Página 1 dos resultados de 961 itens digitais encontrados em 0.007 segundos

Native tree seedling growth when fertilized with different amounts of dry sewage sludge and mineral fertilizer

PAIVA, Ary Vieira de; POGGIANI, Fabio; GONCALVES, Jose Leonardo de Moraes; FERRAZ, Alexandre de Vicente
Fonte: IPEF-INST PESQUISAS ESTUDOS FLORESTAIS Publicador: IPEF-INST PESQUISAS ESTUDOS FLORESTAIS
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
67.14%
The increasing volume of urban sewage nowadays generates considerable amount of sludge to be disposed of. One environmentally adequate destination could be the application of treated and stabilized sludge (biosolids) to forest plantations as fertilizer and soil conditioner. The purpose of this study was to analyze the feasibility of applying sewage sludge, evaluating its effects on native tree seedlings. The species evaluated were aroeira-pimenteira (Schinus terebinthifolia Raddi), cabreuva-vermelha (Myroxy-Ion peruiferum L. f.), pau-de-viola (Cytarexyllum myrianthum Cham), unha-de-vaca (Bauhinia forficata Link), which are usually planted in forest restoration. Seedlings were cultivated in pots, containing a volume of 4 dm(3) of soil, within a greenhouse. The study was developed in the proximity of Campinas, SP, Brazil, and installed in November, 2003. The design was entirely randomized including seven treatments: control; mineral fertilization; and different doses of sewage sludge (biosolids) complemented with potassium, due to the low concentration of this element in the sludge produced by the wastewater treatment plant of Barueri (Metropolitan region of Sao Paulo city). The results showed that the application of different dosages of biosolids promoted different responses in stem height and biomass production. The treatment with 20 g/dm(3) of dry sewage sludge promoted both the highest growth and the highest seedling biomass production...

Influência da aplicação do lodo de esgoto (Biossólido) sobre a concentração e o estoque de nutrientes na biomassa do sub-bosque, na serapilheira e no solo de um talhão de E. grandis.; Influence of sewage sludge application (biosolids) on the concentration and stock of nutrients in the understory biomass, litter and soil in a stand of Eucalyptus grandis.

Rezende, Cláudia Irene de Oliveira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 13/04/2005 Português
Relevância na Pesquisa
67.2%
O aumento da população urbana está gerando a necessidade de se dispor, de forma ecologicamente adequada, o lodo de esgoto produzido nas estações de tratamento (ETEs). O uso do lodo tratado (biossólido) como fertilizante e condicionador de solo em plantações florestais pode trazer soluções e benefícios ambientais e silviculturais. Existe, contudo, a necessidade de estudos prévios visando avaliar os eventuais impactos ambientais, tais como a possível disseminação de patógenos e o acúmulo de metais pesados no solo e nas plantas, principalmente das espécies que constituem o sub-bosque da floresta e que podem servir como suprimento alimentar para os herbívoros. O presente trabalho teve como objetivo estudar a influência do biossólido, 68 meses após sua aplicação, no estoque de nutrientes do sistema ?solo- sub-bosque - serapilheira? em parcelas experimentais de Eucalyptus grandis localizadas na E. E. de Ciências Florestais de Itatinga ? SP (clima Cwa, segundo a classificação de Köeppen) e plantadas sobre Latossolo Vermelho Escuro, franco argilo arenoso. Para tal finalidade, foram quantificados os estoques dos nutrientes no solo, até 60 cm de profundidade, na fitomassa aérea do sub-bosque e na biomassa da serapilheira acumulada sobre o solo dos tratamentos: T1 ? testemunha...

"Técnicas espectroscópicas aplicadas à análise da matéria orgânica do solo em pomares de citros sob adição de lodo de esgoto"; "Spectroscopic techniques applied to the soil organic matter determination in citrus cultivations under sewage sludge application"

Narimoto, Kelly Mayumi
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/10/2006 Português
Relevância na Pesquisa
67.24%
A produção de lodo de esgoto vem aumentando a cada dia nas estações de tratamento, e a sua disposição final é um problema a ser resolvido. Uma das alternativas encontradas para a disposição final desses resíduos com benefícios ambientais e principalmente econômicos é a reciclagem agrícola, devido a sua composição em termos de matéria orgânica e nutrientes para as plantas. O objetivo deste trabalho foi avaliar os efeitos da adição do lodo de esgoto na matéria orgânica do solo, em um experimento de curto período de duração. As amostras utilizadas neste experimento foram coletadas na Fazenda Retiro, município de Monte Azul Paulista/SP, em áreas com cultivo de citros. O experimento foi composto de 5 tratamentos, uma testemunha e 4 doses de logo de esgoto. Além dos 5 tratamentos também foram amostrados o solo de mata (referência) e lodo de esgoto. Dessas amostras foram extraídos os ácidos húmicos (AH). Foram avaliadas as alterações ocorridas nas estruturas dos AH quanto aos teores de carbono, composição de grupos funcionais, número de radicais livres do tipo semiquinona e grau de humificação. O solo in natura também foi avaliado quanto aos teores de carbono e grau de humificação da matéria orgânica (MO). Para isso...

Produção de madeira, ciclagem de nutrientes e fertilidade do solo em plantios de Eucalyptus grandis, após aplicação de lodo de esgoto; Wood production, nutrient cycling and soil fertility in Eucalyptus grandis stand after sewage sludge application

Silva, Paulo Henrique Müller da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 19/01/2007 Português
Relevância na Pesquisa
67.16%
Poucos municípios brasileiros têm estações de tratamento de esgoto (ETEs), sendo que uma grande parte do esgoto ainda não é tratada, causando forte impacto ambiental devido ao seu despejo ?in natura? nos cursos de água. O processo de tratamento de esgoto gera grande quantidade de lodo cujo destino final deve ser bem planejado, pois acarreta além de conseqüências ambientais, conseqüências de caráter econômico, social e sanitário. Um destino ecologicamente desejável seria a utilização desse resíduo, depois de tratado (biossólido), em plantios florestais como fertilizante e condicionador de solo. Mas, ainda são poucos os conhecimentos disponíveis para que a sua utilização seja realizada em larga escala. Recentemente, o Conselho Nacional do Meio Ambiente (CONAMA), através de resolução específica estabeleceu critérios e procedimentos para o uso de lodo de esgoto em áreas agrícolas, visando benefícios à agricultura e evitando riscos à saúde pública e ao ambiente. Conseqüentemente, amplia-se agora a necessidade de estudos mais aprofundados sobre o assunto. Esta pesquisa teve como objetivo aprofundar os conhecimentos sobre a influência da utilização de lodo de esgoto nas plantações florestais. Em abril de 2003...

"Dinâmica da matéria orgânica e destino de metais pesados em dois solos submetidos à adição de lodo de esgoto"; "Organic matter dynamics and heavy metals destiny in two sewage sludge addition soils"

Santos, Larissa Macedo dos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 06/04/2006 Português
Relevância na Pesquisa
67.25%
Em regiões agrícolas próximas dos grandes centros urbanos e onde há o uso intensivo de recursos naturais, em especial do solo, a reciclagem para fins agrícolas de lodos de esgotos aparece como alternativa promissora. Contudo, a sustentabilidade dessa prática deve ser avaliada, ainda mais se considerado a escassez de informações sobre possíveis impactos ambientais em áreas tropicais. Com esse objetivo esse trabalho avaliou os efeitos da adição de lodo de esgoto em dois solos, Latossolo Vermelho eutroférrico e Latossolo Vermelho distrófico, coletados no 7º ano de um experimento em campo, instalado em 1997 na Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias da Unesp, em Jaboticabal-SP. O lodo de esgoto foi proveniente da Estação de Tratamento de Esgoto da Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo, em Barueri-SP. Para observar os efeitos da adição do lodo de esgoto foram analisados os ácidos húmicos extraídos dos solos utilizando absorção de radiação no UV-Visível, infravermelho com transformada de Fourier, ressonância magnética nuclear, ressonância paramagnética eletrônica, fluorescência e análise elementar. Para a análise do solo intacto utilizou-se a fluorescência induzida por laser...

Zn, Ni, Cr, Cu, Fe e S em Iodo de esgoto: comportamento químico, adsorção e proposta de tratamento; Zn, Ni, Cu, Fe and S in sewage sludge: chemical behaviour, adsorption and treatment proposal

Pinheiro, Cyntia Helena Ravena
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 22/02/2008 Português
Relevância na Pesquisa
67.16%
A preocupação com a disposição de lodo de esgoto no Brasil resultou do aumento do volume de esgoto tratado e tem exigido alternativas para a sua disposição final. A princípio, a utilização agrícola se apresenta como uma das propostas viáveis uma vez que o lodo é rico em matéria orgânica, macro e micronutrientes necessários à fertilidade dos solos. Entretanto, há que ser considerado o impacto ambiental de alguns desses elementos, como Hg, As, Cd, Pb, Ag, Cu, Zn entre outros, sobre o solo, biota e águas, superficiais e subterrâneas. A ETE Barueri é a maior estação de tratamento de esgoto do estado de São Paulo e recebe efluentes domésticos e industriais, motivo pelo qual os metais pesados são encontrados nos lodos em teores muitas vezes acima dos permitidos pela legislação federal (CONAMA, 2006). Com base nesses aspectos esta tese investigou principalmente a variação dos teores dos elementos Zn, Ni, Cr, Cu e Fe em 30 amostras de lodo, coletadas nos períodos chuvoso e seco, por um ano, para verificar: a influência da sazonalidade na sua qualidade para fins agrícolas, as suas possíveis associações com outros elementos e frações químicas na matriz do lodo (íons trocáveis, matéria orgânica, ácidos húmicos e fúlvicos...

Pesquisa de vírus entéricos humanos em lodos de esgoto originários de duas ETEs do Estado de São Paulo: estabelecimento e avaliação de metodologia para recuperação e detecção viral.; Detection of human enteric viruses in sewage sludge from two sewage treatment plants in São Paulo state: establishment and evaluation of a method for viral recovery and detection.

Barrella, Karina Medici
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 10/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
67.13%
O objetivo foi desenvolver e avaliar uma metodologia simplificada para detecção de vírus entéricos humanos em lodo de esgoto. O método foi baseado em eluição viral com solução protéica, seguida de ultracentrifugação. Alguns parâmetros foram avaliados (tempo e pH de eluição, condições de clarificação e purificação). A seguir, foi aplicado à pesquisa de adenovírus, vírus da hepatite A e norovírus em amostras colhidas ao longo de 12 meses em duas ETEs do estado de São Paulo. Amostras pareadas de esgoto foram também examinadas como referência da presença viral. A detecção viral por PCR, RT-PCR e PCR em tempo real, revelou a presença de adenovírus, incluindo os entéricos (espécie F) e vírus da hepatite A tanto nas esgoto como no lodo de ambas as ETEs. Norovírus não foram detectados. Vírus infecciosos não foram detectados no lodo submetido ao tratamento químico (ETE A). Parte dos vírus presentes na água de esgoto ficaram retidos no lodo e análises estatísticas revelaram que o tratamento químico adotado na ETE A é eficiente para a inativação viral.; The aim was to develop and evaluate a simplified methodology for detection of human enteric viruses in sewage sludge. The method was based on viral elution with protein solution...

Avaliação de compostos orgânicos voláteis em lodos de esgotos para fins agrícolas; Evaluation of Volatile Organic Compounds in Sewage Sludge for Agricultural Use

Silva, Marcos Gualberto da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 29/10/2009 Português
Relevância na Pesquisa
67.17%
O lodo de esgoto, também denominado biossólido, depois de tratado adequadamente, constitui fonte de matéria orgânica, micro e macro-nutrientes para o crescimento das plantas. A aplicação do lodo de esgoto no solo pode trazer benefícios tais como: distribuição em áreas para produção agrícola, recuperação de solos perdidos por erosão, aplicação em áreas de reflorestamento. Os lodos de esgotos, entretanto, são resíduos que contem patógenos, metais pesados, e poluentes orgânicos, entre estes os compostos orgânicos voláteis (COVs). A resolução CONAMA nº 375 em vigor no Brasil, assim como as regulamentações de outros países, não exigem valores limites para alguns COVs considerados prioritários. Uma base de dados sobre COVs em lodos de esgoto é necessário para estabelecer valores limites nos lodos usados para fins agrícolas. O presente trabalho evidenciou a presença de COVs em concentrações significativas nas amostras de lodo coletadas nas Estações de Tratamento de Esgoto (ETE) na Região Metropolitana de São Paulo (RMSP), Jundiaí, Vinhedo e Americana. Na ETE da RMSP foram encontrados vários COVs em concentrações significativas. Dentre os COVs identificados, apenas 1,4-diclorobenzeno e naftaleno apresentam valores permitidos em solo agrícola (390 e 120 µmg/kg...

Ciclagem de nutrientes e metais pesados em plantios de Eucalyptus grandis adubados com lodos de esgoto produzidos em diferentes estações de tratamento da região metropolitana de São Paulo; Nutrient and heavy metal cycling in Eucalyptus grandis plantations fertilized with sewage sludge from different sewage treatment plants in metropolitan region of Sao Paulo, Brazil

Ferraz, Alexandre de Vicente
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 26/01/2010 Português
Relevância na Pesquisa
67.3%
A produção de lodo de esgoto vem aumentando exponencialmente com a multiplicação das estações de tratamento de esgoto (ETEs) e a sua disposição final tem se tornado um problema sanitário preocupante. Por ser um resíduo rico em matéria orgânica e nutrientes, muitas pesquisas vêm sendo desenvolvidas na busca de alternativas ecologicamente mais adequadas para o seu descarte. Este trabalho teve como objetivo verificar as diferenças entre lodos de esgoto (biossólidos), produzidos em três diferentes Estações de Tratamento de Esgotos da região metropolitana de São Paulo, quando utilizados como adubo em plantações de Eucalyptus grandis. Procurou-se também avaliar a influência deste resíduo sobre a ciclagem de nutrientes e sobre a dinâmica de metais pesados no ecossistema florestal. O estudo foi realizado na Estação Experimental de Ciências Florestais da ESALQ/USP em Itatinga-SP, cujo solo é predominantemente arenoso e de baixa fertilidade natural. O delineamento experimental utilizado foi em blocos aleatorizados, com 4 repetições e cinco tratamentos, sendo eles: 1)Testemunha Absoluta (TA), sem nenhuma adubação; 2) Fertilização mineral convencional (FM); 3) Aplicação de 15 Mg ha-1 de lodo de esgoto da ETE de Barueri (LB); 4) 15 Mg ha-1 de lodo de esgoto da ETE de São Miguel (LSM); 5) 15 Mg ha-1 de lodo de esgoto da ETE do Parque Novo Mundo (LPNM). Todos os tratamentos com lodo de esgoto foram complementados com potássio mineral (KCl)...

Avaliação de risco de infecção por Salmonella spp. associado ao uso agrícola de lodo de esgoto: risco de consumo de hortaliças e ao trabalhador; Risk assessment for Salmonella spp. infection associated with the agricultural use of sewage sludge: vegetable consumption and risk to the worker

Krzyzanowski Junior, Flavio
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 15/12/2014 Português
Relevância na Pesquisa
67.14%
Introdução A presença de Salmonella spp.,que é um patógeno de importância clínica, tem sido detectada em lodos de esgoto gerados ao redor do mundo. O objetivo desse estudo foi o de estimar o risco anual de infecção relacionado à ingestão de alface, tomate e cenoura cultivados em solos acondicionados com o lodos de esgoto provenientes de cinco Estações de Tratamento de Esgoto (ETEs) da Região Metropolitana de São Paulo bem como o risco de infecção anual que trabalhadores agrícolas, através da ingestão involuntária de partículas de solo, são submetidos. Como no Brasil ainda não há o estabelecimento de valor de risco tolerável, o valor usado pela USEPA, de 1/10.000 (10-4), foi utilizado para que a comparação com os resultados obtidos fosse realizada. Métodos Foram coletadas 54 amostras de lodos de esgotos de cinco ETEs num período de 12 meses (janeiro a dezembro de 2011). A concentração de Salmonella spp nessas amostras foi obtida utilizando o método USEPA 1682/2006. Foram selecionadas 40 cepas isoladas e identificadas como Salmonella spp. para sorotipificação em laboratório de referência. Essas cepas foram submetidas à detecção dos genes de virulência invA, ssel e spvC, presença de plasmídeo por técnicas moleculares e ainda à resistência a antimicrobianos. Para a estimativa dos riscos anuais de infecção por Salmonella foram desenhados nove cenários diferentes considerando como fatores principais a presença ou ausência da variação da concentração de Salmonella spp. nos solos tratados com lodos de esgoto...

Microbial populations and activities in sewage sludge and phosphate fertilizer-amended soil

Lima, J. A.; Nahas, E.; Gomes, A. C.
Fonte: Elsevier B.V. Publicador: Elsevier B.V.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 75-82
Português
Relevância na Pesquisa
67.24%
A greenhouse study was conducted to determine the number of microbial populations and activities in sewage sludge and phosphate fertilizer-amended dark red latosoil for cultivation of tomato plants. Sewage sludge was applied at doses of 0, 10, 20, 40, 80 and 160 t ha(-1), and phosphate (P2O5) at doses of 0, 100, 200, 400 and 800 kg ha(-1). The bacterial populations increased as a function of sewage sludge and phosphate application. Fungal populations were not affected by the application of phosphate alone but were increased by the application of sewage sludge. Phosphate doses higher than 100-200 kg ha(-1) in combination with sewage sludge inhibited both bacterial and fungal growth. The responses determined by microbial counts were reflected in the microbial biomass values, with a more significant effect of sewage sludge than of phosphate or of a combination of both. These results confirm the need for a carbon and energy source (represented here by sewage sludge) for microbial growth in a soil poor in organic matter. Dehydrogenase and urease activities reflected the results of the microbial populations due to the effect of sewage sludge and phosphate, but no satisfactory result was obtained for phosphatase. Urease activity was expressed by a linear regression equation as the result of the effect of sewage sludge...

Nickel in a tropical soil treated with sewage sludge and cropped with maize in a long-term field study

Melo, Wanderley José de; Aguiar, Priscila de Stéfani; Melo, Gabriel Maurício Peruca de; Melo, Valéria Peruca de
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 1341-1347
Português
Relevância na Pesquisa
67.21%
Sewage sludge produced by the SABESP wastewater treatment plant (Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo), located in Barueri, SP, Brazil, may contain high contents of nickel (Ni), increasing the risk of application to agricultural soils. An experiment was carried out under field conditions in Jaboticabal, SP, Brazil, with the objective of evaluating the effects on soil properties and on maize plants of increasing rates of a sewage sludge rich in Ni that had been applied for 6 consecutive years. The experiment was located on a Typic Haplorthox soil, using an experimental design of randomized blocks with four treatments (rates of sewage sludge) and five replications. At the end of the experiment the accumulated amounts of sewage sludge applied were 0.0, 30.0, 60.0 and 67.5 t ha-1. Maize (Zea mays L.) was the test plant. Soil samples were collected 60 d after sowing at depths of 0-20 cm for Ni studies and from 0 to 10 cm and from 10 to 20 cm for urease studies. Sewage sludge did not cause toxicity or micronutrient deficiencies to maize plants and increased grain production. Soil Ni appeared to be associated with the most stable fractions of the soil organic matter and was protected against strong extracting solutions such as concentrated and hot HNO3 and HCl. Ni added to the soil by sewage sludge increased the metal concentration in the shoots...

Concentrations of Cu, Fe, Mn, and Zn in tropical soils amended with sewage sludge and composted sewage sludge

Nogueirol, Roberta Corrêa; De Melo, Wanderley José; Bertoncini, Edna Ivani; Alleoni, Luís Reynaldo Ferracciú
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 2929-2938
Português
Relevância na Pesquisa
67.23%
Sewage sludge may be used as an agricultural fertilizer, but the practice has been criticized because sludge may contain trace elements and pathogens. The aim of this study was to compare the effectiveness of total and pseudototal extractants of Cu, Fe, Mn, and Zn, and to compare the results with the bioavailable concentrations of these elements to maize and sugarcane in a soil that was amended with sewage sludge for 13 consecutive years and in a separate soil that was amended a single time with sewage sludge and composted sewage sludge. The 13-year amendment experiment involved 3 rates of sludge (5, 10, and 20 t ha-1). The one-time amendment experiment involved treatments reflecting 50, 100, and 200 % of values stipulated by current legislation. The metal concentrations extracted by aqua regia (AR) were more similar to those obtained by Environmental Protection Agency (EPA) 3052 than to those obtained by EPA3051, and the strongest correlation was observed between pseudo(total) concentrations extracted by AR and EPA3052 and bioavailable concentrations obtained by Mehlich III. An effect of sewage sludge amendment on the concentrations of heavy metals was only observed in samples from the 13-year experiment. © 2012 Springer Science+Business Media B.V.

Evaluation of biochemical and redox parameters in rats fed with corn grown in soil amended with urban sewage sludge

Grotto, Denise; Carneiro, Maria Fernanda Hornos; Sauer, Elisa; Garcia, Solange Cristina; de Melo, Wanderley José; Barbosa, Fernando
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: 188-194
Português
Relevância na Pesquisa
67.28%
The increased production of urban sewage sludge requires alternative methods for final disposal. A very promising choice is the use of sewage sludge as a fertilizer in agriculture, since it is rich in organic matter, macro and micronutrients. However, urban sewage sludge may contain toxic substances that may cause deleterious effects on the biota, water and soil, and consequently on humans. There is a lack of studies evaluating how safe the consumption of food cultivated in soils containing urban sewage sludge is. Thus, the aim of this paper was to evaluate biochemical and redox parameters in rats fed with corn produced in a soil treated with urban sewage sludge for a long term. For these experiments, maize plants were grown in soil amended with sewage sludge (rates of 5, 10 and 20. t/ha) or not (control). Four different diets were prepared with the corn grains produced in the field experiment, and rats were fed with these diets for 1, 2, 4, 8 and 12 weeks. Biochemical parameters (glucose, total cholesterol and fractions, triglycerides, aspartate aminotransferase and alanine aminotransferase) as well the redox state biomarkers such as reduced glutathione (GSH), malondialdehyde (MDA), catalase, glutathione peroxidase and butyrylcholinesterase (BuChE) were assessed. Our results show no differences in the biomarkers over 1 or 2 weeks. However...

Composto de lodo de esgoto como substrato para produção de mudas de arvores nativas e exoticas; Composting of sewage sludge in production of seedlings of native and exotic essences

Vera Cristina Ramalho Padovani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 22/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
67.28%
Este trabalho tem como objetivo estudar as características físicas e químicas de misturas de diferentes proporções de composto orgânico de lodo de esgoto com casca de arroz carbonizada e avaliar a viabilidade da utilização desses materiais como meio de crescimento para produção de mudas de essências nativas e exóticas. O experimento foi dividido em três fases nas quais foram realizados diversos ensaios. A primeira fase abrangeu a caracterização do lodo de esgoto, do material estruturante e do substrato comercial utilizado no viveiro através de análises químicas. A segunda fase envolveu a realização do processo de compostagem do lodo de esgoto utilizando-se restos de capim e grama cortados, como agente estruturante . Após a compostagem, o lodo de esgoto passou a receber a denominação de COLE ( composto orgânico de lodo de esgoto ) e foi submetido a nova análise química , microbiológica, parasitológica , além da condutividade elétrica. Posteriormente foi misturado com a casca de arroz carbonizada (CAC) nas proporções de 100/00 a 00/100 de COLE/CAC estabelecendo as misturas ou tratamentos que foram submetidos a análises para determinação das propriedades físicas, como macroporosidade, microporosidade...

Avaliação química e ecotoxicológica de lodos e esgoto visando à utilização na agricultura; Chemical and ecotoxicological assessment of sewage sludge aiming its use in agriculture

Noely Bochi Silva
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 31/07/2012 Português
Relevância na Pesquisa
67.19%
A destinação final de lodo de esgoto gerado nas estações de tratamento para a agricultura destaca-se por ser uma alternativa promissora e sustentável. Contudo, para se evitar efeitos adversos ao ecossistema e a saúde humana, este resíduo deve passar por uma rígida caracterização e monitoramento antes da sua aplicação. A Resolução CONAMA 375/2006 normatiza essa prática no Brasil, mas se restringe a alguns critérios químicos e biológicos que precisam ser monitorados. Recentemente, foi proposto um Índice de Perigo de Lodo de Esgoto (IPLE) baseado em ensaios ecotoxicológicos com organismos representativos, que expressa a periculosidade de lodos de esgoto quanto aos efeitos causados ao ecossistema. O objetivo deste trabalho foi realizar uma avaliação física, química, biológica e também ecotoxicológica em diferentes amostras de lodo de esgoto, para validar o IPLE e verificar a possibilidade do uso agrícola. De acordo com os resultados obtidos, as amostras de lodo de esgoto das ETEs dos municípios de Bernardino de Campos, Coronel Macedo, Fartura, Franca e Itaberá atendem aos limites preconizados por Brasil (2006) referentes aos metais potencialmente tóxicos e à concentração de patógenos, mas, segundo o IPLE...

Uso de composto orgânico de lodo de esgoto para adubação de plantio de essênciais florestais; Use of organic compost of sewage sludge to fertilizer planting forest essences

Vera Cristina Ramalho Padovani
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 05/07/2013 Português
Relevância na Pesquisa
67.18%
O objetivo deste trabalho foi avaliar em condições de campo o comportamento de três espécies florestais produzidas em dois tipos substratos, submetidas a diferentes dosagens de adubação de cova (2,0; 4,0 e 8,0 kg), utilizando o composto orgânico de lodo de esgoto (COLE) em comparação com a testemunha (0,0 kg), e testar a viabilidade de uso do lodo de esgoto como adubo orgânico na adubação pós - plantio de mudas de árvores. O lodo de esgoto foi submetido à análise química de macro e micronturientes, pH, sólidos voláteis, umidade, relação C/N e metais pesados, antes de ser higienizado e estabilizado através da compostagem, com restos de capim roçados das áreas verdes e recebeu a denominação de COLE. Após o término do processo de compostagem, o composto foi submetido a análises químicas, microbiológicas e parasitológicas, além da condutividade elétrica. As mudas de árvores nativas utilizadas no experimento foram às espécies Platypodium elegans (Amendoim bravo), Pterocarpus violaceus (Aldrago) e Poecilanthe parviflora (Coração de negro), que representam respectivamente os grupos ecológicos das pioneiras, secundárias e clímax, e foram produzidas no viveiro municipal da Faculdade Municipal Professor Franco Montoro /Mogi Guaçu...

Mechanical performance of concrete with partial replacement of sand by sewage sludge ash

Jamshidi, A.; Jamshidi, M.; Mehrdadi, N.; Shasavandi, Arman; Torgal, Fernando Pacheco
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em 19/04/2011 Português
Relevância na Pesquisa
67.19%
The production of sewage sludge from waste water treatment plants is increasing all over the world. Disposal of sewage sludge is a serious environmental problem. If we think of the areas needed for sludge ash disposal, we clearly understand the importance of reusing sewage sludge ash in concrete. This paper presents results related to the replacement of sand by sewage sludge ash. The sludge was characterized for chemical composition (XRF analysis), crystalline phases (XRD analysis) and pozzolanic activity. The effects of incineration on crystal phases of dry sludge were investigated. Two (W/C) ratios (0.55 and 0.45) and three sludge percentages (5%, 10% and 20%) by cement mass were used. The mechanical performance of SSAC at different curing ages (3, 7, 28 and 90 days) was assessed by means of mechanical tests. Results show that sewage sludge ash leads to a reduction in density and mechanical strength. Results also show that concrete with 20% of sewage sludge ash and W/C=0.45 has a 28 day compressive strength of almost 30MPa.

Mechanical performance and capillary water absorption of sewage sludge ash concrete (SSAC)

Jamshidi, M.; Jamshidi, A.; Merdadhi, N.; Torgal, Fernando Pacheco
Fonte: Taylor& Francis Publicador: Taylor& Francis
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
67.18%
Disposal of sewage sludge from waste water treatment plants is a serious environmental problem of increasing magnitude. Waste water treatment generates as much as 70 g of dry solids per capita per day. Although one of the disposal solutions for this waste is through incineration, still almost 30% of sludge solids remain as ash. This paper presents results related to reuse of sewage sludge ash in concrete. The sludge was characterised for chemical composition (X-ray flourescence analysis), crystalline phases (X-ray diffraction analysis) and pozzolanic activity. The effects of incineration on crystal phases of the dry sludge were investigated. Two water/cement (W/C) ratios (0.55 and 0.45) and three sludge ash percentages (5%,10% and 20%) per cement mass were used as filler. The mechanical performance of sewage sludge ash concrete (SSAC) at different curing ages (3, 7, 28 and 90 days) was assessed by means of mechanical tests and capillary water absorption. Results show that sewage sludge ash leads to a reduction in density and mechanical strength and to an increase in capillary water absorption. Results also show that SSAC with 20% of sewage sludge ash and W/C=0.45 has a 28 day compressive strength of almost 30 MPa. SSAC with a sludge ash contents of 5% and 10% has the same capillary water absorption coefficient as the control concrete; as for the concrete mixtures with 20% sludge ash content...

Sewage sludge drying and combustion; Secagem e combustão de lamas biológicas

Salgado, Mario Alejandro Heredia
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
67.24%
A brief review of the paper pulp production process in order to understand the origin of the sewage sludge was performed. Then a general revision of the current treatment options for this type of waste was addressed. The thermal treatment by combustion was focused and a review of the state of the art of this process was performed. The high moisture content of sludge was identified as a major concern. Thus a revision of the state of the art regarding thermal drying of sewage sludge was performed. The drying behavior of sewage sludge from the pulp and paper industry was evaluated by experiment in a drying tunnel. Strong shrinkage, cracks and a weak crust phenomenon were identified. A drying kinetic model was developed by the use of Artificial Neural Networks achieving a high Pearson correlation coefficient in the validation tests. Additionally a theoretical assessment of the co-combustion process was performed having into account a 50 MWth combustion facility. The inclusion of different portions of sewage sludge in a fuel mixture and the influence of the sludge moisture content was studied. It was found that burning sewage sludge with more than 50 wt% moisture content is not possible. Furthermore the inclusion of sewage sludge in a biomass fuel mixture causes an increase in the fuel consumption...