Página 1 dos resultados de 1482 itens digitais encontrados em 0.016 segundos

Toxicologia do DDT e DDE: utilizaçã;o de um microrganismo modelo.

Donato, Maria Manuel Rodes de Sousa Romão
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
Utiliza-se Bacillus stearothermophilus, como microrganismo-modelo, para o rastreio toxicológico de compostos químicos lipofílicos, especificamente DDT e DDE. Propõe-se um estudo comparativo da acção toxicológica do DDT e DDE no sistema-modelo, em quatro processos distintos: a) avaliação dos efeitos no crescimento, viabilidade, morfologia celular e na composição lipídica; b) deter-minação da partilha em membranas e dispersões lipídicas; c) determinação dos efeitos nas propriedades físicas de membranas; d) avaliação dos efeitos na actividade respiratória. O insecticida DDT inibe mais fortemente o crescimento bacteriano e a viabilidade celular do que o seu principal metabolito DDE. Também as alterações ultrastruturais em células de B. stearothermophilus, são mais extensas na presença de DDT do que de DDE. Foram detectadas as seguintes classes de lípidos polares: fosfatidiletanolamina, fosfatidilglicerol, difosfatidilglicerol e um fosfoglicolípido. A alteração mais importante induzida pelos xenobióticos ocorreu no fosfoglicolípido e no quociente PE/PG+X0. A análise das cadeias hidrocarbonadas dos fosfolípidos revelou que o DDT promove um aumento da proporção relativa dos ácidos gordos de cadeia linear e a correspondente redução dos de cadeia ramificada. O DDE afecta minimamente os ácidos gordos. O DDT e o DDE induzem um aumento da fluidez membranar dependente da concentração de xenobiótico quando adicionados directamente às dispersões lipídicas. No que diz respeito ao efeito do DDT ou DDE no comportamento físico das membranas da bactéria cultivada na presença dos xenobióticos...

Determinação de canabinóides em amostras biológicas por cromatografia líquida de alta resolução com espectrometria de massa : aplicação em toxicologia forense

Teixeira, Helena Maria de Sousa Ferreira e
Tipo: Tese de Doutorado
Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
A marijuana, o haxixe e outros produtos psicoactivos obtidos da Cannabis sativa, são as drogas ilícitas mais produzidas e traficadas em todo o mundo. Por outro lado, paralelamente a um aumento do seu consumo na comunidade em geral, tem-se assistido a um acréscimo de casos de condução sob a sua influência. Tem sido demonstrado que a intoxicação provocada por este tipo de compostos está principalmente relacionada com a concentração do seu principio activo, o ?9-Tetrahidrocanabinol (?9-THC), sendo frequentemente administrados com outras substâncias, tais como o alcool, exacerbando os seus efeitos psicoactivos e aumentando a possibilidade de ocorrência de acidentes de viação. Ao longo dos últimos anos, a comunidade cientifica, em parceria com algumas empresas envolvidas na produção de meios de detecção destas drogas, tem desenvolvido testes rápidos para a detecção de ? 9-THC-COOH na urina, o metabolito ai mais abundante, quer para aplicação a nível do controlo laboral, quer na avaliação de programas de desintoxicação ou no controlo rodoviário. Contudo, sendo a detecção daquele metabolito apenas indicativo de consumo, a determinação de ?9-THC em saliva fornecera uma melhor indicação de consumo recente...

António Costa Simões e a génese da química forense em Portugal; António Costa Simões and the beginning of Forensic Chemistry in Portugal

Leonardo, António José; Martins, Décio Ruivo; Fiolhais, Carlos
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
26.91%
Nas páginas da revista O Instituto encontram-se numerosos artigos relevantes para a história da ciência em Portugal. Neste periódico publicado pelo Instituto de Coimbra, uma academia científica que, a partir de 1852, reuniu alguns dos maiores vultos académicos portugueses, surgem relatados vários episódios relevantes da evolução científica e tecnológica portuguesa. Pretendemos aqui divulgar um desses casos, que diz respeito à análise química forense ou toxicologia. O trabalho pioneiro de António da Costa Simões estabeleceu, em Coimbra, a ciência forense aplicada na detecção de substâncias tóxicas em suspeitos envenenamentos. Num conjunto de artigos que publicou n’ O Instituto em 1855, este médico e professor da Faculdade de Medicina da Universidade de Coimbra descreveu em pormenor os métodos utilizados em análises de amostras de casos reais, revelando um rigor científico pouco habitual na época. As primeiras análises foram efectuadas no Laboratório Chimico da Faculdade de Filosofia, mas, graças à acção de um outro médico e professor, Macedo Pinto, este tipo de trabalhos passaram a ser realizados num gabinete químico, devidamente equipado, da Faculdade de Medicina. Em 1860 este professor publicou um manual de toxicologia que foi seguido no curso de medicina nas décadas seguintes. Os docentes que realizaram esses trabalhos de análise química sempre mostraram preocupação por se manterem actualizados...

A microextracção em fase sólida como técnica de preparação de amostras em química analítica e toxicologia : teoria e aplicações

Gallardo, Eugenia; Costa, S.
Fonte: Edições Universitárias Lusófonas Publicador: Edições Universitárias Lusófonas
Tipo: Artigo de Revista Científica
Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
Amicroextracção em fase sólida, SPME, é uma técnica de adsorção/dessorção desenvolvida na Universidade de Waterloo (Ontario, Canadá) que elimina a necessidade de utilização de solventes orgânicos ou instrumentos complicados para a extracção e concentração de compostos voláteis e não voláteis a partir de amostras líquidas ou gasosas.ASPME origina resultados lineares dentro de um amplo intervalo de concentrações, é compatível com qualquer tipo de equipamento de cromatografia gasosa, com colunas de enchimento ou capilares, ou ainda cromatografia gasosa-espectrometria de massa. Pode, inclusivamente ser utilizado com injectores split/splitless ou directos. Na análise de urina, sangue ou outras matrizes biológicas, a preparação das amostras é normalmente necessário extraír e concentrar os analitos de interesse, o que é efectuado com recurso à extracção líquido-líquid, extracção em fase sólida, ou outras técnicas. Estes procedimentos apresentam várias desvantagens, onde se incluem o tempo excessivo de preparação e gasto desnecessário de solventes orgânicos. A SPME elimina a maior parte destes inconvenientes, já que é uma técnica rápida e que não necessita de solventes orgânicos ou de equipamentos complicados para ser levada a cabo. Esta técnica pode ser utilizada para monitorizar analitos em amostras líquidas ou gasosas...

Proposta de modelo para o estudo de toxicologia perinatal em ruminantes: avaliação dos efeitos tóxicos da Senna occidentalis em caprinos; A model for prenatal toxicological studies in ruminants: evaluation of toxic effects caused by Senna occidentalis in goats

Barbosa-Ferreira, Marcos
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 28/03/2008 Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
A Senna occidentalis (So), Fabaceae-Caesalpinoideae (Leguminosae), conhecida como fedegoso, entre outros nomes populares causa, em animais de criação, intoxicação pelo consumo, tanto de suas folhas a campo, como pela ingestão de suas sementes quando presentes em rações. Estas intoxicações podem ser de caráter crônico ou agudo, em ruminantes ou monogástricos, tendo sido já reproduzida em animais de laboratório. Os principais achados histológicos são degenerações em músculos esquelético e cardíaco, fígado, rim e, recentemente publicado, lesões no sistema nervoso central. Porém, pouco se sabe sobre os efeitos do princípio ativo desta planta, a diantrona, na toxicologia perinatal. O objetivo do presente trabalho foi estudar os possíveis efeitos teratogênicos desta planta em caprinos, utilizando um protocolo de avaliação de toxicologia do desenvolvimento. Para tanto, foi somado a um protocolo pré-existente de acompanhamento da gestação de cabras, por meio de ultra-sonografia e dados clínicos, como pesagem semanal e coleta quinzenal de sangue para realização de bioquímica sérica, a avaliação de filhotes por morfometria corporal esde o nascimento ao 4º mês de idade, além de avaliação neurocomportamental até a 10ª semana de idade. Assim...

Eletroforese capilar como ferramenta analítica para toxicologia forense; Cappilary electrophoresis as analytical tool for forensic toxicology

Costa, José Luiz da
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 13/06/2008 Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
No primeiro capítulo deste trabalho, são apresentados aspectos gerais sobre toxicologia forense e sobre a eletroforese capilar, onde se buscou mostrar como a técnica analítica pode ser útil para aplicações forenses. O segundo capítulo apresenta o desenvolvimento de metodologia analítica baseada em eletroforese capilar com detecção por arranjo de diodos para determinação de drogas de abuso ou seus produtos de biotransformação em humor vítreo. Foram estudados parâmetros como a composição do eletrólito de corrida (com especial atenção ao fenômeno de eletrodispersão), pré-concentração online (stacking) e modo de extração dos analitos. Foi obtida completa separação eletroforética de 12 analitos investigados em menos de 10 minutos de corrida. Os parâmetros de confiança analítica do método mostraram este é perfeitamente aplicável às análises toxicológicas com finalidade forense. O terceiro capítulo apresenta a elaboração de metodologia analítica baseada em eletroforese capilar acoplada a espectrometria de massas para determinação de cocaína e cinco produtos de biotransformação em urina, com procedimento de preparo da amostra biológica simplificado. O procedimento desenvolvido apresentou sensibilidade adequada para verificação de intoxicações agudas por cocaína...

Os centros de toxicologia como ferramenta de saúde pública - contribuição ao sistema de toxicovigilância no Brasil; Toxicological Centers as tools for public health - Contribution to the Toxicovigilance System in Brazil

Graff, Sergio Emmanuelle
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 04/10/2004 Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
Os Centros de Toxicologia (denominação adotada neste trabalho para definir os Centros Brasileiros que atendem casos de exposição a substâncias tóxicas) fazem parte de uma rede de informações tóxico-farmacológicas denominada SINITOX, que coleta as informações do atendimento, publicando anualmente sua produtividade. Estes dados são utilizados na produção documentos para comunicação e gerenciamento de riscos toxicológicos. Paralelamente, os hospitais que integram o Sistema Único de Saúde (SUS), notificam os casos de internação hospitalar e óbitos ao DATASUS, formando uma grande base de dados de morbidade e mortalidade hospitalar. A proposta deste trabalho foi de analisar estas informações, comparando-as ao Toxic Exposure Surveillance Sysrem (TESS), estabelecendo as similaridades e diferenças entre os sistemas e propondo harmonizações que pudessem contribuir ao aperfeiçoamento do Sistema Brasileiro de Toxicovigilância, com ênfase na comunicação e gerenciamento dos riscos toxicológicos. Visando a melhor análise dos casos, este trabalho propõe a adoção Poison Severity Seore (PSS), elaborado pela Organização Mundial da Saúde pela Associação Européia dos Centros de Controle de Intoxicações, para padronizar os casos atendidos segundo um critério de gravidade. Propõe...

Contaminação do ambiente com arsênico e seus efeitos na saúde humana: uma revisão; Environmental contamination with arsenic and its effects on human health review

Carabantes, Alexandra Lena Galetovic
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 12/02/2004 Português
Relevância na Pesquisa
26.91%
O arsênio está amplamente distribuído no ambiente, sendo encontrado sob formas orgânicas e inorgânicas. É classificado como cancerígeno humano, com base em estudos epidemiológicos. Sua presença na água potável é relacionada com efeitos à saúde como hipertensão, diabetes, câncer de pele e de órgãos internos. Devido aos efeitos adversos observados em populações expostas ao arsênio é interessante dispor de uma revisão atualizada sobre os aspectos toxicológicos deste elemento. Para a revisão foram utilizadas 308 publicações do período 1920 a 2003, considerando quatro temas: presença de arsênio no ambiente, toxicologia do arsênio, efeitos na saúde humana e biomarcadores para arsênio. As informações compiladas mostram que são necessários mais estudos sobre as formas químicas e biodisponibilidade do arsênio, temas identificados como pontos críticos para um melhor entendimento da toxicologia do arsênio. Também é sugerido o desenvolvimento de biomarcadores validados e específicos para sua utilização no processo de avaliação de risco do arsênio para humanos.; Arsenic is widely distributed in the environment in the form of organic and inorganic compounds. Based on epidemiological studies, arsenic is classified as a carcinogenic substance. Several disorders (e.g....

Investigação da toxicidade e da capacidade de recuperação do herbicida 2,4-D comercial (2,4-diclorofenoxiacético) empregando brânquias de tilápias, Oreochromis niloticus, como biomarcador

Marcato, Ana Claudia de Castro
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: 74 f. : il., tabs.
Português
Relevância na Pesquisa
26.91%
Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de São Paulo (FAPESP); Processo FAPESP: 11/14881-3; Pós-graduação em Ciências Biológicas (Biologia Celular e Molecular) - IBRC; Water is one of the essential factors to the maintenance of the vital functions of the living beings. It has been observed an increasing impairment of this resource, due to the pollution of several wellsprings and even entire watersheds, either by industrial residues, domestic sewage or even by substances used in the agriculture, such as pesticides, herbicides and fertilizers. For over 50 years, the 2,4-dichlorophenoxyacetic acid (2,4-D) is used worldwide; and it was one of the compounds of the “agent orange” used in the Vietnam War. Since its genotoxicity was proven by several studies and due to its long persistence in the soil, which enables the leaching and percolation of the compound affecting the hydric bodies, studies that assess its toxicity are relevant and justified. Fishes are excellent experimental models for the study of aquatic toxicology, since they alert for the potential danger of chemical substances or to the possibility of environmental pollution. In this context, the present study aimed to expose tilapias to two concentrations of the herbicide 2...

Contribuição ao estudo das intoxicações na região de Campinas

Flavio Duque Zambrone
Fonte: Biblioteca Digital da Unicamp Publicador: Biblioteca Digital da Unicamp
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em //1992 Português
Relevância na Pesquisa
27.16%
A toxicologia é uma ciência quase tão antiga quanto o homem. Conceituar a toxicologia não é uma tarefa das mais fáceis nos dias atuais. Sendo uma ciência multidisciplinar, ela apresenta muitas facetas, difíceis de serem contempladas em uma única definição. Conhecer a história do papiro de Ebers, aos dias atuais, passando por figuras como Hipócrates, Galeno, Paracelso e outros, e fundamental para que possamos compreender a toxicologia. Mais recentemente, podemos destacar a participação de Orfila, Lewin e Taylor que, junto com outros importantes pesquisadores, contribuíram para a evolução desta ciência. Hoje, são conhecidas mais de 10 milhões de substâncias químicas diferentes. Acredita-se que 100 mil novos compostos químicos são sintetizados anualmente e, destes, 1000 são utilizados comercialmente. A toxicologia dedica-se ao conhecimento dos efeitos sobre o homem e o meio ambiente, decorrentes do uso destas substânclas químicas. o papel dos Centros de Controle de Intoxicações, neste processo, é extremamente importante. Desde o seu surgimento em Chicago, no ano de 1953, até os dias atuais, estes serviços evoluíram significativamente. Concebidos de maneira diferente, no EUA e na Europa, mas com objetivos comuns...

Quantificação de Club Drugs em amostras biológicas em toxicologia forense

Castro, André Alexandre Lobo Lopes de
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
37.06%
As ciências forenses, incluindo a toxicologia forense, apresentam, na actualidade, uma importância acrescida e uma exposição mediática nunca antes atingidas. Os seus resultados são cada vez mais valorizados pelas autoridades judiciais e a sua abrangência é cada vez mais vasta. Tendo como objectivo a aplicação de conhecimentos e métodos científicos na resolução de questões judiciais, a credibilidade e validação das metodologias utilizadas é fulcral para a aceitação de um resultado que terá sempre consequências judiciais. O consumo de substâncias psicoactivas usadas para intensificar fenómenos individuais e colectivos de socialização, associadas a um tipo de sub-cultura organizado ou não em “Clubes de Dança” (dance clubs), denominada Rave Subculture, levanta questões prementes de saúde pública e de envolvimento das autoridades judiciais, quer na prevenção do tráfico, quer na minimização e controlo do seu consumo. As consequências sanitárias e judiciais trazem também as ciências forenses neste plano, justificando a implementação de métodos de detecção e quantificação deste grupo de compostos, quer para avaliação de estado de influenciado, quer para avaliação e determinação de possíveis causas de morte associadas ao seu consumo. Neste trabalho...

Stress oxidativo e genotoxicidade em ratinhos expostos a Acessulfame K

Arteiro, Fátima Raquel Sousa
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
26.91%
O Acessulfame K é um edulcorante que foi sintetizado pela primeira vez em 1967 e é 150-200 vezes mais doce do que o açúcar. Este composto é altamente estável e encontramo-lo em muitos alimentos, incluindo pastilha elástica, sobremesas, bebidas alcoólicas, refrigerantes, xaropes, doces, molhos e iogurte. Habitualmente utilizado em combinação com o Aspartame ou outros edulcorantes porque apresenta uma acção combinada para aumentar e manter o sabor doce dos alimentos e bebidas, é estável ao calor, podendo ser utilizado em produtos processados a elevadas temperaturas. Assim, oferece aos consumidores um aroma doce com pouca ou nenhuma energia ou resposta glicémica e auxilia no controlo da glicose sanguínea e do peso. A Food and Drug Administration aprovou a utilização do Acessulfame K em 1988. Desde então, a segurança deste composto no que respeita à saúde pública tem sido analisada diversas vezes, tendo sido estabelecida uma DDA (dose diária aceitável) de 15 mg/kg de peso corporal. Este estudo versou a exposição por via oral de ratinhos de laboratório machos a Acessulfame K com doses diferentes (15, 60, 1500 e 2250 mg/kg peso corporal), determinando-se se este edulcorante poderia causar o aparecimento de enzimas de protecção antioxidante (Catalase) em tecidos de fígado e rim...

PCR em tempo real: métodos e aplicações

Oliveira, Tânia Maria dos Santos
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
26.91%
A reacção em cadeia da polimerase (PCR) é uma técnica fundamental nos laboratórios actuais, que revolucionou a detecção de RNA e DNA. Recentemente, uma nova técnica designada PCR em tempo real, evoluiu da técnica de PCR convencional, com o objectivo de minimizar as suas numerosas limitações. Esta técnica, também conhecida como PCR Quantitativa ou PCR em tempo real Quantitativa é um método de quantificação e amplificação simultânea do DNA. A PCR em tempo real é baseada na detecção e quantificação de um composto fluorescente (durante as primeiras fases da PCR), assentando num princípio básico de que o aumento significativo da quantidade de produto da PCR está correlacionado com a quantidade inicial do controle. A PCR em tempo real apresenta inúmeras vantagens relativamente à PCR tradicional. A recolha de dados ocorre durante a fase exponencial de crescimento da PCR, sendo por tal uma análise rápida e simples. Trata-se de uma técnica sem influência da amplificação não específica, podendo a amplificação ser controlada em tempo real. O risco de contaminação é baixo devido à ausência de processamento pós-PCR dos produtos resultantes. Além do mais, esta técnica requer apenas 3 picogramas de material...

Levels and effects of indoor contaminants in European pets; Níveis e efeitos de contaminantes ambientais domésticos em animais de companhia

Bastos, Verónica Isabel Correia
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
26.91%
Humans and animals are frequently exposed to harmful contaminants; including metals that may induce deleterious effects as for example DNA damage. Pet cats and dogs have been reported as good sentinels for human beings in the identification of potential health hazardous substances, since they share the same indoor environment as their owners. In the present work the levels and potential effects of metals in companion animals were evaluated. The concentrations of metals in dog food and blood were determined by inductively coupled plasma optical emission spectrometry (ICP-OES) and the levels of metallothioneins quantified by differential pulse polarography (DPP). The levels of chromium (Cr), cooper (Cu), lithium (Li), nickel (Ni), lead (Pb) and zinc (Zn) in dry food samples were higher than the ones found in wet ones. An opposite trend was established for cadmium (Cd) that exhibited higher levels in wet food samples. For all samples analyzed, the concentrations of metals were always below the maximum recommended levels set by the National Research Council suggesting that food is not being responsible for an excessive intake of metals. The concentrations of Cd, Cr, Cu, Li, Ni, Pb and Zn in blood samples varied between; Os humanos e os animais estão frequentemente expostos a contaminantes potencialmente perigosos...

Análise de pesticidas organofosforados em toxicologia forense

Valente, Nuno Ilídio Pereira
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
Os pesticidas são substâncias destinadas a prevenir, destruir ou controlar pragas. No entanto, estes produtos são também responsáveis por intoxicações em seres humanos. Em Portugal, mais de metade das intoxicações voluntárias com pesticidas envolvem inseticidas organofosforados (IOFs). Neste trabalho, pretendeu-se desenvolver e validar um conjunto de metodologias para a determinação analítica de dez IOFs, nomeadamente, clorfenvinfos, clorpirifos, diazinão, dimetoato, fentião, fosalona, malatião, paratião, pirimifos-metilo e quinalfos, em amostras de sangue total e de conteúdo gástrico, tendo em vista a introdução das mesmas na rotina pericial do Serviço de Toxicologia Forense da Delegação do Norte do Instituto Nacional de Medicina Legal e Ciências Forenses, I.P. (STF-N). Foram testados métodos de extração de IOFs com Extração em Fase Sólida (SPE) em amostras de sangue com colunas Oasis® HLB e Sep-Pak® C18 e com separação e deteção por GC-ECD e GC-MS. O método de extração com colunas Sep-Pak® C18 foi selecionado, uma vez que no final do processo de extração e análise foram gerados sinais cinco vezes superiores aos obtidos após extração com as outras colunas de SPE, e mostrou ser seletivo para isolamento dos analitos e do padrão interno (etião) em amostras de sangue postmortem. Foram preparadas curvas de calibração entre 50 e 5000 ng/mL...

Role of nonclinical studies in the drug R&D process; O papel dos estudos não-clínicos no processo de desenvolvimento de um novo fármaco

Araújo, Elisabeth Moreira da Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
26.91%
A toxicidade é uma das principais razões para o insucesso do desenvolvimento de novos fármacos. Esta monografia descreve o conjunto de estudos de toxicologia necessário para o desenvolvimento de um novo fármaco. É colocado especial ênfase nos estudos de toxicologia requeridos para compreender e identificar os potenciais riscos associados aos novos medicamentos antes da primeira administração no ser humano. Identificam-se estratégias para a transição da fase do desenvolvimento pré-clínico para a fase clínica inicial, com vista a tornar os estudos de toxicidade mais preditivos de segurança nos seres humanos, encurtar o período de desenvolvimento e reduzir os recursos necessários, incluindo o número de animais envolvidos. Destaca-se o papel dos biomarcadores preditivos de segurança como uma das abordagens emergentes para a redução das elevadas taxas de insucesso durante o desenvolvimento, a melhoria da eficiência e a redução do tempo de desenvolvimento de novos medicamentos.; Toxicity is one of the major reasons for drug development attrition. This monograph describes the toxicology package required for the development of a new drug candidate. It is placed special emphasis on toxicology studies required to understand and identify the potential risks associated with new drugs before the first administration in humans. From preclinical development to clinical early phase in order to make the most predictive toxicity studies of safety in humans...

Mercury contamination and oxidative stress responses in the eye of wild fish (Liza aurata); Contaminação por mercúrio e respostas de stresse oxidativo nos olhos de peixes selvagens (Liza aurata)

Pereira, Ricardo Jorge Silva
Fonte: Universidade de Aveiro Publicador: Universidade de Aveiro
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
26.91%
Every animal uses the eyes to monitor the surrounding environment and maintain homeostasis. Mercury (Hg) (including methylmercury - MeHg) is a pernicious and ubiquitous contaminant in natural waters but the assessment of its potential to interfere with fish eyes is an almost unexplored issue. This thesis will contribute to fill this knowledge gap by the evaluation of mercury accumulation in grey mullet eye wall (Liza aurata) together with the assessment of biochemical endpoints related with the oxidative stress status. This approach was complemented by the characterization of environmental contamination profiles (both in water and sediment). The study was performed at Aveiro lagoon (Portugal), where a well-established mercury historical contamination gradient provides a good background for the assessment of mercury accumulation and its toxic effects under realistic conditions. Sampling was conducted in two sites distancing around 10 km, namely: Largo do Laranjo (LAR) located in the most contaminated area, and São Jacinto (SJ) closer to the lagoon inlet and selected as reference site. Keeping in view that water temperature could affect Hg accumulated levels and biochemical responses, sampling was carried out both in winter (February 2013) and summer (June 2013). L.aurata specimens (n=20) were caught at each site/season and eye wall was removed and preserved in the field. Eye wall was analysed for total Hg and MeHg levels...

Diapositivos para apoio às aulas de Toxicologia

Braz, Nídia
Tipo: info:eu-repo/semantics/other
Publicado em 25/08/2014 Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
As aulas introdutórias destinam-se à exposição dos conhecimentos básicos de Toxicologia: principais conceitos, objetivos e metodologias.

Estudo de toxicologia clínica de um fitoterápico contendo Passiflora incarnata L., Crataegus oxyacantha L., Salix alba L. em voluntários saudáveis

Nascimento,Demétrius F.; Santana,Ana Paula M.; Leite,Ismenia O.; Viana,Fernando André C.; Leite,Ana Lourdes A. e Silva; Moraes,Renata A. de; Jamacaru,Francisco Vagnaldo F.; Bezerra,Fernando Antônio. F.; Moraes,Manoel Odorico de; Moraes,Maria Elisabete.
Fonte: Sociedade Brasileira de Farmacognosia Publicador: Sociedade Brasileira de Farmacognosia
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/03/2009 Português
Relevância na Pesquisa
36.91%
O Pasalix® é um produto fitoterápico contendo uma associação de três plantas medicinais: Passiflora incarnata, Salix alba e Crataegus oxyacantha. Sua principal indicação é para o tratamento da ansiedade e insônia. O objetivo desse estudo foi avaliar a toxicologia clínica dessa formulação em voluntários saudáveis. Para isso realizou-se um ensaio clínico não aleatório, aberto, com 24 voluntários sadios do sexo masculino, que receberam ambulatorialmente dois (2) comprimidos revestidos do fitoterápico duas vezes ao dia, durante 28 dias ininterruptos. Os voluntários foram incluídos no estudo somente quando considerados saudáveis após avaliação clínica, exame físico e exames laboratoriais que antecederam o estudo. A avaliação laboratorial incluiu análise hematológica, bioquímica e sorológica. A avaliação clínica e laboratorial foi repetida após a 1ª, 2ª, 3ª e 4ª semanas de tratamento e 7 dias após a última administração. O Pasalix® foi bem tolerado pelos 24 voluntários não apresentando eventos adversos graves. Os exames clínicos, eletrocardiográficos e laboratoriais efetuados antes, durante e após o ensaio não evidenciaram sinais de toxicidade nos diversos órgãos e sistemas avaliados...

Toxicología clínica comunitaria

Leal,María Elena; González,Diego; García,Susana Isabel; Pérez-Maldonado,Iván Nelinho; Rico,Edna; Cossío,Patricia; Van Brussel,Evelyn; Domínguez,Gabriela; Díaz-Barriga,Fernando
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2011 Português
Relevância na Pesquisa
37.16%
En algunos países de América Latina las intoxicaciones agudas se manejan de manera profesional por médicos especialistas en la mate-ria. Algo similar ocurre con las intoxicaciones crónicas de origen laboral en el sector formal. No obstante, una realidad diferente ocurre en cuanto a la evaluación de las intoxicaciones crónicas de origen ambiental, dado que éstas por su naturaleza, son más difíciles de diagnosticar. Para el tratamiento de las intoxicaciones agudas se han organizado Centros de Información y Atención Toxicológica, pero para las intoxicaciones crónicas ambientales no se ha generado organismos semejantes. Por consiguiente, en este trabajo sugerimos un modelo de atención de la intoxicaciones crónicas a través de grupos multidisciplinarios bajo el esquema de una nueva disciplina: la Toxicología Clínica Comunitaria, cuyo objetivo sería la atención simultánea de las intoxicaciones agudas que generalmente se atienden en un ámbito hospitalario y de las intoxicaciones ambientales que por lo normal se presentan a nivel comunitario. El objetivo final es aprovechar la experiencia que existe en la Región en cuanto a Toxicología Clínica para organizar el trabajo comunitario.