Página 1 dos resultados de 243 itens digitais encontrados em 0.222 segundos

The role of learning styles in intelligent tutoring systems

Alves, Paulo; Pires, José Adriano; Amaral, Luís
Tipo: conferenceobject
Português
Relevância na Pesquisa
56.13%
The Bologna Process changes the educational paradigm, to be focus on the student and in the learning outcomes. The majority of e-learning platforms are used as mere repositories of content, based on the classroom paradigm and don’t support the individualism of each student learning process. Through the integration of new pedagogical methodologies based on students learning styles, we present an approach to intelligent tutoring systems in order to improve the learning process. This article is focused on the importance of learning styles to create the student model in intelligent tutoring systems and what was the student’s feedback about the adaptation of the system to each learning experience.

Learning styles identification module for sakai environment

Alves, Paulo; Miranda, Luísa; Morais, Carlos; Alves, Evandro
Fonte: AISTI (Associação Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação) Publicador: AISTI (Associação Ibérica de Sistemas e Tecnologias de Informação)
Tipo: conferenceobject
Português
Relevância na Pesquisa
46.16%
Estamos num mundo essencialmente tecnológico, no qual a tecnologia facilita e promove o desenvolvimento das instituições e das pessoas que nelas trabalham ou estudam. Assim, defende-se que, cada vez mais, a tecnologia responda às necessidades das pessoas tendo em conta os seus objetivos, interesses e estilos de aprendizagem. Neste artigo, tendo em vista a melhoria do processo de ensino e aprendizagem, para além da conceptualização dos estilos de aprendizagem e dos sistemas de gestão da aprendizagem, apresenta-se a integração de um módulo de estilos de aprendizagem, incorporando o questionário CHAEA na plataforma colaborativa de aprendizagem Sakai utilizada numa instituição do ensino superior.; We live essentially in a technological world in which technology facilitates and promotes the development of institutions and people that work or study. Thus, it is argued that technology meets people’s needs, taking into account their objectives, interests and learning styles. In this article, with a perspective to improve teaching and learning, beyond the conceptualization of learning styles and learning management systems, is presented the integration of a learning styles identification module, based on CHAEA questionnaire...

Proposal of a learning styles identification tool for sakai virtual learning environment

Alves, Paulo; Miranda, Luísa; Morais, Carlos; Alves, Evandro
Fonte: Scientific & Academic Publishing Publicador: Scientific & Academic Publishing
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
46.17%
We are living in an essentially technological world, in which technology facilitates and promotes the development of institutions and the people who work or study in these institutions. Thus, it is claimed that technology should increasingly meet people’s needs according to their goals, interests and learning styles. Aiming to improve the teaching and learning process, and based on a perspective of adaptation of the learning environment to the learner’s needs, we present, in this article, the integration of learning styles in learning management systems by integrating the Honey-Alonso Learning Styles Questionnaire (CHAEA) in Sakai collaborative learning environment, which was adopted in a higher education institution.

The relationship between students’ approach to learning and lifelong learning

Barros, Rita; Monteiro, Angélica; Nejmedinne, Fouad; Moreira, J. António
Fonte: Scientific Research Publicador: Scientific Research
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em /11/2013 Português
Relevância na Pesquisa
55.88%
The current investigation proposes to analyse the relationship between learning, from the appropriation students’ make of the different ways of learning and studying, and their willingness to be involved in life- long learning (LL) activities. The theoretical rationale is inscribed in the Biggs’ Theory (1987), concern- ing the student’s approach to learning, and under the guiding principle of LL. The concept of LL has been understood and formalised in a distinct way, translated into different educational policies, the practices of which must be empirically supported. We present a correlational study, with a sample of 163 Higher Education students. The approaches to learning were supported by the revised two-factor study process questionnaire (R-SPQ-2F). To evaluate the involvement of students in LL activities, the contents of some items of the Lifelong Learning Questionnaire (Kirby, Knapper, Lamon, & Egnatoff, 2010) were used. The results obtained in the correlational analysis allow us to associate the deep approach to some characteris- tics of learners throughout their life, especially concerning the establishing of goals and the self-direction of learning, whereas the superficial approach is mainly associated with the adaptation of learning strate- gies. The practical implications of these results are discussed below.

Estilo de uso del espacio virtual de alunos de la enseñanza superior

Goulão, Fátima; Barros, Daniela Melaré Vieira; Miranda, Luísa; Morais, Carlos
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
46.16%
Congresso realizado em Santander, Espanha, de 27-29 de junho de 2012; Las Tecnologías de la Información y Comunicación (TIC) y más específicamente, la Internet,han traído nuevas formas de vivir la enseñanza y aprendizaje, tanto en la enseñanza presencial como en la enseñanza a distancia. Todavía, considerando que la enseñanza y el aprendizaje deben ser centrados en el alumno, se hace necesario identificar los estilos del uso del espacio virtual y desarrollar estrategias que tengan en cuenta esos estilos. Según Alonso y Gallego (2002), los estilos de aprendizaje son: activo, reflexivo, teórico y pragmático. Considerando estos estilos, se conceptualizaron los estilos del uso del espacio virtual, que Barros (2007) designa por: estilo del uso participativo en el espacio virtual, estilo de búsqueda y investigación, estilo de estructuración y planeamiento en el espacio virtual y estilo de acción concreta y producción en el espacio virtual. Con esta reflexión se evaluará la relación entre las modalidades de enseñanza presencial y a distancia de una muestra de alumnos de enseñanza superior y las variables uso de la Internet (años, frecuencia, sitio y objetivos del uso) y estilo de uso del espacio virtual. Los resultados obtenidos muestran que la mayoría de los sujetos utiliza la Internet todos los días...

Role-play aplicado ao ensino da contabilidade: um estudo à luz dos estilos de aprendizagem e percepções discentes; Role-playing applied to the teaching of accounting: a study in the light of learning styles and student´s perceptions

Souza, Laudicéia Normando de
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/10/2006 Português
Relevância na Pesquisa
56.13%
Pesquisa realizada com alunos de graduação, na disciplina introdutória de Contabilidade e Análise de Balanço para economistas, com o objetivo de verificar se o emprego das modalidades didáticas do role-play comparativamente ao exercício grupal exerce influência no nível da percepção discente relativas ao desenvolvimento de habilidades (domínio psicomotor), satisfação (domínio afetivo) e aprendizagem (domínio cognitivo). A pesquisa usou o estilo do ?quase-experimento?, aplicado em duas turmas de 28 e 32 alunos. Considerando aspectos éticos relativos a possíveis prejuízos na aprendizagem discente, ambas modalidades didáticas (role-play e exercício grupal) foram aplicadas de maneira alternadas em cada uma das turmas, ocasionando que cada turma desempenhou a dupla função de grupo controle e grupo experimental ao mesmo tempo. Nas duas turmas controles foram aplicados um exercício grupal que tinha por objetivo buscar a reversão econômicofinanceira de uma Cia Aérea em dificuldades por meio da tomada de decisões. Nas turmas experimentais, os mesmos objetivos anteriores foram aplicados à modalidade didática do roleplay. Paralelamente, aplicou-se o questionário ILS desenvolvido por Kolb para identificar os estilos de aprendizagem dos alunos...

O impacto dos estilos de aprendizagem no ensino de contabilidade na FEA-RP/USP; The impact of Learning Styles in Accounting Education at FEARP/ USP

Silva, Denise Mendes da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 18/12/2006 Português
Relevância na Pesquisa
56.19%
Esse estudo tem como objetivo principal avaliar o impacto dos estilos de aprendizagem dos alunos, professores e disciplinas no desempenho acadêmico dos alunos do curso de graduação em Contabilidade da Faculdade de Economia, Administração e Contabilidade de Ribeirão Preto ? Universidade de São Paulo (FEA-RP/USP). Para identificação dos estilos de aprendizagem foi utilizado o Índice de Estilos de Aprendizagem de Felder-Soloman (ILS), questionário on-line, acessível na página eletrônica da Escola de Engenharia de São Carlos ? Universidade de São Paulo (EESC/USP). Participaram da pesquisa, 194 alunos do curso de graduação em Contabilidade da FEA-RP, o que corresponde a 82% dos alunos ativos do curso, e 29 professores que, além do ILS, responderam um outro questionário, elaborado pelos pesquisadores, com base no Modelo de Felder-Silverman, para identificação dos estilos de 40 disciplinas do curso. O desempenho acadêmico dos alunos foi mensurado pelas médias finais das notas obtidas por eles, antes das reavaliações, critério este escolhido, em termos de precisão metodológica, como forma de tornar a pesquisa direcionada e objetiva. Os resultados mostraram que os estilos dominantes dos alunos são: ativo, sensorial...

A relação professor aluno estudada sob a ótica dos estilos de aprendizagem: análise em uma Faculdade de Tecnologia - Fatec; The relationship teacher student studied under the optics of the learning styles: analysis in an Ability of Technology - Fatec

Trevelin, Ana Teresa Colenci
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 04/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
56.13%
A educação hoje é uma prioridade visada em todo o mundo, principalmente na era do capital intelectual, onde o conhecimento torna-se o item de maior importância na corrida pela eficiência e maior competitividade. No Brasil, apesar de ser a educação superior de graduação tecnológica um tema da maior importância para o processo de inclusão social, porque promove o desenvolvimento de competências adequadas às demandas da economia globalizada, pode-se constatar que ainda há muito que se fazer. Torna-se evidente que o conhecimento e o desenvolvimento das competências, como a capacidade de processar informações, a criatividade e a iniciativa, são essenciais para o desenvolvimento e para a modernidade. Este trabalho investiga e analisa a maneira como o ensino tecnológico vem sendo ministrado em função das competências exigidas do profissional, e como o conhecimento dos estilos de aprendizagem dos alunos, ou seja, a maneira como percebem e processam as informações pode contribuir para a elaboração de estratégias de ensino, tornando-o mais eficiente e significativo. Foram coletados dados dos alunos e professores dos cursos de Tecnologia de Produção Industrial e Tecnologia em Processamento de Dados da Faculdade de Tecnologia de Taquaritinga...

Aprendizagem baseada em problemas em uma plataforma de ensino a distância com o apoio dos estilos de aprendizagem: uma análise do aproveitamento dos estudantes de engenharia; Problem-based learning in a platform of distance education with the support of the learning styles: an analysis of the performance of the students in engineering

Kalatzis, Adriana Casale
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 07/10/2008 Português
Relevância na Pesquisa
46.24%
Este estudo tem por principal objetivo investigar o aproveitamento de uma amostra de 29 estudantes que participaram de uma experiência pedagógica na disciplina Planejamento e Análise de Sistemas de Transporte, oferecida para o curso de engenharia civil da Escola de Engenharia de São Carlos, Universidade de São Paulo. Essa experiência decorreu da aplicação do método aprendizagem baseada em problemas (Problem-Based Learning - PBL) na modalidade de ensino semipresencial, com o uso de uma plataforma de ensino a distância CoL (Cursos on-Line), apoiada nos estilos de aprendizagem. Os dados foram coletados por meio do instrumento - Índice de Estilos de Aprendizagem (Index of Learning Styles - ILS) de Felder e Soloman, traduzido para o português, para identificar os estilos de aprendizagem dos estudantes. O ILS foi aplicado no início da disciplina para conhecer o perfil de aprendizagem dos estudantes, auxiliar no preparo de atividades direcionadas para o público-alvo, e na composição dos grupos de acordo com seus estilos de maneira mais heterogênea e equilibrada possível, visando um melhor aproveitamento na disciplina. Para analisar o aproveitamento da amostra submetida à alternativa instrucional e os efeitos do PBL, foram utilizadas as respostas dos estudantes a um questionário de avaliação da nova proposta...

Análise da influência do estilo de aprendizagem e da atitude em disciplinas de estatística da FEARP; Analysis of influence of learning styles and attitude in statistics subjetcts at FEARP

Pimentel, Adriano Cesar dos Santos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 15/04/2009 Português
Relevância na Pesquisa
86.2%
O aprendizado de Estatística vem se tornando cada vez mais importante para o sucesso de empresas que competem em cenário globalizado e tem destacado os profissionais que, de fato, possuem este conhecimento. Em especial na administração, a estatística auxilia nas tomadas de decisão e é usada como ferramenta em diversas áreas como Finanças, Marketing e Produção, contudo, é utilizada também em outros cursos. Sabe-se, porém, que existe certa dificuldade no aprendizado desta disciplina, seja porque a atitude perante a Estatística é negativa, ou mesmo porque existem diferenças de estilo de aprendizagem. Tanto aluno como professor têm a necessidade de conhecer melhor as variáveis que contribuem para o aprendizado efetivo. Com o objetivo de identificar como variáveis demográficas, estilos de aprendizagem dos alunos e a atitude perante estatística influenciam o desempenho dos alunos, este estudo analisou os as características, estilos, atitudes e desempenho dos alunos de Estatística aplicada da FEARP-USP. Foi utilizado o índice de estilos de aprendizagem de Felder e Soloman e a escala de atitudes de Schau. Os resultados desta análise reforçam os estudos que sugerem que as atitudes positivas influenciam no desempenho do aluno. Não foi conclusiva a associação entre gênero...

Estratégia de ensino em curso técnico a partir dos estilos de aprendizagem de Felder-Soloman; Teaching strategy in technical courses based on the learning styles of Felder-Soloman

Catholico, Roberval Aparecido Rodrigues
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 27/08/2009 Português
Relevância na Pesquisa
56.26%
A relação ensino-aprendizagem tem sido objeto de preocupação de pesquisadores e teóricos, tanto na busca de estratégias alternativas facilitadoras, quanto para o desvendar dos mecanismos e das práticas educativas que produzem o sucesso ou o chamado fracasso escolar. Os estilos de aprendizagem de estudantes são investigados enquanto variável envolvida na construção dos conhecimentos. Nesta órbita o objetivo principal deste estudo é propor uma abordagem de implementação de estratégias de ensino e aprendizagem, para ser usada nas aulas de um curso técnico de eletroeletrônica de forma a facilitar a aprendizagem de seus alunos. Esta estratégia levará em conta o estilo de aprendizagem dos alunos, de maneira que as aulas sejam preparadas após uma análise da forma como os alunos têm mais facilidade em aprender. Os estilos de aprendizagem escolhidos foram os obtidos nos questionários desenvolvidos por Felder e Soloman (ILS), questionário on-line, acessível na página eletrônica da Escola de Engenharia de São Carlos - Universidade de São Paulo (EESC/USP). Desta forma os professores receberão treinamento para lidar com os diversos estilos, terão em seus diários de classe o mapeamento da forma como seus alunos percebem...

Mulheres empreendedoras em pequenas empresas: análise dos estilos de aprendizagem e dos estilos de liderança; Women in small entrepreneurial firms: an analysis of learning styles and leadership styles

Salomão, Cintia Simone
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 05/09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
46.22%
O objetivo geral desta pesquisa é verificar a existência de um estilo de aprendizagem e de um estilo de liderança predominantes na gestão de mulheres empreendedoras de pequenas empresas do setor de comércio varejista da cidade de São Carlos. Nas duas últimas décadas, foi observado um aumento significativo no número de empreendedoras mulheres tanto no Brasil como em diversos países do globo. A criação e gestão de negócios, tarefas antes tipicamente masculinas, agora são exercidas cada vez mais por mulheres. Esse crescimento no número de mulheres a frente de seus negócios tem sido alvo de atenção dos pesquisadores de empreendedorismo ao redor do mundo. Este trabalho abordará o tema sob a ótica dos estilos de aprendizagem e de liderança da empreendedora, suas inter-relações e suas influências ems pequenas empresas. As mulheres possuem maneiras diferentes de empreender, traçar as estratégias e liderar seus seguidores. Elas dão ênfase maior aos relacionamentos com os empregados, os fornecedores e os clientes. As prioridades, na maioria das vezes, não se expressam em cifras monetárias ou no crescimento da empresa. Elas prezam qualidade de vida, ou seja, para elas é importante saber administrar o tempo tornando possível conciliar os compromissos profissionais com os familiares. A partir destas características...

Estilos e estratégias de aprendizagem de estudantes universitários; Styles and learning strategies of university students

Silva, Lisliê Lopes Vidal
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 30/05/2012 Português
Relevância na Pesquisa
56.19%
Este estudo exploratório buscou investigar os estilos e estratégias de aprendizagem de universitários, com o objetivo de avaliar uma possível interação entre os dois constructos e também comparar o tipo de estilo e de estratégia de aprendizagem dos participantes em função da área de conhecimento, do curso e sexo dos participantes. A pesquisa foi realizada em uma instituição de ensino superior, particular, do interior paulista com 352 estudantes de diversos cursos. Para a coleta de dados foram utilizados dois instrumentos: o Índice de Estilos de Aprendizagem e a Escala de Avaliação de Estratégias de Aprendizagem em Universitários. Quanto aos estilos de aprendizagem, a amostra como um todo se revelou predominantemente sensorial, visual, ativa e sequencial. E no tocante às estratégias de aprendizagem, constatou-se que há uma ordem hierárquica no uso das mesmas: os universitários tenderam a utilizar preferencialmente as estratégias de autorregulação dos recursos internos e contextuais, seguidas pelas de autorregulação cognitiva e metacognitiva e, por último, às destinadas à autorregulação social. Os resultados obtidos não apresentaram correlação suficientemente robusta entre estilos e estratégias de aprendizagem. Contudo...

Estilo de aprendizagem Ativo-Reflexivo e jogo de empresas: (des) entrosamento para o aprendizado de planejamento e controle da produção; Active-Reflective learning style and business game: (un)meshing to the learning of production planning and control

Dias, George Paulus Pereira
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 19/09/2014 Português
Relevância na Pesquisa
46.21%
Enquanto alguns indivíduos preferem processar informações no mundo exterior (extrovertido/extrospectivo), outros preferem processá-las de forma reflexiva (introvertido/introspectivo). Tal diferença induz vivências distintas e portanto gera aprendizados distintos, mesmo para estudantes no mesmo ambiente de aprendizagem. O problema examinado nesta pesquisa foi a assimetria no aprendizado de Planejamento e Controle da Produção (PCP) por estudantes com diferentes Estilos de Aprendizagem (EA) do modelo Ativo/Sem-preferência/Reflexivo em ambiente dinamizado pelo jogo de empresas (JE) Politron. A pergunta problema da pesquisa foi: a vivência com JE gera uma experiência mais efetiva para o aprendizado dos estudantes com EA Ativo? O objetivo central foi testar a hipótese de entrosamento do EA Ativo-Reflexivo com o ambiente de aprendizagem. O aprendizado no domínio cognitivo foi verificado com uma prova objetiva. Pela taxonomia de Bloom (ANDERSON; KRATHWOHL, 2001), a prova testou o desempenho escolar para os objetivos de aprendizagem dos processos cognitivos (recordar, entender, aplicar e analisar) e dos tipos de conhecimento (fatual, conceitual e processual). Os EA Ativo-Reflexivo foram mapeados com o modelo index of learning styles (ILS) de Felder e Silverman (1988). Foram conduzidos dois quase-experimentos de teste antes e depois com amostras separadas. No primeiro...

Learning styles of students attending a 1st cycle leading to a degree in Education

Dourado, Luís Gonzaga Pereira; Leite, Laurinda; Soares, Filipa
Fonte: Universidade de Aveiro. Departamento de Educação Publicador: Universidade de Aveiro. Departamento de Educação
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em //2010 Português
Relevância na Pesquisa
56.25%
Licenciatura in Education is a first degree-leading programme that aims at preparing students to carry out education-related tasks in several institutions under the supervision of a senior professional. To qualify for independent work, a graduate in Education should complete a follow-up two-year professionalising Masters programme. To become autonomous professionals, students need to develop learning how to learn competences so that they can actively and continuously update their knowledge-base and develop their professional competences. The ways people use to learn depends on their learning style. Research indicates that undergraduates in Education tend to be reflexive or active with regard to Learning Styles. If Licenciatura in Education students follow this tendency, then they would be expected to become risk-takers and action-oriented as well as good entrepreneurs in their future professional lives. Hence, the objective of this paper is to identify the Learning Styles of the 2010/2011 University of Minho students attending a 1st cycle leading to a first degree in Education. The Portuguese version of the Honey-Alonso questionnaire was applied to 115 students attending each of the three academic years of the Licenciatura in Education. Data were analysed with reference to the four Learning Styles categories developed by the questionnaire’s authors. Students do not show a very high or a very low preference for any of the learning styles. Most of them show high preference for the reflexive learning style (85%) followed by the theoretical one (59%). Female students may be a bit more pragmatic and reflexive than their male counterparts. The order of choice of the study programme and the year that students are attending seem to be unrelated to the students’ preferred learning styles. The preferences for the reflexive Learning Style may be a good indicator of success in developing learning how to learn competences. However...

Development of a Web Application for Management of Learning Styles

Pereira, Rosa; Andrade, António
Tipo: Artigo de Revista Científica
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
56.2%
Information and Communication Technologies (ICT) permit the innovation of teaching and learning processes. ICT allow teachers to create or select and adjust contents that take advantage of the digital environment and interaction between peers. Teaching methodologies and strategies should be adjusted to the learning styles of students, offering them, in turn, the possibility to reflect about the way in which they might learn better. This article introduces a work of creation and validation of a web-based application, which aims to enhance the Management of Learning Styles (MLS) on the part of students and teachers, based on Felder-Soloman’s Index of Learning Styles Questionnaire (ILS) and Honey-Mumford’s Learning Styles Questionnaire (LSQ). The prototype has been validated and the results suggest its applicability and the relevance of the information this tool is capable of obtaining – reports on the learning styles profiles by student, teacher and class – with the objective of supporting them in the selection of strategies to improve teaching and learning, developing at the same time skills which will allow them to learn throughout their lives.

Differences in learning, learning styles and teaching

Grácio, Luísa; Cid, Marilia
Tipo: book
Português
Relevância na Pesquisa
46.16%
Cognitive styles and learning styles are both variables that explain the differences between the students and their learning. To sum up, cognitive styles are differential individual patterns of reacting to stimulation received, processing information (i.e., understand and organize) and cognitively facing reality. They are therefore related to the structure of thinking, referring to qualities or modes of knowing, but do not reflect higher or lower intelligence levels. When analyzing an individual, learning style often arises as a key component of being or not able to learn. Thus, those who are responsible for helping others to learn, such as teachers, should identify these styles and adjust to them.

Comparison of Learning Styles of Pharmacy Students and Faculty Members

Crawford, Stephanie Y.; Alhreish, Suhail K.; Popovich, Nicholas G.
Fonte: American Journal of Pharmaceutical Education Publicador: American Journal of Pharmaceutical Education
Tipo: text
Publicado em 12/12/2012 Português
Relevância na Pesquisa
55.87%
Objectives. To compare dominant learning styles of pharmacy students and faculty members and between faculty members in different tracks.

Grasha-Richmann college students’ learning styles of classroom participation: role of gender and major

BANESHI, ALI REZA; DEHGHAN TEZERJANI, MAHNAZ; MOKHTARPOUR, HASAN
Fonte: Shiraz University of Medical Sciences Publicador: Shiraz University of Medical Sciences
Tipo: text
Publicado em /07/2014 Português
Relevância na Pesquisa
55.87%
Introduction: This study aimed to investigate the male and female students’ learning styles of classroom participation and these styles’ differences between Humanities and Science majors.

Individual learning styles and the process of career choice in medical students

Plovnick, Mark S
Fonte: Massachusetts Institute of Technology Publicador: Massachusetts Institute of Technology
Tipo: thesis Formato: 181 leaves
Português
Relevância na Pesquisa
55.77%
by Mark S. Plovnick.; Thesis. 1975. Ph.D.--Massachusetts Institute of Technology. Alfred P. Sloan School of Management.; Vita.; Bibliography: leaves 141-145.