension project developed by UNESP which aims to support children who complain about learning disabilities. These students with reading and writing problems were part on intervention sessions, individually and/or in small groups, in which different games and non-usual activities were implemented. These intervention sessions seek an improvement in the non-learning situation and, above all, a change in the relationship that the children have established with these school subjects. So far, the main results indicate a development in the mentioned areas and a significant improvement in the entire student learning condition, which were verified during the intervention sessions and by the teachers’ and parents’ reports, as well. We also present here reflections on the process of assessment and intervention and about the way these subjects are dealt at school, and the meaning of not learning how to read and how to write for a child.; São apresentados aqui, dados de um projeto de extensão, desenvolvido junto à UNESP, cujo objetivo é atender crianças com queixas de dificuldades de aprendizagem. Os alunos com problemas na área de leitura e escrita são submetidos a sessões de intervenções individuais e/ou em pequenos grupos...

Caracterização do desempenho de escolares com e sem dificuldades de aprendizagem em tarefas de consciência fonológica

Santiago, Giselda
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/bachelorthesis
Português
Relevância na Pesquisa
45.99%
Learning to read and write at an early stage is the process of transferring the sound form of the spoken language for the graphical form of writing, a process, a time that in our system of alphabetical called writing, the letters are graphical representations in the level of phoneme. So that this representation occurs, it is necessary that the individual already can of some form perceive and manipulate the different sonorous segments of the word. This capacity of perception directed to the segments of the word calls Phonological Awareness. Thus, it was established had for objective to verify the pertaining to school performance of 1ª to 4ª series with and without of learning in Tests of Phonological Awareness. Fourth children with age average of 9 years and 3 months without learning disabilities had been submitted to the Protocol of Phonological Awareness (CIELO, 2002) using of this instrument had participated of this study 80 pertaining to school of both only the phonological tasks. The data received from quantiqualitative approach whose results were extracted inferences. The statistically significant results occurred in the tasks of Realism Face Detection, Syllables, Detecting Phonemes, Phonemic Synthesis and Reversal Phonemic. Based on the results we observed that children without learning difficulties performed better on all tasks mentioned above; A aprendizagem da leitura e da escrita em seu estágio inicial consiste no processo de transferência da forma sonora da língua oral para a forma gráfica da escrita...

Disturbios e dificuldades de aprendizagem em crianças : analise do diagnostico interdisciplinar

Sylvia Maria Ciasca
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 27/06/1994 Português
Relevância na Pesquisa
95.84%
A presente pesquisa teve por objetivo o diagnóstico e a análise de dados relativos a avaliação psicológica, neuropsicológica, neurológica e exames complementares em três grupos de crianças: normais, com dificuldade escolar e com distúrbios da aprendizagem. Foi nossa intenção mostrar quais instrumentos utilizados nas diversas avaliações discriminam ou não os três grupos pesquisados e como se comportam esses grupos quando comparados um a um. Para isso, foram estudadas 34 crianças, assim distribuídas, chegando-se a grupos significativos, caracterizados como: Grupo 1 - 11 crianças de ambos os sexos, com idade média de nove anos e seis meses, com bom aproveitamento acadêmico, sem outro tipo de queixa física e/ou comportamental, selecionadas pela professora de uma escola pública da Região de Campinas; Grupo 2 12 crianças de ambos os sexos, com idade média de nove anos e seis meses, com queixa de dificuldade escolar, porém sem queixas de ordem física ou comportamental; Grupo 3 - 11 crianças, com idade média de nove anos e seis meses, com queixa de dificuldade escolar associada a uma afecção neurológica não-incapacitante. Todas as crianças do grupo 2 e 3 freqüentavam escolas públicas e foram encaminhadas ao Ambulatório de Distúrbios de Aprendizagem no Departamento de Neurologia da Faculdade de Ciências Médicas da Universidade Estadual de Campinas-UNICAMP...

Oficina de leitura e escrita para pais : um estudo sobre concepções de letramento; Reading and writing workshop for parents : conceptions of a study on literacy

Paula Roberta Rocha Dellisa
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 14/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
66.07%
Partindo da idéia de que a família é um dos elementos principais na inserção da criança na cultura letrada, o presente trabalho objetivou o estudo das relações da família com as práticas de leitura/escrita, no contexto de um grupo de crianças com queixas de dificuldades nessa aquisição, que freqüentam um serviço de Fonoaudiologia. Pretendeu-se conhecer as atitudes da família e sua visão quanto à escrita e às dificuldades das crianças nessa área. A implementação do projeto "oficina de leitura e escrita" com essas famílias pretendeu também refletir sobre esse processo de intervenção e seus resultados. As reuniões do grupo com os familiares foram realizadas em uma Clínica de Fonoaudiologia pertencente a uma Universidade Pública do interior do estado de São Paulo. Os participantes foram os pais/responsáveis das crianças que lá se encontram em acompanhamento. Foram conduzidas 17 sessões de 60 minutos cada. A interpretação de dados foi realizada nos moldes da pesquisa qualitativa, sendo considerados os discursos dos sujeitos durante os encontros, os produtos resultantes da oficina e registros realizados em diário de campo. Foi possível concluir que a oficina é um espaço propício para permitir a emergência de experiências pessoais com a leitura/escrita e de sentimentos relacionados a elas. Além disso...

Práticas de letramento da família e apropriação da escrita e da leitura por crianças alfabetizandas

Caxangá, Maria do Rosário Rocha
Tipo: dissertação / dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
65.89%
Dissertação (mestrado)—Universidade de Brasília, Faculdade de Educação, 2007.; Esta pesquisa tem como proposta compreender as várias queixas e inquietações de professores de séries iniciais na busca pela forma eficiente de elevar a capacidade dos alunos das classes populares a aprender a ler e a escrever. Ela se justifica pela ineficiência dos vários métodos de alfabetização, quando aplicados isoladamente, e pela necessidade de se entender a relação existente entre as práticas de letramento dos grupos familiares diretamente ligados às crianças alfabetizandas em uma escola de Santa Maria-DF e sua apropriação da escrita. Com esse objetivo foi feita uma observação participante com os pais e outros membros familiares, ligados às crianças de uma turma de seis anos com o fim de se conhecer o que ocorrem com esses alunos dentro e fora de sala de aula para entender suas dificuldades na tarefa de ler e escrever, bem como entender os fatos à luz dos estudos sociolingüísticos, lingüísticos, entre outros. Para tanto, foi realizado um estudo de caso do tipo etnográfico. A pesquisa mostrou que um trabalho construtivo em sala de aula ajuda a superarar o contato limitado com práticas letradas no ambiente familiar. __________________________________________________________________________________________ ABSTRACT; The purpose of this study is to understand the various complaints and concerns that teachers of early grades have in their quest for an effective way of enhancing the ability of their lower-class students to learn to read and write. It was motivated by the ineffectiveness...

Estudo da audição em crianças portadoras de deficiência visual

Santos,Elisandra dos; Zeferino,Angélica Maria Bicudo; Gagliardo,Heloisa Gagheggi Ravanini Gardon; Colella-Santos,Maria Francisca
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
45.74%
OBJETIVO: analisar a audição de escolares portadores de deficiência visual (baixa visão e cegueira) e caracterizá-los quanto ao desempenho escolar. MÉTODO: anamnese e avaliação audiológica de 30 (100%) crianças de 8 a 12 anos, sendo 15 (50%) do Grupo I, constituído por portadores de deficiência visual e 15 (50%) do Grupo II formado por crianças com visão normal, sem queixas auditivas e/ou escolares. Foram realizadas meatoscopia, audiometria tonal liminar, logoaudiometria e imitanciometria; além dos testes de Localização Sonora em Cinco Direções, Memória Sequencial para Sons Verbais e Não-Verbais, Fala com Ruído, Dicótico de Dígitos, Padrão de Duração e Detecção de Intervalos Aleatórios (RGDT). Os pais e/ou responsáveis responderam questões sobre o histórico escolar. RESULTADOS: na avaliação audiológica básica, no Grupo I, 04 (26,6%) escolares obtiveram resultados alterados, sendo 02 (13,3%) com perda auditiva do tipo condutiva, 01 (6,8%) com perda auditiva sensórioneural e 01 (6,8%) com perda mista. No Grupo II, todos os escolares apresentaram resultados normais. Nos testes do Processamento Auditivo, verificou-se que o Grupo I obteve resultados semelhantes ao Grupo II nos testes de Localização Sonora...

Estudo da audição em crianças portadoras de deficiência visual

Santos,Elisandra dos; Zeferino,Angélica Maria Bicudo; Gagliardo,Heloisa Gagheggi Ravanini Gardon; Colella-Santos,Maria Francisca
Fonte: CEFAC Saúde e Educação Publicador: CEFAC Saúde e Educação
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
45.74%
OBJETIVO: analisar a audição de escolares portadores de deficiência visual (baixa visão e cegueira) e caracterizá-los quanto ao desempenho escolar. MÉTODO: anamnese e avaliação audiológica de 30 (100%) crianças de 8 a 12 anos, sendo 15 (50%) do Grupo I, constituído por portadores de deficiência visual e 15 (50%) do Grupo II formado por crianças com visão normal, sem queixas auditivas e/ou escolares. Foram realizadas meatoscopia, audiometria tonal liminar, logoaudiometria e imitanciometria; além dos testes de Localização Sonora em Cinco Direções, Memória Sequencial para Sons Verbais e Não-Verbais, Fala com Ruído, Dicótico de Dígitos, Padrão de Duração e Detecção de Intervalos Aleatórios (RGDT). Os pais e/ou responsáveis responderam questões sobre o histórico escolar. RESULTADOS: na avaliação audiológica básica, no Grupo I, 04 (26,6%) escolares obtiveram resultados alterados, sendo 02 (13,3%) com perda auditiva do tipo condutiva, 01 (6,8%) com perda auditiva sensórioneural e 01 (6,8%) com perda mista. No Grupo II, todos os escolares apresentaram resultados normais. Nos testes do Processamento Auditivo, verificou-se que o Grupo I obteve resultados semelhantes ao Grupo II nos testes de Localização Sonora...

Parâmetros de fluência e tipos de erros na leitura de escolares com indicação de dificuldades para ler e escrever

Kawano,Cinthya Eiko; Kida,Adriana de Souza Batista; Carvalho,Carolina Alves Ferreira; Ávila,Clara Regina Brandão de
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2011 Português
Relevância na Pesquisa
86.07%
OBJETIVO: Caracterizar o desempenho de escolares com indicação de dificuldades de leitura e escrita, segundo o ano escolar, categorias de erros, parâmetros de fluência leitora e as correlações entre essas variáveis. MÉTODOS: Foram avaliadas 60 crianças (48% meninas), do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental da rede pública. Trinta (dez de cada ano) que apresentavam indícios de dificuldades relacionadas ao aprendizado ou desempenho de leitura e escrita, compuseram o Grupo Pesquisa. Trinta, pareadas por idade e ano escolar, indicadas pelos professores como boas leitoras, compuseram o Grupo Controle. Todas leram, oralmente, duas listas de itens isolados (38 palavras e 29 pseudopalavras) e um texto. As leituras foram gravadas, transcritas e os parâmetros e erros, analisados. RESULTADOS: Foram encontradas diferenças entre os grupos, com pior desempenho do Grupo Pesquisa em todas as variáveis estudadas. Os tipos de erros de leitura: desrespeito à regra de correspondência independente do contexto, omissões e adições, desrespeito à acentuação, erros complexos e recusas foram mais frequentes nesse grupo. As taxas e valores de fluência mostraram-se mais baixos nos escolares com queixas em relação aos bons leitores. Correlações negativas foram identificadas entre as variáveis de fluência de leitura e os diferentes erros...

Terapia fonoaudiológica em grupo voltada à linguagem escrita: uma perspectiva dialógica

Signor,Rita
Fonte: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2012 Português
Relevância na Pesquisa
106%
Apresento neste artigo um recorte de uma pesquisa na qual elaborei uma proposta terapêutica, ancorada na teoria de gêneros do discurso de Bakhtin (2003), com o objetivo de analisar a contribuição da referida teoria para a clínica fonoaudiológica. Para tanto, desenvolvi um estudo de caso com um grupo de cinco sujeitos com queixas de dificuldades de leitura e escrita. Os gêneros selecionados para o trabalho em terapia foram: romance, peça de teatro, sinopse e cartaz de divulgação. Por questões de espaço, apresento aqui parte da interação com os sujeitos do grupo em processo de escrita em apenas um dos gêneros abordados: o gênero peça de teatro. Os resultados sugerem que as práticas ancoradas em uma perspectiva enunciativo-discursiva foram efetivas, pois, por meio de contextos significativos de uso da língua, os sujeitos se aproximaram da escrita e da leitura e com isso desenvolveram competências necessárias à interação nessas práticas.

Escrever é reescrever: desenvolvendo competências em leitura e escrita no contexto da clínica fonoaudiológica

Signor,Rita
Fonte: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais Publicador: Faculdade de Letras - Universidade Federal de Minas Gerais
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2013 Português
Relevância na Pesquisa
65.91%
O objetivo deste trabalho é apresentar um recorte de uma pesquisa qualitativa, longitudinal e de cunho sócio-histórico. A finalidade da pesquisa foi o desenvolvimento de uma proposta terapêutica embasada na teoria de gêneros do discurso de Bakhtin. Para a efetivação da proposta, desenvolveu-se um estudo de caso de atendimento terapêutico grupal. O grupo foi composto por cinco adolescentes que apresentavam queixas de dificuldades de leitura e escrita. A proposta com os gêneros partiu da produção escrita de uma peça de teatro, baseada em um romance lido em terapia, da publicação da peça em site e de sua encenação. Apresenta-se neste artigo parte da interlocução com apenas um dos sujeitos do grupo, o sujeito D, em processo de (re)escrita de texto em um dos gêneros abordados: o gênero peça de teatro. Os dados foram analisados à luz do dialogismo bakhtiniano.

O gênero sinopse como proposta de ação fonoaudiológica voltada para o desenvolvimento de competências em leitura e escrita

Signor,Rita
Fonte: LAEL/PUC-SP (Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo) Publicador: LAEL/PUC-SP (Programa de Estudos Pós-Graduados em Linguística Aplicada e Estudos da Linguagem da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo)
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2012 Português
Relevância na Pesquisa
76.08%
Neste trabalho apresentamos parte de uma pesquisa na qual objetivamos analisar a contribuição da teoria de gêneros do discurso de Bakhtin (2003) para a prática fonoaudiológica. Para tanto, elaboramos uma proposta terapêutica e a aplicamos em uma situação de atendimento em grupo. O grupo foi composto por cinco sujeitos (adolescentes) com queixas de dificuldades de leitura e escrita. Neste artigo são apresentados excertos da interlocução em um dos gêneros selecionados para o trabalho terapêutico: o gênero sinopse. Os dados foram analisados à luz do dialogismo bakhtiniano. Os resultados levam a crer que os sujeitos conseguiram produzir textos adequados ao gênero em questão. Sugerem, ainda, que as práticas ancoradas em uma perspectiva enunciativo-discursiva foram efetivas, pois, por meio de contextos significativos de uso da língua, os sujeitos se aproximaram da escrita e da leitura e, com isso, desenvolveram competências linguísticas e discursivas necessárias à interação nessas práticas.

Fluência e compreensão leitora em escolares com dificuldades de leitura

Nascimento,Tânia Augusto; Carvalho,Carolina Alves Ferreira de; Kida,Adriana de Souza Batista; Ávila,Clara Regina Brandão de
Fonte: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia Publicador: Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2011 Português
Relevância na Pesquisa
115.98%
OBJETIVO: Caracterizar o desempenho de escolares com dificuldade de leitura, em tarefas de decodificação e compreensão leitora e buscar correlações entre ambas. MÉTODOS: Foram avaliados 60 escolares (29 meninas) que cursavam do 3º ao 5º ano do Ensino Fundamental na rede pública do município de São Paulo. Trinta escolares (Grupo Pesquisa - GP), dez de cada ano, foram indicados por seus professores por apresentarem queixas ou indícios de dificuldades de leitura. Outros trinta, indicados como bons leitores, pareados por gênero, idade e escolaridade ao GP, compuseram o Grupo de Comparação (GC). Todos os escolares foram avaliados quanto aos parâmetros de fluência de leitura de itens isolados (palavras e pseudopalavras) e texto, e de compreensão leitora de texto narrativo (nível de leitura, número e tipo de ideias identificadas, acertos às questões de múltipla escolha). RESULTADOS: O GP apresentou valores de fluência e compreensão leitoras mais baixos que o GC. Diferentes padrões de correlações positivas e negativas, de fracas a ótimas, entre os parâmetros de decodificação e compreensão foram encontradas nos dois grupos. No GP foram observados baixos valores de taxa e acurácia de leitura correlacionados a baixos valores de compreensão e melhora da decodificação...