Página 1 dos resultados de 2140 itens digitais encontrados em 0.130 segundos

A relação entre o empowerment e as características dos grupos de trabalho em hospitais: um estudo com recurso à revisão sistemática da literatura

Nina, Joana Saraiva
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
45.85%
Recorrendo ao método de revisão sistemática da literatura3, foi nosso objectivo investigar os conceitos de empowerment (psicológico e estrutural) e a sua relação com as características dos grupos de trabalho, em profissionais de saúde. Explicitando, neste estudo, procurámos averiguar a existência de relações entre: as variáveis empowerment estrutural (constructo que inclui aspectos como: equipa de trabalho, clareza ou conflito do papel no trabalho, carga de trabalho) e empowerment psicológico (constructo que inclui aspectos como: significado, competência, autodeterminação e impacto) e as características do grupo de trabalho (auto-gestão, o envolvimento, a importância da tarefa, a interdependência, feedback e recompensas, flexibilidade, potência, apoio social, partilha de carga de trabalho e comunicação). A nossa revisão sistemática da literatura consistiu, genericamente, na pesquisa de artigos científicos em várias bases de dados (Scirus, Bon, PubMed, ProQuest, etc) e posterior análise detalhada segundo um conjunto de critérios previamente definidos e caracterizados na literatura da especialidade. Após a fase de pesquisa, o estudo ficou circunscrito a apenas 11 investigações que formam a base empírica de trabalho deste estudo. Da análise efectuada aos artigos selecionados podemos concluir...

A relação entre o conflito trabalho-família, a qualidade de vida e a qualidade relacional: qual o papel dos rituais familiares?

Silva, Ana Cláudia dos Reis e
Tipo: masterthesis
Português
Relevância na Pesquisa
46.01%
O conflito trabalho-família, devido às mudanças demográficas dos últimos anos e aos desafios da economia actual, afecta um número cada vez mais significativo de pessoas. A literatura descreve consequências negativas do conflito trabalho-família em resultados de saúde e bem-estar individuais e familiares, sendo que uma das lacunas da investigação até à data é a identificação de factores protectores das referidas consequências. Ao nível do contexto familiar, os rituais familiares têm sido apontados como factores importantes para a adaptação, nomeadamente em situações de stress familiar. Assim, o principal objectivo deste estudo foi examinar as associações entre conflito trabalho-família, significado atribuído aos rituais familiares, qualidade de vida e qualidade relacional; examinouse ainda o papel moderador do significado atribuído aos rituais familiares nas associações entre conflito-trabalho família e outcomes individuais e relacionais. A amostra foi constituída por 255 trabalhadores em situação profissional activa, casados ou em união de facto, dos quais 135 eram mulheres e 120 eram homens. Todos preencheram questionários de auto-resposta que avaliavam o conflito trabalho-família, o significado atribuído aos rituais familiares...

"O processo de trabalho da enfermeira no cuidado à criança sadia em uma instituição da seguridade social do México"; Nurses work process in the care of healthy children at a Social Security Institution in Mexico.

Peña, Yolanda Flores
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 21/10/2004 Português
Relevância na Pesquisa
45.87%
O objetivo geral do estudo foi analisar o processo de trabalho da enfermeira materno infantil (EMI), orientado ao cuidado da criança sadia no Programa de Vigilância da Nutrição, Crescimento e Desenvolvimento da Criança menor de 5 anos de idade, em uma instituição da Seguridade Social no México. Fundamentou-se nas concepções do processo de trabalho em saúde de Mendes-Golçalves (1994), no processo de trabalho da enfermagem como proposto por Almeida (1991) e Almeida e Rocha (1997), e nas concepções teóricas da micropolítica do trabalho vivo em saúde, que permitiram focalizar o espaço intercessor trabalhador/usuário (MERHY, 1997, 2004). Utilizou-se a abordagem qualitativa com observação sistemática direta e entrevista semi-estruturada. Os sujeitos do estudo foram as enfermeiras (EMI), as assistentes médicas da EMI (AEMI) e as mães que compareceram à consulta de enfermagem. Observaram-se 87 consultas proporcionadas pelas EMI, e observação à área da recepção atendida pela AEMI, assim como entrevista a este pessoal (6 entrevistas) e as mães (25 entrevistas). A saturação dos dados e a compreensão do significado foram os critérios para estabelecer o número necessário de observações e entrevistas. As consultas proporcionadas pela EMI identificaram-se centradas na realização de procedimentos como: verificação do peso...

Trabalho coletivo em educação: os desafios para a construção de uma experiência educacional fundamentada na cooperação em uma escola municipal de São Paulo; Collective work in education: the challenges for the construction of an educational experience substantiated in the cooperation in a municipal school of São Paulo

Oliveira, Lilian Haffner da Rocha
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: dissertação de mestrado Formato: application/pdf
Publicado em 24/03/2006 Português
Relevância na Pesquisa
45.97%
Trata-se de pesquisa em que se procura investigar a natureza da organização do trabalho na escola, mais precisamente, a partir do eixo de desenvolvimento de um trabalho coletivo que coloca em relação os diferentes sujeitos envolvidos no processo de educação. Busca-se desvelar os elementos que conduzem à construção desse tipo de trabalho que possibilita o desenvolvimento de um projeto de educação calcado numa prática educativa verdadeiramente democrática e cidadã que se constitua significativa no processo de formação dos educandos. A análise do tema em questão envolveu pesquisa documental e empírica, com observações das atividades desenvolvidas pelos profissionais da escola entre si nos momentos destinados ao trabalho coletivo e com os alunos bem como a realização de entrevistas individuais com representantes dos diferentes segmentos da unidade escolar. O texto expõe as possibilidades e os entraves para o desenvolvimento do trabalho coletivo na escola a partir da análise das políticas públicas municipais engendradas para tal fim, das condições objetivas de trabalho da escola, da existência de uma cultura escolar que se vem estruturando ao longo da história da educação, da construção de sentido do trabalho coletivo para os diferentes sujeitos da escola...

Além da informalidade, aquém dos direitos: reflexões sobre o trabalho desprotegido; Beyond informality, below the rights: reflections on the unprotected labour

Sanchez, Fábio José Bechara
Fonte: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP Publicador: Biblioteca Digitais de Teses e Dissertações da USP
Tipo: Tese de Doutorado Formato: application/pdf
Publicado em 31/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
45.82%
Este trabalho busca compreender as formas de relações de trabalho que estão à margem do assalariamento e suas consequências e perspectivas para a relação entre estado e sociedade no que se refere ao mundo do trabalho. A literatura tradicionalmente chamou os trabalhadores envolvidos nestas formas de relações laborais de informais ou atípicos. Neste sentido, foram tradicionalmente compreendidos, tanto academicamente como politicamente, na chave da falta e da impossibilidade da política. Contudo, se é verdade que do ponto de vista das instituições tradicionais relativas ao mundo do trabalho (sindicatos, estado e suas formas jurídicas de regulação do trabalho) elas de fato ainda são estranhas e não nomeáveis senão pela falta, no contexto das transformações econômicas e políticas ocorridas na últimas décadas, estas formas de relações laborais são constitutivos tanto do atual modelo de acumulação como também criam novos campos de conflitos, e a partir deles estão buscando se organizar politicamente, construir identidade e colocar sua agenda para o trabalho. Buscou-se assim, na primeira parte deste texto, compreender o significado teórico e político que as formas de trabalho não assalariadas tiveram e tem para o mundo do trabalho. Na segunda parte...

Trabalho, carreira e flexibilidade : perspectivas de jovens profissionais

Ferez , Luciana Cervi
Tipo: dissertation
Português
Relevância na Pesquisa
45.82%
As transformações recentes observadas no mercado em geral têm alterado o significado do trabalho para os indivíduos e, em especial, para os jovens trabalhadores. Os novos elementos associados à flexibilidade no ambiente de trabalho e as novas concepções de carreira parecem ser cada vez mais comuns para os jovens que ingressam hoje no mercado de trabalho, o que reflete em perspectivas profissionais bastante diferentes da perspectivas que seus pais possuíam há cerca de duas décadas. Este novo panorama alterou significativamente o processo de escolha da profissão e da carreira a ser seguida pelos indivíduos. Os jovens se apóiam muito mais em valores de auto-realização no trabalho e na manutenção de uma vida pessoal equilibrada no momento de escolher uma carreira. Aspectos financeiros são considerados, entretanto não com tanta força, e a tradição associadas à determinadas carreiras já não é um fator valorizado pelos jovens. Além disso, os jovens valorizam na carreira a experimentação de diversas atividades e áreas de trabalho, com o objetivo de um aprendizado contínuo e de uma garantia de empregabilidade. Os relacionamentos e a manutenção de uma rede de contatos também aparecem como essenciais para o profissional moderno. A flexibilidade no ambiente de trabalho é um fator ainda bastante novo nas empresas...

Acidentes de trabalho com material biológico e o seu significado para os profissionais envolvidos

Magagnini, Maristela Aparecida Magri
Fonte: Universidade Estadual Paulista (UNESP) Publicador: Universidade Estadual Paulista (UNESP)
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis Formato: 77 f.
Português
Relevância na Pesquisa
45.98%
Pós-graduação em Enfermagem - FMB; O presente estudo teve como objetivos caracterizar os profissionais da equipe de enfermagem que sofreram acidentes com material biológico no período de 2001 a 2006; verificar a ocorrência de soroconversão pelos vírus da hepatite B e C e HIV por meio de exames comprobatórios e compreender o significado dos acidentes de trabalho com material biológico atribuído pelos profissionais. Estudo exploratório e descritivo de caráter retrospectivo, com abordagem quantitativa e qualitativa. No período estudado ocorreram 87 acidentes com material biológico entre os profissionais da equipe de enfermagem. Pela análise quantitativa verificou-se a maior ocorrência de acidentes nos anos de 2003, 2005 e 2006, nas unidades de Clínica médico-Cirúrgica e Pronto Socorro. Ao analisarmos os dados relacionados ao sexo, o feminino, foi o mais acometido, sendo este em maior número na instituição, pela a análise proporcional ao número total de trabalhadores, o masculino destacou-se. Empregando o mesmo cálculo, o enfermeiro foi o que mais se acidentou proporcionalmente ao número de profissionais por categoria. A lesão percutânea predominou nos acidentes, envolvendo o sangue. Em relação aos EPIs a maioria dos profissionais faziam uso no momento da exposição. Ocorreram oito acidentes com pacientes comprovados para hepatite B e C e HIV...

O processo de trabalho e o desencadeamento dos agravos à saúde dos trabalhadores rurais

Monteiro, Janne Cavalcante
Fonte: Florianópolis, SC Publicador: Florianópolis, SC
Tipo: Tese de Doutorado Formato: 182 f.| il.
Português
Relevância na Pesquisa
45.87%
Tese (doutorado) - Universidade Federal de Santa Catarina, Centro Tecnológico. Programa de Pós-Graduação em Engenharia de Produção; Esta pesquisa investiga o processo de trabalho na agricultura familiar, relacionando as atividades de trabalho aos agravos à saúde, pois se entende que este trabalho tem cargas físicas, mentais e psicológicas que podem determinar o sofrimento físico e psíquico. Para entender essas questões utilizou-se os métodos do estudo de caso e da Análise Ergonômica do Trabalho. Foram utilizadas as técnicas de observação e entrevistas, mas principalmente a de ouvir o agricultor familiar, resgatando o significado do trabalho que parece ser puramente mecânico. A metodologia para o tratamento de dados é a qualitativa. O estudo de caso foi realizado no município de Tangará, localizado no meio-oeste catarinense, em três propriedades agrícolas. Como resultados principais pode-se destacar: a) o modo operatório do agricultor familiar é influenciado por três fatores: pela disponibilidade de máquinas adequadas para as tarefas, o que deriva de sua capacidade de investimento em máquinas e implementos agrícolas; pelos saberes adquiridos muito com a experiência de trabalho, com a vivência na agricultura e com alguns treinamentos; e por um mecanismo de defesa frente a situações de risco onde o agricultor é obrigado a realizar uma atividade perigosa e o faz sem utilização de meios adequados de proteção...

Monitoramento da satisfação no trabalho em uma empresa financeira

Valle, Ângela da Rocha
Tipo: tese / thesis
Português
Relevância na Pesquisa
45.84%
Tese (doutorado)—Universidade de Brasília, Instituto de Psicologia, 2007.; O objetivo deste trabalho foi duplo: (1) desenvolver e validar um instrumento de avaliação da satisfação no trabalho e (2) descrever e analisar os índices de satisfação no trabalho em diversos segmentos dos funcionários de uma empresa financeira de economia mista, o Banco do Brasil. A satisfação no trabalho foi definida como a atitude do indivíduo em relação a aspectos gerais do seu trabalho. Pesquisas quantitativas e qualitativas foram realizadas resultando em um instrumento uni/multifatorial sobre satisfação no trabalho e sua versão reduzida (QST e QST-R). Dados obtidos com a aplicação das duas versões do QST em grandes amostras de funcionários do Banco do Brasil foram submetidas a diversas técnicas estatísticas multivariadas: análise fatorial exploratória e confirmatória (via modelagem por equações estruturais), estudos de invariância da estrutura fatorial, regressão múltipla padrão e análises de variância multivariada. Os resultados indicaram que ambas as versões do QST alcançaram índices bastante satisfatórios no que diz respeito à sua estrutura hexafatorial, a sua replicabilidade (estrutura estável tanto para o QST...

Trabajo infantil y subjetividad : una perspectiva necesaria; Trabalho infantil e subjetividade : uma perspectiva necessária; Child work and subjectivity : A necessary approach

Mitjáns Martínez, Albertina
Tipo: artigo / article
Português
Relevância na Pesquisa
45.94%
RESUMEN; A partir de la línea teórica que, dentro del enfoque histórico-cultural ha desarrollado el concepto de subjetividad, se discute la pertinencia y la necesidad del estudio de la constitución y del desarrollo de la subjetividad de los niños y adolescentes trabajadores. También se fundamenta el valor heurístico de las categorías subjetividad, personalidad y sujeto para la compreensión del impacto del trabajo precoz en el desarrollo psicológico. Se presentan los resultados de un estudio exploratório realizado com adolescentes trabajadores que muestran cuatro formas diferenciadas de subjetivación de la situación de trabajo, hecho que puede condicionar trayectorias diferenciadas en el desarrollo de la subjetividad. A partir de estos resultados se cuestiona el significado de algunas afirmaciones generales que aparecen con frecuencia en la literatura especializada sobre las consecuencias del trabajo infantil en el desarrollo psicológico. Por último se muestra que la posiblidad de profundizar en la compreensión de la constitución de la subjetividad puede contribuir a la elaboración de estratégias educativas diferenciadas y potencialmente, más efectivas en el trabajo con esta población. ____________________________________________________________________________________ RESUMO; A partir da linha teórica...

Satisfação com o trabalho em educadores sociais e professores.

Fernandes, Rosina; Martins, Emília; Mendes, Francisco; Xavier, Paula
Fonte: Revista Galego-Portuguesa de Psicoloxía e Educación Publicador: Revista Galego-Portuguesa de Psicoloxía e Educación
Tipo: info:eu-repo/semantics/conferenceobject
Publicado em /09/2011 Português
Relevância na Pesquisa
45.86%
A satisfação com o trabalho é a variável mais estudada no domínio do comportamento organizacional (Spector, 1997) e, frequentemente, relacionada com a satisfação com a vida em geral (Judge & Watanabe, 1993 cit. por Hirschfeld, 2000). Associada à produtividade e à prevenção do stress ocupacional (Saane, Sluiter, Verbeek, & Frings-Dresen, 2003), a satisfação com o trabalho constitui-se como uma dimensão com repercussões no trabalhador e no funcionamento das organizações, podendo actuar como um factor mediador do sucesso individual e organizacional. Este estudo avalia as variáveis de satisfação com o trabalho e a vida, numa amostra de 81 educadores das áreas social e ensino básico. Os resultados evidenciam melhores níveis de satisfação nos educadores sociais, ainda que com significado estatístico apenas nas condições de vida e no salário. É nítida a diferença estatística entre as dimensões extrínsecas e intrínsecas da satisfação com o trabalho, favoráveis a estas, em ambos os grupos profissionais, à semelhança da literatura. Estes resultados exigem aprofundamento de análise, porquanto podem ser importantes para sustentar intervenções e evitar estados preocupantes como o burnout.

Promover o pensamento algébrico nos primeiros anos de escolaridade : um trabalho colaborativo entre professores

Cascais, Célia Maria Ferreira Guerra, 1967-
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2012 Português
Relevância na Pesquisa
45.83%
Tese de mestrado, Educação (Didática da Matemática), Universidade de Lisboa, Instituto de Educação, 2012; Este estudo pretende descrever, analisar e compreender o trabalho colaborati-vo realizado por um grupo de professores do 2.º ano de escolaridade para desenvolver o pensamento algébrico dos seus alunos, no quadro do tópico Regularida-des/sequências. A investigação é conduzida e os dados analisados à luz das seguintes questões: (i) como é que os professores interpretam os objetivos e orientações do Programa de Matemática? (ii) de que modo usam os materiais à sua disposição? (iii) como partilham e refletem sobre o desenrolar da atividade letiva? e (iv) quais as prin-cipais dificuldades que se evidenciam? Para esse efeito, o quadro teórico assenta em dois campos principais: pensamento algébrico e conhecimento profissional dos profes-sores. A investigação segue uma abordagem qualitativa, dentro do paradigma inter-pretativo. A recolha de dados decorre durante seis sessões de trabalho colaborativo do grupo de professores de uma escola do distrito de Lisboa, mais uma sessão final para reflexão e ainda durante quatro aulas observadas envolvendo a realização de tarefas previamente planeadas. Na qualidade de professora investigadora...

A espiritualidade no desempenho dos centros de saúde e das unidades de saúde familiar

Albuquerque, Isabel Garcia da Fonseca e Faro de
Tipo: info:eu-repo/semantics/masterthesis
Publicado em //2009 Português
Relevância na Pesquisa
66.11%
Mestrado em Gestão dos Serviços de Saúde / Classificações do JEL Classification System: M10 (Business Administration: General), M29 (Business Economics: Other), I1 (Health), I19 (Other).; Sabe-se que a espiritualidade no trabalho pode influenciar o desempenho percebido pelos profissionais. Este princípio foi aplicado a um estudo na área dos cuidados de saúde primários, tendo sido comparados centros de saúde clássicos com unidades de saúde familiar. Os objectivos deste trabalho contemplam (1) verificar se existem diferenças na espiritualidade entre os profissionais das USF e dos CS (2) verificar se existem diferenças no desempenho percebido entre os profissionais das USF e dos CS e (3) verificar que dimensões da espiritualidade são preditivas do total do desempenho percebido. A amostra engloba 267 profissionais de saúde (médicos, enfermeiros e administrativos). Para medir o desempenho percebido foi usado um conjunto de seis indicadores (just-in-time, GQT, capacitação, desenvolvimento de competências, trabalho em equipa e satisfação percebida) que permitiram obter um olhar mais profundo do posicionamento da percepção actual dos profissionais destas unidades e comparar as diferenças de opiniões entre os dois modelos de organização...

O trabalho na sociedade contemporânea: os sentidos atribuídos pelas crianças

Natividade,Michelle Regina da; Coutinho,Maria Chalfin
Fonte: Associação Brasileira de Psicologia Social Publicador: Associação Brasileira de Psicologia Social
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/08/2012 Português
Relevância na Pesquisa
45.83%
Para investigar os sentidos que crianças atribuem ao trabalho, de modo a estabelecer relações com seu contexto de vida cotidiano e o mundo do trabalho contemporâneo, realizaram-se entrevistas semiestruturadas, aliadas ao uso do desenho, com sete crianças. As informações foram submetidas à análise de conteúdo. Entre os temas presentes nos relatos estão: atividades ou locais de trabalho, remuneração, relações hierárquicas, amizade, cansaço. Os sentidos do trabalho vinculam-se à realidade cotidiana das crianças e ao discurso capitalista sobre o trabalho. Assim, propõem-se ambientes de discussão sobre o trabalho com as crianças, para que este possa ser significado como relação de dupla transformação entre o homem e a natureza, como condição de humanização, pois o sujeito se constitui por meio do trabalho.

A influência de fatores de personalidade e de organização do trabalho no burnout em profissionais de saúde

Souza,Wilma Costa; Silva,Angela Maria Monteiro da
Fonte: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas Publicador: Programa de Pós-Graduação em Psicologia, Pontifícia Universidade Católica de Campinas
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/04/2002 Português
Relevância na Pesquisa
45.82%
O presente estudo investigou a relação de fatores de personalidade e de fatores ligados à organização do trabalho com a síndrome do burnout. As características de personalidade examinadas foram padrão tipo A de personalidade e traço de ansiedade. Os fatores da organização do trabalho investigados envolveram o significado do trabalho, a percepção de controle e o suporte da chefia imediata. Participaram do estudo 239 profissionais de saúde. Eles responderam a cinco medidas para avaliação de dados sócio-demográficos, personalidade tipo A, traço de ansiedade, fatores do trabalho, burnout total e suas dimensões (exaustão emocional, despersonalização e realização pessoal com o trabalho). As análises de regressão múltipla (Stepwise) indicaram que as variáveis traço de ansiedade, suporte da chefia e tipo A de personalidade foram preditores significativos do burnout total e da exaustão emocional, enquanto as variáveis traço de ansiedade e tipo A de personalidade predisseram significativamente a despersonalização. Nenhuma das variáveis do estudo predisse significativamente a dimensão realização pessoal com o trabalho.

Memória de trabalho, consciência fonológica e hipótese de escrita

Gindri,Gigiane; Keske-Soares,Márcia; Mota,Helena Bolli
Fonte: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda. Publicador: Pró-Fono Produtos Especializados para Fonoaudiologia Ltda.
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/09/2007 Português
Relevância na Pesquisa
45.83%
TEMA: memória de trabalho, consciência fonológica e hipótese de escrita. OBJETIVO: verificar a relação entre a memória de trabalho, a consciência fonológica e a hipótese de escrita em alunos de pré-escola e primeira série. MÉTODO: a amostra foi composta de 90 alunos da rede estadual de ensino que apresentavam desenvolvimento lingüístico típico. Destes, 40 alunos eram da pré-escola, com idade média de seis anos e cinco meses, e 50 eram da primeira série, com idade média de sete anos e dois meses. A amostra selecionada foi submetida à avaliação das habilidades de memória de trabalho com base no Modelo de Memória de Trabalho de Baddeley (2000), envolvendo o componente fonológico. O componente fonológico foi avaliado através do subteste cinco, Memória Seqüencial Auditiva, do Teste Illinois de Habilidades Psicolinguísticas (ITPA), adaptação brasileira realizada por Bogossian e Santos (1977), e da Prova de Repetição de Palavras sem Significado, elaborado por Kessler (1997). As habilidades de consciência fonológica foram estudadas a partir do teste Consciência Fonológica: Instrumento de Avaliação Seqüencial (CONFIAS), elaborado por Moojen et al. (2003), considerando tarefas de consciência silábica e fonêmica. A escrita foi caracterizada conforme a proposta de Ferreiro e Teberosky (1999). RESULTADOS: os pré-escolares apresentaram capacidade de repetir seqüências de 4...

Considerações sobre trabalho e suicídio: um estudo de caso

Finazzi-Santos,Marcelo Augusto; Siqueira,Marcus Vinícius Soares
Fonte: Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO Publicador: Fundação Jorge Duprat Figueiredo de Segurança e Medicina do Trabalho - FUNDACENTRO
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
55.8%
As empresas vêm presenciando o suicídio de seus empregados, atribuído, de acordo com Dejours e Bègue (2010), às consequências negativas das novas organizações do trabalho. Com base no estudo de óbito de trabalhador bancário, o foco deste artigo é avaliar se o trabalho poderia ser um dos fatores relacionado à decisão de cometer-se o suicídio. Avaliou-se o significado qualitativo da morte sob o ponto de vista do irmão do suicida (ambos colegas de trabalho durante mais de 20 anos), entrevistado em 2009. Visto que esse tipo de análise produz volume significativo de dados sobre o fenômeno pesquisado, estes foram processados e analisados por meio de análise categorial. O bancário trabalhava na empresa havia três décadas e morreu em meados de 2000, faltando um ano para aposentadoria, após a esposa requerer o divórcio. O trabalho foi o contexto para compreender o processo que o conduziu à ruína familiar, à exasperação psíquica e, por fim, à morte. O caso não envolveu assédio moral, já que se tratava de empregado muito bem conceituado, mas de patologia associada à servidão voluntária, patologia essa cada vez mais estimulada como símbolo de sucesso. No ambiente de trabalho, problemas conjugais foram os fatores atribuídos como causa maior do suicídio...

Relação contemporânea entre trabalho, qualificação e reconhecimento: repercussões sobre os trabalhadores técnicos do SUS

Vieira,Monica; Chinelli,Filippina
Fonte: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva Publicador: ABRASCO - Associação Brasileira de Saúde Coletiva
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2013 Português
Relevância na Pesquisa
45.83%
Este artigo discute a relação entre trabalho, qualificação e reconhecimento tal como ocorre hoje no âmbito da saúde, considerando mais especificamente a inserção laboral dos trabalhadores técnicos no SUS, a maneira como percebem as relações de trabalho nas quais se inserem e a autoconstrução de suas subjetividades. Com base na revisão da literatura pertinente, o tema é tratado no contexto mais geral das mudanças em curso no mundo do trabalho, as quais estão associadas à intensificação, à flexibilização e à precarização das relações de trabalho, com rebatimentos nos aspectos específicos mencionados. Procura-se estabelecer um diálogo crítico com a vertente analítica que enfatiza o cotidiano de trabalho como instância privilegiada de superação das contradições que hoje caracterizam o campo do trabalho e da educação no SUS. O texto põe ênfase nas seguintes questões: na análise da relação trabalho-educação sob a ótica do conceito de qualificação; na ampliação do significado do trabalho em saúde; e na avaliação crítica de políticas que acabam por responsabilizar os trabalhadores pela qualidade do serviço prestado.

Espiritualidade nas organizações e comprometimento organizacional

Regos,Arménio; Cunha,Miguel Pinha e; Souto,Solange
Fonte: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo Publicador: Fundação Getulio Vargas/Escola de Administração de Empresas de São Paulo
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/12/2007 Português
Relevância na Pesquisa
65.92%
A espiritualidade nas organizações está representada nas oportunidades para realizar trabalho com significado, no contexto de uma comunidade, com um sentido de alegria e de respeito pela vida interior. A literatura sobre o tópico é prolixa, mas a evidência empírica é ainda escassa. Neste artigo, procuramos contribuir para mitigar essa escassez. Mostramos como cinco dimensões de espiritualidade nas organizações (sentido de comunidade; alinhamento do indivíduo com os valores da organização; sentido de préstimo à comunidade; alegria no trabalho; oportunidades para a vida interior) explicam o comprometimento organizacional. A amostra abrange 361 indivíduos de 154 organizações. As dimensões de espiritualidade explicam 48%, 16% e 7% de variância, respectivamente, do comprometimento afetivo, do normativo e do instrumental. Os resultados sugerem que as pessoas denotam mais elevados laços afetivo e normativo, e mais fraco laço instrumental, quando experimentam mais forte sentido de espiritualidade no trabalho.

O significado do acidente de trabalho com material biológico para os profissionais de enfermagem

Magagnini,Maristela Aparecida Magri; Rocha,Suelen Alves; Ayres,Jairo Aparecido
Fonte: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem Publicador: Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Escola de Enfermagem
Tipo: Artigo de Revista Científica Formato: text/html
Publicado em 01/06/2011 Português
Relevância na Pesquisa
55.99%
O objetivo deste estudo foi compreender o significado dos acidentes de trabalho com exposição a material biológico na perspectiva dos profissionais de enfermagem. De caráter exploratório com abordagem qualitativa pela análise de conteúdo de Bardin. No período de 2001 a 2006 ocorreram 87 acidentes com material biológico, sendo que destes, oito eram soropositivos para hepatite B e C e Síndrome da Imunodeficiência Adquirida/Vírus da Imunodeficiência Humana. Para coleta de dados utilizou-se entrevista com perguntas norteadoras. Ao indagar esses profissionais sobre o significado dos acidentes, emergiram quatro categorias: situação de risco; percepção de perigo; fatalidade e sentimentos. Embora não seja estratégia de esclarecimento, mas é fato que organização de trabalho e ações educativas tem impacto considerável para diminuir esse tipo de acidente, diminuindo prejuízos na vida dos acidentados.